Prova 9 ano

2.707 visualizações

Publicada em

PROVA DE LINGUA PORTUGUESA

Publicada em: Educação

Prova 9 ano

  1. 1. 1 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 9º ano/8ª Série – 21/10/2012 LÍNGUA PORTUGUESA Questões 01 a 20 TEXTO I PRINCÍPIOS E VALORES Uma mãe quer saber se deve ou não permitir que sua filha, de nove anos, viaje com a família de uma colega num fim de semana. Ela diz que a garota nunca fez isso antes e que ela considera precoce esse passeio mais longo sem a família, mas que está em dúvida porque muitas crianças da mesma idade já fazem isso. Outra leitora indaga a melhor idade para colocar o filho, de cinco anos, em aulas de outro idioma e conta que ela mesma, fluente em inglês, começou a estudar depois dos 12 anos, mas que agora percebe que a criançada já começa bem mais cedo. (...) Outro leitor afirma que quer ensinar valores aos filhos, mas, ao mesmo tempo, considerando o clima competitivo de nosso tempo, quer saber como ensinar que há momentos em que é preciso abrir mão desses valores para não ser ingênuo. O mundo contemporâneo tornou a educação uma tarefa muito mais complexa. Até o final da década de 1950, a maioria não enfrentava questões como as citadas e tampouco tinha de tomar diariamente decisões sobre o tipo de educação a praticar com os filhos. A educação era uma só, os rumos faziam parte de um grande consenso social e assim caminhavam os pais, sem grandes conflitos. Vale dizer que pais e filhos sofriam muito mais, já que eram tão diferentes e tinham de se ajustar a um rumo comum. Hoje, os pais ganharam a liberdade da escolha sobre como educar seus filhos e, por outro lado, assumiram também uma responsabilidade muito maior por eles. Afinal, cada escolha feita produz efeitos significativos na vida dos filhos, já que estes estão em formação. Vale refletir a respeito das dúvidas dos pais. À primeira vista, todas parecem questões práticas sobre como agir. E cada uma delas guarda em si conteúdos bem mais amplos, que tratam de moral, ética, conceito de infância, limites entre privacidade e convívio social e relação entre pais e filhos. E talvez este seja o nó da questão da educação contemporânea que os pais podem desatar ou, ao menos, afrouxar: ao educar os filhos, precisam ter clareza de alguns princípios dos quais não abrem mão e, a partir desse norte, tomar as decisões sem se importar tanto com as decisões dos outros pais. Afinal, já que temos a oportunidade hoje de ter a riqueza da diversidade em educação, há que se aprender a conviver com ela, não? Pensando assim, a mãe cuja filha pede para viajar sem a família precisa é pensar no conceito de infância que quer garantir para a filha, tanto quanto a mãe que se preocupa com o ensino de línguas (...) e, finalmente, o que se preocupa com os valores precisa refletir se quer dar uma educação moral de ocasião ao filho ou se quer mesmo é ensinar que os valores fazem parte de um ideal de vida e que, portanto, exigem fidelidade. "O que quero ensinar aos meus filhos, priorizar na educação deles?" Essa é a questão que os pais devem se fazer quando enfrentam situações que demandam decisões. Afinal: de festas, namoros, aprendizados diversos, eles terão muitas chances para desfrutar, mas da educação familiar, só enquanto estiverem sob a tutela dos pais. E esse tempo é curto, acreditem. SAYÃO, Rosely. Como Educar Meu Filho? (Fragmento). Disponível em http:// www1.folha.uol.com.br. 01. Este texto foi escrito, principalmente, para a) criticar a falta de rigor com que os pais educam os filhos atualmente. b) definir algumas indagações sobre a criação de filhos no mundo atual. c) questionar os princípios que devem nortear a educação dos filhos. d) refletir acerca de temas encontrados em perguntas dirigidas à autora. 02. É CORRETO afirmar que o título a) contém uma referência que resume o tema do texto. b) define categoricamente os exemplos citados no texto. c) faz referência ao conceito de infância expresso no texto. d) refere-se a generalidades que estão dispersas no texto.
