Folhetim do Estudante - Ano II - Núm XXV

287 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
287
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Folhetim do Estudante - Ano II - Núm XXV

  1. 1. 1 do estudanteNúm. XXV- ANO II 2ª quinzena - Setembro/2013 Folhetim do estudante é uma publicação de cunho cultural e educacional com artigos e textos de Professores, alunos, membros da comunidade da “E. E. Miguel Maluhy” e de pensadores humanistas. Acesse o BLOG do folhetim http://folhetimdoestudante.blogspot.com.br Sugestões e textos para: vogvirtual@gmail.com Opinião... pág. 2 Resenhas... pág. 3 To Talk... pág. 4 Haikai de primavera... O vento sopra Nasce a primavera As flores dançam DESTAQUE O Direito ao delírio Eduardo Galeano queria que o mundo fosse diferente, mas estamos em pleno século vinte e um e o mundo está um caos, muitas indiferenças tanto social quanto individual, por motivos não muito agradáveis, não temos presidentes mulheres negras, nem no Brasil e nem em outros países. Por que? Porque as pessoas são racistas. E se a pessoa for roxa, azul, preta, branca, amarela, ela não vai ser ninguém na vida? Ela seria diferente por causa do seu tom de pele? Somos todos iguais, todos temos pulmões, fígado, coração, braços, pernas. Então pra que esse preconceito todo? Ele se expressa de uma maneira muito chocante, li, reli e não me canso de ler porque é impressionante tudo isso. Em pleno século 21, crianças abandonadas? Moradores de rua? Pessoas passando fome? Pessoas sendo tratadas como lixo? Educação boa só pra quem tem dinheiro? Pessoas sem trabalho? Pessoas sendo usadas como mercadoria? Racismo? Diferenças sociais? Ricos sendo tratados como prioridade? Pessoas programadas por computador? Promessas feitas por políticos não cumpridas? Compra de votos ? Trabalhadores não satisfeitos com o local de trabalho? Horas trabalhando em pé ou sentados, trabalhando feito loucos por uns míseros centavos? O que é isso? Galeano só queria olhar para o outro lado do mundo, no próximo milênio, sem infâmia, diferenças, preconceitos, crianças tratadas como lixo, sem moradores de rua, racismo. Ele imagina um mundo melhor, perfeito, com o ar limpo de todo veneno que venha dos medos humanos e das paixões, esse seria um mundo que todos gostariam? Seria muito bom conviver com pessoas que não se importam com o corpo, classe social, né? Sem comentários que nos deixam pra baixo. Por este motivo ele pensava assim: A perfeição continuará a ser aborrecido pelo privilégio dos Deuses, mas neste mundo imperfeito, o exultante seria cada noite ser vivida como se fosse o última e cada dia como se fosse o primeiro. Então vamos viver intensa- mente sem nos preocuparmos com as consequências, o que queremos é ser feliz, então vamos em busca da nossa felicidade e dos nosso sonhos, pois neste mundo cada respiração que damos pode ser a última. Myrella Esquetini Ferreira –8ª B Folhetim
  2. 2. 2 do estudante ano II setembro/2013 OPINIÃO No pain, no gain Achei interessante o artigo da escritora Eliane Brum “Meu filho você não merece nada” – Revista Época, em muitas coisas descritas nele eu concordo plenamente. A geração “Y”, ou sabe se lá se é “Z” ou o que, a cada dia que passa pratica mais o comodismo, falo isso não só porque vejo, mas também porque vivo. Desde a infância, nunca tive uma vida difícil, quero dizer, nunca passei fome ou não tive roupas para vestir. Entretanto, por falta de mãe presente, e por causa do pai solteiro e trabalhador, desde cedo aprendi a ser desconfiado e ciente das crueldades do mundo. E por causa dessas experiências que consegui bem cedo uma noção dos escrúpulos e atrocidades que o ser humano é capaz. Portanto, acho válido dizer que apesar da eventual preguiça e comodismo, não me enquadro no perfil ingênuo descrito no texto, o que me deixa feliz, aliás. Todavia, estou rodeado de pessoas que se enquadram nesse perfil, estes que vulgarmente chamamos de mimados. Pessoas que nasceram com boas condições financeiras e que em alguns casos só precisarão trabalhar depois da faculdade com um ótimo preparo educacional, sua condição financeira, esta que, em algum tempo, seus pais tiveram muito trabalho para