APOSTILA PROFESSOR SEDUC/ PI - CONCURSO PÚBLICO 2014

9.768 visualizações

Publicada em

Apostila digital com 150 QUESTÕES de provas realizadas em concursos públicos sobre o cargo de PROFESSOR – SEDUC/PI 2014. Testes atualizados e com gabarito. Arquivo digital em formato pdf (e-book).
ACESSE:WWW.VMSIMULADOS.COM.BR

Publicada em: Educação
1 comentário
11 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.768
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
47
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1.889
Comentários
1
Gostaram
11
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

APOSTILA PROFESSOR SEDUC/ PI - CONCURSO PÚBLICO 2014

  1. 1. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 1
  2. 2. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 2 PROFESSOR – SEDUC/PI Secretaria de Educação do Estado do Piauí CONHECIMENTOS GERAIS LÍNGUA PORTUGUESA TEXTO PARA AS QUESTÕES DE 01 A 10. 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 (...) As pessoas, hoje, pouco ou quase nada leem além do que está resumido na Internet, nas apostilas dos cursos ou nos resumos feitos pelos professores. Todos esses recursos têm sua validade diante do objetivo imediato de aprovação em algum concurso, mas não são suficientes para dar ao futuro profissional, o embasamento seguro que lhe permita argumentar com solidez e expressar-se de maneira clara e persuasiva, necessários em todo e qualquer ramo que o profissional venha a atuar. Tudo isso só se adquire com leitura, a prova disso é que mesmo aqueles profissionais bem informados pela mídia visual (em especial a televisão), se não tiverem em si o hábito da leitura, terão sua capacidade de comunicação fragilizada. O mercado de trabalho, atualmente, vem exigindo uma série de novas capacitações dos profissionais: postura ética, criatividade, habilidade em trabalhar em grupos, pensamento autônomo e uma liderança natural no lidar com os outros. Falar bem em público e escrever com clareza são requisitos tidos como prioritários. (...) (Revista Vida e Educação. Sessão Conversando sobre educação. Marco Aurélio Patrício Ribeiro. Ano 3, nº 7, jan.-fev.06, p. 24)
  3. 3. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 3 01. O texto ressalta (A) o significativo papel da Internet para a formação do leitor. (B) a importância da leitura para a aquisição e desenvolvimento da competência expressiva das pessoas. (C) que somente a leitura pode fazer com que se tenha um pensamento autônomo. (D) que os resumos feitos por professores são uma das fontes mais importantes de aquisição de competências leitoras. (E) que o hábito de leitura elimina por completo as fragilidades no que se refere à capacidade comunicativa. 02. A palavra só (l. 07) confere à mensagem uma ideia de (A) inclusão. (B) exclusão. (C) expansão. (D) restrição. (E) elucidação. 03. A palavra hoje (l. 01) denota, textualmente, o mesmo que (A) além (l. 01). (B) quase (l. 01). (C) só (l. 07). (D) novas (l. 11). (E) atualmente (l. 11). 04. No texto, a expressão “Tudo isso” (l. 07) (A) poderia ser retirada sem prejuízo para os sentidos do texto. (B) poderia ser substituída por apenas “Tudo” sem prejuízo para os aspectos textuais. (C) recupera ideias expressas em trechos apresentados anteriormente. (D) não recupera informações anteriores. (E) confunde o leitor porque não esclarece a quem se refere.
  4. 4. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 4 05. Sem alteração de sentido para as ideias do texto, a palavra requisitos (l. 12) pode ser substituída por (A) critérios. (B) experiências. (C) técnicas. (D) hábitos. (E) recursos. Trecho para as questões 06 e 07. “... se não tiverem em si o hábito da leitura, terão sua capacidade de comunicação fragilizada.” (l. 09 - 10). 06. Nesse trecho, se, em vez da palavra se usarmos a palavra caso, teremos, (A) “...caso não tiverem em si o hábito da leitura, tinham sua capacidade de comunicação fragilizada”. (B) “... caso não tivessem em si o hábito da leitura, têm sua capacidade de comunicação fragilizada”. (C) “... caso não tenham em si o hábito da leitura, tinham sua capacidade de comunicação fragilizada”. (D) “... caso não tiverem em si o hábito da leitura, teriam sua capacidade de comunicação fragilizada”. (E) “... caso não tenham em si o hábito da leitura, terão sua capacidade de comunicação fragilizada”. 07. A palavra se estabelece entre as orações desse período uma relação sintático- semântica de (A) dúvida. (B) condição. (C) concessão. (D) causa. (E) consequência.
  5. 5. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 5 08. Na estrutura: “As pessoas, hoje, pouco ou quase nada leem além do que está resumido na Internet,...”, (l. 01), a relação sintática que se verifica entre As pessoas e leem é a mesma que existe entre (A) lhe e permita (l. 05). (B) qualquer ramo (l.06) e venha (l. 07). (C) prova disso (l. 07) e tiverem (l. 08). (D) adquire e leitura (l. 09). (E) O mercado de trabalho e vem exigindo (l.11). 09. No plural, acrescenta-se à palavra série o mesmo elemento que, também, no plural se acrescenta à palavra (A) qualquer. (B) aprovação. (C) postura. (D) visual. (E) televisão. 10. Do ponto de vista morfológico, a palavra esses (l. 02), tem a mesma classificação de (A) mas (l. 04). (B) com (l.07). (C) bem (l. 08). (D) aqueles (l. 08). (E) de (l. 09). 11. Transpondo-se para a voz passiva analítica a frase “Vendiam cigarros estrangeiros [...]”, a forma verbal resultante será: (A) São vendidos. (B) Vendiam-se. (C) Serão vendidos. (D) Foram vendidos. (E) Eram vendidos.
  6. 6. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 6 TEXTO PARA AS QUESTÕES DE 12 A 16. Uma dívida secular 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 Saber ler e escrever, saber utilizar a leitura e a escrita nas diferentes situações do cotidiano são, hoje, necessidades tidas como inquestionáveis tanto para o exercício da cidadania, no plano individual, quanto para a medida do nível de desenvolvimento de uma nação, no nível sociocultural e político. É, portanto, dever do Estado proporcionar, por meio da educação, o acesso de todos os cidadãos ao direito de aprender a ler e a escrever, como uma das formas de inclusão social, cultural e política e de construção da democracia. No Brasil, muitas têm sido as dificuldades para que se efetivem plenamente esse dever do Estado e direito do cidadão. E, para enfrentá-las, não têm faltado iniciativas emergenciais e estruturais por parte do poder público e da sociedade civil brasileira, (...). (Mortatti, Maria do Rosário Longo. Educação e letramento. São Paulo: UNESP, 2004. p. 15) 12. Uma frase que poderia resumir as ideias do texto é (A) a educação, o acesso à leitura e à escrita são direitos inalienáveis do cidadão, porém o Brasil ainda está em dívida, nesse aspecto, com o seu povo. (B) o acesso pleno à leitura já é uma realidade que o povo do Brasil vem experimentando, nos últimos tempos. (C) as dificuldades têm sido grandes para que o povo brasileiro tenha acesso à educação e somente o poder público pode enfrentá-las. (D) no nível individual, o povo brasileiro já conquistou o direito de acesso à educação mas, no plano sociocultural, isso ainda não aconteceu. (E) na dimensão sociopolítica, o povo brasileiro já conquistou o direito de acesso à educação mas, na dimensão individual, isso ainda não aconteceu. 13. Pertence à mesma classe gramatical de “individual” (l. 03): (A) situações (l. 01). (B) necessidades (l. 02). (C) político (l. 04). (D) plenamente (l. 07). (E) sociedade (l. 09).
  7. 7. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 7 14. No texto, a palavra “portanto” (l. 04) anuncia a (A) oposição de ideias entre dois pontos de vista apresentados. (B) conclusão de uma ideia exposta anteriormente. (C) explicação de um ponto de vista. (D) retificação de uma explicação anteriormente apresentada. (E) confirmação do que fora exposto acima. 15. No excerto: “... muitas têm sido as dificuldades para que se efetivem plenamente esse dever ...” (l. 07), se substituirmos a forma verbal “têm” por “tinham”, a forma verbal “efetivem” passará a (A) efetivem (permanece inalterada). (B) efetivaram. (C) efetivam. (D) efetivavam. (E) efetivassem. 16. Considere o excerto a seguir para marcar a opção que apresenta uma afirmativa CORRETA em relação aos aspectos morfossintáticos. “... o acesso de todos os cidadãos ao direito de aprender a ler e a escrever, como uma das formas de inclusão social, cultural e política e de construção da democracia. ” (l. 04-06). (A) a palavra “cidadãos” pode ser flexionada, no plural, também, como “cidadões”. (B) a palavra “construção” é de gênero gramatical masculino. (C) “o” em “o acesso” e “a” em “a ler” pertencem à mesma classificação gramatical. (D) em “ao”, o emprego da preposição a é uma exigência do substantivo “acesso” e o artigo o é exigido pelo substantivo “direito”. (E) a palavra acesso NÃO admite flexão em número para a forma de plural. 17. Aponte a frase em que NÃO deve ocorrer crase: (A) Àquela hora todos já tinham dormido. (B) Fiz referência àquele rapaz que conheci. (C) Costumo dirigir-me àquela banca do outro lado. (D) Fui para aquela rua, mas não à encontrei. (E) Agradeço àquele médico as orientações a mim dispensadas.
  8. 8. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 8 18. Fazem o plural como o substantivo destacado em “QUESTÃO simulada” todos os substantivos relacionados em: (A) confissão – decisão – cidadão. (B) paixão – pagão – charlatão. (C) opinião – limão – fração. (D) capitão – irmão – corrimão. (E) expressão – escrivão – cristão. 19. Grafam-se como “solução” e “discussão” – com Ç e SS, respectivamente – as palavras relacionadas em: (A) exce___ão / conce___ão. (B) ascen___ão / admi___ão. (C) distor___ão / preten___ão. (D) rece___ão / retra___ão. (E) discrimina___ão / impul___ão. 20. Compare o emprego do verbo HAVER nas frases: 1. “HAVIA duas ou três circunstâncias a meu favor.” 2. “Ah, o que a chuva e o sol HAVIAM feito em quinze dias...” A respeito das circunstâncias em que o verbo é empregado nas frases acima, analise os itens a seguir: I. O verbo HAVER, na frase 1, é impessoal, não flexionável, por isso permanece na terceira pessoa do singular. II. Em ambas as frases o verbo HAVER funciona como “existir”, por isso deve concordar com os termos aos quais se referem. III. O uso do verbo HAVER, na frase 2, está correto porque esse verbo, quando funciona como verbo auxiliar (integrante dos tempos compostos), tem sua flexão normal, qual seja, de pessoa, de tempo, de modo. Assinale a alternativa que aponta o(s) item(ns) correto(s). (A) Somente I. (B) Somente II. (C) Somente I e II. (D) Somente I e III. (E) Somente II e III.
