MÉTRICAS E BALANÇO
Como usar os números para fazer sua loja crescer
Bem-vindo a mais um capítulo do Impulso Digital! E este é especial, porque é o último!
Mas quem empreende não tem muito te...
uol.com.br/impulso
MÉTRICAS – O QUE SÃO E POR QUE FAZER
– Adriano Campos, consultor
do Sebrae-SP.
“Não registrar as ações ...
uol.com.br/impulso
OBJETIVOS, INDICADORES E METAS
Quando falamos em métricas, é importante termos em mente três conceitos ...
uol.com.br/impulso
PRINCIPAIS MÉTRICAS DO E-COMMERCE
Agora você já sabe que as métricas são excelentes ferramentas e que d...
uol.com.br/impulso
TEMPO DE
PERMANÊNCIA
ABANDONO
DE CARRINHO
TAXA DE
CLIQUES
Tempo médio que o cliente permanece em cada p...
uol.com.br/impulso
Para quem nunca usou métricas na vida, pode ser um grande desafio começar. Mas tudo vai ficar
mais fáci...
uol.com.br/impulso
USANDO OS NÚMEROS PARA PLANEJAR
É bem comum imaginar que o planejamento é algo que
fazemos antes de abr...
uol.com.br/impulso
DE VOLTA AOS EIXOS
As métricas podem ser a diferença entre continuar em um caminho que vai levá-lo à fa...
uol.com.br/impulso
ANTES E DEPOIS DO NETO
Neste ano você acompanhou a trajetória do Neto, enquanto ele recebia a orientaçã...
uol.com.br/impulso
VOCÊ ESTÁ PREPARADO PARA 2016?
Mesmo com instabilidade econômica, de modo geral,
2015 foi um bom ano pa...
uol.com.br/impulso
Chegamos ao fim do último capítulo do Impulso Digital (agora já pode ficar com saudades)!
Durante os úl...
Foi uma longa caminhada até aqui. Não se esqueça de que você pode voltar a qualquer momento e ver
nossos episódios em víde...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Métricas e balanço: como usar os números para fazer sua loja crescer

1.469 visualizações

Publicada em

Só é possível saber se o desempenho da sua empresa está bom ou não quando você adotar uma gestão por métricas. Medindo o sucesso e o fracasso de cada ação da sua loja virtual, você consegue estabelecer metas e tomar decisões mais assertivas para aumentar suas vendas. A partir deste guia, você conhece as principais métricas que precisam ser analisadas com frequência, confira!

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.469
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.120
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Métricas e balanço: como usar os números para fazer sua loja crescer

