A gramática ajuda viverA gramática ajuda viver
A linguagem dirige os pensamentos paraA linguagem dirige os pensamentos para
direções específicas e, de alguma forma, elad...
1) Cuidado com a palavra "não". A frase que1) Cuidado com a palavra "não". A frase que
contém "não", para ser compreendida...
2) Cuidado com a conjunção adversativa "mas",2) Cuidado com a conjunção adversativa "mas",
que nega tudo que veio antes.qu...
3) Cuidado com o verbo "tentar", que pressupõe3) Cuidado com o verbo "tentar", que pressupõe
a possibilidade de falha. Por...
4) Cuidado com "não posso" ou "não consigo",4) Cuidado com "não posso" ou "não consigo",
que dão idéia de incapacidade pes...
5) Cuidado com os verbos "devo", "tenho que"5) Cuidado com os verbos "devo", "tenho que"
ou "preciso", que pressupõem que ...
6) Fale dos problemas ou das descrições6) Fale dos problemas ou das descrições
negativas de si mesmo, utilizando o verbo n...
7) Fale das mudanças desejadas para o futuro,7) Fale das mudanças desejadas para o futuro,
utilizando o tempo presente. Po...
8) Substitua o "se" "quando". Por exemplo: em8) Substitua o "se" "quando". Por exemplo: em
vez de falar "Se eu conseguir g...
9) Substitua "espero" por "sei". Por exemplo: em9) Substitua "espero" por "sei". Por exemplo: em
vez de falar "Eu espero a...
10) Substitua o futuro do pretérito pelo10) Substitua o futuro do pretérito pelo
presente. Por exemplo: Em vez de dizerpre...
(Estas dez recomendações fazem parte de sites de(Estas dez recomendações fazem parte de sites de
consultorias de marketing...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A gramatica ajuda_viver

112 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
112
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A gramatica ajuda_viver

  1. 1. A gramática ajuda viverA gramática ajuda viver
  2. 2. A linguagem dirige os pensamentos paraA linguagem dirige os pensamentos para direções específicas e, de alguma forma, eladireções específicas e, de alguma forma, ela ajuda a pessoa a criar a sua realidade,ajuda a pessoa a criar a sua realidade, potencializando ou limitando suaspotencializando ou limitando suas possibilidades. A habilidade de usar a linguagem,possibilidades. A habilidade de usar a linguagem, com precisão, é essencial para uma boacom precisão, é essencial para uma boa comunicação e para o sucesso. Aqui a gramáticacomunicação e para o sucesso. Aqui a gramática cruza com a vida.cruza com a vida.
  3. 3. 1) Cuidado com a palavra "não". A frase que1) Cuidado com a palavra "não". A frase que contém "não", para ser compreendida, traz àcontém "não", para ser compreendida, traz à mente o que está junto com ela. O "não" existemente o que está junto com ela. O "não" existe apenas na linguagem e não na experiência.apenas na linguagem e não na experiência.
  4. 4. 2) Cuidado com a conjunção adversativa "mas",2) Cuidado com a conjunção adversativa "mas", que nega tudo que veio antes.que nega tudo que veio antes. Por exemplo: "O Pedro é um rapaz inteligente,Por exemplo: "O Pedro é um rapaz inteligente, esforçado, mas...". Substitua "mas" por "e",esforçado, mas...". Substitua "mas" por "e", mude a construção da frase.mude a construção da frase.
  5. 5. 3) Cuidado com o verbo "tentar", que pressupõe3) Cuidado com o verbo "tentar", que pressupõe a possibilidade de falha. Por exemplo: "Voua possibilidade de falha. Por exemplo: "Vou tentar encontrar com você amanhã às 8 h". Emtentar encontrar com você amanhã às 8 h". Em outras palavras: a pessoa tem grande chance deoutras palavras: a pessoa tem grande chance de não ir, pois vai "tentar". Evite "tentar", "farei onão ir, pois vai "tentar". Evite "tentar", "farei o possível", diga sim ou não.possível", diga sim ou não.
  6. 6. 4) Cuidado com "não posso" ou "não consigo",4) Cuidado com "não posso" ou "não consigo", que dão idéia de incapacidade pessoal. Use "nãoque dão idéia de incapacidade pessoal. Use "não quero", "não podia" ou "não conseguia", quequero", "não podia" ou "não conseguia", que pressupõe que vai conseguir, que vai poder .pressupõe que vai conseguir, que vai poder .
  7. 7. 5) Cuidado com os verbos "devo", "tenho que"5) Cuidado com os verbos "devo", "tenho que" ou "preciso", que pressupõem que algo externoou "preciso", que pressupõem que algo externo controla a sua vida. Em vez deles use "quero",controla a sua vida. Em vez deles use "quero", "decido", "vou"."decido", "vou".
  8. 8. 6) Fale dos problemas ou das descrições6) Fale dos problemas ou das descrições negativas de si mesmo, utilizando o verbo nonegativas de si mesmo, utilizando o verbo no passado. Isso libera o presente. Por exemplo:passado. Isso libera o presente. Por exemplo: "Eu tinha dificuldade em fazer isto...""Eu tinha dificuldade em fazer isto..."
  9. 9. 7) Fale das mudanças desejadas para o futuro,7) Fale das mudanças desejadas para o futuro, utilizando o tempo presente. Por exemplo: emutilizando o tempo presente. Por exemplo: em vez de dizer "Vou conseguir", diga "Estouvez de dizer "Vou conseguir", diga "Estou conseguindo".conseguindo".
  10. 10. 8) Substitua o "se" "quando". Por exemplo: em8) Substitua o "se" "quando". Por exemplo: em vez de falar "Se eu conseguir ganhar dinheiro,vez de falar "Se eu conseguir ganhar dinheiro, vou viajar", fale "Quando eu conseguir ganharvou viajar", fale "Quando eu conseguir ganhar dinheiro vou viajar".dinheiro vou viajar".
  11. 11. 9) Substitua "espero" por "sei". Por exemplo: em9) Substitua "espero" por "sei". Por exemplo: em vez de falar "Eu espero aprender isso", diga "Euvez de falar "Eu espero aprender isso", diga "Eu sei que vou aprender isso". Esperar suscitasei que vou aprender isso". Esperar suscita dúvidas e enfraquece a linguagem.dúvidas e enfraquece a linguagem.
  12. 12. 10) Substitua o futuro do pretérito pelo10) Substitua o futuro do pretérito pelo presente. Por exemplo: Em vez de dizerpresente. Por exemplo: Em vez de dizer "Eu gostaria de agradecer a presença de"Eu gostaria de agradecer a presença de vocês", diga "Eu agradeço a presença devocês", diga "Eu agradeço a presença de vocês". O verbo no presente fica maisvocês". O verbo no presente fica mais forte e concreto.forte e concreto.
  13. 13. (Estas dez recomendações fazem parte de sites de(Estas dez recomendações fazem parte de sites de consultorias de marketing e relacionamentoconsultorias de marketing e relacionamento humano. Não aparece o nome do autor.humano. Não aparece o nome do autor. Reproduzido com adaptações.)Reproduzido com adaptações.)

×