SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 82
PREFEITURA MUNICIPAL DE MOSSORÓ 
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E DESPORTO SMED 
Rua Pedro Alves Cabral, 01 – Aeroporto – 59607-140 Mossoró / RN 
Fone Fax (84) 3315-4942 
Fotos: Márcia Núbia 
IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE EDUCACIONAL 
Nome: UNIDADE DE EDUCAÇÃO INFANTIL NOEME BORGES DE ANDRADE 
Endereço: RUARAFAEL MOSSOROENSE DA GLÓRIA, S/N Porte: III 
Bairro: D. JAIME CÂMARA Fone: (84) 3315 5134 
E-mail: ueinoemeborgesdeandrade@gmail.com
Ata de reunião
Termo de Homologação Conselho
LISTA DE QUADROS 
QUADRO 01: DEMONSTRATIVO DOS PROFESSORES ....................................... 10 
QUADRO 02: DEMONSTRATIVO DOS PROFESSORES COM AULAS 
EXCENDENTES ................................................................................. 10 
QUADRO 03: DEMONSTRATIVO DOS PROFESSORES AUXILIARES COM 
AULAS EXCENDENTES .................................................................... 10 
QUADRO 04: DEMONSTRATIVO DA EQUIPE DE APOIO ............................................ 11 
QUADRO 05: DEMONSTRATIVO DA GESTÃO ................................................................ 11 
QUADRO 06: DEMONSTRATIVO ESTAGIÁRIOS ............................................................ 11 
LISTA DE GRÁFICOS 
Gráfico 01: Evolução de Matrícula 2012/2013 ........................................................... 16 
Gráfico 02: Evolução de Matrícula Creche 2012/2013 .............................................. 17 
Gráfico 03: Evolução de Matrícula Pré-escolar 2012/2013 ....................................... 17 
Gráfico 04: Evolução de Matrícula dos alunos com deficiência 2012/2013 ............... 18 
Gráfico 05: Teste Lecto Escrita Infantil I A – 2012/2013 ........................................... 80 
Gráfico 06: Teste Lecto Escrita Infantil I B - 2012/2013 ............................................ 80 
Gráfico 07: Teste Lecto Escrita Infantil I C - 2012/2013 ............................................ 81 
Gráfico 08: Teste Lecto Escrita Infantil I D - 2013 ..................................................... 81 
Gráfico 09: Teste Lecto Escrita Infantil II A - 2012/2013 ........................................... 81 
Gráfico 10: Teste Lecto Escrita Infantil II B - 2012/2013 ........................................... 81 
Gráfico 11: Teste Lecto Escrita Infantil II C - 2012 .................................................... 81
SUMÁRIO 
1 Apresentação ..................................................................................................... 07 
2 Caracterização da Unidade Educacional ......................................................... 12 
3 Comissão Permanente de Avaliação ................................................................ 13 
4 Consolidado da Autoavaliação – Prêmio “Escola de Qualidade” – 
Edição 2009/2013 ............................................................................................... 14 
a) Detalhamento da Autoavaliação - Prêmio “Escola de Qualidade” – 
Edição 2009/2013 – Gestão de Pedagógica ............................................... 15 
a.1 Garante o acesso e a permanência dos alunos, inclusive com 
necessidades educacionais especiais nas classes do ensino regular.......... 16 
a.2 Realiza práticas de organização do tempo/espaço, de modo que 
assegure ações que aprimoram a qualidade do ensino e o atendimento 
às necessidades de aprendizagem dos alunos ............................................ 19 
a.3 Garante a atualização e validação do Projeto Político Pedagógico 
anualmente, com a participação de todos os segmentos da 
comunidade escolar ..................................................................................... 53 
b) Detalhamento da Autoavaliação - Prêmio “Escola de Qualidade” – 
Edição 2009/2013 – Gestão de Pessoas ........................................................... 54 
b.1 Promove o desenvolvimento profissional em relação aos conhecimentos, 
habilidades e atitudes, através de ações de formação continuada com 
base nas necessidades identificadas ............................................................. 55 
b.2 Adota práticas avaliativas do desempenho do professor e dos demais 
profissionais, ao longo do ano letivo ............................................................... 61 
b.3 Promove práticas de valorização e reconhecimento do trabalho e 
esforço dos professores e demais profissionais da escola no sentido de 
reforçar as ações voltadas para melhoria da qualidade do ensino ................. 62 
c) Detalhamento da Autoavaliação - Prêmio “Escola de Qualidade” – 
Edição 2009/2013 – Planejamento e Gestão ................................................... 69 
c.1 Realiza de forma sistemática, coletiva e cooperativa o planejamento dos 
serviços e das atividades escolares oferecidas ............................................ 70 
c.2 Zela pela transparência da gestão, utilizando os canais de comunicação 
da escola para divulgar informações de prestação de contas dos 
recursos, dos resultados obtidos pela escola e das estratégias 
utilizadas na resolução de problema ....................................................... 72 
c.3 Desenvolve projetos nas áreas de saúde, esporte e assistência social 
e/ou cultura, ampliando as atividades interna e externa da escola, 
firmando parcerias externas a comunidade escolar ..................................... 74 
c.4 Aplica os recursos conforme plano de aplicação construído 
coletivamente, dando prioridade às necessidades ....................................... 77
d) Detalhamento da Autoavaliação - Prêmio “Escola de Qualidade” – 
Edição 2009/2013 – Avaliação e Resultados.................................................... 78 
d.1 Desenvolve um sistema de monitoramento das metas e ações 
estabelecidas no Projeto Político Pedagógico, garantindo condições de 
efetivação e sucesso ...................................................................................... 79 
d.2 Acompanha cada aluno da escola individualmente, mediante registro de 
sua frequência e do seu desempenho nas avaliações ................................... 79 
d.3 Alfabetiza as crianças até, no máximo, os oito anos de idade, aferindo 
os resultados por exame periódico específico ................................................ 80 
d.4 Adota ações de combate à evasão e repetência, com sistemática de 
monitoramento a fim de garantir a efetividade e sucesso dos alunos ............ 82
7 
1. Apresentação 
A Unidade de Educação Infantil Noeme de Borges de Andrade está 
localizada na Rua Rafael Mossoroense da Glória, S/N, bairro Dom Jaime Câmara 
nesta cidade de Mossoró-RN. Sua infraestrutura conta com boas condições físicas, 
pois dispõe de 5 salas de aula, 1 sala de direção, 1 sala de Atendimento 
Educacional Especializado, 1 área de banho com piscina e cascata, 2 banheiros 
para crianças e 1 para funcionários, 1 salão de recreio (área coberta), 1 cozinha com 
despensa, área de serviço e 1 depósito/almoxarifado. No ano de 2014 atendeu a 
230 crianças dos bairros Dom Jaime câmara, Alto do Sumaré e Assentamento Paulo 
Freire, distribuídas em dez turmas: 1 de Maternal I, 3 de Maternal II, 4 de Infantil I e 
2 de Infantil II, nos turnos matutino e vespertino. Conta com 15 professoras, sendo 
que 9 têm nível superior (7 com título de especialista) e destas, 1 está na função de 
Supervisora Pedagógica, 1 como Professora de Atendimento Educacional 
Especializado, 2 está cedida à Secretaria Municipal de Educação e Desporto e 1 
está readaptada; 6 têm nível médio e destas 3 estão cursando Pedagogia. Como a 
UEI tem criança com deficiência e Transtorno global do desenvolvimento (TGD), em 
2013 contou com o apoio 03 (três) auxiliares, sendo 1 (uma) estagiária e 2 
professoras com aulas excedentes. Temos 7 profissionais não docentes, destes 1 
não é alfabetizada, 4 tem ensino fundamental incompleto, 1 tem nível médio (vice-diretora) 
e 1 tem nível superior (diretora). 
Procurando promover um ensino de qualidade e seguindo as linhas básicas 
do Projeto Político Pedagógico da UEI, desenvolvemos Programas Educacionais e 
Apoio ao Currículo Escolar priorizando projetos interdisciplinares e sequências 
didáticas que são implementados a partir de diagnóstico realizados não só nas salas 
de atividade como também na comunidade e de fatos gerais que acontecem no dia a 
dia da nossa cidade, como é o caso de epidemias como a dengue, questões 
ambientais, entre outros. As atividades de tema transversal, eventos culturais e 
científicos, atividades realizadas em ambientes educativos também estão incluídas 
nos nossos programas. Oferecemos atividades que possibilitam às crianças a 
interação, as brincadeiras e a aprendizagem significativa. 
A UEI tem como missão promover um ensino de qualidade, propiciando o 
desenvolvimento integral da criança. Com a intenção de oferecer uma educação de 
excelência, a gestão busca a integração da família, realizando reuniões com as 
famílias estreitando laços e deixando-as informados sobre o que seus filhos fazem
8 
na Unidade, embora ainda seja um desafio atrair todas as famílias e despertar o 
interesse e o acompanhamento mais de perto do processo ensino-aprendizagem 
das crianças; procura envolver harmoniosamente os professores, crianças, pais e 
demais profissionais da Unidade; preocupa-se com a oferta de livros, brinquedos, 
brincadeiras, jogos, atividades, higiene da UEI e alimentação das crianças, 
contribuindo assim para o alcance de resultados no processo de ensino e 
aprendizagem. estacamos como nosso maior desafio trazer a comunidade para 
participar das nossas atividades. 
Segundo os Indicadores da Qualidade na Educação Infantil, para garantir um 
atendimento de qualidade, as instituições de Educação Infantil precisam oferecer 
“oportunidades educacionais para todos e em apoio significativo às famílias com 
crianças até seis anos de idade” (BRASIL, 2009, p. 11). 
O mesmo documento define a qualidade como dependente de fatores como: 
Os valores nos quais as pessoas acreditam; as tradições de uma 
determinada cultura; os conhecimentos científicos sobre como as crianças 
aprendem e se desenvolvem; o contexto histórico, social e econômico no 
qual a escola se insere. (BRASIL, 2009, p. 11). 
Portanto o fato da Unidade de Educação Infantil Noeme Borges de Andrade 
trabalhar em equipe, respeitando as individualidades e os ritmos de cada 
profissional, de possuir professores qualificados e comprometidos, o que comprova 
através da prática pedagógica que desperta o interesse das crianças, confiança e 
participação das famílias nas atividades realizadas na UEI; O fato do nosso Projeto 
Político Pedagógico ser construído coletivamente o que dá respaldo aos professores 
para o conhecerem e planejarem com bases nas linhas gerais do mesmo, assim 
como a gestão administrativo-pedagógico ser atuante e presente; de termos um 
Conselho Escolar atuante e que colabora para a potencialização das ações 
administrativas, financeiras e pedagógicas para a nossa Unidade, contribuindo para 
a efetivação da gestão democrática; e dos demais profissionais manterem o espaço 
físico limpo e agradável, zelando pela ambiência pedagógica, além de oferecer uma 
alimentação bem preparada, nutritiva e adequada, respeitando as restrições 
alimentares presentes na nossa realidade, nos torna uma Escola de Qualidade. 
Quanto às metas para melhoria do desempenho da criança, no ano de 2013 
foram implementadas as seguintes ações: entendimento e práticas referentes às
9 
Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil; novas estratégias de 
ensino distribuídas em projetos interdisciplinares, sequências didáticas, atividades 
de tema transversal, eventos culturais e científicos, atividades em ambientes 
educativos; Atividades de formação continuada, participação em eventos culturais e 
científicos, além de produção de material pedagógico, produções científicas, 
artísticas e culturais. 
A UEI também promove ações de inclusão social, atividades realizadas na 
comunidade escolar com o eixo temático Preservação do Meio Ambiente, atividades 
de promoção da interação ESCOLAXCOMUNIDADE. Programas socioeducativos e 
socioeconômicos são realizados com diversas parcerias. 
O Conselho Escolar tem grande visibilidade pois atua durante o ano inteiro, 
cumprindo pautas planejadas em reuniões ordinárias e assuntos não planejado e 
emergentes em reuniões extraordinárias, além de assembleias gerais junto às 
famílias. 
Para a melhoria da UEI e sua gestão, apresentamos as seguintes metas: 
potencialização da sala de Atendimento Educacional Especializado – AEE; 
intensificar as atividades de promoção da interação escola e comunidade; reforçar 
cada vez mais a atuação dos Conselhos Escolar e do Caixa Escolar, já que a 
participação desses conselhos tem tornado eficaz a forma de gestão pedagógica, 
administrativa e financeira desta UEI. 
A equipe que trabalha para a superação das metas propostas a cada ano na 
nossa UEI é composta por professores da sala do ensino regular e do Atendimento 
Educacional Especializado, supervisora, zeladoras, merendeira e diretora, como 
podemos observar nos quadros demonstrativos abaixo.
10 
QUADRO 01: DEMONSTRATIVO DOS PROFESSORES 
Nº NOME CARGO/ FUNÇÃO TITULAÇÃO 
01 Antonia Ilenilde Silva dos Santos Professora Professora Especialista 
02 Antonia Neci Bezerra Professora Professora Magistério 
03 Helena Pereira de Souza Professora Professora Magistério 
04 Joana Dália Leocádio da Silva Professora Professora Magistério 
05 Leilimar Bezerra de Medeiros Professora Professora AEE Especialista 
06 Leilimar Bezerra de Medeiros Professora Cedida a SMED Especialista 
07 Lucicleide Fernandes Melo de Brito Professora Professora Magistério 
08 Luzilene Fontes do Nascimento Professora Cedida a SMED Especialista 
09 Luzilene Fontes do Nascimento Professora Cedida a SMED Especialista 
10 Márcia Núbia da Silva Oliveira Professora Supervisora Especialista 
11 Maria do Socorro Pereira Professora Professora Magistério 
12 Maria Goureth de Sousa Lima Professora Professora Pedagogia 
13 Maria Luzia Batista Cândido Professora Professora Magistério 
14 Valdécia Rodrigues S. Costa Professora Professora Especialista 
15 Vera Neide Dantas dos Santos Professora Professora Magistério 
QUADRO 02: DEMONSTRATIVO DOS PROFESSORES COM AULAS 
EXCENDENTES 
Nº NOME CARGO/ FUNÇÃO TITULAÇÃO 
01 Márcia Núbia da Silva Oliveira Professora Professora Especialista 
02 Maria Luzia Batista Cândido Professora Professora Magistério 
QUADRO 03: DEMONSTRATIVO DOS PROFESSORES AUXILIARES COM AULAS 
EXCENDENTES 
Nº NOME CARGO/ FUNÇÃO TITULAÇÃO 
01 Joana Dália da Silva Professora Professora Magistério 
02 Maria do Socorro Pereira Professora Professora Magistério
11 
QUADRO 04: DEMONSTRATIVO DA EQUIPE DE APOIO 
Nº NOME CARGO FUNÇÃO TITULAÇÃO 
01 Antonia Aurita da Silva ASG Merendeira Fund. Incompleto 
02 Antonia Josenilda Souza 
ASG 
Zeladora Fund. Incompleto 
03 Francisca da Chagas Silva 
ASG 
Zeladora Não alfabetizada 
04 Ivanilde Alves de Andrade 
ASG 
Zeladora Fund. Incompleto 
05 Maria de Fátima Pereira 
ASG 
Zeladora Fund. Incompleto 
QUADRO 05: DEMONSTRATIVO DA GESTÃO 
Nº NOME CARGO FUNÇÃO TITULAÇÃO 
01 Teresa Magalhães Rocha Diretora Diretora Teologia 
02 
Cíntia Juliana de Medeiros 
Souza 
Vice-diretora Vice-diretora Ensino Médio 
QUADRO 06: DEMONSTRATIVO ESTAGIÁRIOS 
Nº NOME1 CARGO FUNÇÃO TITULAÇÃO 
01 
Aurilene Fernandes dos 
Santos 
Bolsista 
Auxiliar de 
sala 
Ens. Médio
12 
2- Caracterização da Unidade Educacional 
NÍVEIS E MODALIDADES DE ENSINO OFERTADO: 
Educação infantil 
(X)Creche 
(X)Pré-escolar 
 PERÍODO DE FUNCIONAMENTO: 
(X) Manhã (X)Tarde ( )Noite ( )Integral 
 NÚMERO DE CRIANÇAS POR TURMA: 
TURMAS 
BERÇÁRIO 
INTEGRAL 
MATERNAL I 
MATERNAL II A 
MATERNAL II B 
MATERNAL II C 
INFANTIL I A 
INFANTIL I B 
INFANTIL I C 
INFANTIL I D 
INFANTIL II A 
INFANTIL II B 
TOTAL 
Manhã 
- - 21 25 - - 24 25 - - 25 - 120 
Tarde 
- - - - 22 16 - - 22 24 - 26 110 
TOTAL - - 21 25 22 16 24 25 22 24 25 26 230 
 NÚMERO DE CRIANÇAS/MÉDIA: 
TOTAL DE CRIANÇAS MÉDIA DE CRIANÇAS POR 
TURMA 
230 23 
 INDICADORES DESEMPENHO DA ESCOLA: 
A – EDUCAÇÃO INFANTIL: 
Indicador 
ANO 
Matrícula 
final 
Taxa de 
abandono 
(%) 
Taxa de 
alfabetização 
(Lecto-escrita)* 
2012 246 10% 62% 
2013 230 1,3% 64% 
*Crianças em processo de alfabetização 
OBSERVAÇÕES: 
 Os dados devem ser coletados nos boletins do Censo, no Mapa Educacional 2013 e/ou em 
documentos oficiais da escola. 
 Anexar ata de reunião do Conselho Escolar/Comissão para preenchimento dos documentos 
que compõem a FASE E AUTOAVALIAÇÃO. 
Mossoró, 22 de Julho de 2014.
13 
3- Comissão Permanente de Avaliação: 
Joana Dália Leocádio da Silva 
Representante docente da escola 
Valdécia Rodrigues de Souza Costa 
Representante docente da escola 
Maria Goureth de Sousa Lima 
Representante dos Servidores 
Sidney Márcio Barroso 
Representante Pai 
Cosma Marinho 
Representante da Comunidade
14 
4- CONSOLIDADO DA AUTOAVALIAÇÃO – PRÊMIO “ESCOLA DE QUALIDADE” – 
EDIÇÃO 2009/2013. 
DIMENSÃO 
PARÂMETROS 
LEGENDA1: 
1. MUITO AQUÉM DO ESPERADO 
2. AQUÉM DO ESPERADO 
3. NÍVEL ACEITAVÉL 
4. ALÉM DO ESPERADO 
5. MUITO ALÉM DO ESPERADO 
INDICADOR 
1 2 3 4 5 
1. Gestão pedagógica: 
Abrange processos e práticas de 
gestão pedagógica orientados para 
assegurar a aprendizagem dos alunos, 
em consonância com o Projeto 
Pedagógico da escola. 
# Garante o acesso e a permanência dos alunos, inclusive com 
necessidades educacionais especiais nas classes comuns do 
ensino regular. 
x 
# Realiza práticas de organização do tempo/espaço, de modo 
que assegure ações que aprimoram a qualidade do ensino e o 
atendimento às necessidades de aprendizagens dos alunos. 
x 
# Garante a atualização e validação do Projeto Político 
Pedagógico anualmente, com a participação de todos os 
segmentos da comunidade escolar. 
x 
PESO: 4,0 Subtotal 
2. Gestão de pessoas: 
Abrange processos e práticas de 
gestão dos profissionais da educação. 
# Promove o desenvolvimento profissional em relação aos 
conhecimentos, habilidades e atitudes, através de ações de 
formação continuada com base nas necessidades identificadas. 
x 
# Adota práticas avaliativas do desempenho de professores e 
dos demais profissionais, ao longo do ano letivo. 
x 
# Promove práticas de valorização e reconhecimento do 
trabalho e esforço dos professores e demais profissionais da 
escola no sentido de reforçar ações voltadas para melhoria da 
qualidade do ensino. 
x 
PESO: 1,0 Subtotal 
3. Planejamento e gestão: 
Abrange processos e práticas de 
gestão dos serviços de apoio, recursos 
físicos e financeiros. 
# Realiza de forma sistemática, coletiva e cooperativa o 
planejamento dos serviços e das atividades escolares 
oferecidas. 
x 
# Zela pela transparência da gestão, utilizando os canais de 
comunicação da escola para divulgar informações de prestação 
de contas dos recursos, dos resultados obtidos pela escola e 
das estratégias utilizadas na resolução de problemas. 
x 
# Desenvolve projetos nas áreas de saúde, esporte, assistência 
social e/ou cultura, ampliando as atividades internas e externas 
da escola, firmando parcerias externas a comunidade escolar. 
x 
# Aplica os recursos conforme plano de aplicação construído 
coletivamente, dando prioridade as necessidades. 
x 
PESO: 2,0 Subtotal 
4. Avaliação e resultados: 
Abrange processos e práticas de 
gestão voltadas para assegurar a 
melhoria dos resultados de 
desempenho da escola – rendimento, 
frequência e proficiência dos alunos. 
# Desenvolve um sistema de monitoramento das metas e ações 
estabelecidas no Projeto Político Pedagógico, garantindo 
condições de efetivação e sucesso. 
x 
# Acompanha cada aluno da escola individualmente, mediante 
registro de sua frequência e do seu desempenho nas 
avaliações. 
x 
#Alfabetiza as crianças até, no máximo, os oito anos de idade, 
aferindo os resultados por exame periódico específico. 
- 
# Adota ações de combate à evasão e repetência, com 
sistemática de monitoramento a fim de garantir o a efetividade e 
sucesso dos alunos. 
x 
PESO: 3,0 Subtotal 
TOTAL GERAL
15 
DETALHAMENTO DA AUTOAVALIAÇÃO – PRÊMIO “ESCOLA DE QUALIDADE” 
– EDIÇÃO 2009-2013 
a) Gestão pedagógica: abrange processos e práticas de gestão pedagógica orientados 
para assegurar a aprendizagem dos alunos, em consonância com o Projeto Pedagógico da 
escola: 
Estabelece como foco a melhoria da qualidade do processo de ensino e de aprendizagem. 
PARÂMETRO CRITÉRIO 
MARQUE 
APENAS UMA 
ALTERNATIVA 
# Garante o acesso e a 
permanência dos alunos, 
inclusive com necessidades 
educacionais especiais nas 
classes comuns do ensino 
regular. 
1. Não houve matrícula nova e a evasão foi 
superior a 10%. 
2. Não houve matrícula nova e houve 
evasão até 5%. 
3. Houve matrícula nova e menos de % de 
evasão. 
4. Houve expansão de matrícula e não 
houve evasão. 
5. Houve expansão acima de 20% e não 
houve evasão. 
x 
# Realiza práticas de 
organização do tempo/espaço, 
de modo que assegure ações 
que aprimoram a qualidade do 
ensino e o atendimento às 
necessidades de 
aprendizagens dos alunos. 
1. Não foi apresentada nenhuma prática 
inovadora por nenhum dos professores. 
2. Foram apresentadas práticas inovadoras 
por menos de 10% dos professores. 
3. Foram apresentadas práticas inovadoras 
por mais de 10% dos professores. 
4. Foram apresentadas práticas inovadoras 
por 20% dos professores. 
5. Foram apresentadas práticas inovadoras 
por mais de 20% dos professores. 
x 
# Garante atualização e 
validação do Projeto Político 
Pedagógico anualmente, com a 
participação de todos os 
segmentos da comunidade 
escolar. 
1. O PPP não atualizado e nem validado. 
2. O PPP foi atualizado, mas NÃO foi 
validado com a participação dos segmentos 
da comunidade escolar. 
3. O PPP foi atualizado e validado com a 
participação de representantes dos 
segmentos da comunidade escolar. 
4. O PPP foi atualizado e validado com a 
participação de representantes dos 
segmentos da comunidade escolar, com 
resultados positivos. 
5. O PPP foi atualizado e validado com a 
participação de representantes dos 
segmentos da comunidade escolar, com 
resultados positivos e inovadores. 
x 
TOTAL DE PONTOS: 
*Quando a expansão da matrícula foi limitada pelo espaço físico considerar o nível 5.
16 
a.1. Garante o acesso e a permanência dos alunos, inclusive com 
necessidades educacionais especiais nas classes do ensino regular. 
Critério: Houve expansão de matrícula e não houve evasão (Pontuação 5) 
A UEI Noeme Borges de Andrade preocupada com o acesso e a 
permanência de todas as crianças sem qualquer discriminação em classes comuns 
procura trabalhar de acordo com o seu Projeto Político Pedagógico e oferece 
serviços de qualidade, tendo todos os anos o ano inteiro uma demanda maior que a 
oferta de vagas. 
Em 2013 a matrícula teve uma queda de 6.5% em relação a 2012, conforme 
recibos de dados do censo, constantes no anexo 01. 
Gráfico 01: Evolução de Matrícula 
93 
153 146 
83 
2012 2013 
Creche Pré-escola 
Conforme consta no gráfico 01, a redução das matrículas do ano de 2013 
para o ano de 2012, se deu por limitação do espaço físico e em obediência a 
Portaria de Matrícula da SMED e aconteceu da seguinte forma: houve uma redução 
de crianças tanto em idade de creche quanto em idade pré-escolar: em 2012 
tivemos 93 crianças em idade de creche frequentando a Unidade, enquanto em 
2013 tivemos 84 crianças matriculadas. Já nas turmas de pré-escola de 153 
crianças em 2012, esse número caiu para 146 em 2013. O número de crianças de 2 
e de 3 anos de idade em 2013 caiu em relação a 2012, conforme mostra o gráfico 2. 
Podemos observar que nos dois anos o número de crianças de 4 anos superou o de 
5 anos, pelo motivo de muitas serem matriculadas nas Escolas Municipais Maria do 
Céu e Paulo Cavalcante para assegurar a vaga no primeiro ano. Ver gráfico 3.
17 
Gráfico 02: Evolução da Matrícula- Creche 
24 
21 
69 
2012 2013 
63 
2 anos 3 anos 
Gráfico 03: Evolução da Matrícula- Pré-Escola 
79 
95 
74 
2012 2013 
51 
4 anos 5 anos 
Em 2012 o crescimento dessa clientela foi de 100% tanto na matrícula do 
AEE quanto na sala de ensino regular, o número de alunos no AEE era de 8 
matrículas, porém havia 2 alunos atendidos nesta UEI que não entraram no censo 
por já estarem matriculados no Programa Mais Educação do Escola Paulo 
Cavalcante.Uma das crianças atendidas no AEE tinha deficiência física em 
decorrência da síndrome de epidemólise bolhosa, a qual o impossibilitava de 
frequentar a sala de atividades, por conta do seu quadro de saúde e por isso, era 
atendido pela professora do AEE em sua residência. Em 2013 o número de alunos 
público alvo da educação especial foram de 10 crianças matriculadas no AEE, sendo 
04 crianças da própria UEI, 01 da UEI Maria Caldas e 05 alunos da Escola Municipal 
Paulo Cavalcante. Conforme recibos educacenso constante no anexo 1 e relatório 
da Sala de Recursos Multifuncional anexo 02.
18 
Gráfico 04: Evolução da Matrícula - Alunos com Deficiência 
4 
10 10 
5 
2012 2013 
Ensino Regular Sala de Recursos Multifuncionais 
Imagem 1: Adson, matriculado na UEI, 
recebendo atendimento educacional 
especializado. (28/02/2013) 
Imagem 2: Jéssica, aluna da Escola Municipal 
Paulo Cavalcante, recebendo atendimento 
especializado na UEI. (17/10/2013) 
Há uma grande demanda nessa Unidade e o número de evasão diminuiu em 
8,7%. Todo ano dispomos de uma lista de espera (demanda) para as famílias que 
não conseguiram vagas para seus filhos e, quando estas surgem entramos em 
contato imediatamente com a família informando a vaga existente.
19 
a.2. Realiza práticas de organização do tempo/espaço, de modo que assegure 
ações que aprimoram a qualidade do ensino e o atendimento às necessidades 
de aprendizagem dos alunos. 
Critério: Foram apresentadas práticas inovadoras por mais de 20% dos professores 
(Pontuação 5) 
As atividades na UEI são organizadas em forma de cronogramas para que 
não haja compatibilidade de horários, já que temos várias opções de atividades 
dentro e fora de sala, são elas: aula de vídeo, área de banho com cascata e piscina, 
área de recreação coberta, Sala de Recursos Multifuncionais e espaço externo 
amplo e arborizado. Não temos espaço físico para biblioteca, mas dispomos de 
livros em lugar de fácil acesso aos professores e às crianças na sala da secretaria, 
assim como um trenzinho móvel de leitura que é utilizado diariamente conforme 
cronograma (ver Cronogramas, agenda semanal/rotina e relatório dos cronogramas 
no anexo 3). 
No ano de 2013, realizamos alguns projetos interdisciplinares (ver atas de 
extrarregência anexo 4 e cópias dos projetos, sequências didáticas e relatórios no 
anexo 5) como extensão ao nosso trabalho anual, com os objetivos de enriquecer a 
prática, incrementar as atividades oferecidas às crianças e incentivar as famílias a 
participarem mais ativamente das atividades realizadas na Unidade. Para que 
pudéssemos atingir os nossos objetivos, realizamos os seguintes projetos: 
* Diga não à Dengue (elaborado coletivamente em reunião de extrarregência, 
conforme Ata do dia 15/02, constante no anexo 5 e executado em todas as turmas 
da UEI conforme relatório anexado ao projeto e Ata de reunião do dia 04/03 também 
constante no anexo 5), teve o objetivo de despertar as famílias e a comunidade para 
os perigos da dengue e a importância da sua prevenção e sensibilizar nas crianças 
para os cuidados com o ambiente, a saúde e a higiene. 
 Imagem 3: Caça ao mosquito da dengue 
(Maternal II C vesp. Professora 
Lucicleide) 24/02/2013 
Imagem 4: Leitura sobre o tema Dengue (Maternal 
II A Mat.Professoras Antonia Neci e Maria do 
Socorro) 26/02/2013
20 
Imagem 5: Confecção de cartaz (Infantil I A 
Matutino, professora Goureth) – 25/02/2013 
Imagem 6: Mobilização na Praça O Luizão – 
28/02/2013. 
Resultados pode-se observar que as crianças aprenderam e/ou desenvolveram 
melhor o que já sabiam a respeito da doença e que estão advertindo suas famílias 
para prevenção da proliferação do mosquito. 
Impactos - uma mãe relatou que seu filho não queria mais deixar botar água para o 
cachorro, que era pra não criar mosquito da dengue; 
- mãe: ontem, o pai de Ari jogou uma tampa fora, no chão. Aí, Ari foi lá, 
apanhou a tampa, tampou a garrafa e disse que não podia fazer aquilo, senão 
junta mosquito da dengue. 
- pessoa da comunidade: precisava daquela movimentação todinha por causa de 
um mosquito?! 
- criança: tia, agora eu sei que minha tia teve dengue. 
* Da fralda ao vaso (elaborado pela professora Leilimar Bezerra e executado pelas 
professoras Joana Dália e Helena Freire, na turma Maternal I). Teve como objetivos 
Favorecer um processo tranquilo de retirada de fraldas para as crianças, respeitando 
ritmo e necessidades. 
Imagem 7: Crianças do maternal I, professoras Helena e Joana, aprendendo a usar o vaso sanitário 
e ter independência. 
Resultados as crianças desenvolveram a habilidade e a competência de expressar 
seus desejos e necessidades com autonomia. 
Impactos No primeiro semestre, as crianças já tinham alcançado sua autonomia. 
* Identidade: quem somos (construído e executado pelas professoras Antonia 
Ilenilde, Leilimar Bezerra, Maria Goureth e estagiária Jackelinne Nathya). Teve como 
objetivo perceber a importância de ações e atitudes no processo de construção da 
sua história, estimulando a auto-estima das crianças.
21 
Imagem 8: Crianças das turmas Infantil I A e 
Infantil II A matutino montando árvore 
genealógica e falando um pouco de sua 
personalidade. Professoras Goureth e Antonia 
Ilenilde. (20/05/2013) 
Imagem 9: Crianças das turmas Infantil I A e 
Infantil II A matutino fazendo apresentação de 
poesia que fez parte tanto do projeto Identidade 
quanto do Sarau de Leitura. Professoras 
Goureth e Antonia Ilenilde. (20/05/2013) 
Resultados - as crianças foram capazes de contar um pouco de sua história de vida 
própria e da família; - relatam sobre valores morais. 
Impactos - Após várias conversas sobre a família, uma criança comentou que tem 
carinho por todos, mas tudo que há de bom vem da parte da mãe: carinho, amor, 
paciência, tolerância... - percebemos que há crianças que se preocupam com o que 
está acontecendo com a família; que gosta de pegar um pouco do lanche e guardar 
pra levar para a mãe e o pai; percebemos também quando a família é presente por 
meio de depoimento das crianças. 
* Leitura no Maternal: lendo e aprendendo (elaborado e executado pelas 
Lucicleide Fernandes e Antonia Neci).Teve como objetivo Desenvolver o interesse 
contínuo pelas obras literárias e que encontre fora da sala de aula o prazer pela 
leitura. 
Imagem 10: Contação de histórias (Maternal II 
A mat. Professoras Antonia Neci e Maria do 
Socorro ) 27/05/2013. 
Imagem 11: Crianças escolhendo livros para ler 
(Maternal II C vesp. Professora Lucicleide .) 
* Cantigas e brincadeiras antigas: cantigas de roda e brincadeiras do tempo 
da vovó (elaborado e executado pelas professoras Vera Neide e Luzia 
Faustino).Teve como objetivo Conhecer brincadeiras e cantigas de roda da tradição 
oral que é transmitida de geração a geração.
22 
Imagem 12: Turma do Maternal II B Vespertino construindoe jogando Peteca. 27/05/2013. 
Imagem 13: Turma do Maternal II B Vespertino jogando amarelinha e fazendo trenzinho com corda. 
04/09/2013. 
Resultados - As crianças reconheceram diversas brincadeiras e cantigas de rodas. 
Impactos - Foi realmente uma surpresa, pois as crianças já conheciam a maioria 
das brincadeiras e cantigas propostas. Acreditávamos que todas seria uma 