  2. 2. 2 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 9º ano/8ª Série – 21/10/2012 03. Na elaboração do texto, o autor NÃO utiliza o seguinte recurso a) apresentação de fatos que se opõem ao tratar do tema. b) definições que explicitam o ponto de vista que adota. c) enumerações que hierarquizam alguns argumentos. d) exemplificações que ilustram as ideias apresentadas. 04. Leia o trecho. “E talvez este seja o nó da questão da educação contemporânea que os pais podem desatar ou, ao menos, afrouxar: ao educar os filhos, precisam ter clareza de alguns princípios dos quais não abrem mão”. ▪ Nesse trecho, os dois-pontos foram utilizados para introduzir a) a presença de diálogo entre o autor e os leitores em geral. b) um esclarecimento acerca de uma informação nova. c) uma citação em que a autora remete a outros autores. d) uma consequência do que se afirmou a todos os leitores. 05. Está errada a classificação da função sintática de um dos termos destacados. Assinale a alternativa em que o erro ocorre. a) “Hoje, os pais ganharam a liberdade da escolha sobre como educar seus filhos (...).”– adjunto adverbial b) “O que quero ensinar aos meus filhos, priorizar na educação deles?” – objeto indireto. c) “Vale refletir a respeito das dúvidas dos pais.” – complemento nominal. d) “A educação era uma só (...).” – predicativo do sujeito. TEXTO II A mudança de comportamento das famílias, hoje, é visível. Na Europa, por exemplo, quando um professor dá nota baixa a um aluno, é certo que os pais vão aparecer na escola no dia seguinte para reclamar com ele. Há vinte, trinta anos, era o aluno que tinha de dar satisfações aos pais diante do professor. É uma completa inversão. [...] Hoje os pais precisam discutir tudo, negociar o que antes eram ordens definitivas. E isso não é necessariamente algo negativo, desde que fique claro que depois de negociar, discutir, trocar ideias, quem decide são os pais. Jean-Pierre Lebrun, psicanalista belga, estudioso das relações familiares. Veja, 9 dez. 2009. TEXTO III 06. Apenas uma das alternativas a seguir expressa uma interpretação inadequada em relação às ideias expostas nos textos II e III. a) Os textos utilizam diferentes linguagens para analisar comportamentos humanos. b) A inversão de comportamento humano, referida no texto II está presente no texto III.
  3. 3. 3 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 9º ano/8ª Série – 21/10/2012 c) Segundo o texto, a abertura para o diálogo, com muita discussão, troca de ideias e negociação, foi uma mudança negativa que dificultou a relação entre professores e alunos. d) Pode-se subentender de ambos os textos, que a postura de um pai em relação a seu filho e aos professores determina o tipo de relação que haverá entre esse filho e seus professores. TEXTO IV OS MENINOS CARVOEIROS Passam a caminho da cidade –– Eh, carvoero! E vão tocando os animais com um relho enorme. Os burros são magrinhos e velhos. Cada um leva seis sacos de carvão de lenha. A aniagem é toda remendada. Os carvões caem. (Pela boca da noite vem uma velhinha que os recolhe, dobrando-se com um gemido.) – Eh, carvoero! Só mesmo estas crianças raquíticas Vão bem com estes burrinhos descadeirados. A madrugada ingênua parece feita para eles... Pequenina, ingênua miséria! Adoráveis carvoeirinhos que trabalhais como se brincásseis! – Eh, carvoero! Quando voltam, vêm mordendo num pão encarvoado, Encarapitados nas alimárias, Apostando corrida, Dançando, bamboleando, nas cangalhas como espantalhos desamparados! BANDEIRA, Manuel. Meninos carvoeiros. In: ___. Estrela da vida inteira: Poesias reunidas. 10 ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1983, p. 85-6) Vocabulário ▪ Alimárias: animália, animal de carga. ▪ Aniagem: tecido grosseiro usado especialmente na confecção de sacos e fardos. ▪ Cangalhas: armação de madeira ou ferro em que se sustenta a carga dos animais ▪ Encarapitar: pôr(-se) no alto, subir. 07. É CORRETO afirmar que o tema do poema toca num aspecto a) sociocultural do Brasil, ao abordar a irresponsabilidade e o autoritarismo dos pais na imposição de trabalho pesado às crianças. b) histórico-social, ao abordar, de modo poético, o problema crônico da miséria do país, estampado no trabalho infantil. c) psicológico, ao abordar as motivações pessoais (a algazarra, as brincadeiras) que levam a criança a escolher o trabalho de carvoeiro. d) social do Brasil, ao abordar, de modo poético, o esforço de uma velhinha para cuidar dos carvoeiros. 08. O refrão utilizado no poema a) comenta ironicamente um erro na pronúncia dos meninos. b) dá uma cadência para o poema ao imitar o chamado da velhinha. c) registra a fala simples do povo brasileiro. d) registra, nesse lamento, a ignorância do povo brasileiro. 09. No verso: “Adoráveis carvoeirinhos que trabalhais como se brincásseis!”, o uso do verbo na 2ª pessoa do plural indica que o eu-lírico dirige-se aos meninos carvoeiros. É CORRETO afirmar que a carga expressiva presente nesse verso recai sobre a) os meninos, pois se trata de uma ordem. b) o próprio eu-lírico, pois exprime a emoção que ele experimenta. c) os meninos, pois se trata de uma pergunta. d) o próprio eu-lírico, pois se trata de uma ironia.
