VALORIZAÇÃO E SUBSISTÊNCIA DO HOMEM DO CAMPO<br />VALORIZAÇÃO E SUBSISTÊNCIA DO HOMEM DO CAMPO<br />
 ESTADO DE MATO GROSSOSECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE MARCELÂNDIAESCOLA MUNICIPAL RURAL SANTA RITA DO NORTEPLANO DE EN...
Proposta de Ensino dentro da Proposta Curricular da Edoc centrado na Valorização e Subsistência do Homem do Campo<br />Pro...
JUSTIFICATIVA<br />Por  intenção de ensinar a matemática envolvendo problemas do dia a dia dos alunos, conteúdos que retra...
Quero ajudar os alunos a perceber que a matemática esta presente em todas as formas na natureza que os rodeia, construídas...
OBJETIVO GERALEnsinar a matemática visando mudanças de atitudes, redução da poluição do ar e devastação das florestas e na...
OBJETIVOS ESPECÍFICOSTrabalhar os conteúdos matemáticos através de exemplos práticos em canteiros e hortas no modelo de SA...
MATERIAL E MÉTODOS<br />Serão selecionados seis áreas de plantio de 25m² cada sendo uma dessas áreas na própria escola e a...
RESULTADOS ESPERADOS<br />Acredito que haverá uma mudança na forma mítica das pessoas verem a matemática, e através dessa ...
Visita ao plantio de CaféComo a temática é valorização do homem do campo bem como suas produções, e os canteiros planejado...
Os alunos apesar de serem filhos de produtores rurais não conheciam o processo de produção do café que seus pais compravam...
Alem de aprenderem na prática todo o processamento do café os alunos ainda, puderam conhecer, todos os equipamentos calcul...
Por fim quando retornamos da aula viagem, das empolgações veio a parte que interessaria, aos professores, a mim na área de...
Calculamos quantos grãos de café caberia em um litro, quantos grãos em média um pé produziria = 5187grãos, quantos grãos e...
ValorizaçãO Santa Rita ApresentaçãO
ValorizaçãO Santa Rita ApresentaçãO
ValorizaçãO Santa Rita ApresentaçãO
ValorizaçãO Santa Rita ApresentaçãO
ValorizaçãO Santa Rita ApresentaçãO
ValorizaçãO Santa Rita ApresentaçãO
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

