SlideShare uma empresa Scribd logo

Iniciativas da Web 2.0 para a Manipulação de Dados Estatísticos

UTFPR
UTFPR

Este artigo tem como objetivo apresentar iniciativas surgidas no âmbito da chamada “Web 2.0”, que visem à manipulação e à visualização de dados estatísticos. São relacionadas as definições e conceitos que norteiam o desenvolvimento dos aplicativos web atuais; a situação da utilização dos dados estatísticos na internet atual; a importância do incremento de tal utilização; as iniciativas mais relevantes disponibilizadas até agora; e uma proposta para os dados estatísticos produzidos no Brasil.

1 de 13
Baixar para ler offline
Centro de Documentação e
                 Disseminação de Informações
                 Gerência de Serviços Online




Iniciativas da Web 2.0 para a
Manipulaç               Estatí
Manipulação de Dados Estatísticos




                                Luiz Paulo Nascimento
                                   lpaulo@ibge.gov.br

                                         20/10/2007
Iniciativas da Web 2.0 para a Manipulação de Dados Estatísticos


       Objetivo

       Apresentar iniciativas surgidas no âmbito da chamada “Web
       2.0”, que visem a manipulação e visualização de dados
       estatísticos.

       • Definições e conceitos que norteiam o desenvolvimento dos
       aplicativos web atuais;

       • A situação da utilização dos dados estatísticos na internet
       atual;

       • A importância do incremento de tal utilização;

       • Iniciativas mais relevantes;

       • Uma proposta para os dados estatísticos produzidos no
       Brasil.
Iniciativas da Web 2.0 para a Manipulação de Dados Estatísticos


       Web 2.0 e suas características
       “A rede como plataforma” (O’Reilly)

       “Web participativa” (OECD)

       Em ambas as definições, está presente a figura central do usuário,
       responsável não mais por consumir informação, mas também por
       produzi-la, e por contribuir ativamente para o enriquecimento
       continuado dos serviços.

       Elementos Conceituais (Paul Miller):

       •   Livre disponibilização de dados
       •   Construção de aplicativos virtuais
       •   Participação
       •   Aplicativos que trabalham para o usuário
       •   Aplicativos modulares (componentes interoperacionais)
       •   Compartilhamento (código, conteúdo, idéias)
       •   Comunicação e redes sociais
       •   Mistura (“remix”) de informações
       •   Esperteza (reconhecimento e adaptação às ações do usuário)
Iniciativas da Web 2.0 para a Manipulação de Dados Estatísticos


       Web, dados estatísticos e “comunicação do
       conhecimento”
                     Termos e
      Links                                Fotos             Vídeos
                     Definições




                          Dados Estatísticos



                                  ?
Iniciativas da Web 2.0 para a Manipulação de Dados Estatísticos


       Web, dados estatísticos e “comunicação do
       conhecimento”
       quot;É fato que as estatísticas disponíveis são utilizadas por
       relativamente poucos, tanto em relação aos níveis crescentes
       de quantidade e qualidade dos dados estatísticos, quanto à
       explosão do uso da internetquot; (Rosling et al.)

       “Paradoxo do Conhecimento:
       • O conhecimento científico parece cada vez menos
       compreensível, relevante e interessante para que as pessoas o
       venham a utilizar em sua vida cotidiana e compreender as
       complexidades de seus próprios mundos;
       • O conhecimento científico é o mais determinante fator na
       construção do modo de vida cotidiano das sociedades
       modernas ocidentais.” (Wersig)
Iniciativas da Web 2.0 para a Manipulação de Dados Estatísticos


       Web, dados estatísticos e “comunicação do
       conhecimento”

       “Acreditamos que interfaces gráficas melhoradas para
       apresentação de estatísticas em modo dinâmico podem
       aumentar bastante a demanda e o uso de estatísticas.“
       (Rosling et al.)