  4. 4. 4 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 9º ano/8ª Série – 21/10/2012 10. “A madrugada ingênua parece feita para eles...” De acordo com a análise sintática, indique a alternativa que contém a CORRETA classificação do termo destacado no período acima: a) objeto direto. b) adjunto adnominal. c) predicativo do sujeito. d) complemento nominal. TEXTO V Folha de S.Paulo, 11 maio 2011, F2 Tec. 11. A tira simula uma situação de boas vindas a crianças no primeiro dia de aula. A partir da análise da tirinha, considere as afirmativas. I. Existe uma oposição entre o que o nome da escola sugere e o procedimento da professora. II. A tira denuncia o choque ideológico entre liberdade e felicidade versus opressão e infelicidade. III. O conceito de normalidade anunciado pelo discurso verbal é confirmado na imagem do último quadro da tira. Assinale: a) se apenas I e II são verdadeiras. b) se apenas I e III são verdadeiras. c) se apenas I é verdadeira. d) se apenas II é verdadeira 12. Sobre “Aqui darão os primeiro passos”, NÃO é correto afirmar que a oração a) possui complemento verbal. b) possui sujeito oculto. c) possui sujeito indeterminado. d) possui predicado verbal.
  5. 5. 5 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 9º ano/8ª Série – 21/10/2012 TEXTO VI OS MENINOS DO TRÁFICO O documentário sobre crianças no tráfico, recentemente visto em todo o país, não é de provocar opiniões mas de dilacerar o coração, que anda de sobressalto em sobressalto. Assisti ao documentário encolhida, e tantos dias depois ainda não consegui me sentir inteira. Nunca mais serei a mesma, depois de testemunhar aquilo, e não sei de documentário mais importante neste mundo de Deus. Aqueles meninos banguelas, aquelas meninas magrelas, aquelas vozes arrastadas de sono e droga, aqueles rostos ocultos de medo ou enfrentando impassíveis, aqueles olhares pedintes ou ferozes, mas muito mais pedintes, feriram como mil punhais qualquer pessoa que não estivesse demais embotada. Espero que essa ferida seja para sempre. Desejo que nunca, nem um dia, a gente esqueça. Eu não quero esquecer, pois, sem usar drogas nem conviver com traficantes, indiretamente, como todo brasileiro, fui responsável pela vida e pela morte deles, pois todos, menos um, já morreram. Nós os matamos. Vou pensar todos os dias que continuam morrendo crianças iguais àquelas, que poderiam ser meus filhos, teus filhos, nossos filhos. Eram nossos, aqueles meninos e meninas, sonados, ferozes ou tristíssimos, que a gente tem vontade de botar no colo e confortar. Mas confortar com o quê? E aquela arma, e aquelas drogas, e aquela infelicidade, e aquela desesperança? Fazer o quê? Espero que essa ferida e essa vergonha nos deem alguma ideia salvadora e nos levem a uma postura determinada, que gere ações efetivas, eficientes, reais. Não promessas, não seminários com sociólogos, religiosos, psicólogos e antropólogos, médicos e, quem sabe, policiais. Não entrevistas comovidas e comoventes em televisão e jornais, mas atitudes e ações. Não acredito que elas aconteçam: deixamos que o problema se alastrasse demais, permitimos a guerra civil. Nos assustamos um pouco, aqui e ali interrompemos a dança insensata e nos emocionamos, mas nada além disso. A ferida aberta pelo documentário e pela realidade talvez continue incomodando. Contra ela só há dois remédios: agir ou alienar-se mais. Desejo que ela nos machuque feito brasa ardente, até o fim da nossa miserável vida. LUFT, Lia. Os meninos do tráfico. Veja, São Paulo, p. 22, 5 abr. 2006. (com cortes). 13. Qual é o ponto de vista defendido pela autora do texto? a) A culpa pela vida que as crianças ligadas ao tráfico levam é de todos. b) A morte das crianças ligadas ao tráfico deve-se à ação rude dos policiais. c) Há muitas ações intelectualizadas desencadeadas por profissionais diversos para resolver a situação das crianças do tráfico. d) Não só crianças pobres ligam-se a drogas, mas também pessoas ricas que o fazem por razões diversas. 