UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA
NÚCLEO DE CIENCIAS HUMANAS
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO
PROGRAMA NACIONAL ESCOLA ...
um meio para ajudar, facilitar a comunicação, acelerar a produção, armazenar dados e
transmitir informações.
A história da...
las da melhor forma para compreensão. Neste sentido o homem vê a oportunidade de criar e
inovar. E a TI tem um papel signi...
2 Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação
Como vivemos em um mundo globalizado há a necessidade de se preocupar com...
processo se dá de maneira eficiente eficaz. Seja no trabalho de sala de aula ao trabalho
administrativo da secretaria. Uma...
aprofundamento de variadas tradições de conhecimento, (MOREIRA E
KRAMER 2007).
E é neste sentido que a escola precisa se i...
Assim, observa-se que ser eficiente não quer dizer que será eficaz. E um gestor, ou
um profissional da educação conseguirá...
distribui para a secretaria da escola através de um Link dedicado, com uma rede privada, com
um filtro até o roteador com ...
seja cumprido em tempo hábil, o gestor respondeu que os positivos estão relacionados com a
modernização do sistema de comu...
acadêmicas, assim como nos gerenciamentos das grandes organizações e até mesmo voltado
para o público em geral.
Observamos...
KENSKI, Vani Moreira. Educação e Tecnologias: O Novo Ritmo da Informação/Vani
Moreira Kenski. – Campinas, SP: Papirus, 200...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Gestão estratégica em tecnologia da informação para um trabalho eficiente e eficaz na escola

518 visualizações

Publicada em

O texto aborda o papel da Tecnologia da Informação na gestão escolar. Questiona como os gestores desenvolvem os trabalhos escolares com estratégias significativas de forma correta para o uso da Tecnologia da Informação e como a gestão estratégica de TI pode contribuir neste processo. Contextualiza eficiência e eficácia na escola no processo de inovação constante e uma melhor qualidade no ensino. Argumenta sobre a implantação da Tecnologia da Informação nas grandes organizações e sua importância na utilização na escola como um espaço de inovação constante. Apresenta análise de resultados da escola como forma integradora da gestão de Tecnologia de Informação e as dificuldades que a escola enfrenta com os recursos disponíveis para esta integração. Esse trabalho tem como objetivo apresentar como a gestão estratégica em tecnologia da informação ajuda na integração do trabalho escolar e o torna mais eficiente e eficaz.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
518
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gestão estratégica em tecnologia da informação para um trabalho eficiente e eficaz na escola

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA NÚCLEO DE CIENCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO PROGRAMA NACIONAL ESCOLA DE GESTORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA Curso de Especialização Lato Sensu em Coordenação Pedagógica __________________________________________________________________________ GESTÃO ESTRATÉGICA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PARA UM TRABALHO EFICIENTE E EFICAZ NA ESCOLA Vadeilza Castilho de Araújo Bernert1 Fábio Santos de Andrade2 Resumo: O texto aborda o papel da Tecnologia da Informação na gestão escolar. Questiona como os gestores desenvolvem os trabalhos escolares com estratégias significativas de forma correta para o uso da Tecnologia da Informação e como a gestão estratégica de TI pode contribuir neste processo. Contextualiza eficiência e eficácia na escola no processo de inovação constante e uma melhor qualidade no ensino. Argumenta sobre a implantação da Tecnologia da Informação nas grandes organizações e sua importância na utilização na escola como um espaço de inovação constante. Apresenta análise de resultados da escola como forma integradora da gestão de Tecnologia de Informação e as dificuldades que a escola enfrenta com os recursos disponíveis para esta integração. Esse trabalho tem como objetivo apresentar como a gestão estratégica em tecnologia da informação ajuda na integração do trabalho escolar e o torna mais eficiente e eficaz. Palavras-chave: Tecnologia da informação. Gestão estratégica. Escola 1 INTRODUÇÃO A Tecnologia da informação que é conhecida pela sigla TI, é hoje uma área que utiliza a computação, os recursos tecnológicos disponíveis para a comunicação e informação como 1 Acadêmica do Curso de Especialização em Coordenação Pedagógica da Universidade Federal de Rondônia - UNIR. 2 Professor Orientador do Departamento Acadêmico de Ciências da Educação, Universidade Federal de Rondônia -UNIR, Campus de Vilhena. fasaan@hotmail.com
