SlideShare uma empresa Scribd logo

Ambiente - Prof. Rozeni - Eja Fidel Zanchetta

O documento discute os sistemas que compõem o planeta Terra e os impactos ambientais causados pela poluição e atividades humanas. A temperatura global aumentou 0,6-2°C no século XX e prevê-se um aumento adicional de 1,4-5,8°C até 2100, ameaçando metade das espécies de plantas e animais. Embora a população humana tenha crescido exponencialmente, as atividades como desmatamento, queimadas, poluição e emissões de gases de efeito estufa colocam

1 de 39
Baixar para ler offline
O MUNDO ONDE VIVEMOS!
PLANETA TERRA
BIOSFERA
(SERES VIVOS)

ATMOSFERA
(AR)

HIDROSFERA

LITOSFERA

(ÁGUA)

(TERRA)
AMBIENTE
NO SÉC. XX A TEMPERATURA DA TERRA AUMENTOU
MAIS OU MENOS DE 0,6ºC A 2ºC. AS NAÇÕES UNIDAS
PREVÊEM UM AUMENTO ENTRE 1,4ºC E 5,8ºC ATÉ 2100.
UMA GRANDE PARTE DAS 50 A 90% DAS ESPÉCIES VIVAS
DO PLANETA QUE EXISTEM NAS FLORESTAS SERÁ
EXTINTA A MEIO DESTE SÉCULO.

HÁ 10 MIL ANOS A TERRA TINHA MENOS DE
SEIS MILHÕES DE HABITANTES. HOJE, HÁ
MAIS DE SEIS MIL MILHÕES DE PESSOAS.
ESPÉCIES
DESDE QUE A VIDA COMEÇOU NA
TERRA, HÁ CERCA DE 3500
MILHOES DE ANOS, PODERÃO TER
EXISTIDO MAIS DE 500 MILHÕES DE
ESPÉCIES DE PLANTAS E ANIMAIS
QUE, AO LONGO DOS ANOS,
FORAM DESAPARECENDO…
Cinco mil espécies de animais e
plantas são extintas na Terra em
cada ano que passa.
Ambiente - Prof. Rozeni - Eja Fidel Zanchetta

Recomendados

Meio ambiente e poluição
Meio ambiente e poluição Meio ambiente e poluição
Meio ambiente e poluição luz_19
 
Ciências do Ambiente - Cap 1.2 - Ecologia
Ciências do Ambiente - Cap 1.2 - EcologiaCiências do Ambiente - Cap 1.2 - Ecologia
Ciências do Ambiente - Cap 1.2 - Ecologiaelonvila
 
Apoio ao Estudo Ciencias 8ºano(poluição e recusos renovaveis e não renovaveis)
Apoio ao Estudo Ciencias 8ºano(poluição e recusos renovaveis e não renovaveis)Apoio ao Estudo Ciencias 8ºano(poluição e recusos renovaveis e não renovaveis)
Apoio ao Estudo Ciencias 8ºano(poluição e recusos renovaveis e não renovaveis)dresousa
 
Recursos nao renovaveis
Recursos nao renovaveisRecursos nao renovaveis
Recursos nao renovaveisCatiabarbosa
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental-
 
O homem e sua relação com a ecologia
O homem e sua relação com a ecologiaO homem e sua relação com a ecologia
O homem e sua relação com a ecologiaLaila Cruz
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Recursos naturais
Recursos naturaisRecursos naturais
Recursos naturaiss1lv1alouro
 
Enem questoes por assunto2
Enem  questoes por assunto2Enem  questoes por assunto2
Enem questoes por assunto2brandaobio
 
Recursos naturais 1
Recursos naturais 1Recursos naturais 1
Recursos naturais 1Saulo Reis
 
4. perturbações no equilibrio dos ecossistemas
4. perturbações no equilibrio dos ecossistemas4. perturbações no equilibrio dos ecossistemas
4. perturbações no equilibrio dos ecossistemasMargarida Cardoso
 
Intervenção do Homem nos subsistemas terrestres
Intervenção do Homem nos subsistemas terrestresIntervenção do Homem nos subsistemas terrestres
Intervenção do Homem nos subsistemas terrestresMarcelo Silva
 
