Ele fui...   Amoroso                  Carinhoso Atencioso                  Amigo        Sincero                  Paciente ...
Será que um dia vamos aprender a perder?              Algumas vezes conversando com as pessoas, sem querer começamos a med...
Há dor que mata apessoa                                       Você deixou tudo aSem dó nem piedade.      Mesmo se o       ...
É difícil expressar em palavras a dor de um                adeus, Pois só o coração pode sentir!                Luis Paiva...
Em Memória de Luis Paiva Falecido em 13 de Agosto 2011
Em Memória de Luis Paiva Falecido em 13 de Agosto 2011
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Em Memória de Luis Paiva Falecido em 13 de Agosto 2011

736 visualizações

Publicada em

Luis Paiva Falecido em 13 deAgosto 2011
Saudades Que Doí.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
736
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Em Memória de Luis Paiva Falecido em 13 de Agosto 2011

  1. 1. Ele fui... Amoroso Carinhoso Atencioso Amigo Sincero Paciente ele foi... Tudo Isso! E Deus o levou para sempre Deixando Muitas Recordações e Saudades. .26/11/2011
  2. 2. Será que um dia vamos aprender a perder? Algumas vezes conversando com as pessoas, sem querer começamos a medir as nossas dores e as nossas perdas. Mesmo sabendo que cada dor é única, cada pessoa sente de um jeito e não há nada no mundo capaz de medir a intensidade dela. Comparar nossas dores é tão falso quanto, sei lá, moedas de dois reais. Quem já perdeu algum familiar pode dizer que imagina como é a dor de quem perdeu. Quem já foi assaltado pode dizer que sabe como tal pessoa se sente, porém mesmo que você tenha passado pela MESMA situação que outra pessoa, não significa que a dor de vocês seja a mesma. Isso porque, cada pessoa tem um jeito de sentir e não só a dor. Sentir qualquer outro sentimento. As pessoas sofrem de modos diferentes, choram e as vezes ficam caladas e demonstram seus sentimentos do seu único jeito. É por isso que medir sentimento é tão errado quanto, cobrar demonstrações de amor. O amor é um sentimento que a fórmula de expressar faz parte do consenso comum. Dizer te amo, beijar, falar de amor, fazer amor. Tudo faz parte das demonstrações de amor, que vemos sempre ao nosso redor. Porém quando estamos apaixonados esperamos que, as demonstrações sejam sempre super declaradas e de formas explícitas e esquecemos que nem todo mundo sabe ser explícito. Eu não sei ser explícita. Já dizia Shakeaspeare, só porque alguém não te ama como você quer, não significa que esse alguém não te ame com tudo que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar. Nessa hora, acredito que o amor é igual ao sentimento de perda. Ele nos invade, nos deixa confuso, nos faz mal, nos deixa com raiva momentânea e nos faz jurar ódio eterno que passa em cinco minutos. Perder alguém é de forma parecida, não fomos criados para aprender a perder. Ninguém perde e ninguém gosta da sensação. Com o passar dos anos, passamos a guardar tudo que nós tem valor, seja material ou sentimental. Queremos tudo para nós, começamos a ser egoístas e nada substitui o que perdemos ou deixamos pelo caminho. Não importa o tema, o nome ou o apelido do senso comum. Se não gostamos de perder precisamos aprender a dar valor. Se não gostamos de demonstrar afeto precisamos descobrir se quem queremos amar se sente amado. Se temos medo do compromisso, precisamos entender, que segurança faz parte de uma vida e jamais esquecer, as pessoas não são iguais, elas causam overdose e vale a pena descobrir qual é o tipo certo de droga que você quer se viciar.26/11/2011
  3. 3. Há dor que mata apessoa Você deixou tudo aSem dó nem piedade. Mesmo se o tua caraPorém não há dor que adeus for triste, Só pra deixar tudodoa nós vamosComo a aflição de continuar a Com cara deuma saudade. 26/11/2011 andar. saudade.
  4. 4. É difícil expressar em palavras a dor de um adeus, Pois só o coração pode sentir! Luis Paiva Faleceu No Dia 13 de Agosto De 2011 Saudades que Dói.26/11/2011

×