Estratégias para manter seu   consultório sem OPS   – Descredenciamento    Dr. Vicente F. C. Andrade     Curitiba, 24 de n...
SUMÁRIO•   1. Introdução: o que é o sistema de saúde suplementar?•   2.Contexto atual do médico de carreira clínica•   3. ...
1. Introdução:   OS NÚMEROS DA SAÚDE SUPLEMENTAR:   MÉDICOS                      160.000/ 371.788 (CFM)  USUÁRIOS         ...
1. Introdução:  Taxa de crescimento chinês: 10% em 2011
1. Introdução:
1. Introdução:• A evolução do crescimento do sistema de  saúde suplementar parece se relacionar  inversamente com a remune...
2. Contexto atual:• O contexto atual é determinado pelas leis de  REGULAÇÃO DO SISTEMA DE SAÚDE  SUPLEMENTAR: ou muda-se o...
2. Contexto atual:
2. Contexto atual:• Resoluções Normativas do Conselho de Saúde  Suplementar (Consu- era formado por vários  ministérios, e...
2. Contexto atual:
2. Contexto atual:• Código de Ética Médica:   – III - Para exercer a Medicina com honra e dignidade, o médico     necessit...
2. Contexto atual:Fonte: Demonstrativo de resultados ano 2011 da maior operadora doParaná, com cerca de 600.000 usuários e...
2. Contexto atual:• Rendimento mensal: até R$ 7.637,00:       –   IRPF: R$ 2.100,00       –   INSS: R$ 840,00       –   Lí...
2. Contexto atual:– Conclusão:     – Remuneração pior do que o SUS para atender a classe média       e os ricos de Curitib...
2. Contexto atual:– Conclusão:  • Quem se beneficia da situação atual?     – Os governos: 48 milhões fora do SUS;     – Me...
3. Perspectivas Futuras:• O quê se vê adiante do alto da  montanha? Escuridão!• Inviabilidade econômica do consultório;• A...
4. Sugestão aos médicos:•   Aos ainda não credenciados:    –       Não se credenciar! ( ou entrar já pensando em sair!)   ...
4. 4. Sugestão aos médicos:•   Não subestimar as pessoas: elas sabem o que é um    bom atendimento;•   Ganhar o paciente p...
4. Sugestão aos médicos:•   Ao já credenciado: faça contas e descredencíe-se!     •   200 consultas/mês a R$42,00 brutos o...
4. Sugestão aos médicos:•   Ao já credenciado: faça contas!      •   Se 30% ficarem com você:          –   30% de 200 cons...
4. Sugestão aos médicos:• Ao já credenciado:  – Se não estiver em condições de se descredenciar    – limite, reduza a ofer...
5. Conclusões• A raíz da crise do sistema de saúde suplementar brasileiro é  ética.• Empresas em busca do lucro a qualquer...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Estratégias para manter seu consultório sem ops descredenciamento2

1.632 visualizações

Publicada em

Só o descredenciamento pode salvar a carreira do médico "clínico puro".

3 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.632
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
408
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
3
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estratégias para manter seu consultório sem ops descredenciamento2

