Excedente produtor e consumidor

13.646 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Espiritual
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.646
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
136
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Excedente produtor e consumidor

  1. 1. MICROECONOMIA – TÓPICOS DE RESOLUÇÃO3. Procura, Oferta e Equilíbrio de Mercado3.1) Com base nas leis da procura e da oferta, diga como se alteram o preço e a quantidade de equilíbrio nomercado relevante, na sequência dos seguintes choques: (Sugestão: Comece por verificar como é que cadaum daqueles choques fazem deslocar as curvas de procura e oferta)Nas alíneas seguintes, identificamos os deslocamentos das curvas de procura e/ou oferta, assim como aalteração no preço e quantidade de equilíbrio (as rectas a tracejado e a cheio identificam a curva de procurae/ou oferta antes e depois do choque identificado na alínea respectiva; E0 e E1 identificam o equilíbrio demercado antes e depois do choque).a) Aumento da população na sequência de um b) Diminuição do preço da energia no produtor. fluxo imigratório. E1 E0 P P E0 E1 Q Qc) Diminuição do rendimento disponível dos d) Mau ano agrícola devido a condiçõesconsumidores. climatéricas. E0 E1 P P E1 E0 Q Q 1
  2. 2. e) Melhoria nos processos produtivos devido a f) Subida do preço de um bem substituto.progresso tecnológico. E1 E0 P P E0 E1 Q Qg) Diminuição do preço de bem complementar. h) Criação de expectativas de crise económica por parte da população. E1 E0 P P E0 E1 Q Q3.2) A legislação Europeia vai obrigar os produtores de electrodomésticos a fixar o prazo da garantia em 2anos. Actualmente, a generalidade dos electrodomésticos têm um prazo de garantia de 1 ano. Apresente osefeitos desta medida sobre o mercado de electrodomésticos. - O aumento do prazo de garantia P E1 traduz-se no aumento da valorização que o consumidor atribui ao bem e, por esta via, num deslocamento/expansão da curva de procura; - O produtor passa a exigir um preço por unidade mais elevado para E0 compensar o eventual acréscimo dos custos que resulta da extensão de garantia e, em consequência, assiste- se a um deslocamento/contracção da curva de oferta. QQuais são as consequências da expansão da procura e da contracção da oferta sobre o preço e a quantidadede equilíbrio? Depende de qual das curvas sofre um deslocamento mais acentuado. No caso anterior, opreço e a quantidade de equilíbrio aumenta e diminui, respectivamente, porque a curva de oferta deslocou-se de uma forma mais acentuada do que a curva de procura (i.e. o efeito da extensão de garantia sobre oscustos do produtor é mais forte do que o efeito sobre a valorização que o consumidor atribui ao 2
  3. 3. electrodoméstico). No entanto, o preço e a quantidade de equilíbrio podem aumentar em simultâneo, ou opreço de equilíbrio pode aumentar sem que a quantidade de equilíbrio se altere (veja próximos gráficos). Aresposta depende de qual das curvas se deslocou de forma mais acentuada. P E1 P E1 E0 E0 Q Q3.3) O mercado do café é caracterizado pelas curvas de procura P=20-2Q e oferta P=10+3Q.a) Determine o preço e a quantidade de equilíbrio neste mercado. Represente graficamente. O equilíbrio é determinado pela intercessão das Mercado de Café duas curvas, curva de procura com a curva de P oferta. Em termos matemáticos, o equilíbrio resulta de igualarmos a função procura à função E0 oferta: 20 20-2Q=10+3Q ↔20-10=3Q+2Q ↔10=5Q↔Q*=2 Por substituição da quantidade de equilíbrio Q*=2 16 na função oferta ou na função procura, determinamos o preço de equilíbrio, P*=10+3Q*=10+3×2=16 10 Ou Q P*=20-2Q*=20-2×2=16 2 3
