Aula_Ruído

1.638 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Aula_Ruído

  1. 1. AGENTE FÍSICO RUÍDO
  2. 2. Existem coisas que você não precisa perder.A audição é uma delas.Proteja – se!
  3. 3. OUVIDO HUMANO - anatomia
  4. 4. SOM X RUÍDO• SOM: variação de pressão em um meio elástico que o ouvido humano possa detectar, ou seja, uma vibração que é transmitida na forma de ondas e percebida pelo indivíduo como “agradável”.• RUIDO: som não desejado ou incômodo, ou combinação não harmoniosa de sons. Uma das principais características do ruído é a mistura de sons, cujas freqüências não seguem uma regra precisa.
  5. 5. Som x Ruído: fatores de influência• Duração da exposição• Distância da fonte geradora de ruído• Tipos de ruídos• Freqüência / Intensidade• Susceptibilidade individual
  6. 6. RUÍDO: Tipos• Contínuo: estável, com variações máximas de 3 a 5 dB durante longo período. Exemplo: máquina trabalhando.• Intermitente: variação de intensidade em períodos curtos. Exemplo: alarme de carros.• De impacto: picos com duração < 1 seg., a intervalos >1 seg. Exemplo: disparo de arma de fogo.
  7. 7. RUÍDO: Frequência• É o número de vezes que a oscilação de pressão sonora é repetida, na unidade de tempo. Normalmente, é medida em c/s ou Hertz (Hz).• Alta freqüência: sons agudos.• Baixa freqüência: sons graves.
  8. 8. RUÍDO: Intensidade• Intensidade é o volume do som ou ruído, cuja unidade é o decibel (dB). É caracterizada por som forte ou fraco. Ex:• Alta intensidade: o volume do rádio quando alto.• Baixa intensidade: o volume do rádio quando baixo.
  9. 9. RUÍDO: Susceptibilidade• Cada indivíduo possui uma sensibilidade diferente do outro, no que se refere à audição. Cada pessoa percebe os sons de formas diferentes.• Geralmente varia com idade, sexo, etnia, exposições anteriores. Pessoas jovens geralmente escutam bem, enquanto que pessoas mais idosas, têm diminuição de limiar de audição.
  10. 10. Expectro audível:• De 20 Hz até 20.000 Hz de freqüência e de, aproximadamente, 0 dB até 120 dB de intensidade, para um ouvido jovem e saudável. Ex: fala humana (0,5 a 4 kHz e 50 a 80 dB)• Infra-sons: frequências < 20 Hz• Ultra-sons: frequências > 20.000 Hz
  11. 11. O limite do desconfortoadmitido pela OMS é de 75dB
  12. 12. NR-15 - Anexo 1Nível de ruído dB (A) Máxima exposição Diária Permissível 85 8 horas 86 7 horas 87 6 horas 88 5 horas 90 4 horas 100 1 hora 110 15 minutos 115 7 minutos
  13. 13. NÍVEIS DE INTENSIDADE - exemplos FONTE / MEIO NÍVEL FONTE / MEIO NÍVEL (dB) (dB)Limiar auditivo 0 Tráfego pesado 70Respiração normal 10 Trem em movimento 90Biblioteca 20 Britadeira 100Murmúrio (a 5 m) 30 Limiar de desconforto 120Som ambiental médio 40 Decolagem de um jato 140Conversação normal 60 Lesão do tímpano 160FONTE: http://www.ufpa.br/ccen/fisica/biofisica
  14. 14. RUÍDO: Efeitos sobre o ser humano Psicológicos:• neuroses• reduz concentração• irritabilidade• prejudica o sono Fisiológicos:• perda de audição• dor de cabeça• aumento da tensão muscular.• hipertensão
  15. 15. RUÍDO: MEDIDAS DE CONTROLE> Na FONTE:• Projeto• Compras• Troca/Mnt do eqpto• Processo (alterar)• Melhorar infraestrut. (enclausura- mento/Isol. Acúst.)
  16. 16. RUÍDO: MEDIDAS DE CONTROLE> No MEIO• Barreiras acústicas• Absorção
  17. 17. RUÍDO: MEDIDAS DE CONTROLE• Fonte IIIIIIIIIIII Meio --------Homem (barreira)• Fonte --------Meio IIIIIIIIIIII Homem (barreira)
  18. 18. RUÍDO: MEDIDAS DE CONTROLE NO INDIVÍDUO• Limitação do tempo de exposição• Protetores auriculares• Exames médicos• Educação e treinamento
  19. 19. FimLEMBRE-SE:A PERDA AUDITIVANÃO É“PRIVILÉGIO” DOSIDOSOS.

×