SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 30
A geração dos Anos Dourados  A  geração dos  Anos  Dourados
Eu pertenço  a uma geração  que deixou  saudade. Que viveu a vida com respeito, com charme, com romantismo.  E com intensidade.
Que navegou  em mar de almirante no que hoje chamam de anos dourados. E olha que o mar nem era tão de almirante assim. Tivemos lá nossas tormentas,
Mas soubemos enfrentá-las e vencê-las. Sempre com o peito aberto e a cabeça erguida e com dignidade.
Soubemos degustar o suco da vida, sem destroçar o fruto.  Usufruir a natureza, sem estuprá-la.
É , meu amigo, eu pertenço a uma geração que deixou e sente saudade. Uma geração que não teve medo de ser feliz. E nem vergonha.
Uma geração que via Copacabana como a ‘‘Princesinha do Mar.’’
Que conhecia  São Paulo como a elegante e charmosa  terra da garoa
E para nós, o Brasil era o grande país do futuro.
Hoje, a princesinha casou,teve filhos. E mudou sem deixar endereço. Dizem até que, hoje, já nem vai mais à praia.
São Paulo cresceu,engordou. Perdeu o charme e a garoa. Quem viu nem reconhece.
Já o Brasil,  ah o Brasil! Continua sendo o país do futuro.  Mas do jeito que a coisa anda, só não sabemos que futuro  será esse.
Eu pertenço a uma geração que viu o biquíni nascer. E não viu nada além.
Agora, mulher de biquíni é como mina abandonada. Quando se chega, já não resta nada pra explorar.
Eu pertenço a uma geração que viu  Mitchun, Waynne e Cooper transformarem  em romantismo os horrores de uma guerra.
Hoje, se você descuida a guerra sai da TV e cai em sua sala. Suja, violenta, cruel.
E por falar em TV, também foi na minha geração que ela nasceu.Primária, incipiente, amadorística. Mas limpa, emocionante, querendo vencer. E sem apelações. Tanto que o primeiro beijo na TV até hoje é cantado em prosa e verso.
Agora beijo  é no horário infantil. Sexo fica prá sessão vespertina. E o explícito nas novelas da noite. E pensar que a gente se emocionava muito mais com Chaplin, que sequer falava.
Ah, eu pertenço a uma geração que namorava na matinée dos domingos, comendo pipocas, chupando drops.Que esperava o filme começar prá buscar a emoção de um beijo roubado.
Hoje a chupação começa bem antes.  E o escracho dos motéis acabou com o doce mistério do escurinho do cinema. Só Rita Lee lembra disso.
É seu moço, eu pertenço a uma geração que encarava a virgindade como virtude. Não como vergonha. Que usava camisinha como preservativo, não como meio de sobrevivência.
Eu pertenço a uma geração que estudava prá ficar culta e vencer na vida. Não prá ficar esperta e ganhar a vida.
Uma geração que desprezava agiotas. E olha que cobravam só 5% ao mês. Agora tem banqueiro que cobra 15% e continua em  liberdade. Até sai em coluna social.
Sabe,meu amigo, eu pertenço a uma geração que tinha respeito pela autoridade. Não medo. Que manifestava amor pela Pátria. Não deboche.
[object Object],[object Object]
Sem deixar de ter carinho pelos velhos bondes. Uma geração que amava, não tinha só tesão. Que respeitava, mesmo quando havia cobiça. Que se fascinou com os novos aviões.
Que fazia coisas bobas, como abrir a porta para uma mulher. Puxar a cadeira prá ela sentar. Que oferecia seu lugar no ônibus para uma senhora. Mesmo que nem fosse tão senhora.
É meu caro, minha geração vai deixar saudade. Ela viveu anos dourados de verdade.  E intensamente. Com pique, com tesão, com alegria.
e dizer que a gente era feliz...  e nem  sabia!
[object Object],Texto : José Roberto Palladino

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (18)

Mulheres Da Minha GeraçAo Santiago Gamboa
Mulheres Da Minha GeraçAo Santiago GamboaMulheres Da Minha GeraçAo Santiago Gamboa
Mulheres Da Minha GeraçAo Santiago Gamboa
 