novidade para elas, porém, valeu a pena, pois elas se divertiram muito. 
Imagem 14: Turma do Maternal II B Vespertino construindo cartaz de brincadeiras antigas. 
02/10/2014
23 
* Brincadeira e movimento: Jogos pra que te quero (intervenção). (elaborado 
pela supervisora e executado pelas por Antonia Neci, Antonia Ilenilde, Maria do 
Socorro Pereira, Luzia Cândido, Vera Neide, Helena Freire, Lucicleide Fernandes, 
Valdécia Rodrigues e Joana Dália Leocádio e Aurilene Fernandes (estagiária)).Teve 
como objetivos proporcionar interação entre as crianças/crianças e adulto, 
contribuindo para a aprendizagem e o desenvolvimento de habilidades, princípios, 
imaginação, pensamento, atenção e valores sociais; Intensificar a metodologia de 
jogos e brincadeiras nas salas de aula. 
Imagem 15: João Vítor jogando com letras e 
números- turma Infantil I A matutino, professora 
Márcia. (18/06/2013) 
Imagem 16: criança brincando com 
movimentos de pinça -turma Infantil I A 
matutino, professora Márcia. (27/08/2013) 
Imagem 17: Crianças jogando “Ponto de 
Ônibus” - turma Infantil I B matutino, professora 
Luzia Cândido. (30/08/2013) 
Imagem 18: Crianças treinando a 
psicomotricidades - turma Infantil I A matutino, 
professora Márcia. (21/09/2013)
24 
Imagem 19: Rayane e Eduarda Mariana 
empilhando objetos -turma Infantil I A matutino, 
professora Márcia. (23/09/2013) 
Imagem 20: Jogo conhecendo o colega - 
turma Infantil I C vespertino, professora Luzia 
Cândido. (26/09/2013) 
Imagem 21: Brincando com “vai-e-vem” (turma 
Maternal II A matutino, professoras Antonia Neci 
e Socorro Pereira. (01/10/2013) 
Imagem 22: Kevily e Pedro Gabriel treinando a 
psicomotricidade -turma Maternal I matutino, 
professoras Helena e Joana. (07/10/2013) 
Imagem 23: Crianças jogando “Escravos de 
Jó” -turma Infantil II B vespertino, professora 
Joana. (22/08/2013) 
Imagem 24: Jogo de bola na área externa - 
turma Maternal I matutino, professora Helena e 
Joana. (05/09/2013)
25 
Imagem 25: Jogo dos nomes com alfabeto móvel Imagem 26: Jogo do varal (Infantil I A Matutino) 
(Infantil II B vespertino, professora Joana Dália. Professora Márcia (05/09/2013). 
(03/06/2013). 
Resultados Com o projeto foi possível oferecer às crianças jogos pedagógicos para 
auxiliar no desenvolvimento cognitivo, favorecendo a interação e o vigor físico; 
estimulando a oralidade, percepção auditiva e visual. os jogos e brincadeiras 
envolveram muito as crianças pequenas, elas ficaram atentas e gostavam de 
participar de todas as atividades propostas. 
Impactos Avanços no desenvolvimento das crianças, pois aprenderam muito 
brincando; desequilíbrio nas professoras ao tentarem adaptar-se à metodologia; 
presença maior de atividades lúdicas no dia-a-dia da sala de aula. 
* Higiene e Saúde: cuidados com a higiene da boca e a higiene corporal 
(elaborado pela professora Maria Luzia Batista Cândido, executado por ela e pelas 
professoras Antonia Neci, Valdécia Rodrigues).Objetivou Orientar e sensibilizar as 
crianças para a prática de hábitos de higiene saudável e permanente para o seu 
desenvolvimento físico, cognitivo e social. 
Imagem 27: Professora Valdécia dando aula 
de escovação - Infantil I D Vespertino. 
(13/05/2013) 
Imagem 28: Professora Luzia Cândido dando 
aula de escovação - Infantil I C Vespertino. 
14/05/2013)
26 
Imagem 29: Kevillyn usando fio dental Infantil I 
C, professora Luzia Cândido. (05/07/2013) 
Imagem 30: Crianças treinando a escovação 
em boca artificial. Infantil I C, professora Luzia 
Cândido. (14/05/2014). 
Resultados Diante do que foi visto, as crianças aprenderam a importância da 
prática de bons hábitos de higiene e conseguem identificar hábitos inadequados 
para a saúde bucal e corporal. 
Impactos: as crianças passaram a ter hábito de lavar as mãos antes das refeições e 
depois de usar o banheiro mesmo sem a professora mandar.; escovar os dentes 
após as refeições passou a ser rotina; as crianças influenciaram os seus pais para 
manterem hábitos adequados de higiene. 
* Projeto Energia, desenvolvimento e Sustentabilidade: o vento como forma de 
energia (elaborado pelas professoras Márcia Núbia da Silva Oliveira e Antonia 
Ilenilde Silva dos Santos, executado por ela e pelas professoras Antonia Ilenilde e 
Joana Dália) 
Objetivou perceber os ventos como uma fonte limpa e inesgotável de energia 
elétrica; 
- conhecer a importância da energia elétrica na nossa cultura; entender o que faz 
uma lâmpada acender e aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos funcionarem e 
identificar equipamentos que proporcionam conforto graças à energia elétrica . 
Imagem 31: Crianças do Infantil II A (Profª 
Ilenilde) construindo Cartaz 
Imagem 32: Crianças do Infantil II B (Profª 
Joana) fazendo dobraduras
27 
Imagem 33: Crianças do Infantil II B (Profª 
Joana) confeccionando cataventos 
Imagem 34: Deyse testando a força da energia 
com bolinhas de sabão. 
Imagem 35: Crianças das turmas do Infantil II A e B testando a força energia dos ventos em 
carrinhos. 
Imagem 36: Crianças das turmas Infantil II A e B construindo Maquete com ajuda das professoras 
Ilenilde, Joana e Luzia Cândido.
28 
Imagem 37: Crianças das turmas Infantil II A e B construindo Maquete com ajuda das professoras 
Ilenilde, Joana e Luzia Cândido. 
Imagem 38: Crianças fazendo demonstrações 
para as demais crianças da UEI e para os pais. 
Imagem 39: Participação na Mostra de 
Projetos Científicos e culturais. 
Resultados Houve grande empolgação entre as crianças, especialmente nos 
momentos de confecção de cartazes, maquete e brinquedos; - As crianças 
aprenderam sobre como a energia é captada e veiculada para as residências;- 
relatam sobre como economizar energia. 
Impactos: - Relatos das famílias sobre a aprendizagem das crianças: - Ela 
aprendeu sobre economia de energia e praticou em casa com todos.- o 
interesse das crianças pelos brinquedos que são movidos pela força do ar ou do 
vento.
29 
Atividades de Tema Transversal 
Atividade: Manifesto “Diga não a Dengue” 
Objetivos - Mobilizar a comunidade escolar e difundir os trabalhos realizados pelas 
crianças durante o Projeto Diga não a Dengue, mostrando nossa preocupação em 
prevenir uma possível epidemia. 
Imagem 40: Mobilização junto às famílias e comunidade na Praça do Luizão. (28/02/2013) 
Resultados - Como foi realizado em horário de pico, ou seja, 7 da manhã e 4:30 
da tarde, o manifesto teve muito efeito, pois todos que passavam tinham a 
curiosidade de parar e ver o que estava acontecendo. Destacamos também a 
presença das famílias, que ajudaram durante toda a movimentação. 
Impactos: a reação das famílias de juntar-se a nós e levantar os cartazes 
conduzidos por seus filhos; outras ajudavam a controlar o trânsito, chamavam a 
atenção para a leitura dos cartazes.
30 
Atividade: Projeto Higiene e Saúde: cuidados com a higiene da boca e a higiene 
corporal 
Objetivos – Orientar e sensibilizar as crianças para a prática de hábitos de higiene 
saudável e permanente para o seu desenvolvimento físico, cognitivo e social. 
Imagem 41: a Professora Luzia Cândido 
ensinando criança a usar o fio dental. 
Imagem 42: Criança da turma do Inf. I C da 
professora Valdécia aprendendo a fazer 
escovação. 
Resultados – Diante do que foi visto, as crianças aprenderam a importância da 
prática de bons hábitos de higiene e conseguem identificar hábitos inadequados 
para a saúde bucal e corporal. 
Impactos – - as crianças passaram a ter hábito de lavar as mãos antes das 
refeições e depois de usar o banheiro mesmo sem a professora mandar. 
- escovar os dentes após as refeições passou a ser rotina. 
- as crianças influenciaram os seus pais para manterem hábitos adequados de 
higiene. 
- Esperamos ter contribuído para promoção da saúde da mulher, pois a palestra foi 
muito bem aceita e participativa, tirando muitas dúvidas que ainda persistem sobre o 
tema. 
Atividade: Aula de campo para conhecer um pé de juazeiro 
Objetivos: Conhecer a planta Juazeiro, sentar e brincar à sombra dela; 
- Conhecer o juá; 
- Assimilar melhor o que diz a música de Elino Julião; 
- Perceber a árvore como parte importante para preservação do meio ambiente. 
Imagem 43: Aula de campo com a turma Maternal II A das professoras Antonia Neci e Maria do 
Socorro, no dia 21/09/2013.
31 
Resultados – As crianças puderam brincar ao ar livre e conhecer na prática um pé 
de juazeiro que tanto escutaram falar na música “Na sombra do Juazeiro”; 
ensaiaram a coreografia a ser apresentada posteriormente no Festival de talentos da 
infância. Pessoal que contribuiu para que esse momento acontecesse: Teresa, 
Márcia, Leilimar, Ilenilde e Aurita. 
Impactos: se para as crianças foi uma grande surpresa conhecer tamanha árvores, 
nós professoras não ficamos para trás, pois quando vimos a árvore percebemos que 
também não conhecíamos, hoje nós sabemos identificar um pé de juazeiro. 
Atividade: Apresentação da dança “Na sombra do Juazeiro” no III Festival de 
Talentos da Infância 
Objetivos: perceber o juazeiro como árvore símbolo de resistência do sertão 
nordestino: Conhecer o juá; 
Imagem 44: Turma Maternal II das professoras Antonia Neci e Maria do Socorro fazendo 
apresentação no Festival de Talentos Infantis. (11/10/2013) 
Resultados: Apresentação da dança “Na sombra do Juazeiro” no III Festival de 
Talentos da Infância, pelas crianças de 3 anos, turma “Maternal II”. 
Impactos: As crianças interpretaram bem a música que fala da árvore símbolo do 
sertão nordestino. 
Atividade: Palestra sobre a saúde da Mulher 
Objetivos – Contribuir para a manutenção da saúde das mulheres que fazem parte 
da comunidade escolar por meio de informações que ajudam a prevenir doenças 
comuns nos dias atuais como o câncer de mama e o câncer de útero.
32 
Imagem 45: Estagiárias do curso de enfermagem da UERN fazendo palestra para as famílias. 
(13/11/2013) 
Resultados; Em parceria com a UBS Bernadete Bezerra e estagiárias do curso de 
enfermagem da UERN, foi realizada uma palestra com o tema “Câncer de mama e 
câncer de útero”, com a presença de mães e pais de crianças da UEI. 
Impactos; Esperamos ter contribuído para promoção da saúde da mulher, pois a 
palestra foi muito bem aceita e participativa, tirando muitas dúvidas que ainda 
persistem sobre o tema. 
Atividade: Exposição do Projeto “Energia desenvolvimento e Sustentabilidade: o 
vento como forma de energia” na Mostra de Projetos Científicos e Culturais. 
Objetivos: Mostrar como se deu o processo de ensino e aprendizagem sobre o 
tema durante o desenvolvimento do projeto. 
Imagem 46: Exposição do Projeto “Energia desenvolvimento e Sustentabilidade: o vento como 
forma de energia” na Mostra de Projetos Científicos e Culturais (27 e 28/11/2013).
33 
Resultados – As crianças tiveram a oportunidade de levar o que aprenderam à 
exposição, quando obtiveram grande sucesso, além de terem visitado outros stands 
e presenciado apresentações culturais de outras escolas e UEIs. 
Impactos – As crianças conseguiram responder a todos os questionamentos do 
público. 
Atividade: Mobilização alertando sobre as consequências do desperdício da água. 
Objetivos – Criar uma inquietação saudável entre as crianças, professores, 
funcionários e famílias, estimulando a formação de valores e favorecendo a tomada 
de consciência sobre a importância da preservação do meio ambiente. 
Imagem 47: Crianças confeccionando cartazes sobre o desperdício e a importância da água. 
(06/11/2013) 
Imagem 48: Ana Paula e Rayane fazendo 
dobraduras sobre o tema água. (04/11/2013). 
Imagem 49: Crianças confeccionando cartaz 
sobre o tema água. (07/11/2013).
34 
Imagem 50: Cartazes e atividades expostas nos corredores da UEI alertando para a importância e 
o desperdício da água. (12/11/2013) 
Resultados – As crianças demonstraram o que aprenderam por meio de relatos de 
fatos acontecidos em casa e/ou na UEI; relataram muito sobre como evitar o 
desperdício da água e como economizá-la. 
Impactos – as crianças passaram a monitorar os colegas, avisando às professoras 
quando alguém deixava uma torneira aberta ou quando enchiam demais o copo de 
água e não tomavam toda; - Depoimento de mãe: - Não aguento mais esse 
menino no meu pé prá eu não gastar muita água. O que vocês dizem tanto a 
esse menino? 
Atividade: Palestra alertando sobre as consequências do desperdício da água 
Objetivos – conscientizar a comunidade escolar sobre a importância da economia 
de água 
Imagem 51: Erialdo de Souza, diretor de Educação Ambiental fazendo palestra para as famílias e 
as crianças. (13/11/2013). 
Resultados: a palestra com Erialdo de Souza, diretor de Educação Ambiental e 
aconteceu no dia da família na escola, quando havia bastante pais presentes na 
UEI. As crianças da turma Infantil II também participaram da palestra e 
demonstraram o que havia aprendido durante a sequência didática sobre o tema. 
Impactos – Relato de mãe: -Se a gente economizar água, também estaremos
35 
economizando dinheiro, porque a conta de água diminui. - Hoje a gente já tá 
sentindo as consequências, porque falta água direto aqui na comunidade. 
- Relato de criança: - Minha vó tava lavando a calçada e eu disse para ela não 
derramar água. Eu desliguei a torneira. 
Atividade: Sequência didática do São João e apresentações juninas 
Objetivos – estimular nas crianças hábitos de cuidado para com o meio ambiente; - 
valorizar as riquezas da nossa região por meio de danças e músicas; - alertar toda a 
comunidade presente no evento sobre a importância de preservar o meio ambiente. 
Imagem 52: Criança formando palavras com 
folhas de revistas, em 12/06/2013. 
Imagem 53: Criança fazendo colagem com 
retalhos de papel crepom, em 25/06/2013. 
Imagem 54: Criança confeccionando maquete junina com palitos reaproveitados e imagens retidas 
de livros, em 28/06/2013. 
Resultados – Todas as apresentações de danças foram de músicas que retratam a 
questão ambiental; - durante todo o evento foram dadas dicas de economia de 
recursos naturais como água e energia elétrica; - foi iniciado o Projeto Energia, 
desenvolvimento e sustentabilidade (Ver programação no anexo 5). 
Impactos – algumas mães já antecipavam que iam ouvir alguma dica de economia; 
- esperamos estar contribuindo para que no futuro, as pessoas tenham um 
compromisso maior com o meio ambiente.
36 
Atividade: Passeio de trenzinho pelas ruas da cidade 
Objetivos – estimular as crianças a observarem a transformação da paisagem local 
no período das festas juninas. 
Resultados – alegria e entusiasmo das crianças ao verem a ornamentação e o 
parque de diversões que ainda estava montado. 
Impactos – vimos as crianças contando aos pais o que viram durante o passeio. 
Atividade: Sequência didática Natal 
Objetivos – Desenvolver os valores sociais, a sensibilidade e os sentimentos de 
solidariedade, amor ao próximo e amizade. 
Imagem 55: Momento do abraço com as 
crianças e... (02/12/2013) 
Imagem 56: ... com a professora Antonia Neci 
(05/12/2013). 
Imagem 57: Welliana confeccionando Guirlanda 
Natalina com material reaproveitável – Turma 
Infantil I A Matutino (02/12/2013) 
Imagem 58: Ruty escrevendo o nome JESUS 
no quadro – Infantil I A Matutino (06/12/2013).
37 
Imagem 59: Mércia, Adeilson, Ruty e Rayane 
pousando para foto da Guirlanda Natalina. 
(03/12/2013) 
Imagem 60: Adeilson colando foto na Guirlanda 
Natalina. (05/12/2013) 
Imagem 61: Crianças assistindo filme com tema 
Natalino no salão. (09/12/2013) 
Imagem 62: Ensaio do coral com a música 
“Bem Vindo” do Filme Irmão Urso. (28/11/2013) 
Resultados – conhecimento sobre o verdadeiro sentido do Natal, entendendo que 
os sentimentos de amor, amizade e solidariedade devem estar sempre presentes no 
coração; a música “Bem Vindo” do Filme Irmão Urso foi a nossa recepção à equipe 
do Projeto Meu Melhor Natal da UERN. 
Impactos – Muitas vezes o preconceito entre crianças não por causa da cor, mas 
geralmente elas se afastam daquela que é mais suja ou tem ferimentos na pele. 
Porém, durante os ensaios do coral “Bem vindo”, conseguimos levar algumas 
crianças que tinham dificuldade para abraçar determinados colegas a fazerem isso. 
EVENTOS CULTURAL E/OU CIENTÍFICO 
Evento: O que é a páscoa? 
Objetivos – Compreender o significado da páscoa.
38 
Imagem 63: Momento de oração. (28/03/2013) 
Resultados – Algumas crianças perderam a timidez de apresentar em público; - a 
maioria das crianças tem muita desenvoltura e gosta de fazer apresentações. 
Impactos – Apesar de trabalharmos sempre sobre o verdadeiro sentido da páscoa, 
as crianças ainda insistem que páscoa significa “Ovo de páscoa! 
Evento: Minha mãe, minha vida. 
Objetivos – comemorar o dia das mães, reforçando cada vez mais a importância e o 
valor da maternidade. 
Imagem 64: Turma Infantil II B, professora 
Joana, fazendo cartões para as mães 
(06/05/2013) 
Imagem 65: Turma Infantil I B, professora 
Luzia, realizado atividades para o dia das mães. 
Imagem 66: Momento de gravação de vídeo 
para o dia das mães da turma Maternal II B 
matutino, professoras Antonia Neci e Maria do 
Socorro. (09/05/2013). 
Imagem 67: Crianças assistindo aos vídeos 
feitos com elas para apresentar no dia das 
mães. (10/05/2013)
39 
Imagem 68: Comemoração do dia das mães (12/05/2013) 
Imagem 69: Mães assistindo aos vídeos feitos pelas crianças. (12/05/2013) 
Imagem 70: Momento em que mães abraçam seus filhos. (12/05/2013) 
Resultados – Foi exibido em Datashow algumas atividades realizadas no dia-a-dia 
da sala de aula e vídeo especialmente feito com as crianças para homenagear as 
mães; - Apresentação de coral homenageando às mães; - percebemos que quando 
a professora pede segredo, a criança não em casa de forma alguma.
40 
Impactos – lágrimas nos rostos das mães de emoção e prazer ao ver o filho 
apresentando em sua homenagem; - as mães solicitaram que reproduzíssemos o 
DVD apresentado para elas; - abraços, carinho entre mães e filhos e muita emoção. 
Evento: Arraiá Prá lá de bom da UEI Noeme Borges 
Objetivos – estimular nas crianças hábitos de cuidado para com o meio ambiente; - 
valorizar as riquezas da nossa região por meio de danças e músicas; - alertar toda a 
comunidade presente no evento sobre a importância de preservar o meio ambiente. 
Imagem 71: Crianças das turmas de Maternal II A Infantil I D e Maternal II B dançando para os 
familiares no Arraiá prá lá de bom da UEI Noeme Borges (05/072013) 
Resultados – Apresentação de todas as turmas par a comunidade escolar e geral 
de diferentes coreografias. 
Impactos – Algumas turmas que não estavam progredindo durante os ensaios, 
surpreenderam durante as apresentações; - A cada ano podemos contar com maior 
presença das comunidades escolar e geral que vem nos prestigiar no evento. 
Evento: Sarau de Leitura 
Objetivos – utilizar a linguagem oral, adequando-a a uma situação comunicativa 
formal; 
- ampliar o repertório de poesias conhecidas pelas turmas;
41 
Imagem 72: Turma Maternal II A matutino, 
professoras Helena e Joana Dália, 
apresentando no Sarau de Leitura. (11/12/2013) 
Imagem 73: Turma Maternal II B matutino, 
professoras Antonia Neci e Maria do Socorro, 
apresentando no Sarau de Leitura. (11/12/2013) 
Imagem 74: Turma Infantil I A matutino, 
professora Márcia, apresentando a Música 
“João e Maria” no Sarau de Leitura. 
(09/10/2013) 
Imagem 75: Turma Infantil I B matutino, 
professora Luzia, apresentando no Sarau de 
Leitura. (09/10/2013) 
Imagem 76: Turmas Infantil Infantil II A 
(professora Ilenilde) matutino, apresentando no 
Sarau de Leitura. (09/10//2013) 
Imagem 77: Turma Maternal I C Vespertino, 
professoras Antonia Neci e Vera Neide, 
apresentando no Sarau de Leitura. (11/12/2013)
42 
Imagem 78: Turma Maternal II C Vespertino, 
professora Lucicleide, apresentando no Sarau 
de Leitura. (11/12/2013) 
Imagem 79: Grazielen da turma Infantil I C 
Vespertino, professoras Luzia Cândido e Maria 
do Socorro, apresentando no Sarau de Leitura. 
(11/12/2013) 
Imagem 80: Turma Infantil I D Vespertino, 
professoras Valdécia e Aurilene, apresentando 
no Sarau de Leitura. (11/12/2013) 
Imagem 81: Turma Infantil II B Vespertino, 
professora Joana Dália, apresentando no Sarau 
de Leitura. (09/10/2013) 
Resultados – dramatização da música “João e Maria” de Chico Buarque; recitação 
da poesia “As borboletas” de Vinícius de Morais e recitação de poesia de Natal; 
dramatização da música “O vira” de Ney Matogrosso (Infantil IB); Recitação e 
dramatização da música “Uma estrela é uma criança” (Infantil I A e C); - 
dramatização da música “bate o sino” (Maternal I); - dramatização da música “Meu 
barco” (Maternal II B e C); - Apresentação dos significados dos símbolos natalinos e 
apresentação da poesia “O pato” de Vinícius de Morais (Infantil II B); -“Quem sou 
eu” – dramatização na culminância do projeto Identidade (Infantil I B e Infantil II A); - 
apresentação da poesia “Ciranda” de Cecília Meireles e dramatização da música 
“Então é Natal” com Simone (Infantil I D); 
Impactos – A alegria e satisfação das famílias com a desenvoltura dos seus filhos; - 
Elogios e comentários das mães porque as crianças se saíram muito bem no uso da 
linguagem oral ;- o encerramento do ano letivo foi mais atrativo para as famílias, que 
superlotaram o salão da UEI.
43 
Evento: III Festival de Talentos Infantil para o Meio Ambiente 
Objetivos – proporcionar momentos de interação entre as crianças que farão a 
apresentação e público espectador; divulgar o trabalho em defesa do meio ambiente 
realizado na UEI; estimular a desinibição das crianças para apresentarem em 
grandes públicos. 
Imagem 82: Turma Maternal II B matutino, professora Antonia Neci e Maria do Socorro, 
apresentando no Teatro Municipal Dix Huit Rosado. (10/10/2013) 
Resultados – apresentação da dança “Na sombra do Juazeiro”. 
Impactos – as crianças de 3 anos de idade surpreenderam pela desenvoltura e 
desinibição na hora apresentação. O público e, principalmente as famílias, ficaram 
maravilhadas com a 
Evento: Mostra de Projetos Científicos e Culturais. 
Objetivos – Conhecer equipamentos nos proporcionar utilizar energia elétrica e 
também conhecer a importância desta no nosso dia-a-dia; 
- Entender que os ventos é uma fonte limpa e inesgotável de energia elétrica. 
Imagem 83: Turma Infantil II A Matutino, 
professora Ilenide, na Mostra de Projetos 
Científicos. (27/11/2013) 
Imagem 84: Turma Infantil II B Vespetino, 
professora Joana Dália, na Mostra de Projetos 
Científicos. (28/11/2013) 
Resultados – 20 crianças das turmas Infantil II A e B fizeram demonstrações do que 
aprenderam durante o desenvolvimento do projeto na UEI com desenvoltura e 
disposição, explicando passo a passo como acontece a transmissão da energia dos 
aerogeradores até as residências. 
Impactos – quando chegavam os visitantes, as crianças corriam para explicar o 
trabalho delas, mostrando interesse e muita aprendizagem.
44 
Evento: Brincando eu aprendo 
Objetivos – Diversificar as atividades na semana que homenageia as crianças. 
Imagem 85: Turma Maternal II C, professora 
Lucicleide, praticando o Projeto Jogos prá que 
te quero. (07/10/2013) 
Imagem 86: Turma Maternal II B, professoras 
Antonia Neci e Vera Neide, fazendo em dia de 
brincadeiras . (07/10/2013) 
Imagem 87: Turma Maternal II A, professoras 
Helena e Joana Dália, fazendo em dia de 
brincadeiras . (07/10/2013) 
Imagem 88: Turmas de pré-escola, no 
“Cinema” com pipoca (08/10/2013) 
Imagem 89: Crianças fazendo concurso de dança. (09/10/2013)
45 
Imagem 90: Dramatização da música “uma estrela é uma criança” pela turma Infantil I B matutino, 
professora Luzia. (09/10/2013) 
Imagem 91: Professora Maria do Socorro e 
Aurilene (estagiária) com Adson e Arthur, 
crianças público alvo da Educação Especial no 
Teatro Dix Huit Rosado. (10/10/2013) 
Imagem 92: Crianças e professoras do turno 
vespertino participando como expectadoras no 
Festival de Talentos da Infância. (10/10/2013) 
Imagem 93: Professora Vera Neide brincando 
com crianças. (11/10/2013) 
Imagem 94: Madson e Jeseías brincando de 
Dança com Bola. (11/10/2013) 
Imagem 95: Grupo Mulheres em Ação participando da nossa programação. (11/10/2013)
46 
Imagem 96: Grupo Mulheres em Ação 
participando da nossa programação com 
pinturas no rosto das crianças . (11/10/2013) 
Imagem 97: João Victor exibindo a sua pintura . 
(11/10/2013) 
Imagem 98: Distribuição de algodão doce. 
(11/10/2013) 
Imagem 99: Adson e Kaio fotografando com 
personagens. (11/10/2013) 
Resultados – Todas as turmas fizeram apresentações de danças, músicas e jogos 
para as demais turmas: Maternal I – Jogo de boliche; Maternal II A – apresentação 
da dança “Na sombra do juazeiro; Infantil I A e C – recitação e dramatização da 
música “uma estrela é uma criança”; Infantil I B – dramatização da música “João e 
Maria”; Maternal II B e C – brincadeiras com bambolê (identificação dentro e fora) ; – 
Jogo de arremesso ; Infantil I C - ; Infantil I D – recitação da poesia “Ciranda” ; 
Infantil II B – recitação da poesia “O pato” 
- Nosso parceiro “Grupo Mulheres em Ação” também deu a sua colaboração, 
presenteando as crianças com um dia inteiro de brincadeiras e muita animação; 
- Dia do cinema com animações, desenhos infantis e pipoca; 
- Apresentação e participação como espectadores no Festival de talentos infantis. 
Impactos – Muita alegria e satisfação das crianças, pois elas gostam muito de 
apresentar, de mostrar o que sabem aos outros enfim, de fazer atividades 
diversificadas e diferenciadas. 
Evento: Meu melhor Natal 
Objetivos – fazer encerramento do Sarau de leitura; mostrar às famílias um pouco 
do que as crianças são capazes; receber nossa grande parceira UERN com 
gratidão pela sua colaboração no Natal das crianças; estimular o gosto das crianças 
pelas apresentações e falar em público.
47 
Imagem 100: Famílias no comando. 
(10/12/2013) 
Imagem 101: Grupo de dança trazido pelas 
famílias para homenagear a equipe da UEI. 
(10/12/2013) 
Imagem 102: Fusquinha do Amor trazido pelas famílias para homenagear a equipe da UEI. 
(10/12/2013) 
Imagem 103: Mãe agradecendo a equipe da 
UEI, pelo comprometimento e respeito com as 
crianças. (10/12/2013) 
Imagem 104: Agradecimento das famílias. 
(10/12/2013)
48 
Imagem 105: Mãe agradecendo a equipe da 
UEI, diante das famílias presentes para o 
encerramento do ano. (11/12/2013) 
Imagem 106: Turma Maternal II B matutino 
apresentando no encerramento do ano letivo. 
(11/12/2013) 
Imagem 107: Felipe, João Victor e Ana Beatriz, 
apresentando poesia de natal no encerramento 
do ano letivo. (11/12/2013) 
Imagem 108: Turma Infantil I B matutino 
apresentando encenação do nascimento de 
Jesus no encerramento do ano letivo. 
(11/12/2013) 
Imagem 109: Apresentação do coral “Pour Porri 
de Natal” no encerramento do ano letivo. 
(11/12/2013) 
Imagem 110: Orgulho das mães fotografando a 
apresentação dos filhos. (11/12/2013)
49 
Imagem 111: Mães posando com a equipe 
Noeme Borges. (11/12/2013) 
Imagem 112: Coral “Bem vindos” para 
recepcionar a equipe da UERN. (12/12/2013) 
Imagem 113: Crianças assistindo ao Teatro de 
Fantoches “Noelito e Natali” trazido pela UERN. 
(12/12/2013) 
Imagem 114: Equipe da UERN fazendo a 
entrega do presente ao vencedor do Concurso 
“Meu melhor desenho”.(12/12/2013) 
Imagem 115: Distribuição de presentes pela equipe da UERN. (12/12/2013) 
Resultados – no dia 11 cada turma fez uma apresentação individual para as 
famílias, nos dois turnos, e em seguida, todos juntos apresentaram um pour porri de 
Natal em coral paralelo à dramatização do nascimento de Jesus; no dia 12, todas as 
crianças foram reunidas em um só turno para cantar em coral a música “Bem Vindo” 
para receber a UERN, que todos os anos nos trás presentes de natal para as 
crianças. Ao terminar o coral as crianças assistiram à apresentação teatral de
50 
fantoches trazidas pela UERN, com histórias natalinas. A apresentação teatral 
também mostrou às crianças quem é a Universidade e como ela faz para trazer 
presentes. Foi entregue o presente à criança ganhado do Concurso “Meu melhor 
desenho”. Por fim, foram distribuídos presentes para as crianças. 
Impactos – Nossa programação era para os dias 11 e 12, porém no dia 10/12 
tivemos uma grande surpresa: um grupo de mães chegou à UEI, reuniu toda a 
equipe e fez uma grande homenagem em agradecimento pelo nosso trabalho. 
Reuniram todos no salão, brincaram com as crianças: - Hoje é o nosso dia de ficar 
com as crianças e vocês ficarem de folga” – disse uma mãe.; trouxeram um grupo de 
meninas para apresentarem a dança da música “Meu Barquinho” e, por fim, uma 
grande surpresa: o fusquinha do amor entrou no quintal da UEI e fez uma linda 
homenagem a todas a equipe. – Gostaria de agradecer a vocês por cuidar dos filhos 
da gente com tanto amor e carinho... nada do que eu disse aqui nem nenhum 
dinheiro do mundo paga o que vocês faz pelos nossos filhos”... palavras de uma 
mãe no fusquinha do amor. Houve muita emoção. Ficamos maravilhados e 
surpresos, pois não esperávamos uma homenagem tão bonita e sincera. 
ATIVIDADES REALIZADAS EM AMBIENTES EDUCATIVOS 
Atividade: Manifesto “Diga não a Dengue” na Praça do Luizão, Conjunto Nova Vida. 
Objetivos – Levar as atividades realizadas durante o projeto como produto final, 
para conhecimento da comunidade geral; mobilizar toda a comunidade para 
prevenção do mosquito da dengue. 
Imagem 116: Manifesto “Diga não a Dengue” na Praça do Luizão, Conjunto Nova Vida. 
(28/02/2013) 
Resultados – A praça do Luizão teve sua calçada tomada de crianças, suas 
famílias, professores e funcionários da UEI, alertando os passantes do perigo de 
epidemia de dengue no bairro. 
Impactos – pessoa da comunidade: precisava daquela movimentação todinha 
por causa de um mosquito?! - as pessoas paravam e perguntavam o que estava 
acontecendo; 
- pessoas em ônibus botavam a cabeça para fora e liam o que diziam os cartazes. 
Evento: Apresentação no III Festival de Talentos da Infância, no Teatro Municipal
51 
Dix Huit Rosado. 
Objetivos – oportunizar as crianças e as famílias o acesso a ambientes culturais, 
estimulando o gosto por esse tipo de atividade. 
Resultados – apresentação da dança “Na sombra do Juazeiro”. 
Impactos – as criança de 3 anos de idade surpreenderam pela desenvoltura e 
desinibição na hora apresentação. O público e, principalmente as famílias, ficaram 
maravilhadas com a capacidade das crianças. 
Evento: Presença no Teatro Dix Huit Rosado para assistir a apresentações de 
outras UEIs no III Festival de Talentos da Infância 
Objetivos – oportunizar as crianças o acesso a ambientes culturais, estimulando o 
gosto por esse tipo de atividade. 
Imagem 117: Turmas do turno vespertino assistindo ao espetáculo Festival de Talentos da 
Infância. (10/10/2013) 
Resultados – Participação das turmas Infantil II A Infantil I A, C e D e Infantil II A e 
B. 
Impactos – Leitura de mundo que as crianças fazem ao entrar em um ambiente 
novo para elas; - as crianças ficam sentadinhas assistindo aos espetáculos no palco, 
início de formação de público teatral. 
Evento: Exposição de projeto na Mostra de Projetos Científicos e Culturais, na 
Praça de eventos. 
Objetivos – oportunizar as crianças e as famílias o acesso a ambientes culturais, 
estimulando o gosto por esse tipo de atividade. 
Imagem 118: Crianças cantando o Hino Nacional junto à Banda Municipal Arthur Paraguai 
culturais na Praça de Eventos.
52 
Resultados – As crianças tiveram a oportunidade de levar o que aprenderam à 
exposição, quando obtiveram grande sucesso, além de terem visitado outros stands 
e presenciado apresentações culturais de outras escolas e UEIs. 
Impactos – crianças acompanharam a execução do Hino Nacional. 