  2. 2. um meio para ajudar, facilitar a comunicação, acelerar a produção, armazenar dados e transmitir informações. A história da tecnologia surge com a evolução da humanidade e trata do estudo das técnicas, ou seja a maneira correta de executar qualquer tipo de tarefa. Com isso o homem para dominar em seu proveito o ambiente, seja no uso de instrumentos para o trabalho, ou para comunicação e entretenimento, e, necessita estar em constante aprendizagem para uso de novos instrumentos e a cada dia poder aperfeiçoar esta técnica. Para Kenski (2007) o corpo humano e principalmente o cérebro, é a mais diferenciada e aperfeiçoada das tecnologias, pela sua capacidade de armazenar informações, raciocinar e usar os conhecimentos de acordo com as necessidades do momento. Assim observa que nós seres humanos desenvolvemos nossas próprias técnicas, devido nossas necessidades de integrarmos com o meio. E isto proporciona mais capacidade e domínio para que o homem sinta cada vez mais esta busca constante de novos métodos e novos meios para sobreviver. Kenski (2007) diz que com a capacidade de raciocinar e com as mãos livres para criar, o homem inventou e produziu ferramentas e processos para a sua sobrevivência em qualquer tipo de ambiente. E com toda esta evolução social do homem que se confunde com as evoluções tecnológicas, já que uma é característica da outra, podemos observar que há diferentes períodos da história da humanidade em que o homem inventa e constrói com uma rapidez incrível. Observamos a idade da pedra, do ferro e do ouro que correspondem a fatos e momentos de “novas criações tecnológicas” que pode fazer do homem um ser para aproveitar melhor a qualidade de vida. E com isso a informação ficou mais rápida e com garantia de maior qualidade, pois o homem, muda o comportamento, transformando sua maneira de pensar, sentir e agir diante de tantas informações que ele mesmo redefiniu para mudanças culturais. Quando falamos de TI, na atualidade, estamos falando de algo proveniente de eletrônica, ou eletroeletrônica e até microeletrônica. Algo que facilita a comunicação os trabalhos a serem executados e também algo que está em constante transformação. Então para entendermos melhor a TI, temos que compreender que a TI é a integração da tecnologia no processamento das informações. Sejam através da TV, vídeo, celular, computadores e até rádios. Com a necessidade do homem viver em sociedade e com o desenvolvimento de grupos sociais, verifica-se a necessidade constante do homem lidar com as informações e processá-
  3. 3. las da melhor forma para compreensão. Neste sentido o homem vê a oportunidade de criar e inovar. E a TI tem um papel significativo neste processo, onde o homem precisa de gerir seus conhecimentos e processá-los através da colaboração de outros e da informação. Com tanta inovação e desenvolvimento neste mundo globalizado à qual estamos inseridos, a escola não pode ficar alienada a estas informações e inserida neste contexto em que a TI toma forma de nutrir e viabilizar o trabalho escolar. Assim surge a seguintes questões para desenvolvimento deste trabalho: Como os gestores vem desenvolvendo seus trabalhos e ajudando a compartilhar de forma correta o uso da TI para um trabalho eficiente e eficaz na escola? O que a gestão de TI pode contribuir para um trabalho mais eficiente e eficaz? Sabemos que a TI é algo que parte do princípio que todos devem estar conectados e de alguma maneira serem gerenciados para um trabalho mais eficiente, sendo que com o uso destes possa facilitar o trabalho, minimizar os problemas e facilitar o andamento de entrega de materiais, documentos