Revisão normalizacoes sensores

450 visualizações

Publicada em

slides resumido normas sensores

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
450
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Revisão normalizacoes sensores

  1. 1. REVISÃO NORMALIZAÇÕES REFERENTE A SENSORES
  2. 2. Instrumentação II REVISÃO Valor Verdadeiro (de uma grandeza) - Valor que caracteriza uma grandeza perfeitamente definida nas condições existentes quando ela é considerada. É um conceito ideal e não pode ser conhecido exatamente. Erro: É a diferença entre o valor lido ou transmitido pelo instrumento, em relação ao valor real da variável medida. Escala - Conjunto ordenado de marcas, associado a qualquer numeração, que faz parte de um dispositivo indicador.
  3. 3. Instrumentação II REVISÃO Ajuste (de um instrumento) - (calibração) Operação destinada a fazer com que um instrumento de medir tenha um funcionamento e justeza adequada à sua utilização. Calibração (de um instrumento) - (aferição) Conjunto de operações que estabelece, sob condições especificadas, a relação entre os valores indicados por um instrumento de medição e os valores correspondentes das grandezas estabelecidos por padrões.
  4. 4. Instrumentação II REVISÃO Faixa Nominal - (faixa de medida, RANGE ) É normalmente especificada por seus limites inferior e superior, como por exemplo 100°C a 200°C. Amplitude da Faixa Nominal - (alcance, SPAN) Módulo da diferença entre os dois limites de uma faixa nominal de um “instrumento de medir”. Exemplo: faixa nominal: -10 V a 10 V amplitude da faixa nominal: 20 V
  5. 5. Instrumentação II REVISÃO Sensibilidade – Quociente (quantas vezes) da variação da resposta de um instrumento de medir pela variação correspondente do estímulo. Resolução - Expressão quantitativa da aptidão de um instrumento de medir e distinguir valores muito próximos da grandeza a medir sem necessidade de interpolação, ou seja, é a menor diferença entre indicações de um dispositivo mostrador que pode ser significativamente percebida. Exemplo: Um termômetro de vidro com range de 0 à 500 ºC, possui uma escala de leitura de 50 cm. Sensibilidade ou Resolução = 50/500 cm/ ºC = 0,1 cm/ ºC
  6. 6. Instrumentação II REVISÃO EXATO EXATO PRECISO PRECISO E AGORA ? EXATO OU PRECISO ???????
  7. 7. Instrumentação II REVISÃO Zona morta - É a máxima variação que a variável possa ter, sem provocar variações na indicação ou sinal de saída de um instrumento ou em valores absolutos do range do mesmo. Histerese - É a diferença máxima apresentada por um instrumento, para um mesmo valor, em qualquer ponto da faixa de trabalho, quando a variável percorre toda a escala no sentido ascendente e descendente.
  8. 8. Instrumentação II REVISÃO O QUE É, O QUE É ??? São dispositivos os quais conseguimos detectar alterações na variável do processo DETECTOR TRANSMISSOR Converte sinais do detector em outra forma capaz de ser enviada à distancia para um instrumento receptor. INDICADOR Instrumento que indica o valor da quantidade medida enviado pelo detector, transmissor, etc.
  9. 9. Instrumentação II REVISÃO O QUE É, O QUE É ??? Instrumento que registra graficamente valores instantâneos medidos ao longo do tempo, valores estes enviados pelo detector, transmissor, Controlador etc. REGISTRADOR CONVERSOR Instrumento cuja função é a de receber uma informação na forma de um sinal, alterar esta forma e a emitir como um sinal de saída proporcional ao de entrada. CONTROLADOR Instrumento que compara o valor medido com o desejado e, baseado na diferença entre eles, emite sinal de correção para a variável manipulada a fim de que essa diferença seja igual a zero.
  10. 10. Instrumentação II REVISÃO O QUE É, O QUE É ??? Dispositivo cuja função é modificar o valor de uma variável que leve o processo ao valor desejado. ELEMENTO FINAL DE CONTROLE
  11. 11. Instrumentação II REVISÃO O QUE É, O QUE É ??? Válvula com atuador pneumático de diafragma Válvula com atuador elétrico (senoidal ou motor) Válvula com atuador hidráulico ou pneumático tipo pistão Válvula manual Válvula auto-operada de diafragma
  12. 12. Instrumentação II REVISÃO O QUE É, O QUE É ??? Placa de orifício Medidor Venturi Transmissor de vazão Indicador de pressão (manômetro) (montagem local)
  13. 13. Instrumentação II REVISÃO O QUE É, O QUE É ??? Registrador de pressão no painel. Alarme de pressão alta montagem local. Válvula reguladora de pressão auto-atuada.
  14. 14. Instrumentação II REVISÃO O QUE É, O QUE É ??? Controlador de pressão, tipo cego, comandando válvula de controle, com transmissão pneumática Poço para termômetro ou termopar. Indicador de temperatura.
  15. 15. Instrumentação II REVISÃO O QUE É, O QUE É ??? Indicador de temperatura no painel com transmissão elétrica. Indicador e registrador de temperatura no painel, com transmissão elétrica. Instrumento combinado de registro e controle de temperatura no painel, comandando válvula de controle com transmissão pneumática.
  16. 16. Instrumentação II REVISÃO O QUE É, O QUE É ??? Visor de Nível Registrador de nível no painel, com recepção elétrica e instrumento transmissor externo. Alarme de nível baixo, montagem local, com sinalização no painel (transmissão elétrica).
  17. 17. Instrumentação II REVISÃO

×