IX Convenção de Grupos de Melhoria Contínua - Caso CEMIG: Manutenção Preventiva em Solo do Disjuntor PK-6

517 visualizações

Publicada em

IX Convenção de Grupos de Melhoria Contínua - Caso CEMIG: Manutenção Preventiva em Solo do Disjuntor PK-6

Publicada em: Negócios
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
517
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

IX Convenção de Grupos de Melhoria Contínua - Caso CEMIG: Manutenção Preventiva em Solo do Disjuntor PK-6

  1. 1. Classificação: ReservadoAnexo 1
  2. 2. Classificação: ReservadoAnexo 1 MANUTENÇÃO PREVENTIVA EM SOLO DE DISJUNTORES PK6 DA SUBESTAÇÃO JAGUARA 500KV Isan Magnabosco Elvis Pereira do Amaral Onofre Ananias Filho
  3. 3. 3/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado
  4. 4. Gerência de Manutenção de Ativos de Transmissão Triângulo – MT/TA CEMIG GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A 4/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado Transmissão
  5. 5. 5/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado ÁREA DE ATUAÇÃO
  6. 6. 6/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado SUBESTAÇÃO JAGUARA 345 kV 4 Linhas de Transmissão de 345 kV 2 Linhas de Transmissão curtas de 345 kV 2 Bancos de traformadores 345/138 kV 5 Linhas de Transmissão de 138 kV SUBESTAÇÃO JAGUARA 500 kV 4 Linhas de Transmissão de 500 kV 3 Transformadores de 500/345 kV 400 MVA 5 Bancos de reatores 500 kV SUBESTAÇÃO JAGUARA
  7. 7. 7/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado Testes e Ensaios = Controle 2 = C2 Disjuntor PK Equipamento Elevatório CONTEXTUALIZAÇÃO
  8. 8. 8/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado Para a realização de testes e ensaios em disjuntores PK-6, necessitamos coletar amostras de sinais nos terminais destes disjuntores, porém estes sinais estão entre 6 e 10 metros de altura. Logo, necessitamos de um equipamento elevatório para fixação de "garras" que servirão para conduzir os sinais até os equipamentos de testes. CONTEXTUALIZAÇÃO
  9. 9. 9/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado CONTEXTUALIZAÇÃO
  10. 10. 10/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado PROBLEMA PRIORIZADO E DEFINIDO: Cancelamento de manutenções preventivas do PK6 Principais fatores vinculados ao problema: • Atrasos de manutenção; • Riscos para o Sistema Elétrico; • Aumento de custos operacionais de alocação de recursos; • Risco com trabalho em altura; • Tempo de fixação das garras; • Ocupação do equipamentos elevatórios que deveriam ser utilizados para manutenções corretivas; • Cancelamentos de manutenções preventivas em razão de manutenções corretivas de urgência. PLANEJAR P DC A
  11. 11. 11/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado META DEFINIDA: Realizar 100% das manutenções C2 previstas até MARÇO DE 2014 nos Disjuntores PK6 da SE Jaguara OBSERVAÇÃO DO PROBLEMA P DC A
  12. 12. 12/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado TEMPESTADE DE IDEIAS P DC A Dificuldade de acesso aos disjuntores Indisponibilidade dos equipamentos de testes na subestação Falha de capacitação e treinamento Falha dos equipamentos de testes Obsolecência de procedimentos operacionais Indisponibilidade de equipamento elevatório na subestação Dificuldade de liberação de equipamentos
  13. 13. 13/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado DIAGRAMA DE CAUSA E EFEITO P DC A Cancelamento de manutenções preventivasdo PK6 Dificuldade de acesso aos disjuntores Indisponibilidade dos equipamentos de testes na subestação Falha de capacitação e treinamento Falha dos equipamentos de testes Obsolecência de procedimentos operacionais Indisponibilidade de equipamento elevatório na subestação Dificuldade de liberação de equipamentos CAUSA FUNDAMENTAL: Indisponibilidade de Equipamentos Elevatórios na Subestação
