Relatório de Produção em Novas Tecnologias

262 visualizações

Publicada em

Relatório de Produção em Novas Tecnologias

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
262
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatório de Produção em Novas Tecnologias

  1. 1. Relatório De: Produção em Novas Tecnologias. Professor: Marco Antônio Correa da Escóssia Alunos: Allef Silva Bruno Alencar Isabele Muniz Karla Medeiros Venelouis Tyago
  2. 2. Breve explanação sobre as atividades realizadas por cada um. Foi trabalhoso para todos os membros da equipe em todas as partes, tanto para quem ficou responsável com o roteiro, direção, edição, produção, enfim. Reunimo-nos e decidimos quem ficaria com o quê; e também o que seria feito, o produto, a maneira na qual iríamos fazer tudo. O Allef Silva ficou responsável pelo roteiro. Onde as ideias de cada membro do grupo seriam transcritas e a partir disso seriam concretas e seguidas por todos para a gravação do produto. Bruno Alencar e Karla Medeiros ficaram responsáveis pela idealização e atuação, criaram a ideia final para o produto, e desenvolveram o processo de adaptação do produto inicial e o produto final. A Isabele Muniz ficou responsável pela produção e direção de todo o conteúdo que nós criamos e colocamos em ação. Cenários, formas de entonação de voz, como deveriam posicionar-se as pessoas que iriam filmar, entre outros aspectos que o produtor, e o diretor se propõem a fazer. E Venelouis Tyago foi o mágico por trás da edição, foi ele quem idealizou e editou o produto, e também ficou responsável pela finalização. Ele foi o responsável por colar, cortar, por um efeito aqui, por um efeito ali e boom processo concluído. Foi o Picasso da edição.
  3. 3. Roteiro Bem, como nosso produto audiovisual foi um minidocumentário, então o roteiro realmente não dispende de grande quantidade de informações extras como em um filme, série, e etc. Principalmente por se tratar de um documentário semelhante à entrevistas jornalistas. O objetivo deste roteiro será para expor o que foi pretendido se fazer, e o que foi feito, contudo mais detalhes nos próximo tópico chamado: Enumerando as atividades realizadas nos três processos de produção – “Pré, Pró e Pós”. Então explicando o que foi feito: Como já informado no relatório anterior de Oficina de Edição a equipe custou a seguir uma ideia fixa desde o começo, e que no final tomou um rota diferente no final. O minidocumentário teve como guia a ideia de tentar passar para o possível público A Dificuldade de se fazer uma produção audiovisual de Alta Qualidade e este também seria o nome do vídeo, se não fosse tão grande. Onde cada a maioria dos integrantes da equipe (não todos), iria falar em frente a câmera como um respectivo especialista da sua área: Diretor, Produtor, Roteirista, Ator/Atriz e Editor. E ao decorrer das entrevistas foram aproveitadas as cenas da ideia inicial para ilustrar a dificuldade de realizar tal produção com uma qualidade relativamente boa. Os entrevistados foram quatro pessoas começando pelo Venelouis Tyago como Editor, e seguindo por: Karla Medeiros como Produtora e Atriz, Allef Silva como Roteirista e por último e não menos importante Bruno Alencar como Diretor e Ator. E este foi todo o roteiro seguido, sem muitos direcionamentos, mas algo que buscou ser um trabalho bem feito.
  4. 4. Enumerando as atividades realizadas nos três processos de produção – “Pré, Pró e Pós” Pré: 1. Reunião da equipe e planejamento do que vai ser feito: - Como já foi explicado algumas vezes, a equipe teve alguns desentendimentos quanto ao que realmente iria ser o produto final, onde começamos a gravar algo que seria: As 5 Situações mais Depressivas do curso de Rádio e Tv mas que no final foi decidido ser um minidocumentário sobre: A Dificuldade de se fazer uma produção audiovisual de Alta Qualidade. Pró: 2. Após planejarmos e decidirmos realmente o que iriamos fazer, começamos a gravar as cenas seguindo o primeiro roteiro que era para As 5 Situações mais Depressivas do curso de Rádio e Tv. Contudo, com a decisão final de fazer o minidocumentário, tivemos abandonar o resto da produção e filmagem do roteiro antigo, e gravar as entrevistas do minidocumentário sobre: A Dificuldade de se fazer uma produção audiovisual de Alta Qualidade. Pós: 3. Depois de ter tudo gravado, tanto as cenas da primeira ideia e do primeiro roteiro quanto as do segundo, a edição foi realizada no software Adobe Premiere Pro CC, com adição de músicas e alguns efeitos audiovisuais. E o resultado pôde ser conferido nas páginas da web em canais como o Filhotes do Rtv e ser comentado, compartilhado e avaliado por quaisquer internautas seja no Facebook através dá página: Rádio e Tv da Depressão, ou qualquer outra rede social em que o vídeo esteja.
