O slideshow foi denunciado.
Saúde  x Matemática
A Matemática das Calorias <ul><li>O Brasil nunca foi tão gordo, já se somam 43 milhões – o equivalente a 43 % da população...
<ul><li>A melhor dieta é a do bom senso. Todos os alimentos podem ser consumidos, mas com moderação. A chave para ganhar a...
<ul><li>A gordura que deve ser eliminada totalmente dos cardápios, sem a menor sombra de dúvida, é a trans – aquela das bo...
Comer certo não significa passar fome. Significa, apenas, comer menos e com mais qualidade. Comer pouco e bem, esta é a me...
 
 
Do outro lado temos também as doenças cardíacas que estão relacionadas com a má alimentação e a falta de atividades física...
Ritmo moderado <ul><li>A prática regular de esportes reduz em 25% os riscos de problemas no coração e melhora o quadro de ...
Bibliografia <ul><ul><li>REVISTA VEJA – EDIÇÃO 2000 – ANO 40 – Nº 11 – 21 DE MARÇO DE 2007  </li></ul></ul><ul><ul><li>REV...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Saude versus matematica

2.780 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Saude versus matematica

  1. 1. Saúde x Matemática
  2. 2. A Matemática das Calorias <ul><li>O Brasil nunca foi tão gordo, já se somam 43 milhões – o equivalente a 43 % da população adulta. Por conseqüência, a quantidade de homens e mulheres em dieta para emagrecer também é enorme: um quarto deles, e metade delas estão em luta contra a balança. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>A melhor dieta é a do bom senso. Todos os alimentos podem ser consumidos, mas com moderação. A chave para ganhar a guerra do peso segue um raciocínio matemático elementar: a quantidade de calorias ingeridas por dia não pode ser maior do que a quantidade de calorias gastas no mesmo período. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>A gordura que deve ser eliminada totalmente dos cardápios, sem a menor sombra de dúvida, é a trans – aquela das bolachas de pacote, dos sorvetes e dos lanches de fast-food. O resultado é que o corpo a “guarda” na região da barriga, como se fosse um estoque inútil. </li></ul><ul><li>“ A gordura abdominal triplica o risco de infartos e derrames, afeta o colesterol, aumenta cinco vezes mais a probabilidade de diabetes e faz subir, em 30% os riscos de câncer, em especial os de mama, útero e cólon”, diz o cardiologista e nutrólogo Daniel Magnoni do Hospital do Coração de São Paulo. </li></ul>
  5. 5. Comer certo não significa passar fome. Significa, apenas, comer menos e com mais qualidade. Comer pouco e bem, esta é a melhor fórmula para manter-se saudável e esbelto. Vamos calcular? O cálculo abaixo tem por objetivo determinar quantas calorias necessárias cada pessoa pode consumir diariamente, sem o risco de engordar. Para chegar a esse valor, é necessário fazer mais de uma conta. Boa sorte!!!
  6. 8. Do outro lado temos também as doenças cardíacas que estão relacionadas com a má alimentação e a falta de atividades físicas. <ul><li>O efeito será ainda maior se a prevenção às doenças cardiovasculares, as que mais matam no Brasil e no mundo, vier junto com uma mudança de hábitos. Aderir à boa alimentação, praticar exercícios físicos e ficar longe do cigarro são medidas que fazem despencar os riscos de alguma doença cardíaca. </li></ul>
  7. 9. Ritmo moderado <ul><li>A prática regular de esportes reduz em 25% os riscos de problemas no coração e melhora o quadro de quem já sofre de uma doença cardíaca. Entusiastas do esporte, os especialistas fazem uma ponderação: atletas amadores devem manter um ritmo moderado. </li></ul><ul><li>Para saber o significa ritmo moderado para você, faça as contas: </li></ul><ul><li>1. Subtrai sua idade de 220; </li></ul><ul><li>2. O valor equivale à sua freqüência cardíaca máxima (em batimentos por minuto); </li></ul><ul><li>3. Ritmo moderado é o que não ultrapassa 75% desse valor!!! </li></ul>
  8. 10. Bibliografia <ul><ul><li>REVISTA VEJA – EDIÇÃO 2000 – ANO 40 – Nº 11 – 21 DE MARÇO DE 2007 </li></ul></ul><ul><ul><li>REVISTA VEJA – EDIÇÃO 2015 – ANO 40 – Nº 26 – 04 DE JULHO DE 2007 </li></ul></ul>

×