Pesquisa e Conceito de Produto - Consul

4.956 visualizações

Publicada em

Publicada em: Design
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.956
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
764
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
41
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pesquisa e Conceito de Produto - Consul

  1. 1.
  2. 2. Master Industrial Design<br />Grupo<br />FabianaMaruí<br />Fernanda Castro <br />Vicente Carvalho<br />Workshop Eletromésticos<br />Empresa Consul<br />IstitutoEuropeodi Design - IED<br />
  3. 3. Índice<br />Empresa<br />Briefing<br />Mercado Lavadoras<br />Linha de Produtos<br />Comunicação<br />ValoresdaMarca<br />Estudo de Linhas<br />Targe: Classe C<br />Usuário Ideal<br />Concorrentes<br />QuadranteAnálise<br />AnáliseSwot<br />Evolução das máquinas<br />Hábitos de Uso<br />Criação<br />Conceituar o Produto<br />Sketchs<br />Propostas<br />
  4. 4. A Empresa<br />4<br />Master Industrial Design | Março 2009 | Workshop Eletrodomésticos<br />
  5. 5. A Empresa<br />A Consul nasceu em 1950, na cidade de Joinville, em Santa Catarina. De um pequeno galpão de 680 m2, saíram os primeiros refrigeradores da empresa.<br />Aos poucos a Consul foi ampliando o seu catálogo de produtos, incluindo secadora de roupas, em 1980; fogões, fornos de microondas e lavadoras, na década de 90.<br />A marca Consul mudou seu posicionamento de comunicação, que passa a ser mais forte e consistente, e conta ainda com uma nova assinatura: "Parte da sua casa".<br />
  6. 6. EvoluçãodaMarca<br />A Empresa<br />Atualmente, a marca está em mais de 50% dos lares brasileiros. Isto permite um envolvimento com muitas famílias e uma participação única no cotidiano do consumidor.<br />Esta nova identidade incluirá fortes símbolos como a musicalidade, imagens e cores bem brasileiras, que traduzem os atributos da Consul: a alegria e o otimismo, sempre ligados às raízes populares do País. A marca também remete à alegria e versatilidade do País por meio do movimento do sorriso e das cores verde e laranja.<br />
  7. 7. Briefing<br />Expectativas:<br />Agregação de valor ao produto, aumento do valor percebido do produto.<br />Marca:<br />Facilidade no uso e maior valorização do Design, reafirmar a marca como amiga do consumidor.<br />Produto:<br />Identidade brasileira, maior praticidade, simplificação das funções.<br />7<br />Master Industrial Design | Março 2009 | Workshop Eletrodomésticos<br />
  8. 8. 6.477<br />-12%<br />3.356<br />+9%<br />16.568<br />+8,5%<br />3.802<br />+16%<br />494<br />+10%<br />1.600<br />+5%<br />33.660<br />+3,5%<br />29.155<br />+4%<br />Mercado mundial de lavadoras : ~ 62,8 milhões Lavadoras (Front loader, Top loaders)<br />20.873<br />+1,3%<br />3.535<br />-1%<br />5.488<br />+13,3%<br />630<br />+9%<br />Note: Volume in thousand units, % Ch. vs. PY<br />Source: ZGI, Status 03/2008<br />
  9. 9. Mercado brasileiro de lavadoras automáticas<br />1.138<br />1.713<br />1.744<br />2.022<br />2.322<br />1.293<br />1.240<br />1.128<br />1.106<br />1.085<br />2.614<br />Source: Deloitte<br />
  10. 10. Linha de Produtos<br /><ul><li> Aspiradores
  11. 11. Aquecedores
  12. 12. Centrífugas
  13. 13. Climatizadores
  14. 14. Condicionadores de ar
  15. 15. Depuradores
  16. 16. Fogões
  17. 17. Freezers
  18. 18. Lavadoras de roupas
  19. 19. Lava louças
  20. 20. Microondas
  21. 21. Refrigeradores
  22. 22. Ventiladores</li></ul>Características<br />- Linhas orgânicas;<br />- Curvas que lembram sorrisos;<br />- Manípulos e funções nas cores laranja e verde.<br />
  23. 23. ComunicaçãoAtual Consul<br /><ul><li> Filme institucional que mostra o posicionamento da Consul em valorizar os bons momentos vividos dentro do lar, enaltecendo o caráter espontâneo e lúdico das ações mostradas durante o comercial.
