Renascimento cultural

3.465 visualizações

Publicada em

Aula sobre Renascimento Cultural e científico. Análise do contexto histórico que permitiu o surgimento do Renascimento, seus principais artistas e obras. As condições que permitiram o surgimento do Renascimento.

4 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.465
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
182
Comentários
4
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Renascimento cultural

  1. 1. Renascimento CulturalRenascimento Cultural A Monalisa, de Leonardo Da Vinci (1452-1519)
  2. 2. Antes de iniciarmos oAntes de iniciarmos o conteúdo da aula,conteúdo da aula, merece atençãomerece atenção observarmos aobservarmos a geografia dogeografia do Renascimento, ouRenascimento, ou seja, inevitável nãoseja, inevitável não estabelecer umaestabelecer uma relação entre orelação entre o próprio Renascimentopróprio Renascimento e as rotas dee as rotas de comércio do períodocomércio do período da Baixa Idadeda Baixa Idade Média. (séc. XI-XV)Média. (séc. XI-XV)
  3. 3. Renascimento: definiçãoRenascimento: definição  Chama-se de Renascimento o período deChama-se de Renascimento o período de intensa produção artística e científica, ocorridointensa produção artística e científica, ocorrido na Europa entre os séculos XV e XVI.na Europa entre os séculos XV e XVI.  Ocorreu na transição da Idade Média para aOcorreu na transição da Idade Média para a Moderna.Moderna. Invenções de Leonardo Da Vinci.
  4. 4. AntecedentesAntecedentes  AsAs rotas de comérciorotas de comércio surgidas a partir das cruzadassurgidas a partir das cruzadas (séc. XI-XIII) e o(séc. XI-XIII) e o crescimento das cidadescrescimento das cidades , assim, assim com acom a ascensão da burguesiaascensão da burguesia , possibilitou o, possibilitou o enriquecimento de algumas cidades italianas e da Europaenriquecimento de algumas cidades italianas e da Europa Ocidental, por exemplo Gênova, Veneza, Florença,Ocidental, por exemplo Gênova, Veneza, Florença, Flandres (Bélgica).Flandres (Bélgica).  OO comércio com o Orientecomércio com o Oriente e ae a expansãoexpansão comercialcomercial possibilitou opossibilitou o enriquecimento e oenriquecimento e o acúmulo de fortunasacúmulo de fortunas , o que possibilitou o, o que possibilitou o investimento na produção artísticainvestimento na produção artística de escultores,de escultores, pintores, músicos, arquitetos, inventores e escritores.pintores, músicos, arquitetos, inventores e escritores.  MuitosMuitos governantesgovernantes e o próprioe o próprio CleroClero passou a darpassou a dar proteção e ajuda financeira e aos artistasproteção e ajuda financeira e aos artistas intelectuaisintelectuais da época.da época.
  5. 5. Itália: berço do renascimentoItália: berço do renascimento  No período, as cidadesNo período, as cidades italianas foram as queitalianas foram as que mais se desenvolveram,mais se desenvolveram, como Gênova, Veneza ecomo Gênova, Veneza e Florença.Florença.  Por isso, a Itália éPor isso, a Itália é considerada o berço doconsiderada o berço do Renascimento, o queRenascimento, o que atraia para este localatraia para este local inúmeros artistas einúmeros artistas e mercadorias vindas domercadorias vindas do oriente.oriente.
  6. 6. Características principais doCaracterísticas principais do RenascimentoRenascimento  Valorização da cultura greco-romana: para osValorização da cultura greco-romana: para os renascentistas os gregos e os romanos possuíam umarenascentistas os gregos e os romanos possuíam uma visão completa e humana da natureza, ao contrário dovisão completa e humana da natureza, ao contrário do homem medieval.homem medieval.  Uma valorização da inteligência, do conhecimento e doUma valorização da inteligência, do conhecimento e do dom artístico.dom artístico.  Se na Idade Média a vida do homem estava centradaSe na Idade Média a vida do homem estava centrada em Deus (teocentrismo), no Renascimento, o homemem Deus (teocentrismo), no Renascimento, o homem passa a ser o principal personagempassa a ser o principal personagem (antropocentrismo)(antropocentrismo) ..  Uma valorização daUma valorização da razãorazão e dae da naturezanatureza..