0 as mulheres (com música)
0 as mulheres (com música)0 as mulheres (com música)
0 as mulheres (com música)
 
Soudo Cea
Soudo CeaSoudo Cea
Soudo Cea
 
Escandalosamentelindo11
Escandalosamentelindo11Escandalosamentelindo11
Escandalosamentelindo11
 
Sou do ceara_(pp_tminimizer)
Sou do ceara_(pp_tminimizer)Sou do ceara_(pp_tminimizer)
Sou do ceara_(pp_tminimizer)
 
Frases para choque de caminhão
Frases para choque de caminhãoFrases para choque de caminhão
Frases para choque de caminhão
 
Amor entre nuvens zz couto
Amor entre nuvens zz coutoAmor entre nuvens zz couto
Amor entre nuvens zz couto
 
Cordel
CordelCordel
Cordel
 
Palavra jovem 35
Palavra jovem 35Palavra jovem 35
Palavra jovem 35
 
A desejada
A desejadaA desejada
A desejada
 
A Ilha Dos Sentimentos
A Ilha Dos SentimentosA Ilha Dos Sentimentos
A Ilha Dos Sentimentos
 
Ilhados Sentimentos2
Ilhados Sentimentos2Ilhados Sentimentos2
Ilhados Sentimentos2
 
A ilha dos_sentimentos
A ilha dos_sentimentosA ilha dos_sentimentos
A ilha dos_sentimentos
 
A Ilha Dos Sentimentos
A Ilha Dos SentimentosA Ilha Dos Sentimentos
A Ilha Dos Sentimentos
 
A Ilha Dos Sentimentos
A Ilha Dos SentimentosA Ilha Dos Sentimentos
A Ilha Dos Sentimentos
 
A ilha dos sentimentos
A ilha dos sentimentosA ilha dos sentimentos
A ilha dos sentimentos
 
Meu Ceará
Meu CearáMeu Ceará
Meu Ceará
 
Ilhados sentimentos
Ilhados sentimentosIlhados sentimentos
Ilhados sentimentos
 

Destaque

Anos Dourados - Fatos & Fotos
Anos Dourados - Fatos & FotosAnos Dourados - Fatos & Fotos
Anos Dourados - Fatos & FotosIrene Aguiar
 
Imagens Antigas de minha terra natal, Belo Horizonte, MG
Imagens Antigas de minha terra natal, Belo Horizonte, MGImagens Antigas de minha terra natal, Belo Horizonte, MG
Imagens Antigas de minha terra natal, Belo Horizonte, MGDanilo Simões
 
BH Antigamente
BH AntigamenteBH Antigamente
BH AntigamenteRafael Sol
 
Belo Horizonte - História de uma Capital
Belo Horizonte -  História de uma CapitalBelo Horizonte -  História de uma Capital
Belo Horizonte - História de uma CapitalEdirlaine
 

Destaque (9)

Anos Dourados - Fatos & Fotos
Anos Dourados - Fatos & FotosAnos Dourados - Fatos & Fotos
Anos Dourados - Fatos & Fotos
 
Bh antigamente
Bh antigamenteBh antigamente
Bh antigamente
 
Tempo poetico
Tempo poeticoTempo poetico
Tempo poetico
 
Imagens Antigas de minha terra natal, Belo Horizonte, MG
Imagens Antigas de minha terra natal, Belo Horizonte, MGImagens Antigas de minha terra natal, Belo Horizonte, MG
Imagens Antigas de minha terra natal, Belo Horizonte, MG
 
Bh antigamente
Bh antigamenteBh antigamente
Bh antigamente
 
BH Antigamente
BH AntigamenteBH Antigamente
BH Antigamente
 
Geografia urbana rmbh
Geografia urbana rmbhGeografia urbana rmbh
Geografia urbana rmbh
 
Belo Horizonte - História de uma Capital
Belo Horizonte -  História de uma CapitalBelo Horizonte -  História de uma Capital
Belo Horizonte - História de uma Capital
 