2ºbim.6ºano.geografia. os recursos naturais
2ºbim.6ºano.geografia. os recursos naturais2ºbim.6ºano.geografia. os recursos naturais
2ºbim.6ºano.geografia. os recursos naturaisorim84
 
Exploração e conservação de recursos naturais
Exploração e conservação de recursos naturaisExploração e conservação de recursos naturais
Exploração e conservação de recursos naturaisProf. Francesco Torres
 
Palestra Meio Ambiente
Palestra Meio AmbientePalestra Meio Ambiente
Palestra Meio Ambienteadelsonb
 
Recursosnaturaisfinal 100504060932-phpapp02
Recursosnaturaisfinal 100504060932-phpapp02Recursosnaturaisfinal 100504060932-phpapp02
Recursosnaturaisfinal 100504060932-phpapp02Deolinda Silva
 
Os Recursos Naturais Do Mundo E Do Brasil
Os Recursos Naturais Do Mundo E Do BrasilOs Recursos Naturais Do Mundo E Do Brasil
Os Recursos Naturais Do Mundo E Do Brasilguest0d0ec5
 
C:\Fakepath\1 CiêNcias Do Ambiente Programa E Ecossistemas
C:\Fakepath\1 CiêNcias Do Ambiente Programa E EcossistemasC:\Fakepath\1 CiêNcias Do Ambiente Programa E Ecossistemas
C:\Fakepath\1 CiêNcias Do Ambiente Programa E Ecossistemasguest5b12783
 
Interferência do homem no ecossistema
Interferência do homem no ecossistemaInterferência do homem no ecossistema
Interferência do homem no ecossistemaAngela Boucinha
 
1195510881 recursos nao_renovaveis
1195510881 recursos nao_renovaveis1195510881 recursos nao_renovaveis
1195510881 recursos nao_renovaveisPelo Siro
 
Recursos naturais introdução
Recursos naturais introduçãoRecursos naturais introdução
Recursos naturais introduçãoadelinacgomes
 
Impacto da ação humana no meio ambiente
Impacto da ação humana no meio ambienteImpacto da ação humana no meio ambiente
Impacto da ação humana no meio ambienteacrlessa
 

Mais procurados (20)

Recursos naturais
Recursos naturaisRecursos naturais
Recursos naturais
 
Enem questoes por assunto2
Enem  questoes por assunto2Enem  questoes por assunto2
Enem questoes por assunto2
 
Recursos naturais 1
Recursos naturais 1Recursos naturais 1
Recursos naturais 1
 
4. perturbações no equilibrio dos ecossistemas
4. perturbações no equilibrio dos ecossistemas4. perturbações no equilibrio dos ecossistemas
4. perturbações no equilibrio dos ecossistemas
 
Recursos naturais
Recursos naturaisRecursos naturais
Recursos naturais
 
Intervenção do Homem nos subsistemas terrestres
Intervenção do Homem nos subsistemas terrestresIntervenção do Homem nos subsistemas terrestres
Intervenção do Homem nos subsistemas terrestres
 
2ºbim.6ºano.geografia. os recursos naturais
2ºbim.6ºano.geografia. os recursos naturais2ºbim.6ºano.geografia. os recursos naturais
2ºbim.6ºano.geografia. os recursos naturais
 
Trab. Geo2 (2)..
Trab. Geo2 (2)..Trab. Geo2 (2)..
Trab. Geo2 (2)..
 
Exploração e conservação de recursos naturais
Exploração e conservação de recursos naturaisExploração e conservação de recursos naturais
Exploração e conservação de recursos naturais
 
Palestra Meio Ambiente
Palestra Meio AmbientePalestra Meio Ambiente
Palestra Meio Ambiente
 
Recursosnaturaisfinal 100504060932-phpapp02
Recursosnaturaisfinal 100504060932-phpapp02Recursosnaturaisfinal 100504060932-phpapp02
Recursosnaturaisfinal 100504060932-phpapp02
 
Os Recursos Naturais Do Mundo E Do Brasil
Os Recursos Naturais Do Mundo E Do BrasilOs Recursos Naturais Do Mundo E Do Brasil
Os Recursos Naturais Do Mundo E Do Brasil
 
