Amor e loucura

537 visualizações

Publicada em

Publicada em: Indústria automotiva
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
537
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Amor e loucura

  1. 1. 15 de AMOR E LOUCURA diciembre de 2011Nos primeiros dias, quando nãohavia nada. Quando não haviamesmo tempo, porque ninguémtinha inventado tudo para trazera conta. Quando o homem nãoexistia no meio do universoestavam reunidos os vícios e asvirtudes que depois preencher osseres humanos a uma maior oumenor grau. E os vícios e asvirtudes passou o dia tododiscutindo e lutando,principalmente impulsionadopela raiva e da discórdia. Ediscutindo sobre que habitam ocorpo dos seres humanos, se osvícios e virtudes. E não poderia 1
  2. 2. 15 de AMOR E LOUCURA diciembre de 2011concordar porque algunsdisseram que não haveria maisvirtudes do que defeitos emseres humanos e outros não ocontrário, seria possível por umasérie de irregularidades estariamem seres humanos. E já queninguém pode concordar.Loucura, eu era louco, tubo deuma idéia que parecia grande. Epulando no meio da reunião,disse: Tenho uma idéia, eu tenhouma idéia para resolver adiscussão.Todas as expectativasforam eles. Loucura e correndosem pé nem cabeça e pulando aoredor, disse: 2
  3. 3. 15 de AMOR E LOUCURA diciembre de 2011É uma ótima idéia quecertamente não irá falhar. Yeah,yeah, yeah, yeahMistério Neste ponto, eu estavarealmente intrigado, opensamento. "Qual será a grandeidéia que teve essa loucura?"A loucura e continuou saltando eempinando e dizendo: Eu tenhoisso! Eu tenho isso!. E intrigasque foi cada vez mais intrigado,instigados pela curiosidadefinalmente perguntou: Ei, E o queé que a idéia tão boa?.A loucura saltou e depois outro edisse: Muito fácil, muito fácil,muito fácil. Este é um jogo!. 3
  4. 4. 15 de AMOR E LOUCURA diciembre de 2011Como a loucura estava pulando eparecia estar a dizer algumacoisa, Mistério disse:E o jogo é?É simples, é um grande jogo emuito divertido. - Disse aloucura - É o jogo de esconde-esconde. Em seguida, o enredoem si que estava intrigado. Etanta intriga não podia suportardisse: Que diabos é esse jogo?.Muito fácil, muito fácil, muitofácil. -a loucura disse girando emtorno do Mistério - Um de nóscomeça a contagem 1 até 100 deenfrentar um tronco muitogrande e de olhos vendados. E osoutros fogem e se escondem 4
  5. 5. 15 de AMOR E LOUCURA diciembre de 2011onde podem. Então ele tem queprocurar outros. Se na última vezque você encontrar é umavirtude, são as virtudes dohomem para viver em maiornúmero, se o defeito são osvícios que os seres humanoshabitam. Então, alguém namultidão, disse:E se você encontrar um casal devirtude e vício?.A loucura hesitou e disse:Muito simples, é dividido empartes iguais. Inteligência, queaté então tinha sido pensado opensamento mais inteligente "Váideota que aconteceu com essaloucura. Porque é que não penso 5
  6. 6. 15 de AMOR E LOUCURA diciembre de 2011em mim?". Então perguntou oMistério. E quem irá dizer?.Ternura e disse: Vai, a loucura,como já aconteceu de uma boaidéia, nada melhor que você quecontam?. Ok, Ok, ok. - Disse ofMadness. E ele foi para umregistro para ser executado:Vinte e sete, quarenta e doisanos, quatorze anos, sessenta ...Todas as virtudes e os vícios quecorriam para se proteger.A Justiça tomou a mão para averdade porque a verdadesempre acompanha o direito, efoi para um rio que corria nasproximidades. Foi um rio deáguas puras e cristalinas. 6
  7. 7. 15 de AMOR E LOUCURA diciembre de 2011Justiça e disse: Nós nosescondemos aqui, dizem que ajustiça não é clara. Justiça e seescondeu no fundo do rio juntocom a Verdade. The DreamingTernura agarrou a mão dela e fuipulando escondendo atrás deuma nuvem rosa. E aí começou apintar nuvens tons de roxo,vermelho, rosa e azul. E por queno por do sol no céu se enche denuvens de cores. Lust levou amão à Paixão e escalei umamontanha juntos para escondêlo.Mas uma vez que a temperaturacomeçou a subir e as pedraspara aquecer e derreter até a 7
  8. 8. 15 de AMOR E LOUCURA diciembre de 2011luxúria e paixão deu origem a umvulcão em montanha.A preguiça não se mexeu deonde estava. No sonho que eutinha ela daria ao trabalho deesconder. Vamos lá, e fui dormirpor trás de um banco que estavapor perto. E assim eles estavamse escondendo de tudo, todos,mas dois.Trinta e três, cinqüenta e oito,sete ... Inveja, inveja, comosempre, queria saber onde eleestava escondido em todo omundo e ficou no meio.Setenta e sete, oitenta e seis,cinqüenta e um ... 8