Evento: Passeio de trenzinho pelas ruas da cidade. 
Objetivos – estimular as crianças a observarem a transformação da paisagem local 
no período das festas juninas. 
Resultados – Mostramos que nessa época do ano, a paisagem artificial muda, mas 
que também há um consumo maior de energia elétrica devido à ornamentação. 
Impactos – Observação do que havia nas ruas, como balões e bandeirinhas. 
Evento: Aula de campo para conhecer um pé de juazeiro. 
Objetivos – Conhecer a planta Juazeiro, sentar e brincar à sombra dela; 
- Conhecer o juá; 
- Assimilar melhor o que diz a música de Elino Julião; 
- Perceber a árvore como parte importante para preservação do meio ambiente. 
Resultados – As crianças puderam brincar ao ar livre e conhecer na prática um pé 
de juazeiro que tanto escutaram falar na música “Na sombra do Juazeiro”; 
ensaiaram a coreografia a ser apresentada posteriormente no Festival de talentos da 
infância. 
Impactos – se para as crianças foi uma grande surpresa conhecer tamanha árvores, 
nós professoras não ficamos para trás, pois quando vimos a árvore percebemos que 
também não conhecíamos, hoje nós sabemos identificar um pé de juazeiro. 
Imagem 119: Aula de Campo para conhecer um Pé de Juazeiro (21/09/2013)
53 
a.3. Garante a atualização e validação do Projeto Político Pedagógico 
anualmente, com a participação de todos os segmentos da comunidade 
escolar. 
Critério: O PPP foi atualizado e validado com a participação de representantes dos 
segmentos da comunidade escolar, com resultados positivos e inovadores 
(Pontuação 5) 
O processo de atualização do Projeto Político Pedagógico da UEI, se deu 
dois momentos específicos (ver PPP no anexo 6). Houve também uma reunião com 
o Conselho Escolar para fazer apreciação e avaliação das atualizações efetivadas 
e, por fim, homologar o PPP. As ações deste parâmetro estão comprovadas em 
atas pedagógicas no anexo 7 e em Atas de reunião do Conselho Escolar no anexo 
8. Os resultados positivos e inovadores podem ser comprovados a partir da 
melhoria dos índices alcançados na taxa de evasão e rendimento. 
Imagem 120: Reunião para avaliação e atualização do PPP (19/12/2013)
54 
b) Gestão de pessoas: abrange processos e práticas de gestão dos profissionais da 
educação: 
Estabelece como foco o envolvimento e o compromisso das pessoas (professores e demais 
profissionais, pais e alunos) com o projeto pedagógico d escola e as inovações na gestão. 
PARÂMETRO CRITÉRIO MARQUE 
APENAS UMA 
ALTERNATIVA 
# Promove o desenvolvimento 
profissional em relação aos 
conhecimentos, habilidades e 
atitudes, através de ações de 
formação continuada com base 
nas necessidades identificadas. 
1. Não houve ações de formação 
continuada. 
2. Houve apenas uma ação de formação 
continuada com base nas necessidades, 
envolvendo 50% dos profissionais da escola. 
3. Houve apenas cinco ações de formação 
continuada com base nas necessidades, 
envolvendo 50% dos profissionais da escola. 
4. Houve mais de cinco e menos de dez 
ações de formação continuada com base nas 
necessidades, envolvendo mais de 50% dos 
profissionais da escola. 
5. Houve mais de dez ações de formação 
continuada com base nas necessidades, 
envolvendo 100% dos profissionais da 
escola. 
x 
# Adota práticas avaliativas do 
desempenho dos professores e 
dos demais profissionais, ao longo 
do ano letivo. 
1. Não foi realizada nenhuma prática 
avaliativa do desempenho dos profissionais. 
2. Foram realizadas práticas avaliativas 
somente dos professores. 
3. Foram realizadas práticas avaliativas o 
desempenho dos profissionais da educação 
pela equipe gestora. 
4. Foram realizadas práticas avaliativas de 
desempenho dos profissionais da educação 
pelo Conselho Escolar 1 vez por ano. 
5. Foram realizadas práticas avaliativas de 
desempenho dos profissionais da educação 
pelo Conselho Escolar 1 vez por semestre. 
x 
# Promove práticas de valorização 
e reconhecimento do trabalho e 
esforço dos professores e demais 
profissionais da escola no sentido 
e reforçar ações voltadas para 
melhoria da qualidade do ensino. 
1. Não promove ações. 
2. Promove ações pontuais sem 
planejamento. 
3. Promove ações com base em diagnóstico 
e planejamento. 
4. Promove ações, monitora e avalia os 
resultados. 
5. Promove ações proativas e tem resultados 
positivos. 
x 
TOTAL DE PONTOS:
55 
b.1. Promove o desenvolvimento profissional em relação aos conhecimentos, 
habilidades e atitudes, através de ações de formação continuada com base nas 
necessidades identificadas. 
Critério: Houve mais de dez ações de formação continuada com base nas 
necessidades, envolvendo 100% dos profissionais da escola (pontuação 5) 
Durante avaliações que são constantemente realizadas na UEI, observamos a 
necessidades de promover estudos, pensando no crescimento e desenvolvimento 
profissional da nossa equipe. Construímos planos de formação com base nessas 
necessidades, (ver planos e relatórios das formações no anexo 09) e promovemos 4 
(quatro) estudos nas reuniões de extrarregência para professores, contemplando 
temas diferentes ver atas dos estudos no anexo 04 e 1 (um) estudo destinado às 
ASGs (vê imagem 135). As formações oferecidas pela UEI Noeme Borges não 
delimitou-se apenas à sua equipe, mas transcendeu os muros da UEI. Convidamos 
as UEIS Teresinha Fernandes, Maria Caldas e Conceição Vidal para participar 
desse momento conosco, além de levarmos (Márcia Núbia e Leilimar Bezerra) a 
Oficina para as UEIs Elineide Carvalho e Maria Salem. Contamos ainda com a 
parceria do Grupo Mulheres em Ação com a formação “Orientações para o combate 
ao abuso e a exploração sexual contra crianças e adolescentes”. 
Extrarregências para estudos oferecidos pela UEI. 
Imagem 121: “Orientações para o combate ao abuso e a exploração sexual contra crianças e 
adolescentes”, com o Grupo Mulheres em Ação e Equipe Noeme Borges.
56 
Estudo sobre Avaliação - Escrita Profissional: a importância dos registros 
feitos pelos professores, com as UEIs Teresinha Fernandes e Conceição 
Vidal 
Imagem 122: Momento de exposição do material. 
Imagem 123: Divisão dos grupos para estudo do 
material exposto. 
Imagem 124: Momento de socialização do 
trabalho em grupos. 
Oficina de Brincadeiras Cantadas junto às UEIs Maria Caldas e Conceição 
Vidal 
Imagem 125: Desenhando a letra da música. 
Imagem 126: Brincando de “Vai e vém”
57 
Imagem 127: Competição usando movimentos 
de pinça. 
Imagem 128: Professoras brincando e 
cantando a música Sopa (Palavra Cantada) 
Imagem 128: Professoras participando do Momento teórico da oficina Brincadeiras cantadas. 
Oficina Construindo, brincando e aprendendo: a importância da estimulação 
psicomotora na Educação Infantil (Oficina Inclusão Escolar) 
Imagem 129: Preparativos para Oficina. 
Imagem 130: Momento teórico.
58 
Imagem 131: Orientações de manejo de material. (14/10/2013) 
Imagem 132: Momento prático. (14/10/2013) 
Imagem 133: Exposição do material confeccionado. (14/10/2013)
59 
Imagem 134: Demonstração de uso. (15/10/2013) 
Imagem 135: Formação na UEI sobre a importância do uso dos EPIs com a Técnica de 
Segurança no Trabalho Klébia Lucena. (29/05/2013)
60 
Imagem 136: Joana Dália e Antonia Ilenilde 
participando da Formação do Sistema 
Aprende Brasil. (23/09/2013). 
Imagem 137: As professoras Márcia Núbia, Luzia 
Cândido e Maria do Socorro apresentando 
experiência realizada a partir do projeto trilhas no 
encontro Educadores da Infância: entre os saberes 
e os afetos. Faculdade de Medicina, março/2013 
A equipe de profissionais desta UEI também atua nos conselhos escolar e do 
caixa escolar e de comissões (ver atas de eleição e formação dos conselhos no 
anexo 10). Houve também produção de trabalhos científicos. 
Durante todo o ano, as professoras participaram de diversos cursos e eventos 
científicos e culturais externos à UEI, obtendo certificação, na busca de melhorar as 
suas práticas no dia a dia e de obter maior conhecimento para desenvolver suas 
habilidades e atitudes. 
Os estudos, cursos e eventos internos e externos no ano de 2013 envolveram 
100% dos profissionais atuantes na UEI. (Cópias dos certificados e declarações 
seguem no anexo 11). 
As professoras Márcia Núbia da Silva Oliveira, Maria do Socorro Pereira, 
Luzia Cândido, Helena Freire, Antonia Neci, Joana Dalia, Vera Neide, Lucicleide 
Fernandes, Leilimar Bezerra, Teresa Magalhães, Maria Goureth Lima e Antonia 
Ilenilde Silva, participaram da Palestra compreendendo o espaço público e 
desenvolvimento uma docência de qualidade (Abertura do ano Letivo/não 
houve emissão de certificado). 
As professoras Márcia Núbia da Silva Oliveira, Luzia Faustino, Maria do 
Socorro Pereira, Helena Freire, Antonia Neci, Joana Dalia, Leilimar Bezerra, 
Teresa Magalhães, Maria Goureth Lima e Antonia Ilenilde Silva, participaram da 
Palestra Políticas Públicas para a Educação Infantil (Abertura do ano 
Letivo/não houve emissão de certificado). 
Teresa Magalhães e Márcia Núbia participaram da palestra Gestão no 
século XXI: e agora José, o gato subiu no telhado (Abertura do ano Letivo/não
61 
houve emissão de certificado). 
As professoras Antonia Neci Bezerra, Maria do Socorro Pereira, Leilimar 
Bezerra de Medeiros e Márcia Núbia da Silva Oliveira participaram da Oficina 
“Fazendo Arte para cuidar da vida” e ainda não foi emitido o certificado. 
As professoras Antonia Ilenilde Silva dos Santos, Joana Dália Leocádio 
da Silva, Márcia Núbia da Silva Oliveira e Leilimar Bezerra de Medeiros 
participaram das formações do Sistema Aprende Brasil (certificado não 
emitido). 
As professoras Antonia Ilenilde, Márcia Núbia, Maria Luzia Cândido, 
Maria do Socorro, Valdécia Rodrigues e Lelimar Bezerra, Aurilene (Estagiária) 
participaram dos Encontros “Educadores da Infância: entre os Saberes e os 
Afetos” organizados pela equipe do Setor de Educação Infantil e ainda não 
receberam certificados. 
A Professora Leilimar Bezerra e a diretora Teresa Magalhães 
participaram da comemoração dos 10 anos por uma educação inclusiva na 
rede municipal, realizada pelo setor de educação especial da SMED no ginásio 
da Escola Municipal Raimundo Fernandes no dia 07 de dezembro de 2013. 
(Não houve emissão de certificado). 
b.2.Adota práticas avaliativas do desempenho do professor e dos demais 
profissionais, ao longo do ano letivo. 
Critério: Foram realizadas práticas avaliativas de desempenho dos profissionais da 
educação pelo Conselho Escolar 1 vez por semestre (Pontuação 5). 
Em 2013 não tínhamos uma comissão de autoavaliação instituída, mas 
fazíamos a auto avaliação em dois momentos específicos: a realização do 
diagnóstico durante o preenchimento do PDDE interativo (anexo 12) e no 
preenchimento do consolidado do dossiê para o Prêmio Escola de Qualidade. Para 
avaliar o desempenho da equipe, traçamos como objetivos contribuir para melhores 
resultados na prática educativa, o funcionamento normal da UEI e auxiliar no 
planejamento dos objetivos de trabalho cada um individualmente. Para tanto, de 
acordo com o perfil dos profissionais traçado no PPP e considerando o que 
esperamos da cada categoria, elaboramos instrumentos para avaliação do 
desempenho que acontece ao final de cada semestre, ou seja 2 vezes por ano.
62 
Todos os profissionais da Unidade também são avaliados diariamente mediante 
visita da supervisão pedagógica às salas de atividades; observação por parte da 
direção das práticas pedagógicas da supervisora, da professora do AEE e das 
professoras e do pessoal de apoio; controle da merenda escolar e da higiene física 
da UEI. Ver amostra instrumentos de avaliação Docente no anexo 13, do Pessoal de 
Apoio no anexo 14 e da Equipe Gestora no anexo 15. Ver também Atas de reunião 
para fins de avaliação nas extrarregência (anexo 4) e reuniões do Conselho Escolar 
no anexo 8. 
b.3. Promove práticas de valorização e reconhecimento do trabalho e esforço 
dos professores e demais profissionais da escola no sentido de reforçar as 
ações voltadas para melhoria da qualidade do ensino. 
Critério: Promove ações proativas e tem resultados positivos (Pontuação 5). 
A Gestão está sempre preocupada com a satisfação dos professores e 
funcionários, por isso avalia, reconhece e dá mérito a toda a equipe da UEI (ver 
comprovação deste parâmetro nas fotos abaixo e cópias de certificados no anexo 
16) Escutamos a equipe e tomamos decisões conjuntas respeitando o 
posicionamento individual e considerando a vontade da maioria. Nesse sentido, ao 
recebermos o Prêmio Escola de Qualidade do ano de 2012, reunimos a equipe para 
decidir o que fazermos com o valor recebido (ver instrumento no anexo 17). A 
maioria decidiu comprar um aparelho Datashow, tela para projeção, pen drive, 
câmera fotográfica com carregador e pilhas utilizando 50% do dinheiro e com os 
outros 50% ficou decidido fazermos uma viagem para nos confraternizarmos no dia 
do funcionário público.
63 
Imagem 138: Certificação da equipe Noeme Borges pela equipe Gestora. 
Imagem 139: Homenagens com Banner no Teatro Municipal durante o evento “Um olhar uma 
escuta a você Educador” em homenagem ao Dia do Professor. 
Imagem 140: Momento de diálogo e 
agradecimentos à equipe pelos trabalhos 
realizados. 
Imagem 141: Professoras presenteando 
Diretora pelo seu aniversário.
64 
Imagem 142: Mais professoras presenteando 
Diretora pelo seu aniversário. 
Imagem 143: Supervisora presenteando equipe 
de apoio em agradecimentos aos serviços 
prestados. 
Imagem 144: Supervisora presenteando 
professoras em agradecimento aos trabalhos 
realizados. 
Imagem 145: Almoço em comemoração ao dia 
do Professor e Funcionário Público oferecido 
pela Diretora Teresa. 
Imagem 146: Comemoração do Dia do Diretor
65 
Passeios realizados em reconhecimento do trabalho e esforço dos 
professores e demais profissionais da UEI 
DIA DO FUNCIONÁRIO PÚBLICO 
Imagem 147: Em Beberibe-CE 
Imagem 148: Mirante das Gamboas/Aracati- 
CE 
Imagem 149: Em Canoa Quebrada-CE
66 
CONFRATERNIZAÇÃO NATALINA 
Imagem 150: Equipe da UEI Noeme Borges, em Martins-RN. Dezembro/2013. 
As famílias também reconhecem o esforço e dedicação dos professores e em 
parceria com a equipe gestora da UEI Noeme Borges fizeram homenagens a toda a 
equipe.
67 
Imagem 151: Famílias fazem aniversário surpresa de professora Maria do Socorro. 
Imagem 152: Famílias fazem surpresa para o dia do professor com mensagem de agradecimentos 
à Professora Joana Dália. 
Imagem 153: Famílias assumem o comando, homenageia equipe e anima as crianças.
68 
Imagem 154: Famílias presenteiam a equipe 
Noeme Borges. 
Imagem 155: Famílias trazem Fusquinha do 
Amor para agradecer à equipe Noeme Borges. 
As ações da gestão são proativas e têm resultados positivos, uma vez que 
planejamos ações coletivamente, monitoramos e avaliamos constantemente nossas 
ações, podemos observar a melhoria nas taxas de evasão e rendimento, bem como, 
os vários elogios em reconhecimento aos trabalhos realizados na UEI em sua 
totalidade. São depoimentos das famílias, da comunidade e de pessoas de outros 
bairros que buscam vagas para matricular as crianças. 
Imagem 156: Orgulho da equipe Noeme Borges dos turnos matutino e vespertino em divulgar para 
as famílias o selo do Prêmio Escola de Qualidade no Dia da Família na Escola (13/11/2013).
69 
c) Planejamento e Gestão: abrange processos e práticas de gestão dos serviços 
de apoio, recursos físicos e financeiros. 
Estabelecer como foco os processos e práticas eficientes e eficazes de gestão dos 
serviços de apoio, recursos físicos e financeiros. 
PARÂMETRO CRITÉRIO 
MARQUE 
APENAS UMA 
ALTERNATIVA 
#Realiza de forma sistemática, 
coletiva e cooperativa o 
planejamento dos serviços e 
das atividades escolares 
oferecidas. 
1. Não planeja. 
2.Planeja sem participação da comunidade 
escolar. 
3. Planeja com os professores, supervisores 
e demais profissionais da escola. 
4. Planeja coletivamente, monitora e avalia. 
5. Planeja efetivamente, monitora e avalia 
com toda a equipe escolar. 
x 
# Zela pela transparência da 
gestão, utilizando os canais de 
comunicação da escola para 
divulgar informações de 
prestação de contas dos 
recursos, dos resultados 
obtidos pela escola e das 
estratégias utilizadas na 
resolução de problemas. 
1. Não zela pela transparência da gestão. 
2. Divulga os resultados e publica prestação 
de contas 1 vez ao ano. 
3. Divulga os resultados e publica prestação 
de contas semestralmente nos murais da 
escola 
4. Divulga os resultados e publica prestação 
de contas da escola mensalmente em vários 
canais. 
5. Divulga os resultados e publica prestação 
de contas na escola mensalmente, 
avaliando os impactos. 
x 
# Desenvolve projetos nas 
áreas de saúde, esporte, 
assistência social e/ou cultura, 
ampliando as atividades 
internas e externas da escola, 
firmando parecerias externas a 
comunidade escolar. 
1. Não desenvolve projetos. 
2. Desenvolve projetos apenas na área da 
saúde. 
3. Desenvolve projetos em mais de duas 
áreas, sem parcerias. 
4. Desenvolve projetos internos nas 
diversas áreas, com parcerias. 
5. Desenvolve projetos internos e externos 
nas diversas áreas, com várias parcerias. 
x 
# Aplica os recursos conforme 
plano de aplicação construído 
coletivamente, dando 
prioridade as necessidades. 
1. Não constrói Plano de Aplicação. 
2. Constrói Plano de Aplicação sem 
consultarConselho e sem respeitar as 
prioridades. 
3. Constrói Plano de Aplicação com consulta 
aoConselho e sem respeitar as prioridades 
4. Constrói Plano de Aplicação com consulta 
aoConselho e aplica recursos respeitando 
as prioridades. 
5. Constrói Plano de Aplicação com consulta 
aoConselho, aplica os recursos respeitando 
as prioridades e amplia com parcerias. 
x 
TOTAL DE PONTOS:
70 
c.1. Realiza de forma sistemática, coletiva e cooperativa o planejamento dos 
serviços e das atividades escolares oferecidas. 
Critério: Planeja efetivamente, monitora e avalia com toda a equipe escolar 
(Pontuação 5) 
A equipe gestora dispõe do seu Plano Individual de Trabalho, onde são 
traçadas metas mensais e anuais (Ver plano da gestão no anexo 18 e amostra do 
Plano da Supervisão no anexo 19 e atas administrativas no anexo 04). As 
professoras dispõem de caderno de planejamento diário, (amostras constantes no 
anexo 20) para desenvolver atividades com as crianças. Os projetos, sequências 
didáticas, eventos entre outras ações são planejados coletivamente em reuniões de 
extrarregência ou construídos individualmente pelas professoras e socializados 
nestas reuniões conforme Atas no anexo 4 deste documento. 
O Mapa Educacional (anexo 21) e os cronogramas e agenda permanentes da 
UEI (anexo 26), são construídos coletivamente por toda a equipe da UEI. O 
monitoramento do Mapa Educacional é realizado constantemente por meio de mural 
exposto na parede da Secretaria, no qual consta a situação de cada atividade 
planejada para o ano e por meio de reuniões de extrarregência (ver ata no anexo 04) 
As ações pedagógicas foram monitoradas pela supervisora e pelas 
professores por meio de instrumentos que facilitam o acompanhamento das 
atividades. Esses instrumentos foram criados pela supervisora que, no início do ano 
distribuiu com todas as professoras para que elas pudessem monitorar suas ações, 
preenchendo os campos solicitados de acordo com as atividades realizadas. O 
monitoramento aconteceu desde o início do ano quando as professoras fizeram o 
relatório inicial da turma; duas semanas depois fizeram anotações dos resultados da 
sondagem do sistema de leitura e escrita das crianças e, a cada evento, projeto e 
relatórios, atividade de tema transversal e relatórios, atividade em ambientes 
educativos e assim consequentemente até chegar ao relatório final da turma no final 
do ano letivo. (Ver comprovação no anexo 22). 
As professoras avaliam as crianças a cada atividade fazendo anotações 
diárias sobre o desenvolvimento e da aprendizagem e ao final de cada semestre 
fazem um relatório individual de cada criança que é entregue às famílias em 
reuniões por sala. (ver amostras de relatórios no anexo 23 e atas de reuniões com
71 
as famílias no anexo 24) 
A autoavaliação foi realizada duas vezes no ano de 2013: a 1ª avaliação foi 
realizada foi a autoavaliação do Dossiê do Prêmio Escola de qualidade no dia 
03/06/2013. e a 2ª foi a avaliação do PDE Interativo que aconteceu no dia 
29/06/2013. 
Para construir o PDE Interativo otimizamos o máximo possível o tempo 
pedagógico, editamos os questionários contidos no programa e o entregamos a 
cada profissional para que respondessem e, com base nas respostas obtidas, a 
comissão fez uma média e lançou as respostas diretamente no programa. No ano de 
2013, o PDE Interativo não solicitou o Plano de Ação, apenas a autoavaliação. (Ver 
PDE Interativo nos anexos 12). 
Imagem 157: Equipe reunida em extrarregência. (dias 03/06 e 09/06/2013 respectivamente) 
Imagem 158: Monitoramento das ações planejadas no Mapa Educacional e no 
PPP.
72 
c.2. Zela pela transparência da gestão, utilizando os canais de comunicação da 
escola para divulgar informações de prestação de contas dos recursos, dos 
resultados obtidos pela escola e das estratégias utilizadas na resolução de 
problema. 
Critério: Divulga os resultados e publica prestação de contas na escola 
mensalmente, avaliando os impactos (pontuação 5). 
A prestação de contas dos recursos utilizados foi apresentada em reunião 
com as famílias e com o Conselho Escolar (ver atas no anexo 09). Não prestamos 
contas mensalmente por não recebermos recursos mensais, por isso, marcamos a 
pontuação 5. As notas fiscais e valores recebidos ficaram expostos no mural da 
Unidade (ver sistematização da prestação de contas no anexo 25). 
Os impactos são avaliados no dia-a-dia proporcionando o conhecimento de 
como são adquiridos serviços e produtos à equipe escolar, às famílias e à 
comunidade geral e no redirecionamento do planejamento de acordo com as 
prioridades. 
Imagem 159: Reunião com Conselho Escolar. (18/10/2013) 
Realizamos no ano de 2013 a 3ª eleição do Caixa Escolar para garantir a 
transparência da gestão e a 2ª eleição do Conselho Escolar para garantir a gestão 
participativa. O processo eleitoral dos 2 conselhos seguiu o que manda o Estatuto 
conforme imagens abaixo e documentos no anexo 10).
73 
Imagem 160: Reunião para eleição do Caixa Escolar. 
Imagem 161: Famílias assistindo o vídeo a 
importância da participação da família para 
gestão democrática - Seminário preparatório 
do Conselho Escolar. (13/11/2013) 
Imagem 162: Conselheiros Juvino e Gessiany 
expondo sobre a importância da participação 
das famílias na escola - Seminário preparatório 
do Conselho Escolar. (13/11/2013) 
Imagem 163: Fotos dos candidatos ao 
Conselho Escolar. (02/12/2013) 
Imagem 164: Maeli, mãe de criança votando para 
Conselho Escolar no “Dia D”. (03/12/2013)
74 
c.3. Desenvolve projetos nas áreas de saúde, esporte e assistência social e/ou 
cultura, ampliando as atividades interna e externa da escola, firmando 
parcerias externas a comunidade escolar. 
Critério: Desenvolve projetos internos externos nas diversas áreas, com várias 
parcerias. (Pontuação 5) 
No ano de 2013, podemos contar com a parceria da Borracharia Boa 
Viagem, que nos cedeu pneus para realização de atividades lúdicas com as 
crianças; da CRIARE Móveis Planejados, para transporte dos pneus e de tela de 
projeção do Datashow; da professora Luzia Cândido que doou uma árvore de 
madeirite para cenário no Festival de Talentos da infância e que tem muitas 
utilidades. Essas ações nos fez economizar recursos próprios. Com a Técnica de 
Segurança no Trabalho Klébia Lucena; a Diretoria de Meio Ambiente, por meio da 
pessoa de Erialdo Souza com palestra sobre desperdício de água no Dia da Família 
na Escola. 
Imagem 165: Crianças brincando com pneus 
doados pela Borracharia Boa Viagem 
(18/11/2013) . 
Imagem 166: Árvore doada pela professora 
Luzia Cândido (14/10/2013). 
Imagem 167: Klébia Lucena fazendo formação 
com as ASGs Maria de Fátima e Antonia Aurita, 
Diretora Teresa, vice-diretora Cíntia e Leilimar. 
(27/05/2013) 
Imagem 168: Erialdo de Souza em Palestra 
com famílias e crianças. (13/11/2013)
75 
Foram firmadas parcerias na área de assistência social: com a UERN, que 
todos os anos presenteiam as crianças no Natal; com o PDA Margarida Alves e 
Visão Mundial, por meio do grupo Mulheres em Ação, quando foram desenvolvidas 
várias atividades dentro do Projeto Baú de leitura que tem como objetivo alertar as 
crianças sobre agressões e abuso sexual, e formação para a equipe Noeme Borges 
sobre agressão e exploração sexual infanto-juvenil e o Projeto Aflatoun que tem 
como objetivo educar as crianças para a economia financeira. O Grupo Mulheres 
em Ação também esteve presente na Semana da Criança nos presenteando com 
muitas brincadeiras e diversão. Tivemos a presença da Rede Globo para fazer 
matéria com uma criança atendida pelo Grupo Mulheres em Ação. A matéria foi 
exibida no Programa Ação. 
Parceiros em assistência social 2013. 
Imagem 169: UERN no encerramento do 
ano letivo. (12/12/2013) 
Imagem 170: Grupo Mulheres em Ação com a 
Rede Globo de Televisão. (26/09/2013) 
Imagem 171: Grupo Mulheres em ação com o Projeto Aflatoun. (31/10/2013)
76 
Imagem 172: Grupo Mulheres em Ação em atividades diversificadas. (dias 10/10, 12/06 e 
01/04/2013 respectivamente) 
Na área da saúde: com o Programa de Saúde na Família (PSF) por meio da 
Unidade Básica de Saúde Bernadete Bezerra (Liberdade II), com orientação sobre 
escovação dos dentes, aplicação tópica de flúor (todos os anos o trabalho dessa 
equipe é interrompido antes de ser concluído); palestra com estagiárias do Curso 
de Enfermagem da UERN sobre a saúde da mulher que aconteceu no Dia da 
Família na Escola; com o FNDE, PMM, SMED com oferta diária durante 200 dias 
letivos de merenda escolar de qualidade. 
Parceiros saúde 2013: 
Imagem 173: Unidade Básica de Saúde 
Bernadete Bezerra realizando 
acompanhamento de peso e altura das 
crianças. 
Imagem 174: estagiárias do Curso de 
Enfermagem da UERN em Palestra 
sobre a Saúde da Mulher. 
Na área cultural, contamos com o Programa Biblioteca para Todos com 
revistas e livros que recebemos do FNDE; com a PMM, por meio do PROMEM, 
quando recebemos o cheque livro para aumento do acervo bibliográfico da UEI e a 
aquisição de livros para os professores; em 2013 recebemos doações de livros da 
professora Leilimar Bezerra; e com as famílias para a realização de atividades 
culturais como, por exemplo, as Festas Juninas e o Sarau de Leitura.
77 
4. Aplica os recursos conforme plano de aplicação construído coletivamente, 
dando prioridade às necessidades. 
Critério: Constrói Plano de Aplicação com consulta ao Conselho, aplica os recursos 
respeitando as prioridades e amplia com parcerias. (marcação 5) 
Os planos de aplicação de recursos são construídos coletivamente e os 
recursos são aplicados de acordo com as prioridades (ver atas de extrarregência no 
anexo 4, Mapa Educacional no anexo 21 e Atas do Conselho do Caixa Escolar no 
anexo 26, e sistematização da prestação de contas (anexo 25). Em 2013 os 
recursos foram ampliados com parcerias das famílias e da comunidade que 
participa da tradicional festa junina por meio da compra de bilhetes de São João.
78 
d) Avaliação e resultados: Abrange processos e práticas de gestão voltadas para 
assegurar a melhoria dos resultados de desempenho da escola – rendimento, 
frequência e proficiência dos alunos. 
Estabelece como foco a aprendizagem, apontando resultados concretos a atingir. 
PARÂMETRO 
CRITÉRIO 
MARQUE 
APENAS UMA 
ALTERNATIVA 
# Desenvolve um sistema de 
monitoramento das metas e 
ações estabelecidas no Projeto 
Político Pedagógico, garantindo 
condições de efetivação e 
sucesso. 
1. Não desenvolve sistema de monitoramento 
do PPP. 
2. Tem o sistema e não desenvolve o 
monitoramento. 
3. Tem o sistema de monitoramento o PPP. 
4. Tem sistema de efetivo monitoramento das 
metas e ações do PPP. 
5. Tem sistema de efetivo monitoramento das 
metas e ações do PPP, redimensionando o 
planejamento da escola. 
x 
# Acompanha cada aluno da 
escola individualmente, 
mediante registro de sua 
frequência e do seu 
desempenho nas avaliações. 
1. Não faz acompanhamento dos alunos. 
2. Faz o acompanhamento e não registra as 
informações. 
3. Faz o acompanhamento e registra as 
informações. 
4. Faz o acompanhamento, registra e analisa 
as informações. 
5. Faz o acompanhamento, registra, analisa e 
faz uso dessas informações no planejamento. 
x 
# Alfabetiza as crianças até, no 
máximo, os oito anos de idade, 
aferindo os resultados por 
exame periódico específico. 
1. Não alfabetizou as crianças. 
2. Alfabetizou até 50% das crianças com oito 
anos. 
3. Alfabetizou até 70% das crianças com até 
oito anos. 
4. Alfabetizou mais 90% das crianças com até 
oito anos. 
5. Alfabetizou 100% das crianças com até oito 
anos. 
# Adota ações de combate à 
evasão e repetência, com 
sistemática de monitoramento a 
fim de garantir o a efetividade e 
sucesso dos alunos. 
1. Não adota ações de combate a evasão. 
2. Adota ações de combate a evasão, sem 
monitoramento. 
3. Adota ações de combate à evasão, com 
monitoramento, e mesmo assim apresentou 
índice de evasão abaixo de 10%. 
x 
4. Adota ações de combate à evasão, com 
monitoramento, zerando o índice de evasão. 
5. Adota ações de combate à evasão, com 
monitoramento, zerando o índice de evasão e 
garantindo o sucesso dos alunos. 
Total de pontos
79 
d.1. Desenvolve um sistema de monitoramento das metas e ações 
estabelecidas no Projeto Político Pedagógico, garantindo condições de 
efetivação e sucesso. 
Critério: Tem sistema de efetivo monitoramento das metas e ações do PPP, 
redimensionando o planejamento da escola (pontuação 5) 
O Projeto Político Pedagógico da UEI fica à disposição de todos que 
desejarem consultá-lo, inclusive à comunidade escolar e é utilizado nas reuniões de 
extrarregência, nos planejamentos individuais da equipe e no dia a dia nas 
atividades realizadas (ver Atas Pedagógicas no anexo 07). Quando são 
diagnosticadas falhas por meio do monitoramento realizado pela gestão no 
processo de ensino e aprendizagem, ele é utilizado para redimensionar os 
planejamentos das professoras e o trabalho da equipe (Atas de extrarregência no 
anexo 4 e Plano de intervenção/Ação no anexo 27). 
D.2. Acompanha cada aluno da escola individualmente, mediante registro de 
sua frequência e do seu desempenho nas avaliações. 
Critério: Faz o acompanhamento, registra, analisa e faz uso dessas informações no 
planejamento (Pontuação 5) 
A supervisão da UEI procura garantir o bom desempenho das professoras e 
consequentemente o desenvolvimento das crianças realizando planos de 
intervenção, de acordo com o problema detectado; o plano de intervenção/ação, 
constante no anexo 27, tem como objetivo redimensionar a metodologia das 
professoras assim como para que cada uma possa realizar atividades significativas 
para as crianças e avaliar de maneira consistente. A equipe gestora ainda realiza 
monitoramento de frequência das crianças, dos professores e das extrarregências 
(ver amostra de instrumentos facilitadores no anexo 28). 
As professoras fazem uso de registros como: relatório inicial e final das 
turmas (anexos 22 Instrumento professoras); para avaliar as crianças 
semestralmente, as professoras usam o relatório individual da criança (amostra 
anexo 23). Para fazer controle diário da frequência das crianças, utilizamos folha de
01Dossiê 2014 - Ano base 2013
01Dossiê 2014 - Ano base 2013
01Dossiê 2014 - Ano base 2013

