SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Texto literário e texto
    não-literário
Definições
A  diferença fundamental entre o
texto literário e o texto não-
literário é que, no primeiro,
predomina a função estética, e
no segundo, a função utilitária.
Função estética
A    função estética que caracteriza o texto
  literário tem como principais traços
 a plurissignificação,
 a desautomatização da percepção ,
 a conotação,
 a relevância do plano de expressão
 e a intangibilidade da organização
  linguística.
Plurissignificação
É   a característica da linguagem literária
  de abrigar vários significados na
  expressão.
 Um texto literário permite a intersecção de
  diferentes planos de leitura, e abriga
  palavras, expressões, frases e imagens
  que podem possuir mais de um sentido no
  contexto em que são empregadas.
Desautomatização da linguagem
É  a tentativa de encontrar relações entre
  as palavras que não sejam as que
  aparecem no uso cotidiano e não-literário
  das mesmas.
 Essas    relações provocam surpresa,
  estranhamento, graça e diversos outros
  impactos psicológicos.
Conotação
   A conotação, segundo o Houaiss, é o “conjunto
    de alterações ou ampliações que uma palavra
    agrega ao seu sentido literal (denotativo), por
    associações linguísticas de diversos tipos
    (estilísticas, fonéticas, semânticas)”.
   Ela se opõe à denotação, que é “propriedade
    que tem um significante de se referir
    genericamente a todos os membros de um
    conjunto”.
Conotação - 2
   Assim, a conotação se dá quando um novo
    sentido agrega-se ao sentido literal de um signo
    linguístico.
   O texto literário tem como traço característico a
    conotação.
   Isso significa que as palavras e as expressões
    que      nele    venham    a     ser    utilizadas
    frequentemente associam-se a mecanismos
    (metáfora, metonímia) que lhes atribuem novos
    sentidos além daqueles que já possuem.
Relevância do plano da expressão
   A relevância do plano da expressão é muito
    maior no texto literário que no texto não-literário.
   No texto literário, a organização do plano da
    expressão não é realizada apenas para permitir
    a compreensão do conteúdo, mas sim para
    recriar o conteúdo na expressão, recuperando
    traços de sentido.
   Ou seja: quando se trata do texto literário, a
    forma ganha relevância para que se
    compreenda o sentido da mensagem.
Intangibilidade do texto literário
   Intangibilidade é a propriedade daquilo que não
    pode ser tocado, atingido.
   Quando se fala de intangibilidade do texto
    literário, faz-se referência à impossibilidade de
    manter sua essência quando ele é resumido.
   Um texto não-literário pode ser resumido sem a
    perda de suas informações mais importantes.
   Já um texto não-literário não pode ter nenhuma
    de suas partes subtraídas nem modificadas,
    pois cada um dos elementos é significativo em
    relação ao todo.
 Podemos    esquematizar as diferenças
 entre textos literários e não-literários por
 meio da tabela a seguir:
Textos literários                Textos não-literários

Plurissignificação, vários       Na medida do possível, um
planos de leitura.               único plano de leitura e
                                 significação unívoca.
Linguagem desautomatizada,       Linguagem automatizada,
provocando surpresa,             convencional.
estranhamento.
Conotação (metáforas,            Denotação (sentido literal das
metonímias, novos sentidos).     palavras e expressões).

Relevância do plano da           Irrelevância do plano da
expressão.                       expressão.
Intangibilidade (não podem ser   Tangibilidade (podem ser
resumidos ou parafraseados).     resumidos e parafraseados).
Fontes
 FIORIN; PLATÃO.     Para entender o
  texto: leitura e redação. 8ª edição. São
  Paulo: Ática, 1984.
 HOUAISS, A. (dir.). Dicionário
  Eletrônico Houaiss da Língua
  Portuguesa 1.0.5a. Rio de Janeiro:
  Editora Objetiva Ltda., 2002. 1 CD ROM.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Gramática
GramáticaGramática
Gramática
 
Texto e textualidade
Texto e textualidadeTexto e textualidade
Texto e textualidade
 
Lingua e-linguagem2
Lingua e-linguagem2Lingua e-linguagem2
Lingua e-linguagem2
 
O funcionalismo linguistico
O funcionalismo linguisticoO funcionalismo linguistico
O funcionalismo linguistico
 
Tudo sobre POEMAS
Tudo sobre POEMASTudo sobre POEMAS
Tudo sobre POEMAS
 
O que é Literatura?
O que é Literatura?O que é Literatura?
O que é Literatura?
 
