Escola Profissional Infante D. Henrique<br />DIA <br />MUNDIAL <br />DA<br />19 de Março de 2010<br />
Os Poetas da EPIDH…<br />
… dedicam a sua poesia e o seu amor a todos os pais!<br />
 Que os deuses os guiem <br />e as musas os inspirem…<br />
FEBO<br />Deus romano da poesia,<br />correspondente a Apolo <br />APOLO<br />Deus grego da<br />poesia, da música e da<br...
ÉRATO<br />Musa grega da<br />poesia lírica<br />CALÍOPE<br />Musa grega da<br />poesia épica<br />
O maiscalmo dos céus<br />O mais calmo dos céus<br />E a brisa mais serena<br />Não inquietaram os meus<br />Nem moveram u...
As Palavras Que Nunca Vos Direi<br />Ando muito triste<br />Mas tenho que disfarçar.<br />Ando muito triste<br />Com o que...
As Palavras Que Nunca Vos Direi(continuação)<br />Não tenho o à-vontade<br />Que sei que podia ter<br />Mas digo de verdad...
Vida…<br />Será que a vida é justa?<br />Toda a gente quer saber.<br />Por muitas vezes curta,<br />Só quero saber viver…<...
Vida…(continuação)<br />Será que posso viver sem ti?<br />Não, eu não posso.<br />Posso tentar fugir?<br />Não, eu não con...
Água e Ar<br />Nasce de uma nascenteA leve água pura.É bebida com amorE há para todas as doenças a cura.O ar é tudo.O ar é...
A noite cai<br />A noite cai,<br />O céu escurece.<br />Dou por mim a imaginar<br />Como será o amanhã.<br />Todos os noss...
Mar, Céu e Estrelas<br />No teu olhar consigo ver<br />O mar, o céu, as estrelas.<br />Parece até que consigo<br />Navegar...
Pai<br />Tantas ideias sobre ti<br />Que nem sei como começar.<br />És alguém que me ajuda,<br />Alguém em quem posso conf...
A Solidão na União<br />Nascemos para estarmos unidos,<br />Para aprendermos com os erros de cada um.<br />Porque não temo...
Onde quer que estejas,<br />O que quer que queiras,<br />Diz-me se é este <br />O mundo que desejas?<br />Onde tu me beija...
Amor…oh! O amor…<br />Amor…oh! O amor…<br />Verdadeiro<br />Só um existe,<br />Só um se sente profundamente,<br />Só um ex...
Em busca de…<br />Por mais que tente ser perfeito,<br />A minha dúvida é maior.<br />Quero arrancar o coração do meu peito...
Longe de ti<br />Como uma árvore sem folhas,<br />Estou eu sem ti.<br />Como uma chegada da Primavera,<br />Espero eu por ...
Um muito obrigado…<br />Tenho que vos agradecer<br />Mas não com um simples obrigado!<br />Não sei como fazer,<br />Por pa...
Só tu<br />Apenas um “amo-te”,<br />Apenas um desejo de te querer,<br />Nada é por mero acaso,<br />Nada é por simples mag...
Sonhar e Mudar<br />Vou sonhar em mudar<br />Sonhar e sorrir<br />Quero muito mudar<br />Mas nunca cair.<br />Ajuda-me a m...
Amizade, a amizade…<br />Amizade, a amizade…<br />É essencial à vida.<br />O que seria de nós sem amigos,<br />Amigos verd...
