SlideShare uma empresa Scribd logo

Espectro Autismo

Slide sobre Autismo.

1 de 37
Baixar para ler offline
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ
 DISCENTES: AMADA LETÍCIA RAIOL DOS SANTOS
ANA SARA BARROS DE LIMA
GABRIELA DA VERA CRUZ DOS SANTOS
MICHELLE SUZY GOMES DE ANDRADE
RODRIGO YURI CORREA
DOCENTE: MARLI
Espectro Autista.
Conhecendo o Autismo:
 O Autismo Infantil foi descrito inicialmente por
Kanner em 1943.
 Um ano após a descrição de Kanner outro médico
austríaco, Asperger, descreveu crianças
semelhantes às descritas por seu colega, mas
que eram, aparentemente, mais inteligentes e
sem atraso significativo no desenvolvimento da
linguagem.
Definição:
 Segundo Lorna Wing, autísmo é uma
sindrome definida por alterações presentes
desde idades muito precoces, tipicamente
antes dos três anos de idade, e que se
caracterizava sempre por desvios
qualitativos na comunicação, na interação
social e no uso da imaginação.
INCIDÊNCIA:
 Aparecimento da sindrome até os 3 anos de
idade.
 Transtorno do espectro autistico 1% da
população geral.
 É mais frequente em indivíduos do sexo
masculino. (4 – 1)
 Em todo o mundo, o autismo manifesta-se
 de forma independente da raça, cultura,
educação ou classe social dos indivíduos.
CAUSAS:
 ANORMALIDADES DE ALGUMA PARTE DO
CÉREBRO AINDA NÃO DEFINIDA DE FORMA
CONCLUSIVA, E PROVAVELMENTE DE ORIGEM
GENÉTICA.
 ADMITE-SE QUE POSSA SER CAUSADO POR
PROBLEMAS RELACIONADOS A FATOS OCORRIDOS
DURANTE A GESTAÇÃO OU NO MOMENTO DO
PARTO.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Pedagogia - Autismo
Pedagogia - AutismoPedagogia - Autismo
Pedagogia - AutismoAurivan
 
Apresentação autismo para maiores de 11anos
Apresentação autismo para maiores de 11anosApresentação autismo para maiores de 11anos
Apresentação autismo para maiores de 11anoscatialipa
 
Slide Autismo
Slide   AutismoSlide   Autismo
Slide AutismoUNIME
 
Inclusão: desafios e conquistas - Autismo & Realidade
Inclusão: desafios e conquistas - Autismo & RealidadeInclusão: desafios e conquistas - Autismo & Realidade
Inclusão: desafios e conquistas - Autismo & RealidadeAutismo & Realidade
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismoluis
 
Transtorno opositor desafiante
Transtorno opositor desafianteTranstorno opositor desafiante
Transtorno opositor desafianteisismaat
 
Transtorno do espectro autista
Transtorno do espectro autistaTranstorno do espectro autista
Transtorno do espectro autistaMarilene Pereira
 
Informações sobre Autismo
Informações sobre AutismoInformações sobre Autismo
Informações sobre AutismoTathiane Cuesta
 
Transtorno Desafiador Opositivo - TDO
Transtorno Desafiador Opositivo - TDOTranstorno Desafiador Opositivo - TDO
Transtorno Desafiador Opositivo - TDOCassia Dias
 
O que é autismo?
O que é autismo?O que é autismo?
O que é autismo?Mekinho20
 
Transtorno do Espectro do Autismo
Transtorno do Espectro do AutismoTranstorno do Espectro do Autismo
Transtorno do Espectro do AutismoDiane Marli Pereira
 
Dificuldades De Aprendizagem
Dificuldades De AprendizagemDificuldades De Aprendizagem
Dificuldades De AprendizagemMaristela Couto
 
Power point autismo
Power point  autismoPower point  autismo
Power point autismoadrianamnf13
 

Mais procurados (20)

Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Palestra Autismo
Palestra AutismoPalestra Autismo
Palestra Autismo
 
