Introdu ção     A polui ç ão atmosf é rica  é  o efeito provocado na atmosfera por  diferentes elementos s ó lidos, l í ...
Polui ç ão Atmosf é rica   A polui ç ão do ar nas  á reas urbano-industriais, ocorre devido ao facto de estas  regiões ser...
As consequências da polui ç ão atmosf é rica :   O Smog As condi ç ões geogr á ficas e meteorol ó gicas tamb é m são muito...
 
As Chuvas  Á cidas   As chuvas ácidas formam-se com a libertação de dióxido de enxofre e de óxido  de azoto (provenientes ...
 
 
O Efeito de Estufa   Uma das consequências da polui ç ão atmosf é rica  é  o Efeito de Estufa. O sol  é  constitu í do por...
 
A destrui ç ão da camada de ozono A existência de ozono na estratosfera  é  vital para a Terra, pois absorve grande  parte...
A poluição Atmosférica   Durante as  ú ltimas d é cadas o homem tem transformado as paisagens e  a pr ó pria natureza:   A...
As solu ç ões poss í veis para estes problemas Os cientistas têm vindo a apelar para a interven ç ão dos governantes e das...
Conclusão   Com este trabalho pretendi dar a conhecer as consequências da polui ç ão  atmosf é rica, assim como solu ç ões...
Bibliografia Diciop é dia 2003, Porto Editora. Geo ambiente e sociedade, edi ç ões ASA Enciclop é dia do Conhecimento. Int...
FIM <ul><li>Trabalho realizado por: </li></ul><ul><li>Pedro   Manuel   Barbosa   Fernandes </li></ul><ul><li>N-18 </li></u...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Trabalho Pedro

