SlideShare uma empresa Scribd logo

RL ou SL: Novos caminhos para UX

UTFPR
UTFPR
1 de 50
Baixar para ler offline
RL or SL?
Novos Caminhos para a UX


      Amyris Fernandez, Profa.Dra.
RL ou SL: Novos caminhos para UX
Nos tornamos seres midiáticos
RL ou SL: Novos caminhos para UX
O celular como símbolo...
e como “canivete suiço”

Recomendados

9be68fd865574bbbc9ae2d12d08fe6e8 เฉลยทั้งหมด
9be68fd865574bbbc9ae2d12d08fe6e8 เฉลยทั้งหมด9be68fd865574bbbc9ae2d12d08fe6e8 เฉลยทั้งหมด
9be68fd865574bbbc9ae2d12d08fe6e8 เฉลยทั้งหมดkonosor
 
Folcsonomia: Vocabulário Descontrolado, Anarquitetura da Informação ou Samba ...
Folcsonomia: Vocabulário Descontrolado, Anarquitetura da Informação ou Samba ...Folcsonomia: Vocabulário Descontrolado, Anarquitetura da Informação ou Samba ...
Folcsonomia: Vocabulário Descontrolado, Anarquitetura da Informação ou Samba ...UTFPR
 
Standings ronde 5
Standings   ronde 5Standings   ronde 5
Standings ronde 5tireleni
 
2 campañas aesleme
2 campañas aesleme2 campañas aesleme
2 campañas aeslemeSAMFYRE
 
Design com Crianças
Design com CriançasDesign com Crianças
Design com CriançasUTFPR
 
Kallpa sab multiplos 05 julio 13.
Kallpa sab multiplos 05 julio 13.Kallpa sab multiplos 05 julio 13.
Kallpa sab multiplos 05 julio 13.gro77
 
Taller archivos completos
Taller archivos completosTaller archivos completos
Taller archivos completosalejandra gomez
 

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a RL ou SL: Novos caminhos para UX

Área de Atuação dos Designers formados pela Ulbra Carazinho
Área de Atuação dos Designers formados pela Ulbra CarazinhoÁrea de Atuação dos Designers formados pela Ulbra Carazinho
Área de Atuação dos Designers formados pela Ulbra CarazinhoOdolir Reginatto dos Santos
 
Gestão de Carreira em TI
Gestão de Carreira em TIGestão de Carreira em TI
Gestão de Carreira em TITI Infnet
 
Apresentação 3 t11
Apresentação 3 t11Apresentação 3 t11
Apresentação 3 t11SiteriCR2
 
CR2 Apresentação - 3T11
CR2   Apresentação - 3T11CR2   Apresentação - 3T11
CR2 Apresentação - 3T11CR2
 
Processo Decisório: Diagrama de Pareto
Processo Decisório: Diagrama de ParetoProcesso Decisório: Diagrama de Pareto
Processo Decisório: Diagrama de ParetoIsabella Menezes
 
Mapa Corporativo das Redes Sociais
Mapa Corporativo das Redes SociaisMapa Corporativo das Redes Sociais
Mapa Corporativo das Redes SociaisAgência MWeb
 
Engenharia de Software II - Aula 2
Engenharia de Software II - Aula 2Engenharia de Software II - Aula 2
Engenharia de Software II - Aula 2Alessandro Almeida
 

Semelhante a RL ou SL: Novos caminhos para UX (9)

Área de Atuação dos Designers formados pela Ulbra Carazinho
Área de Atuação dos Designers formados pela Ulbra CarazinhoÁrea de Atuação dos Designers formados pela Ulbra Carazinho
Área de Atuação dos Designers formados pela Ulbra Carazinho
 
JoãO
JoãOJoãO
JoãO
 
JoãO
JoãOJoãO
JoãO
 
Gestão de Carreira em TI
Gestão de Carreira em TIGestão de Carreira em TI
Gestão de Carreira em TI
 