ValorizaçãO Santa Rita ApresentaçãO

600 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

ValorizaçãO Santa Rita ApresentaçãO

  1. 1. VALORIZAÇÃO E SUBSISTÊNCIA DO HOMEM DO CAMPO<br />VALORIZAÇÃO E SUBSISTÊNCIA DO HOMEM DO CAMPO<br />
  2. 2. ESTADO DE MATO GROSSOSECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE MARCELÂNDIAESCOLA MUNICIPAL RURAL SANTA RITA DO NORTEPLANO DE ENSINO DE MATEMATICA <br />SAF (SISTEMA AGROFLORESTAL) E O ENSINO DA MATEMATICA, UM RECURSO PARA O ENSINO DA MATEMÁTICA E UMA ALTERNATIVA NA RENDA FAMILIAR DOS ALUNOS DA ESCOLA MUNICIPAL SANTA RITA DO NORTE<br /> <br />
  3. 3. Proposta de Ensino dentro da Proposta Curricular da Edoc centrado na Valorização e Subsistência do Homem do Campo<br />Projeto apresentado por Vilson de Figueredo, como requisito da disciplina de Matemática. Uma nova Abordagem na Educação Ambiental, dentro da Educação do Campo.<br />
  4. 4. JUSTIFICATIVA<br />Por intenção de ensinar a matemática envolvendo problemas do dia a dia dos alunos, conteúdos que retratasse a realidade dos mesmos e os fizesse visualizar a matemática existente nos mais diferentes ambientes.<br />Propus que a matemática a ser ensinada para os alunos do 6º ao 9º da Escola municipal Santa Rita do Norte será uma matemática que transcende o ensino da matemática, que ensina o aluno a ver a possibilidade de utilizar os cálculos matemáticos em seu dia a dia, e esses cálculos vai ajudar a transformar a realidade, por ser uma comunidade que depende basicamente da agricultura. <br />
  5. 5. Quero ajudar os alunos a perceber que a matemática esta presente em todas as formas na natureza que os rodeia, construídas ou não pela ação do homem, e que a matemática foi criada a partir das necessidades do homem para realizar suas práticas e com o passar do tempo foi sendo teorizada, e que toda teoria surgiu de experiências práticas.<br />
  6. 6. OBJETIVO GERALEnsinar a matemática visando mudanças de atitudes, redução da poluição do ar e devastação das florestas e nascentes da Bacia do Rio Manissuá Missú (Manito). <br />
  7. 7. OBJETIVOS ESPECÍFICOSTrabalhar os conteúdos matemáticos através de exemplos práticos em canteiros e hortas no modelo de SAF, utilizando modelos matemáticos, tangram; Trabalhar a preservação do Meio Ambiente através do Ensino da matemática;Ensinar a pratica do Sistema de Agra florestal, visando à produção de hortaliças e produtos vendidos nas feiras;Incentivar alunos e pais na reprodução desses modelos para melhoria de sua qualidade de vida e possivelmente renda familiar.<br />
  8. 8. MATERIAL E MÉTODOS<br />Serão selecionados seis áreas de plantio de 25m² cada sendo uma dessas áreas na própria escola e as cinco demais distribuída em grupos de alunos, visando a proximidade dos alunos com o local escolhido, será necessário realizar visitas em loco para observar o desenvolvimento das hortas no modelo SAF, as despesas com transporte para estas visitas já estão previstas na minha função de professor desta unidade escolar, utilizaremos adubos orgânicos e compostos orgânicos, algumas ferramentas comuns ao dia a dia dos alunos como enxadas, cavadeiras, foice, facão, carinho de mão, todos esses materiais serão emprestados da própria comunidade escolar por se tratar de uma escola que trabalha com uma proposta de Educação do campo.<br />
  9. 9. RESULTADOS ESPERADOS<br />Acredito que haverá uma mudança na forma mítica das pessoas verem a matemática, e através dessa mudança na maneira de ensinar e de produzir diferentes tipos de produtos no campo visando conservação, preservação do meio ambiente, influenciando significativamente na renda familiar dos envolvidos trazendo alternativas de produção para agricultura familiar do Município de Marcelândia.<br />
  10. 10. Visita ao plantio de CaféComo a temática é valorização do homem do campo bem como suas produções, e os canteiros planejados ainda estavam em fase de desenvolvimento ouvi a proposta de fazermos uma visita a uma propriedade no assentamento Tupã, onde tivemos uma aula de produção de café com a Senhora Ilda<br />
  11. 11. Os alunos apesar de serem filhos de produtores rurais não conheciam o processo de produção do café que seus pais compravam empacotado nos supermercados, foi graças a plantio e disposição de dona Ilda que estes puderam aprender tudo sobre plantio e produção de café.<br />
  12. 12. Alem de aprenderem na prática todo o processamento do café os alunos ainda, puderam conhecer, todos os equipamentos calcular tempo para descascar o café, abanar, processo de torrar e moer e por ultimo de tudo saborear um delicioso café, produzido sem química. <br />
  13. 13. Por fim quando retornamos da aula viagem, das empolgações veio a parte que interessaria, aos professores, a mim na área de matemática coube muitos cálculos, desde área plantada até outras áreas que poderiam ser plantadas, utilizamos operações com números naturais, sistema de medidas <br />
  14. 14. Calculamos quantos grãos de café caberia em um litro, quantos grãos em média um pé produziria = 5187grãos, quantos grãos em um kg, quantos grão em um saco e ainda estamos, finalizando alguns cálculos que nos possibilitara saber quantos sacos de café aproximadamente dona Ilda produzirá esse ano o que nos proporcionará um retorno para conferir os resultados, trabalhamos cálculos de áreas das propriedades dos alunos de áreas regulares e irregulares.<br />

×