Revisao Comercio exterior

727 visualizações

Publicada em

Aula 14 comercio exterior
Revisão.......................................................................................................................................................................................................................................

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
727
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
34
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Explicar clientes internos e externos
    Meios de aumentar os lucros das empresas: aumentar vendas e reduzir custos
  • Revisao Comercio exterior

    1. 1. Conceito: taxa de câmbio A taxa de câmbio é a relação cambiária que existe entre duas moedas de países diferentes. Este dado estabelece que quantidade da moeda X se obtém em troca da moeda Y. Noutros termos, indica quanto dinheiro se pode comprar com a moeda de outro país
    2. 2. Plano Real • Plano Real foi um programa brasileiro com o objetivo de estabilização e reformas econômicas • 1º de julho de 1994 foi lançada a nova base monetária nacional, o Real (R$)
    3. 3. • O programa foi a mais ampla medida econômica já realizada no Brasil e tinha como objetivo principal o controle da hiperinflação • O Plano Real mostrou-se nos meses e anos seguintes o plano de estabilização econômica mais eficaz da história, reduzindo a inflação (objetivo principal), ampliando o poder de compra da população, e remodelando os setores econômicos nacionais Plano Real
    4. 4. • O presidente Itamar Franco autorizou que os trabalhos se dessem de maneira irrestrita e na máxima extensão necessária para o êxito do plano, o que tornou o Ministro da Fazenda no homem mais forte e poderoso de seu governo, e no seu candidato natural à sua sucessão. Assim, Fernando Henrique Cardoso elegeu-se Presidente do Brasil em outubro do mesmo ano; Plano Real
    5. 5. Governo: 1990 – 1992 Governo: 1992 – 1994 Governo: 1994 – 2002
    6. 6. POLÍTICA DE COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRA NO CONTEXTO DA ABERTURA COMERCIAL
    7. 7. A abertura comercial externa ao Comércio Exterior Brasileiro foi iniciada nos anos 90 com maior consolidação da economia, com plano Real e a internacionalização das empresas
    8. 8. É uma organização internacional criada em 1960 na Conferência de Bagdá que visa coordenar de maneira centralizada a política petrolífera dos países membros, de modo a restringir a oferta de petróleo no mercado internacional, impulsionando os preços Atualmente, os países membros da OPEP possuem aproximadamente 75% das reservas mundiais de petróleo (Organização dos Países Exportadores de Petróleo)
    9. 9. Qual a alternativa para elevar a competitividade internacional dos produtos brasileiros? Abertura Comercial Externa, nos anos 90
    10. 10. Na década de 80, os países latino-americanos e asiáticos vinham obtendo um excelente desempenho como exportador; O principal atributo era: melhoria na qualidade/desempenho nos produtos exportados; Mercado mundial: latino-americanos e asiáticos Países tradicionalmente desenvolvidos Essas mudanças no cenário internacional denomina-se competitividade internacional
    11. 11. CONTRATO - CONFLITO • Um contrato é um vínculo jurídico entre dois ou mais sujeitos de direito correspondido pela vontade, da responsabilidade do ato firmado, resguardado pela segurança jurídica em seu equilíbrio social, ou seja, é um negócio jurídico bilateral ou plurilateral. É o acordo de vontades, capaz de criar, modificar ou extinguir direitos.
    12. 12. Contrato de Compra e Venda internacional • Entende-se por compra e venda, o contrato pelo qual uma parte (vendedor) obriga-se a transferir a outra parte (comprador) um determinado bem (objeto), mediante a um preço (pagamento). As partes econtram-se em localidades distintas
    13. 13. As partes de um contrato de compra e venda de bens ou serviço 1. VENDEDOR 2. COMPRADOR 3. OBJETO (bem ou serviço) 4. PREÇO (pagamento)
    14. 14. Contrato ligados à compra e venda internacional Crédito documentário Contrato de câmbio Contrato de Seguro Contrato de Transporte
    15. 15. Contrato de Transporte Modalidade: Marítimo Aéreo Lacruste Fluvial Ferroviário Terrestre ou rodoviário
    16. 16. Cláusulas exoneratórias de responsabilidade FORÇA MAIOR: É caracterizada como sendo um evento imprevisível que impede o cumprimento do contrato Ex.: um evento da natureza – terremoto, furacão
    17. 17. HARD SHIP: É caracterizada por um evento externo ás partes, que torna mais oneroso para uma das delas o cumprimento de suas obrigações no contrato Ex.: um embargo decretado pela ONU ao país fornecedor de matéria-prima a ser utilizada na fabricação do produto Cláusulas exoneratórias de responsabilidade
