Visita de Estudo
Unuversidade Sénior
Contemporânea do Porto
SANTIAGO
DE COMPOSTELA
“À Descoberta do Caminho
Português – Pa...
Itinerário
Concentração na Universidade Sénior Contemporânea pelas 7h
15; Partida para Santiago de Compostela às 7h 30; Pa...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Folheto da Visita de estudo da Universidade Sénior Contemporânea a Santiago de Compostela

462 visualizações

Publicada em

Visita de Estudo da Universidade Sénior Contemporânea do Porto a SANTIAGO DE COMPOSTELA, Pontevedra e Tui:

“À Descoberta do Caminho Português – Património Cultural e Religioso do Noroeste Peninsular”

Coord. Prof. Artur Filipe dos Santos

16 DE JULHO
Itinerário

Santiago de Compostela
Pontevedra
Tui

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Folheto da Visita de estudo da Universidade Sénior Contemporânea a Santiago de Compostela

  1. 1. Visita de Estudo Unuversidade Sénior Contemporânea do Porto SANTIAGO DE COMPOSTELA “À Descoberta do Caminho Português – Património Cultural e Religioso do Noroeste Peninsular” Coord. Prof. Artur Filipe dos Santos Itininerário Santiago de Compostela Pontevedra Tui Almoço Incluído Para mais informações E inscrições contacte usc@sapo.pt / 964068452
  2. 2. Itinerário Concentração na Universidade Sénior Contemporânea pelas 7h 15; Partida para Santiago de Compostela às 7h 30; Paragem a meio do caminho na área de serviço de San Simón; Chegada a Santiago de Compostela para visitar o Monte do Gozo (ou Monte de S. Marcos), local emblemátivo onde os peregrinos que demandam o Caminho de Santiago miram pela primeira vez as torres da Catedral do Apóstolo Santo; e onde se encontra uma estátua intitulada A XEGADA, da autoria de José Acuña Lopez, escultor galego nascido em 1903. Esta escultura foi colocada neste monte em 1994 para celebrar a classificação do caminho francês como Património da Humanidade em 1993. Visita ao Mercado Tradicional de Abastos, construído em 1873, é o segundo espaço mais visitado em Santiago depois da Catedral. O atual Mercado de Abastos de Santiago foi construído no ano 1941, mas para falar da história do Mercado temos que falar do seu predecessor, o "Mercado de la Ciudad". É importante porque era a primeira vez que se dava um tecto aos diversos e dispersos mercados existentes na Compostela daquela época. Em 1937 seria derrubado para a edificação da atual Plaza de Abastos. O Mercado funcionou sempre durante estes últimos três séculos, e converteu-se num centro líder na comercialização de produtos frescos em Santiago. Almoço: Restaurante Monte da Condesa Da parte da tarde iremos visitar o Mosteiro de Santo Domingo de Bonaval, onde se encontra o Museu do Povo Galego. Mandado construir por S. Domingos de Gusmão (fundador da Ordem Beneditina) em princípios do séc. XIII. O Museu do Povo Galego foi instalado no antigo espaço do convento em 1977; Seguimos pela Porta do Caminho em direção à Igreja de São Martinho Pinário, cuja primeira construção data de 899. Caminhamos em direção às emblemáticas praças da Azebacheria, Praça da Quintana e Praça das Praterias, onde vamos falar ainda das torres da Catedral, do pitoresco relógio da torre da Berenguela. Seguimos para a Praça do Obradoiro onde vamos ficar a conhecer a Reitoria da Universidade de Santiago, fundada pelo Bispo Alonzo de Fonseca em 1495, o Pazo de Rajoy, o Pazo de Gelmires e o Hostal do Reis Católicos. De seguida vamos visita a Catedral de Santiago, onde se encontram os restos mortais do Apóstolo de Santiago O Maior e seus dois discípulos Teodoro e Atanásio. Construída entre 1075 e 1128, guarda no seu interior a mais importante organização escultórica do românico da Península Ibérica e uma das mais espetaculares da Europa. O Pórtico da Glória, da autoria do Mestre Mateo, desenvolvido entre 1168 e 1188. De fachada barroca, da autoria de Fernando Casas Novoa (1738), a Catedral guarda ainda preciosidades como a Capela de Santa Mareia da Corticela, uma das mais antigas capelas românicas da Europa, a urna de prata onde se encontram depositados os restos mortais do apóstolo, a figura de Santiago cravejada de pedras preciosas (não esqueça o tradicional abraço. Uma referência ainda ao Botafumeiro, um incensário gigante que é movido por oito homens (tiraboleiros) em ocasiões especiais. Referência ainda para a Porta Santa, que se encontra atrás do altar-mor e que se abre apenas em anos de Xacobeo Compostelano. Segue-se um momento de tempo livre. De seguida partimos em direção à Igreja de S. Francisco de Assis, (S. Francisco de Val de Deus. Diz a lenda que São Francisco de Assis, em peregrinação a Compostela em 1214, hospedou-se com um carvoeiro chamado Cotolaina sua choupana do Monte Pedroso. Encomendou a este construir um mosteiro, mas quando lhe replicou que não tinha recursos, mostrou-lhe um tesouro perto da ermida de San Paio do Monte, que permitiria levar a cabo a obra. Seguimos em direção a Pontevedra, onde iremos visitar a Capela da Virxen Peregrina, edificada n o séc. XVIII e finalmente em direção a Tui, primeira paragem do Caminho Português na Galiza onde iremos visitar a Catedral de Santa Maria, cuja construção foi iniciada a 1128 e finalizada em 1180. Partida de regresso ao Porto .

×