escolares e outros. Mas o que vem dificultado este trabalho dentro das escolas? Uma vez que as mesmas possuem estruturas de rede que facilita o trabalho. Assim, este trabalho procura apresentar como a gestão de TI contribui para um trabalho eficiente e eficaz dentro da escola. Organiza-se em quatro tópicos. O primeiro aborda a Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação e como se desenvolve o trabalho de gestão e a TI e seus significados e importância para um trabalho dentro das organizações bem como contexto escolar. O segundo discute sobre a escola e tecnologia da informação e os desafios que a escola tem para implantar de modo significativo a TI e as suas inovações para um trabalho mais produtivo. O terceiro aborda conceitos sobre a eficiência e a eficácia dentro da escola e como realizar o trabalho escolar de modo significativo em tempo hábil e com resultados positivos no processo ensino aprendizagem, e como a TI entra neste processo escolar como forma de reduzir gastos, tempo e melhorar no atendimento escolar. E para concluir apresenta os procedimentos metodológicos e análise da escola como princípio integrador da Gestão de TI e resultados da pesquisa sobre o trabalho escolar com o Sistema de Gestão Administrativa – SGA3 e como este sistema ajuda a gestão escolar a se tornar mais eficiente e eficaz. 3 O Sistema de Gestão Administrativa – SGA é um Sistema de Informação Administrativa desenvolvido pelo GTI – Gerente de Tecnologia de Informação da SEDUC/Porto Velho – RO, que comporta todas as informações relativas às escolas estaduais, e Coordenadorias Regionais de Educação do Estado de Rondônia - CRE's e Administrativos que prestam serviços educacionais.
  4. 4. 2 Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação Como vivemos em um mundo globalizado há a necessidade de se preocupar com o crescimento das grandes inovações na área da Tecnologia da Informação (TI). Sabemos que não é de hoje que dentro dos grandes setores industrias já se preocupavam com a necessidade de estarem atualizados. Em 1985 Michael Porter e Victor Millar falavam da importância da TI nas grandes empresas, desde para pequenas tarefas, quanto para as mais altas em termos de demanda para atualizar os processos, Joia (2012 p. 14) diz que todo processo precisa de algum tipo de informação. E esta informação está inserida em todo os modelos de diferentes meios tecnológicos. As tecnologias da informação avançam de maneira incrível. Por isso há a necessidade de uma gestão estratégica em TI bem definida, pois como podemos perceber a gestão de TI é estrutura, dados que organizam a informação para transmitir conhecimento. Joia (2012, p. 17) informa que a TI gera mais dados à medida que um produto é usado ou uma empresa executa suas atividades, permitindo a coleta e captura de informações que não estavam anteriormente disponíveis. Assim cada vez que há novidade no mercado, e este produto passa a ser utilizado com mais frequência sua integração ao mundo da informação fica mais contagiado pelos usuários. A gestão de TI é implantada nas grandes empresas para automatizar, assegurar acessibilidade aos clientes, além da segurança de rede implantada pelos gestores de TI, o que os ajuda a manter operações com qualidades, trocas de informações que para o cliente tem que ser rápido e com confiabilidade. Assim como em uma grande empresa a gestão de TI deve ser valorizada e dada maior atenção, também na educação isto deve acontecer, ou seja nos órgãos governamentais. O governo hoje preocupa muito com esta situação, onde vem desenvolvendo vários meios para que a TI seja de fato utilizada dentro das grandes secretarias como a Secretaria de Estado da Educação (SEDUC) e principalmente nas escolas, onde formamos pessoas com opiniões diversas. A gestão de TI nas escolas não acontece como forma de competição como nas grandes indústrias e empresas, mas de forma que garanta a qualidade do processo e como este Tem função de ligar de ligar a parte administrativa e RH à Folha de Ponto, bem como gerenciar o Diário Eletrônico das escolas estaduais de modo a integrar dados de alunos, transferências, declarações e acompanhar lotações de servidores.