C:\Fakepath\1 CiêNcias Do Ambiente Programa E Ecossistemas
C:\Fakepath\1 CiêNcias Do Ambiente Programa E EcossistemasC:\Fakepath\1 CiêNcias Do Ambiente Programa E Ecossistemas
C:\Fakepath\1 CiêNcias Do Ambiente Programa E Ecossistemas
 
DesequilíBrios Ambientais
DesequilíBrios AmbientaisDesequilíBrios Ambientais
DesequilíBrios Ambientais
 
Ecologia
EcologiaEcologia
Ecologia
 
Interferência do homem no ecossistema
Interferência do homem no ecossistemaInterferência do homem no ecossistema
Interferência do homem no ecossistema
 
1195510881 recursos nao_renovaveis
1195510881 recursos nao_renovaveis1195510881 recursos nao_renovaveis
1195510881 recursos nao_renovaveis
 
Recursos naturais introdução
Recursos naturais introduçãoRecursos naturais introdução
Recursos naturais introdução
 
5. recursos naturais
5. recursos naturais5. recursos naturais
5. recursos naturais
 
Impacto da ação humana no meio ambiente
Impacto da ação humana no meio ambienteImpacto da ação humana no meio ambiente
Impacto da ação humana no meio ambiente
 

Destaque

nosso planeta é a Terra.
nosso planeta é a Terra.nosso planeta é a Terra.
nosso planeta é a Terra.anadirfag
 
Os planetas do sistema solar c. f. q.
Os planetas do sistema solar   c. f. q.Os planetas do sistema solar   c. f. q.
Os planetas do sistema solar c. f. q.bia5
 
Aula - Educopédia
Aula - EducopédiaAula - Educopédia
Aula - Educopédiaprofnelton
 
Representações da Terra
Representações da TerraRepresentações da Terra
Representações da Terraspjcoelho
 
Resumo Representações Geográficas
Resumo Representações GeográficasResumo Representações Geográficas
Resumo Representações GeográficasDiabzie
 
Formas de representação da terra
Formas de representação da terraFormas de representação da terra
Formas de representação da terra7F
 
Planetas do Sistema Solar
Planetas do Sistema SolarPlanetas do Sistema Solar
Planetas do Sistema SolarTânia Reis
 
4 ano simulado ciências sistema solar
4 ano simulado ciências sistema solar4 ano simulado ciências sistema solar
4 ano simulado ciências sistema solarFlávia Freitas Morais
 
Astronomia 3 - SISTEMA SOLAR E SUA FORMAÇÃO
Astronomia 3 - SISTEMA SOLAR E SUA FORMAÇÃOAstronomia 3 - SISTEMA SOLAR E SUA FORMAÇÃO
Astronomia 3 - SISTEMA SOLAR E SUA FORMAÇÃONuricel Aguilera
 
Coletânea de ciências 4º ano do aluno anual 2015 (1)
Coletânea de ciências 4º ano do aluno anual 2015 (1)Coletânea de ciências 4º ano do aluno anual 2015 (1)
Coletânea de ciências 4º ano do aluno anual 2015 (1)Raquel Becker
 
Avaliação de Ciência Helena Andrade
Avaliação de Ciência Helena AndradeAvaliação de Ciência Helena Andrade
Avaliação de Ciência Helena AndradeAngela Maria
 

Destaque (17)

nosso planeta é a Terra.
nosso planeta é a Terra.nosso planeta é a Terra.
nosso planeta é a Terra.
 
Os planetas do sistema solar c. f. q.
Os planetas do sistema solar   c. f. q.Os planetas do sistema solar   c. f. q.
Os planetas do sistema solar c. f. q.
 
