Apresentação nr 17_erg_psic

1.673 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.673
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
65
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação nr 17_erg_psic

  1. 1. JABOATÃO DOS GUARARAPES, 2012JABOATÃO DOS GUARARAPES, 2012 Fundamentos Básicos da Ciência e SaúdeFundamentos Básicos da Ciência e Saúde Acd. :Acd. : Bruna SantosBruna Santos CelinaCelina VanessaVanessa Dafne AndradeDafne Andrade ElizabethElizabeth PolonioPolonio Sheylla CristinaSheylla Cristina Prof.º Francisco JoséProf.º Francisco José
  2. 2. RN- 17RN- 17
  3. 3. ERGONOMIA - Conceito 1. DEFINIÇÃO:1. DEFINIÇÃO: ERGON - (Trabalho); NOMOS - (Normas, Leis, Regras). 2. W. Jastrzebowki – 1857:2. W. Jastrzebowki – 1857: “ Ciência do trabalho baseado nas leis objetivas da ciência da natureza ”. 3. INTERNATIONAL ERGONOMICS ASSOCIATION (IEA) – 2000;3. INTERNATIONAL ERGONOMICS ASSOCIATION (IEA) – 2000; 4. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ERGONOMIA (ABERGO) – 2000.4. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ERGONOMIA (ABERGO) – 2000. O QUE É ERGONOMIA???O QUE É ERGONOMIA???
  4. 4. ERGONOMIA - Histórico Nascimento e Evolução da Ergonomia Revolução Industrial (final do séc. XVIII); Início do séc. XIX; II Guerra Mundial (1939-1945); Pós-Guerra.
  5. 5. CLASSIFICAÇÃO DA ERGONOMIA 1. Ergonomia de Concepção; 2. Ergonomia de Correção; 3. Ergonomia de Conscientização; 4. Ergonomia de Participação.
  6. 6. QUANTO AS ÁREAS DE ESPECIALIZAÇÃO  Ergonomia Física;  Ergonomia Cognitiva;  Ergonomia organizacional.
  7. 7. A ERGONOMIA APÓIA-SEA ERGONOMIA APÓIA-SE EM 04 PONTOSEM 04 PONTOS 1. Processo de trabalho: Objeto Instrumentos Agentes Métodos Produto
  8. 8. A ERGONOMIA APÓIA-SEA ERGONOMIA APÓIA-SE EM 04 PONTOSEM 04 PONTOS 2. Ambiente Conforto TérmicoRuídos Iluminação ColColoraoração
  9. 9. A ERGONOMIA APÓIA-SEA ERGONOMIA APÓIA-SE EM 04 PONTOSEM 04 PONTOS 3. Ferramenta de Trabalho
  10. 10. A ERGONOMIA APÓIA-SEA ERGONOMIA APÓIA-SE EM 04 PONTOSEM 04 PONTOS 4. Homem Fadiga Estresse Insônia Agressividade Monotonia Queda da Eficiência
  11. 11. NORMAS REGULAMENTADORAS DO TRABALHO (NR- 17)  NR 17. Ergonomia: As condições de trabalho estão relacionadas à: 1. Levantamento, transporte e descarga individual de materiais; 2. Mobiliário dos postos de trabalho; 3. Equipamento dos postos de trabalho; 4. Condições ambientais de trabalho; 5. Organização do trabalho.
  12. 12. QUANTO A INTERDISCIPLINARIDADE -Engenharia; -Design; -Psicologia; -Medicina do trabalho; -Fisioterapia do trabalho; -Administração.
  13. 13. Interdisciplinaridade e a sua interação com outras disciplinas das chamadas Ciências da Vida, Ciências Técnicas, Ciências Humanas e Ciências Sociais. INTERDISCIPLINARIDADE
  14. 14. PREJUÍZOS PARA AS ORGANIZAÇÕES PELA FALTA DE ERGONOMIA Absenteísmo e perda na produtividade; Gastos com afastados; Indenização pelo dano físico; Contingente de trabalhador com restrição; Deterioração nas relações humanas; Pressão do fenômeno ( Ler/ Dort) sobre a empresa
  15. 15. Trata-se de um estudo exploratório a cerca das NR-17 (Ergonomia). Foram utilizados as seguintes bases de dados: LILACS (Literatura Latino- Americana e do Caribe em Ciências da Saúde), consultada por meio do site da Biblioteca Regional de Medicina (BIREME), e SCIELO (ScientificElectronic Library Online). Os descritores utilizados para a busca dos artigos foram: “ergonomia”, “saúde do trabalhador”, “saúde ocupacional”. Esses artigos incluíram revisões bibliográficas e artigos em revista. METODOLOGIA
  16. 16. OBJETIVO O presente estudo tem como propósito descrever através de uma análise científica perante as normas regulamentadora-17, a importância da ergonomia e a sua funcionalidade, mediante as avaliações das adaptações e condições que o trabalhador adquire no seu ambiente de trabalho. Também suas características físicas e psicológicas.
  17. 17. CONCLUSÃO Conclui-se que, a ergonomia é uma disciplina científica relacionada ao entendimento das interações entre os seres humanos e outros elementos ou sistemas, e à aplicação de teorias, princípios, dados e métodos a projetos a fim de otimizar o bem estar humano e o desempenho global do sistema. A cerca de um planejamento, projetos e a avaliações de tarefas, postos de trabalho, produtos, ambientes e sistemas de modo a torná-los compatíveis com as necessidades, habilidades e limitações das pessoas.
  18. 18. REFERÊNCIAS 1. VILLAROUCO. V; FERRE. N. Estabelecimento assistencial de saúde: uma visão ergonômica do espaço de reabilitação. Rev. ação ergonômica, vol 7, n 2 (2012); 2. VERGARA. L.G.L; RIBET. L. E. Adequação ergonimômica do berçário do nucleo de desenvolvimento infantil da UFSC. Rev. Ação ergonômica. Vol. 7 (2012); 3. LIMA. J.A.A. Metodologia de análise ergonômica. Pub. em setembro de (2003) ; 4. ABRAHÃO.J.I. Reestruturação Produtiva e Variabilidade do Trabalho: Uma Abordagem da Ergonomia. Rev. Psicologia: Teoria e Pesquisa Jan-Abr (2000), Vol. 16 n. 1, pp. 049-054; 5. PINHO. D.L.M; ABRAHÃO.J.I. As transformações do trabalho e desafios teórico-metodológicos da Ergonomia. Rev. Estudo da Psicologia. (2002), vol.07.
  19. 19. ““Não sois máquinas; Homens éNão sois máquinas; Homens é que sois” –que sois” – Charlie ChaplinCharlie Chaplin OBRIGADO!!!OBRIGADO!!!

×