Beume jan15(2)

257 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
257
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Beume jan15(2)

  1. 1. UNIÃO MUNICIPAL ESPÍRITA DE SANTA MARIA - RS DECOM/UME SM umesm.blogspot.com Diretor: Cleber Vice: Cristiano www.decomumesm@yahoo.com.br André Luiz O Magnetismo do banho – por André Luiz Encontro de Confraternização da família Espírita no CISM
  2. 2. Olá, irmãos de ideal espírita. Ano Novo é também oportunidade de aprender, trabalhar e servir. O tempo como paternal amigo, como que se reencarna no corpo do calendário, descerrando-nos horizontes mais claros para necessária ascensão. Lembra-te de que o ano em retorno, é novo dia a convocar-te para a execução de velhas promessas que ainda não tivestes a coragem de cumprir. Se tens inimigos faze das horas renascer-te o caminho da reconciliação. Se foste ofendido, perdoa, a fim de que o amor te clareie a estrada para frente. Se descansaste em demasia, volve ao arado de tuas obrigações e planta o bem com destemor para a colheita do porvir. Se a tristeza te requisita esquece-a e procura a alegria serena da consciência tranquila no dever bem cumprido. Ano Novo! Novo Dia! Pelo Espírito Emmanuel XAVIER, Francisco Cândido. Vida e Caminho. Espíritos Diversos. GEEM.
  3. 3. EDITORIAL O Magnetismo do banho Por André Luiz André Luiz O poder da água. O contato da água no corpo provoca um estímulo magnético que percorre todo o organismo, deixando-o calmo, e preparando-o para o sono reparador ou para as lutas de cada dia. O banho diário, quando encontra na mente apoio, torna-se um passe. Além das virtudes curativas da água, enxertar-se-ão fluidos magnéticos, de acordo com a irradiação da alma. A disciplina dos pensamentos é uma fonte de bem-estar na hora da higiene do instrumento carnal. No instante do banho é preciso que se entenda a necessidade da alegria, que nosso pensamento sustente o amor, até um sentimento de gratidão à água que nos serve de higiene. Visualize, além da água que cai em profusão, como fluidos espirituais banhando todo o seu ser.
  4. 4. O impulso dessa energia destampa em nosso íntimo a lembrança da fé, da esperança, da solidariedade, do contentamento e do trabalho. Por este motivo, banho e passe, conjugados, são uma magia divina ao alcance de nossas mãos. O chuveiro seria como um médium da água e esta o fluido que vivifica o corpo. Poder-se-á vincular o banho ao passe, e ele poderá ser uma transfusão de energias eletromagnéticas, dependendo do modo pelo qual nós pensamos enquanto nos banhamos. Uma mente ordenada na alta disciplina e pela concentração, em segundos, selecionará, em seu derredor, grande quantidade de magnetismo espiritual e os adicionará, pela vontade, na água que lhe serve de veículo de limpeza física, passando a ser útil na higiene psíquica. Observem que, ao tomar banho, sentimo-nos comovidos, a ponto de nos tornarmos cantores! E a alegria advinda da esperança nos chega da água, que é portadora dos fluidos espirituais, que lhes são ajustados por bênção do amor. O lar é o nosso ninho acolhedor, e nele existem espíritos de grande elevação, cuja dedicação e carinho com a família nos mostrará como Deus é bom. EDITORIAL
  5. 5. Essa assistência atinge, igualmente, as coisas materiais, desde a harmonização até o preparo das águas que nos servem. Quantas doenças surgem e desaparecem sem que a própria família se conscientize disso? É a misericórdia do Senhor pelos emissários de Jesus, operando na dimensão oculta para os homens, e encarregados de assistir ao lar. Eles colocam fluidos apropriados nas águas para o banho, e nas que bebemos. E, quando eles encontram disposições mentais favoráveis, alegram-se pela grande eficiência do trabalho. Na hora das refeições, é sagrado e conveniente que as conversas sejam agradáveis e positivas. No momento do banho, é preciso que ajudemos, com pensamentos nobres e orações, para que tenhamos mãos mais eficientes operando em nosso favor. Se quisermos quantidade maior de oxigênio nitrogenado, basta pensarmos firmemente que estamos recebendo esses elementos, e a natureza nos dará isto, com abundância. É o "pedi e obtereis", do Cristo. E, com o tempo, estaremos mestres nessa operação que pode ser considerada uma alquimia. A alegria tem também bases físicas. Um corpo sadio nos proporcionará facilidades para expressar o amor.
