Pep bonet vanesa

247 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
247
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pep bonet vanesa

  1. 1. PEP BONET Vanesa Lobato Cabeza Comunicação e multimédia Fotografia
  2. 2. BIOGRAFIA  Pep Bonet nasce na Colònia de Sant Jordi, Mallorca, em 1974. Aos 15 anos translada-se a Tarifa para estudar bachillerato e dedicar-se ao windsurf. Em 1995 reside durante três meses em Hawai, praticando o windsurf, desporto com o que chega a competir no campeonato do mundo. Dois anos mais tarde instala-se em Ámsterdam e estuda fotografia, à que decide se dedicar profissionalmente depois de visitar uma exposição de Ed vão der Elsken. Em 2003 a revista PDN Photo Anual de Nova York selecciona-o como um dos 30 jovens talentos do ano. Em 2003 vontade o prêmio Kodak Young Photographer of the Year em Visa pour l'Image de Perpignan. Também obtém o primeiro prêmio Fujifilm Europress e o primeiro prêmio Zilveren Camera Holland. Em 2004 a Fondazione Luchetta de Trieste nomeia-lhe melhor fotógrafo de imprensa e é seleccionado como finalista na bolsa W. Eugene Smith em fotografia humanística, que ganhará ao ano seguinte em 2005. Em 2007 vontade o segundo prêmio World Press Photo. Bonet é membro fundador da agência Noor.  O reconhecimento da crítica que recebeu Pep Bonet o faz estar na elite da comunidade internacional de fotógrafos. Fotógrafo comprometido, seu trabalho centrou-se principalmente em África em projectos de grande envergadura.
  3. 3. TÉCNICA E EQUIPAMENTO  Pep Bonet desenvolveu um estilo no que muda de formatos, estilos, enfoques, procurando reptos e questionando o médio. Normalmente trabalha com leicas m6, uma Canon 1v, e uma Rolleiflex de duas lentes antiga. Também dispara placas de 4×5 com uma Graflex ¨speed graphic¨ antiga. Em seu estilo costuma empregar a forma manual ou prioridade à abertura com medición pontual. Quando trabalha com a câmara Rolleiflex utiliza um fotómetro de luz incidente.  Pep Bonet rompe as regras clássicas questionando-as e desenvolvendo-as, Seu trabalho realiza-o com total liberdade, à margem dos imperativos da imprensa tradicional. Em suas imagens plasma uma realidade para além da própria fotografia contando histórias e procurando transmitir sentimentos. Suas fotografias carregadas de simbolismo sempre lançam uma mensagem como por exemplo em sua colecção “Forced Identity” com a que foi premiado com o prestigioso World Press Photo 2009 na categoria de retratos.  O alvo e negro é um dos predilectos deste fotógrafo mallorquín. Sua temática abarca situações de guerra ou pobreza nas que reflete a realidade mais dura do mundo com meninos cegos, desportistas mutilados, dementes...
  4. 4. PORTFÓLIO VARIADO DO AUTOR Em Sierra Leoa os membros de uma equipa passam pelas circunstâncias unidas pela experiência comum da guerra e suas secuelas irreversibles. A série de fotografias “Faith Chaos” mostra estas consequências físicas e psíquicas no quotidiano sobre a população civil baixo uma visão intensamente poética e desde a visión intensamente poética y desde la perspectiva de uma mensagem de fé, a força e potência de seu jogo transforma-os em verdadeiros atletas que desenvolvem um jogo rápido e espectacular. É o espírito desportivo em sua máxima expressão.
  5. 5. PORTFÓLIO VARIADO DO AUTOR A série “Forced Identity” compila instantáneas de muita plasticidade sobre transsexuais que se dedicam à prostituição em San Pedro de Sula, Honduras. Os retratos expressam a resignação que sofrem milhares de pessoas entre os que se encontram muitos meninos.
  6. 6. PORTFÓLIO VARIADO DO AUTOR A instantánea mostra ao espectador os detalhes do dia a dia dos meninos huérfanos de Swazilandia, África. A devastación do HIV/SIDA e a pobreza na que vivem inmersos são refletidos, desta vez em cor e com luz artificial, mostrando toda a dureza da situação.
  7. 7. PORTFÓLIO VARIADO DO AUTOR As fotografia correspondem à festividade de San Lázaro que se celebra a cada 17 de dezembro no Rincão, Cuba. Um incrível peregrinaje em que a mirada de Pep Bonet nos adentra num mundo que nos pode parecer longínquo e atemporal, um mundo suspendido. Parece um surrealismo mágico habanero.
  8. 8. PORTFÓLIO VARIADO DO AUTOR A imagem do povo de Somalia é utilizada para pôr de relevo as crises esquecidas na actualidade, apontando às causas e aos responsáveis, Pep Bonet procura uma reflexão sobre o sofrimento das populações invisíveis, atrapadas entre o esquecimento e a violência.
  9. 9. PORTFÓLIO VARIADO DO AUTOR Pep Bonet experimenta com as situações procurando uma nova aproximação, um novo modo de capturar a imagem. As condições em Liberia refletem-se neste palco somente com o aparecimento de um menino e uma pizarra.
  10. 10. PORTFÓLIO VARIADO DO AUTOR A fotografia é entendida como outra mirada da realidade em Honduras, na que a crítica social e a arte se entremezclan. As sombras e as cores llamativos acentuam o ambiente de pobreza e as expressões das pessoas retratadas levam uma mensagem até o espectador.
  11. 11. PORTFÓLIO VARIADO DO AUTOR Pep Bonet sugere emoções e sentimentos mostrando poucos elementos do meio mas definitivos para captar a esencia do que tenta refletir. Em sua série Guide Dogs o fotógrafo leva à reflexão das dificuldades diárias para os cegos.
  12. 12. WEBGRAFIA,BIBLIOGRAFIA, AUTORIA DO TRABALHO.  www.kodak.com  www.pepbonet.com  www.noorimages.com  www.caborian.com  www.soitu.es  www.enfocarte.com  www.flickr.com  www.fotografias.net  www.analitica.com  www.negativodigital.es

×