O slideshow foi denunciado.

A linguagem na Ode Triunfal-Exp12

4.990 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

A linguagem na Ode Triunfal-Exp12

  1. 1. Expressões, 12.º ano Linguagem na “Ode Triunfal” (ex. 7., pág. 121) Nomes “lâmpadas” (v. 1), “fúria”, (v. 7), “ferro e fogo e força” (v. 16), “árvore-fábrica” (v. 112)… Fonemas “r-r-r-r-r-r-r” (v. 5), substantivados “Z-z-z-z-z-z-z-z-z-z-z-z” (v. 125) Topónimos “Panamá”, “Kiel”, “Suez” (v. 108)
  2. 2. Expressões, 12.º ano Linguagem na “Ode Triunfal” (ex. 7., pág. 121) Antropónimos “Platão” (v. 19), “Virgílio” (v. 19), “Alexandre Magno” (v. 21), “Ésquilo” (v. 22) Estrangeirismos “rails” (v. 120) Maiúsculas “Revelação” (v. 53), desusadas “Momento” (v. 96), “Matéria” (v. 106), “Inconsciente” (v. 107)
  3. 3. Expressões, 12.º ano Linguagem na “Ode Triunfal” (ex. 7., pág. 121) “grandes ruídos modernos” (v. 10), Adjetivação “flora estupenda, negra, artificial e expressiva insaciável” (v. 32), “fúlgido e rubro ruído contemporâneo” (v. 94)… Polissíndetos “Canto, e canto o presente, e também o passado e todo o futuro” (v. 17), “Com os olhos e com os ouvidos e com o olfato” (v. 34)… Metáforas “flora estupenda, negra, artificial e insaciável” (v. 32), “Eia! sou o calor mecânico e a eletricidade!” (v. 119)…
  4. 4. Expressões, 12.º ano Linguagem na “Ode Triunfal” (ex. 7., pág. 121) Apóstrofes “Ó fazendas nas montras! Ó manequins! Ó últimos figurinos!” (v. 38), “Ó cais, ó portos, ó comboios, ó guindastes, ó rebocadores!” (v. 84)… Anáforas “Eh-lá-hô fachadas das grandes lojas! / Eh-lá-hô elevadores dos grandes edifícios! / Eh-lá-hô recomposições ministeriais” (vv. 54-56)… Personificações “Átomos que hão de ir ter febre para o cérebro de Ésquilo […]” (v. 22)
  5. 5. Expressões, 12.º ano Linguagem na “Ode Triunfal” (ex. 7., pág. 121) Sinestesias “dolorosa luz” (v. 1), “A luz do sol abafa o silêncio das esferas” (v. 72)… Perífrases “Olá anúncios elétricos que vêm e estão e desaparecem!” (v. 41)… Iterações “febre” (vv. 2 e 15), “máquinas” (vv. 14, 19, 27), “grandes” (vv. 40, 49, 54, 55), “coisas” (vv. 49 e 50)…
  6. 6. Expressões, 12.º ano Linguagem na “Ode Triunfal” (ex. 7., pág. 121) Gradações “Rasgar-me todo, abrir-me completamente, tornar-me passento” (v. 30), “Ruído, injustiças, violências, e talvez para breve o fim” (v. 90)… Comparações “Um orçamento é tão natural como uma árvore / E um parlamento tão belo como uma borboleta” (vv. 59-60)… Neologismos “submarinos” (v. 45), “aeroplanos” (v. 45), “árvore-fábrica” (v. 112)…
  7. 7. Expressões, 12.º ano Linguagem na “Ode Triunfal” (ex. 7., pág. 121) Variedade de “escrevo” (v. 2), “rangendo”, (v. 3), formas verbais “houve” (v. 20), “podia” (v. 61), “Atirem-me” (v. 63)… Advérbios “completamente” (v. 30), expressivos “carnivoramente” (v. 47), “estridentemente” (v. 98)… Gerúndios “Rugindo, rangendo, ciciando, expressivos estrugindo, ferreando” (v. 24), “enroscando” (v. 48)…
  8. 8. Expressões, 12.º ano Linguagem na “Ode Triunfal” (ex. 7., pág. 121) Musicalidade “Eia! eia! eia! / Eia eletricidade, nervos e ritmo doentes da Matéria! / […] Eia túneis, eia canais, […]!” (vv. 105-108)… Aliterações “Ó rodas, ó engrenagens, r-r-r-r-r-r-r eterno!” (v. 5), “ferro e fogo e força” (v. 16), “rubro ruído” (v. 94)… Interjeições “Ó” (vv. 5, 38, 39, 50, 51…), “Ah” (vv. 26, 37), “Olá” (vv. 40-42), “Eh” (v. 43), “Eia” (vv. 101-121)…
  9. 9. Expressões, 12.º ano Linguagem na “Ode Triunfal” (ex. 7., pág. 121) Rimas internas “Alterações de constituições, guerras, tratados, invasões” (v. 89)… Onomatopeias “r-r-r-r-r-r-r” (v. 5), “eia-hô-ô-ô” (v. 113), “hurrah” (v. 121), “Hé-la! He-hô! H-o-o-o-o!” (v. 124), “Z-z-z-z-z-z-z-z-z-z-z-z” (v. 125)
  10. 10. Expressões, 12.º ano Linguagem na “Ode Triunfal” (ex. 7., pág. 121) Rimas internas “Alterações de constituições, guerras, tratados, invasões” (v. 89)… Onomatopeias “r-r-r-r-r-r-r” (v. 5), “eia-hô-ô-ô” (v. 113), “hurrah” (v. 121), “Hé-la! He-hô! H-o-o-o-o!” (v. 124), “Z-z-z-z-z-z-z-z-z-z-z-z” (v. 125)

×