  9. 9. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 9 TEXTO ( Para as questões de 21 a 26). O problema do mundo sem bullying 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 Era coisa de criança. Colar chiclete na cadeira dos outros, fazer cuecão no nerd da turma, rir do cabelo cortado do colega. Mas agora brincadeiras como essas ganharam um nome sério: bullying. E passaram a ser resolvidas por adultos: pais, mestres e até, em alguns casos, polícia. O termo bullying significa a prática de agredir alguém fisicamente, verbalmente, até por atitudes (como caretas). Mas tem sido usado como um alarme, um chamado para que adultos interfiram no relacionamento de seus filhos e alunos. Uma nova linha de pesquisadores, no entanto, vem defendendo que o bullying não é necessariamente um problema para gente grande. Segundo eles, as picuinhas entre crianças e adolescentes devem ser resolvidas pelos próprios envolvidos. Sem adultos como juízes. Esses especialistas não dizem que crianças devem trocar socos na saída da escola. Nem que apanhar faz bem. Afirmam, sim, que disputar é como um rito, pelo qual passamos no início da vida para saber enfrentar as encrencas maiores do futuro. Afinal, fazemos isso desde os tempos mais remotos. [...] No passado, os homens disputavam comida para garantir a sobrevivência. O conflito definia quem ia perpetuar a espécie e quem ficaria para trás. “Aqueles humanos mais agressivos em termos de buscar as coisas e proteger seus recursos e parentes tinham mais chances de sobreviver e reproduzir”, afirma Monica. Enquanto os homens teriam aprendido a usar a força física, as mulheres desenvolveram habilidades mais sutis, como agressões verbais, fofocas e rumores. Se antes essas táticas garantiam a sobrevivência, hoje nos ajudam no convívio social. Quando as crianças deixam o conforto do lar para frequentar o colégio, descobrem que nem sempre suas vontades são atendidas. E que precisam negociar o tempo todo, como por um brinquedo ou por um lugar para sentar. Sem passar por isso, será mais difícil lidar com um desafeto no futuro, como um chefe, o síndico do prédio ou aquele amigo a quem empresta dinheiro e ele nunca paga. (Texto de Fernando Badô e Bruno Garattoni – Revista Superinteressante – Seção Supernovas – Editora Abril – Edição 294 – Agosto/2011 – p. 22) 21. Segundo as ideias apresentadas no texto, o bullying: (A) sempre existiu e sempre foi considerado uma preocupação de pais e mestres; (B) por ser algo tão sério, deve envolver a ajuda da polícia; (C) é benéfico, para o amadurecimento dos jovens, de acordo com uma linha de pensamento de especialistas; (D) mesmo que seja a manifestação de comportamentos violentos, prepara os jovens para se defender na saída da escola; (E) é positivo na medida em que os jovens têm a oportunidade de demonstrar o seu poder perante o outro.
  10. 10. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 10 22. A partir do que é dito no texto, é CORRETO afirmar que: (A) o bullying é uma brincadeira que os jovens da atualidade têm demonstrado em sala de aula para fugir da realidade; (B) todos os especialistas revelam a mesma linha de compreensão sobre o bullying e, em particular, entendem que os adultos não devem interferir; (C) os jovens não têm maturidade para resolverem seus próprios problemas, por isso os pais devem fazer isso por eles; (D) a agressão é um comportamento necessário ao homem, assim ele tem a oportunidade de mostrar sua força física; (E) os conflitos que se verificam no convívio social, entre os jovens, podem contribuir para que eles se preparem para enfrentar as adversidades no futuro, quando adultos. Considere os trechos abaixo, para responder à questão 23. 1) “Afirmam, sim, que disputar é como um rito, pelo qual passamos no início da vida para saber enfrentar as encrencas maiores do futuro.” (l.13 -14). 2) “Se antes essas táticas garantiam a sobrevivência, hoje nos ajudam no convívio social.” (l.22-23). 23. Nos trechos 01 e 02, as palavras e/ou expressões que marcam, semanticamente, oposição temporal, em cada um deles, são: (A) “início da vida” – “futuro” / “antes” – “hoje”; (B) “disputar” – “futuro” / “antes” – “garantiam”; (C) “Afirmam” – “início da vida” / “garantiam” – “hoje”; (D) “início da vida” – “passamos” / “garantiam” – “ajudam”; (E) “Afirmam” – “disputar” / “antes” – “garantiam”. 24. Acerca da correspondência entre o pronome destacado e o seu referente, assinale a opção CORRETA. (A) “brincadeiras como essas” (l. 02-03) – referente “coisa” (l. 01). (B) “Segundo eles, as picuinhas entre crianças e adolescentes...” (l. 09-10) – referente “pesquisadores” (l. 08). (C) “... devem ser resolvidas pelos próprios envolvidos.” (l. 10) – referente “picuinhas” (l. 10). (D) “... fazemos isso desde os tempos mais remotos.” (l. 15) – referente “encrencas” (l. 14). (E) “Se antes essas táticas garantiam a sobrevivência...” (l. 22) – referente “força física”, somente (l. 20).
  11. 11. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 11 25. Nos trechos: “... o bullying não é necessariamente um problema para gente grande.” (l. 08-09) e “Afirmam, sim, que disputar é como um rito,...” (l. 13), quanto às relações semânticas que se verificam textualmente, é CORRETO afirmar que: (A) em ambos, as palavras destacadas podem ser retiradas sem prejuízo para o sentido desses trechos; (B) somente a palavra “necessariamente” pode ser retirada sem prejuízo para a intenção de comunicação do texto; (C) somente a palavra “sim” pode ser retirada sem prejuízo para a intenção de comunicação do texto; (D) caso se retirem as palavras destacadas, a compreensão literal da mensagem não será alterada profundamente, mas a intenção comunicativa será prejudicada; (E) a compreensão somente será prejudicada se a palavra “sim” for retirada. Trecho para a questão 26. “O conflito definia quem ia perpetuar a espécie e quem ficaria para trás. “Aqueles humanos mais agressivos em termos de buscar as coisas e proteger seus recursos e parentes tinham mais chances de sobreviver e reproduzir”, afirma Mônica. Enquanto os homens teriam aprendido a usar a força física, as mulheres desenvolveram habilidades mais sutis, como agressões verbais, fofocas e rumores.” (l. 16-21). 26. Assinale a opção INCORRETA quanto às ideias e à estruturação linguística desse trecho. (A) Sugere-se, nesse trecho, que a competição entre os seres humanos sempre foi um traço característico da espécie, mas, nem sempre, há vencido e vencedor. (B) O segmento: “O conflito definia quem ia perpetuar a espécie” tem o seu correspondente de estrutura passiva: “A perpetuação da espécie era definida pelo conflito”. (C) A correção gramatical estará igualmente mantida se substituirmos “ia perpetuar” por “perpetuaria”. (D) Em: “O conflito definia quem ia perpetuar a espécie e quem ficaria para trás.”, as duas ocorrências da palavra “quem” equivalem a “aquele que”. (E) A palavra “mais” em “mais agressivos”, “mais chances” e “mais sutis”, intensificam o sentido dessas palavras.
  12. 12. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 12 Leia o poema abaixo e responda as questões de 27 a 35. Estrela da Manhã (Manuel Bandeira) 1 Eu quero a estrela da manhã 2 Onde está a estrela da manhã? 3 Meus amigos meus inimigos 4 Procurem a estrela da manhã 5 Ela desapareceu ia nua 6 Desapareceu com quem? 7 Procurem por toda à parte 8 Digam que sou um homem sem orgulho 9 Um homem que aceita tudo 10 Que me importa? 11 Eu quero a estrela da manhã 12 Três dias e três noites 13 Fui assassino e suicida 14 Ladrão, pulha, falsário 15 Virgem mal-sexuada 16 Atribuladora dos aflitos 17 Girafa de duas cabeças 18 Pecai por todos pecai com todos 19 Pecai com malandros 20 Pecai com sargentos 21 Pecai com fuzileiros navais 22 Pecai de todas as maneiras 23 Com os gregos e com os troianos 24 Com o padre e o sacristão 25 Com o leproso de Pouso Alto 26 Depois comigo 27 Te esperarei com mafuás novenas [cavalhadas comerei terra e direi coisas de uma ternura tão simples 28 Que tu desfalecerás 29 Procurem por toda à parte 30 Pura ou degradada até a última baixeza 31 Eu quero a estrela da manhã. 27. A temática abordada no texto apresenta fundamentalmente caráter: (A) Filosófico e social; (B) Social e erótico; (C) Filosófico e espiritual; (D) Espiritual e telúrico; (E) Telúrico e erótico. 28. Analisando o texto, pode-se perceber que: (A) Predomina a primeira pessoa; (B) Predomina a terceira pessoa; (C) Não há predominância de pessoa; (D) Predomina a primeira pessoa somente na terceira estrofe; (E) O poema foi escrito de forma impessoal.
  13. 13. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 13 29. Observe os versos: “Virgem mal-sexuada” (verso 15); “Pecai por todos, pecai com todos” (verso 18); “Com o padre e o sacristão” (verso 24); “Pura ou degradada até a última baixeza” (verso 30). Percebe-se nesses versos: (A) Uma critica ferrenha as prostitutas; (B) Uma fusão de elementos profanos e sagrados; (C) Uma visão muito preconceituosa do autor em relação a Igreja; (D) O lado religioso do autor se sobrepondo ao lado sexual; (E) Um desejo reprimido do autor em fazer parte da Igreja. 30. Observe a grafia da palavra “assassino” (verso 13) e marque a opção em que todas as palavras estão também corretamente grafadas: (A) Discursão, consciência, escesso; (B) Paralisar, consciência, econômia; (C) Multirão, paralisar, excecão; (D) Discusso, escesso, excecão; (E) Discussão, paralisar, excesso. 31. Sobre as formas verbais “procurem” (verso 7) e “digam” (verso 8), pode-se afirmar corretamente que: (A) Ambas estão em primeira pessoa do plural; (B) “Procurem” esta no imperativo e “digam” esta no presente do indicativo; (C) “Procurem” esta no presente do indicativo e “digam” esta no imperativo; (D) Ambas correspondem ao pronome “eles”; (E) Ambas estão no imperativo. 32. O “que”, destacado nos versos 8 e 9, introduz, respectivamente, orações: (A) Substantiva objetiva direta e adjetiva restritiva; (B) Substantiva subjetiva e adjetiva explicativa; (C) Adverbial concessiva e substantiva predicativa; (D) Adverbial consecutiva e adjetiva restritiva; (E) Substantiva predicativa e adverbial concessiva.
  14. 14. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 14 33. Entre a palavra “tão” (verso 27) e “que” (verso 28) estabelece-se uma relação de: (A) Comparação; (B) Concessão; (C) Conformidade; (D) Causa; (E) Consequência. 34. Observando as palavras “nua” (verso 5), “sou” (verso 8) e “suicida” (v 13) tem-se, respectivamente: (A) Hiato, ditongo e ditongo; (B) Ditongo, hiato, ditongo; (C) Hiato, ditongo, hiato; (D) Ditongo, hiato, hiato; (E) Hiato, hiato, hiato. 35. Analise o verso “Te esperarei com mafuás novenas cavalhadas” (verso 27) e marque a opção correta: (A) Segundo a norma culta da língua portuguesa, a colocação do pronome “te” esta errada, pois não se pode começar oração com pronome obliquo; (B) A colocação do pronome “te” só estaria correta, de acordo com a norma culta da língua portuguesa, da seguinte forma: “Esperarei-te com mafuás novenas cavalhadas”; (C) Estando o verbo no futuro do presente, estaria errada a colocação do pronome “te” da seguinte forma: “Esperarte-ei com mafuás novenas cavalhadas”. (D) Em se tratando de uma poesia escrita por um poeta consagrado, como Manuel Bandeira, e preciso necessariamente seguir a norma culta da língua portuguesa; (E) A forma mais aceitável quanto a colocação do pronome “te”, levando em consideração que se trata de uma poesia, e a seguinte: “Esperar-te-ia com mafuás novenas cavalhadas”, visto que o verbo esta no futuro do pretérito.