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Pesquisa sobre Formação Continuada de Professores
Pesquisa sobre Formação Continuada de ProfessoresPesquisa sobre Formação Continuada de Professores
Pesquisa sobre Formação Continuada de Professoreslereabracar
 
Ensino medio-pontos
Ensino medio-pontos Ensino medio-pontos
Ensino medio-pontos Emerson Assis
 
Monografia Adriana Pedagogia Itiúba 2012
Monografia Adriana Pedagogia Itiúba 2012Monografia Adriana Pedagogia Itiúba 2012
Monografia Adriana Pedagogia Itiúba 2012Biblioteca Campus VII
 
Projeto político pedagógico 2012
Projeto político pedagógico 2012Projeto político pedagógico 2012
Projeto político pedagógico 2012emaltinaog
 
Monografia Jucelino Pedagogia Itiúba 2012
Monografia Jucelino Pedagogia Itiúba 2012Monografia Jucelino Pedagogia Itiúba 2012
Monografia Jucelino Pedagogia Itiúba 2012Biblioteca Campus VII
 
Caderno pedagógico 2
Caderno pedagógico 2Caderno pedagógico 2
Caderno pedagógico 2Ivan Zaros
 
PLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE RONDÔNIA
PLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE RONDÔNIAPLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE RONDÔNIA
PLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE RONDÔNIAvalmirsouto
 

Mais procurados (20)

Monografia Gilvanete Pedagogia 2012
Monografia Gilvanete Pedagogia 2012Monografia Gilvanete Pedagogia 2012
Monografia Gilvanete Pedagogia 2012
 
Pesquisa sobre Formação Continuada de Professores
Pesquisa sobre Formação Continuada de ProfessoresPesquisa sobre Formação Continuada de Professores
Pesquisa sobre Formação Continuada de Professores
 
Ensino medio-pontos
Ensino medio-pontos Ensino medio-pontos
Ensino medio-pontos
 
Caderno de Resumos
Caderno de ResumosCaderno de Resumos
Caderno de Resumos
 
Monografia Adriana Pedagogia Itiúba 2012
Monografia Adriana Pedagogia Itiúba 2012Monografia Adriana Pedagogia Itiúba 2012
Monografia Adriana Pedagogia Itiúba 2012
 
Projeto político pedagógico 2012
Projeto político pedagógico 2012Projeto político pedagógico 2012
Projeto político pedagógico 2012
 
Boletim educação dezembro
Boletim  educação dezembroBoletim  educação dezembro
Boletim educação dezembro
 
Monografia Jucelino Pedagogia Itiúba 2012
Monografia Jucelino Pedagogia Itiúba 2012Monografia Jucelino Pedagogia Itiúba 2012
Monografia Jucelino Pedagogia Itiúba 2012
 
Ppp 2014 versão blog
Ppp 2014 versão blogPpp 2014 versão blog
Ppp 2014 versão blog
 
Caderno pedagógico 2
Caderno pedagógico 2Caderno pedagógico 2
Caderno pedagógico 2
 
23164913 frequencia escola conserva feitosa
23164913 frequencia escola conserva feitosa23164913 frequencia escola conserva feitosa
23164913 frequencia escola conserva feitosa
 
Boletim de servicos_2_quadrimestre_de_2013
Boletim de servicos_2_quadrimestre_de_2013Boletim de servicos_2_quadrimestre_de_2013
Boletim de servicos_2_quadrimestre_de_2013
 
Ppp 2013 escola arcelino
Ppp 2013   escola arcelinoPpp 2013   escola arcelino
Ppp 2013 escola arcelino
 
23164050 frequencia escola adauto jardim
23164050 frequencia escola adauto jardim23164050 frequencia escola adauto jardim
23164050 frequencia escola adauto jardim
 
PLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE RONDÔNIA
PLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE RONDÔNIAPLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE RONDÔNIA
PLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE RONDÔNIA
 
23161604 frequencia escola adauto barbalha
23161604 frequencia escola adauto barbalha23161604 frequencia escola adauto barbalha
23161604 frequencia escola adauto barbalha
 
23164867 frequencia escola amalia xavier
23164867 frequencia escola amalia xavier23164867 frequencia escola amalia xavier
23164867 frequencia escola amalia xavier
 
23157011 frequencia escola gabriel
23157011 frequencia escola gabriel23157011 frequencia escola gabriel
23157011 frequencia escola gabriel
 
23156201 frequencia escola são pedro
23156201 frequencia escola são pedro23156201 frequencia escola são pedro
23156201 frequencia escola são pedro
 
23157020 frequencia escola getulio
23157020 frequencia escola getulio23157020 frequencia escola getulio
23157020 frequencia escola getulio
 

Destaque (19)

4
44
4
 
10
1010
10
 
12
1212
12
 
1
11
1
 
11
1111
11
 
9
99
9
 
5
55
5
 
3
33
3
 
2
22
2
 
6
66
6
 
8
88
8
 
7
77
7
 
13
1313
13
 
Projeto Político Pedagógico da UEI Noeme Borges de Andrade
Projeto Político Pedagógico da UEI Noeme Borges de AndradeProjeto Político Pedagógico da UEI Noeme Borges de Andrade
Projeto Político Pedagógico da UEI Noeme Borges de Andrade
 
Composição do Conselho Escolar da Unidade de Educação Infantil Noeme Borges d...
Composição do Conselho Escolar da Unidade de Educação Infantil Noeme Borges d...Composição do Conselho Escolar da Unidade de Educação Infantil Noeme Borges d...
Composição do Conselho Escolar da Unidade de Educação Infantil Noeme Borges d...
 