  6. 6. Quando tomar o seu café pela manhã, tome convicto(a) de que está absorvendo, juntamente com os ingredientes materiais, a porção de fluidos curativos, de modo a desembaraçar todo o miasma pesado que impede o fluxo da força vital em seu corpo. E sairá da mesa disposto(a) para o trabalho, como também para a vida. Despeça-se de sua família com carinho e atenção, e deixe que vejam o brilho otimista nos seus olhos, de maneira a alegrar a todos que o amam; assim, eles lhe transmitirão as emoções que você mesmo despertou neles e isso lhe fará muito bem. Lembre-se de que um copo de água que tome, onde quer que seja, pode ser tomado e sentido como um banho e passe internos. Não se esqueça de bebê-lo com alegria e amor, lembrando com gratidão de Quem lhe deu essa água tão necessária, pois se ela vem rica de dons espirituais, aumentará a sua conexão com o divino poder interno. É muito bom estar consciente a cada coisa que nos acontece e estar agradecido, se sentindo abençoado(a) e cheio(a) de amor. A consciência, a gratidão e o amor são dois caminhos paralelos, que a felicidade percorre com alegria. André Luiz (Mensagem enviada pelo irmão Moacir Germani)
  7. 7. Estamos chegando a mais um porto seguro da nossa jornada. Por mares encapelados ou atravessando calmarias repousantes, avançamos em conhecimento, união, unificação e consolidamos uma participação efetiva dos nossos centros espíritas nos rumos traçados pela Diretoria Executiva da FERGS ao Movimento Espírita do Rio Grande do Sul. Fomos todos chamados ao protagonismo em várias áreas. Na nossa Diretoria Executiva soaram as vozes de todos os recantos do Estado, sugerindo, criticando e questionando, o que nos pacificou a consciência de que o trabalho realizado despertou interesse e mobilizou toda a rede federativa. Essa vitalidade da nossa instituição precisa ser compartilhada com as lideranças de Unificação. Desejamos parabenizar os Presidentes de Uniões que encerram sua atuação neste ano, pelo devotamento e abnegação, pelo auxílio prestado na disseminação das propostas federativas, pela contribuição no aprimoramento ou na implantação de novas ideias que garantiram o dinamismo do Movimento Espírita do Rio Grande do Sul. Aos que permanecem na tarefa e aos que chegam - Presidentes de Uniões eleitos e reeleitos, aos Presidentes de Conselhos Regionais - desejamos vigor, determinação, renovação de propósitos na identificação diária com a mensagem de Jesus, lembrando que Ele decidiu contar conosco para iluminar o mundo. Amigos e irmãos de Ideal Espírita:
  8. 8. O trabalho de unificação é um trabalho de bastidores. Nele não temos a interação dos palestrantes, as alegrias genuínas fruídas pelos médiuns no abençoado intercâmbio com o Alto, a satisfação incomensurável da tarefa realizada pela assistência e promoção social, ações que são reconhecidas pela sociedade e pelos nossos pares e que apresentam resultado mensurável e de verificação a curto e médio prazo. Unificar é não ser visto. É abrir caminhos em silêncio para que os que venham depois de nós realizem mais depressa, atendam com mais resultado, divulguem com mais força. Mas é este o trabalho que alçará o Brasil à condição de celeiro das claridades espirituais para o Mundo. Desenvolvê-lo com fidelidade e perseverança é atender ao convite do Cristo quando diz: “Pedro apascenta as minhas ovelhas”. Tomemos, pois, neste Amanhecer de uma Nova Era, a atitude de João Batista, o Precursor, empregando em cada ato o esforço de “Diminuir para Ele cresça.” Desejamos a nossa grande família espírita um Natal de plenitude com a presença do Cristo nos corações a transbordarem o amor em todas as oportunidades de servir. Maria Elisabeth Barbieri A Diretoria Executiva da FERGS