  15. 15. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 15 TEXTO (para as questões de 36 a 40.) “Temos de acelerar o passo” (Trecho de entrevista concedida pelo matemático brasileiro Jacob Palis à Revista Veja ) 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 Veja: Como tornar as aulas mais atraentes e eficazes? Jacob: A experiência das melhores escolas, no Brasil e no exterior, mostra que uma boa aula pressupõe desafiar os estudantes o tempo todo, de modo que eles sejam expostos a problemas cada vez mais complexos e estimulantes intelectualmente – o avesso do decoreba. Apenas num ambiente assim se abre o espaço necessário para a inventividade. O problema é que muita gente no Brasil ainda resiste a essas ideias. Dizem que os grandes desafios causam pressão sobre estudantes tão jovens e aguçam a competitividade. Mas por que se opor à competitividade no ambiente escolar? Não faz sentido. Precisamos, repito, criar mecanismos para rastrear os talentos precoces para as ciências e dar-lhes todas as oportunidades e incentivos, como ocorre, há mais de um século, no mundo desenvolvido. É tarefa que demanda persistência, mas deve ser levada a cabo. Sem isso, um país não tem como almejar aparecer entre os melhores nos rankings de produção científica e de inovação. Estamos falando de uma condição básica para equacionar o déficit de cérebros brasileiros voltados para a pesquisa científica. (Revista Veja, Editora Abril, edição 2217 – ano 44 – nº 20, 18 de maio de 2011 (Páginas amarelas). Entrevista concedida às jornalistas Monica Weinberg e Roberta de Abreu Lima) 36. Das palavras de Jacob Palis, infere-se que ele considera que: (A) no Brasil não há boas escolas; (B) o “decoreba” não estimula, nem proporciona a “inventividade”; (C) a competitividade entre os jovens só deve ser estimulada se não for nociva ao seu desenvolvimento intelectual; (D) os “talentos precoces” manifestam-se sem interferência de professor; (E) o ambiente escolar é impróprio para os desafios em virtude da pressão que eles podem causar aos estudantes.
  16. 16. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 16 37. A relação sintática que se estabelece entre “resiste” e “a essas ideias” (l. 07) é a mesma que se verifica entre: (A) “se abre” e “o espaço” (l. 05-06); (B) “causam” e “pressão” (l. 07); (C) “aguçam” e “a competitividade” (l. 08); (D) “dar” e “lhes” (l. 10); (E) “rastrear” e “os talentos precoces” (l. 10). 38. Em: “Precisamos, repito, criar mecanismos para rastrear os talentos precoces para as ciências ...” (l. 08-09), a palavra destacada confere ao contexto o sentido de: (A) interpelar; (B) definir; (C) procurar; (D) perseguir; (E) indagar. Considere o excerto para responder às questões 39 e 40. “Dizem que os grandes desafios causam pressão sobre estudantes tão jovens e aguçam a competitividade” (l. 07-08) 39. Acerca da concordância verbal, assinale a opção CORRETA. (A) “Dizem” concorda com “grandes desafios”. (B) “causam” e “aguçam” concordam com “os grandes desafios”. (C) “Dizem” concorda com “estudantes”. (D) “causam” concorda com “estudantes”. (E) “Dizem” concorda com “pressão”. 40. O sujeito do verbo “dizem” é: (A) Os grandes desafios; (B) Composto; (C) Trata-se de um caso de oração sem sujeito; (D) Indeterminado; (E) Simples.
  17. 17. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 17 QUESTÕES DE DIDÁTICA 41. A Didática constitui disciplina essencial nos processos de formação de professores, notadamente articulando o saber, o saber-ser e o saber-fazer. No contexto dessa análise, pode-se afirmar CORRETAMENTE, acerca da concepção tradicional de Didática que: (A) refere-se a um conjunto de procedimentos universais relativos à docência; (B) afirma a neutralidade científica do método, a preocupação com os meios desvinculados dos fins e do contexto; (C) caracteriza-se por transcender métodos e técnicas de ensino, buscando articular escola/sociedade; (D) compreende uma doutrina da instrução, revelando-se como um conjunto de normas prescritivas centradas no método; (E) caracteriza-se por estabelecer métodos e técnicas de educação desvinculados dos princípios educacionais. 42. A Didática é uma disciplina pedagógica que estuda o ensino, o método mais adequado para transmissão/assimilação de conhecimentos pelos alunos. Diante do enunciado, analise os itens abaixo e marque a alternativa que corresponde ao(s) item(ns) CORRETO(S). I. A Didática investiga as condições e formas que vigoram no ensino e, ao mesmo tempo, os fatos reais (sociais, políticos, culturais psicossociais); II. O currículo expressa os conteúdos da instrução, não materiais de cada grave processo do ensino; III. A didática é uma disciplina independente que não necessita de outras disciplinas; IV. O ensino consiste no planejamento, organização, direção e avaliação da atividade didática; V. Todas as sentenças estão corretas. (A) Somente I e II (B) Somente I, II e IV (C) Somente I e III (D) Somente V e II (E) Somente I
  18. 18. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 18 43. Para diferentes pesquisadores de Didática, existem divergências sobre o seu objeto de estudo. Para Candau (2008), é objeto da Didática: (A) A aprendizagem; (B) O ensino e a pesquisa; (C) O processo ensino-aprendizagem; (D) O ensino e o planejamento; (E) A aula e seus desdobramentos. 44. Na perspectiva de uma Didática fundamental que assume a multidimensionalidade do processo de ensino aprendizagem, qual(s) a (s) dimensão(ões) da Didática: (A) Ideológica; (B) Humana, técnica e política; (C) Técnica; (D) Interacionista; (E) Ideológica e política. 45. A que tipo de escola se enquadra a Didática que oferece menos atenção aos conhecimentos sistematizados, valorizando mais o processo da aprendizagem e os meios que possibilitam o desenvolvimento das capacidades e habilidades intelectuais dos alunos? (A) Tradicional; (B) Tecnicista; (C) Escolanovista; (D) Crítica; (E) Moderna. 46. O processo de seleção dos conteúdos deve ocorrer de forma sistemática e criteriosa, contribuindo para que as experiências de ensino/aprendizagem sejam significativas. A partir dessa concepção, pode-se afirmar CORRETAMENTE, que se constituem em critérios de seleção de conteúdos de ensino, EXCETO: (A) flexibilidade; (B) utilidade; (C) significação; (D) afetividade; (E) solidariedade.
  19. 19. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 19 47. A avaliação é inerente ao trabalho docente, devendo caracterizar-se como atividade didática contínua, fornecendo subsídios para o acompanhamento do processo ensino-aprendizagem. Nesta acepção, pode-se identificar, CORRETAMENTE, como características da avaliação: I. reflete a unidade objetivos/conteúdos/métodos; II. fornece subsídios para a revisão do plano de ensino; III. constata desempenhos através de testes objetivos; IV. possibilita a autopercepção do professor acerca de sua prática. A respeito das afirmações constantes dos itens I a IV, a alternativa CORRETA é: (A) Apenas as afirmações constantes dos itens I, II e IV estão corretas. (B) Apenas as afirmações constantes dos itens I, III e IV estão corretas. (C) Apenas as afirmações constantes dos itens II, III e IV estão corretas. (D) Apenas as afirmações constantes dos itens I, II e III estão corretas. (E) Apenas as afirmações constantes dos itens I e III estão corretas. 48. A definição de objetivos de ensino, gerais ou específicos, é essencial no processo de organização e de desenvolvimento do trabalho docente. Pode-se afirmar, CORRETAMENTE, que os objetivos específicos referem-se a proposições: (A) claras a serem alcançadas em curto prazo de tempo; (B) abrangentes e vagas, alcançáveis a longo prazo; (C) comportamentais, alcançáveis a longo prazo; (D) de domínio afetivo a serem alcançados a médio prazo; (E) vagas e comportamentais, alcançáveis a médio prazo. 49. O trabalho docente, particularmente, em relação à gestão pedagógica do conteúdo, requer do professor, conforme a natureza do conteúdo a ser ensinado, a seleção criteriosa de métodos e de técnicas para desenvolvimento efetivo do ensinar/aprender. Neste aspecto, pode-se afirmar, CORRETAMENTE, a cerca da exposição dialogada: (A) é restrita e, desse modo, sua utilização deverá ser evitada; (B) mobiliza o professor para assumir uma posição dominante na aula; (C) baseia-se somente no trabalho expositivo do professor; (D) estimula o aluno a manter-se passivo e receptivo; (E) pauta-se na atividade reflexiva e na participação dos alunos.
  20. 20. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 20 50. De acordo com Libâneo (1992) o planejamento escolar é uma tarefa docente que inclui a previsão das atividades didáticas em termos de uma organização e coordenação em face dos objetivos propostos. Então, com base no enunciado, quais as modalidades de planejamento? (A) Plano didático e plano estratégico; (B) Plano escolar e plano de aula; (C) Plano pedagógico e plano de ensino; (D) Plano da escola, plano de ensino e plano de aula; (E) Todas as alternativas estão corretas; 51. O planejamento tem caráter processual. Nesse sentido, o projeto politico- curricular é avaliado ao longo do ano letivo para verificar se as ações estão correspondendo ao que foi previsto, adotando medidas como: (A) verificar se as metas precisam ser alteradas em função de fatos inesperados; (B) corrigir desvios; (C) tomar novas decisões; (D) replanejamento das ações; (E) todas as alternativas estão corretas. 52. Segundo José Carlos Libâneo, a primeira condição para se realizar um planejamento é ter segurança sobre a (A) grade de conteúdos que se irá ensinar aos alunos. (B) metodologia de trabalho a ser adotada em sala de aula. (C) organização disciplinar de cada série e o perfil dos professores. (D) direção que se quer dar ao processo educativo na nossa sociedade. (E) noção do que é plano, planejamento, programa , projeto e suas etapas. 53. De acordo com Libâneo, (1992): As tendências pedagógicas são classificadas em dois grupos: de cunho liberal – Pedagogia Tradicional, Pedagogia Renovada e Tecnicista Educacional e as de cunho progressista que são: (A) Pedagogia Libertadora; Pedagogia crítica; (B) Pedagogia Libertadora; Pedagogia crítico-social dos conteúdos; (C) Pedagogia Libertadora; Pedagogia renovada; (D) Pedagogia crítico-social dos conteúdos; Pedagogia tecnicista; (E) Pedagogia Libertária; Pedagogia Libertadora.