  4. 4. b) Suponha que, devido à alteração do preço do açúcar, a curva de procura passa a ser dada por P=18-2Q. Mercado de Café P - Se comparar a nova procura com a antiga, verifica que se deu um deslocamento/contracção E0 da curva de procura (a ordenada na origem da 20 procura alterou-se de 20 para 18). 18 - O aumento do preço de um qualquer bem complementar do café traduz-se na contracção da curva de procura de café. Dado que o açúcar e o E1 café são bens complementares, aquele 14,8 deslocamento na curva de procura de café pode ser justificado com um aumento do preço do açúcar. 10 Q 1,6O novo equilíbrio resulta de igualarmos a função procura à função oferta: 18-2Q=10+3Q ↔18-10=3Q+2Q↔8=5Q↔Q*=1,6Por substituição deste valor na função oferta ou na função procura, P*=10+3Q*=10+3×1,6=14,8 ou P*=18-2Q*=18-2×1,6=14,8.c) Suponha que se assiste a uma subida do preço dos bens intermédios utilizados na produção de café. Determine o impacto esperado sobre o mercado de café. Mercado de Café - O aumento do preço de um factor produtivo (energia, trabalho, matérias-primas, etc) faz P aumentar os custos por unidade produzida. Como E1 consequência, e independentemente da quantidade que venha a ser transaccionada, o produtor passa a exigir um preço mais elevado para o compensar do acréscimo de custos. Esta ideia reflecte-se na contracção da curva de oferta. E0 - O deslocamento da curva de oferta implica o aumento e diminuição do preço e da quantidade de equilíbrio, respectivamente. Q 4
  5. 5. 3.5) A Associação de Produtores de Máquinas de Café desenvolveu uma nova máquina que reduz odesperdício de café por Bica sem alterar a qualidade da mesma.a) Como se alteram o preço e a quantidade de equilíbrio no mercado de máquinas de café?Analise o mercado das máquinas de café. - Este fenómeno aumenta a valorização que os consumidores atribuem à Máquina de Café (na medida em E1 que a nova máquina de café reduz o desperdício de café). P Em consequência da maior valorização, o consumidor está disposto a pagar um preço mais elevado pela máquina, o que se traduz no deslocamento/expansão da curva de procura. E0 - O deslocamento da curva de procura implica o aumento do preço e da quantidade de equilíbrio no mercado das máquinas de café. Qb) Avalie os efeitos sobre o bem-estar do produtor e do consumidor?O Excedente do Consumidor e o Excedente do Produtor são as medidas utilizadas para medir o bem-estardo consumidor e do produtor, respectivamente.O Excedente do Consumidor mede a diferença entre a valorização que o consumidor atribui ao bem e opreço pago pelo mesmo, sendo, por isso, uma medida do bem-estar que o consumidor retira do consumo dobem (ex. se o consumidor paga 10 euros por um bem que valoriza em 30 euros, ganha 20 euros com oconsumo daquele bem).O Excedente do Produtor mede a diferença entre o preço que o produtor recebe e o preço mínimo que eleexige para vender o bem. Na medida em que o preço mínimo exigido pelo produtor é idêntico aosrespectivos custos por unidade, então o Excedente do Produtor mede a diferença entre o preço e o custo porunidade, sendo uma medida daquilo que o produtor ganha por unidade vendida.Avalie a forma como o deslocamento da curva de procura referido na alínea anterior altera o Excedente doConsumidor e do Produtor: 5
  6. 6. P - O Excedente do Produtor é medido pela área compreendida entre o preço de equilíbrio e a curva de oferta. E1 - O deslocamento da curva de procura altera o Excedente do Produtor num montante medido pela área b (o excedente do produtor no equilíbrio E1 é medido pela área a+b; o excedente do produtor no equilíbrio E0 é medido pela área a). b E0 - O aumento do excedente do produtor é explicado por dois fenómenos: (i) o produtor passa a receber um a preço mais elevado; (ii) o produtor passa a vender uma quantidade maior. Estes dois fenómenos reflectem-se positivamente no bem-estar do produtor. QP E1 - O Excedente do Consumidor é medido pela área compreendida entre a curva de procura e o preço de equilíbrio. - Na situação inicial, o excedente do consumidor era c E0 medido pela área c do gráfico. QP E1 - Após o deslocamento da curva de procura, o Excedente do Consumidor passa a ser medido pela área d+e. d - Para poder comparar o impacto do deslocamento da curva de procura sobre o Excedente do Consumidor, e repare que a área c no gráfico anterior (que media o valor inicial do excedente do consumidor) é E0 equivalente à área d. - A variação do excedente do consumidor é medido pela área e. O consumidor vê o seu bem-estar aumentar Q 6
