Caso clinico 1

4.556 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.556
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Caso clinico 1

  1. 1. Caso Clínico 1 WWW.VETLABORATORIO.COM.BR
  2. 2. Caso clínico 1 <ul><li>Canino, schnauzer, 10 anos, fêmea </li></ul><ul><li>Histórico: Poliúria, perda de peso, dor abdominal </li></ul><ul><li>Exame clínico: Abdomen distendido, alopecia e comedões na linha dorsal </li></ul>
  3. 3. Hematologia <ul><li>Foi observada uma leucocitose (34.000) com neutrofilia (29.000) e eosinopenia (0). </li></ul><ul><li>Hematócrito normal (48%) e plaquetas normal (250.000) </li></ul>
  4. 4. Bioquímica – perfil check up <ul><li>Uréia (mg / dl) 55,0 + </li></ul><ul><li>Creatinina (mg / dl) 1,6 + </li></ul><ul><li>Proteínas Totais (g / dl) 6,1 </li></ul><ul><li>Albumina (g / dl) 2,0 - </li></ul><ul><li>Globulina (g / dl) 4,1 </li></ul><ul><li>Relação Albumina:Globulina 0,48 - </li></ul>
  5. 5. Bioquímica perfil check up <ul><li>Fosfatase Alcalina (U / l) 1.200,00 + </li></ul><ul><li>GGT (U / l) 13,0 + </li></ul><ul><li>ALT (U / l) 987,0 + </li></ul><ul><li>AST (U / l) 230,0 + </li></ul><ul><li>Colesterol (mg / dl) 420,0 + </li></ul><ul><li>Glicose (mg / dl) 353,0 + </li></ul><ul><li>AMOSTRA LIPÊMICA </li></ul>
  6. 6. Suspeitas <ul><li>Diabetes ? </li></ul><ul><li>Hiperadrenocorticismo? </li></ul><ul><li>Problema hepático? </li></ul><ul><li>Pancreatite? </li></ul><ul><li>Insuficiência Renal? </li></ul>
  7. 7. Outros exames <ul><li>O exame de amilase e lipase não é indicado em pacientes com azotemia pois tanto uma pancreatite resulta em aumento de uréia e creatinina quanto uma insuficiência renal aumenta amilase e lipase. Neste caso deve ser realizado a Lipase Imunorreativa </li></ul><ul><li>Lipase Imunorreativa - Aumentada </li></ul><ul><li>Triglicerídeos (mg / dl) – 1.153,0 + </li></ul><ul><li>Frutosamina (mmol / l) – 350,0 </li></ul>
  8. 8. Outros exames <ul><li>Supressão dexametasona – normal </li></ul><ul><li>Cortisol e 17 OHProgesterona pós ACTH –Normais </li></ul><ul><li>EAS </li></ul><ul><li>Densiade 1.035 (indica azotemia pré renal) </li></ul><ul><li>Glicose 450,0 mg/dL </li></ul>
  9. 9. Discussões <ul><li>Esse animal tinha dislipidemia primária e pancreatite secundária a hiperlipidemia. </li></ul><ul><li>A frutosamina ainda se apresentava normal, mas cães com pancreatite aguda normalmente desenvolvem diabetes. </li></ul><ul><li>O hemograma de stress (leucocitose com neutrofilia e eosinopenia), a alta de Fosfatase alcalina, ALT, AST, Colesterol e Triglicerídeos foram sugestivas de Hiperadrenocorticismo, mas tanto a supressão dexametasona quanto a estimulação por ACTH não confirmaram a suspeita. Essas alterações foram atribuídas a pancreatite. </li></ul>
  10. 10. Diagnóstico <ul><li>O diagnóstico de dislipidemia primária é realizado por exclusão de doenças como o hipotireoidismo, hiperadrenocorticismo, hiperestrongenismo e pelas predisposição da raça schnauzer. Entretanto a doeça vem sendo descrita em várias outras raças como poodles e labradores </li></ul>

×