Espectro Autismo

431 visualizações

Publicada em

Slide sobre Autismo.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
431
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Espectro Autismo

  1. 1. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ  DISCENTES: AMADA LETÍCIA RAIOL DOS SANTOS ANA SARA BARROS DE LIMA GABRIELA DA VERA CRUZ DOS SANTOS MICHELLE SUZY GOMES DE ANDRADE RODRIGO YURI CORREA DOCENTE: MARLI
  2. 2. Espectro Autista.
  3. 3. Conhecendo o Autismo:  O Autismo Infantil foi descrito inicialmente por Kanner em 1943.  Um ano após a descrição de Kanner outro médico austríaco, Asperger, descreveu crianças semelhantes às descritas por seu colega, mas que eram, aparentemente, mais inteligentes e sem atraso significativo no desenvolvimento da linguagem.
  4. 4. Definição:  Segundo Lorna Wing, autísmo é uma sindrome definida por alterações presentes desde idades muito precoces, tipicamente antes dos três anos de idade, e que se caracterizava sempre por desvios qualitativos na comunicação, na interação social e no uso da imaginação.
  5. 5. INCIDÊNCIA:  Aparecimento da sindrome até os 3 anos de idade.  Transtorno do espectro autistico 1% da população geral.  É mais frequente em indivíduos do sexo masculino. (4 – 1)  Em todo o mundo, o autismo manifesta-se  de forma independente da raça, cultura, educação ou classe social dos indivíduos.
  6. 6. CAUSAS:  ANORMALIDADES DE ALGUMA PARTE DO CÉREBRO AINDA NÃO DEFINIDA DE FORMA CONCLUSIVA, E PROVAVELMENTE DE ORIGEM GENÉTICA.  ADMITE-SE QUE POSSA SER CAUSADO POR PROBLEMAS RELACIONADOS A FATOS OCORRIDOS DURANTE A GESTAÇÃO OU NO MOMENTO DO PARTO.
  7. 7. MANIFESTAÇÕES MAIS COMUNS:  PODE MANIFESTAR-SE DESDE OS PRIMEIROS DIAS DE VIDA.  COMUM PAIS RELATAREM QUE A CRIANÇA PASSOU POR UM PERÍODO DE “NORMALIDADE” ANTERIORMENTE A MANIFESTAÇÃO DOS SINTOMAS.  RELACIONAREM A ALGUM EVENTO FAMILIAR O DESENCADEAMENTO DO QUADRO DE AUTISMO DO FILHO.
  8. 8. CARACTERISTICAS DO AUTISMO:
  9. 9. DIFERENTES NOMEAÇÕES:  Com o passar do tempo e maior conhecimento a respeito desse tipo de condição, surgiu a denominação de Transtornos Globais ou Invasivos do Desenvolvimento (TGD) que incluía, além do Autismo e da Síndrome de Asperger a Síndrome de Rett e o Transtorno Global do Desenvolvimento Sem Outra Especificação (TGDSOE).
  10. 10. TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA.  O Transtorno do Espectro Autista (TEA) engloba diferentes síndromes marcadas por perturbações do desenvolvimento neurológico com três características fundamentais, que podem manifestar-se em conjunto ou isoladamente. São elas: dificuldade de comunicação por deficiência no domínio da linguagem e no uso da imaginação para lidar com jogos simbólicos, dificuldade de socialização e padrão de comportamento restritivo e repetitivo.
  11. 11. De acordo com o quadro clinico, o TEA pode ser classificado em:
  12. 12. O ESPECTRO DE MANIFESTAÇÕES AUTÍSTICAS:  O autismo não é uma condição de “tudo ou nada”, mas é visto como um continuum que vai do grau leve ao severo.  Definição de autismo adotada pelo departamento de Educação Especial (SEDUC/Pa) é uma altração do comportamento que consiste em uma TRÍADE de dificuldades.
  13. 13. TRÍADE. DOMINIO SOCIAL DOMINIO DO PENSAMENTO E C0MPORTAMENTO DOMINIO DA LINGUAGEM E COMUNICAÇÃO. DIFICULDADES:
  14. 14. DIFICULDADES NO DOMÍNIO SOCIAL:
  15. 15. DIFICULDADES NO DOMÍNIO DA LINGUAGEM E DA COMUNICAÇÃO:
  16. 16. DIFICULDADES NO DOMÍNIO DE PENSAMENTO E DE COMPORTAMENTO.
  17. 17. DIAGNÓSTICO: 
  18. 18.
  19. 19. ETAPAS DO DESENVOLVIMENTO – SINAIS DE ALERTA:
  20. 20. INTERVENÇÃO:
  21. 21. TIPOS MAIS USUAIS DE INTERVENÇÃO:
  22. 22. SUGESTÕES PARA INTERVENÇÕES DO PROFESSOR:
  23. 23. ORGANIZAÇÃO DOS ESPAÇOS / RECURSOS
  24. 24. NA SALA DE AULA:
  25. 25. CONSIDERAÇÕES FINAIS:  APESAR DAS DIVERSAS INCÓGNITAS QUE GIRAM EM TORNO DO AUTISMO, É DE SUMA IMPORTÂNCIA BUSCARMOS CONHECIMENTOS A RESPEITO DO TRANSTORNO, VISTO QUE COMO FUTUROS PROFESSORES DEVEMOS PROMOVER A INCLUSÃO DA CRIANÇA AUTISTA NO AMBIENTE ESCOLAR, SENDO ASSIM NECESSÁRIO COMPREENDER PARA ENTÃO AUXILIAR NO PROCESSO ENSINO- APRENDIZAGEM DO ALUNO.
  26. 26. REFERÊNCIAS:  http://www.revistaautismo.com.br/noticias/casos-de-autismo-sobem-para-1-a- cada-68-criancas  http://www.autismconsortium.org/attachments/PIP_PORT_2013.pdf  http://drauziovarella.com.br/crianca-2/tea-transtorno-do-espectro-autista-ii/  http://www.scielo.br/pdf/jped/v80n2s0/v80n2Sa10.pdf  http://autismoerealidade.org/informe-se/sobre-o-autismo/diagnosticos-do- autismo/  http://www.lncc.br/~alm/neupsico12/adailton.pdf  http://www.apaejundiai.org.br/a-classificacao-do-transtorno-do-espectro-do- autismo-esta-se-modificando/  http://www.revistaautismo.com.br/edic-o-0/autismo-e-outros-transtornos-do- espectro-autista

×