  24. 24. Enfoque à memória do consumidor, e da interação do produto cônsul com essa memória.
  25. 25. Comercial composto de família tradicional, com pai, mãe, filhos, avós e netos.</li></ul>TV<br />11<br />Master Industrial Design | Março 2009 | Workshop Eletrodomésticos<br />
  26. 26. ComunicaçãoAtual Consul<br />SITE<br /><ul><li> Interativo, que permite ao usuário navegar pelas décadas em que a Consul está presente no mercado brasileiro, e com links que permitem situar o usuário em acontecimentos significativos de cada época.
  27. 27. Layout rebuscado, intencionalmente pouco clean, com muitos splashs.
  28. 28. Enfoque nos acontecimentos vinculados ao público feminino.</li></ul>12<br />Master Industrial Design | Março 2009 | Workshop Eletrodomésticos<br />
  29. 29. ValoresdaMarca<br />Valores<br />Público-Alvo<br />Concorrentes<br /><ul><li> Entendemos você
  30. 30. Família
  31. 31. Otimismo
  32. 32. Funcionalidade
  33. 33. Tradição
  34. 34. Classe C, um poucoda D
  35. 35. Mulheresdonas-de-casa
  36. 36. Electrolux
  37. 37. Dako
  38. 38. Esmaltec
  39. 39. Arno
  40. 40. Atlas
  41. 41. Suggar</li></ul>13<br />Master Industrial Design | Março 2009 | Workshop Eletrodomésticos<br />
  42. 42. Plataforma de Marca<br />Atitudes<br />Buscaporfacilitar o uso, procura saber o ambienteemque o produtoficará, valoriza o ambiente familiar, procuraagregar valor.<br />Personalidade<br />Familiar, Prático, Emocional, Alegre, Eficaz, Prestativa, Sensorial<br />Tradição<br />Síntese<br />Marcaotimista, quegosta de facilitar a vida do consumidor.<br />Funcionalidade<br />Otimismo<br />Valores<br />Entendemosvocê<br />Família<br />Master Industrial Design | Março 2009 | Workshop Eletrodomésticos<br />
  43. 43. Personalidade de Marca<br />Familiar, Prático, Emocional, Alegre, Eficaz, Prestativa, Sensorial<br />Consumidor Consul<br /><ul><li>Muitoemocional;
  44. 44. O preço é item muitoimportante;
  45. 45. Procuraprodutosquefacilitemseudia-a-dia;
  46. 46. Prezapelalimpeza;
  47. 47. Médionível de exigência.</li></ul>Master Industrial Design | Março 2009 | Workshop Eletrodomésticos<br />
  48. 48. Valores de Marca<br />Percepção do consumidor<br />Entendemosvocê<br />Família<br />Otimismo<br />Funcionalidade<br />Tradição<br />Master Industrial Design | Março 2009 | Workshop Eletrodomésticos<br />
  49. 49. Estudo de Linhas<br />Década de 60<br />Década de 70 e 80<br />Década de 90<br />Anos 2000 emdiante…<br />
  50. 50. Target: ConsumidorClasse C<br />Em dois anos, a classe C ganhou 23,5 milhões de pessoas e transformou-se no mais numeroso estrato econômico da população. A maior parte desses brasileiros emergiu da classes pobres (D e E).<br /><ul><li> Economicamente ativo;
  51. 51. 70% dos financiamentos de imóveis feitos pela Caixa são para a classe C;
  52. 52. Ganha de 0 a 10 salários mínimos;
  53. 53. 57% trabalham na informalidade;
  54. 54. O nível de inadimplência é menorquenas classes A e B, poiselespreferemter o nomelimpo, poisassimconseguemcomprarparceladamente, e não impede de conseguiremprego.</li></li></ul><li>Usuário Ideal<br />Cledson Silva (Vendedor de produtos a domicílio, 35) e Lúcia (Funcionária Pública, 37), são casados há 8 anos, moram em Imperatriz, no Maranhão.<br />Têm 2 filhos, a Vanessa e o Mário, de 5 e 3 anos.<br />Eles têm uma casa simples, porém organizada, e possuem um cachorro chamado Nuno.<br />Gostam de assistir TV, com os filhos e os pais, que moram perto da casa deles. Gostam de colocar retratos na parede da sala.<br />Os eletrodomésticos que têm são de quando casaram, e já estão bastante gastos.<br />Master Industrial Design | Março 2009 | Workshop Eletrodomésticos<br />
