O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
Design de Interação
       Afetivo
          Frederick van Amstel
designer de interação usabilidoido.com.br
Jakob Nielsen
            As pessoas desistem
            de navegar quando
          encontram algo que não
             ...
A Invasão dos clones de Nielsen
                              As pessoas
      As pessoas         desistem de navegar     ...
“Crítica acrítica.”
Problemas de Usabilidade




              Inconsistência

                                             Ambiguidade
      ...
Problemas?




              Inconsistência

                                             Ambiguidade
                    ...
Racionalismo
• Emoção como contrária
  à razão

• Razão como única forma
  confiável de obtenção
  da verdade

• Sobrepujâ...
Produção racional,
       consumismo irracional
• Maximizar a eficiência
  na produção e o prazer
  no consumo

• Ciclo re...
Prazeres Complicados

        Royal College of Art, Londres
Escape Headphones, Christopher Woebken
White Lies, Alice Wang
Half-truth, Alice Wang
BioSpy, Daisy Ginsberg
Larry's Pillow, Tuur Van Balen
Exercício
• Olhar pro lado e perguntar: qual a sua fobia?
• Se não tiver ninguém do lado, pegar um
  espelho.

• Bolar um ...
Reificação
“O preço da dominação não é meramente a
alienação dos homens com relação aos objetos
dominados; com a coisifica...
Coisas podem ter emoções?
Proposta do livro de Norman, agora em português
Heart Robot, um robô que fica feliz quando é abraçado
Na verdade, quem quer abraçar é o ser-humano
Coisas podem estimular
       emoções?
Hug Me Pillow, para mulheres solitárias
Hug Machine, para tratamento de autistas
Cattle Chutes, inspiração para a Hug Machine
Coisas podem transmitir
       emoções?
Carta de amor e Toblerone
The FlirtBunnies Chip Beck e CK Chan
Hug Shirt, CuteCircuit
Porque queremos abraços?
Seria uma necessidade biológica?
Ou uma prática cultural?
Exercício
• Discutir 3 idéias para que eletrodomésticos:
 • Tenham emoções
 • Estimulem emoções
 • Transmitam emoções
• Po...
Métodos de Design
     Afetivo
Níveis de Norman
Visceral
• Primeira impressão
• Estimulação sensorial
• Reações impulsivas
PrEmo
Reconhecimento de imagem
     http://www.vicarvision.nl/FaceReader.html
Comportamental
• Para quê serve?
• Como as pessoas usam?
• Encaixe na rotina
Oficinas Participativas
Cartões de adjetivos
Histórias em Quadrinhos
Reflexivo
• Significado
• Grandes aspirações
• Quem eu quero ser?
Sondagem Cultural
goHostel
           Painel Semântico
Scrapbook do usuário
      Scrapblog.com
Referências em métodos
• designandemotion.org - Knowledge Base
• faberludens.com.br - Guia Colaborativo
Exercício
• Conversar sobre a família de um dos membros
  do grupo

• Montar um scrapbook mostrando os centros de
  afetiv...
Perfil Semiótico
Versão Mondrian
Perfil Semiótico I
Perfil Semiótico II
Perfil Semiótico III
Explorando personalidade
Diagrama de afinidade
Personas
Versão Seurat
Versão Seurat ajustada
Resultados
• Aumento de 500% na rentabilidade do Adsense
  em 6 meses

• Pararam os comentários criticando o layout
• Índi...
Exercício
• Individual: criar perfil no www.youniverse.com
• Discutir:
 • Você concorda com a classificação de sua
    per...
“Design Afetivo é uma forma
  objetiva de lidar com a
       subjetividade.”
Alguns princípios
Respeite o gosto alheio




            www.flogao.com.br
Fuja do brega, do clichê
     www.ilhadotabuleiro.com.br
Considere emoção em contexto
          Vomitar num bar, num ônibus ou num ritual
          xamânico tem significados muito...
Evite generalizações
    “Rosa é cor de mulher.”
Desenvolva Empatia
   Sentir o que o outro sente.
Obrigado!
          Frederick van Amstel
designer de interação usabilidoido.com.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Design de Interação Afetivo

1.412 visualizações

Publicada em

Design Afetivo é uma forma de tornar objetivo o que é subjetivo. Slides utilizados na aula do Mba da www.igroup.com.br