       “Conforme os usuários venham a levantar questionamentos,
       fazer perguntas, e conforme novas abordagens
       descentralizadas para a criação de conteúdo venham a ser
       adotadas, o debate sobre questões políticas e de transparência
       e certas funções de fiscalização do poder público podem ser
       melhorados, no sentido de uma cultura mais crítica e auto-
       reflexiva.” (OECD)
Anúncio

Recomendados

Workshop progettare ipertesti_med_elba
Workshop progettare ipertesti_med_elbaWorkshop progettare ipertesti_med_elba
Workshop progettare ipertesti_med_elbaLiana Peria
 
lezione13_04_2012 cecina3A
lezione13_04_2012 cecina3Alezione13_04_2012 cecina3A
lezione13_04_2012 cecina3ALiana Peria
 
Progettare ipertesti_convegno cecina
Progettare ipertesti_convegno cecinaProgettare ipertesti_convegno cecina
Progettare ipertesti_convegno cecinaLiana Peria
 
Digital Exams - Integration - Dialogkonferanse
Digital Exams - Integration - DialogkonferanseDigital Exams - Integration - Dialogkonferanse
Digital Exams - Integration - DialogkonferanseSnorre Løvås
 
Comunicação Digital e Comportamento Político
Comunicação Digital e Comportamento PolíticoComunicação Digital e Comportamento Político
Comunicação Digital e Comportamento PolíticoPaperCliQ Comunicação
 

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Iniciativas da Web 2.0 para a Manipulação de Dados Estatísticos

Gov2.0 - Oportunidades e Desafios
Gov2.0 - Oportunidades e DesafiosGov2.0 - Oportunidades e Desafios
Gov2.0 - Oportunidades e DesafiosNuno Salvador
 
Web 2.0: estratégia e usabilidade
Web 2.0: estratégia e usabilidadeWeb 2.0: estratégia e usabilidade
Web 2.0: estratégia e usabilidademtristao
 
Consad 2015 abertura de dados e web semantica
Consad 2015   abertura de dados e web semanticaConsad 2015   abertura de dados e web semantica
Consad 2015 abertura de dados e web semanticaSPUK
 
Consad 2015 abertura de dados e web semantica
Consad 2015   abertura de dados e web semanticaConsad 2015   abertura de dados e web semantica
Consad 2015 abertura de dados e web semanticaSPUK
 
Geração de valor real de negócios a partir3
Geração de valor real de negócios a partir3Geração de valor real de negócios a partir3
Geração de valor real de negócios a partir3Augusto Lima
 
Transparência pública ou os dados brutos também amam
Transparência pública ou os dados brutos também amamTransparência pública ou os dados brutos também amam
Transparência pública ou os dados brutos também amamCampus Party Brasil
 
Utilização de Big Data em portais de dados abertos
Utilização de Big Data em portais de dados abertosUtilização de Big Data em portais de dados abertos
Utilização de Big Data em portais de dados abertosMarcos V. Saturno Ribeiro
 
Inteligência Coletiva Empresarial
Inteligência Coletiva EmpresarialInteligência Coletiva Empresarial
Inteligência Coletiva EmpresarialElvis Fusco
 
Big Data e Análise de Dados Massivos
Big Data e Análise de Dados MassivosBig Data e Análise de Dados Massivos
Big Data e Análise de Dados MassivosFrancisco Oliveira
 
Política de Dados Abertos - 21º Concurso Inovação - Enap
Política de Dados Abertos - 21º Concurso Inovação - EnapPolítica de Dados Abertos - 21º Concurso Inovação - Enap
Política de Dados Abertos - 21º Concurso Inovação - EnapAugusto Herrmann Batista
 
Informação Pública 5.0 - Co-criação, Serviços públicos eficazes, Oportunidade...
Informação Pública 5.0 - Co-criação, Serviços públicos eficazes, Oportunidade...Informação Pública 5.0 - Co-criação, Serviços públicos eficazes, Oportunidade...
Informação Pública 5.0 - Co-criação, Serviços públicos eficazes, Oportunidade...Thiago Avila, Msc
 
Palestra na Unirio - Tese de Doutorado
Palestra na Unirio - Tese de DoutoradoPalestra na Unirio - Tese de Doutorado
Palestra na Unirio - Tese de DoutoradoLuiz Agner
 
Big Data Analytics e Social Mining - Inteligência Em Uma Montanha de Dados?
Big Data Analytics e Social Mining - Inteligência Em Uma Montanha de Dados?Big Data Analytics e Social Mining - Inteligência Em Uma Montanha de Dados?
Big Data Analytics e Social Mining - Inteligência Em Uma Montanha de Dados?Mauricio Cesar Santos da Purificação
 
