PROJETO  DE  HISTÓRIA
A CIVILIZAÇÃO DO   AÇÚCAR
DEDICATÓRIA Dedicamos este trabalho primeiramente a Deus, aos pais pela colaboração e aos leitores desse projeto para que ...
AMERICANO DO BRASIL – 25/03/2008 COLÉGIO ESTADUAL BENEDITO BRÁS DIRETORA: ROSA MARIA DE OLIVEIRA COORDENADORA: VANILDA PRO...
A ORIGEM DA CANA-DE-AÇÚCAR <ul><li>Originaria da Ásia e trazida para a colônia portuguesa da América em 1530 por Martim Af...
<ul><li>A cana-de-açúcar foi responsável pelo primeiro surto de desenvolvimento econômico do Brasil colonial. Enriqueceu a...
O açúcar ainda era relativamente raro, mas muito procurado pelos europeus; mas logo já havia um bom mercado e oportunidade...
PLANTAÇÃO E COLHEITA
Naquele tempo o açúcar era muito caro, 15kg de açúcar custavam18,3 gramas de ouro. Só nobres e reis podiam comprar e quand...
Mercado Global: o financiamento vinha da Holanda; a produção se fazia no nordeste da colônia; o refino, também na Holanda;...
ENGENHO DA CANA-DE-AÇÚCAR <ul><li>O primeiro engenho em terras portuguesas da América do Sul foi instalada em 1532 por Mar...
<ul><li>Em 1542 foi colocado em operação o primeiro engenho em Pernambuco quatro décadas depois já havia ali 66 engenhos. ...
MULHERES DE ENGENHO <ul><li>Filhas ou esposas, elas deviam ser submissas aos pais e maridos. Cabia a elas cuidar da educaç...
MÃOS CALEJADAS DE MULHERES QUE TRABALHAM DURO NA BITUCA
BITUCA
PLANTIO E CARREGAMENTO
LABORATÓRIO
CONCLUSÃO Com o trabalho realizado, conclui-se que a cana de açúcar foi de grande importância para o centro econômico. Vei...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Civilizacao Do Acucar Arielly E Naara E Ju

2.876 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.876
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
18
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
35
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Civilizacao Do Acucar Arielly E Naara E Ju

  1. 1. PROJETO DE HISTÓRIA
  2. 2. A CIVILIZAÇÃO DO AÇÚCAR
  3. 3. DEDICATÓRIA Dedicamos este trabalho primeiramente a Deus, aos pais pela colaboração e aos leitores desse projeto para que se sintam incentivados.
  4. 4. AMERICANO DO BRASIL – 25/03/2008 COLÉGIO ESTADUAL BENEDITO BRÁS DIRETORA: ROSA MARIA DE OLIVEIRA COORDENADORA: VANILDA PROFESSORA: VANDA LARA ALUNAS: ARIELLY, ARYANA, JÉSSICA, JULIANA E NAARA SÉRIE: 2ª TURMA: A TURNO: MATUTINO DISCIPLINA: HISTÓRIA
  5. 5. A ORIGEM DA CANA-DE-AÇÚCAR <ul><li>Originaria da Ásia e trazida para a colônia portuguesa da América em 1530 por Martim Afonso de Souza. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>A cana-de-açúcar foi responsável pelo primeiro surto de desenvolvimento econômico do Brasil colonial. Enriqueceu a metrópole. </li></ul>
  7. 7. O açúcar ainda era relativamente raro, mas muito procurado pelos europeus; mas logo já havia um bom mercado e oportunidade de obter bons lucros. Portugal tinha experiência com a cultura da cana, pois já havia cultivado com certo sucesso nas suas ilhas do atlântico (Madeireira e Cabo verde).Os fatores climáticos e geográficos do norte com o solo bom, favoreciam o desenvolvimento dessa produção. Isso fez do açúcar o principal produto e do nordeste o centro econômico social e político do período. dessa produção.
  8. 8. PLANTAÇÃO E COLHEITA
  9. 9. Naquele tempo o açúcar era muito caro, 15kg de açúcar custavam18,3 gramas de ouro. Só nobres e reis podiam comprar e quando morriam deixavam de herança para seus filhos. No século XV, dom Henrique de Portugal buscou da Sicília, mudas de cana-de-açúcar, e mandou plantá-las na ilha da Madeireira. De lá, a cana chegou a outras colônias portuguesas. Portugal visava lucros na exportação de açúcar, e no trabalho escravo, inicialmente dos índios, mais tarde dos africanos.
  10. 10. Mercado Global: o financiamento vinha da Holanda; a produção se fazia no nordeste da colônia; o refino, também na Holanda; os consumidores estavam disseminados pela Europa; a principal fonte de mão-de-obra encontrava-se na África; parte dos consumos na Europa; outra parte em vários pontos da América do Sul.
  11. 11. ENGENHO DA CANA-DE-AÇÚCAR <ul><li>O primeiro engenho em terras portuguesas da América do Sul foi instalada em 1532 por Martim Afonso de Souza na capitania de São Vicente. </li></ul><ul><li>Já havia indústria de açúcar em São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo. Mas seria no Nordeste que teria êxito a indústria do açúcar. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Em 1542 foi colocado em operação o primeiro engenho em Pernambuco quatro décadas depois já havia ali 66 engenhos. </li></ul>
  13. 13. MULHERES DE ENGENHO <ul><li>Filhas ou esposas, elas deviam ser submissas aos pais e maridos. Cabia a elas cuidar da educação das crianças, costurar e supervisionar os escravos domésticos. Quando uma filha casadoira se deixava envolver por um rapaz sem posses, era comum o pai envia-la a um convento na Europa para por fim ao romance. Houve viúvas que se tornaram administradoras de engenho. </li></ul>
  14. 14. MÃOS CALEJADAS DE MULHERES QUE TRABALHAM DURO NA BITUCA
  15. 15. BITUCA
  16. 16. PLANTIO E CARREGAMENTO
  17. 17. LABORATÓRIO
  18. 18. CONCLUSÃO Com o trabalho realizado, conclui-se que a cana de açúcar foi de grande importância para o centro econômico. Veio a desenvolver pela demanda Européia e pela pequena concorrência do mercado internacional. Em meados de 1580, o Brasil era o maior produtor de cana-de-açúcar do mundo, veio a ter decadência em meados de 1620, através da política e da economia da Europa.

×