Olhar para o céu<br />Olhar para o céu<br />E ouvir o mar<br />Com um sorriso de encantar,<br />Este mundo  a girar.<br />...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Dia Mundial Poesia

875 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
875
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
81
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dia Mundial Poesia

  1. 1. Escola Profissional Infante D. Henrique<br />DIA <br />MUNDIAL <br />DA<br />19 de Março de 2010<br />
  2. 2. Os Poetas da EPIDH…<br />
  3. 3. … dedicam a sua poesia e o seu amor a todos os pais!<br />
  4. 4. Que os deuses os guiem <br />e as musas os inspirem…<br />
  5. 5. FEBO<br />Deus romano da poesia,<br />correspondente a Apolo <br />APOLO<br />Deus grego da<br />poesia, da música e da<br />beleza masculina<br />
  6. 6. ÉRATO<br />Musa grega da<br />poesia lírica<br />CALÍOPE<br />Musa grega da<br />poesia épica<br />
  7. 7. O maiscalmo dos céus<br />O mais calmo dos céus<br />E a brisa mais serena<br />Não inquietaram os meus<br />Nem moveram uma pena.<br />Veio da terra calma,<br />De um solo fértil mas fraco,<br />Tremeu toda a alma,<br />Não ficou uma semente de Baco.<br />A pobreza e a humildade imperam,<br />O desespero e a agonia também.<br />Os olhos do mundo atentos<br />Aos que vivem em tormentos.<br />Erguer é esperança,<br />Voltar exige dedicação.<br />Não nos envolveremos em matança,<br />Teremos que apelar à razão!<br />Um novo mundo irá abrir<br />Portas para quem nunca quiser partir.<br />Em homenagem às vítimas do terramoto no Haiti<br /> Diogo Basílio, nº6, 3ºTRRB<br />
  8. 8. As Palavras Que Nunca Vos Direi<br />Ando muito triste<br />Mas tenho que disfarçar.<br />Ando muito triste<br />Com o que se está a passar.<br />Gostava que se interessassem<br />Mais em saber de mim,<br />Que um esforço fizessem<br />Mas não.<br />Enfim…<br />Porquê não mostrar interesse?<br />Porquê não prestar atenção?<br />É que um dia como esse<br />Traria alegria ao coração.<br />Tudo era diferente,<br />Porque é que agora é assim?<br />Encarem-me de frente,<br />Expliquem-me “tintim por tintim”.<br />Percebam o que quero dizer<br />Quando falo por meias palavras. <br />O que é que tenho que fazer?<br />Usar palavras caras? <br />Eu reconheço e sei,<br />Sei que sou reservada,<br />Acreditem que tentei<br />Mas à conversa não sou dada.<br />
  9. 9. As Palavras Que Nunca Vos Direi(continuação)<br />Não tenho o à-vontade<br />Que sei que podia ter<br />Mas digo de verdade<br />Que vos adoro a valer.<br />Carla Almeida, nº 5, 3ºTRRB<br />Tenho pena de tudo isto,<br />Pena que seja assim<br />Mas há sempre um imprevisto<br />Quando se trata de mim.<br />Mais uma reunião,<br />Mais uma mentira.<br />Outra desilusão<br />Numa tarde perdida.<br />
  10. 10. Vida…<br />Será que a vida é justa?<br />Toda a gente quer saber.<br />Por muitas vezes curta,<br />Só quero saber viver…<br />Sinto-me sozinha<br />Mesmo estando acompanhada.<br />Será o fim de uma linha<br />Ou o início de uma encruzilhada?<br />Sinto o vazio no meu peito<br />Mas sei que o amor é perfeito.<br />Às vezes, porém, onde anda<br />Que tantas vidas abranda…<br />
  11. 11. Vida…(continuação)<br />Será que posso viver sem ti?<br />Não, eu não posso.<br />Posso tentar fugir?<br />Não, eu não consigo.<br />Faço tudo para te ver sorrir<br />E nunca te perder.<br />Por vezes tento dormir<br />Para asolidão esquecer.<br />E vou vaguear por esta vida<br />À procura de um destino<br />Que me faça feliz<br />E me ensine o caminho.<br />se tu estiveres presente<br />E Vou amar-te para sempre<br />E aí nem vou adormecer<br />Só para não te esquecer.<br />Andrea Cerca, nº3, 1ºTRCP-B<br />
