Workshop Gestão para Excelência - Critério Resultados

886 visualizações

Publicada em

Workshop Gestão para Excelência - Critério Resultados
Apresentador:Caio Becker

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Workshop Gestão para Excelência - Critério Resultados

  1. 1. WORKSHOP GESTÃO PARA EXCELÊNCIA CRITÉRIO 8 | RESULTADOS APRESENTAÇÃO CONCEITUAL
  2. 2. O MODELO DE EXCELÊNCIA DA GESTÃO® MEG
  3. 3.  Análise de organizações bem sucedidas;  Identificação de valores organizacionais;  Criação do modelo de gestão;  Criação dos Critérios de Avaliação;  Criação dos “Primeiros Passos para a Excelência”;  Criação do “Compromisso com a Excelência”, “Rumo à Excelência” e “Critérios de Excelência”. ORIGEM DO MODELO DE EXCELÊNCIA DA GESTÃO
  4. 4. Modelo de Excelência da Gestão Versão para organizações em estágio intermediário CRITÉRIOS RUMO À EXCELÊNCIA Rumo à Excelência Estágio intermediário Excelência Estágio avançado Modelo de Excelência da Gestão Versão para organizações em estágio inicial CRITÉRIOS DE COMPROMISSO COM A EXCELÊNCIA Modelo de Excelência da Gestão Versão para organizações em estágio avançado CRITÉRIOS DE EXCELÊNCIA Compromisso com Excelência Estágio inicial MPE Brasil – Estágio MPEs Modelo de Excelência da Gestão Versão para Micro e Pequenas Empresas em estágio inicial CRITÉRIOS DO PRÊMIO MPE BRASIL O CAMINHO PARA A EXCELÊNCIA
  5. 5. “Expressam conceitos reconhecidos internacionalmente e que se traduzem em práticas ou fatores de desempenho encontrados em organizações líderes de “Classe Mundial”, que buscam constantemente se aperfeiçoar e se adaptar às mudanças globais.” VALORES ORGANIZACIONAIS FUNDAMENTOS DA EXCELÊNCIA
  6. 6. •PENSAMENTO SISTÊMICO •ATUAÇÃO EM REDE •APRENDIZADO ORGANIZACIONAL •INOVAÇÃO •AGILIDADE •LIDERANÇA TRANSFORMADORA •OLHAR PARA O FUTURO •CONHECIMENTOS SOBRE CLIENTES E MERCADOS •RESPONSABILIDADE SOCIAL •VALORIZAÇÃO DAS PESSOAS E DA CULTURA •DECISÕES FUNDAMENTADAS •ORIENTAÇÃO POR PROCESSOS •GERAÇÃO DE VALOR FUNDAMENTOS DA EXCELÊNCIA 2014
  7. 7. Diretoria Contabilidade Manutenção Produção Assistência Técnica Vendas Depto. Pessoal Financeiro Entendimento das relações de interdependência entre os diversos componentes de uma organização, bem como entre a organização e o ambiente externo. PENSAMENTO SISTÊMICO
  8. 8. CRITÉRIOS QUESTÕES FUNDAMENTOS REQUISITOS PRÁTICAS DE GESTÃO RESULTADOS REQUISITOS: o que se requer que a organização tenha ou faça para incorporar os fundamentos. PRÁTICAS DE GESTÃO: o que a organização faz para cumprir os requisitos. RESULTADOS: são decorrentes das Práticas de Gestão. ESTRUTURA DO MODELO DE GESTÃO
  9. 9. O MODELO DE EXCELÊNCIA DA GESTÃO
  10. 10. Correlação direta FUNDAMENTOS X CRITÉRIOS DE EXCELÊNCIA Correlação direta CRITÉRIO FUNDAMENTO CLIENTES Conhecimento sobre clientes e mercados SOCIEDADE Responsabilidade social LIDERANÇA Liderança transformadora ESTRATÉGIAS E PLANOS Olhar para o futuro PESSOAS Valorização das pessoas e da cultura PROCESSOS Orientação por processos RESULTADOS Geração de valor INFORMAÇÕES E CONHECIMENTO Decisões fundamentadas