Coerência e coesão textual
Coerência e coesão textualCoerência e coesão textual
Coerência e coesão textual
 
Prosa e Poesia
Prosa e PoesiaProsa e Poesia
Prosa e Poesia
 
Gêneros literários
Gêneros literáriosGêneros literários
Gêneros literários
 
Aula intertextualidade
Aula intertextualidadeAula intertextualidade
Aula intertextualidade
 
Variações Linguísticas
Variações LinguísticasVariações Linguísticas
Variações Linguísticas
 
Tipologia textual
Tipologia textualTipologia textual
Tipologia textual
 
Aula 04 variacao linguistica
Aula 04   variacao linguisticaAula 04   variacao linguistica
Aula 04 variacao linguistica
 
Semântica
Semântica Semântica
Semântica
 
G. Literários
G. LiteráriosG. Literários
G. Literários
 
Slide introdução à literatura
Slide introdução à literaturaSlide introdução à literatura
Slide introdução à literatura
 
Polissemia
PolissemiaPolissemia
Polissemia
 
Níveis de linguagem
Níveis de linguagemNíveis de linguagem
Níveis de linguagem
 
Funções da Linguagem
Funções da LinguagemFunções da Linguagem
Funções da Linguagem
 
Conceitos básicos de Literatura
Conceitos básicos de LiteraturaConceitos básicos de Literatura
Conceitos básicos de Literatura
 

Semelhante a Texto literário e texto não literário

texto literário e não literário.pptx
texto literário e não literário.pptxtexto literário e não literário.pptx
texto literário e não literário.pptxMarluceBrum1
 
Textos literários e não literários
Textos literários e não literáriosTextos literários e não literários
Textos literários e não literáriosleozinferreiira
 
Tecnico em edificações senai matéria para prova resumão português
Tecnico em edificações senai matéria para prova resumão portuguêsTecnico em edificações senai matéria para prova resumão português
Tecnico em edificações senai matéria para prova resumão portuguêsMil Pereira
 
Metáfora e Linguística Cognitiva
Metáfora e Linguística CognitivaMetáfora e Linguística Cognitiva
Metáfora e Linguística CognitivaGe Homrich
 
Língua portuguesa na educação profissional de nível médio
Língua portuguesa na educação profissional de nível médioLíngua portuguesa na educação profissional de nível médio
Língua portuguesa na educação profissional de nível médioThiago Soares
 
Figuras de linguagem - Profª. Zenia Ferreira
Figuras de linguagem - Profª. Zenia FerreiraFiguras de linguagem - Profª. Zenia Ferreira
Figuras de linguagem - Profª. Zenia FerreiraAntonio Luiz
 
Produção de textos para concursos públicos
Produção de textos para concursos públicosProdução de textos para concursos públicos
Produção de textos para concursos públicosRenan Silva
 
Slides oficina tp 2
Slides  oficina tp 2Slides  oficina tp 2
Slides oficina tp 2Sadiasoares
 
Lingua em uso linguagem e lingua
Lingua em uso   linguagem e linguaLingua em uso   linguagem e lingua
Lingua em uso linguagem e linguaMoises Ribeiro
 
Texto literário vs n literario
Texto literário vs n literarioTexto literário vs n literario
Texto literário vs n literarioMateus Tanita
 
Figuras de linguagem apresentação
Figuras de linguagem   apresentaçãoFiguras de linguagem   apresentação
Figuras de linguagem apresentaçãoZenia Ferreira
 
E book - gêneros textuais - com-pub
E book - gêneros textuais - com-pubE book - gêneros textuais - com-pub
E book - gêneros textuais - com-pubHilsa Mota
 
Linguistica slides
Linguistica slidesLinguistica slides
Linguistica slidesfacope
 

Semelhante a Texto literário e texto não literário (20)

texto literário e não literário.pptx
texto literário e não literário.pptxtexto literário e não literário.pptx
texto literário e não literário.pptx
 