Apresentação 3 t11
Apresentação 3 t11Apresentação 3 t11
Apresentação 3 t11
 
CR2 Apresentação - 3T11
CR2   Apresentação - 3T11CR2   Apresentação - 3T11
CR2 Apresentação - 3T11
 
Processo Decisório: Diagrama de Pareto
Processo Decisório: Diagrama de ParetoProcesso Decisório: Diagrama de Pareto
Processo Decisório: Diagrama de Pareto
 
Mapa Corporativo das Redes Sociais
Mapa Corporativo das Redes SociaisMapa Corporativo das Redes Sociais
Mapa Corporativo das Redes Sociais
 
Engenharia de Software II - Aula 2
Engenharia de Software II - Aula 2Engenharia de Software II - Aula 2
Engenharia de Software II - Aula 2
 

Mais de UTFPR

Cascading oppression in design
Cascading oppression in designCascading oppression in design
Cascading oppression in designUTFPR
 
Inteligência artificial e o trabalho de design
Inteligência artificial e o trabalho de designInteligência artificial e o trabalho de design
Inteligência artificial e o trabalho de designUTFPR
 
Expanding the design object
Expanding the design objectExpanding the design object
Expanding the design objectUTFPR
 
Contradiction-driven design
Contradiction-driven designContradiction-driven design
Contradiction-driven designUTFPR
 
Metacriatividade: criatividade sobre criatividade
Metacriatividade: criatividade sobre criatividadeMetacriatividade: criatividade sobre criatividade
Metacriatividade: criatividade sobre criatividadeUTFPR
 
Gestão do conhecimento na pesquisa de experiências
Gestão do conhecimento na pesquisa de experiênciasGestão do conhecimento na pesquisa de experiências
Gestão do conhecimento na pesquisa de experiênciasUTFPR
 
Jogos Surrealistas e Inteligência Artificial
Jogos Surrealistas e Inteligência ArtificialJogos Surrealistas e Inteligência Artificial
Jogos Surrealistas e Inteligência ArtificialUTFPR
 
El hacer como quehacer: notas para un diseño libre
El hacer como quehacer: notas para un diseño libreEl hacer como quehacer: notas para un diseño libre
El hacer como quehacer: notas para un diseño libreUTFPR
 
Expressando a posicionalidade do cria-corpo
Expressando a posicionalidade do cria-corpoExpressando a posicionalidade do cria-corpo
Expressando a posicionalidade do cria-corpoUTFPR
 
Pensamento visual expansivo
Pensamento visual expansivoPensamento visual expansivo
Pensamento visual expansivoUTFPR
 
O segredo da criatividade no design
O segredo da criatividade no designO segredo da criatividade no design
O segredo da criatividade no designUTFPR
 
Por que pesquisar e não somente fazer design?
Por que pesquisar e não somente fazer design?Por que pesquisar e não somente fazer design?
Por que pesquisar e não somente fazer design?UTFPR
 
Making work visible in the theater of service design
Making work visible in the theater of service designMaking work visible in the theater of service design
Making work visible in the theater of service designUTFPR
 
Can designers change systemic oppression?
Can designers change systemic oppression?Can designers change systemic oppression?
Can designers change systemic oppression?UTFPR
 
Design contra opressão
Design contra opressãoDesign contra opressão
Design contra opressãoUTFPR
 
O papel da teoria na pesquisa de experiências
O papel da teoria na pesquisa de experiênciasO papel da teoria na pesquisa de experiências
O papel da teoria na pesquisa de experiênciasUTFPR
 
Diseño y la colonialidad del hacer
Diseño y la colonialidad del hacerDiseño y la colonialidad del hacer
Diseño y la colonialidad del hacerUTFPR
 
Problematizando a experiência do usuário (ExU)
Problematizando a experiência do usuário (ExU)Problematizando a experiência do usuário (ExU)
Problematizando a experiência do usuário (ExU)UTFPR
 
Pesquisa bibliográfica de experiências (desk research)
Pesquisa bibliográfica de experiências (desk research)Pesquisa bibliográfica de experiências (desk research)
Pesquisa bibliográfica de experiências (desk research)UTFPR
 