    18. 18. Incoterms • são termos de vendas internacionais, publicados pela Câmara Internacional de Comércio. São utilizados para dividir os custos e a responsabilidade no transporte entre a figura do comprador e do vendedor • A primeira versão foi introduzida em 1936 e a última atualização em 2010
    19. 19. Logística Internacional é o ramo da Logística cujo objetivo principal é melhorar a importância dos "sistemas logísticos externos" que ligam o fabricante aos seus parceiros da rede industrial, como fornecedores, transportadores e operadores
    20. 20. Porque a Logística é importante  Reduzir custos logísticos  Aumentar os lucros da empresa  Agregar valor ao produto vendido  Elevar nível de atendimento ao cliente
    21. 21. Com a competitividade maior, a logística devem ser mais proativa e ter redução no tempo de entrega das mercadorias Consequência: - Atendimento das exigência de mercado e; - Satisfação do cliente
    22. 22. Principal modal para transporte de cargas entre países permitindo uma grande capacidade de carga carregada e frete reduzido é o marítimo Qual modal seguro e que permite o bom armazenamento das cargas?
    23. 23. • A busca crescente das empresas no processo de internacionalização e na vantagem competitiva Principal ponto:  As empresas devem definir qual o melhor mercado para seus negócios  Identificar o grau de competitividade no segmento
    24. 24. Marketing Os primeiros estudos surgiram em 1960 com Edmund Jerome McCarthy e Philip Kotler Desenvolveram a noção de que o profissional de Marketing deve analisar a macro e microambientes (oportunidades e ameaças, pontos fortes e pontos fracos) e sua contribuição para o crescimento da empresa
    25. 25. O que é Marketing Internacional? “Marketing internacional - é a realização das atividades mercadológicas que gerenciam o fluxo de bens ou de serviços desde uma empresa até os seus consumidores ou usuários, em mais do que um país para se obter um benefício
    26. 26. Analise SWOT SWOT é o termo em inglês: Strengths (Forças), Weaknesses(Fraquezas) Opportunities (Oportunidades) e Threats (Ameaças) É uma ferramenta utilizada para fazer análise de cenário (ou análise de ambiente), sendo usado como base para gestão e planejamento estratégico de uma corporação ou empresa, mas podendo, devido a sua simplicidade, ser utilizada para qualquer tipo de análise de cenário, desde a criação de um blog à gestão de uma multinacional
    27. 27. • É aquilo que sua empresa faz de melhor para oferecer ao mercado consumidor, podendo ser derivado de um processo natural (exemplo: água), ou ainda ser obtido através de uma transformação, seja com máquinas ou com a força humana (exemplo: uma Caneta)
    28. 28. No produto, há uma necessidade de analise de mercado e um estudo de lucratividade, mostrarão o que é mais vantajoso:
    29. 29. Praça também chamado de Logística e distribuíção Muitas empresas acham que seu trabalho está encerrado depois que o produto sai de suas instalações A empresa tem a responsabilidade sobre a distribuíção até o destino final
    30. 30. 5 maneiras de ingressar no mercado externo 1. EXPORTAÇÃO INDIRETA 2. EXPORTAÇÃO DIRETA 3. FRANCHISING 4. JOINT-VETURE 5. INVESTIMENTO DIRETO Graupotencialde comprometimento,risco, controleelucro
    31. 31. Critérios para o ingresso no mercado internacional  Definir o perfil das parceirias (conhecer com quem se pretende desenvolver um processo de internaciolização)  Determinar fontes de informação sobre o mercado-alvo  É preciso avaliar e definir com atenção sobre qual das formas de ingresso é a mais vantajosa, a fim de evitar erros de planejamento  Os encontros, as reuniões, procedimento de trabalho devem ser avaliados para poder traçar um plano de ação e estratégia para o mercado, público e produto  É necessário uma boa avaliação sobre a Praça no mercado- alvo, objetivando o público-alvo
    32. 32. Ou Comunicação com o mercado A comunicação do produto em relação ao mercado-alvo pode ser; A-venda pessoal B-propaganda C-publicidade/relações públicas D-promoção de vendas
    33. 33. Para obter vantagem na Promoção/comunicaçao É importante analisar: • Identificar por que exportar? • Qual o volume a ser exportado? • Quais os produtos (devem ser padronizados ou adaptados)? • Qual a forma de logística? • Identificar o público-alvo;
    34. 34. Processo de Internacionalização Há 4 etapas para uma empresa se estruturar no mercado internacional: 1. Atividades de exportação inconstantes 2. Exportação por meio de representantes (agentes) 3. Estabelecimento de uma ou mais filiais de vendas 4. Estabelecimento de instalações de produção no exterior
    35. 35. Material para a prova (P2) – 13jun2013 • PLT _cap 05 • PLT _cap 07 • PLT _cap 08 • PLT _cap 09 • PLT _cap 10

    ×