  1. 1. MÉTRICAS E BALANÇO Como usar os números para fazer sua loja crescer
  2. 2. Bem-vindo a mais um capítulo do Impulso Digital! E este é especial, porque é o último! Mas quem empreende não tem muito tempo para sentir saudade. Vamos focar em um tema muito importante e que, muitas vezes, acaba negligenciado: as métricas. O Neto, dono do Empório do Lazer, detestava analisar as métricas do seu negócio e, por isso mesmo, estava trabalhando sem saber que sua empresa estava em uma situação ruim. Teve consultor falando até que o Empório poderia fechar em um ano! Será que sua empresa está no mesmo caminho? Para descobrir isso, só ficando de olho nas métricas.
  3. 3. uol.com.br/impulso MÉTRICAS – O QUE SÃO E POR QUE FAZER – Adriano Campos, consultor do Sebrae-SP. “Não registrar as ações e os resultados pode ser um dos maiores riscos, porque é como se o empreendedor sofresse de amnésia. Ele pode voltar a cometer alguns erros que imaginava que não cometeria.” Já ouviu falar em métricas? São os números que ajudam a analisar o desempenho da sua empresa sob diferentes perspectivas. As métricas mostram a você como anda sua loja, quais produtos seus clientes estão visualizando mais, quanto tempo ficam no site, quais campanhas têm dado mais certo e muito mais. São elas que oferecem resultados claros sobre o que está acontecendo na sua empresa. Será que o seu site é mesmo interessante e fácil de navegar? Quanto você tem de vender a cada cliente para que ele “pague” o investimento que você fez em marketing? A estas perguntas somente as métricas podem responder. Sem elas é como se você estivesse correndo em círculos, sem saber aonde quer chegar, e se está indo pelo caminho certo.
  4. 4. uol.com.br/impulso OBJETIVOS, INDICADORES E METAS Quando falamos em métricas, é importante termos em mente três conceitos que vão ajudar a analisar melhor os resultados e a tomar as melhores decisões. São os objetivos, os indicadores e as metas. Objetivos: é aonde você quer chegar, aquilo que você quer conquistar. Pode ser um índice de reclamações mais baixo, mais curtidas no Facebook ou menos devoluções, por exemplo. Indicadores: são os índices que você vai analisar para medir se está atingindo seus objetivos ou não. Pode ser a taxa de reclamações, os gráficos do Facebook ou o índice de produtos devolvidos. Metas: é o valor que você deve superar para dar seu objetivo como atingido. Se o que você queria era lucrar duas vezes mais, precisa descobrir quanto precisa vender (e economizar) para alcançar esse número.
  5. 5. uol.com.br/impulso PRINCIPAIS MÉTRICAS DO E-COMMERCE Agora você já sabe que as métricas são excelentes ferramentas e que deve usá-las no seu negócio para ter uma visão mais clara sobre seus resultados. Pode ter ficado uma dúvida: por onde começar? Veja, abaixo, as métricas mais comuns para a loja virtual e comece a calcular as suas. CUSTOS POR AQUISIÇÃO TAXA DE CONVERSÃO TICKET MÉDIO É o valor gasto em campanha para trazer novos clientes dividido pelo número de clientes conquistados. É importante inserir esse valor nos seus custos. Número de compras feitas dividido pelas visitas recebidas em uma página de produto. Mede o quanto seu site está sendo eficiente em transformar visitantes em compradores. É o valor médio de cada compra de um cliente. Para calcular o valor, some o faturamento de vendas e divida pelo número de pedidos de um determinado período.
  6. 6. uol.com.br/impulso TEMPO DE PERMANÊNCIA ABANDONO DE CARRINHO TAXA DE CLIQUES Tempo médio que o cliente permanece em cada página. Muito tempo de permanência com pouca conversão pode indicar navegabilidade ruim, enquanto pouco tempo pode acusar que o site não está tão interessante quanto deveria. Quando o consumidor coloca o produto no carrinho, mas desiste na hora de finalizar o pagamento. Abandonos de carrinho costumam acontecer por causa de check-outs com muitas etapas ou valor de frete muito alto. Quantidade de cliques recebidos dividida pelo número de vezes que o anúncio foi exibido. Uma taxa alta de cliques é boa se vier com uma alta taxa de conversão. O clique pode mostrar que a campanha é atraente, mas não está alcançando quem está realmente interessado em comprar.
  7. 7. uol.com.br/impulso Para quem nunca usou métricas na vida, pode ser um grande desafio começar. Mas tudo vai ficar mais fácil depois destas cinco dicas para implantá-las: Defina seus objetivos: para não esquecer de nenhum, coloque todos no papel. Descubra as melhores ferramentas para medir: se seu objetivo for aumentar a presença no Facebook, por exemplo, pode usar o Insights, a ferramenta da própria rede que fornece dados do desempenho da sua página. A gestão: com as ferramentas em uso, fique esperto com a organização e faça a análise das suas métricas separadamente. Existem algumas planilhas e instrumentos que você pode baixar grátis ou comprar, e você ainda pode fazer sua própria planilha para coordenar tudo junto. O ponto de fuga: o próximo passo é entender onde o consumidor está desistindo de comprar. É no frete? No check-out? Na página de produto? Descubra! Análise: no momento de analisar, lembre-se de comparar períodos iguais. Os resultados do Natal de 2015 devem ser comparados com os de 2014, por exemplo. 1 3 4 5 2 MÉTRICA NOSSA DE CADA DIA
