O PAPEL DO SERVIÇO de ASSISTENCIA e PROMOÇÃO SOCIAL ESPÍRITA NO ATENDIMENTO INTEGRAL À SAÚDE BIO-PSICO-ESPIRITUAL .
O SER INTEGRAL <ul><li>O ser humano é o mais nobre investimento da vida, momento grandioso do processo evolutivo que, para...
<ul><li>Ao atingir a idade adulta deve estar em condições de viver as suas responsabilidades e os desafios existenciais. <...
Maturidade X Imaturidade O desenvolvimento humano <ul><li>Apresentam-se os fatores hereditários,  psicossociais, econômico...
<ul><li>A imaturidade expressa-se através da preservação dos conflitos, graças aos quais muda de comportamento sem liberar...
<ul><li>Certamente, fatores genéticos contribuem para o desenvolvimento ou não da maturidade, em se considerando as cargas...
<ul><li>Face a isso, cada pessoa é a soma das suas experiências transatas, e sua mente é o veículo formador  de quanto se ...
<ul><li>Todos nascem ou renascem nos núcleos familiares e sociais de que necessitam para aprimorar-se, e não conforme se a...
<ul><li>Desenvolve-se então uma empatia que arranca o ser do primitivismo, conduzindo-o à imensa área do progresso, onde a...
<ul><li>O próximo passo é o amadurecimento mental, que se adquire pela emoção e pelo conhecimento. É a conquista da razão,...
<ul><li>A conquista da maturidade moral verdadeira torna-se indispensável para a auto-realização do ser e da sociedade em ...
UNIÃO DAS SOCIEDADES ESPIRITAS DEPARTAMENTO  DO SERVIÇO de ASSISTENCIA e PROMOÇÃO SOCIAL ESPÍRITA
DEFINIÇÕES <ul><li>Assistência: “Assiduidade em acompanhar alguém, dispensando-lhe cuidados”. </li></ul><ul><li>Social: “P...
Promoção: “Ato ou efeito de promover”.   <ul><li>Promover – “ Dar impulso a; favorecer o progresso de; fomentar; trabalhar...
Serviço de Assistência e Promoção Social Espírita   <ul><li>“ O SAPSE é uma das atividades básicas do Centro Espírita, ten...
Lei de Sociedade   Necessidade da Vida Social   <ul><li>“ Nenhum homem possui todos os conhecimentos; e é pela união socia...
“ Lei da Igualdade” <ul><li>“ Todos os homens são submetidos às mesmas leis naturais; todos nascem com a mesma fragilidade...
Das Aptidões <ul><li>“ Deus criou todos os espíritos iguais, mas cada um individualmente viveu mais ou menos tempo e, por ...
<ul><li>“ SAPSE –  Trabalho promocional de renovação social,  onde se procura sensibilizar o  individuo e a família,  a fi...
Finalidade Básica:   <ul><li>Atender “integralmente” a família que se encontra em situação de exclusão social, incluídas n...
     Finalidade Básica <ul><li>Promover o individuo e a família carenciada, no aspecto bio-psico-sócio-espiritual, à luz d...
Objetivos <ul><li>Acolhimento </li></ul><ul><li>Orientação </li></ul><ul><li>Educação </li></ul><ul><li>Assistência </li><...
Pontos Principais <ul><li>Foco – o que, quem e como? </li></ul><ul><li>Espaço Físico – Aonde e Quando? </li></ul><ul><li>M...
O que devemos evitar <ul><li>Egocentrismo </li></ul><ul><li>Assistencialismo </li></ul><ul><li>Clientelismo </li></ul><ul>...
O que devemos implantar <ul><li>Renovação periódica de Gestão </li></ul><ul><li>Treinamento de Dirigentes e Voluntários </...
Campanhas <ul><li>O SAPSE PODE E DEVE ENCABEÇAR CAMPANHAS, TAIS COMO: </li></ul><ul><li>PRESERVAÇÃO DA VIDA. </li></ul><ul...
Assistência Fraterna <ul><li>      EDUCAÇÃO É TRANSFORMAR A MANEIRA DE PENSAR PARA VIVER MELHOR.  </li></ul><ul><li>-     ...
CONCLUSÃO <ul><li>UNIDOS E CONSCIENTES, AJUDAREMOS A MUITOS E CRESCEREMOS NO CAMINHO DA ESPIRITUALIDADE . </li></ul><ul><l...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O papel do serviço assistencial no atendimento integral