14. Uma das estratégias persuasivas utilizadas pela autora do texto para convencer o leitor e fazê-lo aderir a suas ideias é comovê-lo, ao sugerir que as crianças poderiam ser membros de sua família. Isso pode ser observado especialmente no a) primeiro parágrafo. b) segundo parágrafo. c) terceiro parágrafo. d) quarto parágrafo. 15. Para a autora do texto, a única forma de resolver os problemas registrados pelo documentário ao qual ela se refere é a) provocar opiniões comovidas e dilacerantes. b) enfrentar impassivelmente os olhares pedintes ou ferozes. c) confortar com o colo as vítimas infelizes e desesperadas. d) assumir posturas atuantes e eficientes. 16. Pelo modo de escrever, a autora revela como se sentiu diante da realidade que comentou. Que sentimento NÃO se pode perceber? a) Indignação b) Desaprovação c) Revolta d) Conformismo
  6. 6. 6 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 9º ano/8ª Série – 21/10/2012 17. Em “Espero que essa ferida e essa vergonha nos deem alguma ideia salvadora e nos levem a uma postura determinada, que gere ações efetivas, eficientes, reais”, os termos destacados são a) objeto direto o primeiro, e objeto indireto o segundo. b) objeto direto, ambos. c) objetos indiretos, ambos. d) objeto indireto o primeiro, e objeto direto o segundo. TEXTO VII Leia esta anedota: O avô conta para o neto: - Certa vez, fiz uma viagem de barco pelo Nilo, o grandioso rio do Egito. Quando eu estava admirando as pirâmides, fui atacado por vinte crocodilos gigantes. Acabei com todos eles em três tempos! - Vovô, você me contou essa história no ano passado e disse que tinha sido atacado por dez crocodilos! - Quantos anos você tinha no ano passado? - Sete. - Viu? Você era muito pequeno para saber de toda a verdade. 18. No segundo parágrafo do texto, na frase “Certa vez, fiz uma viagem de barco pelo Nilo, o grandioso rio do Egito”, há dois termos isolados por vírgulas. Que função sintática o primeiro e o segundo termos desempenham, respectivamente? a) aposto e vocativo. b) sujeito e predicativo do sujeito. c) adjunto adverbial e vocativo. d) adjunto adverbial e aposto. 19. Em qual opção existe agente da passiva? a) “Acabei com todos eles em três tempos!” b) “Quando eu estava admirando as pirâmides, fui atacado por vinte crocodilos gigantes.” c) “Viu? Você era muito pequeno para saber de toda a verdade.” d) “Quantos anos você tinha no ano passado?” 20. “Vovô, você me contou essa história no ano passado e disse que tinha sido atacado por dez crocodilos!” ▪ Qual é a função do termo em destaque? a) Sujeito. b) Aposto. c) Vocativo. d) Adjunto adnominal.
  7. 7. 7 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 9º ano/8ª Série – 21/10/2012 MATEMÁTICA Questões 21 a 40 21. IMC= índice de massa corpórea IMC é o índice que avalia o grau de obesidade das pessoas. Para calculá-lo, basta dividirmos o peso (em quilos) pela altura ao quadrado (em metros). Tabela Comparativa IMC Classificação abaixo de 20 abaixo do peso de 20 a 25 peso ideal 25 a 30 Sobrepeso 30 a 35 obesidade moderada 35 a 40 obesidade severa 40 a 50 obesidade mórbida acima de 50 Superobesidade Júlia mede 1,60 m e pesa 63 kg, podemos classifica-la: a) Júlia está abaixo do peso. b) Júlia está com o peso ideal. c) Júlia está com obesidade. d) Júlia esta com sobrepeso. 22. Comer frutas nos intervalos e diminuir o consumo de produtos industrializados é mais uma dica para manter uma vida saudável. O que é produto industrializado? Ora, bolachas, salgadinhos, refrescos prontos... Daniel consumiu em um dia 300g de um certo salgadinho em que o valor de sódio é indicado por: mg de sódio/100g do produto. Encontrando o valor numérico da expressão abaixo, você encontrará a quantidade de mg de sódio por 100 g do salgadinho que Daniel ingeriu.¶ X².y³): 2, para x= -10 e y = 2. Podemos então concluir que Daniel ingeriu: a) 400 mg de sódio. b) 180 mg de sódio. c) 300 mg de sódio. d) 1200 mg de sódio.