  9. 9. UNIÃO MUNICIPAL ESPÍRITA DE SANTA MARIA Órgão representativo da Federação Espírita do Rio Grande do Sul Sede Provisória: Travessa Orlando Fração, nº 90, Bairro Medianeira, Santa Maria, RS CEP 97070.800. (55) 9647.7631 ou (55) 3223.9414 E-mail: presidencia.ume.santamaria@fergs.org.br DIRETORIA 2015/2016 Departamento Nome Cargo Casa Espírita Presidência Fátima Berenice Lorenzi da Silva (Isa) Presidente Bezerra de Menezes – R. Seca // Fé e Esperança – S. Maria. Vice-Presidência Luci Giaretta Stefanello Vice-Presidente Luz e Caridade Secretaria Almerinda Terezinha Medeiros de Souza (Tereca) 1ª Secretária União dos Fiéis Paulo Roberto da Silva Peres 2º Secretário Vianna de Carvalho – São Pedro do Sul Tesouraria Nei Bastos Cosme 1º Tesoureiro Consolador Prometido Elizabete Huffel Vargas 2ª Tesoureira Amor a Jesus DAFA Júlio Nelson Rodrigues Dias Diretor Oscar Pithan Maria de Lourdes Friedrich Dias Vice-Diretora Oscar ìthan DAPSE Rozi Xavier Diretora Luz e Caridade Maria Helena Souza Gonçalves Vice-Diretora Yvon Costa DECOM Cleber Costa dos Santos Diretor Luz e Caridade Cristiano Antonio Brondani Vice-Diretor Sementes de Luz DEDO João Luiz Sebalhos Souza Diretor Discípulos de Jesus Almerinda Terezinha Medeiros de Souza (Tereca) Vice-Diretora União dos Fiéis DIJ Luciano André Carneiro Diretor Discípulos de Jesus Angela Assis Vice-Diretora Leon Denis A UME Santa Maria divulga através do BEUME, os nomes dos irmãos que compõem a nova diretoria biênio 2015/16
  10. 10. Espitirinhas http://www.espitirinhas.blogspot.com.br/
  11. 11. A Associação Espírita Joanna de Ângelis estará de aniversário em janeiro. Parabéns a este trabalho desenvolvido com tanto amor pelos queridos irmãos de caminhada evolutiva e que tão belo serviço desempenham a serviço da espiritualidade maior. Feliz aniver.... isto é, feliz trabalho!
  12. 12. TERÇA-FEIRA ÀS 20:00 HORAS SÁBADO ÀS 15:00 HORAS APOIO ESPIRITUAL (Segunda-Feira das 19:30H às 20:15H) Estudo sistematizado do evangelho segundo espiritismo TERÇA-FEIRA ÀS 20:00 HORAS DIA EXPOSITOR TEMA COORDENADOR 06 BINATO O NASCIMETO DE JESUS LÚCIA 13 RAÍSSA (ESTUDO E CARIDADE) A VENERANDA JOANA DE ÂNGELIS BARROS 20 TERECA (SEUF) TEMA LIVRE PAULO 27 JANICE (S.E. LEON DENIS) PSICOSFERA NO ÂMBIENTE FAMILIAR BARROS SÁBADO ÀS 15:00 HORAS DIA EXPOSITOR TEMA COORDENADOR 03 MARIZA (S.E. IRMÃ ROLICA) TEMA LIVRE BARROS 10 CRISTIANO ATRIBUTOS DE DEUS CÂNDIDA 17 INEZ REENCARNAÇÃO, UMA OPORTUNIDADE DE RECOMEÇAR BARROS 24 LÚCIA CAP VI ESSE – CRISTO CONSOLADOR PROMETIDO PAULO 31 PAULO ARREPENDIMENTO CRISTIANO Apoio Espiritual - Evangelho Segundo Espiritismo Segundas-Feiras das 20h às 20:45h Dia Expositior Tema 05 MARLENE / MARIA II – O Ódio - CAP. 12 Ev. Seg. Esp. 12 ANA MARIA III – O Duelo- CAP. 12 Ev. Seg. Esp. 19 PAULO Fazer O Bem Sem Ostentação - CAP. 13 Ev. Seg. Esp. 26 CARMEM Os Infortúnios Ocultos- CAP. 13 Ev. Seg. Esp.