  1. 1. Estratégias para manter seu consultório sem OPS – Descredenciamento Dr. Vicente F. C. Andrade Curitiba, 24 de novembro de 2012
  2. 2. SUMÁRIO• 1. Introdução: o que é o sistema de saúde suplementar?• 2.Contexto atual do médico de carreira clínica• 3. Perspectivas futuras• 4. Sugestões aos médicos• 5. Conclusão
  3. 3. 1. Introdução: OS NÚMEROS DA SAÚDE SUPLEMENTAR: MÉDICOS 160.000/ 371.788 (CFM) USUÁRIOS 48.000.000CONSULTAS/ANO 223.000.000 Faturamento estimado de R$ 82 bilhões em 2012
  4. 4. 1. Introdução: Taxa de crescimento chinês: 10% em 2011
  5. 5. 1. Introdução:
  6. 6. 1. Introdução:• A evolução do crescimento do sistema de saúde suplementar parece se relacionar inversamente com a remuneração médica paga por ele: – Quanto mais um sobe, mais o outro desce. – Recentemente a Amil foi comprada por R$ 10 bilhões pela AHG, que divulgou que seus planos são conquistar as classe C e D, atingindo 100 milhões de usuários. – O que nos aguarda?
  7. 7. 2. Contexto atual:• O contexto atual é determinado pelas leis de REGULAÇÃO DO SISTEMA DE SAÚDE SUPLEMENTAR: ou muda-se ou cumpre-se! – LEI 9656/1998: DETERMINA QUE TODOS OS EXAMES, PROCEDIMENTOS E CONSULTAS MÉDICAS SÃO ILIMITADOS, PELO MESMO PREÇO; – LEI 9961/2000: Criação da ANS - influência das OPSs.
  8. 8. 2. Contexto atual:
  9. 9. 2. Contexto atual:• Resoluções Normativas do Conselho de Saúde Suplementar (Consu- era formado por vários ministérios, entidade de classe, entidades médicas, de planos de saúde, defesa do consumidor, etc); – CONSU nº 8 /1998 ( “carta de alforria do clínico”): – Art. 2° Para adoção de práticas referentes à regulação de demanda da utilização dos serviços de saúde, estão vedados: • Inciso VI - negar autorização para realização do procedimento exclusivamente em razão do profissional solicitante não pertencer à rede própria ou credenciada da operadora.
  10. 10. 2. Contexto atual:
  11. 11. 2. Contexto atual:• Código de Ética Médica: – III - Para exercer a Medicina com honra e dignidade, o médico necessita ter boas condições de trabalho e ser remunerado de forma justa. – VII - O médico exercerá sua profissão com autonomia, não sendo obrigado a prestar serviços que contrariem os ditames de sua consciência ou a quem não deseje, excetuadas as situações de ausência de outro médico, em caso de urgência ou emergência, ou quando sua recusa possa trazer danos à saúde do paciente. – VIII - O médico não pode, em nenhuma circunstância ou sob nenhum pretexto, renunciar à sua liberdade profissional, nem permitir quaisquer restrições ou imposições que possam prejudicar a eficiência e a correção de seu trabalho. – IX - A Medicina não pode, em nenhuma circunstância ou forma, ser exercida como comércio. – X - O trabalho do médico não pode ser explorado por terceiros com objetivos de lucro, finalidade política ou religiosa. CEM: Capítulo 1 – Princípios Fundamentais
  12. 12. 2. Contexto atual:Fonte: Demonstrativo de resultados ano 2011 da maior operadora doParaná, com cerca de 600.000 usuários e 60% do mercado
  13. 13. 2. Contexto atual:• Rendimento mensal: até R$ 7.637,00: – IRPF: R$ 2.100,00 – INSS: R$ 840,00 – Líquido: R$ 7.637,00 – R$ 2.940,00 = R$ 4.697,00 – Custo de um consultório: R$ 2.000,00 – Líquido: R$ 2.697,00 – SEM DIREITOS TRABALHISTAS!• Médico especialista da PMC: R$ 2.200,00 – 20hs semana/ férias/ 13º/aposentadoria/sem custos de consultório