  5. 5. processo se dá de maneira eficiente eficaz. Seja no trabalho de sala de aula ao trabalho administrativo da secretaria. Uma gestão de TI que venha a minimizar os problemas e maximizar os trabalhos voltados para o ensino/aprendizagem, pois: A estratégia de gestão da informação (IM strategy) está voltada para a administração e a organização da TI, com a pergunta “quem?” (who). Quais e de quem são os cargos para a gestão de TI e as respectivas atribuições e responsabilidades? Que desempenho se espera deles? De que forma se mede e se avalia esse desempenho? Essa estratégia é focada na gestão da TI ou na forma como a TI deve ser gerida. (JOIA, 2012, p. 24) Observa-se que tanto em uma organização quanto na educação precisa de uma gestão de TI focada em dados e como deve ser distribuído as tarefas gerenciais para os resultados, sejam estes positivos ou negativos, mas sempre focados na melhoria, e a educação num todo deve-se pensar nisto, e como organizar um trabalho que avalie o desempenho e melhore a qualidade do processo ensino/aprendizagem. 3 A escola e a Tecnologia da Informação Há grandes desafios com a inserção das TI nos ambientes educacionais, para muitos o uso da TI é simplesmente pedagógico. Mas não conseguem definir sua principal função como gerenciamento de grandes tarefas a pequenas mensagens. A TI é vista dentro da escola como fator que facilita o processo de comunicação entre os gestores, coordenadores e professores, e até mesmo com os alunos. Para Moreira e Kramer (2007), a TI é vista como meio de contribuir para que: se superem os limites das “velhas tecnologias” (ilustradas pelo quadro-de-giz e por materiais impressos); se solucionem problemas pedagógicos com que o professor se depara; ou, ainda, se enfrentem questões sociais mais amplas. Porém para uma gestão mais eficiente a TI deve ser como meio de integrar os trabalhos mais burocráticos, até mesmo a economia de recursos como a eficiência e a eficácia nos trabalhos administrativos. Uma vez que a TI proporciona meios a facilitar o trabalho e a conexão entre a SEDUC e escola. A escola não pode negligenciar a presença, na sociedade, de distintas formas de diversidade cultural, uma sociedade do conhecimento requer políticas públicas internacionais, nas quais se encontrem numerosas línguas, etnias e culturas, bem como condições discursivas e contextuais que favoreçam a preservação e o
  6. 6. aprofundamento de variadas tradições de conhecimento, (MOREIRA E KRAMER 2007). E é neste sentido que a escola precisa se integrar às diversas maneiras de se comunicar e aos diversos grupos sociais e suas diversidades culturais. E para facilitar este processo a TI proporciona meios que a escola não se suprimem formas antigas de diversidade cultural por meio de condições tecnológicas avançadas. 4 Eficiência e Eficácia na Escola Moreira e Kramer (2007), diz que para uma educação de qualidade é necessário que se tenha domínio de conhecimentos, habilidades e competências que se estabeleçam previamente; emprego de tecnologias avançadas; supervalorização da competitividade e da produtividade; novos métodos de gerenciamento de sistemas e instituições educacionais; assim essas habilidades e competências torna a escola eficiente e eficaz no seu processo de trabalho no que diz respeito ao processo ensino aprendizagem bem como no desenrolar das funções pedagógicas e administrativas. Sander (1995) diz que eficiência e eficácia na escola está ligada diretamente à qualidade da educação. Com isso os gestores escolares precisam de meios que favoreçam estes conceitos uma vez que a definição de eficiência é dada como critério econômico que revela a capacidade administrativa de produzir o máximo de resultados com o mínimo de recursos, energia e tempo. E é visto e compreendido nas dimensões extrínseca. A eficácia é o critério institucional que revela a capacidade administrativa para alcançar as metas estabelecidas ou os resultados propostos. Assim observa-se que a eficiência não se preocupa com os fins, mas com os meios. O