1.042 visualizações

Publicada em

Palestra sobre Serviço Assistencial no atendimento Integral dentro da Casa Espirita.
Expositor: Luiz Fernando Penteado - Psicólogo
Presidente da USE Regional
São Paulo

Publicada em: Espiritual
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

O papel do serviço assistencial no atendimento integral

  1. 1. O PAPEL DO SERVIÇO de ASSISTENCIA e PROMOÇÃO SOCIAL ESPÍRITA NO ATENDIMENTO INTEGRAL À SAÚDE BIO-PSICO-ESPIRITUAL .
  2. 2. O SER INTEGRAL <ul><li>O ser humano é o mais nobre investimento da vida, momento grandioso do processo evolutivo que, para atingir a sua culminância, atravessa diferentes fases que lhe permitem a estruturação psicológica, seu amadurecimento, sua individuação, conforme C.G.Jung </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Ao atingir a idade adulta deve estar em condições de viver as suas responsabilidades e os desafios existenciais. </li></ul><ul><li>O seu processo de amadurecimento, pode ser comparado a uma larga gestação, cujo parto doloroso propicia especial plenificação. </li></ul><ul><li>Procedente de atavismos agressivos, imantado ainda aos instintos, o ser cresce sob pressões que lhe despertam a necessidade de desabrochar os valores adormecidos. </li></ul>
  4. 4. Maturidade X Imaturidade O desenvolvimento humano <ul><li>Apresentam-se os fatores hereditários, psicossociais, econômicos, que colaboram para o seu desenvolvimento. </li></ul><ul><li>Graças à sua constituição emocional e orgânica, na vida infantil o ser é egocêntrico, acreditando que tudo gira em torno do seu universo. </li></ul><ul><li>Passado esse período, faz-se ególatra, acumulando tudo e apenas pensando em si. </li></ul><ul><li>Em sucessão, apresenta-se introvertido, egoísta, possuindo sem repartir, detentor de coisas, não de paz pessoal. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>A imaturidade expressa-se através da preservação dos conflitos, graças aos quais muda de comportamento sem liberar-se da injunção causal, que são a frustração, o desconforto moral, a presença da infância. E mesmo quando se apresenta completado, as suas reações prosseguem infantis, destituídas de sensibilidade, no tormento de metas sem significado. </li></ul><ul><li>O sentido da vida permanece adstrito ao círculo estreito da aquisição de coisas e à sujeição de outras pessoas aos seus caprichos. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Certamente, fatores genéticos contribuem para o desenvolvimento ou não da maturidade, em se considerando as cargas hereditárias na constituição orgânica, na câmara cerebral, na aparelhagem nervosa e glandular, especialmente as de secreção endócrina, na constituição do sexo. </li></ul><ul><li>Todavia, não podemos ignorar a preponderância do modelo organizador biológico (MOB) ou perispírito, responsável pela harmonização dos implementos de que o espírito irá se utilizar para o seu processo evolutivo no corpo transitório. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Face a isso, cada pessoa é a soma das suas experiências transatas, e sua mente é o veículo formador de quanto se lhe torna necessário para o processo iluminativo. </li></ul><ul><li>A análise do perispírito demonstra que a personalidade resulta da experiência de cada etapa, mas a individualidade é a soma de todas as realizações nas sucessivas reencarnações. </li></ul><ul><li>Graças a esses fenômenos, as pressões picossociais- ambiente, educação, lutas e atividades – aparecem contribuindo para a realização destas ou reparação delas, em razão dos processos de mérito ou débito que cada um se faz portador. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Todos nascem ou renascem nos núcleos familiares e sociais de que necessitam para aprimorar-se, e não conforme se assevera tradicionalmente: que merecem. </li></ul><ul><li>Começam a superar os processos atávicos, quando surge a necessidade de crescer e ampliar o círculo de amigos, surgindo as primeiras expressões do amor. </li></ul><ul><li>O amor é a chama que arde atraente, oferecendo claridade e calor, ao tempo que alimenta com paz, face à permuta entre quem ama e aquele que se torna amado. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Desenvolve-se então uma empatia que arranca o ser do primitivismo, conduzindo-o à imensa área do progresso, onde a experiência de doação torna-se enriquecedora, trabalhando pelo olvido do ser em si mesmo com a lembrança constante de seu próximo. </li></ul><ul><li>A afetividade é o campo central para a batalha entre as diversas paixões de posse e de renuncia, de domínio e abnegação, ensejando a predominância da doação plena. </li></ul>
  10. 10. <ul><li>O próximo passo é o amadurecimento mental, que se adquire pela emoção e pelo conhecimento. É a conquista da razão, princípio ordenador, responsável pela formação do discernimento. </li></ul><ul><li>Para que ocorra amadurecimento se torna indispensável pensar, exercitando a mente e ampliando a capacidade de discernir. </li></ul><ul><li>É o estabelecimento dos valores, é a maturidade moral. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>A conquista da maturidade moral verdadeira torna-se indispensável para a auto-realização do ser e da sociedade em geral. </li></ul><ul><li>Maturidade Social – Autoconhecendo-se e autotrabalhando-se, o homem psicológico torna-se harmônico no grupo, é aglutinador, compreensivo, líder natural, proporcionando bem estar a sua volta e alegria de viver. </li></ul><ul><li>O Homem maduro psicologicamente vive a amplidão infinita das aspirações do bom, do belo, do verdadeiro, esvaído do egoísmo, encontra o nós, tornado-se homem integral, ideal, no rumo do infinito. </li></ul>
  12. 12. UNIÃO DAS SOCIEDADES ESPIRITAS DEPARTAMENTO DO SERVIÇO de ASSISTENCIA e PROMOÇÃO SOCIAL ESPÍRITA
  13. 13. DEFINIÇÕES <ul><li>Assistência: “Assiduidade em acompanhar alguém, dispensando-lhe cuidados”. </li></ul><ul><li>Social: “Pertencente ou relativo à </li></ul><ul><li>Sociedade”. </li></ul><ul><li>Sociedade – “Organização dinâmica de indivíduos autoconscientes e que compartilham objetivos comuns e são, assim capazes de ação conjugada”. </li></ul>
  14. 14. Promoção: “Ato ou efeito de promover”. <ul><li>Promover – “ Dar impulso a; favorecer o progresso de; fomentar; trabalhar a favor de”. </li></ul><ul><li>Promoção Social: “Assistir ao individuo, permitindo-lhe desenvolver a sua autoconsciência e a compartilhar objetivos, orientando-os para uma ação conjugada, que possibilite aos mesmos e aos seus pares o progresso bio-sócio-psico-espiritual”. </li></ul>
  15. 15. Serviço de Assistência e Promoção Social Espírita <ul><li>“ O SAPSE é uma das atividades básicas do Centro Espírita, tendo como característica fundamental o trabalho de promoção do ser humano à Luz do Espiritismo, oferecendo-lhe condições, para enfrentar e buscar superar as suas limitações sócio-econômico-moral-espiritual. Baseados nas orientações de o Livro Dos Espíritos. </li></ul>
  16. 16. Lei de Sociedade Necessidade da Vida Social   <ul><li>“ Nenhum homem possui todos os conhecimentos; e é pela união social que eles se complementam uns aos outros, a fim de assegurarem o bem-estar mútuo e progredirem. Eis porque, tendo necessidade uns dos outros, feitos para viver em sociedade e não isolados”. </li></ul><ul><li>“ A Humanidade progride por meio da melhora gradativa dos indivíduos que se esclarecem”. </li></ul><ul><li>  </li></ul>