  8. 8. uol.com.br/impulso USANDO OS NÚMEROS PARA PLANEJAR É bem comum imaginar que o planejamento é algo que fazemos antes de abrir um negócio. Mas se a minha loja já está funcionando, para que planejar? Para garantir que tudo continue no rumo certo, ora! Ou vai dizer que, depois de alguns anos de estrada, o mercado está exatamente igual ao dia em que você começou? Afinal, novos concorrentes surgem, produtos saem de linha, o consumidor muda de ideia, aparecem novas tecnologias e não dá para manter o planejamento 100% igual ao que você tinha imaginado. Nesse momento você precisa ser capaz de analisar a situação e saber quando deve voltar a planejar. E como fazer isso? Usando as métricas com seus números! Como já dissemos algumas vezes, elas são a representação mais fiel da realidade da sua empresa e você pode usá-las para descobrir qual é a melhor hora de mudar a estratégia. – Fabiano Nagamatsu, consultor do Sebrae-SP. “O plano de negócio não deve ser feito somente para abrir uma empresa. Ele serve para acompanhar se aquilo que estou fazendo condiz com o que eu realmente planejei e faz parte da imagem da empresa.”
  9. 9. uol.com.br/impulso DE VOLTA AOS EIXOS As métricas podem ser a diferença entre continuar em um caminho que vai levá-lo à falência ou se dar conta daquele alerta vermelho que vai fazer você abrir os olhos e salvar sua empresa. Só depende de você. Imagine que você tenha planejado colocar todos os seus esforços de divulgação no Facebook, mas, de repente, seus clientes gostam, mesmo, e respondem muito mais via Instagram. O que você faz? Segue o plano ou replaneja? Acompanhar os números garante que você consiga ver que caminhos suas estratégias estão tomando e se colocar de novo nos eixos. Veja algumas dicas para usar os números nesse sentido. Refaça sua matriz SWOT. Revise seus conceitos de quem é sua empresa, quais são os seus valores e objetivos. Mantenha suas planilhas atualizadas. Crie uma planilha de prospecção de gastos e recebimentos dos próximos 12 meses.
  10. 10. uol.com.br/impulso ANTES E DEPOIS DO NETO Neste ano você acompanhou a trajetória do Neto, enquanto ele recebia a orientação dos nossos especialistas e transformava a sua loja, o Empório do Lazer, em um sucesso. O caminho não foi fácil. O Neto teve de dar o braço a torcer em vários momentos e se dedicar muito para colocar as lições dos consultores em prática. Foi só graças a eles que o Neto percebeu onde estava errando e teve a oportunidade de corrigir sua estratégia. Com as métricas, ele se deu conta de que estava gastando muito mais com antecipação de cartão do que podia e que essa prática poderia levar a empresa a fechar as portas em pouco tempo. O Neto optou por uma solução radical: vendeu um carro seu para injetar o dinheiro necessário na empresa e não antecipar mais os recebimentos. Deu certo. Fazendo tudo isso, o Neto conseguiu economizar até 6 mil por mês. E quanto ao carro? Bem, a previsão do Neto é de que em um ano ele levante o valor do veículo e compre o carro de novo – mas zero-quilômetro. Maravilha, não é? – Márcio Iavelberg, Sócio da Blue Numbers Consultoria Empresarial. “No início, o Neto teve dificuldade em preencher as planilhas. Mas, nos últimos meses, ele já começou a ver onde a empresa não dava resultado. Ele conseguiu economizar muito dinheiro com isso e melhorar muito a saúde da empresa e prepará-la para os próximos anos.”
  11. 11. uol.com.br/impulso VOCÊ ESTÁ PREPARADO PARA 2016? Mesmo com instabilidade econômica, de modo geral, 2015 foi um bom ano para o e-commerce. Apesar de o consumidor estar mais criterioso com como e onde gastar, houve um aumento de 15,3% no faturamento do comércio eletrônico em relação a 2014, o que resultou num faturamento de 41,3 bilhões de reais. Mas o que esperar de 2016? Especialistas acreditam que neste ano a crise econômica deva continuar e muitas empresas terão de repensar seu modelo de negócios. Em um momento como este, mais do que nunca, você deve ficar de olho nas suas métricas e prestar atenção em cada gasto desnecessário. Agora você já tem todas as ferramentas para otimizar sua operação e fazer de 2016 um ano muito melhor que o anterior. – Fabiano Nagamatsu, consultor do Sebrae-SP. “A gente não pode ficar focado na crise, focado no problema, mas pensar em utilizar essa crise como uma oportunidade para inovar.”
  12. 12. uol.com.br/impulso Chegamos ao fim do último capítulo do Impulso Digital (agora já pode ficar com saudades)! Durante os últimos dez meses mostramos a você como impulsionar sua loja virtual, do planejamento até a mensuração dos resultados e, assim com o Neto está fazendo, esperamos que você aproveite todo o conteúdo para melhorar sua operação. O Impulso acabou, mas sua loja não pode parar, hein! Neste capítulo final mostramos a importância das métricas para se ter uma visão clara da empresa e tomar decisões melhores. Falamos, também, do planejamento e da importância de usar os números para avaliar se é preciso redefinir os planos e criar um novo planejamento. Planejar deve ser um ato constante e, mesmo que pareça difícil prever no início, com o tempo você pega o jeito. CONCLUSÃO
  13. 13. Foi uma longa caminhada até aqui. Não se esqueça de que você pode voltar a qualquer momento e ver nossos episódios em vídeos ou todo o conteúdo disponível no acervo do Impulso Digital, além de todo o conteúdo em texto do projeto. Agradecemos a sua atenção e bom trabalho! Realização: Você cria o negócio. Nós damos o Impulso.

×