Literatura 1 2013
Literatura 1   2013Literatura 1   2013
Literatura 1 2013
 
Literatura 1 2013
Literatura 1   2013Literatura 1   2013
Literatura 1 2013
 
Textos literários e não literários
Textos literários e não literáriosTextos literários e não literários
Textos literários e não literários
 
Linguagem e língua 97
Linguagem e língua 97Linguagem e língua 97
Linguagem e língua 97
 
FUNÇÕES DA LINGUAGEM.pptx
FUNÇÕES DA LINGUAGEM.pptxFUNÇÕES DA LINGUAGEM.pptx
FUNÇÕES DA LINGUAGEM.pptx
 
Tecnico em edificações senai matéria para prova resumão português
Tecnico em edificações senai matéria para prova resumão portuguêsTecnico em edificações senai matéria para prova resumão português
Tecnico em edificações senai matéria para prova resumão português
 
Metáfora e Linguística Cognitiva
Metáfora e Linguística CognitivaMetáfora e Linguística Cognitiva
Metáfora e Linguística Cognitiva
 
Língua portuguesa na educação profissional de nível médio
Língua portuguesa na educação profissional de nível médioLíngua portuguesa na educação profissional de nível médio
Língua portuguesa na educação profissional de nível médio
 
ESTILÍSTICA.ppt
ESTILÍSTICA.pptESTILÍSTICA.ppt
ESTILÍSTICA.ppt
 
Figuras de linguagem - Profª. Zenia Ferreira
Figuras de linguagem - Profª. Zenia FerreiraFiguras de linguagem - Profª. Zenia Ferreira
Figuras de linguagem - Profª. Zenia Ferreira
 
Produção de textos para concursos públicos
Produção de textos para concursos públicosProdução de textos para concursos públicos
Produção de textos para concursos públicos
 
Slides oficina tp 2
Slides  oficina tp 2Slides  oficina tp 2
Slides oficina tp 2
 
Lingua em uso linguagem e lingua
Lingua em uso   linguagem e linguaLingua em uso   linguagem e lingua
Lingua em uso linguagem e lingua
 
Texto literário vs n literario
Texto literário vs n literarioTexto literário vs n literario
Texto literário vs n literario
 
Figuras de linguagem apresentação
Figuras de linguagem   apresentaçãoFiguras de linguagem   apresentação
Figuras de linguagem apresentação
 
E book - gêneros textuais - com-pub
E book - gêneros textuais - com-pubE book - gêneros textuais - com-pub
E book - gêneros textuais - com-pub
 
Linguistica slides
Linguistica slidesLinguistica slides
Linguistica slides
 
Análise do discurso
Análise do discursoAnálise do discurso
Análise do discurso
 
Translation
TranslationTranslation
Translation
 

Mais de vinivs

Sociologia da Educacao - apresentacao inicial da disciplina.pptx
Sociologia da Educacao - apresentacao inicial da disciplina.pptxSociologia da Educacao - apresentacao inicial da disciplina.pptx
Sociologia da Educacao - apresentacao inicial da disciplina.pptxvinivs
 
Sociologia da educacao apresentacao inicial da disciplina
Sociologia da educacao   apresentacao inicial da disciplinaSociologia da educacao   apresentacao inicial da disciplina
Sociologia da educacao apresentacao inicial da disciplinavinivs
 
Apresentação - Manuel Bandeira - Libertinagem
Apresentação - Manuel Bandeira - LibertinagemApresentação - Manuel Bandeira - Libertinagem
Apresentação - Manuel Bandeira - Libertinagemvinivs
 
Modernismo Brasileiro - contexto histórico
Modernismo Brasileiro - contexto históricoModernismo Brasileiro - contexto histórico
Modernismo Brasileiro - contexto históricovinivs
 
Aula de Literatura Ocidental - Emily Bronte
Aula de Literatura Ocidental - Emily BronteAula de Literatura Ocidental - Emily Bronte
Aula de Literatura Ocidental - Emily Brontevinivs
 
Estudos da comunicacao humana
Estudos da comunicacao humanaEstudos da comunicacao humana
Estudos da comunicacao humanavinivs
 
Literatura do século XVII
Literatura do século XVIILiteratura do século XVII
Literatura do século XVIIvinivs
 
Semântica: dêixis e anáfora
Semântica: dêixis e anáforaSemântica: dêixis e anáfora
Semântica: dêixis e anáforavinivs
 