Pedagogia - Autismo
Pedagogia - AutismoPedagogia - Autismo
Pedagogia - Autismo
 
Apresentação autismo para maiores de 11anos
Apresentação autismo para maiores de 11anosApresentação autismo para maiores de 11anos
Apresentação autismo para maiores de 11anos
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Slide Autismo
Slide   AutismoSlide   Autismo
Slide Autismo
 
Inclusão: desafios e conquistas - Autismo & Realidade
Inclusão: desafios e conquistas - Autismo & RealidadeInclusão: desafios e conquistas - Autismo & Realidade
Inclusão: desafios e conquistas - Autismo & Realidade
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Transtorno opositor desafiante
Transtorno opositor desafianteTranstorno opositor desafiante
Transtorno opositor desafiante
 
Transtorno do espectro autista
Transtorno do espectro autistaTranstorno do espectro autista
Transtorno do espectro autista
 
Informações sobre Autismo
Informações sobre AutismoInformações sobre Autismo
Informações sobre Autismo
 
Apresentação tcc
Apresentação tccApresentação tcc
Apresentação tcc
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Transtorno Desafiador Opositivo - TDO
Transtorno Desafiador Opositivo - TDOTranstorno Desafiador Opositivo - TDO
Transtorno Desafiador Opositivo - TDO
 
O que é autismo?
O que é autismo?O que é autismo?
O que é autismo?
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Transtorno do Espectro do Autismo
Transtorno do Espectro do AutismoTranstorno do Espectro do Autismo
Transtorno do Espectro do Autismo
 
Dificuldades De Aprendizagem
Dificuldades De AprendizagemDificuldades De Aprendizagem
Dificuldades De Aprendizagem
 
Power point autismo
Power point  autismoPower point  autismo
Power point autismo
 
TDAH
TDAH TDAH
TDAH
 

Destaque

Perturbações do espectro do autismo
Perturbações do espectro do autismoPerturbações do espectro do autismo
Perturbações do espectro do autismoamorimjuvenal
 
Caderno Pedagogico Autismo
Caderno Pedagogico AutismoCaderno Pedagogico Autismo
Caderno Pedagogico AutismoSarah Olliver
 
Sensibilização da pea
Sensibilização da peaSensibilização da pea
Sensibilização da peamfcpestana
 
PERTURBAÇÃO DO ESPECTRO DO AUTISMO: CARACTERÍSTICAS, AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO.
PERTURBAÇÃO DO ESPECTRO DO AUTISMO: CARACTERÍSTICAS, AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO.PERTURBAÇÃO DO ESPECTRO DO AUTISMO: CARACTERÍSTICAS, AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO.
PERTURBAÇÃO DO ESPECTRO DO AUTISMO: CARACTERÍSTICAS, AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO.Joaquim Colôa
 
O autismo e suas características
O autismo e suas característicasO autismo e suas características
O autismo e suas característicasMara Cristina
 
Palestra Autismo para a ONG AMAI Azul
Palestra Autismo para a ONG AMAI AzulPalestra Autismo para a ONG AMAI Azul
Palestra Autismo para a ONG AMAI AzulClinicaAssis
 
Trastornos Generalizados del Desarrollo
Trastornos Generalizados del DesarrolloTrastornos Generalizados del Desarrollo
Trastornos Generalizados del DesarrolloKuatas Colmed
 
História que explica o autismo às crianças
História que explica o autismo às criançasHistória que explica o autismo às crianças
História que explica o autismo às criançasclaumarjoel
 
Dez coisas que um autista gostaria que você soubesse
Dez coisas que um autista gostaria que você soubesse Dez coisas que um autista gostaria que você soubesse
Dez coisas que um autista gostaria que você soubesse Pri Domingos
 
Modificacoes do DSM-IV para DSM-5
Modificacoes do DSM-IV para DSM-5Modificacoes do DSM-IV para DSM-5
Modificacoes do DSM-IV para DSM-5Felipe de Souza
 
Apresentação autismo escolinha
Apresentação autismo escolinhaApresentação autismo escolinha
Apresentação autismo escolinhaDaniela Santos
 
Jogos e atividades para Autista
Jogos e atividades para AutistaJogos e atividades para Autista
Jogos e atividades para AutistaPri Domingos
 
