Modelos de Briefs Criativos

37.767 visualizações

Publicada em

Veja aqui alguns modelos utilizados em agências internacionais, que traduzi.

0 comentários
39 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
37.767
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
979
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1.001
Comentários
0
Gostaram
39
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Modelos de Briefs Criativos

  1. 1. MODELOS DEBRIEFS CRIATIVOS Kátia Violawww.atendimentopublicitario.blogspot.com
  2. 2. BEM-VINDO AO MODELO DE BRIEFING DA NAKEDUm brief precisa ser informativo e inspirador. Esteformulário foi criado para ajudá-lo, porém fique a vontade para mudar o que quiser de acordo com suas necessidades e para incluir imagens ouqualquer outro estímulo que você ache que pode ajudar. GESTÃO DE PROJETO – INFORMAÇÕES BÁSICAS Nome do Projeto Data do Brief Cliente Marca/Produto Contato no Cliente Outras Informações DO QUE ESTAMOS FALANDO? O brief do brief – resuma em uma linha do que se trata o brief ONDE ESTAMOS? - Background Marca e Informações sobre o Produto Inclui posicionamento de marca, seu histórico e a descrição do produto/serviço, caso relevante Contexto de Marketing Qualquer fator importante no mercado, incluindo informações da concorrência Histórico e Aprendizado Qualquer histórico da comunicação que você considere relevante e o que você aprendeu com isso Continua...
  3. 3. POR QUE COMUNICAR? Problema / ObjetivosQual o problema do negócio /objetivo? Deve ser descrito dentrodo contexto da estratégia donegócio, tanto quanto da que énecessária para este projeto. O QUE ESTAMOS COMUNICANDO?O que queremos comunicar? Qualo efeito desejado?COM QUEM ESTAMOS NOS COMUNICANDO?Qual o público-alvo destacomunicação? Quanto melhor aimagem dele, melhor o resultado –inclua qualquer insight que vc tiversobre motivações ecomportamentos – ou nos peçapara encontrá-los. COMO SABEREMOS SE FUNCIONOU? Qual o critério de avaliação? Tanto em termos de resultados de venda e algum tipo de monitoramento da marca já existente ou a necessidade de se fazer pesquisa qualitativa ou de buzz.
  4. 4. Histórico- Qual a história até agora?- Como esse brief se relaciona a outra atividade?- ObjetivoO Produto- Breve descrição do produto- Diferenciais do produtoO Consumidor- O que sabemos a seu respeito?- Que percepção tem da marca?O Plano de Comunicação- Qual a proposta principal?- O que suporta essa proposta?- Proteja essas ideias.- Rejeite essas idéias.O Trabalho- Qual o plano de mídia?- Que material de apoio énecessário?- Obrigatoriedades.- Prazo.
  5. 5. 1. Qual a Oportunidade e/ou Problemaque a propaganda deve focar?Resuma por que você está anunciando.Adote o ponto de vista do consumidor:não “as vendas estão baixas”, mas sim“os consumidores estão optando poralternativas mais baratas”.2. O que queremos que as pessoasfaçam como resultado dapropaganda?3. Com quem estamos falando?Tente desenvolver uma descriçaodetalhada do target. Informe as suascrenças e sentimentos sobre a categoria.Evite usar somente informaçõesdemográficas. Acrescente dimensões depersonalidade e estilo de vida.4. Qual a Resposta-chave quequeremos da propaganda?“Seja breve. Qual a principal coisa quequeremos que as pessoas sintam oupercebam ou acreditem como resultadoda propaganda.”5. Quais as informações/ atributospodem ajudar a produzir esseresultado?Pode ser um atributo-chave, umaimportante necessidade do usuário que amarca preenche etc. Evite uma lista tipolavanderia.6. Que aspecto da Personalidade daMarca a propaganda deve expressar?7. Alguma consideração sobre mídiaou orçamento?8. Isso pode ajudar…Qualquer informação adicional que possainfluir na criação.“Sinta-se a vontade para usar um resumoilustrativo, uma imagem, desenho ouqualquer objeto que ajude noentendimento da natureza do brief.”
  6. 6. •Produto:•Fato Principal (Problema):•Promessa:•O Que a Sustenta:•Nossos Concorrentes:•Consumidor: Com quemestamos falando?Demográfico & Psicográfico•Comportamento desejado.O que esperamos.•Vantagens e desvantagensp/ o consumidor:•Obrigatoriedades:•O tom, o modo:
  7. 7. www.adcracker.comMODELO - BRIEFING CRIATIVO* Cliente / Responsável no Cliente: Nome da empresa e nome, telefone e email do representante no cliente. Entendendo-se por “cliente” quem paga ou quem aprovará o trabalho. Projeto: Exemplo: “Campanha de lançamento do produto X” Preparado por: Nome do responsável pela emissão do briefing (você). Aprovado por: Cliente: Data: Agência: Data: --------------------------------------------- 1) Cenário: Qual é a “big picture”, a visão geral. O que está acontecendo no mercado. E qualquer outra coisa que esteja acontecendo do lado do cliente que a criação deva tomar conhecimento. Aqui é quando você apresenta o projeto à criação. 2) Qual o objetivo, o propósito da peça ou campanha? Tente colocar de forma resumida o efeito que o anúncio deve provocar nos consumidores. Geralmente se coloca isso em uma frase expressa em forma de ação e, freqüentemente, focada também no que você quer que os consumidores pensem, sintam ou façam. 3) Público-Alvo: com quem estamos falando? Quanto mais preciso e detalhado você for, melhor. Vá além de idade e sexo, inclua dados demográficos e psicográficos. Não se esqueça de explicar como o público se sente ou o que pensa a respeito da categoria do produto, da marca ou do serviço específico do qual estamos falando. 4) Qual a coisa mais importante que queremos dizer? Qual a coisa mais persuasiva ou mais importante que podemos dizer para atingir nosso objetivo? De novo, tente colocar isso em uma frase. Mais que isso, só se for muito necessário. E evite generalidades, pois elas resultam em ambiguidade. Lembre-se: quanto mais específico, melhor e mais rápido o entendimento do consumidor. Com isso, você evita a tentação do cliente em querer dizer mil coisas de uma só vez, numa só peça. Provoque-o para que elabore com você essa idéia principal. Ou pelo menos que valide o que você escreveu. 5) Qual o racional que suporta as “razões para agir ou acreditar”? Liste as razões emocionais e racionais para que o nosso público-alvo acredite no que queremos e para que faça o que queremos que ele faça. Inclua todos os pontos que devem entrar no texto, em ordem de importância para o consumidor. Em outras palavras, é como responder à pergunta: O que mais pode ser dito para que a gente atinja o objetivo? 6) Obrigatoriedades, informações úteis, insights: Aqui é onde você coloca todos os outros detalhes, como por exemplo qual a oferta que estamos fazendo (se é uma peça de resposta direta). Ou a descrição da personalidade da marca. E outros elementos obrigatórios, como: logo, endereço, telefone etc. que devem constar na peca. 7) Verba: Sempre que puder, discuta com o cliente quanto ele espera investir no projeto. Dessa forma, você evita que uma boa idéia esbarre na impossibilidade de execução. 8) Cronograma: O que queremos da criação e quando precisamos? Escreva aqui informações de mídia, tamanho da peça, cores. E também os prazos de todas as etapas, como por exemplo: 1) revisão inicial da criação (apresentação interna de esboços e idéias), 2) peças ajustadas, 3) apresentação final interna, 4) apresentação ao cliente, 5) envio do material para o veículo (ou para a gráfica).

×