3.203 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Trabalho Pedro

  1. 2.   Introdu ção     A polui ç ão atmosf é rica é o efeito provocado na atmosfera por diferentes elementos s ó lidos, l í quidos, ou gasosos, provenientes sobretudo da actividade do Homem. Os problemas mais graves de contaminação do ar surgem nas cidades e áreas com um grande nível de industrialização, embora cada vez mais se generalizem por todo o planeta, facto que merece a nossa preocupação.
  2. 3. Polui ç ão Atmosf é rica   A polui ç ão do ar nas á reas urbano-industriais, ocorre devido ao facto de estas regiões serem as que possuem mais focos de polui ç ão, como os escapes dos autom ó veis (que emitem grandes quantidades de gases poluentes),os aquecimentos dom é sticos, os fumos industriais e outros, os incêndios florestais e as pulveriza ç ões com pesticidas. Outros factores que tamb é m contribuem para a polui ç ão atmosf é rica são: as caracter í sticas clim á ticas de cada região, a posi ç ão geogr á fica e os ventos dominantes. Os espa ç os prop í cios para a concentra ç ão da polui ç ão atmosf é rica são os locais afastados do litoral e regiões abrigadas (pouco ventosas), nestes locais existe uma maior concentra ç ão de polui ç ão, pois o ar não se movimenta e os gases acumulam-se. Os espa ç os desfavor á veis para a concentra ç ão da polui ç ão atmosf é rica são as regiões litorais ou montanhosas, onde o ar é ascendente, nestes locais existe uma menor concentra ç ão de polui ç ão. Nos pa í ses desenvolvidos verifica-se uma maior concentra ç ão de polui ç ão atmosf é rica, devido ao grande n í vel de industrialização e ao modo de vida das pessoas que utilizam demasiado os autom ó veis, os CFC ’ s, etc. No entanto este problema cada vez mais se estende aos pa í ses em desenvolvimento, devido a esses pa í ses come ç arem a utilizar cada vez mais autom ó veis e a ter cada vez mais f á bricas.    
  3. 4. As consequências da polui ç ão atmosf é rica :   O Smog As condi ç ões geogr á ficas e meteorol ó gicas tamb é m são muito importantes para o agravamento ou diminui ç ão do efeito da polui ç ão do ar . O “ Smog ” define-se como uma combina ç ão de fumo e de nevoeiro em á reas urbano-industriais . O Smog surge em situa ç ões de nevoeiro, a sua forma ç ão é favorecida pelos focos de polui ç ão, que aumentam o n ú mero de n ú cleos de condensa ç ão (poeiras ou part í culas diversas) na atmosfera saturada ou quase saturada. As consequências do Smog são: A inversão t é rmica, ou seja, o aumento da temperatura durante o dia, e em condi ç ões de grande arrefecimento nocturno. O Smog provoca directamente nas pessoas asma, bronquite, problemas respirat ó rios e card í acos. A concentra ç ão de fumos à superf í cie. Algumas cidades que sofreram o Smog : -   Los Angeles , é uma cidade que sofre grandes problemas de contamina ç ão pelo Smog. -  Londres , foi onde ocorreu a situa ç ão mais grave, no ano de 1952, devido à conjuga ç ão de v á rios fen ó menos meteorol ó gicos.
  4. 6. As Chuvas Á cidas   As chuvas ácidas formam-se com a libertação de dióxido de enxofre e de óxido de azoto (provenientes de fábricas e automóveis) para a atmosfera. Esses gases que foram libertados para a atmosfera são levados para as Nuvens. A combina ç ão destes gases com o oxig é nio e o vapor de á gua contido nas nuvens, d á origem a á cido sulf ú rico e á cido n í trico, ou seja, formam-se as chuvas á cidas. Com a precipita ç ão, as chuvas á cidas originam   a acidifica ç ão dos solos, que vai prejudicar a agricultura e as esp é cies de á rvores e plantas que vão nascer. Outra consequência é a destrui ç ão da vegeta ç ão e a contamina ç ão da á gua, que é muito prejudicial para a vegeta ç ão assim como para os animais. As chuvas á cidas embora afectem mais as regiões industrializadas da Am é rica do Norte (EUA e Canad á ) e da Europa (Alemanha , Á ustria, Pol ó nia, Rep ú blica Checa, Escandin á via), devido à emissão de di ó xido de enxofre e à queima de petr ó leo e carvão, são um problema global visto que os ventos transportam as part í culas poluentes .
  5. 9. O Efeito de Estufa   Uma das consequências da polui ç ão atmosf é rica é o Efeito de Estufa. O sol é constitu í do por radia ç ões ultravioletas, infravermelhos, entre outras que atravessam a atmosfera, mas nem todas chegam à superf í cie, pois a mesma absorve, difunde e reflecte parte dessa radia ç ão (fun ç ão de filtro). A crescente emissão de di ó xido de carbono é prejudicial, pois o CO 2 permite a passagem da radia ç ão solar para   terra mas depois funciona como uma barreira, não deixando sair o calor que é reflectido pela superf í cie terrestre, então o calor fica concentrado formando o Efeito de Estufa. Este fen ó meno atinge mais os pa í ses desenvolvidos, por serem os maiores emissores de di ó xido de carbono. Na actualidade as regiões menos desenvolvidas e industrializadas tamb é m são afectadas por este problema, devido à queima das florestas tropicais e fen ó menos naturais (erup ç ões vulcânicas). Este processo tem duas consequências: Ø  O aquecimento global do planeta, o que pode provocar a fusão do gelo das regiões polares e a subida dos oceanos, com a submersão das regiões litorais. Ø  Altera ç ões climat é ricas que poderão acelerar o avan ç o da dos desertos (desertifica ç ão).
  6. 11. A destrui ç ão da camada de ozono A existência de ozono na estratosfera é vital para a Terra, pois absorve grande parte da radia ç ão ultravioleta. O ozono é assim indispens á vel, protegendo-nos do excesso de radia ç ão ultravioleta, embora ao n í vel do solo seja prejudicial para a sa ú de e para o ambiente. A destrui ç ão da camada de ozono provocada pelo cloro origina varia ç ões do clima (aquecimento global) e poder á acabar com a vida na terra. Tem-se assistido à destrui ç ão da camada de ozono, ou seja, o aumento do “ buraco ” na camada de ozono, esta situa ç ão é mais preocupante nos p ó los pois corre-se o risco de derreter os p ó los, aumentando desta forma o n í vel m é dio das á guas do mar. Actualmente tenta-se substituir os CFC (muito prejudiciais para a camada de ozono), por outros que não provoquem danos ambientais, pois se a camada de ozono é destru í da ser á o fim da vida na terra.  
  7. 12. A poluição Atmosférica   Durante as ú ltimas d é cadas o homem tem transformado as paisagens e a pr ó pria natureza:   A polui ç ão atmosf é rica est á a conseguir alterar o clima do planeta Toda esta cadeia de problemas põe em perigo O planeta e o pr ó prio homem Destruição das florestas tropicais   Também tem contribuído para as alterações climáticas e para o avanço dos desertos (desertificação).     Aumento do Efeito de estufa Aumento global das temperaturas Degelo dos calotes Subida do nível das águas do mar
  8. 13. As solu ç ões poss í veis para estes problemas Os cientistas têm vindo a apelar para a interven ç ão dos governantes e das popula ç ões em geral, devido ao agravamento dos problemas relacionados com a atmosfera. Para combater o Smog, as chuvas á cidas, o aumento do efeito de estufa, a destrui ç ão da camada de ozono e altera ç ões clim á ticas, foram adoptadas medidas de preserva ç ão da Natureza, tais como: Ø      A redu ç ão das emissões de di ó xido de carbono para a atmosfera; Ø      A utiliza ç ão de filtros nas chamin é s das f á bricas; Ø      A promo ç ão de energias alternativas, não poluentes; Ø      A elimina ç ão da utiliza ç ão de CFC; Ø      A utiliza ç ão de tecnologias “ limpas ” . Ø      A promo ç ão da reciclagem; Ø      A reutiliza ç ão de determinados produtos, por exemplo a utiliza ç ão de garrafas de vidro em substitui ç ão das de pl á stico descart á veis; Ø      A redu ç ão na utiliza ç ão de determinados produtos mais poluentes, como o pl á stico.
  9. 14. Conclusão   Com este trabalho pretendi dar a conhecer as consequências da polui ç ão atmosf é rica, assim como solu ç ões para atenuar os seus efeitos. A polui ç ão atmosf é rica provoca o Smog, as chuvas á cidas, o efeito de estufa, a destrui ç ão da camada de ozono e altera ç ões clim á ticas. Estes problemas têm vindo a agravar-se, devido à constante emissão de dióxido de carbono proveniente dos autom ó veis, das f á bricas, dos incêndios e da utiliza ç ão de pesticidas. Se este problema se continuar a agravar, provavelmente haver á a destrui ç ão da camada de ozono, o que vai terminar com a vida no planeta Terra.
  10. 15. Bibliografia Diciop é dia 2003, Porto Editora. Geo ambiente e sociedade, edi ç ões ASA Enciclop é dia do Conhecimento. Internet 
  11. 16. FIM <ul><li>Trabalho realizado por: </li></ul><ul><li>Pedro Manuel Barbosa Fernandes </li></ul><ul><li>N-18 </li></ul><ul><li>10-C </li></ul>

×