Civic Hacking - Campus Party Brasil
Civic Hacking - Campus Party BrasilCivic Hacking - Campus Party Brasil
Civic Hacking - Campus Party BrasilEsfera
 

Semelhante a Iniciativas da Web 2.0 para a Manipulação de Dados Estatísticos (20)

Gov2.0 - Oportunidades e Desafios
Gov2.0 - Oportunidades e DesafiosGov2.0 - Oportunidades e Desafios
Gov2.0 - Oportunidades e Desafios
 
Web 2.0: estratégia e usabilidade
Web 2.0: estratégia e usabilidadeWeb 2.0: estratégia e usabilidade
Web 2.0: estratégia e usabilidade
 
Consad 2015 abertura de dados e web semantica
Consad 2015   abertura de dados e web semanticaConsad 2015   abertura de dados e web semantica
Consad 2015 abertura de dados e web semantica
 
Consad 2015 abertura de dados e web semantica
Consad 2015   abertura de dados e web semanticaConsad 2015   abertura de dados e web semantica
Consad 2015 abertura de dados e web semantica
 
Geração de valor real de negócios a partir3
Geração de valor real de negócios a partir3Geração de valor real de negócios a partir3
Geração de valor real de negócios a partir3
 
O Futuro Da Web
O Futuro Da WebO Futuro Da Web
O Futuro Da Web
 
Big Data aplicado a Cidades Inteligentes
Big Data aplicado a Cidades InteligentesBig Data aplicado a Cidades Inteligentes
Big Data aplicado a Cidades Inteligentes
 
Transparência pública ou os dados brutos também amam
Transparência pública ou os dados brutos também amamTransparência pública ou os dados brutos também amam
Transparência pública ou os dados brutos também amam
 
Pdf Campus Party 2010
Pdf   Campus Party 2010Pdf   Campus Party 2010
Pdf Campus Party 2010
 
Utilização de Big Data em portais de dados abertos
Utilização de Big Data em portais de dados abertosUtilização de Big Data em portais de dados abertos
Utilização de Big Data em portais de dados abertos
 
Aula 01
Aula 01Aula 01
Aula 01
 
Inteligência Coletiva Empresarial
Inteligência Coletiva EmpresarialInteligência Coletiva Empresarial
Inteligência Coletiva Empresarial
 
Web 2.0: Rupturas e Continuidades
Web 2.0: Rupturas e ContinuidadesWeb 2.0: Rupturas e Continuidades
Web 2.0: Rupturas e Continuidades
 
Big Data e Análise de Dados Massivos
Big Data e Análise de Dados MassivosBig Data e Análise de Dados Massivos
Big Data e Análise de Dados Massivos
 
Política de Dados Abertos - 21º Concurso Inovação - Enap
Política de Dados Abertos - 21º Concurso Inovação - EnapPolítica de Dados Abertos - 21º Concurso Inovação - Enap
Política de Dados Abertos - 21º Concurso Inovação - Enap
 
Informação Pública 5.0 - Co-criação, Serviços públicos eficazes, Oportunidade...
Informação Pública 5.0 - Co-criação, Serviços públicos eficazes, Oportunidade...Informação Pública 5.0 - Co-criação, Serviços públicos eficazes, Oportunidade...
Informação Pública 5.0 - Co-criação, Serviços públicos eficazes, Oportunidade...
 
Palestra na Unirio - Tese de Doutorado
Palestra na Unirio - Tese de DoutoradoPalestra na Unirio - Tese de Doutorado
Palestra na Unirio - Tese de Doutorado
 
CONGEP 2009 - 8 Dez
CONGEP 2009 - 8 DezCONGEP 2009 - 8 Dez
CONGEP 2009 - 8 Dez
 
Big Data Analytics e Social Mining - Inteligência Em Uma Montanha de Dados?
Big Data Analytics e Social Mining - Inteligência Em Uma Montanha de Dados?Big Data Analytics e Social Mining - Inteligência Em Uma Montanha de Dados?
Big Data Analytics e Social Mining - Inteligência Em Uma Montanha de Dados?
 