  14. 14. 2. Contexto atual:– Conclusão: – Remuneração pior do que o SUS para atender a classe média e os ricos de Curitiba; » É a “susificação” do setor de saúde suplementar; » Qualidade decadente, stress, correria, consultas relâmpago de 15/15 minutos, extras, encaixes, etc... – A lei 9656 criou algo único no mundo: a “socialização privada da saúde”, mas não para atender os carentes, e sim para atender justamente aqueles que poderiam remunerar os médicos em caráter particular; – Enquanto o médico subsidia, com o seu empobrecimento, o plano de saúde dos mais abastados, os pobres estão abandonados no SUS...
  15. 15. 2. Contexto atual:– Conclusão: • Quem se beneficia da situação atual? – Os governos: 48 milhões fora do SUS; – Meia dúzia de empresários; – A cúpula “cooperativista”; • Quem é prejudicado? – A BOA PRÁTICA DA MEDICINA; – A PROFISSÃO DE MÉDICO; – E FUNDAMENTALMENTE: O SER HUMANO VERDADEIRA RAZÃO DE EXISTIR DO MÉDICO E DA MEDICINA;
  16. 16. 3. Perspectivas Futuras:• O quê se vê adiante do alto da montanha? Escuridão!• Inviabilidade econômica do consultório;• Absorção do consultório pelas OPSs;
  17. 17. 4. Sugestão aos médicos:• Aos ainda não credenciados: – Não se credenciar! ( ou entrar já pensando em sair!) – Cadastrar-se no SINAM; • Entrar em policlínicas como único especialista; • Informar aos pacientes que atende todos os planos, solicita exames, procedimentos e internamentos por todos os planos ( Consu 8), mas a consulta deve ser negociada (piso= CBHPM) com eventual reembolso pela OPS; • Valorizar a qualidade sempre: anamnese / exame físico completos em cada visita;
  18. 18. 4. 4. Sugestão aos médicos:• Não subestimar as pessoas: elas sabem o que é um bom atendimento;• Ganhar o paciente pela qualidade e ele será seu, e não do plano xis;• ATENDA SEMPRE COM AMOR, MAS NUNCA POR AMOR, pois o “médico é profissional de valor”!
  19. 19. 4. Sugestão aos médicos:• Ao já credenciado: faça contas e descredencíe-se! • 200 consultas/mês a R$42,00 brutos ou R$30,00 líquidos= R$ 6.000,00; • Com os retornos, isso significa 250 pacientes/mês, ou cerca de 12 pacientes/dia= pauleira! – Essa é a vida de muitos CLÍNICOS por aí! • Faça uma pesquisa com seus pacientes: caso saia do plano de saúde, quantos continuariam com você, fazendo todos os exames e procedimentos pela OPS (Consu 8), e pagando a consulta a R$100,00 com recibo para reembolso?
  20. 20. 4. Sugestão aos médicos:• Ao já credenciado: faça contas! • Se 30% ficarem com você: – 30% de 200 consultas = 60 consultas /mês vezes R$ 100,00 = resulta nos mesmos R$ 6.000,00 !! – 60 consultas + retornos (20%) = 72 horários / 22 dias úteis = SERÃO 3- 4 PACIENTES AO DIA!! – Conclusão: no mínimo terá muito mais qualidade de vida! – E com o tempo, o número de pacientes só tenderá a aumentar! – LIVRO DE ESPECIALISTAS DAS SOCIEDADES DE ESPECIALIDADES EM CONJUNTO COM A ASSOCIAÇÃO MÉDICA.
  21. 21. 4. Sugestão aos médicos:• Ao já credenciado: – Se não estiver em condições de se descredenciar – limite, reduza a oferta de horários às OPSs ( esse é um direito do médico prestador): lei da oferta x procura; – Comunique à OPSs com antecedência, por escrito, protocolando e arquivando cópia do documento;
  22. 22. 5. Conclusões• A raíz da crise do sistema de saúde suplementar brasileiro é ética.• Empresas em busca do lucro a qualquer custo atuam acima do CEM e das Resoluções do CFM, mas amparadas na lei.• A solução terá que ser política, e só será possível pela união dos médicos em torno de suas 3 entidades representativas : Conselhos, Associação /Sociedades e Sindicato dos Médicos.• O descredenciamento é a solução imediata e LEGÍTIMA para a recuperação da viabilidade econômica do consultório médico;• Sem o descredenciamento, o futuro do consultório médico é ser absorvido pelas OPSs.

×