Aula - Educopédia
Aula - EducopédiaAula - Educopédia
Aula - Educopédia
 
Representações da Terra
Representações da TerraRepresentações da Terra
Representações da Terra
 
Resumo Representações Geográficas
Resumo Representações GeográficasResumo Representações Geográficas
Resumo Representações Geográficas
 
Avaliação de geografia 4ºano
Avaliação de geografia 4ºanoAvaliação de geografia 4ºano
Avaliação de geografia 4ºano
 
Formas de representação da terra
Formas de representação da terraFormas de representação da terra
Formas de representação da terra
 
Planetas do Sistema Solar
Planetas do Sistema SolarPlanetas do Sistema Solar
Planetas do Sistema Solar
 
Sistema solar
Sistema solarSistema solar
Sistema solar
 
4 ano simulado ciências sistema solar
4 ano simulado ciências sistema solar4 ano simulado ciências sistema solar
4 ano simulado ciências sistema solar
 
Astronomia 3 - SISTEMA SOLAR E SUA FORMAÇÃO
Astronomia 3 - SISTEMA SOLAR E SUA FORMAÇÃOAstronomia 3 - SISTEMA SOLAR E SUA FORMAÇÃO
Astronomia 3 - SISTEMA SOLAR E SUA FORMAÇÃO
 
Av 1 cie 4°ano
Av 1 cie 4°anoAv 1 cie 4°ano
Av 1 cie 4°ano
 
Avaliação de língua portuguesa sistema solar
Avaliação de língua portuguesa sistema solarAvaliação de língua portuguesa sistema solar
Avaliação de língua portuguesa sistema solar
 
Atividade Avaliativa de Ciências
Atividade Avaliativa de CiênciasAtividade Avaliativa de Ciências
Atividade Avaliativa de Ciências
 
Coletânea de ciências 4º ano do aluno anual 2015 (1)
Coletânea de ciências 4º ano do aluno anual 2015 (1)Coletânea de ciências 4º ano do aluno anual 2015 (1)
Coletânea de ciências 4º ano do aluno anual 2015 (1)
 
Avaliação de ciências
Avaliação de ciênciasAvaliação de ciências
Avaliação de ciências
 
Avaliação de Ciência Helena Andrade
Avaliação de Ciência Helena AndradeAvaliação de Ciência Helena Andrade
Avaliação de Ciência Helena Andrade
 

Semelhante a Ambiente - Prof. Rozeni - Eja Fidel Zanchetta

Semelhante a Ambiente - Prof. Rozeni - Eja Fidel Zanchetta (20)

1 o que_é_meio_ambiente_slides
1 o que_é_meio_ambiente_slides1 o que_é_meio_ambiente_slides
1 o que_é_meio_ambiente_slides
 
PoluiçãO Do Meio Ambiente
PoluiçãO Do Meio AmbientePoluiçãO Do Meio Ambiente
PoluiçãO Do Meio Ambiente
 
Apostila prática qam_1_sem_2012
Apostila prática qam_1_sem_2012Apostila prática qam_1_sem_2012
Apostila prática qam_1_sem_2012
 
Tipos de Poluição
Tipos de PoluiçãoTipos de Poluição
Tipos de Poluição
 
Tipos de Poluição
Tipos de PoluiçãoTipos de Poluição
Tipos de Poluição
 
Slides do livro Eletrônico
Slides do livro EletrônicoSlides do livro Eletrônico
Slides do livro Eletrônico
 
A questão ambiental - principais efeitos
A questão ambiental - principais efeitosA questão ambiental - principais efeitos
A questão ambiental - principais efeitos
 
Ambiente
AmbienteAmbiente
Ambiente
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
 
Apresentação1 poams
Apresentação1 poamsApresentação1 poams
Apresentação1 poams
 
POAMS (Apresentação)
POAMS (Apresentação)POAMS (Apresentação)
POAMS (Apresentação)
 
Lixo- Gincana ecológica
Lixo- Gincana ecológicaLixo- Gincana ecológica
Lixo- Gincana ecológica
 
Ecologia
EcologiaEcologia
Ecologia
 
Desequilíbrio ambiental
Desequilíbrio ambientalDesequilíbrio ambiental
Desequilíbrio ambiental
 
Projeto Cuidar de Planeta
Projeto Cuidar de PlanetaProjeto Cuidar de Planeta
Projeto Cuidar de Planeta
 
Alterações Climáticas
Alterações ClimáticasAlterações Climáticas
Alterações Climáticas
 
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 ano
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 anoPerturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 ano
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 ano
 