Ética Latino-Americana no Design de Serviços
Ética Latino-Americana no Design de ServiçosÉtica Latino-Americana no Design de Serviços
Ética Latino-Americana no Design de ServiçosUTFPR
 

Mais de UTFPR (20)

Cascading oppression in design
Cascading oppression in designCascading oppression in design
Cascading oppression in design
 
Inteligência artificial e o trabalho de design
Inteligência artificial e o trabalho de designInteligência artificial e o trabalho de design
Inteligência artificial e o trabalho de design
 
Expanding the design object
Expanding the design objectExpanding the design object
Expanding the design object
 
Contradiction-driven design
Contradiction-driven designContradiction-driven design
Contradiction-driven design
 
Metacriatividade: criatividade sobre criatividade
Metacriatividade: criatividade sobre criatividadeMetacriatividade: criatividade sobre criatividade
Metacriatividade: criatividade sobre criatividade
 
Gestão do conhecimento na pesquisa de experiências
Gestão do conhecimento na pesquisa de experiênciasGestão do conhecimento na pesquisa de experiências
Gestão do conhecimento na pesquisa de experiências
 
Jogos Surrealistas e Inteligência Artificial
Jogos Surrealistas e Inteligência ArtificialJogos Surrealistas e Inteligência Artificial
Jogos Surrealistas e Inteligência Artificial
 
El hacer como quehacer: notas para un diseño libre
El hacer como quehacer: notas para un diseño libreEl hacer como quehacer: notas para un diseño libre
El hacer como quehacer: notas para un diseño libre
 
Expressando a posicionalidade do cria-corpo
Expressando a posicionalidade do cria-corpoExpressando a posicionalidade do cria-corpo
Expressando a posicionalidade do cria-corpo
 
Pensamento visual expansivo
Pensamento visual expansivoPensamento visual expansivo
Pensamento visual expansivo
 
O segredo da criatividade no design
O segredo da criatividade no designO segredo da criatividade no design
O segredo da criatividade no design
 
Por que pesquisar e não somente fazer design?
Por que pesquisar e não somente fazer design?Por que pesquisar e não somente fazer design?
Por que pesquisar e não somente fazer design?
 
Making work visible in the theater of service design
Making work visible in the theater of service designMaking work visible in the theater of service design
Making work visible in the theater of service design
 
Can designers change systemic oppression?
Can designers change systemic oppression?Can designers change systemic oppression?
Can designers change systemic oppression?
 
Design contra opressão
Design contra opressãoDesign contra opressão
Design contra opressão
 
O papel da teoria na pesquisa de experiências
O papel da teoria na pesquisa de experiênciasO papel da teoria na pesquisa de experiências
O papel da teoria na pesquisa de experiências
 
Diseño y la colonialidad del hacer
Diseño y la colonialidad del hacerDiseño y la colonialidad del hacer
Diseño y la colonialidad del hacer
 
Problematizando a experiência do usuário (ExU)
Problematizando a experiência do usuário (ExU)Problematizando a experiência do usuário (ExU)
Problematizando a experiência do usuário (ExU)
 
Pesquisa bibliográfica de experiências (desk research)
Pesquisa bibliográfica de experiências (desk research)Pesquisa bibliográfica de experiências (desk research)
Pesquisa bibliográfica de experiências (desk research)
 
Ética Latino-Americana no Design de Serviços
Ética Latino-Americana no Design de ServiçosÉtica Latino-Americana no Design de Serviços
Ética Latino-Americana no Design de Serviços
 