  21. 21. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 21 54. De acordo com Libâneo (1992) a avaliação escolar cumpre três funções na sua operacionalização. Essas funções são: (A) pedagógica – didática, de diagnóstico e de controle; (B) pedagógico – didático, de formação e somativa; (C) somativa, qualitativa e seletiva; (D) diagnóstica, somativa e de controle; (E) de controle, somativa e formativa. 55. “Valoriza a educação não-formal. Os conteúdos aparecem sob a forma de ‘temas geradores’ e são extraídos da problematização da prática e da vida dos educandos. Os textos de leitura são redigidos pelos próprios alunos com a ajuda do professor” (Libâneo, In: HAYDT: 2006) O trecho acima se refere à tendência pedagógica (A) tradicional. (B) libertadora. (C) critico-social dos conteúdos. (D) não-diretiva. (E) renovada-progressiva. 56. Das muitas possíveis classificações dos conteúdos de aprendizagem, a distribuição ou agrupamento de conteúdos em três tipos, de acordo com aquilo que os alunos e alunas devem saber, saber fazer e ser (...), são um instrumento- chave para determinar, em primeiro lugar, as ideias subjacentes a qualquer intervenção pedagógica. (Antoni Zabala, 1997) Considerando a perspectiva construtiva expressa nesse trecho, podemos denominar os três tipos de conteúdo definidos acima, respectivamente, como (A) procedimentais, atitudinais e conceituais. (B) atitudinais, procedimentais e conceituais. (C) conceituais, procedimentais e atitudinais. (D) procedimentais, conceituais e atitudinais. (E) conceituais, atitudinais e procedimentais.
  22. 22. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 22 57. Na concepção piagetiana, a aprendizagem só ocorre (A) no intervalo entre o conhecimento real e o conhecimento potencial. (B) mediante um conjunto de estímulos e respostas. (C) mediante a interação entre os sujeitos. (D) mediante reforços positivos, negativos e punições. (E) mediante a consolidação das estruturas de pensamento. 58. De acordo com Silva (2008), utilizando a ideia central de Apple quanto ao currículo que expressa: “entender as formas complexas em que as tensões e contradições sociais, econômicas e políticas são medidas nas práticas concretas dos educadores” (Apple, 1982:1), as dimensões de currículos são: (A) dimensão normativa; dimensão ética; dimensão real; (B) dimensão normativa; dimensão do currículo oculto; dimensão real; (C) dimensão prescritiva; dimensão do currículo oculto; dimensão real; (D) dimensão prescritiva; dimensão real; dimensão do currículo oculto; (E) todas as alternativas estão corretas. 59. O Projeto Pedagógico, pensado como instrumento de democratização da escola, postula a necessidade de estabelecimento de relações democráticas no contexto escolar, bem como indica a necessidade de se respeitar a diversidade de características dos atores envolvidos no processo educativo. Em relação ao referido projeto é CORRETO afirmar: I. desenvolve-se orientado por concepções de educação e de ensino; II. prevê como base para a atividade pedagógica os princípios tecnicistas; III. efetiva-se no cotidiano, estando em constante (re)construção; IV. prioriza as ações técnico-administrativas; V. articula princípios pedagógicos e administrativos. A respeito das afirmações constantes dos itens I a V, a alternativa CORRETA é: (A) Apenas as afirmações constantes dos itens I, III e V estão corretas. (B) Apenas as afirmações constantes dos itens I, II e III estão corretas. (C) Apenas as afirmações constantes dos itens I, II e IV estão corretas. (D) Apenas as afirmações constantes dos itens II, III e IV estão corretas. (E) Apenas as afirmações constantes dos itens I, II e V estão corretas.
  23. 23. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 23 60. Os estudos na área de educação mostram cada vez mais a importância da integração curricular. De acordo com Nogueira ( 2001), a ideia de um currículo sem fronteiras, no qual a integração das disciplinas chegou a um nível em que é impossível identificar onde se inicia e onde se encerra uma disciplina refere-se a (A) multidisciplinaridade. (B) pluridisciplinaridade. (C) transdisciplinaridade. (D) interdisciplinaridade. (E) disciplinaridade. 61. Os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) explicitam orientações no que concerne a avaliação escolar. De acordo com os PCN a avaliação é compreendida, CORRETAMENTE, como elemento de, EXCETO: (A) orientação da intervenção pedagógica para dinamizar o ensino; (B) classificação do educando, segundo seus avanços e dificuldades; (C) integração entre os processos de ensino e de aprendizagem; (D) reflexão contínua sobre a prática educativa do professor; (E) orientação do educando, segundo seus avanços e dificuldades. 62. Nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNS), do Ensino Fundamental, estão definidos em termos de capacidades relativas aos aspectos cognitivo, afetivo, físico, ético, estético de inter-relação pessoal e de inserção social (A) os objetivos educacionais. (B) os planos de curso dos professores. (C) a proposta pedagógica a ser elaborada pela escola. (D) os procedimentos metodológicos da área de matemática. (E) os critérios de avaliação educacional. 63. O Plano de Desenvolvimento da Escola (PDE), instrumento de gestão, objetiva a orientação das escolas no que concerne ao planejamento, à execução e à avaliação das atividades da instituição escolar. Nesta perspectiva, é CORRETO afirmar que o PDE deve ser elaborado: (A) de maneira participativa por uma equipe técnica da escola; (B) coletivamente, sob a responsabilidade da supervisão escolar; (C) de modo participativo por toda comunidade escolar; (D) coletivamente, somente pelos professores; (E) coletivamente, apenas pelos técnicos educacionais.
  24. 24. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 24 64. Analisando como se institui uma política curricular, podemos evidenciar que o currículo se compõe pela construção de ________________ e de _______________ culturais. Assinale a opção que preenche CORRETAMENTE as lacunas do enunciado. (A) Metas – prescrições; (B) Significados – metas; (C) Normas – prescrições; (D) Significados – valores; (E) Valores – normas. 65. Quando os professores de uma escola são convidados a pensar a elaboração do currículo no espaço escolar, considerando os componentes do currículo como sendo: O que ensinar – Quando ensinar − Como ensinar podemos afirmar que tal elaboração conjunta pode propiciar a construção de conhecimento no âmbito da escola. Os componentes curriculares – o quê, como e quando – são impulsionadores de discussões importantes, respectivamente, no âmbito da (A) sequenciação, didatização, e seleção dos conteúdos. (B) metodologia, problematização e sequenciação dos conteúdos. (C) seleção, didatização e metodologia dos conteúdos. (D) seleção, metodologia e sequenciação dos conteúdos. (E) problematização, sequenciação e metodologia dos conteúdos. 66. Dentre as várias finalidades do planejamento, pode-se dizer que ele é um instrumento de transformação da realidade que pode ajudar a prever e superar dificuldades fortalecendo o grupo, para enfrentar conflitos e contradições. Assim é correto afirmar que o planejamento é (A) o produto de uma reflexão e tomada de decisão, que como tal, é explicitada em forma de registro. (B) a elaboração do plano de medição, da intervenção na realidade. (C) a sistematização da proposta geral de trabalho do professor. (D) um processo contínuo e dinâmico, de reflexão, tomada de decisão, colocação em prática e acompanhamento. (E) um elemento de organização e integração da atividade prática de uma instituição.
  25. 25. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 25 67. Perrenoud diferencia a avaliação formativa da avaliação de excelências e propõe mudanças no sistema de avaliação escolar. Segundo o autor, as mudanças propostas no sistema de avaliação (A) realizam questionamento mais amplo sobre as finalidades da escola e sua função na sociedade, pois expressam as contradições da escola. (B) permitem que se conheça a eficiência da pedagogia dos professores, por meios de provas padronizadas. (C) superam a noção de seleção – mal necessário – da escola. (D) agradam aos pais por serem mais equitativas, racionais e precisas. (E) apontam a avaliação exclusivamente como instrumento de controle do trabalho escolar e das atitude. 68. A avaliação escolar deve ser um processo contínuo que deve ocorrer nos mais diferentes momentos do trabalho docente, tendo por principais instrumentos de avaliação: (A) observação e questionário; (B) questionário e entrevista; (C) entrevista e diário de bordo; (D) questionário e entrevista; (E) observação e entrevista; 69. A educação é fundamental para hominização, socialização e humanização do homem e para a consequente convivência com seus semelhantes. Neste sentido, pode-se afirmar que a única alternativa CORRETA é aquela que a caracteriza (a educação) como um processo que dura a vida toda: (A) e restringe-se a mera continuidade da transmissão de conhecimento de uma geração para outra; (B) mantendo a mera transmissão de conhecimentos e tradições de geração a geração; (C) e não se restringe a mera transmissão de conhecimentos e continuidade de tradição, mas supõe possibilidades de rupturas; (D) mantendo a mera transmissão de conhecimentos, mas supõe possibilidades de rupturas; (E) admitindo possibilidades de rupturas, mas restringe-se a mera transmissão de conhecimentos e continuidade da tradição.
  26. 26. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 26 70. A escola deve ser um dos principais locus de aprendizagem e de apropriação/produção do conhecimento sistematizado. Nesse sentido, a contribuição da escola para a democratização do ensino escolar está expresso, principalmente, em: (A) trabalhar a partir dos interesses que o aluno apresenta; (B) expandir a educação para todos por intermédio de conteúdos universais; (C) compreender os aspectos sociais como extensão de cada indivíduo; (D) preparar intelectual e moralmente, ao aluno; (E) estabelecer mecanismos de mudança para transformação da sociedade. 71. Um aspecto da vida social que deve receber especial atenção dos educadores no contexto da ação docente é a educação política. Desse modo, é CORRETO afirmar que a educação política é um processo e deve ser promovida especificamente por meio de: (A) exercício esporádico do voto; (B) participação nos eventos cívicos; (C) exercício diário dos direitos e deveres; (D) participação nas festividades escolares; (E) aulas específicas sobre civismo e cidadania. 72. Na sociedade brasileira contemporânea, denominada da informação e do conhecimento, pensar a educação escolar é necessário compreender a escola, prioritariamente, como: (A) instrumento que visa o preparo de recursos humanos; (B) agência formadora de mão-de-obra para os setores produtivos; (C) espaço de preparação do homem para o exercício de funções produtivas nas empresas; (D) lugar de preparação do homem para ser consumidor competente no mercado. (E) lugar de formação do educando como homem e como cidadão; 73. São conhecidas como as principais Teorias de Aprendizagem: (A) Socialista, Expressionista, Intimista e Psicomotora. (B) Cognitiva, Linguística e Psicomotora. (C) Afetiva, Cognitiva e Avaliativa. (D) Comportamentalista, Cognitiva, Afetiva e Psicomotora. (E) Psicomotora, Psicológica, Humanizadora e Construtivista.
  27. 27. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 27 74. No ensino, qualquer decisão é o resultado consciente ou inconsciente do papel que se atribui ao sistema educativo. Essa função social corresponde à concepção que se tem sobre o tipo de pessoa que se quer formar e, como consequência, do modo de sociedade que se deseja. Segundo Antoni Zabala, no ensino as disciplinas (A) não são finalidades, mas os meios para compreender a realidade e intervir nela. (B) são necessárias, dada a multiplicidade de conhecimentos existentes e a função social que estes representam. (C) têm a função de possibilitar a seleção dos conteúdos e a maneira de organizá-los de acordo com a realidade da comunidade escolar. (D) precisam ter a finalidade de propiciar uma aprendizagem significativa, de acordo com a necessidade do aluno. (E) têm por fim a organização dos conteúdos globalizadores que possibilitem a formação geral e cidadã do aluno. 75. Um dos saberes necessários à prática educativa, apontados por Paulo Freire (1996), está a exigência da reflexão crítica do educador sobre a prática que ele vivencia em sala de aula. Isso significa que a prática docente envolve, segundo o autor, (A) a preparação dos conteúdos a serem transmitidos na prática. (B) o movimento dinâmico entre o fazer e o pensar sobre o fazer. (C) o saber já adquirido pela prática a ser passado para os alunos. (D) a aplicação de uma teoria educacional na prática cotidiana. (E) a avaliação sobre o fazer pedagógico de cada dia. 76. Para Gil (2000), o professor ao elaborar seu plano de ensino, deve utilizar critérios para seleção dos conteúdos de ensino. Sendo eles: (A) flexibilidade, adequação ao nível dos alunos. (B) ordenação, flexibilidade e adequação ao nível cognitivo dos alunos. (C) ordenação, flexibilidade de acordo com a necessidade dos alunos. (D) flexibilidade, adaptação e ordenação. (E) adequação com o nível dos alunos, flexibilidade, significação referente às experiências pessoais dos alunos.
