O Conto
Definição do Conto É uma obra de ficção que cria um universo deseres e acontecimentos, de fantasia ouimaginação. Os cont...
O conto é dividido em Fase A primeira fase é a oral na qual não é possível detectar oseu inicio, porque o conto se origin...
TIPOS DE CONTOS Contos-de-Fadas Contos de Encantamento Contos Maravilhosos Contos de enigma ou mistério Contos jocoso...
Onde é usado o conto A crônica se destina a publicação em jornal ou revista.Diga-se que é acontecimentos diários. Se dife...
Modalidades de Contos Humor, Fantásticos, Mistério e Terror, Contos realistas, Psicológicos, Religiosos, Minimalist...
ObjetivoO objetivo do conto é proporcionar uma impressão única no leitor.Podemos, pois, resumir em quatro, os ingredientes...
Estrutura do Conto 1 – Unidade dramática 2 – Unidade de tempo 3 – Unidade de espaço 4 – Número reduzido de personagens...
Estrutura do Conto Introdução: ocorre a apresentação do cenário, os personagens e fatosiniciais para situar o leitor Com...
Contistas de Língua Portuguesa FamososMachado de Assis = "O alienista", "Um apólogo", e muitos outros;Lima Barreto = "A n...
O conto  (apresentação)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O conto (apresentação)

267 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
267
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O conto (apresentação)

  1. 1. O Conto
  2. 2. Definição do Conto É uma obra de ficção que cria um universo deseres e acontecimentos, de fantasia ouimaginação. Os contos também devem ser suscintos econcisos(curtos), claros e objetivos (sem lero-lero). Um conto precisa causar um impacto, umefeito singular no leitor.
  3. 3. O conto é dividido em Fase A primeira fase é a oral na qual não é possível detectar oseu inicio, porque o conto se originou num tempo em quenem se quer existia a escrita. As historias eram narradasoralmente ao redor das fogueiras das habitações dos povosprimitivos. Isso geralmente acontecia à noite. A segunda fase é a escrita que é provavelmente a que osegípcios registraram o livro do mágico (cerca de 4000a.c). A terceira fase é o Conto através de desenhos sem texto(figuras abaixo)
  4. 4. TIPOS DE CONTOS Contos-de-Fadas Contos de Encantamento Contos Maravilhosos Contos de enigma ou mistério Contos jocosos Contos acumulativo
  5. 5. Onde é usado o conto A crônica se destina a publicação em jornal ou revista.Diga-se que é acontecimentos diários. Se diferenciaevidentemente da notícia, pois não é feita por umjornalista e sim por um escritor, mas se aproxima de suaforma. É o acontecimento diário sob a visão criativa doescritor. Normalmente, por se basear em fatos docotidiano, ela tende a se desatualizar com o passar dotempo. Nem por isso deixa de perder seu sabor literárioquando agrupamos um conjunto delas em um livro. Ocronista é essencialmente um observador, um espectadorque narra literariamente a visão da sociedade em que vive,através dos fatos do dia a dia.
  6. 6. Modalidades de Contos Humor, Fantásticos, Mistério e Terror, Contos realistas, Psicológicos, Religiosos, Minimalistas, Ação
  7. 7. ObjetivoO objetivo do conto é proporcionar uma impressão única no leitor.Podemos, pois, resumir em quatro, os ingredientes que caracterizam oconto 1. uma ação 2. um lugar 3. um tempo 4. um tom.
  8. 8. Estrutura do Conto 1 – Unidade dramática 2 – Unidade de tempo 3 – Unidade de espaço 4 – Número reduzido de personagens 5 – Diálogo dominante 6 – Descrição e narração (tendem a anular-se) 7 – Dissertação (praticamente ausente)
  9. 9. Estrutura do Conto Introdução: ocorre a apresentação do cenário, os personagens e fatosiniciais para situar o leitor Complicação: é a parte do enredo na qual se desenvolve o conflito, edevido ao tamanho reduzido, deve ser único. Desfecho: ao contrário do romance, é aqui que a história culmina, e oelemento surpresa é revelado, e o conflito, resolvido.O conto é objetivo, geralmente narrado na 3ª pessoa (mas também podeser na 1ª) Pelo seu tamanho reduzido, deve-se perseguir a concisão deforma que tudo nele tenha sentido, que seja relevante.
  10. 10. Contistas de Língua Portuguesa FamososMachado de Assis = "O alienista", "Um apólogo", e muitos outros;Lima Barreto = "A nova Califórnia", "O homem que sabia javanês", e outros;Alcântara Machado = "Apólogo brasileiro sem véu de alegoria" e outros;Graciliano Ramos = "Baleia" (escrito originalmente como conto, tornou-secapítulo da obra Vidas Secas);Guimarães Rosa = "Famigerado" (da obra de contos Primeiras Estórias);João Antônio = "Afinação da arte de chutar tampinhas" (conto da obraMalagueta, Perus e Bacanaço);Dalton Trevisan = "Uma vela para Dario";Luis Fernando Verissimo = "A velhinha de Taubaté" e muitos outros.

×