Formação doCaixa Escolar
Formação doCaixa EscolarFormação doCaixa Escolar
Formação doCaixa Escolar
 
PDDE 2014
PDDE  2014PDDE  2014
PDDE 2014
 
¿Qué es AFLATOUN?
¿Qué es AFLATOUN?¿Qué es AFLATOUN?
¿Qué es AFLATOUN?
 
Projeto animais da fazenda 2 anos 2014
Projeto animais da fazenda 2 anos 2014Projeto animais da fazenda 2 anos 2014
Projeto animais da fazenda 2 anos 2014
 

Semelhante a 01Dossiê 2014 - Ano base 2013

Projeto Curricular agrupament oD.Dinis - ODIVELAS 2014
Projeto  Curricular  agrupament oD.Dinis - ODIVELAS 2014Projeto  Curricular  agrupament oD.Dinis - ODIVELAS 2014
Projeto Curricular agrupament oD.Dinis - ODIVELAS 2014AMG Sobrenome
 
Manual Operacional de Educação Integral 2014
Manual Operacional de Educação Integral 2014Manual Operacional de Educação Integral 2014
Manual Operacional de Educação Integral 2014Fábio Fernandes
 
Manual operacional de_educacao_integral_2014
Manual operacional de_educacao_integral_2014Manual operacional de_educacao_integral_2014
Manual operacional de_educacao_integral_2014EducacaoIntegralPTC
 
Projeto Político Pedagógico
Projeto Político PedagógicoProjeto Político Pedagógico
Projeto Político Pedagógicoprofessorfj2012
 
PPP -ESCOLA IRMÃ LEODGARD GAUSEPOHL
PPP -ESCOLA IRMÃ LEODGARD GAUSEPOHLPPP -ESCOLA IRMÃ LEODGARD GAUSEPOHL
PPP -ESCOLA IRMÃ LEODGARD GAUSEPOHLLúcia Maia
 
Formação em PRÉ-NATAL, PUERPÉRIO e AMAMENTAÇÃO - práticas ampliadas
Formação em PRÉ-NATAL, PUERPÉRIO e AMAMENTAÇÃO - práticas ampliadasFormação em PRÉ-NATAL, PUERPÉRIO e AMAMENTAÇÃO - práticas ampliadas
Formação em PRÉ-NATAL, PUERPÉRIO e AMAMENTAÇÃO - práticas ampliadasProf. Marcus Renato de Carvalho
 
ColeçãoEstudosPNPSE_Estudo7.pdf
ColeçãoEstudosPNPSE_Estudo7.pdfColeçãoEstudosPNPSE_Estudo7.pdf
ColeçãoEstudosPNPSE_Estudo7.pdfSoteroDonasBotto1
 
Manual mais educacao 2013 final fnde
Manual mais educacao 2013 final fndeManual mais educacao 2013 final fnde
Manual mais educacao 2013 final fndeArnaldo Weisheimer
 
FAMÍLIAS GRÁVIDAS e CRIANÇAS: como trabalhar com grupos?
FAMÍLIAS GRÁVIDAS e CRIANÇAS: como trabalhar com grupos? FAMÍLIAS GRÁVIDAS e CRIANÇAS: como trabalhar com grupos?
FAMÍLIAS GRÁVIDAS e CRIANÇAS: como trabalhar com grupos? Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Projecto curricular de agrupamento em actualização
Projecto curricular de agrupamento em actualizaçãoProjecto curricular de agrupamento em actualização
Projecto curricular de agrupamento em actualizaçãoANA GRALHEIRO
 
Modelo do dossiê 2014 - pronto
Modelo do dossiê  2014 - prontoModelo do dossiê  2014 - pronto
Modelo do dossiê 2014 - prontonayanapaula3
 
A consolidaçao da inclusao escolar no brasil 2003 a 2016
A consolidaçao da inclusao escolar no brasil   2003 a 2016A consolidaçao da inclusao escolar no brasil   2003 a 2016
A consolidaçao da inclusao escolar no brasil 2003 a 2016Isa ...
 
Trabalho de conclusão de curso
Trabalho de conclusão de cursoTrabalho de conclusão de curso
Trabalho de conclusão de cursomarcos_redel
 
Plano Ação Participativo_vol2
Plano Ação Participativo_vol2Plano Ação Participativo_vol2
Plano Ação Participativo_vol2sitedcoeste
 

Semelhante a 01Dossiê 2014 - Ano base 2013 (20)

PPP Noeme Borges de Andrade 2013
PPP Noeme Borges de Andrade  2013PPP Noeme Borges de Andrade  2013
PPP Noeme Borges de Andrade 2013
 
Projeto educativo idf - 2012 2013
Projeto educativo   idf - 2012 2013Projeto educativo   idf - 2012 2013
Projeto educativo idf - 2012 2013
 
Pce 2011 2012
Pce 2011 2012Pce 2011 2012
Pce 2011 2012
 
Projeto Curricular agrupament oD.Dinis - ODIVELAS 2014
Projeto  Curricular  agrupament oD.Dinis - ODIVELAS 2014Projeto  Curricular  agrupament oD.Dinis - ODIVELAS 2014
Projeto Curricular agrupament oD.Dinis - ODIVELAS 2014
 
Manual Operacional de Educação Integral 2014
Manual Operacional de Educação Integral 2014Manual Operacional de Educação Integral 2014
Manual Operacional de Educação Integral 2014
 
Manual operacional de_educacao_integral_2014
Manual operacional de_educacao_integral_2014Manual operacional de_educacao_integral_2014
Manual operacional de_educacao_integral_2014
 
Ppp noeme borges 2012 2013
Ppp noeme borges 2012 2013Ppp noeme borges 2012 2013
Ppp noeme borges 2012 2013
 
Projeto Político Pedagógico
Projeto Político PedagógicoProjeto Político Pedagógico
Projeto Político Pedagógico
 
PPP -ESCOLA IRMÃ LEODGARD GAUSEPOHL
PPP -ESCOLA IRMÃ LEODGARD GAUSEPOHLPPP -ESCOLA IRMÃ LEODGARD GAUSEPOHL
PPP -ESCOLA IRMÃ LEODGARD GAUSEPOHL
 
Formação em PRÉ-NATAL, PUERPÉRIO e AMAMENTAÇÃO - práticas ampliadas
Formação em PRÉ-NATAL, PUERPÉRIO e AMAMENTAÇÃO - práticas ampliadasFormação em PRÉ-NATAL, PUERPÉRIO e AMAMENTAÇÃO - práticas ampliadas
Formação em PRÉ-NATAL, PUERPÉRIO e AMAMENTAÇÃO - práticas ampliadas
 
ColeçãoEstudosPNPSE_Estudo7.pdf
ColeçãoEstudosPNPSE_Estudo7.pdfColeçãoEstudosPNPSE_Estudo7.pdf
ColeçãoEstudosPNPSE_Estudo7.pdf
 
Manual mais educacao 2013 final fnde
Manual mais educacao 2013 final fndeManual mais educacao 2013 final fnde
Manual mais educacao 2013 final fnde
 
FAMÍLIAS GRÁVIDAS e CRIANÇAS: como trabalhar com grupos?
FAMÍLIAS GRÁVIDAS e CRIANÇAS: como trabalhar com grupos? FAMÍLIAS GRÁVIDAS e CRIANÇAS: como trabalhar com grupos?
FAMÍLIAS GRÁVIDAS e CRIANÇAS: como trabalhar com grupos?
 
Projecto curricular de agrupamento em actualização
Projecto curricular de agrupamento em actualizaçãoProjecto curricular de agrupamento em actualização
Projecto curricular de agrupamento em actualização
 
Modelo do dossiê 2014 - pronto
Modelo do dossiê  2014 - prontoModelo do dossiê  2014 - pronto
Modelo do dossiê 2014 - pronto
 
Plano Anual de Atividades do Agrupamento de Escolas de Vale de Ovil (2014/2015
Plano Anual de Atividades do Agrupamento de Escolas de Vale de Ovil (2014/2015Plano Anual de Atividades do Agrupamento de Escolas de Vale de Ovil (2014/2015
Plano Anual de Atividades do Agrupamento de Escolas de Vale de Ovil (2014/2015
 
A consolidaçao da inclusao escolar no brasil 2003 a 2016
A consolidaçao da inclusao escolar no brasil   2003 a 2016A consolidaçao da inclusao escolar no brasil   2003 a 2016
A consolidaçao da inclusao escolar no brasil 2003 a 2016
 
Indicadores da Qualidade na Educação Infantil
Indicadores da Qualidade na Educação InfantilIndicadores da Qualidade na Educação Infantil
Indicadores da Qualidade na Educação Infantil
 
Trabalho de conclusão de curso
Trabalho de conclusão de cursoTrabalho de conclusão de curso
Trabalho de conclusão de curso
 
Plano Ação Participativo_vol2
Plano Ação Participativo_vol2Plano Ação Participativo_vol2
Plano Ação Participativo_vol2
 

Mais de ueinoemeborgesdeandrade (11)

Relacao bens adquiridos_produzidos321
Relacao bens adquiridos_produzidos321Relacao bens adquiridos_produzidos321
Relacao bens adquiridos_produzidos321
 
Relacao bens adquiridos_produzidos123
Relacao bens adquiridos_produzidos123Relacao bens adquiridos_produzidos123
Relacao bens adquiridos_produzidos123
 
Relacao bens adquiridos_produzidos
Relacao bens adquiridos_produzidosRelacao bens adquiridos_produzidos
Relacao bens adquiridos_produzidos
 
Demonstrativo pdde 2014
Demonstrativo pdde 2014Demonstrativo pdde 2014
Demonstrativo pdde 2014
 
Ata pdde 2014
Ata pdde 2014Ata pdde 2014
Ata pdde 2014
 
03 planilha pdde_02_07.03
03 planilha pdde_02_07.0303 planilha pdde_02_07.03
03 planilha pdde_02_07.03
 
02 planilha pdde_09_12.06
02 planilha pdde_09_12.0602 planilha pdde_09_12.06
02 planilha pdde_09_12.06
 
01 planilha pdde_03_28.02
01 planilha pdde_03_28.0201 planilha pdde_03_28.02
01 planilha pdde_03_28.02
 
Dossiê 2014
Dossiê 2014Dossiê 2014
Dossiê 2014
 
Composição do conselho escolar da unidade de educação infantil noeme borges d...
Composição do conselho escolar da unidade de educação infantil noeme borges d...Composição do conselho escolar da unidade de educação infantil noeme borges d...
Composição do conselho escolar da unidade de educação infantil noeme borges d...
 