  28. 28. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 28 77. Para Edgar Morin, a educação do futuro, em qualquer cultura e em qualquer sociedade, deve envolver alguns saberes que ele considera como fundamentais. Entre esses saberes está o de ensinar a ensinar a enfrentar a incerteza, o que significa partir da visão de que (A) o futuro é repetitivo e progressivo e, por isso, pode ser previsto com a ajuda de análises histórico-econômico-sociais. (B) a época em que vivemos se caracteriza por mudanças, por valores ambivalentes e por ligação entre tudo o que existe. (C) o tempo obedece a ciclos decorrentes de transformações provocadas pelo homem na busca de antecipar o futuro. (D) a história é linear e avança sem desvios por meio de progressões e regressões complexas e ordenadas. (E) a vida passa por crises sem que a humanidade se afaste da religiosidade e da ciência. 78. Segundo Luckesi (2008), o planejamento escolar define os resultados e os meios a serem atingidos; sua execução constrói os resultados; e a avaliação serve de instrumento de verificação dos resultados planejados que estão sendo obtidos, e serve, também, para fundamentar decisões e mudanças que devem ser tomadas para que os resultados esperados sejam construídos. A avaliação escolar é, pois, uma atividade estritamente articulada com a execução, com a prática pedagógica. Nessa perspectiva, a avaliação escolar deve ter alguns aspectos. Analise os que estão listados abaixo. I. servir como diagnóstico II. ser instrumento auxiliar da melhoria dos resultados III. permitir a tomada de decisões e reencaminhamentos IV. ser utilizada, principalmente, de forma classificatória V. auxiliar a construção de resultados Os aspectos necessários na avaliação escolar são: (A) I, II, III, IV (B) I, II, III, V (C) II, III, IV, V (D) I, III, IV, V (E) I, II, IV, V
  29. 29. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 29 79. Segundo Veiga (1995), o projeto político-pedagógico (PPP) da escola vai além de um simples agrupamento de planos de ensino. É uma ação intencional com sentido explícito e compromisso definido coletivamente. Assim, político e pedagógico têm uma significação indissociável: político por estar intimamente articulado com os interesses reais e coletivos da população e pedagógico por definir as ações necessárias ao cumprimento da intencionalidade educativa. Nesse sentido, o PPP é um (A) processo permanente de reflexão e discussão dos problemas da escola na busca de alternativas viáveis à efetivação de seus fins e instaurador de meios democráticos de decisão. (B) processo descritivo constituído pela escola na busca de estimular as relações competitivas ou corporativas como forma de organização do trabalho pedagógico competente. (C) processo burocrático que visa ao arranjo formal da escola para garantir a meta quantitativa de acesso global e de desempenho satisfatório de todos. (D) processo eventual a ser implementado e consolidado na escola por se tratar de uma exigência da legislação educacional brasileira. 80. O projeto político pedagógico diz respeito à organização do trabalho pedagógico em dois níveis: a organização da escola e a organização da sala de aula. Nesta perspectiva, Projeto Político Pedagógico é (A) uma ferramenta fundamental para o poder público controlar as propostas pedagógicas de cada unidade escolar. (B) uma proposta que objetiva o gerenciamento da programação escolar e das atividades pedagógicas do ano letivo. (C) um instrumento jurídico que articula no interior da escola o processo de autonomia institucional. (D) o plano global da instituição no qual o planejamento participativo define o tipo de ação educativa a se realizar. (E) um importante documento do sistema de ensino capaz de promover nas instituições escolares atividades didáticas uniformizadas. 81. Para Andy Hargreaves, ensinar para além da sociedade do conhecimento significa a exigência de professores que trabalhem (A) em grupos cooperativos de longo prazo, seguros para enfrentar o dissenso. (B) em equipes, em processos permanentes de reformas. (C) para construir novos e melhores conhecimentos entre as gerações. (D) de forma competitiva, preparados para as adversidades do mercado. (E) com o comportamento emocional dos alunos, assegurando seu desenvolvimento.
  30. 30. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 30 82. A família tem sua participação, na escola, bastante restrita. Ela poderia atuar mais ampla e efetivamente, de forma crítica, se ocupasse outros espaços como (A) colaboração com manutenção do prédio e festas escolares. (B) anuência às orientações dadas pelos especialistas da escola para a educação adequada dos seus filhos. (C) co-gestão pela participação em conselhos de escola e na elaboração do projeto político pedagógico da escola. (D) participação nas reuniões de pais promovidas pela escola para acompanhar os progressos de seu filho nos estudos. (E) ajuda nas lições de casa e reforço com atividades mais incisivas diante da indisciplina de seus filhos na escola. 83. Uma escola que tem compromisso com o processo de desenvolvimento de seus alunos e a permanência deles na instituição toma a avaliação de aprendizagem com a função de (A) promover o aluno de acordo com o desenvolvimento intelectual e atitudinal. (B) classificar conforme a capacidade cognitiva apresentada pelo aluno. (C) diagnosticar e proporcionar o avanço da aquisição de conhecimento. (D) medir o desempenho para possibilitar a continuidade dos estudos. (E) averiguar o desempenho mental, social e afetivo do aluno. 84. A Lei Nº 11.494, de 20/06/2007, que regulamenta o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação institui Fundos de natureza contábil em cada Estado e no Distrito Federal. Em seu artigo 2º estabelece que estes Fundos se destinam ESPECIFICAMENTE à manutenção e ao desenvolvimento da: (A) educação fundamental e valorização do magistério e de técnicos educacionais; (B) escola básica pública e formação de professores e de trabalhadores em educação; (C) educação básica pública e à valorização dos trabalhadores em educação; (D) educação escolar pública e qualificação de docentes e de técnicos educacionais; (E) educação escolar privada e formação profissional de seus professores e funcionários.
  31. 31. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 31 85. A expansão dos meios de acesso a educação básica constitui um dos objetivos das políticas públicas para a educação no Brasil. Dentre as ações abaixo, assinale a que NÃO contribui para o alcance deste objetivo é: (A) falta de apoio à educação infantil; (B) estímulo à formação continuada dos professores; (C) aumento da oferta de educação de jovens e adultos; (D) implementação de programas de educação aberta e a distância; (E) incentivo à utilização das novas tecnologias de informação e comunicação. 86. Para a gestão democrática das verbas destinadas à educação, como expõe Brzezinski (2003), há necessidade de substituir o autoritarismo, o clientelismo e os desvios, pelas formas que seguem: I. Racionalidade e planejamento no uso do recurso. II. Acompanhamento fiscal da sociedade. III. Autoritarismo no gerenciamento das verbas. IV. Valorização da autonomia da escola. (A) As alternativas I, II e IV estão corretas. (B) Somente a alternativa III está correta. (C) Somente a alternativa IV está correta. (D) Somente a alternativa II está correta. (E) Todas as alternativas estão corretas. 87. A avaliação da aprendizagem escolar é um elemento do processo de ensino e de aprendizagem. Dessa forma, a avaliação tanto serve para avaliar a aprendizagem dos alunos quanto o ensino desenvolvido pelo professor. Numa perspectiva emancipatória, que parte dos princípios da autoavaliação e da formação, podemos afirmar que (A) os alunos também devem participar dos critérios que servirão de base para a avaliação de sua aprendizagem. (B) os professores devem utilizar a avaliação como um mecanismo de seleção para o processo de ensino. (C) alunos e professores devem compartilhar dos mesmos critérios que possam classificar as aprendizagens corretas. (D) os alunos também devem registrar o processo de avaliação que servirá para disciplinar o espaço da sala de aula. (E) alunos e professores devem participar do processo de avaliação para criar mecanismos seletivos e classificatórios.
  32. 32. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 32 QUESTÕES DE FUNDAMENTOS LEGAIS E TEÓRICOS DA EDUCAÇÃO 88. O Art. 34, inciso VII, estabelece os percentuais das transferências orçamentárias da União para os Estados e destes para os Municípios e o Distrito Federal, que corresponde a: (A) 15% (B) 25% (C) 35% (D) 50% (E) 60% 89. A Constituição de 1988, especificamente, nos Arts. 205 a 214, oferece respaldo legal à Educação, a começar pelo art. 205, que apresenta as linhas mestres para os fins da educação, que são: (A) Qualificação tecnológica, preparo para o exercício da cidadania e educação ambiental; (B) Pleno desenvolvimento da pessoa e preparo para o exercício pleno da cidadania social; (C) Preparo para o exercício pleno da cidadania, qualificação para o trabalho e qualificação tecnológica; (D) Pleno desenvolvimento da pessoa, preparo para o exercício pleno da cidadania e qualificação para o trabalho; (E) Pleno desenvolvimento pessoal, profissional e social e capacitação tecnológica. 90. Para responder a esta questão, que possui apenas uma alternativa INCORRETA, analise a afirmação que segue, identificando-a. A Constituição da República Federativa do Brasil determina no seu art. 214, o estabelecimento do plano nacional de educação, de duração plurianual, com vistas a articular e desenvolver o ensino brasileiro nos diversos níveis, bem como integrar as ações do Poder Público, objetivando a: (A) qualificação dos professores; (B) erradicação do analfabetismo; (C) universalização do atendimento escolar; (D) melhoria da qualidade do ensino; (E) formação para o trabalho.
  33. 33. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 33 91. A partir da análise dos sete princípios estabelecidos no art. 206 da Constituição da República Federativa do Brasil, pode-se afirmar, CORRETAMENTE, que: “O ensino será ministrado ...” de forma que possibilite: I. igualdade de condições para o acesso e permanência na escola; II. oferta de ensino noturno regular, adequado às condições do educando; III. gratuidade do ensino público em estabelecimentos oficiais; IV. gestão democrática do ensino público, na forma da lei; V. garantia de padrão de qualidade; VI. o acesso ao ensino obrigatório e gratuito é direito público subjetivo; VII. atendimento educacional especializado aos portadores de deficiência, principalmente na rede regular de ensino. A respeito das afirmações constantes dos itens I a VII, marque a alternativa CORRETA. (A) Apenas as afirmações constantes dos itens I, III, IV e VI estão corretas. (B) Apenas as afirmações constantes dos itens I, II, IV e V estão corretas. (C) Apenas as afirmações constantes dos itens II, III, VI e VII estão corretas. (D) Apenas as afirmações constantes dos itens I, III, IV e V estão corretas. (E) Apenas as afirmações constantes dos itens II, III, V e VII estão corretas. 92. Conforme o prescrito no artigo 5.º da Constituição Federal, assinale a alternativa correta. (A) É livre a expressão da atividade intelectual, artística e científica, e dependendo de censura ou licença, a de comunicação. (B) É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias. (C) Todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao público, dependendo de autorização, podendo frustrar outra reunião anteriormente convocada para o mesmo local, após aviso prévio à autoridade competente. (D) A prática do racismo constitui crime inafiançável e prescritível em vinte anos, sujeito à pena de detenção, nos termos da lei. (E) Aos autores pertence o direito exclusivo de utilização, publicação ou reprodução de suas obras, intransmissível aos herdeiros a qualquer tempo.