Publicada em: Design
  • Seja o primeiro a comentar

Design de Interação Afetivo

  1. 1. Design de Interação Afetivo Frederick van Amstel designer de interação usabilidoido.com.br
  2. 2. Jakob Nielsen As pessoas desistem de navegar quando encontram algo que não esperam.
  3. 3. A Invasão dos clones de Nielsen As pessoas As pessoas desistem de navegar As pessoas desistem de navegar quando encontram algo desistem de navegar que não esperam. quando encontram algo quando encontram algo que não esperam. que não esperam.
  4. 4. “Crítica acrítica.”
  5. 5. Problemas de Usabilidade Inconsistência Ambiguidade Complicação Inadequação
  6. 6. Problemas? Inconsistência Ambiguidade Complicação Inadequação
  7. 7. Racionalismo • Emoção como contrária à razão • Razão como única forma confiável de obtenção da verdade • Sobrepujância da mente sobre o corpo
  8. 8. Produção racional, consumismo irracional • Maximizar a eficiência na produção e o prazer no consumo • Ciclo retroalimentativo que faz girar o capital • Esgotamento de recursos naturais
  9. 9. Prazeres Complicados Royal College of Art, Londres
  10. 10. Escape Headphones, Christopher Woebken
  11. 11. White Lies, Alice Wang
  12. 12. Half-truth, Alice Wang
  13. 13. BioSpy, Daisy Ginsberg
  14. 14. Larry's Pillow, Tuur Van Balen
  15. 15. Exercício • Olhar pro lado e perguntar: qual a sua fobia? • Se não tiver ninguém do lado, pegar um espelho. • Bolar um produto que transforme a fobia em prazer. • Tempo: 4 minutos
  16. 16. Reificação “O preço da dominação não é meramente a alienação dos homens com relação aos objetos dominados; com a coisificação do espírito, as próprias relações entre os homens foram enfeitiçadas, inclusive as relações de cada indivíduo consigo mesmo. Ele se reduz a um ponto nodal das reações e funções convencionais que se esperam dele como algo objetivo. O animismo havia dotado as coisas de uma alma; o industrialismo coisifica as almas”. Adorno & Horkheimer, 1986,p.40
  17. 17. Coisas podem ter emoções?
  18. 18. Proposta do livro de Norman, agora em português
  19. 19. Heart Robot, um robô que fica feliz quando é abraçado
  20. 20. Na verdade, quem quer abraçar é o ser-humano
  21. 21. Coisas podem estimular emoções?
  22. 22. Hug Me Pillow, para mulheres solitárias
  23. 23. Hug Machine, para tratamento de autistas
  24. 24. Cattle Chutes, inspiração para a Hug Machine
  25. 25. Coisas podem transmitir emoções?
  26. 26. Carta de amor e Toblerone
  27. 27. The FlirtBunnies Chip Beck e CK Chan
  28. 28. Hug Shirt, CuteCircuit
  29. 29. Porque queremos abraços?
  30. 30. Seria uma necessidade biológica?
  31. 31. Ou uma prática cultural?
  32. 32. Exercício • Discutir 3 idéias para que eletrodomésticos: • Tenham emoções • Estimulem emoções • Transmitam emoções • Podem ser idéias existentes, mas é preciso identificar o tipo • Tempo: 8 minutos
  33. 33. Métodos de Design Afetivo
  34. 34. Níveis de Norman
  35. 35. Visceral • Primeira impressão • Estimulação sensorial • Reações impulsivas
  36. 36. PrEmo
  37. 37. Reconhecimento de imagem http://www.vicarvision.nl/FaceReader.html
  38. 38. Comportamental • Para quê serve? • Como as pessoas usam? • Encaixe na rotina
  39. 39. Oficinas Participativas
  40. 40. Cartões de adjetivos
  41. 41. Histórias em Quadrinhos
  42. 42. Reflexivo • Significado • Grandes aspirações • Quem eu quero ser?
  43. 43. Sondagem Cultural
  44. 44. goHostel Painel Semântico
  45. 45. Scrapbook do usuário Scrapblog.com
  46. 46. Referências em métodos • designandemotion.org - Knowledge Base • faberludens.com.br - Guia Colaborativo
  47. 47. Exercício • Conversar sobre a família de um dos membros do grupo • Montar um scrapbook mostrando os centros de afetividade da família www.scrapblog.com • Enfatizar o porque do valor afetivo das coisas • Não precisam ser usadas fotos reais • Tempo: 10 minutos
  48. 48. Perfil Semiótico
  49. 49. Versão Mondrian
  50. 50. Perfil Semiótico I
  51. 51. Perfil Semiótico II
  52. 52. Perfil Semiótico III
  53. 53. Explorando personalidade
  54. 54. Diagrama de afinidade
  55. 55. Personas
  56. 56. Versão Seurat
  57. 57. Versão Seurat ajustada
  58. 58. Resultados • Aumento de 500% na rentabilidade do Adsense em 6 meses • Pararam os comentários criticando o layout • Índice de aprovação de 60% • Maior flexibilidade e durabilidade
  59. 59. Exercício • Individual: criar perfil no www.youniverse.com • Discutir: • Você concorda com a classificação de sua personalidade? • Compare com seus colegas • Tempo: 4 minutos
  60. 60. “Design Afetivo é uma forma objetiva de lidar com a subjetividade.”
  61. 61. Alguns princípios
  62. 62. Respeite o gosto alheio www.flogao.com.br
  63. 63. Fuja do brega, do clichê www.ilhadotabuleiro.com.br
  64. 64. Considere emoção em contexto Vomitar num bar, num ônibus ou num ritual xamânico tem significados muito diferentes
  65. 65. Evite generalizações “Rosa é cor de mulher.”
  66. 66. Desenvolva Empatia Sentir o que o outro sente.
  67. 67. Obrigado! Frederick van Amstel designer de interação usabilidoido.com.br

×