  17. 17. “ Lei da Igualdade” <ul><li>“ Todos os homens são submetidos às mesmas leis naturais; todos nascem com a mesma fragilidade, estão sujeitos às mesmas dores; o corpo do rico passa pelo mesmo processo de destruição de que o do pobre. Deus não concedeu, portanto, superioridade natural a nenhum homem, nem pelo nascimento, nem pela morte; são todos iguais diante dele”. </li></ul>
  18. 18. Das Aptidões <ul><li>“ Deus criou todos os espíritos iguais, mas cada um individualmente viveu mais ou menos tempo e, por conseguinte, granjeou maior ou menor número de aquisições. A diferença está no grau de experiência e na vontade, que é o livre-arbítrio. Daí sucede que uns se aperfeiçoam mais rapidamente, o que lhes dá aptidões diversas. A união das aptidões é necessária, a fim de que cada um possa cooperar para os desígnios da Providência, no limite de suas forças físicas e intelectuais. O que um não faz o outro faz; é dessa forma que cada um tem a sua possibilidade de ser útil.”.   </li></ul>
  19. 19. <ul><li>“ SAPSE – Trabalho promocional de renovação social, onde se procura sensibilizar o individuo e a família, a fim de que empreendam a própria transformação social e </li></ul><ul><li>espiritual”.   </li></ul>
  20. 20. Finalidade Básica: <ul><li>Atender “integralmente” a família que se encontra em situação de exclusão social, incluídas na programação assistencial do Centro Espírita, conjugando sempre a ajuda material, </li></ul><ul><li>socorro espiritual e orientação doutrinária, sem imposições. </li></ul>
  21. 21.     Finalidade Básica <ul><li>Promover o individuo e a família carenciada, no aspecto bio-psico-sócio-espiritual, à luz da Doutrina Espírita, facilitando-lhes a reflexão sobre as possibilidades de mudanças tanto na vida exterior como intimamente. </li></ul><ul><li>Ser um espaço, para todos aqueles que freqüentam a Casa Espírita, de oportunidade para exercitar seu aprimoramento íntimo, pela vivência do evangelho junto aos indivíduos e às famílias em situação de carência sócio-econômica-moral-espiritual. </li></ul>
  22. 22. Objetivos <ul><li>Acolhimento </li></ul><ul><li>Orientação </li></ul><ul><li>Educação </li></ul><ul><li>Assistência </li></ul><ul><li>Acompanhamento </li></ul>
  23. 23. Pontos Principais <ul><li>Foco – o que, quem e como? </li></ul><ul><li>Espaço Físico – Aonde e Quando? </li></ul><ul><li>Material Humano – voluntários e funcionários </li></ul><ul><li>Estrutura Legal – Regimento Interno e Normas que regerão o trabalho. </li></ul><ul><li>Fundamentos Constitucionais e Legais da Assistência Social </li></ul>
  24. 24. O que devemos evitar <ul><li>Egocentrismo </li></ul><ul><li>Assistencialismo </li></ul><ul><li>Clientelismo </li></ul><ul><li>Quebra de continuidade </li></ul><ul><li>Fugir do conceito doutrinário/filosófico em que está inserido. </li></ul>
  25. 25. O que devemos implantar <ul><li>Renovação periódica de Gestão </li></ul><ul><li>Treinamento de Dirigentes e Voluntários </li></ul><ul><li>Recursos Materiais Disponíveis: Ambiente (Local); Recursos Financeiros, etc </li></ul><ul><li>Reciclagem periódica de Dirigentes e Voluntários </li></ul>
  26. 26. Campanhas <ul><li>O SAPSE PODE E DEVE ENCABEÇAR CAMPANHAS, TAIS COMO: </li></ul><ul><li>PRESERVAÇÃO DA VIDA. </li></ul><ul><li>PREVENÇÃO AS DROGAS. </li></ul><ul><li>MAIS EDUCAÇÃO E MENOS VIOLÊNCIA. </li></ul>
  27. 27. Assistência Fraterna <ul><li>     EDUCAÇÃO É TRANSFORMAR A MANEIRA DE PENSAR PARA VIVER MELHOR.  </li></ul><ul><li>-         EVANGELIZAÇÃO É MANEIRA DE AGIR CORRETAMENTE PERANTE O CONHECIMENTO RECEBIDO </li></ul>
  28. 28. CONCLUSÃO <ul><li>UNIDOS E CONSCIENTES, AJUDAREMOS A MUITOS E CRESCEREMOS NO CAMINHO DA ESPIRITUALIDADE . </li></ul><ul><li>Luiz Fernando Penteado </li></ul><ul><li>Psicólogo </li></ul><ul><li>Presidente da USE Regional </li></ul><ul><li>São Paulo </li></ul>

×