Civic Hacking - Campus Party Brasil
Civic Hacking - Campus Party BrasilCivic Hacking - Campus Party Brasil
Civic Hacking - Campus Party Brasil
 

Mais de UTFPR

Cascading oppression in design
Cascading oppression in designCascading oppression in design
Cascading oppression in designUTFPR
 
Inteligência artificial e o trabalho de design
Inteligência artificial e o trabalho de designInteligência artificial e o trabalho de design
Inteligência artificial e o trabalho de designUTFPR
 
Expanding the design object
Expanding the design objectExpanding the design object
Expanding the design objectUTFPR
 
Contradiction-driven design
Contradiction-driven designContradiction-driven design
Contradiction-driven designUTFPR
 
Metacriatividade: criatividade sobre criatividade
Metacriatividade: criatividade sobre criatividadeMetacriatividade: criatividade sobre criatividade
Metacriatividade: criatividade sobre criatividadeUTFPR
 
Gestão do conhecimento na pesquisa de experiências
Gestão do conhecimento na pesquisa de experiênciasGestão do conhecimento na pesquisa de experiências
Gestão do conhecimento na pesquisa de experiênciasUTFPR
 
Jogos Surrealistas e Inteligência Artificial
Jogos Surrealistas e Inteligência ArtificialJogos Surrealistas e Inteligência Artificial
Jogos Surrealistas e Inteligência ArtificialUTFPR
 
El hacer como quehacer: notas para un diseño libre
El hacer como quehacer: notas para un diseño libreEl hacer como quehacer: notas para un diseño libre
El hacer como quehacer: notas para un diseño libreUTFPR
 
Expressando a posicionalidade do cria-corpo
Expressando a posicionalidade do cria-corpoExpressando a posicionalidade do cria-corpo
Expressando a posicionalidade do cria-corpoUTFPR
 
Pensamento visual expansivo
Pensamento visual expansivoPensamento visual expansivo
Pensamento visual expansivoUTFPR
 
O segredo da criatividade no design
O segredo da criatividade no designO segredo da criatividade no design
O segredo da criatividade no designUTFPR
 
Por que pesquisar e não somente fazer design?
Por que pesquisar e não somente fazer design?Por que pesquisar e não somente fazer design?
Por que pesquisar e não somente fazer design?UTFPR
 
Making work visible in the theater of service design
Making work visible in the theater of service designMaking work visible in the theater of service design
Making work visible in the theater of service designUTFPR
 
Can designers change systemic oppression?
Can designers change systemic oppression?Can designers change systemic oppression?
Can designers change systemic oppression?UTFPR
 
Design contra opressão
Design contra opressãoDesign contra opressão
Design contra opressãoUTFPR
 
O papel da teoria na pesquisa de experiências
O papel da teoria na pesquisa de experiênciasO papel da teoria na pesquisa de experiências
O papel da teoria na pesquisa de experiênciasUTFPR
 
Diseño y la colonialidad del hacer
Diseño y la colonialidad del hacerDiseño y la colonialidad del hacer
Diseño y la colonialidad del hacerUTFPR
 
Problematizando a experiência do usuário (ExU)
Problematizando a experiência do usuário (ExU)Problematizando a experiência do usuário (ExU)
Problematizando a experiência do usuário (ExU)UTFPR
 
Pesquisa bibliográfica de experiências (desk research)
Pesquisa bibliográfica de experiências (desk research)Pesquisa bibliográfica de experiências (desk research)
Pesquisa bibliográfica de experiências (desk research)UTFPR
 
Ética Latino-Americana no Design de Serviços
Ética Latino-Americana no Design de ServiçosÉtica Latino-Americana no Design de Serviços
Ética Latino-Americana no Design de ServiçosUTFPR
 

Mais de UTFPR (20)

Cascading oppression in design
Cascading oppression in designCascading oppression in design
Cascading oppression in design
 
Inteligência artificial e o trabalho de design
Inteligência artificial e o trabalho de designInteligência artificial e o trabalho de design
Inteligência artificial e o trabalho de design
 
Expanding the design object
Expanding the design objectExpanding the design object
Expanding the design object
 
Contradiction-driven design
Contradiction-driven designContradiction-driven design
Contradiction-driven design
 
Metacriatividade: criatividade sobre criatividade
Metacriatividade: criatividade sobre criatividadeMetacriatividade: criatividade sobre criatividade
Metacriatividade: criatividade sobre criatividade
 