  55. 55. CenárioAmbiental<br />Moveis com muitas<br />prateleiras<br />Memória<br />Aspecto de conforto<br />Objetosdecorativos<br />Estampas<br />Valorização do<br />espaçodalavanderia<br />Master Industrial Design | Março 2009 | Workshop Eletrodomésticos<br />
  56. 56. Panorama dos Produtos de Referência<br />Master Industrial Design | Março 2009 | Workshop Eletrodomésticos<br />
  57. 57. Análise Design Concorrentes | Lavadoras<br />Design Convencional<br />(curvastensas e simétricas)<br />Tampa com visor transparente<br />(permiteacompanhar o processo)<br />Painel fácil<br />(Design intuitivo)<br />Dispenser automático<br />(Indicamquantidadeadequada e distribuemnosmomentoscertos)<br />Capacidade 6kg<br />8 programas de lavagem<br />Valorizaçãodaeconomia de energiae reaproveitamentode água<br />
  58. 58. Análise Design Concorrentes | Lavadoras<br />Design Rígido<br />(linhasretas, causamdesconforto)<br />Tampa com visor transparente<br />(permiteacompanhar o processo)<br />Painel médio<br />(8 programas de lavagem, com 2 botoões de girar)<br />Dispenser automático<br />Botão turbo<br />
  59. 59. Análise Design Concorrentes | Lavadoras<br />Design Rígido<br />(linhasretas e tensas)<br />Tampa com visor transparente<br />(permiteacompanhar o processo)<br />Painel médio<br />(7 programas de lavagem, com 2 botoões de girar e um acionador)<br />Dispensers individuais<br />Pésreguláveis<br />
  60. 60. Análise Design Concorrentes | Lavadoras<br />Design Confuso<br />(Muitaslinhasretas e curvasmisturadas)<br />Tampa colorida com visor transparente<br />Painelfácil<br />(4 programas de lavagem)<br />Sem Dispenser <br />Espaço Protégé: lava roupasdelicadas e pesadasaomesmo tempo.<br />
  61. 61. Análise Design Concorrentes | Lavadoras<br />Design Ousado<br />(Variação dos lugaresconvencionais)<br />Tampa com visor transparente<br />Painelmédio<br />Mudançanaposiçãotípicapara o painel<br />Dispenser na lateral<br />5 programas de lavagem<br />
  62. 62. Análise Design Concorrentes | Lavadoras<br />Design Agressivo<br />(Linhasmuitorígidas e tensas)<br />Tampa com visor semi-transparente<br />(Dificulta a visualização do processo)<br />Painelmédio<br />4 programas de lavagem, <br />Dispenser apenasparasabão<br />Seloprocel de economia de energia.<br />
  63. 63. Quadrante de Análise<br />Master Industrial Design | Março 2009 | Workshop Eletrodomésticos<br />
  64. 64. Quadrante de Análise<br />Classes A e B<br />Classes C e D<br />Master Industrial Design | Março 2009 | Workshop Eletrodomésticos<br />
  65. 65. Análise SWOT<br />Pontos Fortes<br /><ul><li>Marca valorizada pelo apelo familiar;
  66. 66. Marca tradicional, do Brasil;
  67. 67. Funacional;
  68. 68. Produto com identidade marcante (silhueta do sorriso);
  69. 69. Praticidade;
  70. 70. Associadaaobem-estar.</li></ul>Oportunidades<br /><ul><li>Agregar valor a partir de design aprimorado;
  71. 71. Evidenciar a versatilidade do Brasil;
  72. 72. Consumidores querem produtos descomplicados;
  73. 73. Inserção de elementos sensoriais.</li></ul>Ameaças<br /><ul><li>Concorrentes começam a investir em Design;
  74. 74. Pouca associação com a performance do produto;
  75. 75. Vínculo direto ao público feminino;
  76. 76. Consumidores mais receosos em trocar seu produto.</li></ul>Pontos Fracos<br /><ul><li>Não é associada a tecnologia avançada;
  77. 77. Não possui muitos elementos para agregar valor.