DAR Resposta - Guia para famílias após o diagnóstico de autismo
DAR Resposta - Guia para famílias após o diagnóstico de autismoDAR Resposta - Guia para famílias após o diagnóstico de autismo
DAR Resposta - Guia para famílias após o diagnóstico de autismoSara Martins
 
75 jogos e brincadeiras na aprendizagem do autista por simone helen drumond
75 jogos e brincadeiras na aprendizagem do  autista por simone helen drumond75 jogos e brincadeiras na aprendizagem do  autista por simone helen drumond
75 jogos e brincadeiras na aprendizagem do autista por simone helen drumondSimoneHelenDrumond
 

Destaque (19)

Perturbações do espectro do autismo
Perturbações do espectro do autismoPerturbações do espectro do autismo
Perturbações do espectro do autismo
 
Caderno Pedagogico Autismo
Caderno Pedagogico AutismoCaderno Pedagogico Autismo
Caderno Pedagogico Autismo
 
Sessão qta pequenotes
Sessão qta pequenotesSessão qta pequenotes
Sessão qta pequenotes
 
Sensibilização da pea
Sensibilização da peaSensibilização da pea
Sensibilização da pea
 
PERTURBAÇÃO DO ESPECTRO DO AUTISMO: CARACTERÍSTICAS, AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO.
PERTURBAÇÃO DO ESPECTRO DO AUTISMO: CARACTERÍSTICAS, AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO.PERTURBAÇÃO DO ESPECTRO DO AUTISMO: CARACTERÍSTICAS, AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO.
PERTURBAÇÃO DO ESPECTRO DO AUTISMO: CARACTERÍSTICAS, AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO.
 
Palestras autismo
Palestras autismo Palestras autismo
Palestras autismo
 
O autismo e suas características
O autismo e suas característicasO autismo e suas características
O autismo e suas características
 
Palestra Autismo para a ONG AMAI Azul
Palestra Autismo para a ONG AMAI AzulPalestra Autismo para a ONG AMAI Azul
Palestra Autismo para a ONG AMAI Azul
 
Trastorno autista
Trastorno autistaTrastorno autista
Trastorno autista
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Trastornos Generalizados del Desarrollo
Trastornos Generalizados del DesarrolloTrastornos Generalizados del Desarrollo
Trastornos Generalizados del Desarrollo
 
História que explica o autismo às crianças
História que explica o autismo às criançasHistória que explica o autismo às crianças
História que explica o autismo às crianças
 
Dez coisas que um autista gostaria que você soubesse
Dez coisas que um autista gostaria que você soubesse Dez coisas que um autista gostaria que você soubesse
Dez coisas que um autista gostaria que você soubesse
 
Modificacoes do DSM-IV para DSM-5
Modificacoes do DSM-IV para DSM-5Modificacoes do DSM-IV para DSM-5
Modificacoes do DSM-IV para DSM-5
 
Apresentação autismo escolinha
Apresentação autismo escolinhaApresentação autismo escolinha
Apresentação autismo escolinha
 
Jogos e atividades para Autista
Jogos e atividades para AutistaJogos e atividades para Autista
Jogos e atividades para Autista
 
DAR Resposta - Guia para famílias após o diagnóstico de autismo
DAR Resposta - Guia para famílias após o diagnóstico de autismoDAR Resposta - Guia para famílias após o diagnóstico de autismo
DAR Resposta - Guia para famílias após o diagnóstico de autismo
 
35 metodo teacch
35 metodo teacch35 metodo teacch
35 metodo teacch
 
75 jogos e brincadeiras na aprendizagem do autista por simone helen drumond
75 jogos e brincadeiras na aprendizagem do  autista por simone helen drumond75 jogos e brincadeiras na aprendizagem do  autista por simone helen drumond
75 jogos e brincadeiras na aprendizagem do autista por simone helen drumond
 

Semelhante a Espectro Autismo

Síndrome de Asperger e Austismo de Alto Funcionamento
Síndrome de Asperger e Austismo de Alto FuncionamentoSíndrome de Asperger e Austismo de Alto Funcionamento
Síndrome de Asperger e Austismo de Alto FuncionamentoHebert Campos
 
O autismo é uma alteração cerebral
O autismo é uma alteração cerebralO autismo é uma alteração cerebral
O autismo é uma alteração cerebralAlvaro Crisanto
 