BH Antiga
BH AntigaBH Antiga
BH Antiga
 

Semelhante a A GERAÇÃO DOS ANOS DOURADOS

Mulheres Da Minha GeraçAo Santiago Gamboa
Mulheres Da Minha GeraçAo Santiago GamboaMulheres Da Minha GeraçAo Santiago Gamboa
Mulheres Da Minha GeraçAo Santiago Gamboacab3032
 
As mulheres da minha geracao som
As mulheres da minha geracao somAs mulheres da minha geracao som
As mulheres da minha geracao somRogerio Oliveira
 
Carlos drummond de andrade
Carlos drummond de andradeCarlos drummond de andrade
Carlos drummond de andradeFabi
 
Sucesso - a verdadeira Vingança de um homem honrado
Sucesso - a verdadeira Vingança de um homem honradoSucesso - a verdadeira Vingança de um homem honrado
Sucesso - a verdadeira Vingança de um homem honradoOrlando Junior
 
Sou... - Martha Medeiros
Sou... - Martha MedeirosSou... - Martha Medeiros
Sou... - Martha MedeirosMima Badan
 
Arnaldo jabour
Arnaldo jabourArnaldo jabour
Arnaldo jabourvilpires
 
Arnaldo jabour
Arnaldo jabourArnaldo jabour
Arnaldo jabourvilpires
 
Arnaldo jabour
Arnaldo jabourArnaldo jabour
Arnaldo jabourvilpires
 
Brigite - Sexo, Amor & Crime
Brigite - Sexo, Amor & CrimeBrigite - Sexo, Amor & Crime
Brigite - Sexo, Amor & CrimeAngelo Tomasini
 

Semelhante a A GERAÇÃO DOS ANOS DOURADOS (20)

Mulheres Da Minha GeraçAo Santiago Gamboa
Mulheres Da Minha GeraçAo Santiago GamboaMulheres Da Minha GeraçAo Santiago Gamboa
Mulheres Da Minha GeraçAo Santiago Gamboa
 
As mulheres da minha geracao som
As mulheres da minha geracao somAs mulheres da minha geracao som
As mulheres da minha geracao som
 
O Crânio de Cristal
O Crânio de CristalO Crânio de Cristal
O Crânio de Cristal
 
Carlos drummond de andrade
Carlos drummond de andradeCarlos drummond de andrade
Carlos drummond de andrade
 
10 cartas para Fortaleza
10 cartas para Fortaleza10 cartas para Fortaleza
10 cartas para Fortaleza
 
Sucesso - a verdadeira Vingança de um homem honrado
Sucesso - a verdadeira Vingança de um homem honradoSucesso - a verdadeira Vingança de um homem honrado
Sucesso - a verdadeira Vingança de um homem honrado
 
Sou... - Martha Medeiros
Sou... - Martha MedeirosSou... - Martha Medeiros
Sou... - Martha Medeiros
 
415 an 20_fevereiro_2013.ok
415 an 20_fevereiro_2013.ok415 an 20_fevereiro_2013.ok
415 an 20_fevereiro_2013.ok
 
Desabofo de um idoso
Desabofo de um idosoDesabofo de um idoso
Desabofo de um idoso
 
Estou velho
Estou velhoEstou velho
Estou velho
 
Aula sobre memórias
Aula sobre memóriasAula sobre memórias
Aula sobre memórias
 
Aprofundamento 04
Aprofundamento 04Aprofundamento 04
Aprofundamento 04
 
Arnaldo jabour
Arnaldo jabourArnaldo jabour
Arnaldo jabour
 
Arnaldo jabour
Arnaldo jabourArnaldo jabour
Arnaldo jabour
 
Arnaldo jabour
Arnaldo jabourArnaldo jabour
Arnaldo jabour
 
Arnaldo Jabour
Arnaldo JabourArnaldo Jabour
Arnaldo Jabour
 
Vinícius+de+moraes
Vinícius+de+moraesVinícius+de+moraes
Vinícius+de+moraes
 
Aromas
AromasAromas
Aromas
 
Brigite - Sexo, Amor & Crime
Brigite - Sexo, Amor & CrimeBrigite - Sexo, Amor & Crime
Brigite - Sexo, Amor & Crime
 