  14. 14. 14/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado ANÁLISE DA CAUSA FUNDAMENTAL P DC A Tarefas que compõem um C2 em disjuntor PK • Manobras de isolamento do disjuntor • Testes ausência de tensão • Aterramento • Manutenção e ajustes de pressostatos • Testes nos relés auxiliares • Medição de resistência das bobinas de abertura e fechamento • Medição de resistência de contato (CC) • Medição de capacitância e fator de potência dos capacitores (CA) • Oscilografia • Retirada de aterramento • Manobras para normalização do disjuntor Independente do método as tarefas acima precisam ser realizadas.
  15. 15. 15/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado ANÁLISE DA CAUSA FUNDAMENTAL P DC A Tarefas que compõem um C2 em disjuntor PK • Manobras de isolamento do disjuntor • Testes ausência de tensão • Realizar o aterramento e retirá-lo • Manutenção e ajustes de pressostatos • Testes nos relés auxiliares • Medição de resistência das bobinas de abertura e fechamento • Medição de resistência de contato (CC) • Medição de capacitância e fator de potência dos capacitores (CA) • Oscilografia • Manobras para normalização do disjuntor Identificação das atividades críticas do C2 em Disjuntores PK6. Verificado que as tarefas críticas estão vinculadas à necessidade de equipamento elevatório, confirmando a hipótese de causa fundamental.
  16. 16. 16/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado MATRIZ DE VIABILIDADE POSSÍVEIS SOLUÇÕES CUSTO COMPLEXIDADE TÉCNICA CONFIABILIDADE Mudança de metodologia de execução das tarefas críticas BAIXO BAIXA ALTA Aquisição de equipamentos elevatórios ALTO ALTA ALTA TEMPESTADE DE IDEIAS P DC A
  17. 17. 17/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado PLANO DE AÇÃO – 5W2H P DC A O que? Onde? Como? Por que? Quem? Quando? Quanto? 1 Estabelecer método para realização do aterramento SE Jaguara Testar equipamento Ritz existente Eliminar necessidade de equipamentos elevatórios Equipe Polo de Jaguara Janeiro/14 R$0,00 2 Realizar o estudo e definir método para realização das medições de resistência de contato SE Jaguara Confecção e testes de verificação em ponteiras tipo agulha Eliminar necessidade de equipamentos elevatórios Equipe Polo de Jaguara Janeiro/14 R$600,00 3 Realizar o estudo e definir método para realização medição de capacitância e fator de potência dos capacitores (CA) SE Jaguara Confecção e testes de verificação em ponteira agulha para LV e ponteira L para HV Eliminar necessidade de equipamentos elevatórios Equipe Polo de Jaguara Janeiro/14 R$150,00 4 Realizar o estudo e definir método para realização da oscilografia SE Jaguara Confecção e testes de verificação em ponteiras tipo sargento Eliminar necessidade de equipamentos elevatórios Equipe Polo de Jaguara Janeiro/14 R$2.100,00 META DO PLANO DE AÇÃO: Definir novo método de realização de manutenções C2 em Disjuntores PK6 da SE Jaguara até JANEIRO DE 2014 Foram estabelecidas ações para cada atividade crítica vinculadas à causa fundamental.
  18. 18. 18/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado EXECUTAR – PLANO DE AÇÃO 5W2H P DC A O que? Onde? Como? Por que? Quem? Quando? Quanto? 1 Estabelecer método para realização do aterramento SE Jaguara Testar equipamento Ritz existente Eliminar necessidade de equipamentos elevatórios Equipe Polo de Jaguara Janeiro/14 R$0,00 ATIVIDADE CRÍTICA 1: Realizar o aterramento e retirá-lo
