O slideshow foi denunciado.

Portfólio ong libertas

4.811 visualizações

Publicada em

book da Ong libertas

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Portfólio ong libertas

  1. 1. Ong Libertas Faça O Bem Sem Olhar a Quem
  2. 2. Ong Libertas Faça O Bem Sem Olhar a Quem Quem Somos: A ONG Libertas é uma entidade filantrópica sem fins lucrativos. É mantida por meio de doações de instituições públicas, privadas e de pessoas físicas. com atuação em todo o estado do maranhão, nossa finalidade é apoiar e desenvolver projetos nas áreas de cultura,educação, meio-ambiente e áreas científicas, a ONG Libertas tem o compromisso de ajudar as comunidades do maranhão quem se encontram sofridas e vulneráveis economicamente e socialmente, como oportunidade também de geração de renda e inserção no mercado de trabalho, com projetos de desenvolvimento sustentável, humano e social para Crianças, Jovens e Adultos.
  3. 3. Dedicamo-nos mas a parte do ambientalismo, transformando dano ambiental em recursos para trabalhos Sociais e Ambientais, como os projetos Óleo Solidário recolhimento do óleo de cozinha saturado, o Lixo Digital recolhimento de celular e baterias de celular e a Coleta Seletiva e Codomínios recolhimento de resíduos sólidos para reciclagem. Trabalhando a Sustentabilidade, dentro dos seus 3 pilares, Econômico, Social e Ambiental.. Nossa Missão Ong Libertas Faça O Bem Sem Olhar a Quem
  4. 4. Ong Libertas Faça O Bem Sem Olhar a Quem Nossos Projetos Óleo Solidário
  5. 5. Ong Libertas Faça O Bem Sem Olhar a Quem Lixo Digital
  6. 6. Ong Libertas Faça O Bem Sem Olhar a Quem Como Fazer Coleta Seletiva
  7. 7. Ong Libertas Faça O Bem Sem Olhar a Quem Lixo Zero
  8. 8. Ong Libertas Faça O Bem Sem Olhar a Quem Há algumas décadas a filantropia era totalmente voltada para a chamada “caridade”, pelo fato de significar “sentimento que leva os homens a ajudar os outros” porém, com o passar dos anos à esse significado foram sendo acrescentados vários interesses. E desde então ela tomou corpo profissional, ganhou visibilidade política e passou a ter secretaria nos governos sob o nome de Assistência Social. Passou a um patamar mais sério exigindo discussões importantes, mas estéreis, pelo caráter político que tomaram. A filantropia não é um problema, mas sim o que fizeram dela: uma busca por interesses e benefícios. Tem muita gente se beneficiando de forma pessoal com o que deveria levar benefício a pessoas com necessidades de variadas origens. Ao longo das décadas foram criados serviços, muito mais pelos benefícios políticos do que pela real necessidade das pessoas a serem atendidas. Ainda hoje a necessidade dos desfavorecidos é motivo de discursos políticos inflamados e sem profundidade. Quando condizem com a realidade, prometem uma solução impossível de ser realizada. Realizar um trabalho filantrópico sério no Brasil nunca foi tarefa fácil. A filantropia é cara, existem muitas leis, títulos, documentos e exigências a se cumprir; algumas tão difíceis que as instituições podem levar décadas até conseguirem cumprí-las. É preciso refletir a questão de como estes trabalhos se sustentam, pois o apoio financeiro do governo é muito pequeno. Boa parte da manutenção vem da iniciativa privada e de pessoas que alimentam um sentimento de ajuda. Grande parte das atividades filantrópicas estão no terceiro setor (são chamados aqueles que não estão nem no setor público nem no privado), e estas são realizadas com o objetivo de suprir as deficiências deixadas pelo governo, pois a demanda é grande num país como o Brasil e os governos não têm como atender à todos de forma eficaz. Pelo menos é o que dizem. Desta forma, deveria ser mais fácil manter um trabalho filantrópico, mas parece que há um interesse perverso em fazer com que este não funcione, para que haja sempre o que prometer à população. Existe um discurso sobre dificuldades muito comum dentre aqueles que já nascem grandes, como os projetos filantrópicos das multinacionais. Porém são os pequenos que têm as maiores dificuldades, sendo obrigados a trilhar caminhos difíceis até encontrar portas abertas em atividades, às vezes, pouco ou nada reconhecidas pela sociedade.
  9. 9. Ong Libertas Faça O Bem Sem Olhar a Quem Os caminhos percorridos pelas instituições filantrópicas até à sua legalidade são penosos. Por outro lado, a ilegalidade não é interessante, pois devido as exigências governamentais há a necessidade de um trabalho profissional e legalizado para que sejam feitas parcerias que fortaleçam os serviços oferecidos. Neste ramo existem muitas pessoas de bem, movidas pelo sentimento de ajuda aos outros, que envolvem-se com trabalhos filantrópicos. Mas, o que diferencia estas daquelas que querem se beneficiar? O sentimento, a intenção. O trabalho porém, independe da particularidade, pois é o mesmo, o que muda são as pessoas que o realizam. Aqueles que têm o verdadeiro sentimento de voluntariado realizam um excelente trabalho e são, em sua maioria ilustres anônimos, a realizar-se pelo prazer de servir, de tornar sua vida útil a alguém e de acreditarem no aprendizado que essa troca lhes oferecem. São os que renovam seus conceitos, compartilhando realidades diferentes das suas. Um “viva!” à essência do trabalho filantrópico tão pouco divulgado e difundido entre os que nunca precisaram da filantropia alheia. Os cumprimentos aos voluntários anônimos espalhados não só pelo Brasil, mas pelo mundo. Que estes, tenham sempre viva a semente da filantropia. Site : www.ongLibertas.org onglibertas@hotmail.com (98) 8826-3557 (98) 8197-9647 Seja Nosso Parceiro

×