A Síndrome de Asperger - Encontro com um ser humano fantástico.ppt
A Síndrome de Asperger - Encontro com um ser humano fantástico.pptA Síndrome de Asperger - Encontro com um ser humano fantástico.ppt
A Síndrome de Asperger - Encontro com um ser humano fantástico.pptJatanaelAlves
 
Autismo e síndrome de asperger uma visão geral
Autismo e síndrome de asperger uma visão geralAutismo e síndrome de asperger uma visão geral
Autismo e síndrome de asperger uma visão geralLeonardo Faria
 
A Síndrome de Asperger e o Autismo de Alto Funcionamento: Diferenciando as du...
A Síndrome de Asperger e o Autismo de Alto Funcionamento: Diferenciando as du...A Síndrome de Asperger e o Autismo de Alto Funcionamento: Diferenciando as du...
A Síndrome de Asperger e o Autismo de Alto Funcionamento: Diferenciando as du...Hebert Campos
 
Autismo pela Análise do Comportamento
Autismo pela Análise do ComportamentoAutismo pela Análise do Comportamento
Autismo pela Análise do ComportamentoFernandaMars1
 
Autismo: ainda um enigma. Revista Ciência Hoje ed. 270
Autismo: ainda um enigma. Revista Ciência Hoje ed. 270Autismo: ainda um enigma. Revista Ciência Hoje ed. 270
Autismo: ainda um enigma. Revista Ciência Hoje ed. 270Caminhos do Autismo
 
AULA AUTISMO - PARTE 1 - DA DEFINIÇÃO A TERAPIA.pptx
AULA AUTISMO - PARTE 1 - DA DEFINIÇÃO A TERAPIA.pptxAULA AUTISMO - PARTE 1 - DA DEFINIÇÃO A TERAPIA.pptx
AULA AUTISMO - PARTE 1 - DA DEFINIÇÃO A TERAPIA.pptxemanoelefreitas2
 
Autismo
AutismoAutismo
AutismoESMTG
 
A PSICOMOTRICIDADE JUNTO AO AUTISMO INFANTIL: TRABALHANDO O CORPO ATRAVÉS DA ...
A PSICOMOTRICIDADE JUNTO AO AUTISMO INFANTIL: TRABALHANDO O CORPO ATRAVÉS DA ...A PSICOMOTRICIDADE JUNTO AO AUTISMO INFANTIL: TRABALHANDO O CORPO ATRAVÉS DA ...
A PSICOMOTRICIDADE JUNTO AO AUTISMO INFANTIL: TRABALHANDO O CORPO ATRAVÉS DA ...Raphaela Marques
 

Semelhante a Espectro Autismo (20)

Síndrome de Asperger e Austismo de Alto Funcionamento
Síndrome de Asperger e Austismo de Alto FuncionamentoSíndrome de Asperger e Austismo de Alto Funcionamento
Síndrome de Asperger e Austismo de Alto Funcionamento
 
002661 110412120742-phpapp01
002661 110412120742-phpapp01002661 110412120742-phpapp01
002661 110412120742-phpapp01
 
Autismo e asperger
Autismo e aspergerAutismo e asperger
Autismo e asperger
 
O autismo é uma alteração cerebral
O autismo é uma alteração cerebralO autismo é uma alteração cerebral
O autismo é uma alteração cerebral
 
A Síndrome de Asperger - Encontro com um ser humano fantástico.ppt
A Síndrome de Asperger - Encontro com um ser humano fantástico.pptA Síndrome de Asperger - Encontro com um ser humano fantástico.ppt
A Síndrome de Asperger - Encontro com um ser humano fantástico.ppt
 
3459 orru
3459 orru3459 orru
3459 orru
 
asperger - ami klin
asperger - ami klinasperger - ami klin
asperger - ami klin
 
Autismo e síndrome de asperger uma visão geral
Autismo e síndrome de asperger uma visão geralAutismo e síndrome de asperger uma visão geral
Autismo e síndrome de asperger uma visão geral
 
A Síndrome de Asperger e o Autismo de Alto Funcionamento: Diferenciando as du...
A Síndrome de Asperger e o Autismo de Alto Funcionamento: Diferenciando as du...A Síndrome de Asperger e o Autismo de Alto Funcionamento: Diferenciando as du...
A Síndrome de Asperger e o Autismo de Alto Funcionamento: Diferenciando as du...
 