Parabéns professor
Parabéns professorParabéns professor
Parabéns professor
 

01Dossiê 2014 - Ano base 2013

  • 1. PREFEITURA MUNICIPAL DE MOSSORÓ SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E DESPORTO SMED Rua Pedro Alves Cabral, 01 – Aeroporto – 59607-140 Mossoró / RN Fone Fax (84) 3315-4942 Fotos: Márcia Núbia IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE EDUCACIONAL Nome: UNIDADE DE EDUCAÇÃO INFANTIL NOEME BORGES DE ANDRADE Endereço: RUARAFAEL MOSSOROENSE DA GLÓRIA, S/N Porte: III Bairro: D. JAIME CÂMARA Fone: (84) 3315 5134 E-mail: ueinoemeborgesdeandrade@gmail.com
  • 4. LISTA DE QUADROS QUADRO 01: DEMONSTRATIVO DOS PROFESSORES ....................................... 10 QUADRO 02: DEMONSTRATIVO DOS PROFESSORES COM AULAS EXCENDENTES ................................................................................. 10 QUADRO 03: DEMONSTRATIVO DOS PROFESSORES AUXILIARES COM AULAS EXCENDENTES .................................................................... 10 QUADRO 04: DEMONSTRATIVO DA EQUIPE DE APOIO ............................................ 11 QUADRO 05: DEMONSTRATIVO DA GESTÃO ................................................................ 11 QUADRO 06: DEMONSTRATIVO ESTAGIÁRIOS ............................................................ 11 LISTA DE GRÁFICOS Gráfico 01: Evolução de Matrícula 2012/2013 ........................................................... 16 Gráfico 02: Evolução de Matrícula Creche 2012/2013 .............................................. 17 Gráfico 03: Evolução de Matrícula Pré-escolar 2012/2013 ....................................... 17 Gráfico 04: Evolução de Matrícula dos alunos com deficiência 2012/2013 ............... 18 Gráfico 05: Teste Lecto Escrita Infantil I A – 2012/2013 ........................................... 80 Gráfico 06: Teste Lecto Escrita Infantil I B - 2012/2013 ............................................ 80 Gráfico 07: Teste Lecto Escrita Infantil I C - 2012/2013 ............................................ 81 Gráfico 08: Teste Lecto Escrita Infantil I D - 2013 ..................................................... 81 Gráfico 09: Teste Lecto Escrita Infantil II A - 2012/2013 ........................................... 81 Gráfico 10: Teste Lecto Escrita Infantil II B - 2012/2013 ........................................... 81 Gráfico 11: Teste Lecto Escrita Infantil II C - 2012 .................................................... 81
  • 5. SUMÁRIO 1 Apresentação ..................................................................................................... 07 2 Caracterização da Unidade Educacional ......................................................... 12 3 Comissão Permanente de Avaliação ................................................................ 13 4 Consolidado da Autoavaliação – Prêmio “Escola de Qualidade” – Edição 2009/2013 ............................................................................................... 14 a) Detalhamento da Autoavaliação - Prêmio “Escola de Qualidade” – Edição 2009/2013 – Gestão de Pedagógica ............................................... 15 a.1 Garante o acesso e a permanência dos alunos, inclusive com necessidades educacionais especiais nas classes do ensino regular.......... 16 a.2 Realiza práticas de organização do tempo/espaço, de modo que assegure ações que aprimoram a qualidade do ensino e o atendimento às necessidades de aprendizagem dos alunos ............................................ 19 a.3 Garante a atualização e validação do Projeto Político Pedagógico anualmente, com a participação de todos os segmentos da comunidade escolar ..................................................................................... 53 b) Detalhamento da Autoavaliação - Prêmio “Escola de Qualidade” – Edição 2009/2013 – Gestão de Pessoas ........................................................... 54 b.1 Promove o desenvolvimento profissional em relação aos conhecimentos, habilidades e atitudes, através de ações de formação continuada com base nas necessidades identificadas ............................................................. 55 b.2 Adota práticas avaliativas do desempenho do professor e dos demais profissionais, ao longo do ano letivo ............................................................... 61 b.3 Promove práticas de valorização e reconhecimento do trabalho e esforço dos professores e demais profissionais da escola no sentido de reforçar as ações voltadas para melhoria da qualidade do ensino ................. 62 c) Detalhamento da Autoavaliação - Prêmio “Escola de Qualidade” – Edição 2009/2013 – Planejamento e Gestão ................................................... 69 c.1 Realiza de forma sistemática, coletiva e cooperativa o planejamento dos serviços e das atividades escolares oferecidas ............................................ 70 c.2 Zela pela transparência da gestão, utilizando os canais de comunicação da escola para divulgar informações de prestação de contas dos recursos, dos resultados obtidos pela escola e das estratégias utilizadas na resolução de problema ....................................................... 72 c.3 Desenvolve projetos nas áreas de saúde, esporte e assistência social e/ou cultura, ampliando as atividades interna e externa da escola, firmando parcerias externas a comunidade escolar ..................................... 74 c.4 Aplica os recursos conforme plano de aplicação construído coletivamente, dando prioridade às necessidades ....................................... 77
  • 6. d) Detalhamento da Autoavaliação - Prêmio “Escola de Qualidade” – Edição 2009/2013 – Avaliação e Resultados.................................................... 78 d.1 Desenvolve um sistema de monitoramento das metas e ações estabelecidas no Projeto Político Pedagógico, garantindo condições de efetivação e sucesso ...................................................................................... 79 d.2 Acompanha cada aluno da escola individualmente, mediante registro de sua frequência e do seu desempenho nas avaliações ................................... 79 d.3 Alfabetiza as crianças até, no máximo, os oito anos de idade, aferindo os resultados por exame periódico específico ................................................ 80 d.4 Adota ações de combate à evasão e repetência, com sistemática de monitoramento a fim de garantir a efetividade e sucesso dos alunos ............ 82
  • 7. 7 1. Apresentação A Unidade de Educação Infantil Noeme de Borges de Andrade está localizada na Rua Rafael Mossoroense da Glória, S/N, bairro Dom Jaime Câmara nesta cidade de Mossoró-RN. Sua infraestrutura conta com boas condições físicas, pois dispõe de 5 salas de aula, 1 sala de direção, 1 sala de Atendimento Educacional Especializado, 1 área de banho com piscina e cascata, 2 banheiros para crianças e 1 para funcionários, 1 salão de recreio (área coberta), 1 cozinha com despensa, área de serviço e 1 depósito/almoxarifado. No ano de 2014 atendeu a 230 crianças dos bairros Dom Jaime câmara, Alto do Sumaré e Assentamento Paulo Freire, distribuídas em dez turmas: 1 de Maternal I, 3 de Maternal II, 4 de Infantil I e 2 de Infantil II, nos turnos matutino e vespertino. Conta com 15 professoras, sendo que 9 têm nível superior (7 com título de especialista) e destas, 1 está na função de Supervisora Pedagógica, 1 como Professora de Atendimento Educacional Especializado, 2 está cedida à Secretaria Municipal de Educação e Desporto e 1 está readaptada; 6 têm nível médio e destas 3 estão cursando Pedagogia. Como a UEI tem criança com deficiência e Transtorno global do desenvolvimento (TGD), em 2013 contou com o apoio 03 (três) auxiliares, sendo 1 (uma) estagiária e 2 professoras com aulas excedentes. Temos 7 profissionais não docentes, destes 1 não é alfabetizada, 4 tem ensino fundamental incompleto, 1 tem nível médio (vice-diretora) e 1 tem nível superior (diretora). Procurando promover um ensino de qualidade e seguindo as linhas básicas do Projeto Político Pedagógico da UEI, desenvolvemos Programas Educacionais e Apoio ao Currículo Escolar priorizando projetos interdisciplinares e sequências didáticas que são implementados a partir de diagnóstico realizados não só nas salas de atividade como também na comunidade e de fatos gerais que acontecem no dia a dia da nossa cidade, como é o caso de epidemias como a dengue, questões ambientais, entre outros. As atividades de tema transversal, eventos culturais e científicos, atividades realizadas em ambientes educativos também estão incluídas nos nossos programas. Oferecemos atividades que possibilitam às crianças a interação, as brincadeiras e a aprendizagem significativa. A UEI tem como missão promover um ensino de qualidade, propiciando o desenvolvimento integral da criança. Com a intenção de oferecer uma educação de excelência, a gestão busca a integração da família, realizando reuniões com as famílias estreitando laços e deixando-as informados sobre o que seus filhos fazem
  • 8. 8 na Unidade, embora ainda seja um desafio atrair todas as famílias e despertar o interesse e o acompanhamento mais de perto do processo ensino-aprendizagem das crianças; procura envolver harmoniosamente os professores, crianças, pais e demais profissionais da Unidade; preocupa-se com a oferta de livros, brinquedos, brincadeiras, jogos, atividades, higiene da UEI e alimentação das crianças, contribuindo assim para o alcance de resultados no processo de ensino e aprendizagem. estacamos como nosso maior desafio trazer a comunidade para participar das nossas atividades. Segundo os Indicadores da Qualidade na Educação Infantil, para garantir um atendimento de qualidade, as instituições de Educação Infantil precisam oferecer “oportunidades educacionais para todos e em apoio significativo às famílias com crianças até seis anos de idade” (BRASIL, 2009, p. 11). O mesmo documento define a qualidade como dependente de fatores como: Os valores nos quais as pessoas acreditam; as tradições de uma determinada cultura; os conhecimentos científicos sobre como as crianças aprendem e se desenvolvem; o contexto histórico, social e econômico no qual a escola se insere. (BRASIL, 2009, p. 11). Portanto o fato da Unidade de Educação Infantil Noeme Borges de Andrade trabalhar em equipe, respeitando as individualidades e os ritmos de cada profissional, de possuir professores qualificados e comprometidos, o que comprova através da prática pedagógica que desperta o interesse das crianças, confiança e participação das famílias nas atividades realizadas na UEI; O fato do nosso Projeto Político Pedagógico ser construído coletivamente o que dá respaldo aos professores para o conhecerem e planejarem com bases nas linhas gerais do mesmo, assim como a gestão administrativo-pedagógico ser atuante e presente; de termos um Conselho Escolar atuante e que colabora para a potencialização das ações administrativas, financeiras e pedagógicas para a nossa Unidade, contribuindo para a efetivação da gestão democrática; e dos demais profissionais manterem o espaço físico limpo e agradável, zelando pela ambiência pedagógica, além de oferecer uma alimentação bem preparada, nutritiva e adequada, respeitando as restrições alimentares presentes na nossa realidade, nos torna uma Escola de Qualidade. Quanto às metas para melhoria do desempenho da criança, no ano de 2013 foram implementadas as seguintes ações: entendimento e práticas referentes às
  • 9. 9 Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil; novas estratégias de ensino distribuídas em projetos interdisciplinares, sequências didáticas, atividades de tema transversal, eventos culturais e científicos, atividades em ambientes educativos; Atividades de formação continuada, participação em eventos culturais e científicos, além de produção de material pedagógico, produções científicas, artísticas e culturais. A UEI também promove ações de inclusão social, atividades realizadas na comunidade escolar com o eixo temático Preservação do Meio Ambiente, atividades de promoção da interação ESCOLAXCOMUNIDADE. Programas socioeducativos e socioeconômicos são realizados com diversas parcerias. O Conselho Escolar tem grande visibilidade pois atua durante o ano inteiro, cumprindo pautas planejadas em reuniões ordinárias e assuntos não planejado e emergentes em reuniões extraordinárias, além de assembleias gerais junto às famílias. Para a melhoria da UEI e sua gestão, apresentamos as seguintes metas: potencialização da sala de Atendimento Educacional Especializado – AEE; intensificar as atividades de promoção da interação escola e comunidade; reforçar cada vez mais a atuação dos Conselhos Escolar e do Caixa Escolar, já que a participação desses conselhos tem tornado eficaz a forma de gestão pedagógica, administrativa e financeira desta UEI. A equipe que trabalha para a superação das metas propostas a cada ano na nossa UEI é composta por professores da sala do ensino regular e do Atendimento Educacional Especializado, supervisora, zeladoras, merendeira e diretora, como podemos observar nos quadros demonstrativos abaixo.
  • 10. 10 QUADRO 01: DEMONSTRATIVO DOS PROFESSORES Nº NOME CARGO/ FUNÇÃO TITULAÇÃO 01 Antonia Ilenilde Silva dos Santos Professora Professora Especialista 02 Antonia Neci Bezerra Professora Professora Magistério 03 Helena Pereira de Souza Professora Professora Magistério 04 Joana Dália Leocádio da Silva Professora Professora Magistério 05 Leilimar Bezerra de Medeiros Professora Professora AEE Especialista 06 Leilimar Bezerra de Medeiros Professora Cedida a SMED Especialista 07 Lucicleide Fernandes Melo de Brito Professora Professora Magistério 08 Luzilene Fontes do Nascimento Professora Cedida a SMED Especialista 09 Luzilene Fontes do Nascimento Professora Cedida a SMED Especialista 10 Márcia Núbia da Silva Oliveira Professora Supervisora Especialista 11 Maria do Socorro Pereira Professora Professora Magistério 12 Maria Goureth de Sousa Lima Professora Professora Pedagogia 13 Maria Luzia Batista Cândido Professora Professora Magistério 14 Valdécia Rodrigues S. Costa Professora Professora Especialista 15 Vera Neide Dantas dos Santos Professora Professora Magistério QUADRO 02: DEMONSTRATIVO DOS PROFESSORES COM AULAS EXCENDENTES Nº NOME CARGO/ FUNÇÃO TITULAÇÃO 01 Márcia Núbia da Silva Oliveira Professora Professora Especialista 02 Maria Luzia Batista Cândido Professora Professora Magistério QUADRO 03: DEMONSTRATIVO DOS PROFESSORES AUXILIARES COM AULAS EXCENDENTES Nº NOME CARGO/ FUNÇÃO TITULAÇÃO 01 Joana Dália da Silva Professora Professora Magistério 02 Maria do Socorro Pereira Professora Professora Magistério
  • 11. 11 QUADRO 04: DEMONSTRATIVO DA EQUIPE DE APOIO Nº NOME CARGO FUNÇÃO TITULAÇÃO 01 Antonia Aurita da Silva ASG Merendeira Fund. Incompleto 02 Antonia Josenilda Souza ASG Zeladora Fund. Incompleto 03 Francisca da Chagas Silva ASG Zeladora Não alfabetizada 04 Ivanilde Alves de Andrade ASG Zeladora Fund. Incompleto 05 Maria de Fátima Pereira ASG Zeladora Fund. Incompleto QUADRO 05: DEMONSTRATIVO DA GESTÃO Nº NOME CARGO FUNÇÃO TITULAÇÃO 01 Teresa Magalhães Rocha Diretora Diretora Teologia 02 Cíntia Juliana de Medeiros Souza Vice-diretora Vice-diretora Ensino Médio QUADRO 06: DEMONSTRATIVO ESTAGIÁRIOS Nº NOME1 CARGO FUNÇÃO TITULAÇÃO 01 Aurilene Fernandes dos Santos Bolsista Auxiliar de sala Ens. Médio
  • 12. 12 2- Caracterização da Unidade Educacional NÍVEIS E MODALIDADES DE ENSINO OFERTADO: Educação infantil (X)Creche (X)Pré-escolar  PERÍODO DE FUNCIONAMENTO: (X) Manhã (X)Tarde ( )Noite ( )Integral  NÚMERO DE CRIANÇAS POR TURMA: TURMAS BERÇÁRIO INTEGRAL MATERNAL I MATERNAL II A MATERNAL II B MATERNAL II C INFANTIL I A INFANTIL I B INFANTIL I C INFANTIL I D INFANTIL II A INFANTIL II B TOTAL Manhã - - 21 25 - - 24 25 - - 25 - 120 Tarde - - - - 22 16 - - 22 24 - 26 110 TOTAL - - 21 25 22 16 24 25 22 24 25 26 230  NÚMERO DE CRIANÇAS/MÉDIA: TOTAL DE CRIANÇAS MÉDIA DE CRIANÇAS POR TURMA 230 23  INDICADORES DESEMPENHO DA ESCOLA: A – EDUCAÇÃO INFANTIL: Indicador ANO Matrícula final Taxa de abandono (%) Taxa de alfabetização (Lecto-escrita)* 2012 246 10% 62% 2013 230 1,3% 64% *Crianças em processo de alfabetização OBSERVAÇÕES:  Os dados devem ser coletados nos boletins do Censo, no Mapa Educacional 2013 e/ou em documentos oficiais da escola.  Anexar ata de reunião do Conselho Escolar/Comissão para preenchimento dos documentos que compõem a FASE E AUTOAVALIAÇÃO. Mossoró, 22 de Julho de 2014.
  • 13. 13 3- Comissão Permanente de Avaliação: Joana Dália Leocádio da Silva Representante docente da escola Valdécia Rodrigues de Souza Costa Representante docente da escola Maria Goureth de Sousa Lima Representante dos Servidores Sidney Márcio Barroso Representante Pai Cosma Marinho Representante da Comunidade
  • 14. 14 4- CONSOLIDADO DA AUTOAVALIAÇÃO – PRÊMIO “ESCOLA DE QUALIDADE” – EDIÇÃO 2009/2013. DIMENSÃO PARÂMETROS LEGENDA1: 1. MUITO AQUÉM DO ESPERADO 2. AQUÉM DO ESPERADO 3. NÍVEL ACEITAVÉL 4. ALÉM DO ESPERADO 5. MUITO ALÉM DO ESPERADO INDICADOR 1 2 3 4 5 1. Gestão pedagógica: Abrange processos e práticas de gestão pedagógica orientados para assegurar a aprendizagem dos alunos, em consonância com o Projeto Pedagógico da escola. # Garante o acesso e a permanência dos alunos, inclusive com necessidades educacionais especiais nas classes comuns do ensino regular. x # Realiza práticas de organização do tempo/espaço, de modo que assegure ações que aprimoram a qualidade do ensino e o atendimento às necessidades de aprendizagens dos alunos. x # Garante a atualização e validação do Projeto Político Pedagógico anualmente, com a participação de todos os segmentos da comunidade escolar. x PESO: 4,0 Subtotal 2. Gestão de pessoas: Abrange processos e práticas de gestão dos profissionais da educação. # Promove o desenvolvimento profissional em relação aos conhecimentos, habilidades e atitudes, através de ações de formação continuada com base nas necessidades identificadas. x # Adota práticas avaliativas do desempenho de professores e dos demais profissionais, ao longo do ano letivo. x # Promove práticas de valorização e reconhecimento do trabalho e esforço dos professores e demais profissionais da escola no sentido de reforçar ações voltadas para melhoria da qualidade do ensino. x PESO: 1,0 Subtotal 3. Planejamento e gestão: Abrange processos e práticas de gestão dos serviços de apoio, recursos físicos e financeiros. # Realiza de forma sistemática, coletiva e cooperativa o planejamento dos serviços e das atividades escolares oferecidas. x # Zela pela transparência da gestão, utilizando os canais de comunicação da escola para divulgar informações de prestação de contas dos recursos, dos resultados obtidos pela escola e das estratégias utilizadas na resolução de problemas. x # Desenvolve projetos nas áreas de saúde, esporte, assistência social e/ou cultura, ampliando as atividades internas e externas da escola, firmando parcerias externas a comunidade escolar. x # Aplica os recursos conforme plano de aplicação construído coletivamente, dando prioridade as necessidades. x PESO: 2,0 Subtotal 4. Avaliação e resultados: Abrange processos e práticas de gestão voltadas para assegurar a melhoria dos resultados de desempenho da escola – rendimento, frequência e proficiência dos alunos. # Desenvolve um sistema de monitoramento das metas e ações estabelecidas no Projeto Político Pedagógico, garantindo condições de efetivação e sucesso. x # Acompanha cada aluno da escola individualmente, mediante registro de sua frequência e do seu desempenho nas avaliações. x #Alfabetiza as crianças até, no máximo, os oito anos de idade, aferindo os resultados por exame periódico específico. - # Adota ações de combate à evasão e repetência, com sistemática de monitoramento a fim de garantir o a efetividade e sucesso dos alunos. x PESO: 3,0 Subtotal TOTAL GERAL
  • 15. 15 DETALHAMENTO DA AUTOAVALIAÇÃO – PRÊMIO “ESCOLA DE QUALIDADE” – EDIÇÃO 2009-2013 a) Gestão pedagógica: abrange processos e práticas de gestão pedagógica orientados para assegurar a aprendizagem dos alunos, em consonância com o Projeto Pedagógico da escola: Estabelece como foco a melhoria da qualidade do processo de ensino e de aprendizagem. PARÂMETRO CRITÉRIO MARQUE APENAS UMA ALTERNATIVA # Garante o acesso e a permanência dos alunos, inclusive com necessidades educacionais especiais nas classes comuns do ensino regular. 1. Não houve matrícula nova e a evasão foi superior a 10%. 2. Não houve matrícula nova e houve evasão até 5%. 3. Houve matrícula nova e menos de % de evasão. 4. Houve expansão de matrícula e não houve evasão. 5. Houve expansão acima de 20% e não houve evasão. x # Realiza práticas de organização do tempo/espaço, de modo que assegure ações que aprimoram a qualidade do ensino e o atendimento às necessidades de aprendizagens dos alunos. 1. Não foi apresentada nenhuma prática inovadora por nenhum dos professores. 2. Foram apresentadas práticas inovadoras por menos de 10% dos professores. 3. Foram apresentadas práticas inovadoras por mais de 10% dos professores. 4. Foram apresentadas práticas inovadoras por 20% dos professores. 5. Foram apresentadas práticas inovadoras por mais de 20% dos professores. x # Garante atualização e validação do Projeto Político Pedagógico anualmente, com a participação de todos os segmentos da comunidade escolar. 1. O PPP não atualizado e nem validado. 2. O PPP foi atualizado, mas NÃO foi validado com a participação dos segmentos da comunidade escolar. 3. O PPP foi atualizado e validado com a participação de representantes dos segmentos da comunidade escolar. 4. O PPP foi atualizado e validado com a participação de representantes dos segmentos da comunidade escolar, com resultados positivos. 5. O PPP foi atualizado e validado com a participação de representantes dos segmentos da comunidade escolar, com resultados positivos e inovadores. x TOTAL DE PONTOS: *Quando a expansão da matrícula foi limitada pelo espaço físico considerar o nível 5.
  • 16. 16 a.1. Garante o acesso e a permanência dos alunos, inclusive com necessidades educacionais especiais nas classes do ensino regular. Critério: Houve expansão de matrícula e não houve evasão (Pontuação 5) A UEI Noeme Borges de Andrade preocupada com o acesso e a permanência de todas as crianças sem qualquer discriminação em classes comuns procura trabalhar de acordo com o seu Projeto Político Pedagógico e oferece serviços de qualidade, tendo todos os anos o ano inteiro uma demanda maior que a oferta de vagas. Em 2013 a matrícula teve uma queda de 6.5% em relação a 2012, conforme recibos de dados do censo, constantes no anexo 01. Gráfico 01: Evolução de Matrícula 93 153 146 83 2012 2013 Creche Pré-escola Conforme consta no gráfico 01, a redução das matrículas do ano de 2013 para o ano de 2012, se deu por limitação do espaço físico e em obediência a Portaria de Matrícula da SMED e aconteceu da seguinte forma: houve uma redução de crianças tanto em idade de creche quanto em idade pré-escolar: em 2012 tivemos 93 crianças em idade de creche frequentando a Unidade, enquanto em 2013 tivemos 84 crianças matriculadas. Já nas turmas de pré-escola de 153 crianças em 2012, esse número caiu para 146 em 2013. O número de crianças de 2 e de 3 anos de idade em 2013 caiu em relação a 2012, conforme mostra o gráfico 2. Podemos observar que nos dois anos o número de crianças de 4 anos superou o de 5 anos, pelo motivo de muitas serem matriculadas nas Escolas Municipais Maria do Céu e Paulo Cavalcante para assegurar a vaga no primeiro ano. Ver gráfico 3.
  • 17. 17 Gráfico 02: Evolução da Matrícula- Creche 24 21 69 2012 2013 63 2 anos 3 anos Gráfico 03: Evolução da Matrícula- Pré-Escola 79 95 74 2012 2013 51 4 anos 5 anos Em 2012 o crescimento dessa clientela foi de 100% tanto na matrícula do AEE quanto na sala de ensino regular, o número de alunos no AEE era de 8 matrículas, porém havia 2 alunos atendidos nesta UEI que não entraram no censo por já estarem matriculados no Programa Mais Educação do Escola Paulo Cavalcante.Uma das crianças atendidas no AEE tinha deficiência física em decorrência da síndrome de epidemólise bolhosa, a qual o impossibilitava de frequentar a sala de atividades, por conta do seu quadro de saúde e por isso, era atendido pela professora do AEE em sua residência. Em 2013 o número de alunos público alvo da educação especial foram de 10 crianças matriculadas no AEE, sendo 04 crianças da própria UEI, 01 da UEI Maria Caldas e 05 alunos da Escola Municipal Paulo Cavalcante. Conforme recibos educacenso constante no anexo 1 e relatório da Sala de Recursos Multifuncional anexo 02.
  • 18. 18 Gráfico 04: Evolução da Matrícula - Alunos com Deficiência 4 10 10 5 2012 2013 Ensino Regular Sala de Recursos Multifuncionais Imagem 1: Adson, matriculado na UEI, recebendo atendimento educacional especializado. (28/02/2013) Imagem 2: Jéssica, aluna da Escola Municipal Paulo Cavalcante, recebendo atendimento especializado na UEI. (17/10/2013) Há uma grande demanda nessa Unidade e o número de evasão diminuiu em 8,7%. Todo ano dispomos de uma lista de espera (demanda) para as famílias que não conseguiram vagas para seus filhos e, quando estas surgem entramos em contato imediatamente com a família informando a vaga existente.
  • 19. 19 a.2. Realiza práticas de organização do tempo/espaço, de modo que assegure ações que aprimoram a qualidade do ensino e o atendimento às necessidades de aprendizagem dos alunos. Critério: Foram apresentadas práticas inovadoras por mais de 20% dos professores (Pontuação 5) As atividades na UEI são organizadas em forma de cronogramas para que não haja compatibilidade de horários, já que temos várias opções de atividades dentro e fora de sala, são elas: aula de vídeo, área de banho com cascata e piscina, área de recreação coberta, Sala de Recursos Multifuncionais e espaço externo amplo e arborizado. Não temos espaço físico para biblioteca, mas dispomos de livros em lugar de fácil acesso aos professores e às crianças na sala da secretaria, assim como um trenzinho móvel de leitura que é utilizado diariamente conforme cronograma (ver Cronogramas, agenda semanal/rotina e relatório dos cronogramas no anexo 3). No ano de 2013, realizamos alguns projetos interdisciplinares (ver atas de extrarregência anexo 4 e cópias dos projetos, sequências didáticas e relatórios no anexo 5) como extensão ao nosso trabalho anual, com os objetivos de enriquecer a prática, incrementar as atividades oferecidas às crianças e incentivar as famílias a participarem mais ativamente das atividades realizadas na Unidade. Para que pudéssemos atingir os nossos objetivos, realizamos os seguintes projetos: * Diga não à Dengue (elaborado coletivamente em reunião de extrarregência, conforme Ata do dia 15/02, constante no anexo 5 e executado em todas as turmas da UEI conforme relatório anexado ao projeto e Ata de reunião do dia 04/03 também constante no anexo 5), teve o objetivo de despertar as famílias e a comunidade para os perigos da dengue e a importância da sua prevenção e sensibilizar nas crianças para os cuidados com o ambiente, a saúde e a higiene.  Imagem 3: Caça ao mosquito da dengue (Maternal II C vesp. Professora Lucicleide) 24/02/2013 Imagem 4: Leitura sobre o tema Dengue (Maternal II A Mat.Professoras Antonia Neci e Maria do Socorro) 26/02/2013
  • 20. 20 Imagem 5: Confecção de cartaz (Infantil I A Matutino, professora Goureth) – 25/02/2013 Imagem 6: Mobilização na Praça O Luizão – 28/02/2013. Resultados pode-se observar que as crianças aprenderam e/ou desenvolveram melhor o que já sabiam a respeito da doença e que estão advertindo suas famílias para prevenção da proliferação do mosquito. Impactos - uma mãe relatou que seu filho não queria mais deixar botar água para o cachorro, que era pra não criar mosquito da dengue; - mãe: ontem, o pai de Ari jogou uma tampa fora, no chão. Aí, Ari foi lá, apanhou a tampa, tampou a garrafa e disse que não podia fazer aquilo, senão junta mosquito da dengue. - pessoa da comunidade: precisava daquela movimentação todinha por causa de um mosquito?! - criança: tia, agora eu sei que minha tia teve dengue. * Da fralda ao vaso (elaborado pela professora Leilimar Bezerra e executado pelas professoras Joana Dália e Helena Freire, na turma Maternal I). Teve como objetivos Favorecer um processo tranquilo de retirada de fraldas para as crianças, respeitando ritmo e necessidades. Imagem 7: Crianças do maternal I, professoras Helena e Joana, aprendendo a usar o vaso sanitário e ter independência. Resultados as crianças desenvolveram a habilidade e a competência de expressar seus desejos e necessidades com autonomia. Impactos No primeiro semestre, as crianças já tinham alcançado sua autonomia. * Identidade: quem somos (construído e executado pelas professoras Antonia Ilenilde, Leilimar Bezerra, Maria Goureth e estagiária Jackelinne Nathya). Teve como objetivo perceber a importância de ações e atitudes no processo de construção da sua história, estimulando a auto-estima das crianças.
  • 21. 21 Imagem 8: Crianças das turmas Infantil I A e Infantil II A matutino montando árvore genealógica e falando um pouco de sua personalidade. Professoras Goureth e Antonia Ilenilde. (20/05/2013) Imagem 9: Crianças das turmas Infantil I A e Infantil II A matutino fazendo apresentação de poesia que fez parte tanto do projeto Identidade quanto do Sarau de Leitura. Professoras Goureth e Antonia Ilenilde. (20/05/2013) Resultados - as crianças foram capazes de contar um pouco de sua história de vida própria e da família; - relatam sobre valores morais. Impactos - Após várias conversas sobre a família, uma criança comentou que tem carinho por todos, mas tudo que há de bom vem da parte da mãe: carinho, amor, paciência, tolerância... - percebemos que há crianças que se preocupam com o que está acontecendo com a família; que gosta de pegar um pouco do lanche e guardar pra levar para a mãe e o pai; percebemos também quando a família é presente por meio de depoimento das crianças. * Leitura no Maternal: lendo e aprendendo (elaborado e executado pelas Lucicleide Fernandes e Antonia Neci).Teve como objetivo Desenvolver o interesse contínuo pelas obras literárias e que encontre fora da sala de aula o prazer pela leitura. Imagem 10: Contação de histórias (Maternal II A mat. Professoras Antonia Neci e Maria do Socorro ) 27/05/2013. Imagem 11: Crianças escolhendo livros para ler (Maternal II C vesp. Professora Lucicleide .) * Cantigas e brincadeiras antigas: cantigas de roda e brincadeiras do tempo da vovó (elaborado e executado pelas professoras Vera Neide e Luzia Faustino).Teve como objetivo Conhecer brincadeiras e cantigas de roda da tradição oral que é transmitida de geração a geração.
  • 22. 22 Imagem 12: Turma do Maternal II B Vespertino construindoe jogando Peteca. 27/05/2013. Imagem 13: Turma do Maternal II B Vespertino jogando amarelinha e fazendo trenzinho com corda. 04/09/2013. Resultados - As crianças reconheceram diversas brincadeiras e cantigas de rodas. Impactos - Foi realmente uma surpresa, pois as crianças já conheciam a maioria das brincadeiras e cantigas propostas. Acreditávamos que todas seria uma novidade para elas, porém, valeu a pena, pois elas se divertiram muito. Imagem 14: Turma do Maternal II B Vespertino construindo cartaz de brincadeiras antigas. 02/10/2014