que demonstrará uma gestão de qualidade são as medidas para o alcance dos objetivos escolares e um planejamento de gestão eficiente para que as metas sejam alcançadas, com inovação para obter os resultados esperados. Já a eficácia atender os objetivos e as necessidades do educando e da sociedade em geral. Pois: (...) eficiência significa fazer bem as coisas, enquanto que eficácia significa fazer as coisas certas. A eficiência está associada ao uso dos recursos, enquanto a eficácia está associada com a satisfação de metas, objetivos e requisitos. Eficiência está relacionada com aspectos internos à atividade de TI e a adequada utilização dos recursos, enquanto que a eficácia confronta os resultados das aplicações de TI com os resultados no negócio da empresa e os possíveis impactos na sua operação e estrutura. (LAURINDO et al, 2001)
  7. 7. Assim, observa-se que ser eficiente não quer dizer que será eficaz. E um gestor, ou um profissional da educação conseguirá ser eficiente, pois fará as atividades correspondentes ao que cabe a ele fazer bem como dominar completamente as tarefas em tempo hábil e isto dentro da escola cabe aos gestores e assim será eficaz quando realizar suas tarefas eficientemente. E para realizar o trabalho com eficiência e eficaz a TI entra neste processo como forma de minimizar os trabalhos e maximizar o tempo. Ou seja o sujeito que desempenha seu papel utilizando a TI a seu favor poderá ser eficiente e eficaz em todas as suas atividades. Procedimentos Metodológicos Adotou-se a “Pesquisa-ação”, em que, devido ao trabalho como Coordenadora Pedagógica, houve a facilidade de diagnosticar os pontos fortes e fracos do gerenciamento da TI dentro da escola, uma vez que o SGA que a escola utiliza é de fácil acesso à coordenação pedagógica, bem como da gestão escolar. O contato com a direção da escola foi através de conversas e de uma entrevista com questões referente à Gestão de TI (Apêndice-I), para diagnosticar o uso administrativo da TI escolar foi entregue um questionário com perguntas abertas à Gestão e Secretária escolar. Como bibliografia ao procedimento metodológico, referencia Franco (2005) onde diz que a “Pesquisa-ação” é a transformação é vista e percebida ao longo caminho percorrido tendo como necessária a partir dos trabalhos iniciais do pesquisador num processo de busca de conceitos que valoriza a construção cognitiva da experiência pesquisada. 1ª fase: Diagnosticando a escola – Observação e busca de informações. 2ª fase: Coleta de dados via questionários em forma de entrevista com questões abertas (Apêndice-I) aplicado ao diretor (a) e à secretária da escola X. Análise do questionário. Análise: a escola como princípio integrador da Gestão de TI A escola X localizada no município de Vilhena – RO, conta com uma estrutura de TI bem distribuída, com dois links de Internet. Um fornecido pela SEDUC/Porto Velho-RO que
  8. 8. distribui para a secretaria da escola através de um Link dedicado, com uma rede privada, com um filtro até o roteador com um número de circuito interligado que liga escola e SEDUC através de uma rede que dá conexão de 512 kbps, uma rede Frame Relay usada para transmitir de maneira rápida para quem está na rede local, tornando mais barata a informação digital através de uma rede de dados, porém quando sai fora da Rede Frame Relay se torna lenta. O que torna o trabalho da escola às vezes ineficiente, uma vez que a mesma não navega só na rede da SEDUC, e sim tem que desenvolver trabalhos fora desta rede, como exemplos os sites do Governo Federal, Ministério da Educação - MEC, Sistema Integrado de Monitoramento Execução e Controle -SIMEC e outros. E ainda para dificultar o trabalho para utilizar esta rede é que a SEDUC utiliza um servidor Proxy que utilizam para ajudar no desempenho do tráfego da Web, mas que acaba dificultando o acesso, pois o mesmo servidor que ajuda na navegação acaba bloqueando alguns sites de navegação importante para o trabalho gerencial da escola. Outro link que a escola possui é a Banda Larga