Dia do autista 2 de abril
Dia do autista 2 de abril Dia do autista 2 de abril
Dia do autista 2 de abril
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Autismo pela Análise do Comportamento
Autismo pela Análise do ComportamentoAutismo pela Análise do Comportamento
Autismo pela Análise do Comportamento
 
Autismo: ainda um enigma. Revista Ciência Hoje ed. 270
Autismo: ainda um enigma. Revista Ciência Hoje ed. 270Autismo: ainda um enigma. Revista Ciência Hoje ed. 270
Autismo: ainda um enigma. Revista Ciência Hoje ed. 270
 
AULA AUTISMO - PARTE 1 - DA DEFINIÇÃO A TERAPIA.pptx
AULA AUTISMO - PARTE 1 - DA DEFINIÇÃO A TERAPIA.pptxAULA AUTISMO - PARTE 1 - DA DEFINIÇÃO A TERAPIA.pptx
AULA AUTISMO - PARTE 1 - DA DEFINIÇÃO A TERAPIA.pptx
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
TEA
TEATEA
TEA
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
A PSICOMOTRICIDADE JUNTO AO AUTISMO INFANTIL: TRABALHANDO O CORPO ATRAVÉS DA ...
A PSICOMOTRICIDADE JUNTO AO AUTISMO INFANTIL: TRABALHANDO O CORPO ATRAVÉS DA ...A PSICOMOTRICIDADE JUNTO AO AUTISMO INFANTIL: TRABALHANDO O CORPO ATRAVÉS DA ...
A PSICOMOTRICIDADE JUNTO AO AUTISMO INFANTIL: TRABALHANDO O CORPO ATRAVÉS DA ...
 
Autismo e educação
Autismo e educaçãoAutismo e educação
Autismo e educação
 
Asperger
AspergerAsperger
Asperger
 

Último

Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...excellenceeducaciona
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...azulassessoriaacadem3
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...azulassessoriaacadem3
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...azulassessoriaacadem3
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...azulassessoriaacadem3
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...apoioacademicoead
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxJean Carlos Nunes Paixão
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...azulassessoriaacadem3
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba InicialTeresaCosta92
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docxGABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 

