Itu recorrente seminário tomaz

398 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
398
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Itu recorrente seminário tomaz

  1. 1. Infecção urinária recorrente Tomaz Aquino R3 Geriatria Junho, 2013
  2. 2. DEFINIÇÃO    ≥2 ITUs 6 meses ou ≥ 3 em 1 ano Maioria acontece nos primeiros 3 meses Reinfecção x recidiva  Recidiva:   Mesmo germe <2 semanas após término do tratamento Reinfecção:     Nova ITU >2 semanas ou Bactéria diferente ou Urocultura negativa entre 2 ITUs Grande maioria
  3. 3. EPIDEMIOLOGIA    Mais comum em mulheres jovens 27% recorre nos primeiros 6 meses E. coli   Há maior propensão à recorrência 44% recorre no primeiro ano
  4. 4. PATOGÊNESE     Semelhante à ITU esporádica Colonização de uropatógenos originados da flora retal na área periuetral Diminuição de lactobacillos produtores de H2O2 Persistência em reservatórios
  5. 5. FATORES DE RISCO    Genéticos/ biológicos Comportamentais  Intercurso sexual/ múltiplos parceiros  Uso recente de ATB  Uso de espermicida Anatomia pélvica  Pré menopausa x pós menopausa  Incontinência urinária  História de ITU antes da menopausa
  6. 6. ESTRATÉGIAS PREVENTIVAS  Comportamentais     Evitar espermicida Micção pós-coito Suco de cranberry Profilaxia ATB     Altamente efetiva Contínua x pós-coital x tratamento intermitente Escolha do ATB Urocultura negativa 1-2 semanas após última ITU
  7. 7. ESTRATÉGIAS PREVENTIVAS  Profilaxia ATB – contínua Cochrane: 10 trials – 430 pacientes  Recorrência microbiológica – NNT 1.85  Recorrência clínica – NNT 2.2  Efeitos colaterais: candidíase, TGI  Melhor escolha? Por quanto tempo? 
  8. 8. ESTRATÉGIAS PREVENTIVAS  Profilaxia ATB – pós coito Dose única pós relação sexual  Principalmente nas ITUs relacionadas ao intercurso sexual 
  9. 9. ESTRATÉGIAS PREVENTIVAS  Profilaxia ATB        Resistência antimicrobiana Nitrofurantoína: contra-indicada em Cl <60mL/min; neuropatia, hepatite crônica Fluroquinolonas: contra-indiciadas em gestantes; aumento do intervalo QT; ruptura tendínea Risco de colite pseudomembranosa Estrogênio tópico Probióticos: lactobacilos / via vaginal Vacina? Bactérias pouco virulentas? Antisépticos?
  10. 10. ESTRATÉGIAS PREVENTIVAS   Auto-tratamento Avaliação urológica: caso suspeita  Proteus: nefrolitíase

×