  • 23. 23 * Brincadeira e movimento: Jogos pra que te quero (intervenção). (elaborado pela supervisora e executado pelas por Antonia Neci, Antonia Ilenilde, Maria do Socorro Pereira, Luzia Cândido, Vera Neide, Helena Freire, Lucicleide Fernandes, Valdécia Rodrigues e Joana Dália Leocádio e Aurilene Fernandes (estagiária)).Teve como objetivos proporcionar interação entre as crianças/crianças e adulto, contribuindo para a aprendizagem e o desenvolvimento de habilidades, princípios, imaginação, pensamento, atenção e valores sociais; Intensificar a metodologia de jogos e brincadeiras nas salas de aula. Imagem 15: João Vítor jogando com letras e números- turma Infantil I A matutino, professora Márcia. (18/06/2013) Imagem 16: criança brincando com movimentos de pinça -turma Infantil I A matutino, professora Márcia. (27/08/2013) Imagem 17: Crianças jogando “Ponto de Ônibus” - turma Infantil I B matutino, professora Luzia Cândido. (30/08/2013) Imagem 18: Crianças treinando a psicomotricidades - turma Infantil I A matutino, professora Márcia. (21/09/2013)
  • 24. 24 Imagem 19: Rayane e Eduarda Mariana empilhando objetos -turma Infantil I A matutino, professora Márcia. (23/09/2013) Imagem 20: Jogo conhecendo o colega - turma Infantil I C vespertino, professora Luzia Cândido. (26/09/2013) Imagem 21: Brincando com “vai-e-vem” (turma Maternal II A matutino, professoras Antonia Neci e Socorro Pereira. (01/10/2013) Imagem 22: Kevily e Pedro Gabriel treinando a psicomotricidade -turma Maternal I matutino, professoras Helena e Joana. (07/10/2013) Imagem 23: Crianças jogando “Escravos de Jó” -turma Infantil II B vespertino, professora Joana. (22/08/2013) Imagem 24: Jogo de bola na área externa - turma Maternal I matutino, professora Helena e Joana. (05/09/2013)
  • 25. 25 Imagem 25: Jogo dos nomes com alfabeto móvel Imagem 26: Jogo do varal (Infantil I A Matutino) (Infantil II B vespertino, professora Joana Dália. Professora Márcia (05/09/2013). (03/06/2013). Resultados Com o projeto foi possível oferecer às crianças jogos pedagógicos para auxiliar no desenvolvimento cognitivo, favorecendo a interação e o vigor físico; estimulando a oralidade, percepção auditiva e visual. os jogos e brincadeiras envolveram muito as crianças pequenas, elas ficaram atentas e gostavam de participar de todas as atividades propostas. Impactos Avanços no desenvolvimento das crianças, pois aprenderam muito brincando; desequilíbrio nas professoras ao tentarem adaptar-se à metodologia; presença maior de atividades lúdicas no dia-a-dia da sala de aula. * Higiene e Saúde: cuidados com a higiene da boca e a higiene corporal (elaborado pela professora Maria Luzia Batista Cândido, executado por ela e pelas professoras Antonia Neci, Valdécia Rodrigues).Objetivou Orientar e sensibilizar as crianças para a prática de hábitos de higiene saudável e permanente para o seu desenvolvimento físico, cognitivo e social. Imagem 27: Professora Valdécia dando aula de escovação - Infantil I D Vespertino. (13/05/2013) Imagem 28: Professora Luzia Cândido dando aula de escovação - Infantil I C Vespertino. 14/05/2013)
  • 26. 26 Imagem 29: Kevillyn usando fio dental Infantil I C, professora Luzia Cândido. (05/07/2013) Imagem 30: Crianças treinando a escovação em boca artificial. Infantil I C, professora Luzia Cândido. (14/05/2014). Resultados Diante do que foi visto, as crianças aprenderam a importância da prática de bons hábitos de higiene e conseguem identificar hábitos inadequados para a saúde bucal e corporal. Impactos: as crianças passaram a ter hábito de lavar as mãos antes das refeições e depois de usar o banheiro mesmo sem a professora mandar.; escovar os dentes após as refeições passou a ser rotina; as crianças influenciaram os seus pais para manterem hábitos adequados de higiene. * Projeto Energia, desenvolvimento e Sustentabilidade: o vento como forma de energia (elaborado pelas professoras Márcia Núbia da Silva Oliveira e Antonia Ilenilde Silva dos Santos, executado por ela e pelas professoras Antonia Ilenilde e Joana Dália) Objetivou perceber os ventos como uma fonte limpa e inesgotável de energia elétrica; - conhecer a importância da energia elétrica na nossa cultura; entender o que faz uma lâmpada acender e aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos funcionarem e identificar equipamentos que proporcionam conforto graças à energia elétrica . Imagem 31: Crianças do Infantil II A (Profª Ilenilde) construindo Cartaz Imagem 32: Crianças do Infantil II B (Profª Joana) fazendo dobraduras
  • 27. 27 Imagem 33: Crianças do Infantil II B (Profª Joana) confeccionando cataventos Imagem 34: Deyse testando a força da energia com bolinhas de sabão. Imagem 35: Crianças das turmas do Infantil II A e B testando a força energia dos ventos em carrinhos. Imagem 36: Crianças das turmas Infantil II A e B construindo Maquete com ajuda das professoras Ilenilde, Joana e Luzia Cândido.
  • 28. 28 Imagem 37: Crianças das turmas Infantil II A e B construindo Maquete com ajuda das professoras Ilenilde, Joana e Luzia Cândido. Imagem 38: Crianças fazendo demonstrações para as demais crianças da UEI e para os pais. Imagem 39: Participação na Mostra de Projetos Científicos e culturais. Resultados Houve grande empolgação entre as crianças, especialmente nos momentos de confecção de cartazes, maquete e brinquedos; - As crianças aprenderam sobre como a energia é captada e veiculada para as residências;- relatam sobre como economizar energia. Impactos: - Relatos das famílias sobre a aprendizagem das crianças: - Ela aprendeu sobre economia de energia e praticou em casa com todos.- o interesse das crianças pelos brinquedos que são movidos pela força do ar ou do vento.
  • 29. 29 Atividades de Tema Transversal Atividade: Manifesto “Diga não a Dengue” Objetivos - Mobilizar a comunidade escolar e difundir os trabalhos realizados pelas crianças durante o Projeto Diga não a Dengue, mostrando nossa preocupação em prevenir uma possível epidemia. Imagem 40: Mobilização junto às famílias e comunidade na Praça do Luizão. (28/02/2013) Resultados - Como foi realizado em horário de pico, ou seja, 7 da manhã e 4:30 da tarde, o manifesto teve muito efeito, pois todos que passavam tinham a curiosidade de parar e ver o que estava acontecendo. Destacamos também a presença das famílias, que ajudaram durante toda a movimentação. Impactos: a reação das famílias de juntar-se a nós e levantar os cartazes conduzidos por seus filhos; outras ajudavam a controlar o trânsito, chamavam a atenção para a leitura dos cartazes.
  • 30. 30 Atividade: Projeto Higiene e Saúde: cuidados com a higiene da boca e a higiene corporal Objetivos – Orientar e sensibilizar as crianças para a prática de hábitos de higiene saudável e permanente para o seu desenvolvimento físico, cognitivo e social. Imagem 41: a Professora Luzia Cândido ensinando criança a usar o fio dental. Imagem 42: Criança da turma do Inf. I C da professora Valdécia aprendendo a fazer escovação. Resultados – Diante do que foi visto, as crianças aprenderam a importância da prática de bons hábitos de higiene e conseguem identificar hábitos inadequados para a saúde bucal e corporal. Impactos – - as crianças passaram a ter hábito de lavar as mãos antes das refeições e depois de usar o banheiro mesmo sem a professora mandar. - escovar os dentes após as refeições passou a ser rotina. - as crianças influenciaram os seus pais para manterem hábitos adequados de higiene. - Esperamos ter contribuído para promoção da saúde da mulher, pois a palestra foi muito bem aceita e participativa, tirando muitas dúvidas que ainda persistem sobre o tema. Atividade: Aula de campo para conhecer um pé de juazeiro Objetivos: Conhecer a planta Juazeiro, sentar e brincar à sombra dela; - Conhecer o juá; - Assimilar melhor o que diz a música de Elino Julião; - Perceber a árvore como parte importante para preservação do meio ambiente. Imagem 43: Aula de campo com a turma Maternal II A das professoras Antonia Neci e Maria do Socorro, no dia 21/09/2013.
  • 31. 31 Resultados – As crianças puderam brincar ao ar livre e conhecer na prática um pé de juazeiro que tanto escutaram falar na música “Na sombra do Juazeiro”; ensaiaram a coreografia a ser apresentada posteriormente no Festival de talentos da infância. Pessoal que contribuiu para que esse momento acontecesse: Teresa, Márcia, Leilimar, Ilenilde e Aurita. Impactos: se para as crianças foi uma grande surpresa conhecer tamanha árvores, nós professoras não ficamos para trás, pois quando vimos a árvore percebemos que também não conhecíamos, hoje nós sabemos identificar um pé de juazeiro. Atividade: Apresentação da dança “Na sombra do Juazeiro” no III Festival de Talentos da Infância Objetivos: perceber o juazeiro como árvore símbolo de resistência do sertão nordestino: Conhecer o juá; Imagem 44: Turma Maternal II das professoras Antonia Neci e Maria do Socorro fazendo apresentação no Festival de Talentos Infantis. (11/10/2013) Resultados: Apresentação da dança “Na sombra do Juazeiro” no III Festival de Talentos da Infância, pelas crianças de 3 anos, turma “Maternal II”. Impactos: As crianças interpretaram bem a música que fala da árvore símbolo do sertão nordestino. Atividade: Palestra sobre a saúde da Mulher Objetivos – Contribuir para a manutenção da saúde das mulheres que fazem parte da comunidade escolar por meio de informações que ajudam a prevenir doenças comuns nos dias atuais como o câncer de mama e o câncer de útero.
  • 32. 32 Imagem 45: Estagiárias do curso de enfermagem da UERN fazendo palestra para as famílias. (13/11/2013) Resultados; Em parceria com a UBS Bernadete Bezerra e estagiárias do curso de enfermagem da UERN, foi realizada uma palestra com o tema “Câncer de mama e câncer de útero”, com a presença de mães e pais de crianças da UEI. Impactos; Esperamos ter contribuído para promoção da saúde da mulher, pois a palestra foi muito bem aceita e participativa, tirando muitas dúvidas que ainda persistem sobre o tema. Atividade: Exposição do Projeto “Energia desenvolvimento e Sustentabilidade: o vento como forma de energia” na Mostra de Projetos Científicos e Culturais. Objetivos: Mostrar como se deu o processo de ensino e aprendizagem sobre o tema durante o desenvolvimento do projeto. Imagem 46: Exposição do Projeto “Energia desenvolvimento e Sustentabilidade: o vento como forma de energia” na Mostra de Projetos Científicos e Culturais (27 e 28/11/2013).
  • 33. 33 Resultados – As crianças tiveram a oportunidade de levar o que aprenderam à exposição, quando obtiveram grande sucesso, além de terem visitado outros stands e presenciado apresentações culturais de outras escolas e UEIs. Impactos – As crianças conseguiram responder a todos os questionamentos do público. Atividade: Mobilização alertando sobre as consequências do desperdício da água. Objetivos – Criar uma inquietação saudável entre as crianças, professores, funcionários e famílias, estimulando a formação de valores e favorecendo a tomada de consciência sobre a importância da preservação do meio ambiente. Imagem 47: Crianças confeccionando cartazes sobre o desperdício e a importância da água. (06/11/2013) Imagem 48: Ana Paula e Rayane fazendo dobraduras sobre o tema água. (04/11/2013). Imagem 49: Crianças confeccionando cartaz sobre o tema água. (07/11/2013).
  • 34. 34 Imagem 50: Cartazes e atividades expostas nos corredores da UEI alertando para a importância e o desperdício da água. (12/11/2013) Resultados – As crianças demonstraram o que aprenderam por meio de relatos de fatos acontecidos em casa e/ou na UEI; relataram muito sobre como evitar o desperdício da água e como economizá-la. Impactos – as crianças passaram a monitorar os colegas, avisando às professoras quando alguém deixava uma torneira aberta ou quando enchiam demais o copo de água e não tomavam toda; - Depoimento de mãe: - Não aguento mais esse menino no meu pé prá eu não gastar muita água. O que vocês dizem tanto a esse menino? Atividade: Palestra alertando sobre as consequências do desperdício da água Objetivos – conscientizar a comunidade escolar sobre a importância da economia de água Imagem 51: Erialdo de Souza, diretor de Educação Ambiental fazendo palestra para as famílias e as crianças. (13/11/2013). Resultados: a palestra com Erialdo de Souza, diretor de Educação Ambiental e aconteceu no dia da família na escola, quando havia bastante pais presentes na UEI. As crianças da turma Infantil II também participaram da palestra e demonstraram o que havia aprendido durante a sequência didática sobre o tema. Impactos – Relato de mãe: -Se a gente economizar água, também estaremos
  • 35. 35 economizando dinheiro, porque a conta de água diminui. - Hoje a gente já tá sentindo as consequências, porque falta água direto aqui na comunidade. - Relato de criança: - Minha vó tava lavando a calçada e eu disse para ela não derramar água. Eu desliguei a torneira. Atividade: Sequência didática do São João e apresentações juninas Objetivos – estimular nas crianças hábitos de cuidado para com o meio ambiente; - valorizar as riquezas da nossa região por meio de danças e músicas; - alertar toda a comunidade presente no evento sobre a importância de preservar o meio ambiente. Imagem 52: Criança formando palavras com folhas de revistas, em 12/06/2013. Imagem 53: Criança fazendo colagem com retalhos de papel crepom, em 25/06/2013. Imagem 54: Criança confeccionando maquete junina com palitos reaproveitados e imagens retidas de livros, em 28/06/2013. Resultados – Todas as apresentações de danças foram de músicas que retratam a questão ambiental; - durante todo o evento foram dadas dicas de economia de recursos naturais como água e energia elétrica; - foi iniciado o Projeto Energia, desenvolvimento e sustentabilidade (Ver programação no anexo 5). Impactos – algumas mães já antecipavam que iam ouvir alguma dica de economia; - esperamos estar contribuindo para que no futuro, as pessoas tenham um compromisso maior com o meio ambiente.
  • 36. 36 Atividade: Passeio de trenzinho pelas ruas da cidade Objetivos – estimular as crianças a observarem a transformação da paisagem local no período das festas juninas. Resultados – alegria e entusiasmo das crianças ao verem a ornamentação e o parque de diversões que ainda estava montado. Impactos – vimos as crianças contando aos pais o que viram durante o passeio. Atividade: Sequência didática Natal Objetivos – Desenvolver os valores sociais, a sensibilidade e os sentimentos de solidariedade, amor ao próximo e amizade. Imagem 55: Momento do abraço com as crianças e... (02/12/2013) Imagem 56: ... com a professora Antonia Neci (05/12/2013). Imagem 57: Welliana confeccionando Guirlanda Natalina com material reaproveitável – Turma Infantil I A Matutino (02/12/2013) Imagem 58: Ruty escrevendo o nome JESUS no quadro – Infantil I A Matutino (06/12/2013).
  • 37. 37 Imagem 59: Mércia, Adeilson, Ruty e Rayane pousando para foto da Guirlanda Natalina. (03/12/2013) Imagem 60: Adeilson colando foto na Guirlanda Natalina. (05/12/2013) Imagem 61: Crianças assistindo filme com tema Natalino no salão. (09/12/2013) Imagem 62: Ensaio do coral com a música “Bem Vindo” do Filme Irmão Urso. (28/11/2013) Resultados – conhecimento sobre o verdadeiro sentido do Natal, entendendo que os sentimentos de amor, amizade e solidariedade devem estar sempre presentes no coração; a música “Bem Vindo” do Filme Irmão Urso foi a nossa recepção à equipe do Projeto Meu Melhor Natal da UERN. Impactos – Muitas vezes o preconceito entre crianças não por causa da cor, mas geralmente elas se afastam daquela que é mais suja ou tem ferimentos na pele. Porém, durante os ensaios do coral “Bem vindo”, conseguimos levar algumas crianças que tinham dificuldade para abraçar determinados colegas a fazerem isso. EVENTOS CULTURAL E/OU CIENTÍFICO Evento: O que é a páscoa? Objetivos – Compreender o significado da páscoa.
  • 38. 38 Imagem 63: Momento de oração. (28/03/2013) Resultados – Algumas crianças perderam a timidez de apresentar em público; - a maioria das crianças tem muita desenvoltura e gosta de fazer apresentações. Impactos – Apesar de trabalharmos sempre sobre o verdadeiro sentido da páscoa, as crianças ainda insistem que páscoa significa “Ovo de páscoa! Evento: Minha mãe, minha vida. Objetivos – comemorar o dia das mães, reforçando cada vez mais a importância e o valor da maternidade. Imagem 64: Turma Infantil II B, professora Joana, fazendo cartões para as mães (06/05/2013) Imagem 65: Turma Infantil I B, professora Luzia, realizado atividades para o dia das mães. Imagem 66: Momento de gravação de vídeo para o dia das mães da turma Maternal II B matutino, professoras Antonia Neci e Maria do Socorro. (09/05/2013). Imagem 67: Crianças assistindo aos vídeos feitos com elas para apresentar no dia das mães. (10/05/2013)
  • 39. 39 Imagem 68: Comemoração do dia das mães (12/05/2013) Imagem 69: Mães assistindo aos vídeos feitos pelas crianças. (12/05/2013) Imagem 70: Momento em que mães abraçam seus filhos. (12/05/2013) Resultados – Foi exibido em Datashow algumas atividades realizadas no dia-a-dia da sala de aula e vídeo especialmente feito com as crianças para homenagear as mães; - Apresentação de coral homenageando às mães; - percebemos que quando a professora pede segredo, a criança não em casa de forma alguma.
  • 40. 40 Impactos – lágrimas nos rostos das mães de emoção e prazer ao ver o filho apresentando em sua homenagem; - as mães solicitaram que reproduzíssemos o DVD apresentado para elas; - abraços, carinho entre mães e filhos e muita emoção. Evento: Arraiá Prá lá de bom da UEI Noeme Borges Objetivos – estimular nas crianças hábitos de cuidado para com o meio ambiente; - valorizar as riquezas da nossa região por meio de danças e músicas; - alertar toda a comunidade presente no evento sobre a importância de preservar o meio ambiente. Imagem 71: Crianças das turmas de Maternal II A Infantil I D e Maternal II B dançando para os familiares no Arraiá prá lá de bom da UEI Noeme Borges (05/072013) Resultados – Apresentação de todas as turmas par a comunidade escolar e geral de diferentes coreografias. Impactos – Algumas turmas que não estavam progredindo durante os ensaios, surpreenderam durante as apresentações; - A cada ano podemos contar com maior presença das comunidades escolar e geral que vem nos prestigiar no evento. Evento: Sarau de Leitura Objetivos – utilizar a linguagem oral, adequando-a a uma situação comunicativa formal; - ampliar o repertório de poesias conhecidas pelas turmas;
  • 41. 41 Imagem 72: Turma Maternal II A matutino, professoras Helena e Joana Dália, apresentando no Sarau de Leitura. (11/12/2013) Imagem 73: Turma Maternal II B matutino, professoras Antonia Neci e Maria do Socorro, apresentando no Sarau de Leitura. (11/12/2013) Imagem 74: Turma Infantil I A matutino, professora Márcia, apresentando a Música “João e Maria” no Sarau de Leitura. (09/10/2013) Imagem 75: Turma Infantil I B matutino, professora Luzia, apresentando no Sarau de Leitura. (09/10/2013) Imagem 76: Turmas Infantil Infantil II A (professora Ilenilde) matutino, apresentando no Sarau de Leitura. (09/10//2013) Imagem 77: Turma Maternal I C Vespertino, professoras Antonia Neci e Vera Neide, apresentando no Sarau de Leitura. (11/12/2013)
  • 42. 42 Imagem 78: Turma Maternal II C Vespertino, professora Lucicleide, apresentando no Sarau de Leitura. (11/12/2013) Imagem 79: Grazielen da turma Infantil I C Vespertino, professoras Luzia Cândido e Maria do Socorro, apresentando no Sarau de Leitura. (11/12/2013) Imagem 80: Turma Infantil I D Vespertino, professoras Valdécia e Aurilene, apresentando no Sarau de Leitura. (11/12/2013) Imagem 81: Turma Infantil II B Vespertino, professora Joana Dália, apresentando no Sarau de Leitura. (09/10/2013) Resultados – dramatização da música “João e Maria” de Chico Buarque; recitação da poesia “As borboletas” de Vinícius de Morais e recitação de poesia de Natal; dramatização da música “O vira” de Ney Matogrosso (Infantil IB); Recitação e dramatização da música “Uma estrela é uma criança” (Infantil I A e C); - dramatização da música “bate o sino” (Maternal I); - dramatização da música “Meu barco” (Maternal II B e C); - Apresentação dos significados dos símbolos natalinos e apresentação da poesia “O pato” de Vinícius de Morais (Infantil II B); -“Quem sou eu” – dramatização na culminância do projeto Identidade (Infantil I B e Infantil II A); - apresentação da poesia “Ciranda” de Cecília Meireles e dramatização da música “Então é Natal” com Simone (Infantil I D); Impactos – A alegria e satisfação das famílias com a desenvoltura dos seus filhos; - Elogios e comentários das mães porque as crianças se saíram muito bem no uso da linguagem oral ;- o encerramento do ano letivo foi mais atrativo para as famílias, que superlotaram o salão da UEI.
  • 43. 43 Evento: III Festival de Talentos Infantil para o Meio Ambiente Objetivos – proporcionar momentos de interação entre as crianças que farão a apresentação e público espectador; divulgar o trabalho em defesa do meio ambiente realizado na UEI; estimular a desinibição das crianças para apresentarem em grandes públicos. Imagem 82: Turma Maternal II B matutino, professora Antonia Neci e Maria do Socorro, apresentando no Teatro Municipal Dix Huit Rosado. (10/10/2013) Resultados – apresentação da dança “Na sombra do Juazeiro”. Impactos – as crianças de 3 anos de idade surpreenderam pela desenvoltura e desinibição na hora apresentação. O público e, principalmente as famílias, ficaram maravilhadas com a Evento: Mostra de Projetos Científicos e Culturais. Objetivos – Conhecer equipamentos nos proporcionar utilizar energia elétrica e também conhecer a importância desta no nosso dia-a-dia; - Entender que os ventos é uma fonte limpa e inesgotável de energia elétrica. Imagem 83: Turma Infantil II A Matutino, professora Ilenide, na Mostra de Projetos Científicos. (27/11/2013) Imagem 84: Turma Infantil II B Vespetino, professora Joana Dália, na Mostra de Projetos Científicos. (28/11/2013) Resultados – 20 crianças das turmas Infantil II A e B fizeram demonstrações do que aprenderam durante o desenvolvimento do projeto na UEI com desenvoltura e disposição, explicando passo a passo como acontece a transmissão da energia dos aerogeradores até as residências. Impactos – quando chegavam os visitantes, as crianças corriam para explicar o trabalho delas, mostrando interesse e muita aprendizagem.
  • 44. 44 Evento: Brincando eu aprendo Objetivos – Diversificar as atividades na semana que homenageia as crianças. Imagem 85: Turma Maternal II C, professora Lucicleide, praticando o Projeto Jogos prá que te quero. (07/10/2013) Imagem 86: Turma Maternal II B, professoras Antonia Neci e Vera Neide, fazendo em dia de brincadeiras . (07/10/2013) Imagem 87: Turma Maternal II A, professoras Helena e Joana Dália, fazendo em dia de brincadeiras . (07/10/2013) Imagem 88: Turmas de pré-escola, no “Cinema” com pipoca (08/10/2013) Imagem 89: Crianças fazendo concurso de dança. (09/10/2013)
  • 45. 45 Imagem 90: Dramatização da música “uma estrela é uma criança” pela turma Infantil I B matutino, professora Luzia. (09/10/2013) Imagem 91: Professora Maria do Socorro e Aurilene (estagiária) com Adson e Arthur, crianças público alvo da Educação Especial no Teatro Dix Huit Rosado. (10/10/2013) Imagem 92: Crianças e professoras do turno vespertino participando como expectadoras no Festival de Talentos da Infância. (10/10/2013) Imagem 93: Professora Vera Neide brincando com crianças. (11/10/2013) Imagem 94: Madson e Jeseías brincando de Dança com Bola. (11/10/2013) Imagem 95: Grupo Mulheres em Ação participando da nossa programação. (11/10/2013)
  • 46. 46 Imagem 96: Grupo Mulheres em Ação participando da nossa programação com pinturas no rosto das crianças . (11/10/2013) Imagem 97: João Victor exibindo a sua pintura . (11/10/2013) Imagem 98: Distribuição de algodão doce. (11/10/2013) Imagem 99: Adson e Kaio fotografando com personagens. (11/10/2013) Resultados – Todas as turmas fizeram apresentações de danças, músicas e jogos para as demais turmas: Maternal I – Jogo de boliche; Maternal II A – apresentação da dança “Na sombra do juazeiro; Infantil I A e C – recitação e dramatização da música “uma estrela é uma criança”; Infantil I B – dramatização da música “João e Maria”; Maternal II B e C – brincadeiras com bambolê (identificação dentro e fora) ; – Jogo de arremesso ; Infantil I C - ; Infantil I D – recitação da poesia “Ciranda” ; Infantil II B – recitação da poesia “O pato” - Nosso parceiro “Grupo Mulheres em Ação” também deu a sua colaboração, presenteando as crianças com um dia inteiro de brincadeiras e muita animação; - Dia do cinema com animações, desenhos infantis e pipoca; - Apresentação e participação como espectadores no Festival de talentos infantis. Impactos – Muita alegria e satisfação das crianças, pois elas gostam muito de apresentar, de mostrar o que sabem aos outros enfim, de fazer atividades diversificadas e diferenciadas. Evento: Meu melhor Natal Objetivos – fazer encerramento do Sarau de leitura; mostrar às famílias um pouco do que as crianças são capazes; receber nossa grande parceira UERN com gratidão pela sua colaboração no Natal das crianças; estimular o gosto das crianças pelas apresentações e falar em público.
  • 47. 47 Imagem 100: Famílias no comando. (10/12/2013) Imagem 101: Grupo de dança trazido pelas famílias para homenagear a equipe da UEI. (10/12/2013) Imagem 102: Fusquinha do Amor trazido pelas famílias para homenagear a equipe da UEI. (10/12/2013) Imagem 103: Mãe agradecendo a equipe da UEI, pelo comprometimento e respeito com as crianças. (10/12/2013) Imagem 104: Agradecimento das famílias. (10/12/2013)
  • 48. 48 Imagem 105: Mãe agradecendo a equipe da UEI, diante das famílias presentes para o encerramento do ano. (11/12/2013) Imagem 106: Turma Maternal II B matutino apresentando no encerramento do ano letivo. (11/12/2013) Imagem 107: Felipe, João Victor e Ana Beatriz, apresentando poesia de natal no encerramento do ano letivo. (11/12/2013) Imagem 108: Turma Infantil I B matutino apresentando encenação do nascimento de Jesus no encerramento do ano letivo. (11/12/2013) Imagem 109: Apresentação do coral “Pour Porri de Natal” no encerramento do ano letivo. (11/12/2013) Imagem 110: Orgulho das mães fotografando a apresentação dos filhos. (11/12/2013)
  • 49. 49 Imagem 111: Mães posando com a equipe Noeme Borges. (11/12/2013) Imagem 112: Coral “Bem vindos” para recepcionar a equipe da UERN. (12/12/2013) Imagem 113: Crianças assistindo ao Teatro de Fantoches “Noelito e Natali” trazido pela UERN. (12/12/2013) Imagem 114: Equipe da UERN fazendo a entrega do presente ao vencedor do Concurso “Meu melhor desenho”.(12/12/2013) Imagem 115: Distribuição de presentes pela equipe da UERN. (12/12/2013) Resultados – no dia 11 cada turma fez uma apresentação individual para as famílias, nos dois turnos, e em seguida, todos juntos apresentaram um pour porri de Natal em coral paralelo à dramatização do nascimento de Jesus; no dia 12, todas as crianças foram reunidas em um só turno para cantar em coral a música “Bem Vindo” para receber a UERN, que todos os anos nos trás presentes de natal para as crianças. Ao terminar o coral as crianças assistiram à apresentação teatral de
  • 50. 50 fantoches trazidas pela UERN, com histórias natalinas. A apresentação teatral também mostrou às crianças quem é a Universidade e como ela faz para trazer presentes. Foi entregue o presente à criança ganhado do Concurso “Meu melhor desenho”. Por fim, foram distribuídos presentes para as crianças. Impactos – Nossa programação era para os dias 11 e 12, porém no dia 10/12 tivemos uma grande surpresa: um grupo de mães chegou à UEI, reuniu toda a equipe e fez uma grande homenagem em agradecimento pelo nosso trabalho. Reuniram todos no salão, brincaram com as crianças: - Hoje é o nosso dia de ficar com as crianças e vocês ficarem de folga” – disse uma mãe.; trouxeram um grupo de meninas para apresentarem a dança da música “Meu Barquinho” e, por fim, uma grande surpresa: o fusquinha do amor entrou no quintal da UEI e fez uma linda homenagem a todas a equipe. – Gostaria de agradecer a vocês por cuidar dos filhos da gente com tanto amor e carinho... nada do que eu disse aqui nem nenhum dinheiro do mundo paga o que vocês faz pelos nossos filhos”... palavras de uma mãe no fusquinha do amor. Houve muita emoção. Ficamos maravilhados e surpresos, pois não esperávamos uma homenagem tão bonita e sincera. ATIVIDADES REALIZADAS EM AMBIENTES EDUCATIVOS Atividade: Manifesto “Diga não a Dengue” na Praça do Luizão, Conjunto Nova Vida. Objetivos – Levar as atividades realizadas durante o projeto como produto final, para conhecimento da comunidade geral; mobilizar toda a comunidade para prevenção do mosquito da dengue. Imagem 116: Manifesto “Diga não a Dengue” na Praça do Luizão, Conjunto Nova Vida. (28/02/2013) Resultados – A praça do Luizão teve sua calçada tomada de crianças, suas famílias, professores e funcionários da UEI, alertando os passantes do perigo de epidemia de dengue no bairro. Impactos – pessoa da comunidade: precisava daquela movimentação todinha por causa de um mosquito?! - as pessoas paravam e perguntavam o que estava acontecendo; - pessoas em ônibus botavam a cabeça para fora e liam o que diziam os cartazes. Evento: Apresentação no III Festival de Talentos da Infância, no Teatro Municipal
  • 51. 51 Dix Huit Rosado. Objetivos – oportunizar as crianças e as famílias o acesso a ambientes culturais, estimulando o gosto por esse tipo de atividade. Resultados – apresentação da dança “Na sombra do Juazeiro”. Impactos – as criança de 3 anos de idade surpreenderam pela desenvoltura e desinibição na hora apresentação. O público e, principalmente as famílias, ficaram maravilhadas com a capacidade das crianças. Evento: Presença no Teatro Dix Huit Rosado para assistir a apresentações de outras UEIs no III Festival de Talentos da Infância Objetivos – oportunizar as crianças o acesso a ambientes culturais, estimulando o gosto por esse tipo de atividade. Imagem 117: Turmas do turno vespertino assistindo ao espetáculo Festival de Talentos da Infância. (10/10/2013) Resultados – Participação das turmas Infantil II A Infantil I A, C e D e Infantil II A e B. Impactos – Leitura de mundo que as crianças fazem ao entrar em um ambiente novo para elas; - as crianças ficam sentadinhas assistindo aos espetáculos no palco, início de formação de público teatral. Evento: Exposição de projeto na Mostra de Projetos Científicos e Culturais, na Praça de eventos. Objetivos – oportunizar as crianças e as famílias o acesso a ambientes culturais, estimulando o gosto por esse tipo de atividade. Imagem 118: Crianças cantando o Hino Nacional junto à Banda Municipal Arthur Paraguai culturais na Praça de Eventos.