Espectro Autismo

  • 1. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ  DISCENTES: AMADA LETÍCIA RAIOL DOS SANTOS ANA SARA BARROS DE LIMA GABRIELA DA VERA CRUZ DOS SANTOS MICHELLE SUZY GOMES DE ANDRADE RODRIGO YURI CORREA DOCENTE: MARLI
  • 3. Conhecendo o Autismo:  O Autismo Infantil foi descrito inicialmente por Kanner em 1943.  Um ano após a descrição de Kanner outro médico austríaco, Asperger, descreveu crianças semelhantes às descritas por seu colega, mas que eram, aparentemente, mais inteligentes e sem atraso significativo no desenvolvimento da linguagem.
  • 4. Definição:  Segundo Lorna Wing, autísmo é uma sindrome definida por alterações presentes desde idades muito precoces, tipicamente antes dos três anos de idade, e que se caracterizava sempre por desvios qualitativos na comunicação, na interação social e no uso da imaginação.
  • 5. INCIDÊNCIA:  Aparecimento da sindrome até os 3 anos de idade.  Transtorno do espectro autistico 1% da população geral.  É mais frequente em indivíduos do sexo masculino. (4 – 1)  Em todo o mundo, o autismo manifesta-se  de forma independente da raça, cultura, educação ou classe social dos indivíduos.
  • 6. CAUSAS:  ANORMALIDADES DE ALGUMA PARTE DO CÉREBRO AINDA NÃO DEFINIDA DE FORMA CONCLUSIVA, E PROVAVELMENTE DE ORIGEM GENÉTICA.  ADMITE-SE QUE POSSA SER CAUSADO POR PROBLEMAS RELACIONADOS A FATOS OCORRIDOS DURANTE A GESTAÇÃO OU NO MOMENTO DO PARTO.
  • 7. MANIFESTAÇÕES MAIS COMUNS:  PODE MANIFESTAR-SE DESDE OS PRIMEIROS DIAS DE VIDA.  COMUM PAIS RELATAREM QUE A CRIANÇA PASSOU POR UM PERÍODO DE “NORMALIDADE” ANTERIORMENTE A MANIFESTAÇÃO DOS SINTOMAS.  RELACIONAREM A ALGUM EVENTO FAMILIAR O DESENCADEAMENTO DO QUADRO DE AUTISMO DO FILHO.
  • 9. DIFERENTES NOMEAÇÕES:  Com o passar do tempo e maior conhecimento a respeito desse tipo de condição, surgiu a denominação de Transtornos Globais ou Invasivos do Desenvolvimento (TGD) que incluía, além do Autismo e da Síndrome de Asperger a Síndrome de Rett e o Transtorno Global do Desenvolvimento Sem Outra Especificação (TGDSOE).
  • 10. TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA.  O Transtorno do Espectro Autista (TEA) engloba diferentes síndromes marcadas por perturbações do desenvolvimento neurológico com três características fundamentais, que podem manifestar-se em conjunto ou isoladamente. São elas: dificuldade de comunicação por deficiência no domínio da linguagem e no uso da imaginação para lidar com jogos simbólicos, dificuldade de socialização e padrão de comportamento restritivo e repetitivo.
  • 11. De acordo com o quadro clinico, o TEA pode ser classificado em:
  • 14. O ESPECTRO DE MANIFESTAÇÕES AUTÍSTICAS:  O autismo não é uma condição de “tudo ou nada”, mas é visto como um continuum que vai do grau leve ao severo.  Definição de autismo adotada pelo departamento de Educação Especial (SEDUC/Pa) é uma altração do comportamento que consiste em uma TRÍADE de dificuldades.
  • 15. TRÍADE. DOMINIO SOCIAL DOMINIO DO PENSAMENTO E C0MPORTAMENTO DOMINIO DA LINGUAGEM E COMUNICAÇÃO. DIFICULDADES:
  • 17. DIFICULDADES NO DOMÍNIO DA LINGUAGEM E DA COMUNICAÇÃO:
  • 18. DIFICULDADES NO DOMÍNIO DE PENSAMENTO E DE COMPORTAMENTO.
  • 20.
  • 21. ETAPAS DO DESENVOLVIMENTO – SINAIS DE ALERTA:
  • 24. TIPOS MAIS USUAIS DE INTERVENÇÃO:
  • 35. NA SALA DE AULA:
  • 36. CONSIDERAÇÕES FINAIS:  APESAR DAS DIVERSAS INCÓGNITAS QUE GIRAM EM TORNO DO AUTISMO, É DE SUMA IMPORTÂNCIA BUSCARMOS CONHECIMENTOS A RESPEITO DO TRANSTORNO, VISTO QUE COMO FUTUROS PROFESSORES DEVEMOS PROMOVER A INCLUSÃO DA CRIANÇA AUTISTA NO AMBIENTE ESCOLAR, SENDO ASSIM NECESSÁRIO COMPREENDER PARA ENTÃO AUXILIAR NO PROCESSO ENSINO- APRENDIZAGEM DO ALUNO.
  • 37. REFERÊNCIAS:  http://www.revistaautismo.com.br/noticias/casos-de-autismo-sobem-para-1-a- cada-68-criancas  http://www.autismconsortium.org/attachments/PIP_PORT_2013.pdf  http://drauziovarella.com.br/crianca-2/tea-transtorno-do-espectro-autista-ii/  http://www.scielo.br/pdf/jped/v80n2s0/v80n2Sa10.pdf  http://autismoerealidade.org/informe-se/sobre-o-autismo/diagnosticos-do- autismo/  http://www.lncc.br/~alm/neupsico12/adailton.pdf  http://www.apaejundiai.org.br/a-classificacao-do-transtorno-do-espectro-do- autismo-esta-se-modificando/  http://www.revistaautismo.com.br/edic-o-0/autismo-e-outros-transtornos-do- espectro-autista