  34. 34. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 34 93. O artigo 6º da Constituição Federal/1988 trata: (A) dos direitos sociais a educação e a saúde, moradia, lazer, segurança, previdência, proteção à maternidade e a infância. (B) dos direitos dos professores da zona rural e urbana, com vistas à melhoria de sua condição social. (C) do piso salarial dos professores do ensino fundamental e médio. (D) da renumeração diferenciada dos professores da educação especial. (E) duração do trabalho e do tempo de serviço dos professores. 94. A Constituição da República Federal do Brasil pode ser definida como: (A) documento dispensável no ordenamento jurídico brasileiro. (B) a lei que organiza o sistema educacional brasileiro. (C) parâmetro de validade para as demais espécies normativas do ordenamento jurídico. (D) único instrumento legal que trata do financiamento da educação. (E) nenhuma das alternativas está correta. 95. A Constituição Federal em seu artigo 205 diz que “ A educação, direito de todos e dever ...................................................., será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho”. Assinale a alternativa que completa corretamente e respectivamente os pontilhados acima. (A) da família e do Estado. (B) do Estado e da família. (C) da sociedade, da família e do Estado. (D) dos pais e dos Municípios brasileiros. (E) dos municípios e da comunidade escolar.
  35. 35. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 35 96. O artigo 206.º da Constituição Federal versa sobre os princípios nos quais o ensino deve ser ministrado. Com relação ao tema, considere as seguintes informações: I. igualdade de condições para o acesso e permanência na escola; II. liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento, a arte e o saber; III. pluralismo de ideias e de concepções pedagógicas, e coexistência de instituições públicas e privadas de ensino; IV. gratuidade do ensino público em estabelecimentos oficiais; V. valorização dos profissionais da educação escolar, garantidos, na forma da lei, planos de carreira, com ingresso exclusivamente por concurso público de provas e títulos, aos das redes públicas. Em relação aos princípios base do ensino nacional, está de acordo com a letra da lei o contido em (A) I, apenas. (B) I e II, apenas. (C) II, III e V, apenas. (D) II, III, IV e V, apenas. (E) I, II, III, IV e V. 97. A Constituição Federal de 1988 estabelece alguns princípios básicos sobre a educação brasileira. Segundo o que determinam os artigos 207 a 210 dessa Constituição, (A) o ensino religioso terá matrícula facultativa e constituirá disciplina ministrada em período contrário àquele estabelecido para as aulas regulares nas escolas públicas de ensino fundamental. (B) o ensino fundamental terá matrícula facultativa e será ministrado em qualquer língua, desde que atenda à diversidade de alunos matriculados. (C) o ensino religioso terá matrícula obrigatória e constituirá disciplina dos horários normais das escolas públicas de ensino fundamental. (D) o ensino fundamental terá matrícula obrigatória e será ministrado em língua portuguesa, assegurada às comunidades indígenas também a utilização de suas línguas maternas e processos próprios de aprendizagem. (E) a oferta do ensino religioso pelas escolas é facultativa, sendo que, quando oferecido, deve ter matrícula obrigatória para os alunos da educação básica.
  36. 36. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 36 98. O dever do Estado para com a educação, nos termos do artigo 208, da Constituição da República Federativa do Brasil, será efetivado mediante a garantia de: I. oferta do ensino noturno regular, adequado à condições do educando. II. atendimento ao educando através de programas suplementares de material didático-escolar, transporte, alimentação e assistência à saúde. III. atendimento educacional e psicológico especializado aos que não conseguirem aprender na idade própria. É correto o que se afirma APENAS em (A) I (B) II (C) III (D) I e II (E) I e III 99. O ensino é livre à iniciativa privada, de acordo com a Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, em seu artigo 209, atendidas as seguintes condições: (A) cumprimento de normas gerais da Educação Nacional e apresentação de recursos financeiros para manutenção da rede privada. (B) atuação em áreas não atendidas totalmente pelo Poder Público, autorização e avaliação da qualidade por autoridade da Educação Nacional. (C) cumprimento das normas gerais da Educação Nacional e autorização e avaliação da qualidade pelo Poder Público. (D) apresentação dos recursos financeiros para manutenção da educação e avaliação da qualidade pelo Poder Público. (E) avaliação da qualidade pela comunidade e atendimento educacional em áreas de risco. 100. A Constituição Federal de 1988, em seu artigo 210, afirma a necessidade e a obrigação de o Estado fixar “conteúdos mínimos para o Ensino Fundamental, de maneira a assegurar formação básica comum e respeito aos valores culturais e artísticos, nacionais e regionais”. Essa determinação legal deu origem: (A) às avaliações do Saeb. (B) aos projetos pedagógicos das escolas. (C) à Base Comum Nacional. (D) ao Plano Nacional de Educação. (E) aos Parâmetros Curriculares Nacionais.
  37. 37. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 37 101. A Constituição Federal, no Artigo 211 e parágrafos 1.°, 2.°, 3.° e 4.°, estabelece a organização e competências da União, Estados, Distrito Federal e Municípios em relação aos sistemas de ensino. Dessa forma, a Constituição Federal determina, prioritariamente, a atuação dos (A) Estados e Distrito Federal, no Ensino Fundamental e Médio. (B) Estados e Municípios, no Ensino Fundamental e na Educação Infantil. (C) Municípios, apenas no Ensino Fundamental e Médio. (D) Estados e Municípios, no Ensino Fundamental e Médio. (E) Municípios e Distrito Federal, na Educação Infantil e Ensino Médio. 102. O artigo 214.º da Constituição Federal de 1988 versa sobre o plano nacional de educação, com duração de dez anos, com o objetivo de (A) erradicação do analfabetismo, estabelecimento de meta de aplicação de recursos públicos em educação como proporção do produto interno bruto, igualdade de condições para o acesso e permanência na escola, pluralismo de ideias e de concepções pedagógicas. (B) articular o sistema nacional de educação em regime de colaboração e definir diretrizes, objetivos, metas e estratégias de implementação para assegurar a manutenção e desenvolvimento do ensino em seus diversos níveis, etapas e modalidades. (C) universalização do atendimento escolar, respeito à liberdade e apreço à tolerância, coexistência de instituições públicas e privadas de ensino, gratuidade do ensino público em estabelecimentos oficiais e valorização do profissional da educação escolar. (D) melhoria da qualidade do ensino, garantia de padrão de qualidade, valorização da experiência extraescolar, vinculação entre a educação escolar, o trabalho e as práticas sociais, ensino fundamental, obrigatório e gratuito, inclusive para os que a ele não tiveram acesso na idade própria. (E) formação para o trabalho; promoção humanística, científica e tecnológica do País; atendimento educacional especializado gratuito aos educandos com necessidades especiais, preferencialmente na rede regular de ensino; atendimento gratuito em creches e pré-escolas às crianças de zero a seis anos de idade. 103. Segundo a LDB, o regime de progressão continuada nas escolas é: (A) obrigatório em todas as redes de ensino. (B) obrigatório na educação mantida pelos estados. (C) optativo, desde que os sistemas assim o definam. (D) optativo, de acordo com a definição dos estabelecimentos escolares. (E) obrigatório nos sistemas oficiais e optativo no sistema particular de ensino.
  38. 38. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 38 104. De acordo com a Lei 9.394/96, o ensino será ministrado com base nos seguintes princípios, exceto, (A) pluralismo de ideias e de concepções pedagógicas; (B) respeito à liberdade e apreço a tolerância; (C) igualdade de condições para o acesso e permanência na escola; (D) garantia de padrão de quantidade; (E) valorização da experiência extra-escolar. 105. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei Nº 9.394/96) ao tratar da composição dos níveis escolares define que a educação básica será formada, CORRETAMENTE, por: (A) ensino fundamental, ensino médio e educação superior; (B) educação infantil, ensino fundamental e ensino médio; (C) ensino fundamental, ensino médio e ensino profissionalizante; (D) ensino médio e ensino profissionalizante e educação superior; (E) ensino infantil, educação fundamental e ensino profissionalizante. 106. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei Nº 9.394/96) ao referir-se à organização da educação nacional define que os docentes incumbir-se-ão de, EXCETO: (A) participar da elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento de ensino; (B) estabelecer estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento; (C) colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade; (D) assegurar o cumprimento dos dias letivos e horas-aula estabelecidas; (E) participar do planejamento escolar e elaborar seus planos de aulas. 107. De acordo com a LDB no capítulo II, referente à Educação Básica, o calendário escolar deverá adequar-se às peculiaridades locais, inclusive, (A) às dificuldades pessoais dos discentes. (B) às situações de greve. (C) às situações climáticas e econômicas. (D) às situações pessoais dos docentes. (E) às situações econômicas, reduzindo o número de horas letivas previstas nesta lei.
  39. 39. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 39 108. Segundo o disposto na Lei n.º 9.394/96, Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional - LDB, todo professor deve (A) propiciar aos seus alunos atividades escolares vinculadas ao trabalho e às práticas sociais. (B) solicitar às famílias dos educandos a contribuição voluntária em dinheiro para o fortalecimento da Associação de Pais e Mestres da Escola. (C) garantir vaga na escola pública mais próxima da residência do aluno. (D) levar ao conhecimento do diretor da escola, para as providências cabíveis, qualquer caso de indisciplina de aluno. (E) zelar pela aprendizagem dos alunos, especialmente daqueles que demonstrem maior interesse e empenho. 109. Prover meios para a recuperação dos alunos de menor rendimento é uma incumbência, segundo a LDBEN nº 9.394/96, dos (A) pais ou responsáveis. (B) estados. (C) docentes. (D) municípios. (E) estabelecimentos de ensino. 110. Segundo o art. 27 da LDB, os conteúdos curriculares da educação básica observarão às seguintes diretrizes: I. a difusão de valores fundamentais ao interesse social , aos direitos e deveres dos cidadãos, de respeito ao bem comum e à ordem democrática; II. consideração das condições de escolaridade dos alunos em cada estabelecimento; III. promoção do desporto educacional e apoio às práticas desportivas não- formais; IV. orientação para o trabalho em equipe e espírito de liderança. Está correta o que se afirma apenas em (A) I e II. (B) III e IV. (C) I, II e III. (D) II, III e IV. (E) I, II, III e IV.