Gestão do conhecimento na pesquisa de experiências
Gestão do conhecimento na pesquisa de experiênciasGestão do conhecimento na pesquisa de experiências
Gestão do conhecimento na pesquisa de experiências
 
Jogos Surrealistas e Inteligência Artificial
Jogos Surrealistas e Inteligência ArtificialJogos Surrealistas e Inteligência Artificial
Jogos Surrealistas e Inteligência Artificial
 
El hacer como quehacer: notas para un diseño libre
El hacer como quehacer: notas para un diseño libreEl hacer como quehacer: notas para un diseño libre
El hacer como quehacer: notas para un diseño libre
 
Expressando a posicionalidade do cria-corpo
Expressando a posicionalidade do cria-corpoExpressando a posicionalidade do cria-corpo
Expressando a posicionalidade do cria-corpo
 
Pensamento visual expansivo
Pensamento visual expansivoPensamento visual expansivo
Pensamento visual expansivo
 
O segredo da criatividade no design
O segredo da criatividade no designO segredo da criatividade no design
O segredo da criatividade no design
 
Por que pesquisar e não somente fazer design?
Por que pesquisar e não somente fazer design?Por que pesquisar e não somente fazer design?
Por que pesquisar e não somente fazer design?
 
Making work visible in the theater of service design
Making work visible in the theater of service designMaking work visible in the theater of service design
Making work visible in the theater of service design
 
Can designers change systemic oppression?
Can designers change systemic oppression?Can designers change systemic oppression?
Can designers change systemic oppression?
 
Design contra opressão
Design contra opressãoDesign contra opressão
Design contra opressão
 
O papel da teoria na pesquisa de experiências
O papel da teoria na pesquisa de experiênciasO papel da teoria na pesquisa de experiências
O papel da teoria na pesquisa de experiências
 
Diseño y la colonialidad del hacer
Diseño y la colonialidad del hacerDiseño y la colonialidad del hacer
Diseño y la colonialidad del hacer
 
Problematizando a experiência do usuário (ExU)
Problematizando a experiência do usuário (ExU)Problematizando a experiência do usuário (ExU)
Problematizando a experiência do usuário (ExU)
 
Pesquisa bibliográfica de experiências (desk research)
Pesquisa bibliográfica de experiências (desk research)Pesquisa bibliográfica de experiências (desk research)
Pesquisa bibliográfica de experiências (desk research)
 
Ética Latino-Americana no Design de Serviços
Ética Latino-Americana no Design de ServiçosÉtica Latino-Americana no Design de Serviços
Ética Latino-Americana no Design de Serviços
 

Último

Uniagil - LACP - Lean Agile Coach Professional 2024.pdf
Uniagil - LACP - Lean Agile Coach Professional 2024.pdfUniagil - LACP - Lean Agile Coach Professional 2024.pdf
Uniagil - LACP - Lean Agile Coach Professional 2024.pdfPatriciaAraujo658854
 
MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 51-2024.docx
MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 51-2024.docxMAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 51-2024.docx
MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 51-2024.docxjosecarlos413721
 
MAPA - GCOM - TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO E VENDAS - 512024.docx
MAPA - GCOM - TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO E VENDAS - 512024.docxMAPA - GCOM - TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO E VENDAS - 512024.docx
MAPA - GCOM - TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO E VENDAS - 512024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51-2024.docx
ATIVIDADE 1 - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51-2024.docxATIVIDADE 1 - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51-2024.docx
ATIVIDADE 1 - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51-2024.docxjosecarlos413721
 
ATIVIDADE 1 - CCONT - PERÍCIA, ARBITRAGEM E ATUÁRIA - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CCONT - PERÍCIA, ARBITRAGEM E ATUÁRIA - 512024.docxATIVIDADE 1 - CCONT - PERÍCIA, ARBITRAGEM E ATUÁRIA - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CCONT - PERÍCIA, ARBITRAGEM E ATUÁRIA - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES  - 512024.docxMAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES  - 512024.docx
MAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 512024.docx
MAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA  - 512024.docxMAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA  - 512024.docx
MAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 512024.docx2m Assessoria
 