Arnaldo jabour
Arnaldo jabourArnaldo jabour
Arnaldo jabour
 

Mais de Vania Lima "Somos Físicos"

"Somos Físicos" Átomos, Moléculas e Substâncias
"Somos Físicos" Átomos, Moléculas e Substâncias"Somos Físicos" Átomos, Moléculas e Substâncias
"Somos Físicos" Átomos, Moléculas e SubstânciasVania Lima "Somos Físicos"
 
"Somos Físicos" Ciclo do Nitrogênio e Produção da Soda Cáustica
"Somos Físicos" Ciclo do Nitrogênio e Produção da Soda Cáustica   "Somos Físicos" Ciclo do Nitrogênio e Produção da Soda Cáustica
"Somos Físicos" Ciclo do Nitrogênio e Produção da Soda Cáustica Vania Lima "Somos Físicos"
 

Mais de Vania Lima "Somos Físicos" (20)

Física - Calorimetria
Física - CalorimetriaFísica - Calorimetria
Física - Calorimetria
 
Física - Calorimetria
Física - CalorimetriaFísica - Calorimetria
Física - Calorimetria
 
Física - Calorimetria
Física - CalorimetriaFísica - Calorimetria
Física - Calorimetria
 
Física - Calorimetria
Física - CalorimetriaFísica - Calorimetria
Física - Calorimetria
 
Física - Energia Térmica
Física - Energia Térmica   Física - Energia Térmica
Física - Energia Térmica
 
Física - Calorimetria
Física - CalorimetriaFísica - Calorimetria
Física - Calorimetria
 
Física - Calorimetria
Física - CalorimetriaFísica - Calorimetria
Física - Calorimetria
 
Fisica - Modelos Atômicos
Fisica - Modelos AtômicosFisica - Modelos Atômicos
Fisica - Modelos Atômicos
 
Física - Energia Calorífica
Física - Energia CaloríficaFísica - Energia Calorífica
Física - Energia Calorífica
 
Física - Modelos Atômicos
Física - Modelos AtômicosFísica - Modelos Atômicos
Física - Modelos Atômicos
 
Física - Modelos Atômicos
Física - Modelos Atômicos Física - Modelos Atômicos
Física - Modelos Atômicos
 
Física - Modelos Atômicos
Física - Modelos AtômicosFísica - Modelos Atômicos
Física - Modelos Atômicos
 
Fisica - Modelos Atômicos
Fisica - Modelos AtômicosFisica - Modelos Atômicos
Fisica - Modelos Atômicos
 
"Somos Físicos" A Água
"Somos Físicos" A Água"Somos Físicos" A Água
"Somos Físicos" A Água
 
"Somos Físicos" Átomos, Moléculas e Substâncias
"Somos Físicos" Átomos, Moléculas e Substâncias"Somos Físicos" Átomos, Moléculas e Substâncias
"Somos Físicos" Átomos, Moléculas e Substâncias
 
"Somos Físicos" Ciclo do Nitrogênio e Produção da Soda Cáustica
"Somos Físicos" Ciclo do Nitrogênio e Produção da Soda Cáustica   "Somos Físicos" Ciclo do Nitrogênio e Produção da Soda Cáustica
"Somos Físicos" Ciclo do Nitrogênio e Produção da Soda Cáustica
 
"Somos Físicos" O Petróleo na Economia
"Somos Físicos" O Petróleo na Economia"Somos Físicos" O Petróleo na Economia
"Somos Físicos" O Petróleo na Economia
 
"Somos Físicos" Conservação das Massas
"Somos Físicos" Conservação das Massas"Somos Físicos" Conservação das Massas
"Somos Físicos" Conservação das Massas
 
"Somos Físicos" Estequiometria
"Somos Físicos" Estequiometria"Somos Físicos" Estequiometria
"Somos Físicos" Estequiometria
 
"Somos Físicos" Estequiometria
"Somos Físicos" Estequiometria"Somos Físicos" Estequiometria
"Somos Físicos" Estequiometria
 

Último

Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 

Último (20)

Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 

A GERAÇÃO DOS ANOS DOURADOS

  • 1. A geração dos Anos Dourados A geração dos Anos Dourados
  • 2. Eu pertenço a uma geração que deixou saudade. Que viveu a vida com respeito, com charme, com romantismo. E com intensidade.
  • 3. Que navegou em mar de almirante no que hoje chamam de anos dourados. E olha que o mar nem era tão de almirante assim. Tivemos lá nossas tormentas,
  • 4. Mas soubemos enfrentá-las e vencê-las. Sempre com o peito aberto e a cabeça erguida e com dignidade.
  • 5. Soubemos degustar o suco da vida, sem destroçar o fruto. Usufruir a natureza, sem estuprá-la.
  • 6. É , meu amigo, eu pertenço a uma geração que deixou e sente saudade. Uma geração que não teve medo de ser feliz. E nem vergonha.
  • 7. Uma geração que via Copacabana como a ‘‘Princesinha do Mar.’’
  • 8. Que conhecia São Paulo como a elegante e charmosa terra da garoa
  • 9. E para nós, o Brasil era o grande país do futuro.
  • 10. Hoje, a princesinha casou,teve filhos. E mudou sem deixar endereço. Dizem até que, hoje, já nem vai mais à praia.
  • 11. São Paulo cresceu,engordou. Perdeu o charme e a garoa. Quem viu nem reconhece.
  • 12. Já o Brasil, ah o Brasil! Continua sendo o país do futuro. Mas do jeito que a coisa anda, só não sabemos que futuro será esse.
  • 13. Eu pertenço a uma geração que viu o biquíni nascer. E não viu nada além.
  • 14. Agora, mulher de biquíni é como mina abandonada. Quando se chega, já não resta nada pra explorar.
  • 15. Eu pertenço a uma geração que viu Mitchun, Waynne e Cooper transformarem em romantismo os horrores de uma guerra.
  • 16. Hoje, se você descuida a guerra sai da TV e cai em sua sala. Suja, violenta, cruel.
  • 17. E por falar em TV, também foi na minha geração que ela nasceu.Primária, incipiente, amadorística. Mas limpa, emocionante, querendo vencer. E sem apelações. Tanto que o primeiro beijo na TV até hoje é cantado em prosa e verso.
  • 18. Agora beijo é no horário infantil. Sexo fica prá sessão vespertina. E o explícito nas novelas da noite. E pensar que a gente se emocionava muito mais com Chaplin, que sequer falava.
  • 19. Ah, eu pertenço a uma geração que namorava na matinée dos domingos, comendo pipocas, chupando drops.Que esperava o filme começar prá buscar a emoção de um beijo roubado.
  • 20. Hoje a chupação começa bem antes. E o escracho dos motéis acabou com o doce mistério do escurinho do cinema. Só Rita Lee lembra disso.
  • 21. É seu moço, eu pertenço a uma geração que encarava a virgindade como virtude. Não como vergonha. Que usava camisinha como preservativo, não como meio de sobrevivência.
  • 22. Eu pertenço a uma geração que estudava prá ficar culta e vencer na vida. Não prá ficar esperta e ganhar a vida.
  • 23. Uma geração que desprezava agiotas. E olha que cobravam só 5% ao mês. Agora tem banqueiro que cobra 15% e continua em liberdade. Até sai em coluna social.
  • 24. Sabe,meu amigo, eu pertenço a uma geração que tinha respeito pela autoridade. Não medo. Que manifestava amor pela Pátria. Não deboche.
  • 25.
  • 26. Sem deixar de ter carinho pelos velhos bondes. Uma geração que amava, não tinha só tesão. Que respeitava, mesmo quando havia cobiça. Que se fascinou com os novos aviões.
  • 27. Que fazia coisas bobas, como abrir a porta para uma mulher. Puxar a cadeira prá ela sentar. Que oferecia seu lugar no ônibus para uma senhora. Mesmo que nem fosse tão senhora.
  • 28. É meu caro, minha geração vai deixar saudade. Ela viveu anos dourados de verdade. E intensamente. Com pique, com tesão, com alegria.
  • 29. e dizer que a gente era feliz... e nem sabia!
  • 30.