  9. 9. 15 de AMOR E LOUCURA diciembre de 2011O outro não estava escondendo oamor Pois o amor é indeciso enão sabia onde se esconder.Madness foi chegando ao final daconta:Noventa e oito ...Amor e inveja não sabe paraonde ir. A inveja foi um pinheiro esubiu em cima. Noventa e nove... No último momento, o amorpulou de um arbusto de rosasvermelhas, onde ninguém estavaescondido porque estava cheiode espinhos.E uma centena!.Madness se virou e começou aolhar para os seus pares. 9
  10. 10. 15 de AMOR E LOUCURA diciembre de 2011Lealdade Cruz! .- Lealdade, fielcomo ele era, não tinha semudado do lado da loucura.Cruz da Esperança! .- LaEsperanza estava escondida nasproximidades, pensando que nãopoderia encontrá-la. cruz pelaignorância! .- Ignorância, noradeixou perguntando- O que estamos jogando?- Cruz pela gula é comer bolos!.- Cruz do soberba!.O soberba saiu muito vermelho edisse:Eu tinha escondido muito bem,eu tenho encontrado maisrecente?, Venha, com o quãobem eu me esconder! 10
  11. 11. 15 de AMOR E LOUCURA diciembre de 2011Cruz Humildade!.Humildade Insana se aproximoue disse: A verdade é que eu acheimuito bom.Atravesse a preguiça!.Preguiça dormiu profundamente,apesar de todos o barulho estavamontando na loucura.A Loucura atingiu as águas dorio, olhou para baixo e viu aVerdade ea Justiça. E ele gritou:Justiça e Verdade são lá!.A Justiça, que viu que elestinham visto, o fundo voltadopara turvar as águas de novo enão poderia vê-los. E ele disse averdade: 11
  12. 12. 15 de AMOR E LOUCURA diciembre de 2011Você e eu vou ficar aqui por doisanos e convencer a loucura quenão tenha visto.Verdade e ignorou-o e fiquei lá,correu atrás e Justiça daloucura, e correu mais e mais atéchegar a um ponto quando derepente tropeçou numa pedra ecaiu. Com a queda haviamachucado o joelho, mas aindase levantou e correu mancando,mas quando a loucura já tinhachegado.É por isso que coxeia Justiça,mas sempre vem. E então averdade não pode ser visto emqualquer lugar. 12
  13. 13. 15 de AMOR E LOUCURA diciembre de 2011A loucura então notou que amontanha onde tinha escondidoa paixão eo desejo agora era umvulcão.Que estranho! - Disse a loucura.E foi investigar.Assim, a loucura desceu aencosta do vulcão e olhou para aborda do cone. E ali em umaborda de pedra, paixão e luxúriaestava dando vazão ao que elesrepresentavam. Loucura,envergonhado, disse ele, olhandopara o outro:Crus pela luxúria e paixão queestão lá a fazer coisas ruins! - Esaiu correndo deixando o desejo 13
  14. 14. 15 de AMOR E LOUCURA diciembre de 2011ea paixão, que não tinha ouvidonada, com as coisas dela.Madness, em seguida, olhou parao horizonte e vi nuvens de coresem forma de dragões, elefantes,princesas, fadas e castelos. E elepensou: cruz "Isto parece umsonho, e se o sonho é a ternurapor aqui não têm de andarmuito." E, de fato, aumentou paraas nuvens e viu o sonho nãocontando histórias de ternura eisso foi quando as nuvens comformas que relatou o sonho. E aloucura, vendo-os tão ocupadoque ele não queria incomodá-lose escreveu em uma nuvem,"Cruz sonhando e a ternura!". E 14
  15. 15. 15 de AMOR E LOUCURA diciembre de 2011ele saiu. a loucura já tinhadescoberto o mundo inteiro,exceto duas: a inveja eo amor (eque, apesar de que a Justiçadisse, ela tinha alguma idéiaonde a verdade era. Os lunáticosestão loucos, mas não são nadaestúpido). Ele não sabia paraonde olhar e olhou para o céupara ajudar. E com o que ele viua inveja que estava no topo dopinheiro.Crus pela inveja!.Inveja, inveja que não tinhaencontrado o amor, saiu daárvore e disse:Por amor está escondido nosarbustos. 15
  16. 16. 15 de AMOR E LOUCURA diciembre de 2011a loucura virou e disse, mas nãovejo o amor, e que o amor édifícil de encontrar, às vezes.Mas isso parece ser bom, eleestá lá .- disse o .A loucura tentou remover osespinhos picavam as minhasmãos, mas Ay!E às vezes o amor machuca semquerer. Mas isso parece ser bom,se ele está lá. - Inveja estimuladaLoucura não sabia o que fazer epegou um garfo de duas pontas ecomeçou a jogar no mato comele. Finalmente, houve um gritoque deixou gelados a todos:Ahhhhh!. - 16
  17. 17. 15 de AMOR E LOUCURA diciembre de 2011Amor saiu dos arbustos comórbitas vazias manchada desangue no sangue. Loucura nãosabia o que fazer, tudo o queestavam observando, e sentindoculpado pelo que tinha prometidopara o amor que a partir daquelemomento seria seu guia.E é por isso que eles dizem que oamor é cego e está sempreacompanhado pela loucura. 17

×