  5. 5. Definindo e justificando a estratégia utilizada para divulgação/distribuição via rede social Escolhemos utilizar como estratégia a divulgação do nosso produto a fanpage que eu, Bruno Alencar, administro chamada Rádio e Tv da Depressão, pois o tema trata das dificuldades, dos sonhos, das amizades, e da inspiração que nós estudantes de Rádio e TV temos ao realizar uma produção audiovisual de alta qualidade. E é importante que seja visualizada também para quem deseja cursar rádio e tv, ou até mesmo para que outros profissionais possam conhecer e compartilhar a nossa futura profissão. Considerações finais Utilizando elementos teóricos da disciplina para justificar o aprendizado no decorrer da confecção do trabalho... Podemos concluir que sem a teoria a prática não acontece, antes de fazer a captação de uma imagem ou de um áudio, é de extrema importância ter um repertório teórico para que a prática seja realizada com êxito pleno e que o produto final fique de maneira desejada. A disciplina de Oficina de Edição assim como a disciplina de Produção em Novas Tecnologias em muitos aspectos necessita de uma teoria bem sólida para que a configuração da prática seja excelente. Aprendemos que a Produção seja para qual nova tecnologia for, deve se ter o conhecimento e o domino para uma manipulação de forma tentar a satisfazer o receptor final do produto, seja um software ou hardware e como será transmitido, seja uma ideia de mídias não convencionais.
  6. 6. Auto-Avaliações Allef Silva Da mesma forma que me autoavaliei na disciplina de edição, repito as mesmas falas neste. Poderia ter me esforçado mais, estudado mais realmente ter levado o conteúdo das aulas mais a sério. Tive uma ótima aprendizagem sobre tudo o que eu não conhecia, ainda mais em relação a produtos vinculados na internet, saber que o mundo virtual é vasto e infinito, e que eu posso trabalhar e me aprofundar nisto é como posso dizer “Amazing” em outras palavras em português é incrível. Não tenho nada a declarar sobre críticas, pois através das palestras aprendi muito, e o professor esteve disponível para passar isso para gente. Creio que foi um semestre de aprendizado tanto para eu como aluno, como ao professor como pessoa, esse vínculo aluno e professor é o que faz a diferença na sala de aula. Bruno Alencar Produção em Novas Tecnologias foi uma disciplina muito importante para mim, pois pude aprender como utilizar produções audiovisuais para web levando em considerações aspectos como o tema e a linguagem que são diferentes do rádio e da tv. Também gostei das palestras que tivemos, pois pude conhecer os profissionais que utilizam as mídias sociais em seus ofícios e também como ter postura nas redes sociais que também é importante, para nós futuros comunicadores. Volto a dizer que senti falta de termos mais prática nessa disciplina, acho que assim poderíamos ter aproveitado melhor ela, mas no geral eu dou 9! Foi bem bacana e interessante. Isabele Muniz A disciplina não deixou a desejar, realmente foi o esperado. Saio satisfeita e com muito aprendizado. {sem muitas delongas}
  7. 7. Karla Medeiros A disciplina de Produção em Novas Tecnologia foi uma disciplina muito bacana, onde aprendi várias coisas no campo do Audiovisual. Foi algo de muita importância e que me identifiquei bastante. Sem contar que as palestras que ocorreram em sala de aula foram também um complemento para o nosso aprendizado. O que acho que faltou foi entrarmos mais na prática, acho que era pra ter sido meio a meio (Teoria e Prática), no entanto tivemos mais a parte teórica. Mas que de qualquer forma gostei da disciplina e das aulas. Venelouis Tyago Nesta disciplina não tenho muito o que reclamar, apesar de que existem sim algumas coisas a reclamar, mas no geral foi uma ótima disciplina, o professor é um excelente profissional que está antenado com o mundo do Curso que leciona. Uma única observação e sugestão a fazer é que as aulas busquem ter mais exemplos, slides como imagens para começar seria bom, visualização de novidades em vídeos, os recursos que foram utilizados para fabricação de tal produto e PRINCIPALMENTE: tentar reproduzir na prática o que pode ser visto em produções audiovisuais pelo o mundo a fora de mais interessante.

×