  19. 19. 19/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado EXECUTAR – PLANO DE AÇÃO 5W2H P DC A O que? Onde? Como? Por que? Quem? Quando? Quanto? 2 Realizar o estudo e definir método para realização das medições de resistência de contato SE Jaguara Confecção e testes de verificação em ponteiras tipo agulha Eliminar necessidade de equipamentos elevatórios Equipe Polo de Jaguara Janeiro/14 R$600,00 O teste de resistência de contato consiste em circular uma corrente conhecida através do disjuntor e colher amostras de tensão nas extremidades de cada contato principal do disjuntor. ATIVIDADE CRÍTICA 2: Medição de resistência de contato (CC)
  20. 20. 20/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado EXECUTAR – PLANO DE AÇÃO 5W2H P DC A O que? Onde? Como? Por que? Quem? Quando? Quanto? 3 Realizar o estudo e definir método para realização medição de capacitância e fator de potência dos capacitores (CA) SE Jaguara Confecção e testes de verificação em ponteira agulha para LV e ponteira L para HV Eliminar necessidade de equipamentos elevatórios Equipe Polo de Jaguara Janeiro/14 R$150,00 ATIVIDADE CRÍTICA 3: Medição de capacitância e fator de potência dos capacitores (CA) O teste consiste em inserir um ponto de Alta Tensão (10kV) em um lado do capacitor (corona) e coletar amostra em Baixa tesão do outro lado. Utilizamos Doble M4100.
  21. 21. 21/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado EXECUTAR – PLANO DE AÇÃO 5W2H P DC A O que? Onde? Como? Por que? Quem? Quando? Quanto? 4 Realizar o estudo e definir método para realização da oscilografia SE Jaguara Confecção e testes de verificação em ponteiras tipo sargento Eliminar necessidade de equipamentos elevatórios Equipe Polo de Jaguara Janeiro/14 R$2.100,00 O teste consiste em coletar amostras de sinais elétricos, correspondentes a abertura ou fechamento dos contatos principais e auxiliares do disjuntor. São necessários 21pontos de coleta de amostras simultâneas. ATIVIDADE CRÍTICA 4: Oscilografia
  22. 22. 22/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado 1 – Fragilidade (muito fino e não ficava firme no receptor do bastão - Custo R$ 80,00) 2 – Dimensões excedem a necessidade e apresentou instabilidade durante a fixação (Custo R$ 110,00) – APROVADO COM PEQUENAS ALTERAÇÕES 3 – Descartado pelo alto custo de fabricação (Cada peça custa R$ 1.100 custo total de quase R$ 20.000) P C A D EXECUTAR – PLANO DE AÇÃO 5W2H P DC A
  23. 23. 23/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado VERIFICAR P DC A 1 ATIVIDADE CRÍTICA 1: Realizar o aterramento e retirá-lo
  24. 24. 24/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado VERIFICAR P DC A ATIVIDADE CRÍTICA 2: Medição de resistência de contato (CC)
  25. 25. 25/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado VERIFICAR P DC A ATIVIDADE CRÍTICA 3: Medição de capacitância e fator de potência dos capacitores (CA)
  26. 26. 26/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado VERIFICAR P DC A P C A D ATIVIDADE CRÍTICA 4: Oscilografia
  27. 27. 27/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado VERIFICAR P DC A ATIVIDADE CRÍTICA AÇÃO (5W2H) EFICÁCIA DA SOLUÇÃO 1 – Realizar o aterramento e retirá-lo Estabelecer método para realização do aterramento EFICAZ 2 – Medição de resistência de contato (CC) Realizar o estudo e definir método para realização das medições de resistência de contato EFICAZ 3 – Medição de capacitância e fator de potência dos capacitores (CA) Realizar o estudo e definir método para realização medição de capacitância e fator de potência dos capacitores (CA) EFICAZ 4 – Oscilografia Realizar o estudo e definir método para realização da oscilografia INEFICAZ
  28. 28. 28/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado AGIR – PDCA DE MELHORIA P DC A ATIVIDADE CRÍTICA 4: Oscilografia P C A D
  29. 29. 29/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado AGIR – PDCA DE MELHORIA P DC A Verificação após melhoria ATIVIDADE CRÍTICA 4: Oscilografia