Biodiversidade ppt
Biodiversidade pptBiodiversidade ppt
Biodiversidade ppt
 
Saneamento básico
Saneamento básicoSaneamento básico
Saneamento básico
 
Desiquilibrio Ambiente
Desiquilibrio AmbienteDesiquilibrio Ambiente
Desiquilibrio Ambiente
 

Ambiente - Prof. Rozeni - Eja Fidel Zanchetta

  • 1. O MUNDO ONDE VIVEMOS!
  • 3. AMBIENTE NO SÉC. XX A TEMPERATURA DA TERRA AUMENTOU MAIS OU MENOS DE 0,6ºC A 2ºC. AS NAÇÕES UNIDAS PREVÊEM UM AUMENTO ENTRE 1,4ºC E 5,8ºC ATÉ 2100. UMA GRANDE PARTE DAS 50 A 90% DAS ESPÉCIES VIVAS DO PLANETA QUE EXISTEM NAS FLORESTAS SERÁ EXTINTA A MEIO DESTE SÉCULO. HÁ 10 MIL ANOS A TERRA TINHA MENOS DE SEIS MILHÕES DE HABITANTES. HOJE, HÁ MAIS DE SEIS MIL MILHÕES DE PESSOAS.
  • 4. ESPÉCIES DESDE QUE A VIDA COMEÇOU NA TERRA, HÁ CERCA DE 3500 MILHOES DE ANOS, PODERÃO TER EXISTIDO MAIS DE 500 MILHÕES DE ESPÉCIES DE PLANTAS E ANIMAIS QUE, AO LONGO DOS ANOS, FORAM DESAPARECENDO…
  • 5. Cinco mil espécies de animais e plantas são extintas na Terra em cada ano que passa.
  • 8. Florestas tropicais – Cobrem 2% da superfície do planeta, mas são habitat para cerca de metade de suas espécies vegetais e animais. Originalmente, cobriam pelo menos o dobro da área actual. No Equador, por exemplo, existem 4 mil espécies únicas. Cerca de 3,5 mil estão sob ameaça de extinção porque estão limitadas a pequenas áreas nas quais um desastre natural, como fogo ou deslizamento de terra, pode as eliminar.
  • 9. Há mil anos, 80% da Europa Central estava florestada. Hoje, essa percentagem reduziu se para 20%. Se o mundo reciclasse metade do papel que consome, 40 mil quilómetros quadrados de terras seriam libertados do cultivo de árvores de crescimento rápido que abastecem a indústria do papel.
  • 10. Calcula- se que, numa cidade de cem mil habitantes sejam lançados, todos os meses, nos esgotos, 3, 75 toneladas de liquido para limpar sanitas, 13,75 toneladas de detergentes domésticos e 3,44 toneladas de óleo de automóvel.
  • 11. POLUIÇÃO TODA A ALTERAÇÃO QUE OCORRE NO MEIO NATURAL E LHE MODIFICA A COMPOSIÇÃO, CHEGANDO A SER PREJUDICIAL AO HOMEM.
  • 12. POLUIÇÃO  A POLUIÇÃO, NAS SUAS DIFERENTES FORMAS, CONSTITUI UMA AMEAÇA À EXTINÇÃO DE NUMEROSAS ESPÉCIES ANIMAIS E VEGETAIS, BEM COMO À QUALIDADE DE VIDA DAS PRÓXIMAS GERAÇÕES.
  • 13. TIPOS DE POLUIÇÃO  POLUIÇÃO DAS ÁGUAS INTERIORES  POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA  POLUIÇÃO SONORA  POLUIÇÃO DAS ÁGUAS DOS OCEANOS  RESÍDUOS URBANOS, INDUSTRIAIS E TÓXICOS
  • 14. CAUSAS  1) CAUSAS NATURAIS – PROVOCADAS POR FENÓMENOS NATURAIS (SISMOS, VULCÕES, TEMPESTADES…)  2) CAUSAS HUMANAS – DECORRENTES DA ACÇÃO HUMANA