  7. 7. A variação do excedente do consumidor resulta de três fenómenos: (i) O consumidor passa a consumir umaquantidade maior, o que se traduz no aumento do seu bem-estar; (ii) O consumidor passa a pagar um preçode equilíbrio mais elevado, o que se traduz na diminuição do seu bem-estar; (iii) A valorização que oconsumidor atribui a cada máquina de café aumentou (este aspecto está reflectido no deslocamento dacurva de procura), o que se traduz no aumento do seu bem-estar. O acréscimo na valorização que oconsumidor atribui ao bem é superior ao acréscimo no preço de equilíbrio (a deslocação vertical da curvade procura é superior à variação do preço de equilíbrio). Este aspecto permite-me concluir que o efeito (iii)mais do que compensa o efeito (ii). Assim, a soma dos três efeitos sobre o bem-estar do consumidor épositiva.c) De que forma é que as suas respostas anteriores dependem do preço do café?O acréscimo na valorização da máquina de café, por parte do consumidor, e que se traduziu nodeslocamento/expansão da curva de procura que foi analisado nas alíneas anteriores, resulta do facto danova máquina permitir reduzir o (grão de) café necessário à produção de uma bica. Esta poupança de café étanto mais relevante em termos económicos quanto mais caro for o (grão de) café. Assim, o deslocamentoda curva de procura de máquinas de café será tão mais significativo quanto mais caro for o café. Quantomaior o deslocamento da curva de procura de máquinas de café, maior será a alteração que se irá dar nopreço e quantidade de equilíbrio, e no excedente do produtor e do consumidor de máquinas de café.d) Suponha que a nova máquina, para além de reduzir o desperdício de café, tem um custo de produção unitário mais baixo. Qual o efeito esperado sobre a quantidade e preço de equilíbrio no mercado das máquinas de café?Para além do deslocamento/expansão da curva de procura que resulta da maior valorização que oconsumidor atribui às máquinas de café, dá-se também um deslocamento/expansão da curva de oferta queresulta da diminuição do custo de produção unitário da máquina de café. Havendo umdeslocamento/expansão das duas curvas em simultâneo, conclui-se que a quantidade de equilíbrio aumenta.O efeito sobre o preço de equilíbrio depende de qual das curvas se deslocou de uma forma maissignificativa (recorde o exercício 3.2), i.e. depende de qual dos efeitos do novo produto é mais acentuado,se o efeito sobre a valorização da máquina por parte do consumidor, se o efeito sobre os custos por unidadesuportados pelo produtor de máquinas de café. E1 P - No primeiro gráfico, a curva de procura desloca-se de uma forma mais acentuada do que a curva de E0 oferta, o que se traduz no aumento do preço e da quantidade de equilíbrio. Q E0 P - No segundo gráfico, a curva de oferta desloca-se de uma forma mais significativa do que a curva de procura, o que se traduz no aumento e diminuição da quantidade e do preço de equilíbrio, respectivamente. E1 Q 7
  8. 8. P E0 - No terceiro gráfico, as duas curvas deslocam-se de uma forma sensivelmente idêntica. Neste caso, a E1 quantidade de equilíbrio aumenta mas o preço de equilíbrio não se altera. Q3.6) Durante o ano de 1986 o sudeste dos E.U.A. sofreu uma das maiores secas deste século. Algunspolíticos defenderam a necessidade de compensar os agricultores, enquanto outros argumentaram que omercado se encarregaria de o fazer. Comente ilustrando graficamente e utilizando o conceito deelasticidade da procura. P Maus Anos Agrícolas P Maus Anos Agrícolas Bons Anos Bons Anos Agrícolas Agrícolas a a b c b c Q QHá mercado onde alterações nos preços não têm um efeito “significativo” sobre a