consegui-la, garante que ele nunca precise trabalhar e estudar e nem viver o drama do ineficaz transporte publico ou do cansaço constante por conta das poucas horas dormidas de um estudante- trabalhador. Ele não precisa, afinal, todas as necessidades e banalidades são supridas pelo dinheiro dos pais. Confesso que sinto um pouco de pena destas pessoas, pois infelizmente, uma hora a dor vem e você terá de encará-la de frente. Para aqueles preparados a porrada da vida só irá lhes aperfeiçoar, para os despreparados, provavelmente será um nocaute. Lucas Lionel Botelho – 3º E MEU FILHO , VOCE NÃO MERECE NADA! O texto me fez pensar em certas questões que eu nunca havia pensado antes, chego até a usar algumas coisas como um espelho da realidade de algumas famílias que eu conheço, as vezes até a minha. Temos tudo o que queremos, tudo o que o dinheiro pode comprar, temos muitas possibilidades, e a vida é até mais fácil do que um dia foi, temos tudo e temos tanto, mas muitas vezes, nos comportamos como se não tivéssemos nada, obviamente para suprir nossa angustia ou dor “torramos” nosso salario em uma loja com roupas e sapatos caros e achamos um pouco de felicidade nos simples prazer de possuir algo como se em um passe de magica a dor sumisse, as vezes acho puro egoísmo. Uma geração acomodada, que tem tudo e não dá valor que acha que tudo tem que ser do jeito que ela quer e no momento que ela acha que deve ter, uma geração que acha que bem material vale mais que inteligência, fé no futuro melhor significa “nada” e a vida bela e tão sonhada tem que vir voando milagrosamente e pousar em suas mãos, geração que atropela tudo e todos que passam contanto que se de bem, que não tem uma conversa a mesa com sua família, mas que troca SMS pelo celular com sua mãe que esta no quarto ao lado. A vida e a convivência, o valor familiar, o esforço do próprio jovem para lutar pela sua própria vida e seu futuro sem que seus pais o levem nas costas é uma coisa quase inexistente na vida de muitos. “Meu filho você não merece nada... que não possa alcançar”, seria o título mais adequado ao meu ver. Majori Ferreira – 3º D “ A vida é forte pra quem é fraco” A mídia impõe que a vida do jovem é só felicidade, que tudo é fácil e que responsabilidades são um segundo plano. E influenciam os pais que acabam se equivocando quando dizem que dão aos filhos o que não tiveram. Mas, não dão valor que o pouco que tiveram foi suado . Exemplo é colocar para uma criança que está aprendendo a andar, pegar o seu brinquedo longe e ver o seu esforço e a sua felicidade ao conquistar a “missão”. Pois não podem maquiar o mundo mais do que isso e nem maquiar a vida, pois das decepções têm que ser tiradas as receitas para vencer, pois as decepções acabam sendo inevitáveis, já que não está escrito na testa de ninguém quem é do bem ou do mau. Jefferson Luigi - 3º D folhetim
  3. 3. 3 do estudante ano II setembro/2013 RESENHAS Emma Goldman O Ciúmes e sua superação No mundo de hoje a maior doença que açoita por ai é o capitalismo, que converte até mesmo o mais honesto homem em um ganancioso canalha que é capaz de matar por dinheiro. O capitalismo esta nos buracos mais inusitados do mundo, e por mais incrível que pareça, está presente até no amor, aparecendo em forma de ciúmes. Algumas pessoas entram em uma relação para elevar seu status social ou até mesmo para conseguir dinheiro, fazendo um membro do casal ou os dois não amar realmente o parceiro resultando em desconfianças, provável violência, entre outros efeitos do ciúmes. Até casais que se amam realmente e confiam uns nos outros são alvos de gozação por colegas, sendo sujeitos passivos possivelmente de atos de ciúmes. Isso é um total absurdo, o amor, uma das coisas mais puras no mundo, sendo usado a favor do capitalismo. Chegamos ao ponto de regredir na história e nos tornarmos homens da caverna, ignorantes, brutos, estúpidos, a sociedade chegou a esse ponto e digo que é hora de mudar, de pararmos como todo esse ódio e estupidez e vermos a que ponto chegamos e, a partir daqui, começarmos de novo, a partir do zero como uma sociedade mais justa, pura e honesta e, acima de tudo, sem o fantasma do