Mies van der Rohe

8.320 visualizações

Publicada em

biografia e obras de Mies van der Rohe

Publicada em: Design
0 comentários
9 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.320
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
251
Comentários
0
Gostaram
9
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mies van der Rohe

  1. 1. Por: Vanessa Soares Docente: Filipa Pina Ano Lectivo 2013/2014 EPRPS
  2. 2.  Foi um arquitecto alemão naturalizado americano, considerado um dos principais nomes da arquitectura do século XX.
  3. 3.  Mies passou a adolescência no trabalho do pai, a ajudar em obras de construção civil, adquirindo conhecimento prático enquanto frequentava uma escola técnica profissional.  Apesar da pouca instrução formal, Mies já demonstrava um volume considerável de conhecimentos sobre construção civil e desenho, além de uma autodisciplina pouco comum nos jovens da sua idade.
  4. 4.  Durante a Primeira Guerra Mundial Ludwig Mies serviu o exército alemão como soldado na arma de engenharia na região dos Balcãs.
  5. 5. A sua primeira encomenda, em 1907, foi uma residência para o filósofo Alois Riehl, período em que também teve formação como arquitecto. Mies observava atentamente o trabalho dos arquitectos importantes da época, incorporando as soluções e as propostas com as quais se identificava ao seu modo de projectar. Assim o designer adaptou tendências de Hendrik Petrus Berlage, Le Corbusier, Walter Grópius e Behrens.
  6. 6.  Em 1930, aceita o convite de Gropius para sucedê-lo na direção da Bauhaus, função que lhe permitiu a convivência com artistas como Kandisnsky e Paul Klee.  A difícil convivência do espírito vanguardista da Bauhaus com a administração nazista, levou Mies a transferir a escola de Dessau para Berlim.
  7. 7.  Em 1937, o arquiteto americano Philip Johnson, convenceu um publicitário americano a contratar Mies para um projeto.  A dita casa que trouxe Mies van der Rohe para os Estados Unidos nunca foi construída contudo ele acabou por aceitar o convite para dirigir a Escola de Arquitetura do Instituto de Tecnologia de Illinois, em Chicago.
  8. 8.  As propostas de Mies eram muito admiradas mas pouco construídas
  9. 9.  A partir daí, Mies elabora projetos mais apropriados à realidade econômica da Alemanha, explorando materiais de construção tradicionais com muita técnica e precisão.
  10. 10.  Com estrutura livre e fachadas em vidro. A pele de vidro (expressão derivada do conceito chamado por ele de ossatura e pele) era composta pela soma de esquadrias metálicas, disposta de forma a explorar os reflexos do entorno nos vidros.
  11. 11.  Este monumento é uma homenagem a: Rosa Luxemburgo – filósofa e economista marxista alemã. Karl Liebknecht – político e dirigente socialista alemão.
  12. 12.  Apartamentos às margens do lago Michigan, constituída por um edifício de apartamentos de 26 andares (em aço e vidro) em que um tem 4 apartamentos por andar e outro 8.  Esta obra expressa claramente a importância que Mies dava à estrutura na concepção do espaço arquitetónico, ideia que influenciou intensamente a arquitetura moderna no mundo.
  13. 13. Para a Exposição internacional de Barcelona, em 1929, Mies projeta uma de suas obras mais emblemáticas:  Um pavilhão minimalista, supostamente uma construção temporária, utilizando revestimentos nobres sobre painéis de madeira, gerando espaços amplos que seriam ocupados apenas pelos móveis projetados por ele mesmo.
  14. 14.  A mesma linguagem arquitetónica do pavilhão de Barcelona - inclusive os pilares de aço cromado em forma de cruz – foi utilizada no projeto da casa Tugendhat, na República Checa, em 1930.
  15. 15.  Casa projetada num terreno inundável, às margens do rio Fox (Chicago) e que levou 6 anos a concluir.  Quando a casa estava quase concluída, houve um desentendimento com Mies e a Dra. chegou a processá-lo em função da sua insatisfação com a obra.  Seguiu-se uma campanha contra Mies e sua arquitetura, considerada como uma ameaça à arquitetura e ao estilo de vida americano.
  16. 16.  O Edifício em Nova York foi projetado em parceria com Philip Johnson. Mies foi convidado por insistência da filha do dono da fábrica de bebidas Seagram, Phillis Bronfman.   Este edifício de 38 andares tornou-se o símbolo do chamado estilo internacional, surpreendendo os críticos e o mercado imobiliário por utilizar apenas 50% do terreno.
  17. 17.  A única obra projetada por Mies construída na Alemanha após a segunda guerra mundial e também uma de suas últimas criações.
  18. 18.  Com 212 metros de altura, o edifício da IBM em Chicago tem andares preparados para receber redes de computadores e os elevadores são considerados “inteligentes”.
  19. 19.  O seu último projeto foi esta biblioteca em Washington, DC.  Esta obra de 37.000 m² foi concluída em 1972 e é a única biblioteca projetada por Mies e um dos raros exemplares de arquitetura moderna na capital americana.
  20. 20.  Em 1927, por ocasião da segunda exposição da Deutsche Werkbund, em Stuttgart, foi construído o bairro-modelo da Weissenhofsiedlung .  Projeto de Le Corbusier onde Mies também ajudou…
  21. 21.  Um dos 20 edifícios projetados para o Illinois Institute of Technology ( IIT ), em Chicago. Esta é a peça central que ocupa cerca de 50 hectares , com a maior concentração de obras de Mies no mundo.  A sua abordagem é certamente inovadora , Mies desenvolveu e aperfeiçoou a arquitetura: ideias , estruturas, proporções e geometria.
  22. 22.  Casas Residenciais em Krefeld, Alemanha , agora convertidas em Museu.
  23. 23.  O edifício original foi projetado em 1924 por William Ward Watkin. Em contraponto, a adição desenhada por Mies van der Rohe na fachada norte é um clássico exemplo do estilo internacional.
  24. 24.  É um grande condomínio em Baltimore, E.U.A.  A segunda construção do designer , pois a primeira foi One Charles Centre.
  25. 25.  Arranha-céus na baixa de Chicago, com 27/30 andares.  Existem 3 edifícios que compõe o Federal Plaza (um centro de negócios com imensas sedes de empresas), 2 dos quais desenhados por Mies.
  26. 26.  Apartamentos desenhados por Mies, em 1949. Têm uma estrutura cuidada, espaços interiores proporcionais e uma magnifica vista para o lago de Michigan, em Chicago. ( Maquete)
  27. 27.  Complexo de 6 construções, construídos entre 1967 e 1969, que servem de centro de negócios na baixa de Toronto, Canadá. (Pavilhão) (Vista subterranea)
  28. 28. “ Negamo-nos a reconhecer os problemas da forma, só aceitando os problemas da construção. A forma não é o objectivo do nosso trabalho mas apenas o seu resultado. A forma não existe por si mesma. “
  29. 29. “ Todo o material não é mais do que aquilo que fazemos dele, os meios devem ser subordinados aos fins e ao nosso desejo de dignidade e valor”.
  30. 30.  A 17 de Agosto de 1969, aos 83 anos, faleceu Ludwig Mies van der Rohe.

×