  • 15. CAUSAS HUMANAS  AUMENTO DA POPULAÇÃO E DOS AGLOMERADOS HUMANOS  UTILIZAÇÃO DE RESÍDUOS FÓSSEIS POLUENTES  ESTILO DE VIDA, SOCIEDADE DE CONSUMO E BEMESTAR  CRESCIMENTO ECONÓMICO ALHEIO À PROTECÇÃO DO AMBIENTE  RESÍDUOS INDUSTRIAIS, URBANOS, HOSPITALARES, TÓXICOS E RADIOACTIVOS  COMPORTAMENTOS SOCIAIS E INDIVIDUAIS INADEQUADOS PARA A DEFESA DO MEIO AMBIENTE  MEIOS DE TRANSPORTES POLUENTES  UTILIZAÇÃO DE PRODUTOS QUIMICOS  SOBREEXPLORAÇÃO DE MATÉRIAS-PRIMAS, NA TERRA E NO MAR  CATÁSTROFES AMBIENTAIS PROVOCADAS PELO SER HUMANO  CONFLITOS MILITARES E NUCLEARES
  • 16. CONSEQUÊNCIAS AMBIENTAIS  A PERDA DE BIODIVERSIDADE:  DESFLORESTAÇÃO  POLUIÇÃO DOS ECOSSISTEMAS AQUÁTICO E TERRESTRE  DESTRUIÇÃO DOS HABITATS, O TRÁFICO ILEGAL DE ESPÉCIES VIVAS  CAÇA FURTIVA E CONTRABANDO  DESERTIFICAÇÃO:  DESFLORESTAÇÃO; SOBREPASTORÍCIA; AGRICULTURA; RECOLHA DE LENHA; INDÚSTRIA.  AUMENTO DO EFEITO DE ESTUFA: – AQUECIMENTO GLOBAL DA TERRA, ENFRAQUECIMENTO DA CAMADA DE OZONO, CHUVA ÁCIDA, CLIMA URBANO, SMOG, DOENÇAS…
  • 17. CONSEQUÊNCIAS AMBIENTAIS  ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS  AUMENTO DO NÍVEL MÉDIO DA ÁGUA DO MAR  AUMENTO DE CATÁSTROFES NATURAIS  DIMINUIÇÃO DA QUALIDADE DO AR E ÁGUA  DEGRADAÇÃO ESTÉTICA/VISUAL E DA PAISAGEM NATURAL E CULTURAL
  • 21. DESFLORESTAÇÃO  CAUSAS:  ABATE DE ÁRVORES (COMÉRCIO DE MADEIRA)  EXPANSÃO URBANA  PASTAGENS  INCÊNDIOS  CHUVAS ÁCIDAS  CONSEQUÊNCIAS:      EROSÃO AQUECIMENTO MENOS OXIGÉNIO EXTINÇÃO DE ESPÉCIES ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS
  • 22. ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS SECAS MENOS ÁGUA DESERTIFICAÇÃO CONSEQUÊNCIAS SOCIAIS E ECONÓMICAS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS DOENÇAS AUMENTO DO NÍVEL MÉDIO DAS ÁGUAS DO MAR EROSÃO DOS SOLOS DESAPARECIMENTO DOS GLACIARES
  • 23. AQUECIMENTO GLOBAL AQUECIMENTO GLOBAL ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS DEGELO SUBIDA DO NÍVEL MÉDIO DA ÁGUA DO MAR PERDA DE BIODIVERSIDADE CHEIAS SECAS
  • 26. POLÍTICA DOS 3 R  REDUZIR  REUTILIZAR  RECICLAR
  • 28. MEDIDAS GERAIS DE PROTECÇÃO AMBIENTAL TRATAMENTO DE ÁGUAS RESIDUAIS URBANAS E  TRATAMENTO DE ÁGUAS RESIDUAIS URBANAS E INDUSTRIAIS,  TRATAMENTO DE RESÍDUOS URBANOS, INDUSTRIAIS, TÓXICOS, HOSPITALARES E RADIOACTIVOS  ECOPONTOS, ECOCENTROS E CENTROS DE TRIAGEM  A CONSERVAÇÃO E PRESERVAÇÃO DE ÁREAS PROTEGIDAS  ADOPÇÃO DE MEDIDAS DE DIMINUIÇÃO DO CONSUMO DE ENERGIA  APOSTAR EM ENERGIAS ALTERNATIVAS NÃO POLUENTES E RENOVÁVEIS  DIMINUIÇÃO DO TRÁFEGO AUTOMÓVEL, INCENTIVAR OS TRANSPORTES PÚBLICOS  DEFENDER E APLICAR O PRINCÍPIO DE POLUIDORPAGADOR  DESENVOLVER E APLICAR MEDIDAS DE PROTECÇÃO AMBIENTAL NA INDÚSTRIA (EX: INSTALAR CATALISADORES- FILTROS)
  • 29. TIPOS DE ENERGIA 1) Energias fósseis, poluentes e esgotáveis como o petróleo, o gás ou o carvão. 2) As energias solar, hídrica e eólica são energias alternativas. Todas elas são limpas e ecológicas, além de inesgotáveis! – Hoje em dia, 87% da energia que consumimos é poluente. Os combustíveis fósseis são responsáveis por mais de 80% do dióxido de carbono que se liberta para a atmosfera e que provoca o efeito de estufa.
