EPISTEMIOLOGIA eEPISTEMIOLOGIA e
CONHECIMENTO CIENTIFICO.CONHECIMENTO CIENTIFICO.
Refletindo sobre a construçãoRefletindo ...
A doutora e professora Joscely Maria BassetoA doutora e professora Joscely Maria Basseto
Galera, traz através do seu proje...
A autora nos traz a idéia do pensar fazer ciências,A autora nos traz a idéia do pensar fazer ciências,
ou seja, estimular ...
A autora nos traz a idéia do pensar fazer ciências,A autora nos traz a idéia do pensar fazer ciências,
ou seja, estimular ...
A professora ainda cita as contribuições deA professora ainda cita as contribuições de
Newton que afirma que tanto os expe...
O séc.XIX se caracteriza pela descoberta da historia doO séc.XIX se caracteriza pela descoberta da historia do
homem, da s...
Como a própria historia mostra algumas escolas oComo a própria historia mostra algumas escolas o
metodo positivista no dec...
ReferenciasReferencias
Referencia:Referencia:
Epistemologia e conhecimento cientifico: Refletindo sobre aEpistemologia e c...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Epistemiologia e conhecimento cientifico blog equipe 1

670 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Turismo, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
670
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Epistemiologia e conhecimento cientifico blog equipe 1

