Sensores de pressão

463 visualizações

Publicada em

introducao aos sensores de pressão

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
463
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sensores de pressão

  1. 1. Sensores de Pressão
  2. 2. Instrumentação II DEFINIÇÕES BÁSICAS Fluido Toda matéria cuja forma pode ser mudada e por isso é capaz de se deslocar. Ao ato de se deslocar é caracterizado como escoamento e assim chamado de fluido.
  3. 3. Instrumentação IITeorema de Stevin Esse teorema foi estabelecido por STEVIN e relaciona as pressões estáticas exercidas por um fluido em repouso com a altura da coluna do mesmo em um determinado reservatório. Seu enunciado diz: “A diferença de pressão entre dois pontos de um fluido em repouso é igual ao produto do peso específico do fluido pela diferença de cota entre os dois pontos”.
  4. 4. Instrumentação II P2 - P1 = DP = (h2 - h1) . d Observação: • Este teorema só é válido para fluidos em repouso. • A diferença de cotas entre dois pontos deve ser feita na vertical.
  5. 5. Instrumentação II Princípio de Pascal A pressão exercida em qualquer ponto de um líquido em forma estática, se transmite integralmente em todas as direções e produz a mesma força em áreas iguais. P = F/A = Força/Área
  6. 6. Instrumentação IIA medição de uma variável de processo é feita, sempre, baseada em princípios físicos ou químicos e nas modificações que sofrem as matérias quando sujeitas às alterações impostas por essa variável.
  7. 7. Instrumentação II A medição da variável pressão pode ser realizada baseada em vários princípios, cuja escolha está sempre associada às condições da aplicação.
  8. 8. Nesse tópico serão abordadas as principais técnicas e princípios de sua medição com objetivo de facilitar a análise e escolha do tipo mais adequado para cada aplicação.
  9. 9. TIPOS DE MEDIÇÃO DE PRESSÃO
  10. 10. Instrumentação II

×