  12. 12. Água e Ar<br />Nasce de uma nascenteA leve água pura.É bebida com amorE há para todas as doenças a cura.O ar é tudo.O ar é a vida!É tudo o que é para amar,Ai, que bom o poder respirar!Com a Água e o Ar,Temos a maravilhosa Natureza.As árvores, as flores, os animais…Elementos que se querem ver mais.Água e Ar.Estão sempre na minha mente,Para no futuroOs ter para sempre.Diogo Peixe, nº5,1ºTRRB<br />
  13. 13. A noite cai<br />A noite cai,<br />O céu escurece.<br />Dou por mim a imaginar<br />Como será o amanhã.<br />Todos os nossos dias <br />São novos e únicos<br />Por mais simples que sejam!<br />Penso se irei sorrir, chorar,<br />Estar alegre ou triste!<br />Penso se viverei intensamente…<br />Ou talvez monotonamente!<br />Penso se encontrarei alguém<br />Que me cative,<br />Que me surpreenda!<br />Vivo um dia de cada vez,<br />Sempre com cautela e esperança<br />No amanhã…<br />Vânia Silva, nº17,1ºTRA<br />
  14. 14. Mar, Céu e Estrelas<br />No teu olhar consigo ver<br />O mar, o céu, as estrelas.<br />Parece até que consigo<br />Navegar no brilho do teu olhar.<br />Gostava de poder nadar<br />No mar dos teus olhos,<br />Voar pelo teu céu <br />E alcançar as tuas estrelas!<br /> Adoro-te!<br /> Vânia Silva, 1ºTRA<br />
  15. 15. Pai<br />Tantas ideias sobre ti<br />Que nem sei como começar.<br />És alguém que me ajuda,<br />Alguém em quem posso confiar.<br /> Terei o teu apoio e carinho<br />Mesmo quando o não merecer,<br /> Sei que estarás do meu lado<br /> Quando mais ninguém estiver.<br />Apesar de discussões e atritos,<br />Orgulho-me de viver contigo debaixo do mesmo tecto.<br />Apesar de não o mostrar,<br />É em ti que procuro afecto.<br /> Sei como te compreender<br /> Mas não sei como lidar contigo.<br /> Neste dia, quero que saibas que me lembrei<br /> De que antes de seres meu pai, és um grande amigo!<br />Hugo Basílio, nº10, 1ºTRCP-B<br />
  16. 16. A Solidão na União<br />Nascemos para estarmos unidos,<br />Para aprendermos com os erros de cada um.<br />Porque não temos os mesmos sentidos?<br />Porque vivo só nesta união?<br />Vivo só por pensar diferente,<br /> Por não ser cego, longe da ilusão.<br /> Penso alto para melhorar futuramente<br /> E para acabar com a solidão.<br />Há gente que não se dá ao trabalho<br />De ser único e o próximo ajudar.<br />E como sou único, sou apenas espantalho<br />Dum sonhar que assim não irá chegar.<br />Só vivo, só cresço,<br /> Sou pensamento de ilusão!...<br />David Magalhães, nº3, 2ºTRCP-A<br />
  17. 17. Onde quer que estejas,<br />O que quer que queiras,<br />Diz-me se é este <br />O mundo que desejas?<br />Onde tu me beijas,<br />Já muitas me beijaram,<br />Mas nem todas<br />Me marcaram.<br />Pirilampo, não percebes,<br />Mas iluminas<br />E enfeitiças, felizmente,<br />A minha vida!<br />A ti me juntei,<br />Pois com a tua<br />Beleza me enfeiticei,<br />Contigo tudo concretizei.<br />No fim do percurso, <br />Contigo morrerei.<br />Vida efémera<br />Henrique Borges,nº8, 2ºTRCP-A<br />
  18. 18. Amor…oh! O amor…<br />Amor…oh! O amor…<br />Verdadeiro<br />Só um existe,<br />Só um se sente profundamente,<br />Só um existe<br />Em toda a vida.<br />Amor…amor…<br />Esse sentimento belo<br />Não, não…sublime, intenso.<br />Sem ele nada faria sentido,<br />Sem ele nada teria graça<br />Não saberia viver<br />Sem…o amor…<br />José Faria, nº9, 2ºTRCP-A<br />