  7. 7. O mecenatoO mecenato Muitos comerciantes financiavam obras de escritores e artistas. Isto ficou conhecido como mecenato. O clero também financiavam artistas para pintar capelas, esculpir estátuas e propagandear os valores religiosos.
  8. 8. O mecenatoO mecenato  Muitos comerciantes das cidades deMuitos comerciantes das cidades de Gênova, Veneza e Florença, a partir doGênova, Veneza e Florença, a partir do enriquecimento e desenvolvimento destasenriquecimento e desenvolvimento destas cidades, começam a investir nas artes.cidades, começam a investir nas artes.  Estes ricos comerciantes eramEstes ricos comerciantes eram conhecidos como mecenas.conhecidos como mecenas.  O financiamento destes artistas éO financiamento destes artistas é conhecido como mecenato.conhecido como mecenato.
  9. 9. Renascimento em outros lugaresRenascimento em outros lugares  Porém, o RenascimentoPorém, o Renascimento não limitou-se à Itália,não limitou-se à Itália, pois ocorreu igualmentepois ocorreu igualmente em outros lugaresem outros lugares ((Portugal, Espanha,Portugal, Espanha, França, Polônia,França, Polônia, Alemanha,Alemanha, Inglaterra e PaísesInglaterra e Países Baixos (Holanda,Baixos (Holanda, BélgicaBélgica).).
  10. 10. Artistas e pensadores Renascentistas
  11. 11. Leonardo Da Vinci (1452-1519)Leonardo Da Vinci (1452-1519)  Um dosUm dos grandesgrandes expoentes doexpoentes do renascimento.renascimento.  Cientista,Cientista, matemático,matemático, engenheiro,engenheiro, inventor,inventor, anatomista,anatomista, pintor, escultor,pintor, escultor, arquiteto,arquiteto, botânico, poetabotânico, poeta e músico.e músico. Homem Vitruviano, na leitura de Da Vinci, proporção Áurea
  12. 12. Eis uma das características do homem Renascentista, um artista completo, que atua em diferentes áreas, a exemplo de Leonardo Da Vinci.
  13. 13. Estudos de Anatomia de Da VinciEstudos de Anatomia de Da Vinci
  14. 14. Giotto di BondonneGiotto di Bondonne (1266-1337)(1266-1337)  Ao lado a obra de Giotto, “OAo lado a obra de Giotto, “O beijo de Judas”.beijo de Judas”.  Foi um dos pioneiros doFoi um dos pioneiros do Renascimento na pintura eRenascimento na pintura e escultor.escultor.  Retratou em suas obras a vidaRetratou em suas obras a vida religiosa.religiosa.  É bom observar que muitosÉ bom observar que muitos artistas renascentistas viveramartistas renascentistas viveram no final da Idade Média, como ono final da Idade Média, como o próprio Giotto.próprio Giotto.
  15. 15. Fra Angélico (1395-1455)Fra Angélico (1395-1455)  Pintor da fase inicialPintor da fase inicial do Renascimento.do Renascimento.  Pintou altares ePintou altares e afrescos.afrescos.  Obras principais: “OObras principais: “O coração da virgem”,coração da virgem”, “A Anunciação”“A Anunciação”
  16. 16. Michelangelo (1475-1564)Michelangelo (1475-1564)  Arquiteto, pintorArquiteto, pintor e escultor.e escultor.  Obras principais:Obras principais: Davi, Pietá,Davi, Pietá, Moisés e aMoisés e a Capela CistinaCapela Cistina (imagem ao(imagem ao lado)lado)
  17. 17. Obras de MichelangeloObras de Michelangelo “A Criação de Adão”
  18. 18. Obras de MichelangeloObras de Michelangelo “O Davi”, de Michelangelo. Observe que há uma retomada, em termos estéticos, dos padrões greco- romanos, o que marcará grandes obras deste período.
