Pdv trends 2012

1.365 visualizações

Publicada em

Publicada em: Design
  • Seja o primeiro a comentar

Pdv trends 2012

  1. 1. Tendências no PDV
  2. 2. FORMAS
  3. 3. Geometria A geometria é uma macrotrend no varejo. Atualmente, se destaca pela repetição de formas e novas interpretações de formas clássicas.
  4. 4. Geometria
  5. 5. Ampulhetas Com inspiração na arte Indo- islâmica, a repetição de formas geométricas traduz ritmo e textura ao ponto de venda.
  6. 6. Honeycombs Dentro de uma macrotrend da geometria, encontramos a ascensão de formas hexagonais em moisaico. Prateleiras de “colmeia”são visualmente atraentes eúteis ao espaço de varejo.
  7. 7. Honeycombs
  8. 8. Assimetria A assimetria confere sensação de movimento e contraste ao ponto de venda, sem perder o equilíbrio e fluidez das formas. A mistura com formas simétricas também despontam entre as tendências.
  9. 9. Assimetria
  10. 10. Túnel Uso de túneis geram a sensação de gravidade e profundidade ao ponto de venda. O uso do branco reforça a densidade das formas e luzes. O layout serve especialmente para ressaltar todos produtos expostos.
  11. 11. Grades As estruturas geométricas que compõem asgrades fomentam a sensação espacial da loja, bem como delimita ambientes variados.
  12. 12. Cocoons Casulos são figuras silenciosas e tranquilas, que representam um momento de pausa no êxtase de um redemoinho e são passíveis de inúmeras interpretações. O uso expressivo destas formas representam uma tendência de comportamento, onde as pessoas buscam, cada vez mais seus “refúgios” urbanos. .
  13. 13. PRÁTICAS
  14. 14. Hangers Pendurar produtos diretamente nas paredes e tetos estão em destaque. A prática geraflexibilidade para a exposição, que se torna fluída. A segmentação dos produtos por categoria é importante para compor uma narrativa na loja.
  15. 15. Pop-Out Pop-OutDepois da tendência onipresente das pop-upsstores, as “pop-out” storesganham espaço. Elementos móveis que otimizam os espaços.
  16. 16. Produto Explorar atributos dos produtos também é uma tendência em displays e expositores. A textura da sola do sapato, por exemplo, traz uma nova cara ao PDV.
  17. 17. Produto Uma montagem de produtos criando imagens e formas também é uma aplicação interessante dentro do Ponto de Venda.
  18. 18. MashUp A mistura de diversas cores, formas e elementosconferem um ambiente lúdico e ultra moderno, comapelo jovem. Os displays são móveis, facilitando a renovação constante e o espaço, multifuncional.
  19. 19. LúdicosFundos brancos e desenhos pretos destacam os produtos super coloridos. A práticavem se repetindo ao redor do mundo, em segmentos diversos e sempre transmitindo a sensação lúdica de estarmos dentro de um desenho.
  20. 20. Caixas Negligenciado por muito tempo dentro do PDV, o design dos caixas apontam como importante elemento para selar grandes experiências de compra, experimentando novas cores, materiais e formas.
  21. 21. PDV Virtual Virtual e PDV se misturam. O apelo por uma ambientação real permanece, deixando os PDVs virtuais com a estética de “ponto físico 2D”.
  22. 22. AMBIENTAÇÃO
  23. 23. Warehouse A estética armazém/depósito dominou lojas ao redor do mundo. No caso da Dr. Martens, a pop-up explorou o amarelo e o espírito industrial, ambos elementos intrínsecos da marca.
  24. 24. Crafted Com ares despojado e inacabado, os ambientes se tornam cada vez mais artesanais, remetendo a um estilo de vida mais simples e sustentável.Os materiais geralmente são antigas peças reformadas.
  25. 25. PopArt&Vintage Elementos vintage (bibicleta, manequins articulados), ícones da Pop Art (sopas Campbell, Coca-Colas antigas) combinadas com produtos ultra modernos conferem versatilidade na exposição. O ultra colorido também desponta como tendência.
  26. 26. Sports A atual inspiração esportiva nos PDVs se deve, primordialmente, ao período pré-Olímpico. Todavia, a macrotrend de comportamento em prol da saúde e bem- estar apontam que o espírito (e estética) esportivo deve perdurar nos próximos anos.
  27. 27. Sports A loja Adidas + Stella McCartney para os jogos Olímpicos sinaliza uma fortereinterpretação do esporte para pontos de venda, por não utilizar elementos típicos delojas do segmento. Expositores com formas esculturais, piso de madeira laminado e materiais de qualidade artesanal conferem um ambiente inovador de sportwear.
  28. 28. MATERIAL
  29. 29. MadeiraEm Helsinki, Capital do Design 2012, se discutem novas e criativas formas para o usoda madeira no design. Extremamente versátil, encontramos inúmeras manifestações deste material como um dos principais peças para apresentação de produtos. Em geral, ela aparece em versões claras, rústicas, artesanais e brutas, e se caracteriza por dar muito destaque aos atributos dos produtos.
  30. 30. PapelO papelão, em geral reciclado, reforçando uma macrotend de sustentabilidade, é um dos materiais que tem sido usado repetidamente em PDVs e Pop-upstores. Não raro, encontramos combinações de papel e madeira. É usado desde material de estrutura da loja, como a Owens até decoração e displays.
  31. 31. Papel
  32. 32. Bricks O papelão, em geral reciclado, reforçando uma macrotend maior desustentabilidade, é um dos materiais que tem sido usado repetidamente em PDVs e Dentro da tendência de ambientes artesanais e rústicos, tijolos são destaques Pop-upstores.Não raro, encontramos combinações de papel e madeira. de lojas de tecnologia a alimentação.
  33. 33. CORES
  34. 34. WhitenessLojas inteiramente brancas tendem ao minimalismo. Funcionam comouma grande tela vazia a ser pintada. Destaca produtos de ponta ou coloridos, conferindo elegância ou despojamento, respectivamente.
  35. 35. FlúorFluor O Uso de cores fortes e marcantes aparece em diversas situações, tornando o PDV
  36. 36. Influênciasno setor calçadista
  37. 37. • O setor calçadista brasileiro já é profundamente impactado pelas tendências de varejo no mundo. A grande manifestação de PDVs mais sustentáveis, reutilizando materiais antigos que dão ares realmente artesanais às lojas deve crescer, visto que, neste setor, esta tendência ainda é pouco expressiva. A ousadia no PDV também será fator chave de diferenciação. Layouts experimentais, com misturas inusitadas de cores e materiais trarão inovação para as marcas.• O enfoque será cada vez maior em formas orgânicas e fluídas, através de composições limpas que deem destaque ao produto acima de tudo.
  38. 38. • Levar em consideração tendências de comportamento de consumo (Cocoons, WGSN 2012/2014) será um importante fator o sucesso no PDV. O uso de formas e cores que nos remetem ao conforto e bem-estar serão sempre bem sucedidos.• Dentre as tendências de produto das próximas estações, os calçados brasileiros prometem muita cor (neon, multicoloridos, metalizados), mistura de materiais, texturas e estampas. Isto significa que o PDV deve, cada vez mais, criar atmosferas neutras e iluminadas para realce do produto.
  39. 39. Fontes Dezeen Arthitectural The Cool Hunter Pinterest Coolhunting Retail Design Blog PSFK Design Boom Renatom Trend Hunter Design You Trust

×