  8. 8. 8 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 9º ano/8ª Série – 21/10/2012 23. Mariana está acima do peso, por isso resolveu pegar leve nos lanchinhos à tarde. Ela substituiu aquele sanduichão por uma fatia de pão de forma. Antes, com o sanduíche, consumia 495 kcal. Quantas calorias ela reduziu do seu lanche da tarde? Você, consumidor, está lendo o rótulo do pão de forma e se depara com a informação abaixo. a) 325 kcal. b) 170 kcal. c) 410 kcal. d) 85 kcal. 24. A figura seguinte é um modelo de bicicleta reclinada. Para essa bicicleta, destacaremos que: - A medida do raio maior é 9x. - A medida do raio menor é 5x. - A distância entre os pontos A e B é 18x. Qual é o monômio que expressa a distância entre os centros C1 e C2 das rodas? a) 22x b) 32x³ c) 32x d) 32x² Você, consumidor, está lendo o rótulo do pão de forma e se depara com a informação abaixo.
  9. 9. 9 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 9º ano/8ª Série – 21/10/2012 25. O número N de bactérias de uma cultura é dado em função do tempo t, em horas, pela fórmula matemática N= 105 .24t . depois de 2 horas, qual o número de bactérias dessa cultura? a) 256.105 b) 16.105 c) 126.10³ d) 256.10² 26. Praticar esporte, brincar, andar a pé é bom para saúde! A medida oficial do diâmetro de uma cesta de basquete é 39 cm. Qual o comprimento do aro dessa cesta? Considere π= 3,14 e C= 2 π R. a) 122,46 cm b) 122,56 cm c) 121,46 cm d) 120,46 cm 27. Uma empresa resolveu anunciar um de seus produtos na TV. Constatou que houve um aumento nas vendas a partir de então. O departamento de markenting verificou que a quantidade vendida desse produto no mês podia ser representada pela expressão algébrica 3x/2 + 40, em que x representa o número de anúncios na TV durante o mês. Se em determinado mês, foram feitas 50 aparições na televisão, então foram vendidas nesse mês: a) 125 unidades b) 120 unidades c) 115 unidades d) 110 unidades
  10. 10. 10 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 9º ano/8ª Série – 21/10/2012 28. Uma lanchonete vende sanduíches a x reais cada um. Sabe-se que 1/5 desse preço corresponde ao custo da carne, do pão e dos demais ingredientes; 1/2 do preço corresponde a outras despesas; e o restante é lucro. Qual é o monômio que representa o lucro da venda de 50 desses sanduíches? a) 10x b) 12x c) 15x d) 20x 29. Foi realizada uma pesquisa, em um bairro de determinada cidade, com um grupo de crianças de 3 a 12 anos de idade. Para esse grupo, em função da idade x da criança, concluiu-se que a “massa média” p, em quilogramas, era dada pela fórmula matemática p= 3x + 8. Qual a idade mais provável de uma criança que pesa 38 quilogramas? a) 11 anos b) 12 anos c) 9 anos d) 10 anos 30. O ideal para muitas pessoas era ir a pé para o trabalho, mas infelizmente não é o que acontece. Pense bem quanto o planeta e o corpo agradeceria, se todos tivessem essa prática, pelo menos duas vezes na semana. Mas as montadoras de automóveis estão a todo vapor. Considerando a tabela abaixo, responda o que se pede. PRODUÇÃO E VENDAS, EM SETEMBRO, DE TRÊS MONTADORAS DE AUTOMÓVEIS. Montadora Unidades produzidas Porcentagem vendida da produção A 3000 80% B 5000 60% C 2000 X% Sabendo que nesse mês as três montadoras venderam 7000 dos 10000 carros produzidos, qual é o valor de x? a) 60 b) 80 c) 50 d) 90 31. Uma empresa pensando na saúde e bem estar de seus funcionários aderiu atividades físicas todos os dias. Então verificou o quanto mudou a qualidade de vida, pois uma pessoa saudável produz melhor. E, além de ter mudado a produção o humor ficou bem melhor, pois não há nada melhor do que está de bem com o nosso corpo, não é mesmo? Sabendo que essa empresa tem 1/3 de seus funcionários com idade menor que 30 anos, 1/4 tem idade entre 30 e 40 anos e 40 funcionários têm mais de 40 anos. Quantos deles têm 30 anos? a) 32 b) 24 c) 48 d) 64