  13. 13. Departamento Doutrinário JANEIRO 2015 DATA EXPOSITOR(A) TEMA COORDENADOR 02 – sexta-feira Moacir Suicídio em família (ESE, Cap. V) Cleber 05 – segunda-feira Cleber Marcha do Progresso (LE, Q 779 a 785) João Heitor 06 – terça-feira Vera Necessidade da Encarnação (ESE, cap. IV, í. 24) Renato 09 – sexta-feira Josimara O bem e o mal (LE, livro III, cap. I q. 629 a 646) Cleber 12 - segunda-feira Ricardo Causas atuais das aflições (ESE, cap. V, í. 4 e 5) João Heitor 13 – terça-feira Derli Bem aventurados os aflitos (ESE, cap. V, i. 1 a 3) Renato 16 – sexta-feira Antério (Sedic) Ação dos Espíritos sobre os fenômenos da natureza (LE, livro II, cap. IX, q. 536 a 540) Cleber 19 - segunda-feira Dagoré Causas anteriores das aflições (ESE, cap. V, í. 6 a 10) João Heitor 20 - terça-feira Claudine Ocupações e missões dos espíritos (LE, livro II, cap. X q. 558 em diante) Renato 23 - sexta-feira Marcus Vinícius (SEDIC) Caracteres da Lei Natural (LE, livro III, cap I. Q. 614 a 618) Cleber 26 - segunda-feira Luci Marchi Esquecimento do passado (ESE, cap. V, í. 11) João Heitor 27 - terça-feira Solange Motivos de resignação (ESE, cap. V, í.12 3 13) Renato 30 - sexta-feira Eliane Correa (Lar de Joaquina) Tema Livre Cleber Horários das doutrinárias: - Segunda-feira – das 13h às 13h25min; - Terça-feira – das 19h30min às 20h; - Sexta-feira – das 20h às 20h30min.
  14. 14. SOCIEDADE ESPIRITA FRANCISCO COSTA DEPTO DOUTRINÁRIO ESPIRITUAL JANEIRO 2015 SEG E SÁB 17H - QUARTA 20H ATENDIMENTO FRATERNO SEG E SAB - 16h/16:45hs QUARTA - 19h/19:45hs DATA TEMA EXPOSITOR COORDEN RECEPÇÃO ATENDENTE 03- SAB Ev- Cap XXVI- l a 6- Dom de curar – Preces pagas VALÊNCIO LORENO Marinêz/ Vera Cenoli/ Andréia 05- SEG LE- 686 a 692- POPULAÇÃO DO GLOBO E... FERNANDO OSVALDO Altivo/Emilce Cely/Tania 07- QUA LE- 786 a 789- POVOS DEGENERADOS VALÊNCIO JOÃO Bruno/Carmem II Marli/Carlos 10- SAB LE- 7865 a 789- POVOS DEGENERADOS MARINÊS CENOLI Rozelem/ Mariza Rejane/ Vera 12- SEG Ev - Cap XV- 10- Fora da Caridade não há salvação FIGUEIREDO MARA Schirlei/Marileuza Figueiredo/Hilda 14- QUA Ev- Cap XVI- 11 a 13- Emprego da riqueza ADRIANA REJANE Deonilda/ João Leda/ M. Schuch 17- SAB Ev-Cap XXVI – 7ª 10- Mediunidade gratuita CENOLI LORENO Zenita/ Luiz Quatrim Marli/Cida 19- SEG LE- 693 a 701- OBSTACULOS A REPRODUÇÃO E ... MARA OSVALDO Figueiredo/Silvia Cely/Tania 21- QUA LE- 790 a 797- CIVILIZAÇÃO E PROGRESSO DA LEGISLAÇÃO... ROBSON LEDA Dilma/ Bebeta Loreno/ João 24- SAB LE- 790 A 797- IDEM; IDEM ROBSON VALÊNCIO Gustavo/ Dilcemar Cenoli/ Vera 26- SEG Ev- Cap – XVI- 1 a 4- Salvação dos ricos e ... DANIEL TANIA Fernando/ Mara Rejane/Nilvia 28- QUA Ev- Cap – XVI- 14 e 15- Desprendimentos dos bens e ... CENOLI REJANE Jurema Buss/ João Leda/ Medianeira 31- SAB Ev- Cap XXVII- 1 a 4- Qualidade da Prece REJANE LORENO Joacildo/ Jurema Marli/ Andréia DURAÇÃO DA PALESTRA: - 30 MINUTOS
  15. 15. A equipe do Departamento de assuntos da família (DAFA) da UME Santa Maria, realizou no último dia 07 de dezembro no CISM, o Encontro de Confraternização da família Espírita que teve sua abertura às 11hs e encerramento às 17 hs. Integrantes das Casas Espíritas se revezaram para a disposição do evento que teve além de um maravilhoso almoço; quitutes, livraria, artesanatos, chimarrão e a apresentação do Grupo Arte & Luz. Abaixo, imagens do evento.