quantidade procurada(ex. procura de combustíveis, tabaco, produtos agrícolas, viagens de transporte publico, etc) – neste caso, acurva de procura é muito inclinada (i.e. a quantidade não diminui de forma “significativa” quando o preçoaumenta), sendo classificada de procura rígida.Há outros mercados onde alterações nos preços têm um efeito “significativo” sobre a quantidade procurada– neste caso, a curva de procura é pouco inclinada, sendo classificada de procura elástica.Produtos necessários e com poucos substitutos tendem a ter uma procura rígida (o consumidor não podediminuir “significativamente” o consumo destes produtos, em resposta a um aumento de preços, por setratarem de produtos necessários e com poucos substitutos). Produtos não necessários e/ou com muitossubstitutos tendem a ter procuras elásticas.Nos gráficos anteriores, assuma que oferta de produtos agrícolas é medida pelas rectas verticais. Quandopassamos de um bom ano agrícola para um mau ano agrícola, assiste-se a uma contracção da curva de 8
  9. 9. oferta, o que implica uma diminuição e um aumento da quantidade e preço de equilíbrio, respectivamente.A receita dos agricultores é calculada pelo produto do preço e a quantidade de equilíbrio, sendo medidaspelos rectângulos a+b (maus anos) e b+c (bons anos). A alteração da receita dos agricultores, quandopassamos de um bom para um mau ano agrícola, é explicada por dois fenómenos: (i) A receita é menor nosmaus anos agrícolas porque se vende uma quantidade de equilíbrio menor; (ii) A receita é maior nos mausanos agrícolas porque os produtores passam a vender o bem por um preço de equilíbrio mais elevado.Se estivermos na presença de uma procura rígida, a receita dos maus anos agrícolas é maior do que a dosbons anos agrícolas, porque o efeito que resulta do aumento de preços é mais forte que o efeito dadiminuição da quantidade. Se estivermos na presença de uma procura elástica, a receita dos maus anosagrícolas é menor do que a dos bons anos agrícolas, porque o efeito que resulta do aumento de preços émais fraco que o efeito da diminuição da quantidade.A procura de produtos agrícolas tende a ser rígida (são produtos necessários e/ou com poucos substitutos),o que implica que a receita dos agricultores tende a ser mais elevada nos maus anos agrícolas. Desta forma,não se justificam ajudas adicionais ao rendimento dos agricultores nos maus anos agrícolas.3.7) Suponha que se encontra a trabalhar no Departamento de Análise económica de uma Tabaqueira. Oseu chefe pede-lhe que determine a elasticidade da procura que é dirigida à empresa. Depois de algunscálculos, conclui que aquela procura é elástica. O seu chefe fica intrigado com aquele valor porque sempreconsiderou que o tabaco, ao criar habituação, tem uma procura rígida. Apresente os argumentos necessáriospara convencer o seu chefe da validade das suas conclusões.Neste caso, devemos distinguir a procura de tabaco (em geral) da procura dirigida à marca/empresa XPTO: P Procura de Tabaco da Marca XPTO Procura de Tabaco Q- A procura de tabaco tenda a ser uma procura rígida – alterações no preço do tabaco não tem um impactosignificativo sobre a quantidade procurada de tabaco, na medida em que estamos na presença de umproduto que se torna necessário (após criar habituação) e que tem poucos/nenhum substituto.- A procura de tabaco da marca XPTO é menos inclinada do que a procura referida no ponto anterior.Porquê? Se o preço de tabaco da marca XPTO aumentar, sem que se aumente o preço das outras marcas detabaco, há uma diminuição “significativa” do consumo da marca XPTO (um grupo “significativo” deconsumidores deixam de consumir tabaco da marca XPTO, que se tornou mais caro, para passar a consumirtabaco de outras marcas).3.8) O teatro municipal e a empresa de transportes públicos de uma determinada cidade são altamentedeficitários. O presidente da Câmara Municipal decide alterar o preço dos bilhetes com vista à alteração