RL ou SL: Novos caminhos para UX

  • 1. RL or SL? Novos Caminhos para a UX Amyris Fernandez, Profa.Dra.
  • 3. Nos tornamos seres midiáticos
  • 5. O celular como símbolo...
  • 7. Hoje existe uma cultura digital que permeia a sociedade
  • 10. Como isso aconteceu sem a gente notar?
  • 11. Nem X, nem Y...Gamer
  • 15. Fatos da indústria • 69% dos chefes de casa americanos jogam jogos digitais. • Universo de jogadores: – 31% estão com menos de 18 anos. – 44% têm entre 18 e 49 anos. – 25% dos jogadores têm mais de 50 anos. – 62% são homens e 38% são mulheres. • A média de idade de quem compra é de 40 anos. Fonte: theesa.com, 2005.
  • 20. As pessoas estão em busca de
  • 22. Eu sou o senhor do universo
  • 25. São pessoas em busca do novo
  • 28. AI e os Novos Espaços
  • 32. Nunca esquecendo que a ruptura de paradigmas tem implicações
  • 35. O papel do indivíduo • Eu sou a estrela do show. • Eu sou o chefe aqui! • Eu sou o cliente e o cliente tem sempre razão. • Eu sou um expert. • Eu sou durão.
  • 36. Como esse mundo funciona • Tudo tem resposta. • Tudo é possível. • O mundo é lógico e até amigável. • Tentativa e erro, sempre o melhor plano. • As coisas, pessoas e situações,são tremendamente simples.
  • 37. Sexo, violência e estereótipos 90,00% 77,40% 80,00% 67,10% 70,00% 60,00% São do sexo feminino 50,00% 35,60% 40,00% 30,00% 20,00% 10,00% 0,00% Não Jogadores Jogador Moderado Jogador Frequente Com menos de 12 anos de idade 90% 80% 70% 55% 60% 50,30% 50% 40% 31,60% 30% 20% 10% 0% Não Jogadores Jogador Moderado Jogador Frequente Entre 12 e 35 anos de idade
  • 38. Eles não se isolam como vcs pensam 60,00% 44,80% 50,00% 41,20% Preciso de relações ou contato 38,50% 40,00% humano 30,00% 20,00% 10,00% 0,00% Não Jogadores Jogador Moderado Jogador Frequente Com menos de 12 anos de idade 60,0% 50,0% 40,00% 35,90% 40,0% 34,4% 30,0% 20,0% 10,0% 0,0% Não Jogadores Jogador Moderado Jogador Frequente Entre 12 e 35 anos de idade
  • 39. Mas querem fazer o que não podem na vida real 50,00% 40,80% 40,00% 30,00% 20,10% 14,00% 20,00% 10,00% 0,00% Não Jogadores Jogador Moderado Jogador Frequente Com menos de 12 anos de idade 50,0% 40,0% 30,30% 30,0% 15,30% 13,0% 20,0% 10,0% 0,0% Não Jogadores Jogador Moderado Jogador Frequente Entre 12 e 35 anos de idade
  • 40. No jogo...como na vida real, vencer é tudo 30,00% 25,70% 25,00% 18,30% 20,00% 14,40% 15,00% 10,00% 5,00% 0,00% Não Jogadores Jogador Moderado Jogador Frequente Com menos de 12 anos de idade 30,0% 25,80% 25,0% 20,0% 12,60% 15,0% 10,5% 10,0% 5,0% 0,0% Não Jogadores Jogador Moderado Jogador Frequente Entre 12 e 35 anos de idade
  • 41. Competir é da vida 70,00% 63,60% 55,30% 60,00% 52,70% 50,00% 40,00% 30,00% 20,00% 10,00% 0,00% Não Jogadores Jogador Moderado Jogador Frequente Com menos de 12 anos de idade 65,80% 70% 54,50% 60% 50% 50% 40% 30% 20% 10% 0% Não Jogadores Jogador Moderado Jogador Frequente Entre 12 e 35 anos de idade
  • 42. Surpresas resultantes dessa exposição ao jogo • Empreendedores • Leais com a empresa • Jogam limpo, mas jogam para valer • São movidos a resultados, que devem ser vistos por todos e muito bem recompensados • Fazem de tudo pelo grupo • Ouvem os outros, mas tomam suas próprias decisões....
  • 43. É um mundo como qualquer outro