  78. 78. Comunicação com ruídos (site com alguns problemas).</li></li></ul><li>O ato de lavarroupa<br />Lavarroupa era umatarefadifícil e cansativa, ocupavamuito tempo.<br />Com o surgimentodalavadora, ela se tornouuma “amigapróxima”, parceirafiel, queajuda a poupar tempo, e conseguirficarmais com a família.<br />Master Industrial Design | Março 2009 | Workshop Eletrodomésticos<br />
  79. 79. Evolução das máquinaslavadoras<br />Primeiramáquina com motor elétrico<br />Modelo com “centrífuga” manual<br />
  80. 80. Hábitos de Uso<br /><ul><li> Produtos usados para lavar sem lugar específico para guardar;
  81. 81. Empilhamento de roupa em cima da máquina;
  82. 82. As vezes, máquina dentro da cozinha;
  83. 83. Uso de capa protetora para a máquina;
  84. 84. Quando a tampa da máquina é levantada, não é mexido nos botões, apenas acrescenta-se roupa ou produto de limpeza.</li></ul>Master Industrial Design | Março 2009 | Workshop Eletrodomésticos<br />
  85. 85. Criação<br />
  86. 86. ProcessoCriativo: Palavras-Chave<br />ANSEIOS/CONSUMIDOR DESIGN FUNCIONALIDADE OTIMISMO<br /><ul><li>qualidade
  87. 87. simplicidade
  88. 88. economia
  89. 89. porta-objetos
  90. 90. tradição
  91. 91. manuseio
  92. 92. interação- espaço
  93. 93. comodidade
  94. 94. conforto
  95. 95. beleza
  96. 96. personalização
  97. 97. inovação
  98. 98. soluções
  99. 99. funcional
  100. 100. orgânico
  101. 101. tecnológico
  102. 102. atributos
  103. 103. assimétrico
  104. 104. bonito
  105. 105. identidade
  106. 106. conforto
  107. 107. proteção
  108. 108. toque
  109. 109. adequaçãoaouso
  110. 110. racionalizar
  111. 111. diferenciar
  112. 112. arrojado
  113. 113. econômico
  114. 114. atributo
  115. 115. limpeza
  116. 116. inteligência
  117. 117. performance
  118. 118. design
  119. 119. armazenagem
  120. 120. humanizar
  121. 121. cores vibrantes
  122. 122. luzes
  123. 123. paravida
  124. 124. interação
  125. 125. personalizado
  126. 126. formasharmônicas
  127. 127. silhuetasorriso
  128. 128. reaproveitamento
  129. 129. atrair
  130. 130. ganho de tempo
  131. 131. espontâneo
  132. 132. design</li></li></ul><li>RaciocínioCriativo 1:<br />ANSEIOS/CONSUMIDOR DESIGN FUNCIONALIDADE OTIMISMO<br /><ul><li>qualidade
  133. 133. simplicidade
  134. 134. economia
  135. 135. porta-objetos
  136. 136. tradição
  137. 137. manuseio
  138. 138. interação- espaço
  139. 139. comodidade
  140. 140. conforto
  141. 141. beleza
  142. 142. personalização
  143. 143. inovação
  144. 144. soluções
  145. 145. funcional
  146. 146. orgânico
  147. 147. tecnológico
  148. 148. atributos
  149. 149. assimétrico
  150. 150. bonito
  151. 151. identidade
  152. 152. conforto
  153. 153. proteção
  154. 154. toque
  155. 155. adequaçãoaouso
  156. 156. racionalizar
  157. 157. diferenciar
  158. 158. arrojado
  159. 159. econômico
  160. 160. atributo
  161. 161. limpeza
  162. 162. inteligência
  163. 163. performance
  164. 164. design
  165. 165. armazenagem
  166. 166. humanizar
  167. 167. cores vibrantes
  168. 168. luzes
  169. 169. paravida
  170. 170. interação
  171. 171. personalizado
  172. 172. formasharmônicas
  173. 173. silhuetasorriso
  174. 174. reaproveitamento
  175. 175. atrair
  176. 176. ganho de tempo
  177. 177. espontâneo
  178. 178. design</li></li></ul><li>RaciocínioCriativo 1:<br />Porta-objetos<br />Tradição<br />Personalização<br />Soluções<br />Funcional<br />Atributo<br />Formasharmônicas<br />Master Industrial Design | Março 2009 | Workshop Eletrodomésticos<br />
  179. 179. RaciocínioCriativo 2:<br />ANSEIOS/CONSUMIDOR DESIGN FUNCIONALIDADE OTIMISMO<br /><ul><li>qualidade
  180. 180. simplicidade