na Escola, distribuída através do Programa Banda Larga na Escola e tem como objetivo conectar todas as escolas públicas urbanas à internet, rede mundial de computadores, por meio de tecnologias que propiciem qualidade, velocidade e serviços para incrementar o ensino público no País. Porém tem os pontos negativos para um trabalho eficiente e eficaz na escola, este link é dedicado apenas ao laboratório de Informática, que é exclusivo ao pedagógico, aluno e professor, onde o administrativo fica de fora. Assim a gestão estratégica da TI para um trabalho eficiente e eficaz fica a desejar, pois a mesma não consegue esta eficiência só com a rede da SEDUC, ou precisaria de fazer uma melhor distribuição da Rede Frame Relay em outros pontos dentro do estado, ou seja criar novos núcleos com este servidor, para melhor atender a demanda. Como resultado da entrevista sobre Sistema de Gestão Administrativa - SGA, o uso do Diário Eletrônico, pela gestão escolar junto aos professores o uso do SGA, o gestor respondeu que tanto a gestão escolar quanto a fez o primeiro passo no sentido de comunicar sobre a obrigatoriedade da utilização do Diário Eletrônico, além de informar sobre o processo de informatização da SEDUC interligando os setores com as unidades escolares; o próximo passo ficou a cargo da supervisão e secretaria no sentido de treinamento e acompanhamento dos professores quanto à operacionalização do diário; a gestão acompanha o funcionamento do sistema e tem buscado dar apoio à demanda pela busca de soluções para os problemas encontrados no decorrer do processo de preenchimento. Quanto aos pontos positivos e negativos do SGA, e o que mais interfere no uso eficiente do SGA para que o trabalho escolar
  9. 9. seja cumprido em tempo hábil, o gestor respondeu que os positivos estão relacionados com a modernização do sistema de comunicação e de registro da educação precisa entrar na era digital para sair da obsolescência; e, negativos é a falta conhecimento e má vontade dos servidores em se atualizar, em buscar formação, pois isto dificulta qualquer sistema mais moderno de dar certo e não há meio legal de punir, obrigar o servidor a se capacitar e a grande dificuldade para que o sistema funcione adequadamente está na lentidão da internet e nas falhas apresentadas pelo programa que carece de constante aperfeiçoamento. Os fatores que implicam na gestão estratégica de TI para um trabalho eficiente e eficaz na escolar referente ao uso do SGA está relacionado ao treinamento dos setores envolvidos, aumento da velocidade da internet, e talvez punição para os servidores omissos em aprender, pois na pedagogia 3.0, toda a escola está conectada neste mundo virtual e globalizado, neste sentido, o gestor não considera que a escola esteja inserida neste contexto desta pedagogia. Pois, para ele mesmo com uma estrutura razoável montada na maioria das escolas como Telessalas, Rádio-escolas, Laboratórios de Informática, Computadores e impressoras em todos os setores, internet disponível até mesmo para os alunos, blogs, redes sociais e até mesmo sites, a comunidade escolar ainda não se apropriou de todo este aparato para se conectar realmente como deveria ser e utilizar toda esta estrutura em prol do ensino-aprendizagem e das atividades administrativas. E, assim a gestão em TI torna-se lenta e quase não há resultados que otimize um trabalho para integrar com mais eficiência e eficácia na escola, o que deixa muitas estratégias de serem colocadas em práticas para realizar as atividades escolares. Considerações finais O presente texto apresentou a importância de uma gestão estratégica em TI na escola para que os trabalhos escolares possam ser desenvolvidos com eficiência e eficácia. Refletiu sobre a implantação da gestão de TI nas escolas, bem como faz algumas observações sobre o quanto a educação precisa de uma gestão de TI focada em dados, e como deve ser distribuído as tarefas gerenciais para a busca constante destes resultados, como organizar um trabalho que avalie o desempenho e melhore a qualidade do processo ensino/aprendizagem e as atividades desenvolvidas pela gestão seja mais eficiente e eficaz. Assim como nas grandes organizações a TI desenvolve um papel se suma importância nas escolas. Pois nos últimos anos a TI está inserida em todos os contextos de publicações