  19. 19. Rafael Sanzio (1483-1520)Rafael Sanzio (1483-1520)  Pintor,Pintor, conhecidoconhecido pelas inúmeraspelas inúmeras madonasmadonas (representaçõe(representaçõe s da virgems da virgem Maria), comoMaria), como esta ao lado.esta ao lado.
  20. 20. Miguel de Cervantes (1547-1616)Miguel de Cervantes (1547-1616)  Dom Quixote:Dom Quixote: considerado oconsiderado o primeiro romanceprimeiro romance moderno.moderno. Fonte: vide OFonte: vide O Narrador, WalterNarrador, Walter Benjamin, 1936.Benjamin, 1936.
  21. 21. Sandro Boticelli (1445-1510)Sandro Boticelli (1445-1510)  Pintor dePintor de Florença.Florença.  AbordouAbordou temastemas mitológicos emitológicos e religiosos.religiosos.
  22. 22. Erasmo de Roterdã (1466-1536)Erasmo de Roterdã (1466-1536) Crítico da vida monástica e do que considerava impróprio na Igreja.
  23. 23. Nicolau Maquiavel (1469-1527)Nicolau Maquiavel (1469-1527)  Apesar de ser maisApesar de ser mais conhecido como umconhecido como um movimento artístico, omovimento artístico, o Renascimento tambémRenascimento também permitiu o surgimento depermitiu o surgimento de cientistas e pensadorescientistas e pensadores que irão lançar as basesque irão lançar as bases para a Idade Moderna,para a Idade Moderna, como o escritor Nicolaucomo o escritor Nicolau Maquiavel.Maquiavel.  Tornou-se um dosTornou-se um dos grandes expoentes dograndes expoentes do pensamento políticopensamento político moderno.moderno.  ““O Príncipe”, do autor, éO Príncipe”, do autor, é um livro importante para aum livro importante para a compreensão da políticacompreensão da política moderna.moderna.
  24. 24. Luiz Vaz de Camões (1524-1580)Luiz Vaz de Camões (1524-1580) PortuguêsPortuguês  Os Lusíadas,Os Lusíadas, epopéiaepopéia portuguesa.portuguesa.  Narra aNarra a epopeia deepopeia de Vasco daVasco da Gama e dosGama e dos portuguesesportugueses que abriramque abriram uma nova rotauma nova rota para a Índia.para a Índia.
  25. 25. O esquema ao lado é bastante útil para um estudo do período renascentista. Tente entender as características do Renascimento, como o antropocentrismo, o humanismo, o mecenato. Importante relacionar o enriquecimento das cidades italianas com o desenvolvimento da arte. Não se esqueça que a burguesia possui papel importante no Renascimento, pois eles financiavam artistas para propagandear seu modo de vida.
  26. 26. Pintura MedievalPintura Medieval
  27. 27. Trecento (séc. XIV)Trecento (séc. XIV)  Conhecido como período neoclássico;Conhecido como período neoclássico;  É uma preparação para o Renascimento;É uma preparação para o Renascimento;  Berço: Florença, Pisa e Siena;Berço: Florença, Pisa e Siena;  Transformação do Modelo medieval paraTransformação do Modelo medieval para o Moderno;o Moderno;  Um seguimento da arte Bizantina.Um seguimento da arte Bizantina.
  28. 28. Trecento (séc. XIV)Trecento (séc. XIV)
  29. 29. Cappella degli Scrovegni (CapelaCappella degli Scrovegni (Capela Arena, Giotto, 1305)Arena, Giotto, 1305) Localizada em Pádua,
  30. 30. Quattrocento (sec. XV)Quattrocento (sec. XV)  Amadurecimento do humanismo;Amadurecimento do humanismo;  Novo interesse pela cultura antiga (releitura deNovo interesse pela cultura antiga (releitura de autores clássicos);autores clássicos);  Fundação de bibliotecas na Itália;Fundação de bibliotecas na Itália;  Colecionismo da arte antiga;Colecionismo da arte antiga;  Fomentado pelo advento da imprensaFomentado pelo advento da imprensa  Contato com os textos de Aristóteles e Euclides,Contato com os textos de Aristóteles e Euclides, via árabes na reconquista da pen. Ibérica.via árabes na reconquista da pen. Ibérica.
