O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Bioética

626 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Bioética

  1. 1. Bioética: ética aplicada às questões vivenciais humanas, sobretudo no campo biomédico. Deste modo, caracteriza-se como pesquisa ética suscitada pelas ciências biomédicas e biológicas. Trata-se de um mecanismo de coordenação e instrumento para orientar o saber biomédico e tecnológico, em função de uma proteção cada vez mais responsável da vida humana.
  2. 2. Início da vida: problemas da contracepção, esterilização, concepção assistida (inseminação artificial, fertilização in vitro), doação de sêmem ou de óvulo, de ovo ou de embrião, mãe de aluguel, seleção ou predeterminação do sexo, eugenia, exâme pré-natal, anencefalia, aborto etc. Fase terminal: eutanásia, distanásia, suicídio, homicídio, violência, violência bélica e terrorista, pena de morte, greve de fome etc. Fase intermediária: questão ambiental, a drogadição, a fome, a experimentação em seres humanos, a saúde, os transplantes de órgãos etc.
  3. 3. EUTANÁSIA (A/P) -Mistanásia -Distanásia -Anacrotanásia -Narcotanásia -Ortotanásia -Cacotanásia EUGENIA FERTILIZAÇÃO IN VITRO SEXUALIDADE -Orientações sexuais -Androgenia -Sexopatia
  4. 4. Trata-se da justificação diante do que seja lícito ou ilícito, bem ou mal, segundo pontos de vistas distintos: VITALISMO PRAGMATISMO ESSENCIALISMO LIBERALISMO
  5. 5. • ESSENCIALISTAS – existe uma essência humana (estruturas: biológica, psicológica, afetiva e espiritual) que é inviolável. • PRAGMATISTAS – independente da pessoa, deve-se optar para o que menos vai prejudicar o sujeito. • VITALISTAS – a vida humana é sagrada e existe desde a sua concepção. • LIBERAIS – o que deve prevalecer é a liberdade de decidir – seja a pessoa, família, etc.

×