  1. 1. EPISTEMIOLOGIA eEPISTEMIOLOGIA e CONHECIMENTO CIENTIFICO.CONHECIMENTO CIENTIFICO. Refletindo sobre a construçãoRefletindo sobre a construção histórica da ciência atravéshistórica da ciência através de uma docência investigativade uma docência investigativa
  2. 2. A doutora e professora Joscely Maria BassetoA doutora e professora Joscely Maria Basseto Galera, traz através do seu projeto de estudoGalera, traz através do seu projeto de estudo acerca da Epistemologia e Conhecimento Cientifico:acerca da Epistemologia e Conhecimento Cientifico: refletido sobre a historia da ciência através de umarefletido sobre a historia da ciência através de uma docência investigativa a trajetória histórica dadocência investigativa a trajetória histórica da construção da ciência sob o olhar da filosofia critica.construção da ciência sob o olhar da filosofia critica. Procura enfatizar a questão da reflexão ética eProcura enfatizar a questão da reflexão ética e filosófica como proposta de estimular uma criticafilosófica como proposta de estimular uma critica dentro das estruturas epistemológicas dodentro das estruturas epistemológicas do conhecimento cientifico. Destacam aconhecimento cientifico. Destacam a supervalorização da tecnologia na ciência modernasupervalorização da tecnologia na ciência moderna e a necessidade da educação desencadear umae a necessidade da educação desencadear uma reflexão sobre o aspecto histórico o fazer ciência e oreflexão sobre o aspecto histórico o fazer ciência e o aspecto humano nele envolvidoaspecto humano nele envolvido
  3. 3. A autora nos traz a idéia do pensar fazer ciências,A autora nos traz a idéia do pensar fazer ciências, ou seja, estimular o questionamento e a pesquisaou seja, estimular o questionamento e a pesquisa para ela essa é a função da metodologiapara ela essa é a função da metodologia cientifica. Para ela o habito da reflexão deve sercientifica. Para ela o habito da reflexão deve ser denominador comum do cientista, do pedagogo,denominador comum do cientista, do pedagogo, do físico, do artista de qualquer homem quedo físico, do artista de qualquer homem que queira fazer uso da razão. Precisamos fazer osqueira fazer uso da razão. Precisamos fazer os alunos a questionar, a criar problemas, polemicasalunos a questionar, a criar problemas, polemicas etc. A metodologia deve ensinar a descobrir,etc. A metodologia deve ensinar a descobrir, ensinar a perguntar. Fazer ciência não é delimitarensinar a perguntar. Fazer ciência não é delimitar o pensamento num processo, é antes questionaro pensamento num processo, é antes questionar numa dinâmica sempre diferente a que estanuma dinâmica sempre diferente a que esta sendo proposto temporariamente.sendo proposto temporariamente.
  4. 4. A autora nos traz a idéia do pensar fazer ciências,A autora nos traz a idéia do pensar fazer ciências, ou seja, estimular o questionamento e a pesquisaou seja, estimular o questionamento e a pesquisa para ela essa é a função da metodologia cientifica.para ela essa é a função da metodologia cientifica. Para ela o habito da reflexão ser denomi9nadorPara ela o habito da reflexão ser denomi9nador comum do cientista, do pedagogo, do físico, docomum do cientista, do pedagogo, do físico, do artista de qualquer homem que queira fazer usoartista de qualquer homem que queira fazer uso da razão. Precisamos fazer os alunos ada razão. Precisamos fazer os alunos a questionar, a criar problemas, polemicas etc. Aquestionar, a criar problemas, polemicas etc. A metodologia deve ensinar a descobrir, ensinar ametodologia deve ensinar a descobrir, ensinar a perguntar. Fazer ciência não é delimitar operguntar. Fazer ciência não é delimitar o pensamento num processo, é antes questionarpensamento num processo, é antes questionar numa dinâmica sempre diferente a que esta sendonuma dinâmica sempre diferente a que esta sendo proposto temporariamente.proposto temporariamente.
  5. 5. A professora ainda cita as contribuições deA professora ainda cita as contribuições de Newton que afirma que tanto os experimentosNewton que afirma que tanto os experimentos sem interpretação sistemática (empirismo) comosem interpretação sistemática (empirismo) como a dedução sem evidencia experimentala dedução sem evidencia experimental (racionalismo) não levam a uma teoria confiável.(racionalismo) não levam a uma teoria confiável. Segundo o cientista tudo não é deduzido atravésSegundo o cientista tudo não é deduzido através dos fenômenos é uma mera hipótese, e esta nãodos fenômenos é uma mera hipótese, e esta não tinha vez na sua filosofia empírica. Essa teoria vaitinha vez na sua filosofia empírica. Essa teoria vai gerar uma cega confiabilidade na ciência. Graçasgerar uma cega confiabilidade na ciência. Graças á analise da evolução da ciência hoje podemosá analise da evolução da ciência hoje podemos discordar do método de Newton, não aceita-lpdiscordar do método de Newton, não aceita-lp como único.como único.
  6. 6. O séc.XIX se caracteriza pela descoberta da historia doO séc.XIX se caracteriza pela descoberta da historia do homem, da sociedade, das ciências e das artes. Hegelhomem, da sociedade, das ciências e das artes. Hegel vai afirmar que a Historia é o modo de ser da razão e davai afirmar que a Historia é o modo de ser da razão e da verdade. Essa concepção conduz a uma idéia que tudoverdade. Essa concepção conduz a uma idéia que tudo que se da acerca da humanidade melhoram com oque se da acerca da humanidade melhoram com o passar do tempo. Mas a evolução da Historia assim comopassar do tempo. Mas a evolução da Historia assim como o uso da tecnologia colocou o progresso em risco com oo uso da tecnologia colocou o progresso em risco com o surgimento das sociedades totalitárias que fizeram comsurgimento das sociedades totalitárias que fizeram com que os cientistas e filósofos desconfiassem da capacidadeque os cientistas e filósofos desconfiassem da capacidade dos humanos de criar e manter uma sociedade justa. Odos humanos de criar e manter uma sociedade justa. O séc. XX vai mostrar que a Historia é descontinua e nãoséc. XX vai mostrar que a Historia é descontinua e não progressiva, pois cada sociedade tem sua própriaprogressiva, pois cada sociedade tem sua própria Historia e não é apenas participe ou etapa de umaHistoria e não é apenas participe ou etapa de uma Historia universal das civilizações.Historia universal das civilizações.
  7. 7. Como a própria historia mostra algumas escolas oComo a própria historia mostra algumas escolas o metodo positivista no decorrer do séc. XX como ometodo positivista no decorrer do séc. XX como o neopositivismo, a fenomenologia e oneopositivismo, a fenomenologia e o estruturalismo. Outras escolas assumirão aestruturalismo. Outras escolas assumirão a incerteza deste projeto e tentarão de váriosincerteza deste projeto e tentarão de vários modos suplanta-los.modos suplanta-los. A doutora pretendia demonstrar que importaA doutora pretendia demonstrar que importa discutir a ciência no seu aspecto histórico por quediscutir a ciência no seu aspecto histórico por que ele mostra o aspecto humano nele envolvido. Naele mostra o aspecto humano nele envolvido. Na sala de aula não se pode prescindir de refletir osala de aula não se pode prescindir de refletir o aspecto ético e Filosófico que ficam submetidosaspecto ético e Filosófico que ficam submetidos nos objetos da ciência, pois se corre o risco denos objetos da ciência, pois se corre o risco de repetir algumas cegueiras da historia.repetir algumas cegueiras da historia.
  8. 8. ReferenciasReferencias Referencia:Referencia: Epistemologia e conhecimento cientifico: Refletindo sobre aEpistemologia e conhecimento cientifico: Refletindo sobre a construção histórica da ciência através de uma docênciaconstrução histórica da ciência através de uma docência investigativa.investigativa. Autora: Galera;Profª. Drª. Joscely Maria Bassetto.Autora: Galera;Profª. Drª. Joscely Maria Bassetto. Fonte;Fonte; http/www.ct.utfpr.edu.br/deptos/dacex/joscely/arquivos/lattes/arthttp/www.ct.utfpr.edu.br/deptos/dacex/joscely/arquivos/lattes/art igoconhecimentoeciencia joscely.docigoconhecimentoeciencia joscely.doc Imagens retirada da internet.Imagens retirada da internet. Membros Da Equipe:Membros Da Equipe: Rosilda de Jesus.Rosilda de Jesus. Ana Maria São Pedro.Ana Maria São Pedro. Data 18 de outubro de 2010Data 18 de outubro de 2010

×