  16. 16. PROJETO ‘FAZENDO ARTE COM OS LIVROS” NA SOC. ESP. FRANCISCO COSTA No dia 17 de dezembro, marcou início do recesso do trabalho com as crianças do Projeto “ Fazendo Arte com os Livros”, que visa incentivar a leitura de uma forma lúdica, através da contação de estórias e desenvolvimento da criatividade. O trabalho, que envolve crianças de 05 a 12 anos, continua recebendo inscrições, pois devemos ampliar, com oficinas de música e expressão corporal, entre outras. O retorno do trabalho está marcado para 21 de janeiro.
  17. 17. Numa promoção da Comissão de Eventos da Soc. Esp. Francisco Costa, entregou, no último dia 17 de dezembro, três belas cestas de Natal, sorteadas em uma ação entre amigos. Na foto, Neiva Flesh, trabalhadora da casa, que foi uma das contempladas, recebe do Diretor do Depto de Obras, João Ferraz. Obrigado a todos que participaram.
  18. 18. Foram eleitos para Presidente e Vice-Presidente da Soc. Esp. Francisco Costa. Presidente: Jose Vitor Gonçalves Marques Vice – Presidente: Loreno Cruz Nas fotos, Presidente e Vice-Presidente e Comissão Eleitoral com os eleitos. Biênio 2015/2016.
  19. 19. O BEUME agradece os desejos de feliz natal da Soc. Esp. Menna Barreto. Abraço fraterno para vocês também. Nosso desejo que continuem desenvolvendo este maravilhoso trabalho que fazem pela comunidade desta sociedade de luz.
  20. 20. Segue fotos de alguns integrantes da Soc. Esp. Francisco Costa durante o Encontro da Família Espírita 2014 no CISM. O espírito de união como participação no encontro foi bastante destacado ,a Paz e harmonia entre todas as casas participantes fez com que o encontro se tornasse excelente.
  21. 21. SUGESTÕES DE OBRAS ESPÍRITAS Fonte: http://www.febeditora.com.br/
  22. 22. MENSAGEM PARA 2015! Em 2015... Confia em Deus. Aceita no dever de cada dia a vontade do Senhor para as horas de hoje. Não fujas da simplicidade. Conserva a mente interessada no trabalho edificante. Detém-te no "lado bom" das pessoas, das situações e das coisas. Guarda o coração sem ressentimento. Cria esperança e otimismo onde estiveres. Reflete nas necessidades alheias, buscando suprimi-las ou atenuá-las. Faze todo o bem que puderes, em favor dos outros, sem pedir remuneração. Auxilia muito. Espera pouco. Serve sempre. Espalha a felicidade no caminho alheio, quanto seja possível. Experimentemos semelhantes conceitos na vida prática e adquiriremos a luminosa ciência de ser feliz. Emmanuel – Chico Xavier.
  23. 23. VAMOS DIVULGAR A DOUTRINA ESPÍRITA? DIVULGUEM SUAS CASAS ESPÍRITAS ATRAVÉS DO BEUME. • Enviem-nos materiais de divulgação das doutrinárias, encontros, seminários e eventos diversos que estaremos publicando no BEUME, FACEBOOK e outros meios de comunicação virtual. • decomumesm@yahoo.com.br "A maior caridade que podemos fazer pela Doutrina Espírita é a sua divulgação." Chico Xavier – Emmanuel.

×