Semântica: anomalias
Semântica: anomaliasSemântica: anomalias
Semântica: anomaliasvinivs
 
Literatura jesuítica
Literatura jesuíticaLiteratura jesuítica
Literatura jesuíticavinivs
 
Semântica – antonímia e contradição
Semântica – antonímia e contradiçãoSemântica – antonímia e contradição
Semântica – antonímia e contradiçãovinivs
 
Semântica sinonímia e paráfrase
Semântica   sinonímia e paráfraseSemântica   sinonímia e paráfrase
Semântica sinonímia e paráfrasevinivs
 
Semântica implicações
Semântica   implicaçõesSemântica   implicações
Semântica implicaçõesvinivs
 
Semântica implicações
Semântica   implicaçõesSemântica   implicações
Semântica implicaçõesvinivs
 
Pré modernismo - introdução
Pré modernismo - introduçãoPré modernismo - introdução
Pré modernismo - introduçãovinivs
 
Elementos de História do Brasil Colonial
Elementos de História do Brasil ColonialElementos de História do Brasil Colonial
Elementos de História do Brasil Colonialvinivs
 
Semântica
SemânticaSemântica
Semânticavinivs
 
Literaturas de expressão portuguesa 3o ano - apresentação geral
Literaturas de expressão portuguesa   3o ano - apresentação geralLiteraturas de expressão portuguesa   3o ano - apresentação geral
Literaturas de expressão portuguesa 3o ano - apresentação geralvinivs
 
Literatura brasileira 1 programação
Literatura brasileira 1 programaçãoLiteratura brasileira 1 programação
Literatura brasileira 1 programaçãovinivs
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismovinivs
 

Mais de vinivs (20)

Sociologia da Educacao - apresentacao inicial da disciplina.pptx
Sociologia da Educacao - apresentacao inicial da disciplina.pptxSociologia da Educacao - apresentacao inicial da disciplina.pptx
Sociologia da Educacao - apresentacao inicial da disciplina.pptx
 
Sociologia da educacao apresentacao inicial da disciplina
Sociologia da educacao   apresentacao inicial da disciplinaSociologia da educacao   apresentacao inicial da disciplina
Sociologia da educacao apresentacao inicial da disciplina
 
Apresentação - Manuel Bandeira - Libertinagem
Apresentação - Manuel Bandeira - LibertinagemApresentação - Manuel Bandeira - Libertinagem
Apresentação - Manuel Bandeira - Libertinagem
 
Modernismo Brasileiro - contexto histórico
Modernismo Brasileiro - contexto históricoModernismo Brasileiro - contexto histórico
Modernismo Brasileiro - contexto histórico
 
Aula de Literatura Ocidental - Emily Bronte
Aula de Literatura Ocidental - Emily BronteAula de Literatura Ocidental - Emily Bronte
Aula de Literatura Ocidental - Emily Bronte
 
Estudos da comunicacao humana
Estudos da comunicacao humanaEstudos da comunicacao humana
Estudos da comunicacao humana
 
Literatura do século XVII
Literatura do século XVIILiteratura do século XVII
Literatura do século XVII
 
Semântica: dêixis e anáfora
Semântica: dêixis e anáforaSemântica: dêixis e anáfora
Semântica: dêixis e anáfora
 
Semântica: anomalias
Semântica: anomaliasSemântica: anomalias
Semântica: anomalias
 
Literatura jesuítica
Literatura jesuíticaLiteratura jesuítica
Literatura jesuítica
 
Semântica – antonímia e contradição
Semântica – antonímia e contradiçãoSemântica – antonímia e contradição
Semântica – antonímia e contradição
 
Semântica sinonímia e paráfrase
Semântica   sinonímia e paráfraseSemântica   sinonímia e paráfrase
Semântica sinonímia e paráfrase
 
Semântica implicações
Semântica   implicaçõesSemântica   implicações
Semântica implicações
 
Semântica implicações
Semântica   implicaçõesSemântica   implicações
Semântica implicações
 
Pré modernismo - introdução
Pré modernismo - introduçãoPré modernismo - introdução
Pré modernismo - introdução
 
Elementos de História do Brasil Colonial
Elementos de História do Brasil ColonialElementos de História do Brasil Colonial
Elementos de História do Brasil Colonial
 
