Caridade

3.673 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.673
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.259
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
51
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Caridade

  1. 1. CaridadeFora da caridade não há salvação (E.S.E. Cap.XV)
  2. 2. L. E. Q. 886- Qual o verdadeiro sentido dapalavra caridade, como entendia Jesus? - Benevolência para com todos, indulgênciapara as imperfeições dos outros e perdãodas ofensas. -Benevolência:é o ato de ir ao encontro do bem, é o movimento de realizar o bem em todas as circunstâncias;
  3. 3. Indulgência:- sermos tolerantespara com asdificuldades dosoutros, aceitar quetanto nós como ooutros somoscriaturas imperfeitas.Todos estamos naterra para nosaperfeiçoar.
  4. 4. Perdão: - é para que exercitemos a mansidão e a humildade; o nosso orgulho ferido gera ódio, mágoa e ressentimento, produzindoo não perdão. 4
  5. 5. A caridade segundo Jesus, não se restringe a esmola, abrange todas as relações em que nos achamos com os nossos semelhantessejam eles nossos inferiores, nossos iguais ou nossos superiores..
  6. 6. Se uma pessoa rica se apresenta, tem-se por ela mil atenções, milamabilidades; Se é pobre, parece não haver necessidade de incomodar-se com ela. Quanto mais sua posição sejalastimável, mais se deve respeitarantes de aumentar seu sofrimento pela humilhação.
  7. 7. Jesus coloca o samaritano, considerado herético, mas que pratica o amor do próximo, acima do ortodoxo que falta com a caridade. (E.S.E)
  8. 8. A máxima: Fora da caridade não há salvação consagra o princípio de igualdade perante Deus e da liberdade de consciência. Tendo-a por norma, todos os homens são irmãos e, qualquer que seja a maneira por que adorem o criador, eles seestendem as mãos e oram uns pelos outros. (E. S. E. cap XV )
  9. 9. Submetei todas as vossas ações ao controle da caridade, e vossaconsciência vos responderá; não somente ela vos evitará fazer o mal, mas levará fazer o bem:porque não basta a uma virtude negativa é preciso uma virtude ativa; (E .S .E, cap.XV)
  10. 10. Caridade verdadeira, amor verdadeiro éaquele que transforma não aquele quemantém a miséria à custa de migalhasdiárias, quando se pode investir mais nacriatura humana, dando dignidade epromovendo o ser a cidadão do mundo,com maior qualidade de vida. Teresa de Calcutá
  11. 11. “Ajudar é auxiliar-se, libertar é forma nobre de tornar-se livre. Somente assim, dando e doando-se, o indivíduo se salva, se liberta das paixões, desescraviza-se da posseinfeliz: torna-se uno com o Bem que frui e esparge, volvendo aos reino dos céus sem estar acorrentado a terra”. (Jesus e o Evangelho À Luz da psicologia profunda)

×