  19. 19. Em busca de…<br />Por mais que tente ser perfeito,<br />A minha dúvida é maior.<br />Quero arrancar o coração do meu peito<br />E dar-to com muito primor!<br />Contribuir para a tua felicidade,<br />Tornar-te cada vez maior.<br />Diz-me se tenho capacidade<br />Para te mostrar todo o meu amor.<br />Quero ser o teu porto de abrigo<br />Onde podes chorar<br />Pois sou mais do que um amigo,<br />Sou aquele que sempre te há-de amar!<br />Carlos Maia, nº4, 2ºTRCP-B<br />
  20. 20. Longe de ti<br />Como uma árvore sem folhas,<br />Estou eu sem ti.<br />Como uma chegada da Primavera,<br />Espero eu por ti.<br />Nesta noite,<br />Sem uma pequena luz no céu,<br />Lembro-me de ti.<br />Um amor assim,<br />Só a Lua e o Sol<br />Que nunca se encontram!<br />Espero por ti,<br />A esperança não me cansa!<br />O mundo para mim és tu.<br />Agora como um milagre,<br />Tenho no meu coração <br />Apenas a esperança. <br />Tânia Pinto, nº14, 2ºTRCP-B<br />
  21. 21. Um muito obrigado…<br />Tenho que vos agradecer<br />Mas não com um simples obrigado!<br />Não sei como fazer,<br />Por palavras é complicado!<br /> Passei noites sem dormir,<br />À procura de palavras certas<br />E senti-me glorificado<br /> Como um marinheiro das descobertas.<br />Talvez as tenha encontrado,<br />São vocês que me vão dizer.<br />Por isso vos recordo:<br />Pais, amo-vos e não vos quero perder!<br /> É um simples poema, <br /> Eu sei bem que sim,<br /> Mas é com todo o coração,<br /> Vocês são tudo para mim!<br />Tiago Ramos, nº15, 2ºTRCP-B<br />
  22. 22. Só tu<br />Apenas um “amo-te”,<br />Apenas um desejo de te querer,<br />Nada é por mero acaso,<br />Nada é por simples magia.<br />Querer seria poder,<br />Amar e ser amado<br />É assim, um sonho<br />Como toda a gente tem.<br />Viver para morrer<br />Amar para sonhar<br />Sonhar para viver e amar.<br />Mas nunca morrer.<br />Só tu, puramente tu,<br />Me fazes viver<br />Nunca morrer.<br />A vida és tu,<br />Só tu,, puro amor.<br /> José Sá, nº11,1ºTOE<br />O brilho no teu olhar,<br />Aqueles abraços,<br />Aqueles beijos,<br />Estarei a sonhar?<br />Todo o bem feito,<br />Toda a maldade ultrapassada,<br />Apenas a felicidade<br />Será ilusão?<br />Ou, por outras palavras, alguma paixão?<br />Será para sempre?<br />Nada se sabe, apenas<br />Que toda a imaginação está guardada<br />Queria morrer, mas não posso.<br />Queria fugir, mas não consigo.<br />Sempre que te tenho comigo<br />É assim!<br />
  23. 23. Sonhar e Mudar<br />Vou sonhar em mudar<br />Sonhar e sorrir<br />Quero muito mudar<br />Mas nunca cair.<br />Ajuda-me a mudar,<br />Ajuda-me a viver,<br />Ajuda-me a ganhar,<br />Ajuda-me a não sofrer.<br />José Sá, nº11,1ºTOE<br />Sonhar em mudar<br />Mudar para bem<br />Tentar melhorar<br />O que se tem.<br />Com o tempo iremos mudar<br />Mas para sempre lembrar<br />Do que não mudou<br />E para sempre nos marcou.<br />
  24. 24. Amizade, a amizade…<br />Amizade, a amizade…<br />É essencial à vida.<br />O que seria de nós sem amigos,<br />Amigos verdadeiros!<br />E o que são amigos verdadeiros?<br />São aqueles que criticam<br />pelo bem e pelo mal que fazemos,<br />São aqueles que nos ajudam<br />Nos momentos bons e maus,<br />São aqueles que não nos largam<br />Quando mais precisamos.<br />É mais um sentimento<br />Também ele intenso!<br />José Faria, nº9, 2TRCP-A<br />
  25. 25. Olhar para o céu<br />Olhar para o céu<br />E ouvir o mar<br />Com um sorriso de encantar,<br />Este mundo a girar.<br />O tempo que aí vem<br />Ninguém sabe ao que vem.<br />Andar para a frente, sem parar<br />E não pensar em voltar.<br />Os tempos mudarão,<br />Mas os sentimentos não<br />Pois o eterno amor,<br />Esse, tem sempre valor!<br />Samuel Oliveira, nº16, 2ºTRCP-A<br />

×