  40. 40. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 40 111. Ao tratar da educação nacional a LDB 9.394/96, no artigo 13, define as incumbências de cada agente educativo no âmbito de sua respectiva competência. Corresponde a uma das incumbências atribuídas aos docentes: (A) Coletar, analisar e disseminar informações sobre educação. (B) Garantir o cumprimento da carga horária a ser ministrada. (C) Informar aos pais e responsáveis sobre frequência e o rendimento dos alunos. (D) Zelar pela aprendizagem dos alunos. (E) Criar processos de integração escola/ comunidade. 112. Para que jovens e adultos que não frequentaram a escola na idade apropriada tenham a oportunidade de prosseguimento de seus estudos, pode-se afirmar, CORRETAMENTE, que os incisos I e II do § 1º. do art. 38 a Lei n. 9.394/96, respectivamente, garante a participação em exames supletivos aos maiores de: (A) dezoito anos a fim de concluírem o ensino médio e maiores de quinze anos para conclusão do ensino fundamental; (B) dezoito anos a fim de concluírem o ensino fundamental e maiores de quinze anos para conclusão do ensino médio; (C) vinte e um anos a fim de concluírem o ensino médio e maiores de dezoito anos para conclusão do ensino fundamental; (D) vinte e um anos a fim de concluírem concomitantemente o ensino fundamental e o ensino médio; (E) quinze anos a fim de concluírem o ensino fundamental e maiores de dezoito anos para conclusão do ensino médio. 113. Assinale as principais características da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDBEN/96. (A) Indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão e genérica em suas proposições. (B) Respeito à autonomia acadêmica e dissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão. (C) Liberdade, flexibilidade e autonomia. (D) Autonomia, inflexibilidade e normativa. (E) Flexibilidade, democrática, genérica em suas proposições.
  41. 41. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 41 114. A sustentação filosófica de determinada ação docente fundamenta-se em princípios e/ou ideais. A atual LDB define dois pilares que devem constituir a base para a concretização da finalidade da educação nacional. Neste âmbito, pode-se afirmar, CORRETAMENTE, que as ações a serem empreendidas nesse sentido devem obrigatoriamente ter como inspiração os: (A) princípios de liberdade e os ideais de igualdade; (B) princípios de liberdade e os ideais de solidariedade humana; (C) ideais de solidariedade humana e os princípios de igualdade; (D) ideais de solidariedade humana e os ideais de igualdade; (E) princípios de igualdade e os ideais de solidariedade humana. 115. Nos termos do § 6.º do Art. 26 da LDB (Lei nº. 9.394/96), a __________ deverá ser conteúdo obrigatório, mas não exclusivo, do componente curricular. Assinale a alternativa que preenche corretamente a lacuna do texto. (A) música (B) educação física (C) língua estrangeira (D) educação religiosa (E) arte 116. Com relação às normas para os currículos da educação no Brasil, de acordo com a Lei n.º 9.394/1996, artigo 26, é correto afirmar que (A) o ensino da arte, especialmente em suas expressões regionais, constituirá componente curricular facultativo nos diversos níveis da educação básica. (B) o ensino da História do Brasil levará em conta as contribuições das diferentes culturas e etnias para a formação do povo brasileiro, especialmente das matrizes indígena, africana e asiática. (C) a música deverá ser conteúdo obrigatório e exclusivo do componente curricular que trata do ensino da arte, a fim de promover o desenvolvimento cultural dos alunos. (D) os currículos do ensino fundamental e médio devem incluir os princípios da proteção e defesa civil e a educação ambiental de forma integrada aos conteúdos obrigatórios. (E) a educação física, integrada à proposta pedagógica da escola, é componente curricular facultativo da educação básica, sendo sua prática obrigatória ao aluno.
  42. 42. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 42 117. O Projeto Pedagógico, segundo a LDB, deve ser definido, com autonomia (A) pelos estabelecimentos de ensino, de acordo com as regras dos sistemas de ensino. (B) pelos estabelecimentos de ensino, independentemente das regras dos sistemas de ensino. (C) pelas Secretarias de Educação para os estabelecimentos de ensino do país. (D) pelos Conselhos Estaduais de Educação para os estabelecimentos oficiais. (E) pelo Conselho Nacional de Educação para escolas públicas e particulares. 118. Segundo a LDB, a expedição de histórico escolar, declarações de conclusão de série e diplomas ou certificados de cursos da educação básica regular é de responsabilidade da (o): (A) Diretoria de Ensino. (B) Ministério da Educação. (C) Escola. (D) Secretaria da Educação. (E) Conselho Estadual de Educação. 119. Para atender ao artigo 12 da LDB (Lei no 9.394/96) , que incumbe a instituição de elaborar e executar sua proposta pedagógica, o gestor, tomando como norte os princípios da gestão democrática, tem o papel de (A) ouvir as equipes técnica e docente da escola e redigir um documento que contemple a pluralidade de posições nela existentes. (B) coordenar os diferentes atores da equipe escolar, buscando superar conflitos e garantir a convergência dos interesses dos vários segmentos. (C) selecionar adequadamente um profissional externo à instituição que possa de forma mais isenta elaborar e implementar uma proposta pedagógica. (D) informar-se com o órgão central sobre os encaminhamentos e regimentos comuns à rede em que a escola está inserida. (E) realizar uma eleição na qual a maioria escolha representantes que se responsabilizem pela elaboração da proposta a ser implementada por todos.
  43. 43. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 43 120. Quanto à manutenção e ao financiamento da educação, definidos nos artigos 69, 70 e 71 da LDB (Lei nº. 9.394/96), analise as seguintes afirmações, classificando-as em V (verdadeiro.) ou F (falsa). ( ) A União aplicará, anualmente, nunca menos de dezoito, e os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, vinte e cinco por cento, ou o que consta nas respectivas Constituições ou Leis Orgânicas da receita resultante de impostos, compreendidos as transferências constitucionais, na manutenção e desenvolvimento do ensino público. ( ) Não serão consideradas como despesas de manutenção e desenvolvimento do ensino as despesas com remuneração do pessoal administrativo, aquisição de merenda, materiais de escritório para escolas e materiais de limpeza. ( ) Não constituem despesas de manutenção e desenvolvimento de ensino aquelas realizadas com pesquisa, quando não vinculada às instituições de ensino, ou, os programas suplementares de alimentação, assistência médico-odontológica, psicológica e outras formas de assistência social. ( ) São despesas consideradas como manutenção e desenvolvimento de ensino as despesas com aquisição, manutenção e construção de escolas, levantamentos estatísticos, estudos e pesquisas visando precipuamente ao aprimoramento da qualidade e expansão do ensino. Assinale a alternativa que apresenta a classificação correta, de cima para baixo. (A) F; V; F; V. (B) V; F; V; F. (C) V; F; V; V. (D) F; F; V; V. (E) V; V; F; F. 121. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei 9394/96), no art. 9°, § 1º, confirmou a atuação do Conselho Nacional de Educação, que é um órgão (A) de Estado e de assessoramento ao governo no âmbito do Ministério da Educação. (B) em expansão no território nacional, superando 5.500 representações nos municípios. (C) com representação nos estados por conselhos específicos, criados na Constituição de 1988. (D) cujos membros são indicados pela sociedade civil para deliberarem sobre assuntos educacionais. (E) criado após a Proclamação da República, com o objetivo de assessorar as instituições de ensino.
  44. 44. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 44 122. Cada aluno deve acompanhar o ritmo de aprendizagem da classe, construindo o conhecimento previsto para prosseguir sua vida escolar, quando isso não acontece a LDB garante ao aluno que a escola deve (A) organizar meios para a recuperação. (B) reclassificar os alunos. (C) velar pelo cumprimento do plano de trabalho do docente. (D) organizar classes com alunos de séries distintas. (E) organizar o ensino em ciclos. 123. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei no 9.394/96) deslocou o foco do ensino para a aprendizagem. Ou seja, o trabalho desenvolvido pela escola passou a ser pautado a partir do que os alunos devem aprender e não mais nos métodos de ensino. O fator que motivou essa nova opção conceitual e metodológica foi (A) o baixo grau de formação dos professores em exercício. (B) a dificuldade de coordenar e avaliar os processos de ensino. (C) a maior facilidade em trabalhar com o desenvolvimento de aprendizagens do que com os processos de ensino. (D) a heterogeneidade do grupo de professores que atua no País. (E) a necessidade de incorporar no currículo a heterogeneidade presente na sociedade brasileira. 124. A relação entre o Ministério da Educação, a Secretaria de Estado da Educação e as secretarias municipais, de acordo com a LDB (Lei no 9.394/96), é de (A) hierarquia, tendo em vista que o Ministério disponibiliza os recursos para as secretarias. (B) independência, já que não necessariamente há concordância político- partidária nos projetos. (C) assistência do Ministério em relação às secretarias estaduais e destas em relação às municipais. (D) colaboração, inclusive na direção da organização dos respectivos sistemas de ensino. (E) construção, pois, após a democratização, tem havido movimentos de articulação dos sistemas de ensino.
  45. 45. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 45 125. A Lei de Diretrizes e Bases − LDB (Lei no 9.394/96) deslocou o foco do ensino para o da aprendizagem e não é por acaso que sua filosofia não é mais a da liberdade de ensino, mas a (A) das competências e habilidades. (B) do direito de aprender. (C) do aprendizado antecipatório. (D) da livre expressão do pensar. (E) da lógica formal e dialética. 126. Com as normas regimentais básicas, além de implementar os dispositivos da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional − LDB (Lei no 9.394/96), pretende- se instituir um mecanismo legal e necessário para I. promover a gestão democrática da escola, desconsiderando seu padrão de qualidade. II. fortalecer a autonomia pedagógica, financeira e administrativa. III. valorizar os alunos, por meio de sua participação em grêmios e concursos estudantis. IV. transformar os processos de avaliação institucional do desempenho das escolas e dos alunos. Está correto o apresentado APENAS em (A) I e II. (B) II e III. (C) II e IV. (D) I e III. (E) III e IV. 127. Segundo o Art. 10, da LDB, os estados NÃO terão incumbência de: (A) Organizar, manter e desenvolver os órgãos e instituições oficiais dos seus sistemas de ensino. (B) Assumir o transporte escolar dos alunos da rede municipal. (C) Elaborar e executar políticas e planos educacionais, em consonância com as diretrizes e planos nacionais de educação, integrando e coordenando as suas ações e as dos seus municípios. (D) Autorizar, reconhecer, credenciar, supervisionar e avaliar, respectivamente, os cursos das instituições de educação superior e os estabelecimentos do seu sistema de ensino. (E) Baixar normas complementares para o seu sistema de ensino.
  46. 46. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 46 128. A gestão democrática do ensino público é um dos princípios estabelecidos na Constituição Federal/88, e a concepção de educação como formação humana contida no texto da LDB. n.º 9.394/96 reafirma o princípio da gestão democrática do ensino público. Para gerir democraticamente o ensino e a escola, é necessário (A) desenvolver ações que promovam a participação de todos de acordo com uma programação estipulada pelo corpo docente. (B) aplicar corretamente os recursos financeiros arrecadados pela escola. (C) desenvolver atividades na escola que serão executadas pelos alunos que tiverem melhor desempenho escolar. (D) estimular a participação de diferentes pessoas na articulação dos aspectos financeiros e administrativos da escola. (E) programar com os docentes reuniões de planejamento para análise do resultado das avaliações, visando à melhoria da qualidade do ensino. 129. No início do segundo semestre letivo, os pais de Pedro compareceram a uma escola para matriculá-lo. Recém-chegados à cidade, oriundos de outro estado, disseram que no processo da mudança os documentos de transferência do filho haviam extraviado. Apresentaram a certidão de nascimento e descreveram o seu desempenho na escola anterior, onde cursava o 3º ano do Ensino Fundamental. Demonstravam aflição pela grande dificuldade para obter uma segunda via dos documentos e desejavam que o filho pudesse dar continuidade regular aos seus estudos. Nessa situação, nos termos do que dispõe a Lei 9394/96, a direção da escola deve adotar o seguinte procedimento: (A) Autorizar a frequência do aluno à escola, na série equivalente à citada pelos pais, sendo a matrícula efetivada posteriormente, quando da apresentação da documentação expedida pela escola de origem. (B) Autorizar a matrícula do aluno, enturmando-o com base na sua faixa etária, com possibilidade de mudança de turma após o recebimento dos documentos da escola anterior. (C) Orientar os pais a procurar os órgãos oficiais com competência para a solução do problema, indicando-lhes os endereços e relacionando os documentos a serem apresentados. (D) Submeter o aluno a uma avaliação, no âmbito da própria escola, e autorizar a matrícula na série adequada ao grau de desenvolvimento apresentado pelo aluno, independentemente da escolarização anterior. (E) Impedir que o aluno seja matriculado já que a legislação preconiza que sem documentação adequada a matrícula não poderá ser efetivada.