  181. 181. economia
  182. 182. porta-objetos
  183. 183. tradição
  184. 184. manuseio
  185. 185. interação- espaço
  186. 186. comodidade
  187. 187. conforto
  188. 188. beleza
  189. 189. personalização
  190. 190. inovação
  191. 191. soluções
  192. 192. funcional
  193. 193. orgânico
  194. 194. tecnológico
  195. 195. atributos
  196. 196. assimétrico
  197. 197. bonito
  198. 198. identidade
  199. 199. conforto
  200. 200. proteção
  201. 201. toque
  202. 202. adequaçãoaouso
  203. 203. racionalizar
  204. 204. diferenciar
  205. 205. arrojado
  206. 206. econômico
  207. 207. atributo
  208. 208. limpeza
  209. 209. inteligência
  210. 210. performance
  211. 211. design
  212. 212. armazenagem
  213. 213. humanizar
  214. 214. cores vibrantes
  215. 215. luzes
  216. 216. paravida
  217. 217. interação
  218. 218. personalizado
  219. 219. formasharmônicas
  220. 220. silhuetasorriso
  221. 221. reaproveitamento
  222. 222. atrair
  223. 223. ganho de tempo
  224. 224. espontâneo
  225. 225. design</li></li></ul><li>RaciocínioCriativo 2:<br />Manuseio<br />Conforto<br />Orgânico<br />Assimétrico<br />Adequaçãoaouso<br />Diferenciar<br />Arrojado<br />Cores vibrantes<br />Atrair<br />Espontâneo<br />Master Industrial Design | Março 2009 | Workshop Eletrodomésticos<br />
  226. 226. RaciocínioCriativo 3:<br />ANSEIOS/CONSUMIDOR DESIGN FUNCIONALIDADE OTIMISMO<br /><ul><li>inovação
  227. 227. soluções
  228. 228. funcional
  229. 229. orgânico
  230. 230. tecnológico
  231. 231. atributos
  232. 232. assimétrico
  233. 233. bonito
  234. 234. identidade
  235. 235. conforto
  236. 236. proteção
  237. 237. toque
  238. 238. adequaçãoaouso
  239. 239. racionalizar
  240. 240. diferenciar
  241. 241. arrojado
  242. 242. econômico
  243. 243. atributo
  244. 244. limpeza
  245. 245. inteligência
  246. 246. performance
  247. 247. design
  248. 248. armazenagem
  249. 249. humanizar
  250. 250. cores vibrantes
  251. 251. luzes
  252. 252. paravida
  253. 253. interação
  254. 254. personalizado
  255. 255. formasharmônicas
  256. 256. silhuetasorriso
  257. 257. reaproveitamento
  258. 258. atrair
  259. 259. ganho de tempo
  260. 260. espontâneo
  261. 261. design
  262. 262. qualidade
  263. 263. simplicidade
  264. 264. economia
  265. 265. porta-objetos
  266. 266. tradição
  267. 267. manuseio
  268. 268. interação- espaço
  269. 269. comodidade
  270. 270. conforto
  271. 271. beleza
  272. 272. personalização</li></li></ul><li>RaciocínioCriativo 3:<br />Interação<br />Beleza<br />Tecnológico<br />Toque<br />Inteligência<br />Performance<br />Design<br />Luzes<br />Ganho de Tempo<br />Master Industrial Design | Março 2009 | Workshop Eletrodomésticos<br />
  273. 273. Conceituar<br />o Produto<br />
  274. 274. Sketchs<br />Master Industrial Design | Março 2009 | Workshop Eletrodomésticos<br />
  275. 275. Sketchs<br />Master Industrial Design | Março 2009 | Workshop Eletrodomésticos<br />
  276. 276. Sketchs<br />
  277. 277. ConceitoProposta 1 <br />
  278. 278. Capa para a máquina<br />ConceitoProposta 1 <br />Sistema de armazenamento:<br />Lava Fácil<br />Proporção Humana<br />Altura: 850mm<br />Largura: 450mm<br />Profundidade: 400mm<br />
  279. 279. ConceitoProposta 2 <br />
  280. 280. ConceitoProposta 2 <br />Lava Fácil<br />Proporção Humana<br />Altura: 850mm<br />Largura: 450mm<br />Profundidade: 400mm<br />
  281. 281. ConceitoProposta 3 <br />
  282. 282. ConceitoProposta 3 <br />Função Timer<br />Proporção Humana<br />Altura: 850<br />Largura: 450<br />Profundidade: 400<br />
  283. 283. Panorama<br />Proposta 1<br />Proposta 2<br />Proposta 3<br />
  284. 284. OBRIGADO!<br />

×