dasituação financeira das duas empresas. Tendo em consideração a natureza da procura de espectáculos deteatro e de transportes públicos urbanos, que conselho daria ao presidente da Câmara?A procura de transportes públicos tende a ser uma procura rígida (procura muito inclinada), por se tratar deum bem necessário e com poucos substitutos relevantes. A procura de teatro tende a ser elástica (procurapouco inclinada), por se tratar de um bem não necessário e com muitos substitutos (ex. cinema, televisão,jogos de futebol, leitura, etc, são substitutos do teatro no mercado do entretenimento). No exercício 3.6)concluiu-se que, no caso de mercados com procuras rígidas, a receita do produtor aumenta em resultado do 9
  10. 10. aumento do preço; no caso de mercados com procura elástica, a receita do produtor aumenta em resultadode diminuições de preço. Assim, sugerimos o aumento do preço dos transportes públicos (bem com procurarígida ou muito inclinada), e diminuir o preço do teatro (bem com procura elástica ou pouco inclinada). P Procura de P Procura de Teatro (Proc. Transportes Elástica) (Proc. Rígida) a b c d Q e f QAo diminuir o preço do teatro, a quantidade consumida aumenta, a receita altera-se de a+b para b+c (aalteração da receita é explicada por dois fenómenos: (i) o teatro vê a sua receita diminuir no valor medidopela área a por causa da diminuição do preço; (ii) o teatro vê a sua receita aumentar no valor medido pelaárea c por causa do aumento do numero de bilhetes de teatro vendidos. A receita do teatro aumenta, comoconsequência da diminuição dos preços, porque a procura é elástica (pouco inclinada).Ao aumentar o preço dos transportes públicos, a quantidade consumida diminui, a receita altera-se de e+fpara d+e (a alteração da receita é explicada por dois fenómenos: (i) a receita diminui no valor medido pelaárea f por causa da diminuição da quantidade de bilhetes para os transportes públicos; (ii) a receita aumentano valor medido pela área d por causa do aumento do preço dos transportes. A receita dos transportespúblicos aumenta, como consequência do aumento do preço dos bilhetes, porque a procura é rígida (muitoinclinada).3.9) Em 1987 um PC 386 era vendido por $6995. Actualmente podemos adquirir um Pentium comcaracterísticas superiores ao velhinho 386 por uma parcela do preço do 386.a) Explique as razões que levaram a uma tão drástica diminuição do preço. - O progresso tecnológico (por exemplo ao nível da P produção de chips cada vez mais baratos e com maior capacidade de processamento) traduziu-se na diminuição E0 significativa dos custos por computador produzido. A diminuição drástica dos custos traduz-se na diminuição do preço mínimo que o produtor exige para vender um computador adicional, o que se reflecte no E1 deslocamento/expansão da curva de oferta. - O deslocamento da curva de oferta faz diminuir e aumentar o preço e a quantidade de equilíbrio, respectivamente. Q 10
  11. 11. b) Qual o impacto esperado do crescimento da utilização da Internet sobre o preço dos computadores? P E1 - O aparecimento da Internet aumenta a E0 valorização que o consumidor atribui ao computador e, por esta via, aquele passa a estar disposto a pagar um preço maior pelo computador (independentemente da quantidade consumida). Este fenómeno reflecte-se no deslocamento/expansão da curva de procura. E2 - O deslocamento isolado da curva de procura implica o aumento do preço e da quantidade de equilíbrio (o equilíbrio passa de E0 para E1). QO aumento da valorização que o consumidor atribui ao computador (alínea b)) em simultâneo com adiminuição dos custos de produção (alínea a)) traduz-se no deslocamento/expansão simultâneo das duascurvas. Se o deslocamento da curva de oferta for mais significativo do que o deslocamento da curva deprocura, o preço de equilíbrio no mercado dos computadores vai continuar a diminuir, apesar da expansãoda curva de procura (o equilíbrio passa de E0 para E2). 11

×