Aula 01 - Desenvolvimento web - A internet.pptx
Aula 01 - Desenvolvimento web - A internet.pptxAula 01 - Desenvolvimento web - A internet.pptx
Aula 01 - Desenvolvimento web - A internet.pptxHugoHoch2
 
ATIVIDADE 1- TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
ATIVIDADE 1- TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docxATIVIDADE 1- TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
ATIVIDADE 1- TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx2m Assessoria
 
Serviços para fazer deploy do seu Frontend - react ceara 8 meetup 2024
Serviços para fazer deploy do seu Frontend - react ceara 8 meetup 2024Serviços para fazer deploy do seu Frontend - react ceara 8 meetup 2024
Serviços para fazer deploy do seu Frontend - react ceara 8 meetup 2024Ismael Ash
 
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docxATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docxjosecarlos413721
 
MAPA - ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - 512024.docx
MAPA - ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - 512024.docxMAPA - ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - 512024.docx
MAPA - ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - 512024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - GFIN - FLUXO DE CAIXA E ADMINISTRAÇÃO DE CAPITAL DE GIRO - 5120...
ATIVIDADE 1 - GFIN - FLUXO DE CAIXA E ADMINISTRAÇÃO DE CAPITAL DE GIRO - 5120...ATIVIDADE 1 - GFIN - FLUXO DE CAIXA E ADMINISTRAÇÃO DE CAPITAL DE GIRO - 5120...
ATIVIDADE 1 - GFIN - FLUXO DE CAIXA E ADMINISTRAÇÃO DE CAPITAL DE GIRO - 5120...2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - CCONT - ESTRUTURAS DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CCONT - ESTRUTURAS DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS - 512024.docxATIVIDADE 1 - CCONT - ESTRUTURAS DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CCONT - ESTRUTURAS DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS - 512024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES  - 512024.docxATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES  - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51-2024.docx
MAPA - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51-2024.docxMAPA - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51-2024.docx
MAPA - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51-2024.docxjosecarlos413721
 
Apresentação bichinhos da TI: o que é esse arquiteto de software
Apresentação bichinhos da TI: o que é esse arquiteto de softwareApresentação bichinhos da TI: o que é esse arquiteto de software
Apresentação bichinhos da TI: o que é esse arquiteto de softwareAleatório .
 
ATIVIDADE 1 - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 512024.docxATIVIDADE 1 - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA - DESENHO TÉCNICO - 51-2024.docx
MAPA   -   DESENHO TÉCNICO - 51-2024.docxMAPA   -   DESENHO TÉCNICO - 51-2024.docx
MAPA - DESENHO TÉCNICO - 51-2024.docx2m Assessoria
 
Gadgets Inteligentes: Transformando o Modo como Vivemos .pdf
Gadgets Inteligentes: Transformando o Modo como Vivemos .pdfGadgets Inteligentes: Transformando o Modo como Vivemos .pdf
Gadgets Inteligentes: Transformando o Modo como Vivemos .pdfRicardoLealPintoDaSi
 

Último (20)

Uniagil - LACP - Lean Agile Coach Professional 2024.pdf
Uniagil - LACP - Lean Agile Coach Professional 2024.pdfUniagil - LACP - Lean Agile Coach Professional 2024.pdf
Uniagil - LACP - Lean Agile Coach Professional 2024.pdf
 
MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 51-2024.docx
MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 51-2024.docxMAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 51-2024.docx
MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 51-2024.docx
 
MAPA - GCOM - TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO E VENDAS - 512024.docx
MAPA - GCOM - TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO E VENDAS - 512024.docxMAPA - GCOM - TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO E VENDAS - 512024.docx
MAPA - GCOM - TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO E VENDAS - 512024.docx
 
ATIVIDADE 1 - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51-2024.docx
ATIVIDADE 1 - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51-2024.docxATIVIDADE 1 - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51-2024.docx
ATIVIDADE 1 - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51-2024.docx
 
ATIVIDADE 1 - CCONT - PERÍCIA, ARBITRAGEM E ATUÁRIA - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CCONT - PERÍCIA, ARBITRAGEM E ATUÁRIA - 512024.docxATIVIDADE 1 - CCONT - PERÍCIA, ARBITRAGEM E ATUÁRIA - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CCONT - PERÍCIA, ARBITRAGEM E ATUÁRIA - 512024.docx
 
MAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES  - 512024.docxMAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES  - 512024.docx
MAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
 
MAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 512024.docx
MAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA  - 512024.docxMAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA  - 512024.docx
MAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 512024.docx
 
Aula 01 - Desenvolvimento web - A internet.pptx
Aula 01 - Desenvolvimento web - A internet.pptxAula 01 - Desenvolvimento web - A internet.pptx
Aula 01 - Desenvolvimento web - A internet.pptx
 
ATIVIDADE 1- TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
ATIVIDADE 1- TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docxATIVIDADE 1- TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
ATIVIDADE 1- TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
 
Serviços para fazer deploy do seu Frontend - react ceara 8 meetup 2024
Serviços para fazer deploy do seu Frontend - react ceara 8 meetup 2024Serviços para fazer deploy do seu Frontend - react ceara 8 meetup 2024
Serviços para fazer deploy do seu Frontend - react ceara 8 meetup 2024
 
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docxATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
 
MAPA - ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - 512024.docx
MAPA - ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - 512024.docxMAPA - ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - 512024.docx
MAPA - ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - 512024.docx
 
ATIVIDADE 1 - GFIN - FLUXO DE CAIXA E ADMINISTRAÇÃO DE CAPITAL DE GIRO - 5120...
ATIVIDADE 1 - GFIN - FLUXO DE CAIXA E ADMINISTRAÇÃO DE CAPITAL DE GIRO - 5120...ATIVIDADE 1 - GFIN - FLUXO DE CAIXA E ADMINISTRAÇÃO DE CAPITAL DE GIRO - 5120...
ATIVIDADE 1 - GFIN - FLUXO DE CAIXA E ADMINISTRAÇÃO DE CAPITAL DE GIRO - 5120...
 
ATIVIDADE 1 - CCONT - ESTRUTURAS DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CCONT - ESTRUTURAS DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS - 512024.docxATIVIDADE 1 - CCONT - ESTRUTURAS DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CCONT - ESTRUTURAS DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS - 512024.docx
 
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES  - 512024.docxATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES  - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
 
MAPA - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51-2024.docx
MAPA - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51-2024.docxMAPA - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51-2024.docx
MAPA - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51-2024.docx
 
Apresentação bichinhos da TI: o que é esse arquiteto de software
Apresentação bichinhos da TI: o que é esse arquiteto de softwareApresentação bichinhos da TI: o que é esse arquiteto de software
Apresentação bichinhos da TI: o que é esse arquiteto de software
 
ATIVIDADE 1 - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 512024.docxATIVIDADE 1 - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 512024.docx
 
MAPA - DESENHO TÉCNICO - 51-2024.docx
MAPA   -   DESENHO TÉCNICO - 51-2024.docxMAPA   -   DESENHO TÉCNICO - 51-2024.docx
MAPA - DESENHO TÉCNICO - 51-2024.docx
 
Gadgets Inteligentes: Transformando o Modo como Vivemos .pdf
Gadgets Inteligentes: Transformando o Modo como Vivemos .pdfGadgets Inteligentes: Transformando o Modo como Vivemos .pdf
Gadgets Inteligentes: Transformando o Modo como Vivemos .pdf
 