  31. 31. Retrato de Luca Pacioli (monge fransciscano e matemático, 1447-1517) com um aluno, por Jacopo Barbari
  32. 32.  Retomada daRetomada da PaideiaPaideia: príncipio ético,: príncipio ético, social e cultural presente no pensamentosocial e cultural presente no pensamento dos gregos;dos gregos;
  33. 33. Cinquecento ou maneirismoCinquecento ou maneirismo (séc. XVI)(séc. XVI)  Expansão dos valores renascentistas paraExpansão dos valores renascentistas para outras áreas;outras áreas;  Roma se destaca como centro cultural;Roma se destaca como centro cultural;  Rafael, Michelangelo e Bramante seRafael, Michelangelo e Bramante se destacam em Roma;destacam em Roma;  Tentativa de “reconstituir” a virtude cívicaTentativa de “reconstituir” a virtude cívica da Roma antigada Roma antiga  Atinge França, Espanha e Alemanha.Atinge França, Espanha e Alemanha.
  34. 34. Fim do maneirismoFim do maneirismo  Uma era de certeza e clareza, dar lugar aUma era de certeza e clareza, dar lugar a dramas e dúvidas;dramas e dúvidas;  Essa atmosfera durou até o período daEssa atmosfera durou até o período da Contra-Reforma, que no seu bojo abreContra-Reforma, que no seu bojo abre espaço para a arte Barroca, de forteespaço para a arte Barroca, de forte cunho religioso, no século XVII.cunho religioso, no século XVII.
  35. 35. Pinturas para AnálisePinturas para Análise
  36. 36. Rafael, A escola de Atenas, 1509.
  37. 37. Sandro Boticelli, O nascimento da Venus, 1485.
  38. 38. Michelangelo, O Davi,
  39. 39. Michelangelo, A criação de Adão,, teto da Capela Cistina, 1511.
  40. 40. Estátuas Gregas, Grupo de Lacoonte. Laocoonte, um sacerdote de  Apolo, teria irritado o deus, ou por ter se casado e tido filhos, ou por ter arremessado uma lança contra o cavalo de Troia. Em vingança, o próprio Apolo teria enviado os répteis para matar seus filhos, e Laocoonte foi morto ao tentar salvá-los
  41. 41. Esculturas gregasEsculturas gregas
  42. 42. Padrão de beleza atualPadrão de beleza atual Atual - moda
  43. 43. Padrão de beleza contemporâneoPadrão de beleza contemporâneo Atual – imaginário masculino
  44. 44. Padrão de beleza atualPadrão de beleza atual Padrões de beleza dependem da época e da cultura
  45. 45. Padrão de beleza clássicoPadrão de beleza clássico
  46. 46. Padrão RenascentistaPadrão Renascentista
  47. 47. Padrão RenascentistaPadrão Renascentista
  48. 48. Qual o papel histórico eQual o papel histórico e transformador da Renascença?transformador da Renascença?  A Renascença permitiu o surgimento do EstadoA Renascença permitiu o surgimento do Estado Moderno, pois colocou o homem comoModerno, pois colocou o homem como preocupação, o que ocasionou cada vez maispreocupação, o que ocasionou cada vez mais um questionamento do papel da Igreja.um questionamento do papel da Igreja.  Se antes a igreja controlava o saber e aSe antes a igreja controlava o saber e a sociedade, a partir do Renascimento, o homemsociedade, a partir do Renascimento, o homem passa a cada vez mais se responsabilizar daspassa a cada vez mais se responsabilizar das decisões políticas.decisões políticas.  O Renascimento permitirá o surgimento dasO Renascimento permitirá o surgimento das Reformas religiosas, em que o papel da Igreja éReformas religiosas, em que o papel da Igreja é questionado.questionado.

×