Semântica
SemânticaSemântica
Semântica
 
Literaturas de expressão portuguesa 3o ano - apresentação geral
Literaturas de expressão portuguesa   3o ano - apresentação geralLiteraturas de expressão portuguesa   3o ano - apresentação geral
Literaturas de expressão portuguesa 3o ano - apresentação geral
 
Literatura brasileira 1 programação
Literatura brasileira 1 programaçãoLiteratura brasileira 1 programação
Literatura brasileira 1 programação
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 

Último

PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamentalgeone480617
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoSilvaDias3
 

Último (20)

PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
 

Texto literário e texto não literário

  • 1. Texto literário e texto não-literário
  • 2. Definições A diferença fundamental entre o texto literário e o texto não- literário é que, no primeiro, predomina a função estética, e no segundo, a função utilitária.
  • 3. Função estética A função estética que caracteriza o texto literário tem como principais traços  a plurissignificação,  a desautomatização da percepção ,  a conotação,  a relevância do plano de expressão  e a intangibilidade da organização linguística.
  • 4. Plurissignificação É a característica da linguagem literária de abrigar vários significados na expressão.  Um texto literário permite a intersecção de diferentes planos de leitura, e abriga palavras, expressões, frases e imagens que podem possuir mais de um sentido no contexto em que são empregadas.
  • 5. Desautomatização da linguagem É a tentativa de encontrar relações entre as palavras que não sejam as que aparecem no uso cotidiano e não-literário das mesmas.  Essas relações provocam surpresa, estranhamento, graça e diversos outros impactos psicológicos.
  • 6. Conotação  A conotação, segundo o Houaiss, é o “conjunto de alterações ou ampliações que uma palavra agrega ao seu sentido literal (denotativo), por associações linguísticas de diversos tipos (estilísticas, fonéticas, semânticas)”.  Ela se opõe à denotação, que é “propriedade que tem um significante de se referir genericamente a todos os membros de um conjunto”.
  • 7. Conotação - 2  Assim, a conotação se dá quando um novo sentido agrega-se ao sentido literal de um signo linguístico.  O texto literário tem como traço característico a conotação.  Isso significa que as palavras e as expressões que nele venham a ser utilizadas frequentemente associam-se a mecanismos (metáfora, metonímia) que lhes atribuem novos sentidos além daqueles que já possuem.
  • 8. Relevância do plano da expressão  A relevância do plano da expressão é muito maior no texto literário que no texto não-literário.  No texto literário, a organização do plano da expressão não é realizada apenas para permitir a compreensão do conteúdo, mas sim para recriar o conteúdo na expressão, recuperando traços de sentido.  Ou seja: quando se trata do texto literário, a forma ganha relevância para que se compreenda o sentido da mensagem.
  • 9. Intangibilidade do texto literário  Intangibilidade é a propriedade daquilo que não pode ser tocado, atingido.  Quando se fala de intangibilidade do texto literário, faz-se referência à impossibilidade de manter sua essência quando ele é resumido.  Um texto não-literário pode ser resumido sem a perda de suas informações mais importantes.  Já um texto não-literário não pode ter nenhuma de suas partes subtraídas nem modificadas, pois cada um dos elementos é significativo em relação ao todo.
  • 10.  Podemos esquematizar as diferenças entre textos literários e não-literários por meio da tabela a seguir:
  • 11. Textos literários Textos não-literários Plurissignificação, vários Na medida do possível, um planos de leitura. único plano de leitura e significação unívoca. Linguagem desautomatizada, Linguagem automatizada, provocando surpresa, convencional. estranhamento. Conotação (metáforas, Denotação (sentido literal das metonímias, novos sentidos). palavras e expressões). Relevância do plano da Irrelevância do plano da expressão. expressão. Intangibilidade (não podem ser Tangibilidade (podem ser resumidos ou parafraseados). resumidos e parafraseados).
  • 12. Fontes  FIORIN; PLATÃO. Para entender o texto: leitura e redação. 8ª edição. São Paulo: Ática, 1984.  HOUAISS, A. (dir.). Dicionário Eletrônico Houaiss da Língua Portuguesa 1.0.5a. Rio de Janeiro: Editora Objetiva Ltda., 2002. 1 CD ROM.