  10. 10. acadêmicas, assim como nos gerenciamentos das grandes organizações e até mesmo voltado para o público em geral. Observamos que dentro desta contextualização a escola tem um papel fundamental para a integração da TI nas atividades escolares, não só administrativas, mas pedagógicas também. O que dificulta esta integração é uma deficiência muito grande no sentido de conhecimento, quanto da estrutura física, pois para que seja desempenhado o papel do gestor escolar no sentido de que o trabalho ocorra de maneira mais produtiva, deve buscar mais eficácia não só eficiência, pois assim, haverá o reconhecimento pelos colaboradores escolares que somente através de busca de melhorias no trabalho com mais eficiência com o uso TI é que a escola atingirá a meta esperada para melhor qualidade na educação. Não só em notas, mas em trabalho e atendimentos especializado. Diante de tantas inovações e processos de mudanças na tecnologia e, com tanto investimento por parte do Governo Federal e Estadual nas escolas, ainda surge dúvidas referentes ao uso da TI e seus significados para uma gestão estratégica eficiente e eficaz na escola. E diante destes investimentos, observa-se a não preocupação por parte de alguns usuários em especializar-se para utilizar de maneira correta, não apenas por entretenimento, mas para obter resultados positivos no trabalho. E, o gestor escolar ainda torna-se a chave importante para que a TI seja usada e manuseada de forma a ser integrada com eficiência e eficácia, seja pedagógico e ou administrativos. No sentido de buscar meios para infraestrutura na escola, bem como incentivo na formação dos usuários. Pois o uso eficaz da TI e a integração entre escola, usuário e estratégia proporciona maior produtividade nos trabalhos e resultados precisos no processo ensino e aprendizagem. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS LAURINDO, Fernando José Barbin et al . O papel da tecnologia da informação (TI) na estratégia das organizações. Gest. Prod., São Carlos , v. 8, n. 2, Aug. 2001 . Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104- 530X2001000200005&lng=en&nrm=iso>. Acesso em 06 Dez. 2014. FRANCO, Maria Amélia Santoro. Pedagogia da Pesquisa-ação. In: Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 3, p. 483-502, set./dez. 2005 JOIA, Luiz Antonio. Gestão estratégica da tecnologia da informação / Luiz Antonio Joia...[et al.]. – Rio de Janeiro : Editora FGV, 2012.
  11. 11. KENSKI, Vani Moreira. Educação e Tecnologias: O Novo Ritmo da Informação/Vani Moreira Kenski. – Campinas, SP: Papirus, 2007. – (Coleção Papirus Educação) MOREIRA, Antonio Flavio Barbosa; KRAMER, Sonia. Contemporaneidade, educação e tecnologia. Educ. Soc., Campinas, v. 28, n. 100, Oct. 2007 . Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101- 73302007000300019&lng=en&nrm=iso>. Acesso em 06 Dez. 2014. SANDER, Benno. Gestão da educação na América Latina: construção e reconstrução do conhecimento. Campinas, SP : Autores Associados, 1995. Apêndice-I Questionário ao gestor e secretária escolar 1. Como tem sido desenvolvido o trabalho referente ao Sistema de Gestão Administrativa - SGA, o uso do Diário Eletrônico, pela gestão escolar junto aos professores? E a secretaria como desenvolve estas atividades? 2. Quais os pontos positivos e negativos do SGA, e o que mais interfere no uso eficiente desse sistema para que o trabalho escolar seja cumprido em tempo hábil? 3- Que fatores implicam na gestão estratégica de TI para um trabalho eficiente e eficaz na escolar referente ao uso do SGA? 4- Na pedagogia 3.0, toda a escola está conectada neste mundo virtual e globalizado, neste sentido, sua escola está inserida neste contexto desta pedagogia? ( ) Sim ( ) Não Justifique:

×