  • 52. 52 Resultados – As crianças tiveram a oportunidade de levar o que aprenderam à exposição, quando obtiveram grande sucesso, além de terem visitado outros stands e presenciado apresentações culturais de outras escolas e UEIs. Impactos – crianças acompanharam a execução do Hino Nacional. Evento: Passeio de trenzinho pelas ruas da cidade. Objetivos – estimular as crianças a observarem a transformação da paisagem local no período das festas juninas. Resultados – Mostramos que nessa época do ano, a paisagem artificial muda, mas que também há um consumo maior de energia elétrica devido à ornamentação. Impactos – Observação do que havia nas ruas, como balões e bandeirinhas. Evento: Aula de campo para conhecer um pé de juazeiro. Objetivos – Conhecer a planta Juazeiro, sentar e brincar à sombra dela; - Conhecer o juá; - Assimilar melhor o que diz a música de Elino Julião; - Perceber a árvore como parte importante para preservação do meio ambiente. Resultados – As crianças puderam brincar ao ar livre e conhecer na prática um pé de juazeiro que tanto escutaram falar na música “Na sombra do Juazeiro”; ensaiaram a coreografia a ser apresentada posteriormente no Festival de talentos da infância. Impactos – se para as crianças foi uma grande surpresa conhecer tamanha árvores, nós professoras não ficamos para trás, pois quando vimos a árvore percebemos que também não conhecíamos, hoje nós sabemos identificar um pé de juazeiro. Imagem 119: Aula de Campo para conhecer um Pé de Juazeiro (21/09/2013)
  • 53. 53 a.3. Garante a atualização e validação do Projeto Político Pedagógico anualmente, com a participação de todos os segmentos da comunidade escolar. Critério: O PPP foi atualizado e validado com a participação de representantes dos segmentos da comunidade escolar, com resultados positivos e inovadores (Pontuação 5) O processo de atualização do Projeto Político Pedagógico da UEI, se deu dois momentos específicos (ver PPP no anexo 6). Houve também uma reunião com o Conselho Escolar para fazer apreciação e avaliação das atualizações efetivadas e, por fim, homologar o PPP. As ações deste parâmetro estão comprovadas em atas pedagógicas no anexo 7 e em Atas de reunião do Conselho Escolar no anexo 8. Os resultados positivos e inovadores podem ser comprovados a partir da melhoria dos índices alcançados na taxa de evasão e rendimento. Imagem 120: Reunião para avaliação e atualização do PPP (19/12/2013)
  • 54. 54 b) Gestão de pessoas: abrange processos e práticas de gestão dos profissionais da educação: Estabelece como foco o envolvimento e o compromisso das pessoas (professores e demais profissionais, pais e alunos) com o projeto pedagógico d escola e as inovações na gestão. PARÂMETRO CRITÉRIO MARQUE APENAS UMA ALTERNATIVA # Promove o desenvolvimento profissional em relação aos conhecimentos, habilidades e atitudes, através de ações de formação continuada com base nas necessidades identificadas. 1. Não houve ações de formação continuada. 2. Houve apenas uma ação de formação continuada com base nas necessidades, envolvendo 50% dos profissionais da escola. 3. Houve apenas cinco ações de formação continuada com base nas necessidades, envolvendo 50% dos profissionais da escola. 4. Houve mais de cinco e menos de dez ações de formação continuada com base nas necessidades, envolvendo mais de 50% dos profissionais da escola. 5. Houve mais de dez ações de formação continuada com base nas necessidades, envolvendo 100% dos profissionais da escola. x # Adota práticas avaliativas do desempenho dos professores e dos demais profissionais, ao longo do ano letivo. 1. Não foi realizada nenhuma prática avaliativa do desempenho dos profissionais. 2. Foram realizadas práticas avaliativas somente dos professores. 3. Foram realizadas práticas avaliativas o desempenho dos profissionais da educação pela equipe gestora. 4. Foram realizadas práticas avaliativas de desempenho dos profissionais da educação pelo Conselho Escolar 1 vez por ano. 5. Foram realizadas práticas avaliativas de desempenho dos profissionais da educação pelo Conselho Escolar 1 vez por semestre. x # Promove práticas de valorização e reconhecimento do trabalho e esforço dos professores e demais profissionais da escola no sentido e reforçar ações voltadas para melhoria da qualidade do ensino. 1. Não promove ações. 2. Promove ações pontuais sem planejamento. 3. Promove ações com base em diagnóstico e planejamento. 4. Promove ações, monitora e avalia os resultados. 5. Promove ações proativas e tem resultados positivos. x TOTAL DE PONTOS:
  • 55. 55 b.1. Promove o desenvolvimento profissional em relação aos conhecimentos, habilidades e atitudes, através de ações de formação continuada com base nas necessidades identificadas. Critério: Houve mais de dez ações de formação continuada com base nas necessidades, envolvendo 100% dos profissionais da escola (pontuação 5) Durante avaliações que são constantemente realizadas na UEI, observamos a necessidades de promover estudos, pensando no crescimento e desenvolvimento profissional da nossa equipe. Construímos planos de formação com base nessas necessidades, (ver planos e relatórios das formações no anexo 09) e promovemos 4 (quatro) estudos nas reuniões de extrarregência para professores, contemplando temas diferentes ver atas dos estudos no anexo 04 e 1 (um) estudo destinado às ASGs (vê imagem 135). As formações oferecidas pela UEI Noeme Borges não delimitou-se apenas à sua equipe, mas transcendeu os muros da UEI. Convidamos as UEIS Teresinha Fernandes, Maria Caldas e Conceição Vidal para participar desse momento conosco, além de levarmos (Márcia Núbia e Leilimar Bezerra) a Oficina para as UEIs Elineide Carvalho e Maria Salem. Contamos ainda com a parceria do Grupo Mulheres em Ação com a formação “Orientações para o combate ao abuso e a exploração sexual contra crianças e adolescentes”. Extrarregências para estudos oferecidos pela UEI. Imagem 121: “Orientações para o combate ao abuso e a exploração sexual contra crianças e adolescentes”, com o Grupo Mulheres em Ação e Equipe Noeme Borges.
  • 56. 56 Estudo sobre Avaliação - Escrita Profissional: a importância dos registros feitos pelos professores, com as UEIs Teresinha Fernandes e Conceição Vidal Imagem 122: Momento de exposição do material. Imagem 123: Divisão dos grupos para estudo do material exposto. Imagem 124: Momento de socialização do trabalho em grupos. Oficina de Brincadeiras Cantadas junto às UEIs Maria Caldas e Conceição Vidal Imagem 125: Desenhando a letra da música. Imagem 126: Brincando de “Vai e vém”
  • 57. 57 Imagem 127: Competição usando movimentos de pinça. Imagem 128: Professoras brincando e cantando a música Sopa (Palavra Cantada) Imagem 128: Professoras participando do Momento teórico da oficina Brincadeiras cantadas. Oficina Construindo, brincando e aprendendo: a importância da estimulação psicomotora na Educação Infantil (Oficina Inclusão Escolar) Imagem 129: Preparativos para Oficina. Imagem 130: Momento teórico.
  • 58. 58 Imagem 131: Orientações de manejo de material. (14/10/2013) Imagem 132: Momento prático. (14/10/2013) Imagem 133: Exposição do material confeccionado. (14/10/2013)
  • 59. 59 Imagem 134: Demonstração de uso. (15/10/2013) Imagem 135: Formação na UEI sobre a importância do uso dos EPIs com a Técnica de Segurança no Trabalho Klébia Lucena. (29/05/2013)
  • 60. 60 Imagem 136: Joana Dália e Antonia Ilenilde participando da Formação do Sistema Aprende Brasil. (23/09/2013). Imagem 137: As professoras Márcia Núbia, Luzia Cândido e Maria do Socorro apresentando experiência realizada a partir do projeto trilhas no encontro Educadores da Infância: entre os saberes e os afetos. Faculdade de Medicina, março/2013 A equipe de profissionais desta UEI também atua nos conselhos escolar e do caixa escolar e de comissões (ver atas de eleição e formação dos conselhos no anexo 10). Houve também produção de trabalhos científicos. Durante todo o ano, as professoras participaram de diversos cursos e eventos científicos e culturais externos à UEI, obtendo certificação, na busca de melhorar as suas práticas no dia a dia e de obter maior conhecimento para desenvolver suas habilidades e atitudes. Os estudos, cursos e eventos internos e externos no ano de 2013 envolveram 100% dos profissionais atuantes na UEI. (Cópias dos certificados e declarações seguem no anexo 11). As professoras Márcia Núbia da Silva Oliveira, Maria do Socorro Pereira, Luzia Cândido, Helena Freire, Antonia Neci, Joana Dalia, Vera Neide, Lucicleide Fernandes, Leilimar Bezerra, Teresa Magalhães, Maria Goureth Lima e Antonia Ilenilde Silva, participaram da Palestra compreendendo o espaço público e desenvolvimento uma docência de qualidade (Abertura do ano Letivo/não houve emissão de certificado). As professoras Márcia Núbia da Silva Oliveira, Luzia Faustino, Maria do Socorro Pereira, Helena Freire, Antonia Neci, Joana Dalia, Leilimar Bezerra, Teresa Magalhães, Maria Goureth Lima e Antonia Ilenilde Silva, participaram da Palestra Políticas Públicas para a Educação Infantil (Abertura do ano Letivo/não houve emissão de certificado). Teresa Magalhães e Márcia Núbia participaram da palestra Gestão no século XXI: e agora José, o gato subiu no telhado (Abertura do ano Letivo/não
  • 61. 61 houve emissão de certificado). As professoras Antonia Neci Bezerra, Maria do Socorro Pereira, Leilimar Bezerra de Medeiros e Márcia Núbia da Silva Oliveira participaram da Oficina “Fazendo Arte para cuidar da vida” e ainda não foi emitido o certificado. As professoras Antonia Ilenilde Silva dos Santos, Joana Dália Leocádio da Silva, Márcia Núbia da Silva Oliveira e Leilimar Bezerra de Medeiros participaram das formações do Sistema Aprende Brasil (certificado não emitido). As professoras Antonia Ilenilde, Márcia Núbia, Maria Luzia Cândido, Maria do Socorro, Valdécia Rodrigues e Lelimar Bezerra, Aurilene (Estagiária) participaram dos Encontros “Educadores da Infância: entre os Saberes e os Afetos” organizados pela equipe do Setor de Educação Infantil e ainda não receberam certificados. A Professora Leilimar Bezerra e a diretora Teresa Magalhães participaram da comemoração dos 10 anos por uma educação inclusiva na rede municipal, realizada pelo setor de educação especial da SMED no ginásio da Escola Municipal Raimundo Fernandes no dia 07 de dezembro de 2013. (Não houve emissão de certificado). b.2.Adota práticas avaliativas do desempenho do professor e dos demais profissionais, ao longo do ano letivo. Critério: Foram realizadas práticas avaliativas de desempenho dos profissionais da educação pelo Conselho Escolar 1 vez por semestre (Pontuação 5). Em 2013 não tínhamos uma comissão de autoavaliação instituída, mas fazíamos a auto avaliação em dois momentos específicos: a realização do diagnóstico durante o preenchimento do PDDE interativo (anexo 12) e no preenchimento do consolidado do dossiê para o Prêmio Escola de Qualidade. Para avaliar o desempenho da equipe, traçamos como objetivos contribuir para melhores resultados na prática educativa, o funcionamento normal da UEI e auxiliar no planejamento dos objetivos de trabalho cada um individualmente. Para tanto, de acordo com o perfil dos profissionais traçado no PPP e considerando o que esperamos da cada categoria, elaboramos instrumentos para avaliação do desempenho que acontece ao final de cada semestre, ou seja 2 vezes por ano.
  • 62. 62 Todos os profissionais da Unidade também são avaliados diariamente mediante visita da supervisão pedagógica às salas de atividades; observação por parte da direção das práticas pedagógicas da supervisora, da professora do AEE e das professoras e do pessoal de apoio; controle da merenda escolar e da higiene física da UEI. Ver amostra instrumentos de avaliação Docente no anexo 13, do Pessoal de Apoio no anexo 14 e da Equipe Gestora no anexo 15. Ver também Atas de reunião para fins de avaliação nas extrarregência (anexo 4) e reuniões do Conselho Escolar no anexo 8. b.3. Promove práticas de valorização e reconhecimento do trabalho e esforço dos professores e demais profissionais da escola no sentido de reforçar as ações voltadas para melhoria da qualidade do ensino. Critério: Promove ações proativas e tem resultados positivos (Pontuação 5). A Gestão está sempre preocupada com a satisfação dos professores e funcionários, por isso avalia, reconhece e dá mérito a toda a equipe da UEI (ver comprovação deste parâmetro nas fotos abaixo e cópias de certificados no anexo 16) Escutamos a equipe e tomamos decisões conjuntas respeitando o posicionamento individual e considerando a vontade da maioria. Nesse sentido, ao recebermos o Prêmio Escola de Qualidade do ano de 2012, reunimos a equipe para decidir o que fazermos com o valor recebido (ver instrumento no anexo 17). A maioria decidiu comprar um aparelho Datashow, tela para projeção, pen drive, câmera fotográfica com carregador e pilhas utilizando 50% do dinheiro e com os outros 50% ficou decidido fazermos uma viagem para nos confraternizarmos no dia do funcionário público.
  • 63. 63 Imagem 138: Certificação da equipe Noeme Borges pela equipe Gestora. Imagem 139: Homenagens com Banner no Teatro Municipal durante o evento “Um olhar uma escuta a você Educador” em homenagem ao Dia do Professor. Imagem 140: Momento de diálogo e agradecimentos à equipe pelos trabalhos realizados. Imagem 141: Professoras presenteando Diretora pelo seu aniversário.
  • 64. 64 Imagem 142: Mais professoras presenteando Diretora pelo seu aniversário. Imagem 143: Supervisora presenteando equipe de apoio em agradecimentos aos serviços prestados. Imagem 144: Supervisora presenteando professoras em agradecimento aos trabalhos realizados. Imagem 145: Almoço em comemoração ao dia do Professor e Funcionário Público oferecido pela Diretora Teresa. Imagem 146: Comemoração do Dia do Diretor
  • 65. 65 Passeios realizados em reconhecimento do trabalho e esforço dos professores e demais profissionais da UEI DIA DO FUNCIONÁRIO PÚBLICO Imagem 147: Em Beberibe-CE Imagem 148: Mirante das Gamboas/Aracati- CE Imagem 149: Em Canoa Quebrada-CE
  • 66. 66 CONFRATERNIZAÇÃO NATALINA Imagem 150: Equipe da UEI Noeme Borges, em Martins-RN. Dezembro/2013. As famílias também reconhecem o esforço e dedicação dos professores e em parceria com a equipe gestora da UEI Noeme Borges fizeram homenagens a toda a equipe.
  • 67. 67 Imagem 151: Famílias fazem aniversário surpresa de professora Maria do Socorro. Imagem 152: Famílias fazem surpresa para o dia do professor com mensagem de agradecimentos à Professora Joana Dália. Imagem 153: Famílias assumem o comando, homenageia equipe e anima as crianças.
  • 68. 68 Imagem 154: Famílias presenteiam a equipe Noeme Borges. Imagem 155: Famílias trazem Fusquinha do Amor para agradecer à equipe Noeme Borges. As ações da gestão são proativas e têm resultados positivos, uma vez que planejamos ações coletivamente, monitoramos e avaliamos constantemente nossas ações, podemos observar a melhoria nas taxas de evasão e rendimento, bem como, os vários elogios em reconhecimento aos trabalhos realizados na UEI em sua totalidade. São depoimentos das famílias, da comunidade e de pessoas de outros bairros que buscam vagas para matricular as crianças. Imagem 156: Orgulho da equipe Noeme Borges dos turnos matutino e vespertino em divulgar para as famílias o selo do Prêmio Escola de Qualidade no Dia da Família na Escola (13/11/2013).
  • 69. 69 c) Planejamento e Gestão: abrange processos e práticas de gestão dos serviços de apoio, recursos físicos e financeiros. Estabelecer como foco os processos e práticas eficientes e eficazes de gestão dos serviços de apoio, recursos físicos e financeiros. PARÂMETRO CRITÉRIO MARQUE APENAS UMA ALTERNATIVA #Realiza de forma sistemática, coletiva e cooperativa o planejamento dos serviços e das atividades escolares oferecidas. 1. Não planeja. 2.Planeja sem participação da comunidade escolar. 3. Planeja com os professores, supervisores e demais profissionais da escola. 4. Planeja coletivamente, monitora e avalia. 5. Planeja efetivamente, monitora e avalia com toda a equipe escolar. x # Zela pela transparência da gestão, utilizando os canais de comunicação da escola para divulgar informações de prestação de contas dos recursos, dos resultados obtidos pela escola e das estratégias utilizadas na resolução de problemas. 1. Não zela pela transparência da gestão. 2. Divulga os resultados e publica prestação de contas 1 vez ao ano. 3. Divulga os resultados e publica prestação de contas semestralmente nos murais da escola 4. Divulga os resultados e publica prestação de contas da escola mensalmente em vários canais. 5. Divulga os resultados e publica prestação de contas na escola mensalmente, avaliando os impactos. x # Desenvolve projetos nas áreas de saúde, esporte, assistência social e/ou cultura, ampliando as atividades internas e externas da escola, firmando parecerias externas a comunidade escolar. 1. Não desenvolve projetos. 2. Desenvolve projetos apenas na área da saúde. 3. Desenvolve projetos em mais de duas áreas, sem parcerias. 4. Desenvolve projetos internos nas diversas áreas, com parcerias. 5. Desenvolve projetos internos e externos nas diversas áreas, com várias parcerias. x # Aplica os recursos conforme plano de aplicação construído coletivamente, dando prioridade as necessidades. 1. Não constrói Plano de Aplicação. 2. Constrói Plano de Aplicação sem consultarConselho e sem respeitar as prioridades. 3. Constrói Plano de Aplicação com consulta aoConselho e sem respeitar as prioridades 4. Constrói Plano de Aplicação com consulta aoConselho e aplica recursos respeitando as prioridades. 5. Constrói Plano de Aplicação com consulta aoConselho, aplica os recursos respeitando as prioridades e amplia com parcerias. x TOTAL DE PONTOS:
  • 70. 70 c.1. Realiza de forma sistemática, coletiva e cooperativa o planejamento dos serviços e das atividades escolares oferecidas. Critério: Planeja efetivamente, monitora e avalia com toda a equipe escolar (Pontuação 5) A equipe gestora dispõe do seu Plano Individual de Trabalho, onde são traçadas metas mensais e anuais (Ver plano da gestão no anexo 18 e amostra do Plano da Supervisão no anexo 19 e atas administrativas no anexo 04). As professoras dispõem de caderno de planejamento diário, (amostras constantes no anexo 20) para desenvolver atividades com as crianças. Os projetos, sequências didáticas, eventos entre outras ações são planejados coletivamente em reuniões de extrarregência ou construídos individualmente pelas professoras e socializados nestas reuniões conforme Atas no anexo 4 deste documento. O Mapa Educacional (anexo 21) e os cronogramas e agenda permanentes da UEI (anexo 26), são construídos coletivamente por toda a equipe da UEI. O monitoramento do Mapa Educacional é realizado constantemente por meio de mural exposto na parede da Secretaria, no qual consta a situação de cada atividade planejada para o ano e por meio de reuniões de extrarregência (ver ata no anexo 04) As ações pedagógicas foram monitoradas pela supervisora e pelas professores por meio de instrumentos que facilitam o acompanhamento das atividades. Esses instrumentos foram criados pela supervisora que, no início do ano distribuiu com todas as professoras para que elas pudessem monitorar suas ações, preenchendo os campos solicitados de acordo com as atividades realizadas. O monitoramento aconteceu desde o início do ano quando as professoras fizeram o relatório inicial da turma; duas semanas depois fizeram anotações dos resultados da sondagem do sistema de leitura e escrita das crianças e, a cada evento, projeto e relatórios, atividade de tema transversal e relatórios, atividade em ambientes educativos e assim consequentemente até chegar ao relatório final da turma no final do ano letivo. (Ver comprovação no anexo 22). As professoras avaliam as crianças a cada atividade fazendo anotações diárias sobre o desenvolvimento e da aprendizagem e ao final de cada semestre fazem um relatório individual de cada criança que é entregue às famílias em reuniões por sala. (ver amostras de relatórios no anexo 23 e atas de reuniões com
  • 71. 71 as famílias no anexo 24) A autoavaliação foi realizada duas vezes no ano de 2013: a 1ª avaliação foi realizada foi a autoavaliação do Dossiê do Prêmio Escola de qualidade no dia 03/06/2013. e a 2ª foi a avaliação do PDE Interativo que aconteceu no dia 29/06/2013. Para construir o PDE Interativo otimizamos o máximo possível o tempo pedagógico, editamos os questionários contidos no programa e o entregamos a cada profissional para que respondessem e, com base nas respostas obtidas, a comissão fez uma média e lançou as respostas diretamente no programa. No ano de 2013, o PDE Interativo não solicitou o Plano de Ação, apenas a autoavaliação. (Ver PDE Interativo nos anexos 12). Imagem 157: Equipe reunida em extrarregência. (dias 03/06 e 09/06/2013 respectivamente) Imagem 158: Monitoramento das ações planejadas no Mapa Educacional e no PPP.
  • 72. 72 c.2. Zela pela transparência da gestão, utilizando os canais de comunicação da escola para divulgar informações de prestação de contas dos recursos, dos resultados obtidos pela escola e das estratégias utilizadas na resolução de problema. Critério: Divulga os resultados e publica prestação de contas na escola mensalmente, avaliando os impactos (pontuação 5). A prestação de contas dos recursos utilizados foi apresentada em reunião com as famílias e com o Conselho Escolar (ver atas no anexo 09). Não prestamos contas mensalmente por não recebermos recursos mensais, por isso, marcamos a pontuação 5. As notas fiscais e valores recebidos ficaram expostos no mural da Unidade (ver sistematização da prestação de contas no anexo 25). Os impactos são avaliados no dia-a-dia proporcionando o conhecimento de como são adquiridos serviços e produtos à equipe escolar, às famílias e à comunidade geral e no redirecionamento do planejamento de acordo com as prioridades. Imagem 159: Reunião com Conselho Escolar. (18/10/2013) Realizamos no ano de 2013 a 3ª eleição do Caixa Escolar para garantir a transparência da gestão e a 2ª eleição do Conselho Escolar para garantir a gestão participativa. O processo eleitoral dos 2 conselhos seguiu o que manda o Estatuto conforme imagens abaixo e documentos no anexo 10).
  • 73. 73 Imagem 160: Reunião para eleição do Caixa Escolar. Imagem 161: Famílias assistindo o vídeo a importância da participação da família para gestão democrática - Seminário preparatório do Conselho Escolar. (13/11/2013) Imagem 162: Conselheiros Juvino e Gessiany expondo sobre a importância da participação das famílias na escola - Seminário preparatório do Conselho Escolar. (13/11/2013) Imagem 163: Fotos dos candidatos ao Conselho Escolar. (02/12/2013) Imagem 164: Maeli, mãe de criança votando para Conselho Escolar no “Dia D”. (03/12/2013)
  • 74. 74 c.3. Desenvolve projetos nas áreas de saúde, esporte e assistência social e/ou cultura, ampliando as atividades interna e externa da escola, firmando parcerias externas a comunidade escolar. Critério: Desenvolve projetos internos externos nas diversas áreas, com várias parcerias. (Pontuação 5) No ano de 2013, podemos contar com a parceria da Borracharia Boa Viagem, que nos cedeu pneus para realização de atividades lúdicas com as crianças; da CRIARE Móveis Planejados, para transporte dos pneus e de tela de projeção do Datashow; da professora Luzia Cândido que doou uma árvore de madeirite para cenário no Festival de Talentos da infância e que tem muitas utilidades. Essas ações nos fez economizar recursos próprios. Com a Técnica de Segurança no Trabalho Klébia Lucena; a Diretoria de Meio Ambiente, por meio da pessoa de Erialdo Souza com palestra sobre desperdício de água no Dia da Família na Escola. Imagem 165: Crianças brincando com pneus doados pela Borracharia Boa Viagem (18/11/2013) . Imagem 166: Árvore doada pela professora Luzia Cândido (14/10/2013). Imagem 167: Klébia Lucena fazendo formação com as ASGs Maria de Fátima e Antonia Aurita, Diretora Teresa, vice-diretora Cíntia e Leilimar. (27/05/2013) Imagem 168: Erialdo de Souza em Palestra com famílias e crianças. (13/11/2013)
  • 75. 75 Foram firmadas parcerias na área de assistência social: com a UERN, que todos os anos presenteiam as crianças no Natal; com o PDA Margarida Alves e Visão Mundial, por meio do grupo Mulheres em Ação, quando foram desenvolvidas várias atividades dentro do Projeto Baú de leitura que tem como objetivo alertar as crianças sobre agressões e abuso sexual, e formação para a equipe Noeme Borges sobre agressão e exploração sexual infanto-juvenil e o Projeto Aflatoun que tem como objetivo educar as crianças para a economia financeira. O Grupo Mulheres em Ação também esteve presente na Semana da Criança nos presenteando com muitas brincadeiras e diversão. Tivemos a presença da Rede Globo para fazer matéria com uma criança atendida pelo Grupo Mulheres em Ação. A matéria foi exibida no Programa Ação. Parceiros em assistência social 2013. Imagem 169: UERN no encerramento do ano letivo. (12/12/2013) Imagem 170: Grupo Mulheres em Ação com a Rede Globo de Televisão. (26/09/2013) Imagem 171: Grupo Mulheres em ação com o Projeto Aflatoun. (31/10/2013)
  • 76. 76 Imagem 172: Grupo Mulheres em Ação em atividades diversificadas. (dias 10/10, 12/06 e 01/04/2013 respectivamente) Na área da saúde: com o Programa de Saúde na Família (PSF) por meio da Unidade Básica de Saúde Bernadete Bezerra (Liberdade II), com orientação sobre escovação dos dentes, aplicação tópica de flúor (todos os anos o trabalho dessa equipe é interrompido antes de ser concluído); palestra com estagiárias do Curso de Enfermagem da UERN sobre a saúde da mulher que aconteceu no Dia da Família na Escola; com o FNDE, PMM, SMED com oferta diária durante 200 dias letivos de merenda escolar de qualidade. Parceiros saúde 2013: Imagem 173: Unidade Básica de Saúde Bernadete Bezerra realizando acompanhamento de peso e altura das crianças. Imagem 174: estagiárias do Curso de Enfermagem da UERN em Palestra sobre a Saúde da Mulher. Na área cultural, contamos com o Programa Biblioteca para Todos com revistas e livros que recebemos do FNDE; com a PMM, por meio do PROMEM, quando recebemos o cheque livro para aumento do acervo bibliográfico da UEI e a aquisição de livros para os professores; em 2013 recebemos doações de livros da professora Leilimar Bezerra; e com as famílias para a realização de atividades culturais como, por exemplo, as Festas Juninas e o Sarau de Leitura.
  • 77. 77 4. Aplica os recursos conforme plano de aplicação construído coletivamente, dando prioridade às necessidades. Critério: Constrói Plano de Aplicação com consulta ao Conselho, aplica os recursos respeitando as prioridades e amplia com parcerias. (marcação 5) Os planos de aplicação de recursos são construídos coletivamente e os recursos são aplicados de acordo com as prioridades (ver atas de extrarregência no anexo 4, Mapa Educacional no anexo 21 e Atas do Conselho do Caixa Escolar no anexo 26, e sistematização da prestação de contas (anexo 25). Em 2013 os recursos foram ampliados com parcerias das famílias e da comunidade que participa da tradicional festa junina por meio da compra de bilhetes de São João.
  • 78. 78 d) Avaliação e resultados: Abrange processos e práticas de gestão voltadas para assegurar a melhoria dos resultados de desempenho da escola – rendimento, frequência e proficiência dos alunos. Estabelece como foco a aprendizagem, apontando resultados concretos a atingir. PARÂMETRO CRITÉRIO MARQUE APENAS UMA ALTERNATIVA # Desenvolve um sistema de monitoramento das metas e ações estabelecidas no Projeto Político Pedagógico, garantindo condições de efetivação e sucesso. 1. Não desenvolve sistema de monitoramento do PPP. 2. Tem o sistema e não desenvolve o monitoramento. 3. Tem o sistema de monitoramento o PPP. 4. Tem sistema de efetivo monitoramento das metas e ações do PPP. 5. Tem sistema de efetivo monitoramento das metas e ações do PPP, redimensionando o planejamento da escola. x # Acompanha cada aluno da escola individualmente, mediante registro de sua frequência e do seu desempenho nas avaliações. 1. Não faz acompanhamento dos alunos. 2. Faz o acompanhamento e não registra as informações. 3. Faz o acompanhamento e registra as informações. 4. Faz o acompanhamento, registra e analisa as informações. 5. Faz o acompanhamento, registra, analisa e faz uso dessas informações no planejamento. x # Alfabetiza as crianças até, no máximo, os oito anos de idade, aferindo os resultados por exame periódico específico. 1. Não alfabetizou as crianças. 2. Alfabetizou até 50% das crianças com oito anos. 3. Alfabetizou até 70% das crianças com até oito anos. 4. Alfabetizou mais 90% das crianças com até oito anos. 5. Alfabetizou 100% das crianças com até oito anos. # Adota ações de combate à evasão e repetência, com sistemática de monitoramento a fim de garantir o a efetividade e sucesso dos alunos. 1. Não adota ações de combate a evasão. 2. Adota ações de combate a evasão, sem monitoramento. 3. Adota ações de combate à evasão, com monitoramento, e mesmo assim apresentou índice de evasão abaixo de 10%. x 4. Adota ações de combate à evasão, com monitoramento, zerando o índice de evasão. 5. Adota ações de combate à evasão, com monitoramento, zerando o índice de evasão e garantindo o sucesso dos alunos. Total de pontos
  • 79. 79 d.1. Desenvolve um sistema de monitoramento das metas e ações estabelecidas no Projeto Político Pedagógico, garantindo condições de efetivação e sucesso. Critério: Tem sistema de efetivo monitoramento das metas e ações do PPP, redimensionando o planejamento da escola (pontuação 5) O Projeto Político Pedagógico da UEI fica à disposição de todos que desejarem consultá-lo, inclusive à comunidade escolar e é utilizado nas reuniões de extrarregência, nos planejamentos individuais da equipe e no dia a dia nas atividades realizadas (ver Atas Pedagógicas no anexo 07). Quando são diagnosticadas falhas por meio do monitoramento realizado pela gestão no processo de ensino e aprendizagem, ele é utilizado para redimensionar os planejamentos das professoras e o trabalho da equipe (Atas de extrarregência no anexo 4 e Plano de intervenção/Ação no anexo 27). D.2. Acompanha cada aluno da escola individualmente, mediante registro de sua frequência e do seu desempenho nas avaliações. Critério: Faz o acompanhamento, registra, analisa e faz uso dessas informações no planejamento (Pontuação 5) A supervisão da UEI procura garantir o bom desempenho das professoras e consequentemente o desenvolvimento das crianças realizando planos de intervenção, de acordo com o problema detectado; o plano de intervenção/ação, constante no anexo 27, tem como objetivo redimensionar a metodologia das professoras assim como para que cada uma possa realizar atividades significativas para as crianças e avaliar de maneira consistente. A equipe gestora ainda realiza monitoramento de frequência das crianças, dos professores e das extrarregências (ver amostra de instrumentos facilitadores no anexo 28). As professoras fazem uso de registros como: relatório inicial e final das turmas (anexos 22 Instrumento professoras); para avaliar as crianças semestralmente, as professoras usam o relatório individual da criança (amostra anexo 23). Para fazer controle diário da frequência das crianças, utilizamos folha de