Iniciativas da Web 2.0 para a Manipulação de Dados Estatísticos

  • 1. Centro de Documentação e Disseminação de Informações Gerência de Serviços Online Iniciativas da Web 2.0 para a Manipulaç Estatí Manipulação de Dados Estatísticos Luiz Paulo Nascimento lpaulo@ibge.gov.br 20/10/2007
  • 2. Iniciativas da Web 2.0 para a Manipulação de Dados Estatísticos Objetivo Apresentar iniciativas surgidas no âmbito da chamada “Web 2.0”, que visem a manipulação e visualização de dados estatísticos. • Definições e conceitos que norteiam o desenvolvimento dos aplicativos web atuais; • A situação da utilização dos dados estatísticos na internet atual; • A importância do incremento de tal utilização; • Iniciativas mais relevantes; • Uma proposta para os dados estatísticos produzidos no Brasil.
  • 3. Iniciativas da Web 2.0 para a Manipulação de Dados Estatísticos Web 2.0 e suas características “A rede como plataforma” (O’Reilly) “Web participativa” (OECD) Em ambas as definições, está presente a figura central do usuário, responsável não mais por consumir informação, mas também por produzi-la, e por contribuir ativamente para o enriquecimento continuado dos serviços. Elementos Conceituais (Paul Miller): • Livre disponibilização de dados • Construção de aplicativos virtuais • Participação • Aplicativos que trabalham para o usuário • Aplicativos modulares (componentes interoperacionais) • Compartilhamento (código, conteúdo, idéias) • Comunicação e redes sociais • Mistura (“remix”) de informações • Esperteza (reconhecimento e adaptação às ações do usuário)
  • 4. Iniciativas da Web 2.0 para a Manipulação de Dados Estatísticos Web, dados estatísticos e “comunicação do conhecimento” Termos e Links Fotos Vídeos Definições Dados Estatísticos ?
  • 5. Iniciativas da Web 2.0 para a Manipulação de Dados Estatísticos Web, dados estatísticos e “comunicação do conhecimento” quot;É fato que as estatísticas disponíveis são utilizadas por relativamente poucos, tanto em relação aos níveis crescentes de quantidade e qualidade dos dados estatísticos, quanto à explosão do uso da internetquot; (Rosling et al.) “Paradoxo do Conhecimento: • O conhecimento científico parece cada vez menos compreensível, relevante e interessante para que as pessoas o venham a utilizar em sua vida cotidiana e compreender as complexidades de seus próprios mundos; • O conhecimento científico é o mais determinante fator na construção do modo de vida cotidiano das sociedades modernas ocidentais.” (Wersig)
  • 6. Iniciativas da Web 2.0 para a Manipulação de Dados Estatísticos Web, dados estatísticos e “comunicação do conhecimento” “Acreditamos que interfaces gráficas melhoradas para apresentação de estatísticas em modo dinâmico podem aumentar bastante a demanda e o uso de estatísticas.“ (Rosling et al.) “Conforme os usuários venham a levantar questionamentos, fazer perguntas, e conforme novas abordagens descentralizadas para a criação de conteúdo venham a ser adotadas, o debate sobre questões políticas e de transparência e certas funções de fiscalização do poder público podem ser melhorados, no sentido de uma cultura mais crítica e auto- reflexiva.” (OECD)
  • 7. Iniciativas da Web 2.0 para a Manipulação de Dados Estatísticos Gapminder (http://tools.google.com/gapminder/)
  • 8. Iniciativas da Web 2.0 para a Manipulação de Dados Estatísticos Exemplos de Web 2.0 na manipulação de dados estatísticos Características Comuns: • Envio e disponibilização de dados estatísticos em formato tabular (tabelas) • Elaboração e publicação de visualizações (gráficos) • Categorização • Comentários, avaliações e recomendações de tabelas/gráficos por outros usuários
  • 9. Iniciativas da Web 2.0 para a Manipulação de Dados Estatísticos Swivel (http://swivel.com)
  • 10. Iniciativas da Web 2.0 para a Manipulação de Dados Estatísticos Public 360 (http://public.data360.org)
  • 11. Iniciativas da Web 2.0 para a Manipulação de Dados Estatísticos Many Eyes (http://many-eyes.com)
  • 12. Iniciativas da Web 2.0 para a Manipulação de Dados Estatísticos Uma proposta para a manipulação de dados estatísticos produzidos no Brasil Cabe levantar a importância de confrontar os benefícios trazidos pela Web 2.0 na manipulação de dados estatísticos com a realidade brasileira, onde a participação social e conscientização da população parece mais urgente a cada dia. A proposta defendida, portanto, é a de utilizar os conceitos sobre Web 2.0 e manipulação de dados estatísticos apresentados neste artigo para o desenvolvimento de uma plataforma para a disponibilização de serviços web, voltada principalmente para a utilização pela população brasileira, com base no uso dos dados estatísticos produzidos no Brasil, contando com a participação de instituições capazes de disponibilizar dados oficiais certificados, como o IBGE.
  • 13. Iniciativas da Web 2.0 para a Manipulação de Dados Estatísticos Obrigado! Luiz Paulo Nascimento lpaulo@ibge.gov.br