  11. 11. 11 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 9º ano/8ª Série – 21/10/2012 32. O professor Julião teve que fazer mudanças radicais na sua alimentação, pois seu colesterol ruim está nas alturas. Simplificando a expressão da lousa e substituindo x por 1 e acrescentando 279 ao resultado saberá que o colesterol de Julião está próximo de: a) 223 b) 340 c) 350 d) 280 33. Água é fundamental para a nossa sobrevivência!!! Paula bebe uma garrafa de água em 3 minutos, enquanto Sofia leva 6 minutos para tomar a água dessa garrafa. Se bebessem juntas, em quanto tempo tomariam uma garrafa de água? a) 10 min. b) 9 min c) 2 min. d) 4 min. 34. Correr, caminhar faz um bem danado para nossa saúde e não custa nada!!! João e Pedro decidiram apostar uma corrida. A questão se refere ao trecho de duas ruas paralelas, onde João e Pedro desenvolverão a corrida com a mesma velocidade. As dimensões, na figura, estão representadas em metros. Observe que podemos usar as proporções: DP/80 = AP/AB e PC/80= PB/AB
  12. 12. 12 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 9º ano/8ª Série – 21/10/2012 João partirá do ponto médio M do quarteirão AB, fazendo o trajeto MBCDP, enquanto Pedro percorrerá MADCP. Nessas circunstâncias, é correto afirmar que: a) João e Pedro chegam juntos. b) João ganha com mais de 100 m de vantagem. c) Pedro ganha com mais de 100 m de vantagem d) João ganha com menos de 100 m de vantagem. 35. Dois amigos foram a um restaurante comer uma salada muito saborosa e nutritiva, mas a falta de conhecimento matemático os levaram a ter prejuízo. O cálculo errado da gorjeta levou os dois amigos a pagarem uma conta de R$ 58,00, quando o valor correto a ser pago deveria ser R$ 18,00 + 10% de R$ 18,00. Se soubessem um pouquinho de aritmética, esses clientes poderiam ter economizado, em reais, a quantia de: a) 36,20 b) 38,20 c) 39,00 d) 48,20 36. Em um restaurante há 12 mesas, todas ocupadas. Algumas, por 4 pessoas; outras, por apenas 2 pessoas, num total de 38 fregueses. O número de mesas ocupadas por apenas 2 pessoas é: a) 4 b) 5 c) 6 d) 7 37. A rapadura é rica em potássio, ferro, cálcio e fósforo, possui grande teor energético. No Brasil, a rapadura surgiu no século XVII com os primeiros engenhos de cana-de-açúcar. Logo ganhou estigma de comida de pobre. No passado, era predominantemente consumida pelos escravos e mesmo hoje só eventualmente frequenta as mesas mais fartas. Apesar disso, seu valor calórico é riquíssimo. Cada 100 gramas têm 132 calorias - ou seja, 200 gramas equivalem em energia a um prato de talharim com ricota. (FERNANDES, Manoel. Revista Terra, ago/96.) Triunfo, cidade do interior de Pernambuco, produz em rapadura por ano o equivalente a 1,98 bilhões de calorias. Isto representa, em toneladas, um a produção de rapadura correspondente a: a) 2000 b) 1500 c) 200 d) 150
  13. 13. 13 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 9º ano/8ª Série – 21/10/2012 38. Se , o valor de é: a) 41 b) 43 c) 47 d) 49 39. GASTOU MUITA ENERGIA PARA RESOLVER A QUESTÃO 18? ENTÃO, CONTINUAR!!! A fórmula K = 8M/5, em que K= quilômetro(km) e M= milhas. Permite converter milhas em quilômetros. Quantas milhas são 100 km? a) 16 b) 62,5 c) 16,5 d) 625 40. A professora Fibonacci fez uma surpresa para seus alunos!!! João e Maria vão pra escola todos os dias a pé, e ao chegarem ficaram super entusiasmado, pois D. Fibonacci disse que quem conseguisse resolver a equação literal em função de x, ganharia 2 pontos. João e Maria acertaram, isso significa que a resposta correta é: a) 2a/5 b) (5a+3)/(a-4) c) 9a d) 6a/7 A milha é uma unidade de medida de comprimento usada nos Estados Unidos.

×