  • 30. ENERGIAS ALTERNATIVAS  Energia solar: – Neste momento só aproveitamos cerca de 17% da energia do sol. Há várias aplicações de energia solar. Uma é a conversão directa em energia térmica, que com o auxílio dos colectores solares ou painéis solares, produz água quente. Outra é a conversão em energia eléctrica.  Energia hídrica: – Uma forma de aproveitamento de energia hídrica vem das ondas e das marés. Quando as diferenças entre maré alta e maré baixa são suficientemente grandes para movimentar turbinas, consegue-se fazer funcionar centrais hidroeléctricas com a força das marés (tirando partido do movimento oscilatório das ondas).  Energia eólica: – Os aerogeradores são dispositivos de conversão de energia eólica em energia eléctrica. Há parques eólicos em 50 países do Mundo e a venda de aerogeradores aumentou cerca de 40%!
  • 31. ENERGIAS ALTERNATIVAS  Energia geotérmica: consiste no aproveitamento do calor interior da Terra. Uma das formas de aproveitar este recurso é fazer passar a água pelas rochas quentes que se encontram em profundidade. Deste modo, a água aquece e ao regressar à superfície é aproveitada para obter energia eléctrica;  O biogás: um gás combustível que resulta da decomposição de restos orgânicos pela acção das bactérias. A matéria-prima para a obtenção de biogás são os excrementos de animais e restos vegetais. É uma fonte energética muito utilizada na China.
  • 32. As solu ç ões que passam pelo equil íbri o ent re o desenvolvi m ent o soci o - econ ó m i co e am bient al m ent e equilibrado são a chave para o f ut u ro.
  • 38.  O LIXO OCUPA ESPAÇO Cada português produz aproximadamente 250 quilos de lixo por ano. Este número, aparentemente baixo, se comparado, por exemplo, com a tonelada produzida por um britânico em igual período, serviu de desculpa para não se terem criado aterros sanitários e centros de reciclagem. Enquanto em Portugal apenas se recupera 13% do vidro, a Holanda recicla 53% do seu vidro e a Belgica 36%. Produzir menos lixo nem sempre revela maiores preocupações com o ambiente.
  • 39.  2/3 DOS ESGOTOS DESPEJADOS NO MEDITERRÂNEO NÃO SÃO TRATADOS  HÁ 10 000, AS ÁRVORES COBRIAM 6,2 BILIÕES DE HECTARES (CERCA DE METADE DA SUPERFICIE DA TERRA). APENAS 1,5 BILIÕES DE HECTARES PERMANECEM INTACTOS MAS GRANDEMENTE AMEAÇADOS.  DESDE 1900,MAIS DE METADE DA FLORESTA TROPICAL, EM TODO O MUNDO, JÁ FOI DESTRUÍDA.  TODOS OS ANOS SE DESTROEM 142 000 KM2 DE FLORESTA TROPICAL E OUTROS 150 000 KM2 SÃO TREMENDAMENTE AFECTADOS.  ESTIMATIVAS ACTUAIS APONTAM PARA UMA PERDA DE CERCA DE 15 000 A 20 000 ESPÉCIES POR ANO AFIRMANDO-SE SER PROVÁVEL O DESAPARECIMENTO DE METADE DE TODAS AS