UNIVERSIDADE FEDERAL DO
CEARÁ

Camila Silva Vaconcelos
Gabrielly Pamela
Rafaela Carvalho
Disciplina de Metodologia do trab...
Associação Br asileir a de
Nor mas Técnicas (ABNT)
Norma brasileira (NB 15437
r)
Inf ormação e documentaçãoP
ôsteres técni...
Mas primeiro...
1. Pr incípios ger ais par a a apr esent ação de
pôst er es t écnico e cient if icos
2. Ref er ências nor ...
OBJETIVO
Obt er a
padr onização a
r acionalização a
cer ca da
apr esent ação de
dados numér icos
em t abelas.
Algumas definições
1. Pôst er : inst r ument o de comunicação,
exibido em diver sos supor t es, que
sint et iza e divulga ...
Sobre a estrutura
Elementos obrigatórios

Elementos opcionais

1. Tít ulo
2. Aut or , aut or ia pessoal
e ent idade
3. Con...
Regras para a apresentação
Suporte Impresso
Papel, lona, Plást ico, acr ílico, et c.
Dimensões
Lar gur a: ent r e 0,60m at...
Projeto gráfico
A nor ma f ala que f ica à cr it ér io do
aut or .

E que o pôst er deve ser legível no
mínimo à 1m de dis...
Pôster eletrônico

FONTE Jornal
Aldrava Cultural
Fonte: Acervo da Coordenadoria
Geral de Pesquisa e Iniciação
Científica -...
Pôster eletrônico

FONTE Jornal
Aldrava Cultural
Fonte: Acervo da Coordenadoria
Geral de Pesquisa e Iniciação
Científica -...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Slides mtc: nbr para banner

371 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
371
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slides mtc: nbr para banner

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ Camila Silva Vaconcelos Gabrielly Pamela Rafaela Carvalho Disciplina de Metodologia do trabalho científico Prof. Me. Adriana Nóbrega
  2. 2. Associação Br asileir a de Nor mas Técnicas (ABNT) Norma brasileira (NB 15437 r) Inf ormação e documentaçãoP ôsteres técnicos e científ icos
  3. 3. Mas primeiro... 1. Pr incípios ger ais par a a apr esent ação de pôst er es t écnico e cient if icos 2. Ref er ências nor mat ivas ABNT NBR 6023:2002 – Ref er ências ABNT NBR 6026:2003 – Resumo I BGE. Nor ma de apr esent ação t abular . 3. ed. Rio de J aneir o, 1993.
  4. 4. OBJETIVO Obt er a padr onização a r acionalização a cer ca da apr esent ação de dados numér icos em t abelas.
  5. 5. Algumas definições 1. Pôst er : inst r ument o de comunicação, exibido em diver sos supor t es, que sint et iza e divulga o cont eúdo a ser apr esent ado. 2. Tabela: Element o demonst r at ivo de sínt ese que const it ui unidade aut ônoma.
  6. 6. Sobre a estrutura Elementos obrigatórios Elementos opcionais 1. Tít ulo 2. Aut or , aut or ia pessoal e ent idade 3. Cont eúdo, ideias cent r ais em f or ma de t ext o ou t abelas e ilust r ações. 4. Subtítulo separado por (: ) 5. Inf ormações complementares 6. R esumo (NB R 6028) 7. R erências (NB ef R 6023)
  7. 7. Regras para a apresentação Suporte Impresso Papel, lona, Plást ico, acr ílico, et c. Dimensões Lar gur a: ent r e 0,60m at é 0,90m. Alt ur a: ent r e 0,90m at é 1,20m. Podendo ser execut ado em meio elet r ônico.
  8. 8. Projeto gráfico A nor ma f ala que f ica à cr it ér io do aut or . E que o pôst er deve ser legível no mínimo à 1m de dist ância.
  9. 9. Pôster eletrônico FONTE Jornal Aldrava Cultural Fonte: Acervo da Coordenadoria Geral de Pesquisa e Iniciação Científica - CPIC (2010)
  10. 10. Pôster eletrônico FONTE Jornal Aldrava Cultural Fonte: Acervo da Coordenadoria Geral de Pesquisa e Iniciação Científica - CPIC (2010)

×