  11. 11. PENSAMENTO SISTÊMICO ATUAÇÃO EM REDE APRENDIZADO ORGANIZACIONAL INOVAÇÃO AGILIDADE FUNDAMENTOS X CRITÉRIOS DE EXCELÊNCIA Correlação Sistêmica
  12. 12.  Práticas de Gestão  Padrões de Trabalho  Controle  Aprendizado SISTEMA DE GESTÃO
  13. 13. A P C D Executar conforme os padrões tempo Situação normal Situação Anormal PADRÃO OBEDECIDO Não - conformidade TRATAMENTO DA NÃO - CONFORMIDADE PADRÃO DE TRABALHO Situação Anormal PADRÃO NÃO OBEDECIDO Não - conformidade • O que fazer • Como fazer • Responsável • Freqüência • Resultados esperados CONTROLE PRÁTICA DE GESTÃO 13 PRADRÕES DE TRABALHO, PRÁTICAS DE GESTÃO E CONTROLE
  14. 14. Avaliação P D C L Melhoria Aprendizado Planejamento da Execução Execução Verificação (comparação com o padrão) Ação Definição das Práticas e Padrões Co nt role DIAGRAMA DE GESTÃO
  15. 15. RESULTADOS ORGANIZACIONAIS
  16. 16.  Critérios de 1 a 7 – Critérios de Processos Gerenciais Definem os requisitos a serem cumpridos pela organização na adoção do MEG como seu modelo de gestão. Os requisitos definem o que fazer, mas não definem como fazer. Critério 8 – Critério dos Resultados Organizacionais Definem e classificam os resultados decorrentes do que a organização faz para atender aos requisitos dos critérios 1 a 7 decorrentes dos processos gerenciais da organização. CRITÉRIO DO MEG E SEUS REQUISITOS
  17. 17.  Resultados relativos à gestão econômico-financeira;  Resultados relativos aos clientes;  Resultados relativos à sociedade;  Resultados relativos às pessoas;  Resultados relativos aos processos;  Resultados relativos aos fornecedores. CLASSIFICAÇÃO DOS RESULTADOS ORGANIZACIONAIS NO MEG
  18. 18. Resultados Correlação com Critério Econômico-financeiros 7 - Processos Relativos aos Clientes 3 - Clientes Relativos à Sociedade 4 - Sociedade Relativos às Pessoas 6 - Pessoas Relativos ao produto e à gestão dos processos principais do negócio e dos processos de apoio 7 - Processos Relativos aos Fornecedores 7 - Processos ????? 1 – Liderança; 2 – Estratégias e planos; 5 – Informações e conhecimento CORRELAÇÃO RESULTADOS X CRITÉRIOS
  19. 19.  Relevância - Importância do resultado para determinação do alcance dos objetivos estratégicos e operacionais da organização, considerando o perfil da organização.  Tendência - Comportamento do resultado ao longo do tempo.  Nível Atual - Comparação com o desempenho de outras organizações consideradas como referenciais pertinentes. Avaliação da competitividade da organização no seu mercado ou setor de atuação.  Atendimento aos Requisitos das Partes Interessadas RESULTADOS ORGANIZACIONAIS FATORES DE AVALIAÇÃO
  20. 20. “Satisfazer as necessidades e expectativas das partes interessadas” ORGANIZAÇÃO • Clientes Externos • Clientes Internos • Funcionários • Acionistas • Fornecedores • Sociedade NECESSIDADES E EXPECTATIVAS • Qualidade intrínseca • Custo • Atendimento Partes Interessadas QUALIDADE NA ORGANIZAÇÃO
  21. 21. Critério 1 Critério 2 Critério 4 Critério 3 Critério 6 Critério 5 Critério 7 Critério 8 PENSAMENTO SISTÊMICO: VISÃO SISTÊMICA DO MEG
  22. 22. www.pmqp.org.br (31) 3055-8060 caio @pmqp.org.br OBRIGADO!

×