capitalismo que paira pelo mundo e corrompe as pessoas. C O V A R A S A Tico foi promissor em sua carreira, estudando na USP, e publicando seus livros de sucesso. Mesmo com grandes oportunidades de se tornar mia um burguês, Tico foi sempre humilde, trabalhando como porteiro, coveiro entre outros empregos , e foi trabalhando em empregos humildes que ele tirava inspiração para escrever seus livros . A partir da vida de Tico podemos tirar uma lição de vida : o dinheiro não é nada, perto da inteligência e criatividade. Ele é um exemplo de pessoa humilde que não abandona suas raízes, é uma pessoa em que os outros botam o dinheiro em primeiro lugar, deveriam se inspirar e seguir o mesmo caminho, porque com pessoas como Tico o mundo seria menos violento, ganancioso, mesquinho e egoísta. Algumas pessoas se julgam muito inteligentes devido a suas riquezas e posses ou grandes cargos em empresas multinacionais, quando um coveiro consegue ser ainda mais sábio do que eles. Para essas pessoas, desejo que elas acordem e vejam o mundo como um todo, que saibam que os pobres existem e se importam com eles porque nesse mundo, somos a maioria, e aos poucos estamos acordando para lutar por justiça, e quando acordarmos nenhum país ou grande potência do mundo poderá nos impedir. Gabriel Ramos - 8º D debate Cotidiano Nascemos em uma sociedade em que há muitas diferenças sociais além de uma hierarquia, relacionada ao poder econômico, muito grande. As pessoas que nascem em “berço de ouro”, tem acesso a uma educação, aprendizagem e cultura de maneira diferenciada das pessoas que vivem na periferia. A sociedade “riquinha” sempre teve de tudo do bom e do melhor sem precisar de esforço algum e, a partir do momento que estiverem passando para a vida adulta, irá tentar conquistar os seus objetivos, mas sem lutar honestamente pois não sabem o que é “ralar” como uma pessoa de classes menos privilegiadas. Quando saírem do ninho, vão perceber que a vida não é bem assim, como eles viviam, que se quiserem sobreviver nesse mundo terão que aprender muito. A vida é assim, esforços, frustrações, conquistas, lutas constantes. Os pais de crianças da periferia fazem de tudo para dar o mínimo de conforto e educação para os seus filhos, educando-os desde pequenos indicando que a vida não é fácil, que eles tem que ir à luta se algum dia quiserem ter algo e ser alguém na vida sem precisar apelar para a criminalidade, já que isso não leva a lugar nenhum. Letícia Honae Dias – 3º D folhetim
  4. 4. 4 do estudante ano II setembro/2013 to talk Flores – Flowers Você gosta de flores? Trabalha no ramo de jardinagem (gardening) e/ou floricultura (flower shop, flower store)? Tem curiosidade em aprender o nome das flores em inglês? Aproveitando que estamos na Primavera (Spring), a Dica da Semana traz uma lista com algumas flores e seus nomes em inglês. » Amor-perfeito = pansy » Anêmona = windflower » Azaléia = azalea » Begônia = begonia » Camélia = camellia » Campainha = bluebell » Copo de leite = calla lily, arum lily » Cravo = carnation » Crisântemo = chrysanthemum » Dália – dalia » Dente de leão = dandelion » Gardênia = gardenia » Gerânio = geranium » Girassol = sunflower » Hortênsia = hydrangea » Lavanda = lavender » Lírio = lily » Magnólia = magnolia » Margarida = daisy » Miosótis = forget-me-not » Orquídea = orchid » Rosa = rose » Samambaia = fern » Tuilpa = tulip » Violeta = violet Agora que você já encontrou a lista com o nome de várias flores em inglês, aprenda também essas outras palavras relaciona- das ao tema: » Botão, broto = bud » Buquê = bouquet » Bulbo = bulb » Espinho = thorn » Talo, caule = stalk » Pétala = petal » Vaso de flor = flowerpot www.institutoorange.blogspot.com AGENDA BATE PAPO COMO AUTOR DO LIVRO “NÚPCIAS DE ESCORPIÃO” – Trabalho de conclusão de série - dia 09 e 10/10/2013 – período noturno EXPEDIÇÃO PILOTO PARA O “VALE DO RIBEIRA” dia 26 e 27/10/2013 - professores do Miguel Maluhy produzindo conhecimento sobre o Eco-sistema!!! MOSTRA CULTURAL do MIGUEL MALUHY 19/10/2013 das 08h às 12h Sarau do BINHO no MALUHY 23/11/2012 das 15h ás 18h ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio 26 e 27/10/2013 folhetim

×