  30. 30. 30/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado Intangíveis Segurança • Eliminação do trabalho em altura. • Redução da exposição ao risco de trânsito. • Redução da possibilidade de explosões. Confiabilidade do sistema • Execução de testes e ensaios simultâneos. • Redução de manutenção corretiva. • Redução de desligamentos acidentais. Motivação: • Manutenção preventiva realizada com autonomia pela equipe do polo da SE Jaguara. • Possibilidade de disseminação da metodologia e consequentemente colaboração para o processo de manutenção de transmissão da Cemig. Tangíveis • Dispensa da aquisição de novos equipamentos de elevação (R$ 420.000,00). • Custo de transporte dos equipamentos elevação entre as SE’s (R$ 1.700,00 – média da SE Jaguara e SE Emborcação, e R$ 2.300,00 média da SE Jaguara e SE São Simão). • Redução Km rodado, alimentação da equipe da T&M. • Redução do tempo na execução (homem hora trabalhado). • Redução de horas extras para manutenção corretiva. • Redução de Parcela Variável (penalização da receita de transmissão). RESULTADOS P DC A
  31. 31. 31/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado GANHOS DO TRABALHO P DC A PMSO – Pessoal, material, serviços e outros (despesa operacional) R$ 15,773 R$ 600 R$ 1,700 4,732 0 0 R$0 R$2,000 R$4,000 R$6,000 R$8,000 R$10,000 R$12,000 R$14,000 R$16,000 R$18,000 Hh Trabalhado Km Rodado (T&M) Transporte do Equip. Elevatório EQUIPAMENTO ELEVATÓRIO EM SOLO
  32. 32. 32/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado GANHOS DO TRABALHO P DC A PMSO – Pessoal, material, serviços e outros (despesa operacional) GANHOS REAIS E POTENCIAIS Redução de Custo por C2 em PK na MT/TA R$ 13.340,96 Redução de Custo por C2 em PK na SE Jaguara R$ 120.068,64 Na MT/TA temos 29 disjuntores tipo PK R$ 386.887,84 Na CEMIG temos 68 disjuntores tipo PK R$ 907.185,28
  33. 33. 33/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado x RESULTADOS P DC A Aproximadamente R$ 420.000,00 Aproximadamente R$ 1.500,00 META SUPERADA Realizadas 100% das manutenções C2 previstas até MARÇO DE 2014 nos Disjuntores PK6 da SE Jaguara (5 Manutenções C2) Ainda realizadas 2 Manutenções C2 na SE Volta Grande e 5 Manutenções na SE São Simão.
  34. 34. 34/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado LATERALIDADE P DC A A solução apresentada poderá ser utilizada na manutenção C2 de outros equipamentos como:  Disjuntores 500kV, 345kV e 138kV;  Transformadores de Corrente 500kV, 345kV e 138kV;  Tranformadore de Potência 500kV, 345kV e 138kV;  Reatores 500kV;  Transformadores;  Seccionadoras. Este método pode ser utilizado em qualquer equipamento que não haja necessidade de desconexão. Esta metodologia já foi utilizada na SE Jaguara e outras subestações como SE Nova Ponte, SE Volta Grande, e em equipamentos como, Tranformadores de Corrente, Disjuntores SF6, Disjuntores à óleo e Reatores.
  35. 35. 35/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado PADRONIZAÇÃO P DC A KIT – Componentes:  15 cabos de 15 metros 2,5 mm com fita contato (cordoalha)  3 cabos de 15 metros 2,5 mm jacaré plugue  1 cabo de 15 metros 2,5 mm  2 terminais agulha  1 terminal L  Maleta Materiais das Subestações  2 Bastões de manobra  Kit Hitz de aterramento (com carretilha)  Definido KIT e Padrão de Trabalho.  Disseminado para outras equipes da gerência e para outras gerências (lateralidade).  Trabalho apresentado em fóruns internos e externos.
  36. 36. 36/19 RT-PP/PC-25/2013 27/08/2013 Classificação: Reservado Isan Magnabosco – isan@cemig.com.br Elvis Pereira do Amaral – epamaral@cemig.com.br Onofre Ananias Filho – onofref@cemig.com.br Obrigado!

×