  47. 47. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 47 130. A educação escolar é a base da cidadania, e tal princípio é fundamental para políticas que visam à participação de todos nos espaços sociais e políticos e para a inserção no mundo profissional. O direito à educação parte do reconhecimento de que o saber sistemático é mais do que uma importante herança cultural e, como parte desta herança, o cidadão torna-se capaz de se apossar de padrões cognitivos e formativos pelos quais tem maiores possibilidades de participar dos destinos da sociedade e colaborar na sua transformação. Nesse sentido, a LDB estabelece que o ensino fundamental tem por objetivo a formação básica do cidadão, mediante: I. o desenvolvimento da capacidade de aprender, tendo como meios básicos o pleno domínio da leitura, da escrita e do cálculo; II. a compreensão do ambiente natural e social, do sistema político, da tecnologia, das artes e dos valores em que se fundamenta a sociedade; III. o desenvolvimento da capacidade de aprendizagem, tendo em vista a aquisição de conhecimentos e habilidades e a formação de atitudes e valores; IV. o fortalecimento dos vínculos de família, dos laços de solidariedade humana e de tolerância recíproca em que se assenta a vida social. É correto o contido em (A) I e II, apenas. (B) II e III, apenas. (C) I, III e IV, apenas. (D) II, III e IV, apenas. (E) I, II, III e IV. 131. Para alunos com distorção idade/série, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional recomenda a oferta de: (A) aceleração de estudos. (B) aproveitamento de estudos. (C) classificação de alunos. (D) estudos de recuperação. (E) reclassificação de alunos.
  48. 48. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 48 132. O permanente contato entre a escola e as famílias dos alunos é uma obrigação que tem suporte na Constituição Federal de 1988, na Lei de Diretrizes e Bases 9.394/96 (LDB) e no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Tendo por base esses referenciais legais, assinale a única afirmação INCORRETA. (A) De acordo com a Constituição, compete ao Poder Público recensear os educandos no Ensino Fundamental, fazer-lhes a chamada, e zelar, junto aos pais ou responsáveis, pela frequência à escola. (B) Em conformidade com a Constituição, os estabelecimentos de ensino têm a atribuição de manter contato periódico com os pais ou responsáveis, por meio de reuniões ou de correspondência. (C) Segundo a LDB 9.394/96, os estabelecimentos de ensino têm a incumbência de informar os pais e responsáveis sobre a frequência e o rendimento dos alunos, bem como sobre a execução de sua proposta pedagógica. (D) Consultando a LDB 9.394/96, verifica-se ser incumbência dos docentes a colaboração com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade. (E) Conforme o ECA, os dirigentes de estabelecimentos de Ensino Fundamental devem comunicar ao Conselho Tutelar os casos de reiteração de faltas injustificadas e de evasão escolar. 133. O Ensino Fundamental com duração de 9 anos, (Diretrizes Curriculares Nacionais), abrange a população na faixa etária dos (A) 5 aos 13 anos de idade. (B) 6 aos 14 anos de idade. (C) 6 aos 15 anos de idade. (D) 7 aos 14 anos de idade. (E) 7 aos 15 anos de idade. 134. De acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio, a base nacional comum dos currículos deste nível de ensino deverá contemplar as quatro áreas do conhecimento, com tratamento metodológico que evidencie (A) compreensão de conhecimentos e estratégias. (B) o impacto das tecnologias contemporâneas de comunicação. (C) a problematização e o prontagonismo diante de situações novas. (D) a interdisciplinaridade e a contextualização. (E) a aplicação de métodos e procedimentos científicos.
  49. 49. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 49 135. Um aluno da etapa final do Ensino Fundamental manifestou publicamente ser homossexual. Toda a equipe da escola preocupou-se em garantir o respeito à opção sexual do aluno, realizando atividades que buscassem a conscientização dos discentes. O procedimento dessa equipe coaduna-se com uma das Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental (Parecer CNE nº 11/2010), que é a de: (A) exercitar direitos e deveres de pessoas, grupos e instituições na sociedade que, em sinergia, influem sobre múltiplos aspectos, podendo, assim, viver bem e transformar a convivência para melhor. (B) explicitar, na proposta curricular, processos de ensino voltados para as relações com a comunidade local, regional e planetária, visando a uma interação com a vida cidadã. (C) explicitar, ao definir a proposta pedagógica, o reconhecimento da identidade pessoal dos alunos, professores e outros profissionais e a identidade de cada unidade escolar e de seus respectivos sistemas de ensino. (D) reconhecer que as aprendizagens são constituídas na interação entre os processos de conhecimento, linguagem e afetivos, como consequência das distintas identidades dos vários participantes do contexto escolarizado. (E) utilizar a parte diversificada da proposta curricular para enriquecer e complementar a base nacional comum, propiciando a introdução de projetos e atividades do interesse da comunidade. 136. De acordo com a Resolução CNE/CEB nº. 4/2009, os sistemas de ensino devem matricular os alunos público-alvo da educação especial: (A) em classes especiais. (B) em escolas especializadas na deficiência e/ou patologia apresentada pelo aluno. (C) nas classes comuns do ensino regular e no Atendimento Educacional Especializado (AEE). (D) apenas nas classes comuns do ensino regular. (E) apenas no Atendimento Educacional Especializado (AEE). 137. Segundo o Parecer CNE/CEB nº. 11/2000, as funções da Educação de Jovens e Adultos são: (A) alfabetizadora, formadora e supletiva (B) profissionalizante, programática e proficiente. (C) propedêutica, permanente e equiparadora. (D) reparadora, equalizadora e qualificadora. (E) socializadora, integradora e corregedora.
  50. 50. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 50 138. A aprovação das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana baseia-se em uma política de (A) reparações, pautada em ações afirmativas que visam a corrigir desigualdades raciais e sociais historicamente constituídas. (B) exclusão, pautada em dificultar a entrada de grupos historicamente favorecidos em nome da igualdade social. (C) manutenção, pautada em ações que corroboram a ideia de que na escola brasileira não há racismo. (D) assistencialismo, pautada em ações sociais que buscam assistir grupos socialmente desfavorecidos. (E) intervencionismo, pautada em ações curriculares que incluem novos conteúdos ao projeto pedagógico das escolas. 139. De acordo com a Resolução CNE/CP 1/04, que institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais, pode-se afirmar que (A) as culturas africana e afro-brasileira deverão compor os currículos do Ensino Médio das redes públicas de ensino. (B) o ensino da História e de Cultura Afro-Brasileira deve compor a grade curricular desde a educação infantil tendo em vista sua paulatina substituição pelo etno-centrismo. (C) é tema transversal obrigatório em todas as modalidades do ensino fundamental tendo em vista o combate ao preconceito racial, fortalecendo a identidade étnica e a autoestima dos povos negros. (D) Nos currículos de história deverão constar elementos das culturas africanas, indígenas, europeias e asiáticas, como forma de compreensão da contribuição das diferentes culturas, no processo de colonização ou libertação das nações, bem como da solidariedade entre os povos. (E) o ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana tem por objetivo o reconhecimento e valorização da identidade, história e cultura dos afro- brasileiros, bem como a garantia de reconhecimento e igualdade de valorização das raízes africanas da nação brasileira, ao lado das indígenas, europeias, asiáticas.
  51. 51. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 51 140. O Artigo 2º. do Estatuto da Criança e do Adolescente considera: (A) criança a pessoa até onze anos de idade incompletos, e adolescente aquela entre onze e dezoito anos de idade. (B) criança a pessoa até onze anos de idade completos, e adolescente aquela entre onze e dezoito anos de idade. (C) criança a pessoa até doze anos de idade completos, e adolescente aquela entre doze e dezessete anos de idade. (D) criança a pessoa até doze anos de idade incompletos, e adolescente aquela entre doze e dezesseis anos de idade. (E) criança a pessoa até doze anos de idade incompletos, e adolescente aquela entre doze e dezoito anos de idade. 141. Complete com o que consta no artigo 60, do ECA/1990. É proibido qualquer trabalho a menores de ____(_______) anos de idade, salvo na condição de aprendiz. Assinale a alternativa que completa, corretamente, o citado artigo: (A) 12 (doze) (B) 15 (quinze) (C) 16 (dezesseis) (D) 14 (quatorze) (E) 18 (dezoito) 142. Conforme o artigo 2º, da Lei nº 8.069/1990, Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), aplica-se, excepcionalmente, o ECA às pessoas entre: (A) 16 (dezesseis) e 18 (dezoito) anos de idade. (B) 21 (vinte e um) e 30 (trinta) anos de idade. (C) 15 (quinze) e 25 (vinte e cinco) anos de idade. (D) 17 (dezessete) e 20 (vinte) anos de idade. (E) 18 (dezoito) e 21 (vinte e um) anos de idade.
  52. 52. VMSIMULADOS.COM.BR PROFESSOR – SEDUC/PI – CONHECIMENTOS GERAIS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 52 143. Os principais teóricos do desenvolvimento e da aprendizagem são: (A) Sócrates, Platão e Aristóteles. (B) Jean Piaget, Platão e Karl Marx. (C) Jean Piaget, Lev Vygotsky e René Descartes. (D) Henri Wallon, Jean Piaget, Lev Vygotsky e Sigmund Freud. (E) Auguste Comte, Henri Wallon e Jean Piaget. 144. Piaget e Vygotsky, pesquisadores do comportamento infantil, partem de pressupostos filosóficos diferentes, mas concordam em alguns aspectos. Em relação a isso, é correto dizer que ambos concordam que (A) o pensamento da criança é qualitativamente diferente do pensamento do adulto. (B) existe uma relação entre linguagem e pensamento já que ambos fazem parte da constituição da função simbólica. (C) existe uma lógica anterior à linguagem, cujas origens se encontram na ação. (D) a inteligência sensório-motora desenvolve-se antes de qualquer linguagem ou pensamento conceitual. (E) a Zona de Desenvolvimento Proximal representa o espaço de mediação docente. 145. São conhecidas como as principais Teorias de Aprendizagem: (A) Socialista, Expressionista, Intimista e Psicomotora. (B) Comportamentalista, Cognitiva, Afetiva e Psicomotora. (C) Afetiva, Cognitiva e Avaliativa. (D) Cognitiva, Linguística e Psicomotora. (E) Psicomotora, Psicológica, Humanizadora e Construtivista. 146. Segundo Dermeval Saviani (2010), o “aprender a aprender” está ligado à necessidade, constante, de ampliar a(o) (A) carreira. (B) formação técnica. (C) profissionalismo. (D) formação geral. (E) empregabilidade.

×