CNC

847 visualizações

Publicada em

Trabalho TIC

Publicada em: Negócios, Tecnologia
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Olá, gostei muito do material sobre CNC, sera que teria um email que eu possa entrar em contato direto com você? Obrigada.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
847
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

CNC

  1. 1. CNC- Controle Numérico Computadorizado<br />O aparecimento, desenvolvimento e aplicabilidade da tecnologia CNC.<br />
  2. 2. Sumário<br />Introdução histórica<br />Desenvolvimentodo CNC<br />Indústrias onde esta inserida<br />Vantagens e desvantagens<br />Hardware<br />Software<br /> Classificaçãodos sistemas NC<br />Programa NC<br />Erros que podem ocorrer<br />
  3. 3. Controle Numérico Computadorizado<br />
  4. 4. Introdução histórica<br />1º Passo<br />Estudo sobre a viabilidade:<br /><ul><li> numa máquina fresadora comandada por um sistema programável que fabricasse peças por arranque de cavaco. </li></li></ul><li>Introdução histórica<br />2º Passo<br />1950<br />édado a conhecer ao mundo a primeira fresadora vertical:<br /><ul><li>com três eixos controlada numericamente</li></li></ul><li>BOOM!<br />É eficaz<br />Anos70<br />Indústria da aeronáutica:<br /><ul><li>iniciou-se a construção de várias dezenas de máquinas.
  5. 5. Aplicação um microprocessador e memória ROM aos controladores</li></ul>CAD é associado a esta tecnólogiacomo uma mais valia<br />
  6. 6. O seu desenvolvimento<br />Anos 80 até ao presente<br />É incorporado nas máquinas um computador só para o controlo numérico<br />
  7. 7. Indústrias onde esta inserida<br />Na actualidade o CNC é utilizado em todos os tipos de indústria :<br />injecção plástica<br /> madeiras <br /> sistemas electrónicos<br />Pedreiras<br />
  8. 8. Vantagens<br />Desvantagens<br />máquina é autónoma<br />mais rapidez e precisão<br />Não há desperdício de tempo<br />Maior investimento por parte das empresas<br />Pouca rentabilidade quando a produção é baixa<br />Obriga os seus operadores a terem formação constante<br />
  9. 9. Hardware<br />ROM e EPROM <br />são utilizadas para armazenar partes inalteráveis do sistema de operação CNC, como ciclos fixos<br />EEPROM&apos;s <br /> armazenam dados que são gerados no momento de instalação do sistema operacional do CNC, tais como parâmetros específicos da máquina<br />RAM <br />armazenam os programas e dados de correcção, sendo a sua capacidade expansível<br />
  10. 10. Software<br /> controla todas as funções da máquina, a eficiência das operações, gerência todos os programas locais e realiza simulação gráfica, se disponível.<br />Menus de &quot;help&quot; e diálogo de entrada propiciam confiança ao operador, ajudam a prevenir erros, intensificam a segurança das operações da máquina e minimizam o tempo morto.<br />
  11. 11. Classificação dos sistemas NC<br />Controle ponto-a-ponto<br />movimentação rápida e independente de todos os eixos sem que haja contacto entre a ferramenta e a peça<br />Baixo custo:<br /><ul><li>equipamento adicionado a furadoras e puncionadoras</li></li></ul><li>Classificação dos sistemas NC<br />Controle Contínuo:<br />dotado de uma velocidade precisa em qualquer ponto do espaço, já que todos os eixos NC são precisamente controlados<br />cálculo dos pontos de saída evitando assim erros de curso<br />
  12. 12. Programa NC<br />O programa NC é composto por dois tipos de dados:<br />Geométrico<br />responsáveis pelo movimento geométrico da ferramenta<br />Tecnológico<br />responsável pela condição de usinagem envolvida no processo.<br />
  13. 13. Erros que podem ocorrer durante o processo<br />Deflexão e vibração de ferramenta<br />Fusos<br />Deformações Térmicas<br />
  14. 14. CNC é o futuro?<br />Não servem para todos os trabalhos<br />CNC são compensatórias em duas situações, quando a produção é em lotes médios de 20 a 10 000 peças/ano em peças relativamente complexas ou quando o trabalho a executar é realmente bastante complexo<br />
  15. 15. Bibliografia:<br />Projecto de aula de STC efectuado pela formanda Vera Alvelos<br />Documento em pdf de Prof. R. P. Zeilmann, Dr. Eng. Mec.<br />

×